Até que ponto as leis mudam a realidade?

Bases Legais Ciências Humanas e suas Tecnologias Conteúdo Ética e cidadania Objetivos Conscientizar os alunos sobre a importância de leis que regulamentem práticas sociais Conteúdo relacionado Reportagem da Veja: • O meu, o seu, o nosso Introdução Dividir bens entre os membros de uma família nunca foi uma tarefa simples, principalmente quando um dos pais morre. Nesse momento, afloram interesses materiais que antes permaneciam ocultos sob a etiqueta social. Não raro, tais impulsos acabam levando irmãos aos tribunais. De acordo com VEJA, repartir uma herança ficou ainda mais complicado após a aprovação do novo Código Civil, em 2002. De lá para cá, a falta de respostas para certas questões de partilha deixou evidente que os nossos legisladores não conhecem bem a realidade do país. O pior, aponta a reportagem, é que a versão antiga do Código, de 1916, era muito mais prática nesse quesito. Use os paradoxos do texto para refletir com a turma sobre o modo como as leis podem interferir na vida cotidiana das pessoas. Aproveite para mostrar em que pé está a aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente, de 1990, do Idoso, de 1997, e a Lei de Crimes Ambientais, de 1998. Tire cópias das leis mencionadas nestas páginas e distribua para a turma. Estatuto do Idoso Art. 2º. O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade. Comente que, ao tratar da aplicação das normas jurídicas, os professores da área dizem: “Por mais que o legislador deseje, o Direito não pode revogar a Lei da Gravidade”. Por trás dessa analogia, há uma mensagem clara: o mundo das leis e o dos fatos são distintos. Quando eles discordam entre si, o segundo sempre atropela o primeiro. De forma técnica, explique que as leis precisam de um mínimo de eficácia para continuar existindo. Passe à leitura da reportagem. Constituição Federal Art. 225. Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. Lei de Crimes Ambientais Art. 40. Causar dano direto ou indireto às Unidades de Conservação, independente de sua localização. Pena: reclusão de 1 (um) ano a 5 (cinco) anos. Atividades

IV – brincar. ressalvadas as restrições legais. Mas essa lei apresenta tantas brechas que às vezes se desloca da realidade e acoberta delitos juvenis. V – participar da vida familiar e comunitária. que perderíamos a noção da realidade. pois ela simplificaria tanto as coisas. Comente que não há resposta fechada. Proponha que os estudantes realizem uma pesquisa na escola e no bairro com as seguintes questões: 1. Que lei moderna e boa para a sociedade não é aplicada? Por quê? 3. pois merecem viver plenamente sua infância. 16. da Constituição Federal e da Lei de Crimes Ambientais reproduzidos neste plano. Ele é causa e conseqüência. O Direito. tenham seus planos de saúde reajustados de forma adequada e ganhem prioridade nos atendimentos de serviços públicos. por seu turno. é natural que os mais velhos mereçam privilégios ao pegar filas em bancos. vir e estar nos logradouros públicos e espaços comunitários. na forma da lei. Por que razão isso ocorreu? Será que o Direito não gosta de dialogar com as inovações? Ou os legisladores preferem a segurança do que já é conhecido? Explore os trechos dos dois estatutos. Crianças não podem trabalhar. II – opinião e expressão. é resultado das tensões sociais e. O que o Direito pode fazer a respeito? Tudo. Há mesmo leis “que pegam” e leis “que não pegam”? O que significa isso? A que se deve? Como resolver o problema? . se é necessário controlar a poluição e não permitir o corte das florestas. para ser mais preciso. Os idosos. deixe bem claro. o planeta sofre um processo de mudança climática tão marcante que todos os países do norte ficam congelados. há um estatuto aprovado em 1997. Muitos cientistas dizem que isso talvez aconteça daqui a um ou dois séculos se nenhuma providência for tomada. Estatuto da Criança e do Adolescente Art. III – crença e culto religioso. Ficção? Nem tanto. não deve ser preso com bandidos adultos. No caso brasileiro. Existe alguma lei totalmente ultrapassada? O que deve ser feito? 2. Assim. Na película. auxílio e orientação. O direito à liberdade compreende os seguintes aspectos: I – ir. Mas só o fato de admitir que os idosos têm direitos já é um avanço. é necessário que existam regras regulando o assunto. também precisam de atenção especial. Comente que assim como nas questões de herança tratadas por VEJA. Afinal. VII – buscar refúgio. No caso da Lei de Crimes Ambientais. Com relação ao Estatuto da Criança e do Adolescente. praticar esportes e divertir-se. Um adolescente. por absoluto descuido da sociedade. pois ao completar 18 anos ele não tem consciência plena de seus atos. pergunte quem viu o filme O Dia Depois de Amanhã. influi na própria forma de a sociedade resolver seus conflitos. ainda muito precário e com pouca aplicação prática. VI – participar da vida política. já que hoje a expectativa de vida no Brasil se aproxima dos 80 anos. sem discriminação. ao mesmo tempo. recorde que um indivíduo em formação merece um tratamento especial por parte da legislação.Pergunte se a sociedade cria o Direito ou o Direito amolda a sociedade. o novo Código Civil ignorou uma série de leis promulgadas depois da ditadura militar no Brasil nos anos 1980. nunca é demais ressaltar. de Roland Emmerich.

É possível um mundo sem nenhum tipo de norma que determine o comportamento das pessoas e que não tenha um poder instituído. Se é verdade que a lei deve ter um mínimo de respaldo social. não são respeitadas? Sugira que a classe tabule os resultados e os apresente à comunidade escolar em forma de painéis. Devemos lutar pela garantia de aplicação dos direitos integrais das crianças e dos adolescentes ou a lei deve mudar para permitir. . o estatuto dedicado a eles está cumprindo seu papel? O que fazer se as leis.4. Que leis de proteção ambiental são mais importantes? É possível proteger a flora e a fauna sem a existência delas? 7. por exemplo. um Estado? Ele seria melhor ou pior que o atual? 5. os alunos devem elaborar dissertações individuais sobre o tema. Quais são os direitos mais importantes que devem ser garantidos aos idosos? Na prática. apesar de existirem. Depois. é correto dizer que em toda ditadura algumas pessoas apóiam o ditador? Por quê? 6. que aqueles que infringem a lei sejam punidos como se fossem adultos? 8.