GUIA PARA USO DO JMETER

A versão utilizada para produzir este guia foi a versão: 2.3.2 r665936 O Jmeter é uma ferramenta que pode ser utilizada para testes de desempenho em Arquivos, Servletes, Scripts Perl, Java Objects, Banco de Dados e Queries, Servidores FTP e outros, estes recursos a serem testados podem ser dinâmicos ou Estáticos. Ele pode ser utilizado para simular uma pesada carga em servidores, rede ou objetos para testar a carga ou analisar a performance global de diferentes tipos de carga. Você pode utilizá-lo ainda para realizar a análise gráfica de desempenho ou para testar o seu servidor/script/objeto sob cargas pesadas concorrentes. Neste guia será demonstrado os elementos básicos para realizar um teste de desempenho de sistemas web e em banco de dados, lembrando que o Jmeter possui diversas outros elementos que podem ser testados. 1 – INSTALAÇÃO: Antes de iniciar o uso do Jmeter, verificar se o JVM está instalado em sua máquina, para verificar, se o java está instalado, basta abrir o Painel de controle e verificar se existe alguma opção com o nome Java. Atenção: O Jmeter só funciona com versões do JVM acima da 1.4.

.

Ao abrir a ferramenta você terá a seguinte visão de tela: 2 – TEST PLAN: . e clicar no arquivo: “jmeter.O JMeter não necessita de instalação.bat”. selecionar a pasta para onde o mesmo foi enviado. para iniciar o uso basta descompactar o arquivo. abrir a pasta bin.

esta combinação faz com que o Jmeter a cada 1 segundo simule um usuário agora caso o tempo for colocado 1 o Jmeter vai enviar os 10 usuários simultaneamente. Abaixo temos uma rápida demonstração dos principais elementos utilizados para montar um plano de teste com o Jmeter. 2. é o local que em que devem ser colocados todos os objetos de um teste. . No Thread Group você pode selecionar: O Número de Usuários (number of threads). O Tempo de intervalo para cada usuário (ramp-up period). incluindo os relatórios. O Número de Vezes que você deseja repetir o teste (Loop Count) Um exemplo para calcular o nível de usuários do sistema é: Número de usuário = 10 e Tempo de intervalo = 10.Como o próprio nome diz. Todos os controles e samplers (exemplos) ficarão abaixo de um thread group.1 – Thread Group O Thread Group é o início de qualquer plano de teste.

.

2. não sendo necessário preencher novamente. Configuração: Name: Inserir um nome para o elemento (só será utilizado para identificação dentro do plano de teste) Server Name or IP: Só será necessário inserir algum dado neste campo se você não tiver colocado o Elemento HTTP Request Defaults anteriormente. neste elemento você poderá definir todas as opções que serão testadas e ainda caso necessário definir nomes de usuário.3 – HTTP Cookie Manager Caso seja necessário a utilização de cookies o JMeter possui este elemento que possibilitará o uso de cookies no teste 2. basta clicar em add e incluir o nome da variável que foi colocado no campo do formulário e o valor que você deseja que a mesma tenha. é utilizado para enviar um arquivo. . caso você esteja realizando alguma solicitação. Send parameters with request: Adicionar os parâmetros para se utilizado no método post. Content encoding: Tipo de codificação do protocolo Path: completar o restante do endereço para acesso à página. Retrieve all embedded resources with HTML files: faz o download de todos arquivos mencionados no código HTML da página. Protocol (default http): inserir dados caso tenha que mudar o protocolo. senhas e outras opções para preenchimento de campos de formulários. caso seja envio de alguma informação. Method: Aqui é uma parte muito importante. manter o protocolo GET.2 – HTTP Request Defaults O HTTP Request Defaults é utilizado para definir o valor padrão (endereço) e a porta para uma requisição HTTP. o HTTP Request irá utilizar a informação deste elemento.4 – HTTP Request É o elemento principal de todo teste de sistemas via web. 2. como um formulário. mudar para POST. Port Number: Idem ao anterior. Send files with request: como o próprio nome já diz. pois caso o tenha inserido. caso seja http deixar em branco.

2. como: Nº de Iterações. abaixo estão descritos os principais elementos utilizados para exibir resultados 2. porém é bem útil. caso deseje salvar o resultado do teste. no caso de uma página o seu código HTML.5 – Listener Elementos utilizados para exibição dos resultados dos teste. você deverá antes de iniciar a execução do teste colocar no campo: “Write Results to File / Read from file --> Filename” o nome e a localização do arquivo.5. permite também verificar a codificação da página entre outros atributos. gráficos entre outros. Tempo de resposta entre outros. como tabela de resultados.3 – View Results in Table Simular ao Summary Report. Ao colocar o nome .2 – Graph Results Exibe um gráfico com os resultados dos testes 2.4 – View Results Tree Exibe o resultado do teste.5. 2. com ele você poderá ter um resumo dos resultados. pois exibe a quantidade de bytes por iteração 2. ele permite ainda verificar o retorno que o servidor retornou. Porcentagem de erro.5.1 – Summary Report Principal elemento utilizado para exibir os resultados de um teste.5. OBSERVAÇÃO: Em todos os objetos que foram criados para exibir o resultado. no caso de uma Query o resultado da mesma. Média. se foi positivo ou se conteve erro.

o JMeter apresentará uma mensagem informando que não foi possível carregar o arquivo. é normal. clique em ok e continue a execução do teste.pela primeira vez. .

para que você possa utilizar em seus testes depois.3 – PASSO-A-PASSO PARA CRIAÇÃO DE UM TESTE EM PÁGINAS WEB O Jmeter possui um ótimo componente para realizar testes em páginas WEB. com ele você configura o seu navegador. pois com ele você não ira precisar ficar configurando manualmente. Abaixo está um passo-a-passo para que você possa capturar e executar um teste com este componente do JMeter. e tudo o que você for fazendo o JMeter vai capturando e organizando. Este objeto é muito útil. item por item do seu teste em páginas WEB. que é o HTTP Proxy Server. Passo 1 – Clicar com o botão direito do mouse sobre a opção Workbench e selecionar a opção Add --> Non-test Elements --> HTTP Proxy Server Passo 2 – Caso você queira que todos os objetos referenciados no código HTML sejam capturados marcar a opção: Retrieve all embedded resources from HTML files Passo 3 – Clicar com o botão direito do mouse sobre o Test Plan e selecionar a opção: Add --> Thread Group .

clicar no HTTP Proxy Server e selecionar a opção Start .Passo 4 – Clicar com o botão direito do mouse sobre o Thread Group e selecionar a opção: Add --> Config Element --> HTTP Request Defaults Passo 5 – Abrir o seu navegador WEB e configurar o proxy para: 127.1 e porta: 8080 Passo 6 – Voltar ao JMeter.0.0.

retornar ao JMeter e clicar na opção STOP. . clica sobre o HTTP Proxy Server e o exclua. todas as suas ações no navegador. Passo 8 – Feito a captura de sua navegação.Passo7 – A partir deste momento. serão capturadas e convertidas para o formato de teste do JMeter. Você pode verificar se tudo ocorreu corretamente observando os itens capturados a esquerda abaixo do Thread Group. Ao termina a sua navegação.

Passo 9 – Após excluir o Proxy Server. clique com o botão direito sobre o Thread Group e selecionar: Add --> Listener --> Summary Report / View Results in Table / View Results Tree . Passo 10 – Salvar o projeto e clicar em cada um dos relatórios e selecionar a pasta e o nome do arquivo para salvá-los . Graph Results Para inserir os 4 principais tipos de relatórios para o teste.

clique no Summary Report e depois no botão Save Table Data. .csv. Atenção: O JMeter costuma apresentar divergências nos valores que são exportados.Passo 11 – Clicar sobre o Thread Group e definir os padrões do teste (nº de usuários. para exportar. quantidade de repetições) Passo 12 – Para iniciar os teste clicar no menu Run --> Start Passo 13 – Para verificar os resultados basta navegar entre as opções de relatórios incluídos. Caso queira exportar os resultados em formato . que pode ser importado posteriormente por outro programa. tempo de interver. Fazendo isto o JMeter irá exportar o arquivo em formato .csv. o único componente que suporta este tipo de ação é o Summary Report. Para uma melhor confiança exporte e logo após verifique os valores que foram exportados com a tabela do Summary Report de dentro do programa e caso algum valor apresente divergência corrija-o.

vide Manual do JMeter.4 – PASSO-A-PASSO PARA CRIAÇÃO DE UM TESTE EM UMA QUERY SQL O JMeter possui a funcionalidade de testar queries em Banco de Dados. este exemplo está demonstrando como configurar uma conexão com o Banco de Dados MS Sql Server. para outros tipo. para realizar esta conexão ele utiliza um driver JDBC que deverá ser configurado conforme o tipo de banco de dados a ser testado. Passo 1 – Clicar com o botão direito do mouse sobre o Test Plan e selecionar a opção: Add --> Thread Group Passo 2 – Clicar com o botão direito sobre o Thread Group e selecionar a opção: Add --> Config Element --> JDBC Connection Configuration .

sqlserver.11:1433. a URL do Banco de Dados a ser testado. clicar no item JDBC Connection Configuration que foi inserido e entrar com os valores nos campos: Variable Name: Definir um nome de variável que posteriormente será útil Max Number of Connections: Configurar o número máximo de conexões Database URL: nesta parte você deverá configurar.Passo 3 – Configurar a conexão.microsoft.: jdbc:sqlserver://10. Ex.jdbc.SQLServerDriver Username: Inserir o nome de usuário do Banco de Dados Password: Inserir a senha do usuário. Ex.:com.databaseName=alertario_teste (parta coneções com Banco de Dados SQL Server JDBC Driver class: incluir a referência da classe do drive JDBC.201. conforme o exemplo. Passo 4 – Clicar com o botão direito do mouse sobre o JDBC Connection Configuration e selecionar a opção: Add --> Sampler --> JDBC Request.2. .

etc) Query: Colocar a query que o JMeter irá executar . update. delete.Passo 5 – Clicar sobre o JDBC Request e editar os seguintes campos: Variable Name: colocar o mesmo nome que foi inserido no JDBC Connection Configuration Query Type: Selecionar o tipo de query (select.

Graph Results Para inserir os 4 principais tipos de relatórios para o teste.Passo 6 – Clicar com o botão direito sobre o Thread Group e selecionar: Add --> Listener --> Summary Report / View Results in Table / View Results Tree . Passo 7 – Salvar o projeto e clicar em cada um dos relatórios e selecionar a pasta e o nome do arquivo para salvá-los .

Requisitos de hardware e software. quantidade de repetições) Passo 9 – Para iniciar os teste clicar no menu Run --> Start Passo 10 – Para verificar os resultados basta navegar entre as opções de relatórios incluídos. Dicas sobre o que é automatizar. Sobreposição de parâmetros via linha de comando. Fazendo isto o JMeter irá exportar o arquivo em formato .csv. Índice Introdução ao JMeter. Usando um servidor de proxy. Atenção: O JMeter costuma apresentar divergências nos valores que são exportados. OCLASSPATH do JMeter. que pode ser importado posteriormente por outro programa. Utilizando o JMeter. Lista de opções da linha de comando. tempo de interver.Passo 8 – Clicar sobre o Thread Group e definir os padrões do teste (nº de usuários. Características principais. Testes automatizados. Elementos de um plano de teste. Elementos da sua interface gráfica.csv. Escrevendo planos de teste. para exportar. clique no Summary Report e depois no botão Save Table Data. Para uma melhor confiança exporte e logo após verifique os valores que foram exportados com a tabela do Summary Report de dentro do programa e caso algum valor apresente divergência corrija-o. o único componente que suporta este tipo de ação é o Summary Report. Caso queira exportar os resultados em formato . .

Edição de texto. Conhecimentos básicos acerca do Linux. Material didático 01 CD com imagem do JMeter. A preparação para um teste de carga. Executando teste de carga e carga maior. 01 Apostila de exercícios. . Instalação de pacotes.Testes de carga/performance para websites. Pré-requisitos Noções de infra-estutura para a execução de aplicações Web. Edição de arquivos XML. servidores de aplicações e de bancos de dados e redes. Servidores Web. Criando um Test Plan. Monitoração de processos.