Comunidade da EMEF Desembargador Amorim Lima - Setembro de 2011

E os armários?
Os alunos decidiram, em assembleia realizada no dia 26 de maio: • Manter os armários com portas e cadeados (sabendo que os armários à época estavam destruídos, amassados, pichados e sem portas); • Fazer Rodas de Conversa sobre o uso dos armários; • Criar uma comissão de responsabilidade com alunos de todas as séries da escola, mais o funcionário Douglas, que organizaria e faria as deliberações, sugestões e ações propostas. Muitas foram as reuniões e as propostas ao longo das rodas de conversa, sempre pensando em como utilizar os armários de maneira responsável: cuidar, zelar, vigiar e informar tudo o que ocorria com os armários, e pensar também em como reparar os estragos atuais e os futuros caso ocoram. Decisões importantes foram aprovadas: • O Douglas arrumou os armários possíveis de recuperação no 1º andar da escola, que agora estão prontos para uso. Parte do 2º andar também está recuperada, mas faltam materiais como portas e pinos de encaixe. A comissão está estudando uma forma de dar continuidade a esse trabalho. Por exemplo: fazer uma rifa na Festa da Cultura para arrecadar dinheiro para a compra dos materiais restantes. Depois dessa recuperação e do intenso interesse dos alunos em manter e ver os armários arrumados, as depredações quase cessaram, o que foi um grande avanço. O maior problema, ao que parece, era a perda ou esquecimento da chave do cadeado pelos alunos. Como não havia chave reserva, alguns alunos destruíam as portas dos armários para pegar os materiais. Ainda faltam alguns pontos para termos o funcionamento dos armários para todos os alunos: • Desocupar todos os armários que ainda estão em uso e renumerá-los; • Marcar nova Assembleia de Alunos para mostrar os avanços desta Comissão de Responsabilidade; • Recomeçar o uso com Termo de Compromisso assinado pelo responsável do aluno, e entregando uma chave reserva do cadeado de cada armário a ser utilizado para ficar no prontuário do aluno. Vale lembrar que todo o trabalho realizado até agora deve ter o apoio de todos – funcionários, pais de alunos, professores e alunos – para, em conjunto, colocarmos os armários para funcionar. Comissão de responsabilidade dos armários (coordenação: Douglas Boni)

NÃO PERCA!!!

Dia 17 FESTA da CUltura
há vagas para a Yoga no Amorim

uma assembleia diferente
A Assembleia de Pais do dia 30/08 rolou de um jeito diferente: em vez de uma pauta pré-definida, os temas foram decididos por e-mail e no começo da reunião, para incluir também os pais que não têm acesso a e-mails. Esta nova forma de realizar a assembleia é um esforço coletivo para democratizar e ampliar a participação dos pais. Os temas discutidos foram os seguintes: Sala de informática; Comunicação; Segurança e Violência; Ocorrência de piolhos. Para participar do grupo de e-mails, que tem mais de 260 inscritos, e receber as mensagens da Comunidade do Amorim, escreva para apmdoamorim@gmail.com. Ainda há vagas abertas para a comunidade nas aulas de Yoga que acontecem desde maio na escola. As aulas são ministradas pela instrutora e fisioterapeuta Raquel Bemfica. Yoga é uma ciência milenar, que consiste num conjunto de técnicas para proporcionar bem estar físico e mental. Venha participar e beneficiar sua saúde! Os interessados devem comparecer na próxima aula trazendo uma toalha ou canga para prática. Horário: quartas-feiras, das 18h15 às 19h15, no salão 1.

Crianças online
Em relação à sala de informática, fomos informados que esta finalmente começou a funcionar. Alguns pais mostraram-se interessados em montar uma comissão para pensar e trabalhar maneiras para aproveitar melhor este espaço. Se você tem interesse, fique de olho.

Chega de piolho!

O piolho é um bichinho chato e persistente, que se reproduz rápido e exige cuidados que vão além da lavagem dos cabelos. Mas mais chatas ainda são as lêndeas –os ovos do piolho. As fêmeas colocam os ovos no cabelo e fixam esses ovinhos com um “cimento” poderoso. Fora da cabeça, um piolho sobrevive apenas 48 horas. Mas num ambiente quentinho e cheio de alimento – nossa cabeça–, ele vive até 40 dias! Para acabar com os piolhos, os comprimidos distribuídos gratuitamente nos postos de saúde costumam resolver. O problema é que eles não afetam as lêndeas, que em quatro a sete dias viram novos piolhos, que vão botar mais 10 lêndeas por dia, que em mais quatro a nove dias vão virar mais 40 piolhos, que vão botar mais 400 lêndeas... É importante interromper esse ciclo no começo, e atacar a cabeça de uma vez, matando os piolhos e as lêndeas. Mas se o remédio não mata as lêndeas, como acabar com elas? Tem dois jeitos: um é aplicar um xampu à base de permetrina, que também é distribuído de graça nos postos de saúde. Outro é uma velha receita caseira conhecida por todo mundo: usar vinagre diluído em água –ele amolece o “cimento” que fixa a lêndea. Mas o mais importante, qualquer que seja o método escolhido, é caprichar no pente fino, retirando as lêndeas e matando-as sem dó. Para mais informações, visite o site www.piolho.org.br

Chácara da Fonte vai virar parque
Finalmente, depois de anos de mobilização da comunidade do Morro do Querosene, a prefeitura de São Paulo decretou o terreno em que fica Chácara da Fonte como de utilidade pública. Isso significa que os 35,4 mil m2 da região serão desapropriados para virar um parque. E a fonte vai ser novamente liberada para visitas – em 2008 foi construido um muro para dificultar o acesso. Construída no século 18, era parada obrigatória de tropeiros e bandeirantes que faziam a viagem elo “Caminho do Peabiru”, trilha que atravessava o continente e que era utilizada pelos índios em busca de comida. Além de seu papel histórico, a Chácara da Fonte tem uma importância ambiental, pois abriga remanescentes da mata atlântica e três nascentes. “Os Incas no Brasil”) e Hernani Donato (escritor, historiador, jornalista e professor). Meio ambiente e urbanismo das 13h30 às 17h Aziz Ab’Saber (geógrafo), Ros Mari Zenha (Pesquisadora do Instituto de Pesquisa Tecnológica de São Paulo - IPT) e Nabil Bonduki (arquiteto e professor de Planejamento Urbano da FAU-USP)

Uma comissão só pra eles...
No Amorim, como em quase todas as escolas, os piolhos são um problema recorrente. Por isso, um grupo de pais resolveu criar uma comissão para bolar ações de combate a esses bichinhos. Para participar, mande um e-mail para a Nilce, mãe da Gabriela, do 3º ano: n.tonetti@yahoo.com.br

Peabiru nos palcos
A peça teatral Peabiru, o Caminho Suave convida os espectadores a refletir sobre a exploração desenfreada, o respeito ao meio ambiente e o conhecimento da nossa cidade com base na polêmica entre se construir um shopping ou um parque na Chácara da Fonte. A entrada é gratuita. Datas Dia 17/09, às 17h, no teatro CEU Butantã Dia 22/09, às 20, no Teatro CEU Uirapuru Dia 01/10, às 11h, no Páteo do Colégio Dia 07/10, às 21h, no Centro Cultural Rio Verde Dia 12/10, às 17h, na Rua da Fonte

Discutindo a história e o meio ambiente
No próximo dia 13, acontece o simpósio “Juntos no Peabiru”, no auditório do Instituto Butantan. O evento é aberto à comunidade. Veja as conferências: História e arqueologia - das 9h às 12h30 Com Rossana Lopes (arqueóloga do IPHAN), Júlio Abe (diretor do Instituto de Geografia e História de São Paulo), Benedito Prezia (antropólogo e indigenista), Luiz Galdino (escritor do livro

Prevenir é legal!
É muito importante examinar a cabeça dos pequenos duas vezes por semana, porque algumas crianças são pouco sensíveis às picadas dos piolhos. Elas não sentem coceira, e acabam servindo de foco de disseminação aos colegas. Procure também sinais de picadas (pequenos pontos vermelhos). Caso seu filho seja contaminado, comunique à escola.
02

Bon appétit!
Neste ano, um pai recém-chegado ao Amorim trouxe uma proposta de almoço diferente para comemorar o Dia dos Pais. Professor de gastronomia e hotelaria da Faculdade Anhembi-Morumbi, o chef Luiz Gonzaga queria fazer um almoço “classudo”, com serviço à americana, toalhas de tecido, drinks especiais de boas-vindas e um cardápio caprichado, mas sem frescura. No dia 13 de agosto, trouxe uma equipe de alunos da faculdade e o professor Fabio Gomes para comandar as panelas e preparar os pratos. Todos os 300 lugares previstos foram preenchidos, o que deu bastante trabalho para a equipe de 12 “garçonetes” encarregada dos salões –várias mães, a diretora Ana Elisa e as professoras Ana Cecília e Suzana. Mas não foram só os pais que tiveram tratamento privilegiado nesse dia. Mães e alunos também puderam participar. No final, os convidados eram só elogios. Só uma dúvida ficou no ar: o que podemos esperar no dia das Mães? ;-)

fotos Kim Cober e Marcelo Goberstein

Escola vocacional
No dia 10 de agosto, foi exibido na escola o documentário “Vocacional, Uma Aventura Humana”, dirigido por Toni Venturi. O filme conta a história dos ginásios vocacionais, criados na década de 60, e que tinham um perfil bem diferente das escolas tradicionais. Após a exibição, um grupo formado por ex-alunos, ex-professores e por uma das idealizadoras do projeto, ficou à disposição dos espectadores para falar sobre sua experiência e também para conhecer um pouco do nosso projeto aqui no Amorim, que tem vários pontos em comum com o vocacional. (Um dos ex-alunos veio até participar da nossa Assembleia de Pais!) inusitadas, como artes industriais, práticas agrícolas e educação doméstica. Meninos e meninas estudavam juntos e aprendiam a trocar fraldas ou cozinhar juntos. Eram os alunos que cuidava da cantina, e existia um banco interno, com cheque e dinheiro próprios. Mas a cereja do bolo eram os estudos do meio, quando as turmas viajavam para municípios vizinhos e até outros estados. Uma turma chegou a ir para a Bolívia! Essa escola formava alunos críticos, engajados e contestadores, o que, infelizmente, não era visto com bons olhos pelos militares. A promulgação do AI-5, em 1968, selou o fim do vocacional, uma das experiências educacionais mais bem-sucedidas da nossa história. Mais informações: www.gvive.org
03

Uma breve história
Antes de inaugurar uma unidade, era feita uma pesquisa na região, para conhecer a z comunidade, os tipos de comércio e empresas locais, as classes sociais dos

moradores... Se a comunidade fosse composta por 10% de classe AB, 50% de classe C e 40% de classe D, essa seria a proporção dos alunos matriculados. As disciplinas eram estudadas a partir de um tema central, escolhido em uma assembleia de professores e alunos. Além das matérias comuns, havia aulas mais

setembro no Amorim
Recorte e cole em local visível
domingo segunda terça quarta quinta sexta sabado

Peça nova da Cia. do Feijão!
“É com imenso prazer que eu, Fernanda, e o Zernesto, pais do Nuno do terceiro ano da tarde, convidamos a todos vocês para o mais novo espetáculo teatral da Companhia do Feijão: ENXURRO! Estaremos em temporada pelo menos até o final de outubro.O espetáculo é uma miscelânea de textos teatrais, poesia, contos e banda musical. Embora não tenha sido criado para o público infantil, crianças e jovens que gostem de teatro são bem-vindos. Quando: sex. e sáb., às 21h; dom., às 19h Onde: R. Teodoro Baima, 68, República, tel. 3259-9086 Ingressos: grátis (distribuição por ordem de chegada, com uma hora de antecedência) No fim de semana de 9, 10 e 11 de setembro não haverá apresentações, por conta de viagem da companhia

28 04 11 18 25

29 05 12 19 26

30 06 13 20 27

31 07 14 21 28

01 08 15 22 29

02 09 16 23 30

03 10 17 24 01

O jornal da comunidade da EMEF Des. Amorim Lima é um canal de informação que visa o acompanhamento das atividades desenvolvidas, incentivando e possibilitando a participação de todos. Comissão Editorial: Cecília Bergamin, Danae Stephan, Douglas Boni, Fernanda Haucke, Fernando Rodrigues, Fernando Siniscalchi, Kim Cober, Lucio Ferreira, Luiz de Campos Jr, Marcelo Goberstein, Paula Praxedes, Solange Camargo. Colaboraram nesta edição: Dinho Nascimento, Florencia Chapuis, Mauro Canota, Nilce Tonetti e Raquel Barth Fone: 3726-1119 e-mail: apmdoamorim@gmail.com

03/09 Quarto simulado do cursinho 06/09 Reunião de preparação da Festa da Cultura, aberta a todos que queiram participar - 18h às 19h30 06/09 Reunião com a Profa. Massumi: Oficina de Artes do 5º ano 19h30 06/09 Filme “Invictus” e Roda de Cinema coordenada pelo Prof. Ibsen aberta à comunidade acima de 10 anos - 19h 07/09 Feriado 09/09 Oficina da Comissão de Site - 16h 12 a 16/09 Semana da Cultura 14/09 Palestra da Profa. Dilma: Cultura Africana - 18h30 14/09 Conselho de Escola - 19h30 às 22h 15/09 Filme ”Luta pela Liberdade” e Roda de Cinema coordenada pela Profa. Anna Cecília aberta à comunidade acima de 10 anos - 19h 16/09 Mutirão para a Festa da Cultura - 18h30 17/09 Festa da Cultura - das 12h às 18h 20/09 Assembleia de Pais - 19h15 21/09 Roda de Conversa com Profa. Dra. Vera Henrique: Oficinas de Física Ciclo II - 19h 26 a 01/10 Reuniões de Tutorias com Pais/responsáveis
Ciclo II turno
Manhã Tarde Tarde Manhã Tarde Tarde Tarde Manhã Tarde Manhã Manhã Manhã Manhã Tarde Manhã Tarde Tarde Tarde Tarde

reuniões de pais e tutores
Ciclo I
Ana Elidia Cleide Danielle Egle Elisangela Flavia Gizele Gladis Luciana Malu Maria Elisa Monica Rafael Simone Suzana Vania
04

dia
27/Set 26/Set 26/Set 29/Set 29/Set 28/Set 27/Set 28/Set 28/Set 30/Set 27/Set 26/Set 27/Set 26/Set 29/Set 29/Set 27/Set 28/Set 26/Set

horário
19h30 19h30 19h00 19h30 18h30 19h00 19h30 20h00 19h00 19h30 19h30 19h00 19h30 19h00 19h30 18h30 18h30 19h00 19h30

turno
Manhã Tarde Manhã Manhã Manhã Tarde Tarde Tarde Manhã Manhã Manhã Manhã Manhã Tarde Manhã Tarde

dia
29/Set 29/Set 1/Out 27/Set 1/Out 26/Set 29/Set 28/Set 28/Set 29/Set 27/Set 27/Set 29/Set 28/Set 29/Set 29/Set

horário
19h30 19h30 10h00 19h00 10h00 19h30 19h00 19h30 19h00 19h00 19h00 19h30 19h30 19h00 19h30 19h00

Cleide Cleide - N I Cristina Eliete Elis Joana Portugal Joana Silva José Mauro Lilian Luccas Maria Isabel Maria Silvia Maria Tereza Mariana Marymar Regina Rose Solange Vilma

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful