You are on page 1of 6

1 - Sumário 1.

1 – A Empresa no Mercado Doméstico Com 280 lojas alocadas em 90 cidades e presente em todos os estados brasileiros, a AREZZO mostra um sucesso surpreendente no mercado interno sendo considerada uma das maiores marcas de calçados femininos da América Latina. Com inovação, desenvolvimento do produto, design e marketing conquistou o mercado doméstico gerando um êxito que não só é baseado nos números que se construíram durante os 38 anos da empresa como também pelos vários prêmios já conquistados. O grande sucesso da AREZZO se dá pela alta qualidade e design contemporâneo que oferece aos clientes, além de um sistema de produção terceirizada que está na esteira de marcas internacionais de sucesso, oferecendo uma forte identidade de marca em um cenário dominado por commodities. A AREZZO tomou atitudes logísticas e administrativas para conseguir atender um mercado vasto como o brasileiro, situando suas principais fábricas no maior pólo calçadista do Brasil, mantendo seus produtos com constantes inovações e sendo pioneira em lançar oito coleções diferentes ao ano. Devido a todo o investimento que o grupo coloca nas novas idéias, a AREZZO hoje alcança um patamar único na indústria calçadista feminina do Brasil, sendo reconhecida por mais de 1 milhão de clientes (set, 2010) próprios que consomem mais de 7 milhões de pares de sapatos por ano sendo sempre produtos que agradam os clientes do mercado domestico, pelo design, inovação e status. 1.2- Vantagens Competitivas. Segundo Porter (1998) existem somente duas maneiras de se obter vantagem competitiva: custos baixos e diferenciação. Esses conceitos são as bases estratégicas frente à concorrência, mas a lucratividade não depende somente do posicionamento da empresa em relação aos concorrentes. Depende também da estrutura do setor em que atua. Por isso é de suma importância que os executivos da empresa conheçam profundamente o setor em que estão competindo. Ainda de acordo com Porter, a busca da Vantagem Competitiva está na essência da

formulação estratégica que é lidar com a competição. Na busca por participação de mercado, a competição não ocorre somente em relação aos concorrentes, mas em todos os elos de relações da empresa. A AREZZO é uma das marcas mais famosas de calcados femininos, ramo no qual a marca se consolidou, expandiu-se e transformou-se na maior marca de varejo de calçados femininos fashions da América Latina, apesar das primeiras produções da AREZZO, serem voltadas apenas para o público masculino. A AREZZO busca oferecer modelos sofisticados e diferenciados, dando seu primeiro passo com o lançamento da sandália anabela revestida com juta, que foi um enorme sucesso. Fundada em 1972 pelos irmãos empreendedores Anderson e Jefferson Birman, em Belo Horizonte, Minas Gerais, foi chamada de AREZZO em homenagem à província italiana de mesmo nome, como estratégia para associar a marca ao refinamento da moda da Itália. A empresa investiu maciçamente em lançamentos de novos modelos, valorizando as peças “vintage”, coleções com um estilo retrô que reestilizaram modelos de modas passadas e adicionaram um valor cultural aos seus produtos. Principal grife lançadora de tendências do setor no país, a AREZZO está sempre presente nos editoriais das mais prestigiadas revistas, jornais e sites do país, como referência estética da moda em calçados, bolsas, bijuterias e acessórios femininos. 2 - Identificação dos produtos fabricados pela empresa que possuem potencial de exportação 2.1 - Produtos com potencial de exportação A AREZZO e sua plataforma de marcas (Schutz, Alexandre Birman, Anacapri, e a própria Arezzo) possuem uma conhecida e diversificada linha de produtos no setor calçados, bolsas e acessórios femininos que atendem a um exigente e dinâmico mercado no Brasil. Primeiramente, como explica o site intitulado “Gera negócio” (Exportação simplificada), para uma empresa exportar é preciso que esta defina quais produtos dentro de sua linha atendam as necessidades e preferências dos mercados estrangeiros a serem explorados.

Em solo internacional, a AREZZO contabiliza atualmente 7 lojas (1 na Bolívia, 1 no Paraguai, 3 na Venezuela e 2 em Portugal), além de atuar através de distribuidores em Portugal, Espanha, Grécia e Itália, e com exportação para diversos países, tais como: Estados Unidos, Uruguai, Equador, Chile, Colômbia, Aruba, Bulgária, França, Inglaterra, Israel, Suécia, África do Sul, Angola, China e Emirados Árabes, informa a Calçado.com. Com fins de delimitar esse plano, foi definido a América do Sul como mercado estrangeiro a ser estudado e melhor desbravado, pois este oferece vantagens logísticas, tributárias e culturais, além do fato de a empresa já possuir franquias na Bolívia, Venezuela e Paraguai. Tendo como base as explicações apresentadas e estudos realizados sobre a Arezzo constatou-se que os produtos com maiores potenciais de exportação da empresa são os calçados femininos. Os principais motivos que levaram a essa afirmação são:

A AREZZO possui uma marca consolidada no setor de calçados O calçado feminino representa o maior faturamento da empresa; O calçado feminino está sendo muito exportado pelo Brasil e a América

femininos;
 

do Sul é um mercado, para esse produto, que está em franca expansão 2.1 - Plano de fabricação da AREZZO Segundo Minervini (2008), “uma das primeiras avaliações a serem feitas sobre a possibilidade de exportar ou não deve enfocar os tipos de mudanças que devemos efetuar em nosso produto para que ele seja exportável”. A empresa já possui franquias na Bolívia, Venezuela e Paraguai. Visando aumentar o mercado nesses países, há alguns fatores considerados críticos para o sucesso destes produtos. De acordo com o Sindical de Calçados do Estado do Espírito Santo, a Argentina e a Venezuela representam um dos cincos maiores compradores de calçados brasileiros, definindo-se como uma oportunidade para a AREZZO. A adaptação do produto para ser vendido no mercado externo ao país de origem deve levar em conta os fatores culturais, ergonômicos, clima e normas, afirma Minervini (2008).

A preferência das bolivianas é por calçados fashion e com maior popularidade, como as sapatilhas de pano, por exemplo, como informa o diretor fundador da Marschall (rede calçadista brasileira instalada na Bolívia). Recursos alegóricos como fivelas e metais acrescentados nos produtos da Arezzo em 2011, tornam o produto moderno, com um estilo clássico e despojado para agradar o mercado feminino de calçados da Bolívia. O país possui três idiomas oficiais: espanhol, aimará e quíchua. Segundo a Costa Sur, na Bolívia, o clima varia desde o tropical, ao polar, salientando uma oportunidade de vendas tanto de calçados mais despojados e básicos para o verão, quanto para os tipos mais clássicos e neutros usados no inverno, como as botas. O clima tropical da Venezuela favorece a entrada da dos Calçados Arezzo da Coleção 2011 em seu mercado, que segundo o Mundo das Tribos, ganharam modelos aconchegantes que proporcionam conforto aos pés femininos. Além disso, a nova linha da Arezzo também explora detalhes nos designs, com estampas variadas com cores suaves, que se mostram perfeitas para as venezuelanas. O Paraguai é um país bilíngüe, com predominância da língua espanhola, mas também tendo o guarani considerado como língua oficial, informa o Portal São Francisco. Com o clima subtropical, é possível utilizar os mesmos calçados da Coleção 2011 Arezzo no Brasil para serem vendidos no Paraguai, uma vez que as consumidoras do Paraguai prezam conforto nos calçados, afirma o Portal São Francisco sobre a cultura do Paraguai, o que já é inerente nos calçados da Arezzo. Sendo assim, uma das primeiras avaliações da adaptação do produto da Arezzo para a exportação consiste em ter suas informações descritas também na língua espanhola, que é considerada oficial na Bolívia, Venezuela e Paraguai. A numeração desses países é utilizada da mesma forma do padrão argentino, sendo imprescindível que estas informações também sejam informadas no produto. Segue abaixo a tabela com a conversão dos números:

Numeração calçados femininos Brasileiros X Argentinos Brasil 36 37 38 38 1/2 39 40 Argentina 37 38 1/2 39 39 1/2 40 41 1/2 Fonte: Tripod.com (adaptados pelos autores)

Porém, o fator principal considerado crítico para o sucesso desses calçados nos mercados apresentados, seria um produto confortável, aconchegante, moderno, com design inovador e alta qualidade para competir com o mercado doméstico destes países.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Calçado brasileiro faz sucesso em lojas da Bolívia. Disponível em: http://www.couromoda.com/index.php? http://www.couromoda.com/noticias/setor_gerais/Gnoticia_3340.html. Acesso em: 24 de agosto de 2011 Disponível em: http://www.geranegocio.com.br/html/geral/export/exp1.html. Acesso em: 24 de Agosto de 2011 às 09:40. Disponível em http://www.arezzoco.com.br/PT/Download/123_Apresentacao_Institucional_1T11_vfi nal.pdf. Acesso em: 21 de Agosto de 2011 às 17:00. Disponível em: http://www.arezzo.com.br/verao2012/colecao/institucional. Acesso em: 24 de Agosto de 2011 às 10:05. Disponível em: www.sindicalcados-es.com.br/Informa.doc. Acesso em: 24 de Agosto de 2011 às 10:22. Disponível em: http://www.bloggravatv24horas.com.br/2011/05/o-sucesso-daarezzo.html. Acesso em: 24/08/11 Disponível em: http://www.slideshare.net/Symnetics/case-de-sucesso-symneticsarezzo. Acesso em: 24/08/11 Disponível em: http://mundodasmarcas.blogspot.com/2009/02/agora-eoficial_08.html. Acesso em: 24/08/11

Disponível em: http://www.calcados.com/arezzo/. Acesso 23agosto2011-08-24 Costa Sur Disponível em: http://bolivia.costasur.com/pt/clima.html Acesso em: 28 de agosto de 2011 Faz fácil. Disponível em: http://www.fazfacil.com.br/manutencao/vestuario_calcado_numeros.html Acesso em: 24 de agosto de 2011 MINEVIRNI, Nicola. O Exportador: Ferramentas para atuar com sucesso no mercado internacional. 5ª Edição. 2008. Mundo das Tribos: Disponível em: http://www.mundodastribos.com/colecao-arezzo-2010.html Acesso em: 28 de agosto de 2011 Oh Buenos Aires! Disponível em: http://www.ohbuenosaires.com/weblog/sapatarias-em-buenos-aires-argentina. Acesso em: 24 de agosto de 2011 Portal São Francisco Disponível em: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/paraguai/idioma-doparaguai.php Acesso em: 28 de agosto de 2011 PORTER, M. Estratégia - A Busca da Vantagem Competitiva. Rio de Janeiro, Campus 1998. Tripod.com Disponível em: http://jarotur.br.tripod.com/tabela.htm Acesso em: 28 de agosto de 2011