1.2.2- O que é Anime ou Animê?

Anime ou Animê significa Animação Japonesa, obviamente que vindo do Japão. Conforme comentamos anteriormente, quando um Mangá é famoso, acaba originando uma série animada, o Anime ou Animê! A questão é que até a ocupação norte-

americana, os desenhos animados no Japão em geral eram chamados de dõga (imagens em movimento). Essa expressão servia também para definir “filme". Não havia na língua japonesa uma palavra distinta que significasse animação. Influenciado pelo estrangeirismo, ao idioma japonês anexou-se outras expressões derivadas do inglês, como eeakon para ar-condicionado e aisu kuriimu para sorvete. Já na década de 50, o termo Anime derivado do inglês Animation, passou a ser usado com o sinônimo de desenhos animados. Com a propagação de produções de animação japonesas no exterior a partir da década de 80, a palavra Animê virou sinônimo de animação com a estética e a técnica desenvolvidas pelos japoneses, embora no Japão ela signifique todo e qualquer desenho animado, japonês ou não. Por volta de 1910, as platéias japonesas passaram a conhecer desenhos animados graças aos cinemas. Noburo Ofuji, que produziu kugira ("A baleia") em 1927 e Osekisho ("o inspetor da estação", primeiro desenho animado sonoro japonês) em 1930, afirmou que a animação não era necessariamente uma arte cômica, mas uma forma de cinema viável para tratar de temas adultos, dramáticos e eróticos. Em 1937, ele criou o primeiro desenho animado colorido japonês: Katsura Hime ("A princesa Katsura"). A indústria dos Animê surgiu discretamente nos anos 50 e se consolidou na década seguinte. No entanto, somente ganhou um grande impulso na década de 1970, graças ao primeiro anime boom (explosão do Animê), fenômeno de massa causado pelo desenho Uchuu Senkan Yamato - Encouraçado Espacial Yamato, conhecido no Brasil como Patrulha Estelar. (fig.17– próxima página). Deve-se observar que a constante busca por uma redução de custos de produção e a limitação de recursos materiais e financeiros do Japão influenciou bastante as características de desenhos animados produzidos ao longo do século XX, processo semelhante ao vivido pelo Mangá. Alias desde os anos 60 ele é uma inspiração para versões em Animês e filmes live-action (filmagem com atores) com seus personagens mais populares e aqui abrimos um parêntese: para se falar de anime, temos que também falar de duas correntes que estão ligadas a ele o Tokusatsu e o Anime Songs:

17.Fig. Encouraçado Espacial Yamato .

No Brasil. Jiraya (fig. Cybercop (fig. Changeman (fig. Kamen Rider (fig. Osamu Tezuka aparece novamente neste quadro. a relação do Tokusatsu com o Mangá é estreita. com vários cruzamentos entre essas mídias. o Tokusatsu é parte integrante da cultura pop japonesa. Consolidado nos anos 50 com Godzilla. Espectroman.50). Jiban (fig. (LUYTEN 2005. Fig. Apesar de a maioria das criações serem feitas para TV ou cinema. foi discípulo direto de Tezuka. 19. Entre os filmes live-action.. 22). foram exibidos alguns desses seriados. influenciando várias produções até hoje.O Fantástico Jaspion.19). Kamen Rider e tantas outras. . Jaspion (fig. De proporções bem menores que indústria do Animê e Mangá. Fig. Criou uma série de Tokusatsu chamada Magma Taishi (Embaixador Magma. especialmente aqueles com monstros e super-heróis. que em 1966 foi o primeiro seriado colorido da TV japonesa. em séries como Ultraman.. Shotaro Ishinomori (de Cyborg 009).. O mais influente diretor de heróis para a TV. tornaram-se marcos do Tokusatsu. Spielvan (fig.artigo Alexandre Nágado. esse gênero ganhou força na televisão nas décadas de 1960 e 1970. conhecido no Brasil como “Vingadores do Espaço”).”. esse gênero disputava com o Animê a popularidade entre as crianças. Kamen Rider Black (fig. 18. Duas de suas muitas criações. existe no Japão o gênero Tokusatsu (efeitos especiais) que engloba filmes de ficção e fantasia.“.Esquadrão Relâmpago Changeman. dentre outros. 21). cuja maioria está voltada ao público infanto-juvenil. Maskman (fig. pg. Flashman (fig. 24). Nos anos de 1970.18). 26). pois não se limitou apenas à criação de Mangás. 23).21) (motoqueiro mascarado) e o quinteto colorido Go Ranger. além de um autor renomado de Mangás. dentre tantos: Ultraman.20).. 25).

21. Fig.Jiban.Fig. . Fig. 20 . Fig.Flashman. Fig.Cybercop. 24. 22 .Maskman. 23 .Kamen Rider Black. Fig. 25 .Jiraya.

X-Japan. No mercado fonográfico japonês entra o gênero Anime Songs. L’arc en Ciel. Ayumi Hamasaki. sendo a anisong reconhecida como música.Jaspion II.Spielvan. outros nomes como Takayuki Miyauchi. Esse gênero engloba as músicas de trilhas sonoras de animes. cinema e vídeo com foco no público juvenil e adulto. especialmente de Ichirou Mizuki (renomado cantor de temas como Spielvan). Apesar disso. Com o passar do tempo. Dir enm Grey e . A partir dos anos 1990. A eles. surgiram títulos para a TV. Vale lembrar também que entre os produtos derivados de personagens televisivos famosos. vários Tokusatsu serviram de inspiração para muitos autores de Mangá. Mitsuko Horie.Fig. nomes consagrados como Hironobu Kageyama. Hikaru Utada. 26. o termo foi ganhando força no mercado e ficando mais abrangente a ponto de se mesclar com o J-Pop (musica pop japonesa). e não apenas como apoio de algum personagem. dentre outros. games e produções em live-action de aventura. a maioria destinada ao público infanto-juvenil masculino. graças aos esforços e pressão de alguns cantores. o mercado de Anime Songs gera shows bem produzidos que dão origem a CDs DVDs ao vivo. The Yellow Monkey. com um grande apelo ao público feminino. Hoje em dia. graças à utilização cada vez mais freqüente de popstars no elenco dessas produções. Adquirindo consistências mais modernas e tendo a atenção do público adolescente e infantil em alta. vários Mangás foram produzidos. algo impensável décadas atrás. fixaram seus nomes cantando músicas temas de Animês e tokusatsu.

outros vieram a gravar Anime Songs em seus repertórios. Hironobu Kageyama (JAM Project) e Akira Kushida são os maiores representantes dessa corrente. assim como no Mangá. mas o detalhe principal fica na boca. Fig. que muda muito com a expressão. 27. Dentro do anisong há uma sub corrente considerada a mais pura e tradicional: o Hero Song. tão comuns em desenhos de ação e seriados de Tokusatsu. o cabelo fica bem destacado. ainda mais em homens. No geral. cinema e títulos produzidos para vídeo (os OVAS. chegando a ficar enorme . com músicas de ritmo vibrante. Voltando ao anime.Original Video Animation). os olhos são geralmente enormes ou puxados para os lados. Astros J-Music e Anime Songs. entre altos e baixos. a indústria dos Animês foi se diversificando cada vez mais com produções infinitas para TV.

É o que chamamos de Chi ou Ki. por isso.quando um personagem ri. fusionados. quando há alguma dúvida ou decepção.. Aliás. espírito. Fig. . vitalidade”.Guerreiras Mágicas de Rayearth. é bastante comum ver cenas de ação intercaladas por sátiras e deformação destes personagens. mas manifestam seus reais poderes quando importunados de forma humilhante. mas podem fazer uma pessoa chorar quando querem. Seus poderes não provêem de fatalidades da natureza. quando algo de idiota ou engraçado acontece. a anima que todo ser possui. Os desenhos americanos vêm com histórias do gênero policial. sempre com bandidos ou vilões à solta que os "heróis" devem vencer munidos de superpoderes que recebem por um acaso do destino através de uma radiação gama. por exemplo). Geralmente são adquiridos em aventuras extradimensionais. ou seja. segundo a crença oriental. Três garotas da terra são transportadas para um mundo paralelo ao nosso. aparentemente eles são ingênuos. isótopos. Isso tudo é difícil de encontrar em Super Homem. Em um anime. formam o Gigantesco Rayearth. basta algumas cenas de "flashback" e uma música bem simples e romântica de fundo. animação e bravura. coragem. – o ki ( a energia vital na medicina chinesa) significa “energia. esse principio está ligado à idéia de ardor. uma fórmula. é o caso de As Guerreiras Mágicas de Rayearth (fig.. espadas e robôs mágicos que. Batman. o sopro de vida. a força interior que todos nos temos. 28). Os animes são cômicos na maioria das vezes. etc. Homem Aranha. Recebem poderes. 28 . picadas de aranha. Grande parte dos animes têm relação com lutas e podem até ser baseados em crenças ou lendas japonesas (Dragon Ball.29). e a sumir. relâmpago.ou através da própria manifestação do Ki e seu posterior controle como nas aventuras de Ryu e Ken na saga Street Fighter (fig.jóias mágicas lhes dão poderes .. vigor.

. são os grandes embaixadores culturais do país há décadas. principalmente os desenhos animados.”. Vários são os títulos e temas para animê e nem os esportes são deixados de lado.. antes de eles serem publicados fora do Japão.52) . (LUYTEN 2005. “.Fig.. Antes de a narrativa em quadrinhos dos mangás de vir a público. muito mais do que os quadrinhos que os inspiraram. pg. Nesse aspecto.artigo Alexandre Nágado.. 29 – Street Fighter. os animês foram os grandes divulgadores do traço de mangá. graças às boas audiências das séries animadas. os traços característicos já eram conhecidos em vários países. os seriados.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful