You are on page 1of 2

Chegou a hora de

mostrarmos à direção da TAP
M&E Brasil que não estamos
brincando quando dizemos que
a situação chegou a um limite
insustentável.
Não dá mais para aguentar
refeições frias, ruins e servidas
em péssimas condições
sanitárias no refeitório da
empresa, sob o comando da
Nutrin, desde março.
Comida essa que já
levou para o hospital vários
Jornal do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre - Ano XXV - Edição 345
É hora da virada na TAP M&E
trabalhadores por intoxicação
alimentar.
Não podemos esperar por
uma atitude dos órgão de
Saúde, assim como não é
admissível que continuemos
a ver supervisores da
empresa desrespeitando
escancaradamente as normas
de segurança nos hangares
e outros setores, colocando a
vida dos trabalhadores em risco
diariamente.
É hora da virada, de
mostrar à TAP M&E que seus
trabalhadores têm voz e direitos
e merecem um tratamento
digno por parte da empresa.
Por isso, convocamos os
funcionários da TAP M&E para
um grande ato de boicote à
Nutrin, nesta terça-feira (6/9),
e para nos mobilizarmos
por melhores condições de
segurança do Trabalho.
O Sindicato conta com a
participação da categoria. Boa
luta a todos(as)!
EDITORIAL
Sindicato convoca categoria para
assembleia da campanha salarial 2011
O Sindicato dos Aeroviários
de Porto Alegre convoca a
categoria para Assembleia Geral
Extraordinária, nesta quinta-feira
(8 de setembro), às 17 horas, na
sede da entidade (Rua Augusto
Severo, nº 82).
O objetivo é deliberar sobre a
proposta dos trabalhadores para a
renovação da Convenção Coletiva
de Trabalho (CCT), que será
entregue aos sindicatos patronais
da Aviação Regular e Táxi Aéreo.
A participação de todos(as)
é fundamental para iniciarmos
nossa campanha com muita força,
demonstrando a unidade dos
sindicatos cutistas de aeroviários
do país e do Sindicato Nacional
dos Aeronautas, reunidos através
da Fentac/CUT.
Além disso, a assembleia é
um espaço democrático para
os trabalhadores exporem as
reivindicações que consideram
importantes a serem levadas
à mesa de negociação com os
sindicatos que representam as
empresas.
A negociação deste ano
irá debater apenas os itens
econômicos da CCT, pois os
sociais estão garantidos até 2012.
Contudo, nas negociações, todas
as demandas dos trabalhadores
serão apresentadas e debatidas
com os representantes das
empresas, em busca de avanços
nos direitos dos aeroviários
e aeronautas expressos na
Convenção.
AERUS - Na assembleia,
o Sindicato também pretende
debater com os trabalhadores a
migração do plano de previdência
complementar da TAP M&E, do
Aerus para a Petros. A migração,
apoiada pelo Sindicato em prol
dos trabalhadores está sendo
questionada pela APRUS
(Associação dos Participantes e
Benefciários do Aerus).
Assembleia Geral Extraordinária
Campanha Salarial Unihcada 2011/2012
8 de setembro (quinta-feira)
17 horas
Na sede do Sindicato
deste veículo é de inteira responsabilidade da direção do Sindicato. Editado em 06/09/2011. Tiragem: 1,3 mil exemplares.
E
X
P
E
D
I
E
N
T
E
Aerofolha é uma publicação do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre
Rua Augusto Severo, 82 - São João - Porto Alegre - RS - CEP 90240-480 - Fone/Fax: 51 3343-4302
www.aeroviarios.org.br - info@aeroviarios.org.br - Diretor de Imprensa: Henri Rupp (comunica@aeroviarios.org.br)
Projeto gráfco e editoração: PautaNova (www.pautanova.com - redacao@pautanova.com - Tel.: 51 4063-7707). O conteúdo
SindicaIistas deñnem estratégias para a próxima
negociação com as companhias aéreas
Cerca de 70 dirigentes dos
sindicatos cutistas de aeroviários
e aeronautas reuniram-se, de 1º
a 3 de setembro, em Guarulhos,
para planejar a campanha salarial
unifcada das categorias para este
ano.
O seminário, coordenado
pelo Departamento Intersindical
de Estudos Socioeconômicos
(Dieese), foi prestigiado pelo
secretário-geral da CUT, Quintino
Severo, e pelo vereador de
Guarulhos e presidente do
Sindicato dos Condutores, Orlando
Maurício Júnior (Brinquinho).
Durante a atividade, foram
traçadas as metas e estratégias
da campanha e a proposta de
pauta que será apresentada
Campanha salarial de aeroviários e aeronautas deve começar mais cedo para garantir data-base
aos trabalhadores, através de
assembleias nas bases das
entidades. Os sindicalistas
pretendem antecipar a entrega
da pauta aos sindicatos patronais
para dar início às negociações
ainda em setembro, a fm de
garantir o término da campanha
em 1º de dezembro de 2011 (na
data-base).
O evento também foi importante
para aproximar os sindicalistas
das diferentes regiões do país,
ampliar a unidade das entidades
e fortalecer a organização do
movimento em prol da campanha,
e contou com atividades de
integração e grupos de trabalho
para aprofundar os temas
discutidos.
A pauta de reivindicação das
categorias, a ser encaminhada
para o sindicato patronal até o
próximo dia 15 de setembro,
será defnida nas assembleias
convocadas pelos sindicatos.
O presidente do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre, no uso de suas atribuições legais
e estatutárias, convoca os associados e demais membros da categoria para Assembleia Geral
Extraordinária, a realizar-se, em caráter continuado, a partir das 17 horas do dia 8 de
setembro de 2011, até às 18 horas do dia 9 de setembro de 2011, sendo a primeira
convocação às 17 horas e a segunda às 17h30min, na sede do Sindicato, à Rua Augusto
Severo, nº 82, nesta capital, com a seguinte
ORDEM DO DIA:
1. Deliberação sobre a conveniência de negociação coletiva com os sindicatos patronais,
estabelecendo novas condições econômicas para o período de 2011/2012;
2. Caso deliberado pela conveniência da negociação:
2.1. aprovação da pauta de reivindicações;
2.2. autorizar a diretoria a proceder a negociação e a praticar todos os atos que se fizerem
necessários a sua apresentação e aprovação pela categoria e a posterior celebração de
convenção coletiva da categoria;
2.3. autorizar a diretoria a ajuizar processo de revisão de dissídio coletivo, caso se frustrem
as negociações;
3. Deliberação sobre a conveniência de estipulação de contribuição assistencial, quanto à
oportunidade, valor e prazos de recolhimento;
4. Assuntos gerais.
Na forma do artigo 22 do estatuto da entidade, a Assembleia instalar-se-á em primeira
convocação com a presença de pelo menos 50% + 1 dos associados e em segunda e última
convocação com qualquer número, sendo que as deliberações serão tomadas por maioria dos
votos dos presentes.

Celso André Klafke
Presidente Porto Alegre, 6 de setembro de 2011.