You are on page 1of 6

Um problema frequente que permeia os fóruns sobre Slackware é justamente a configuração da

ADSL.
Curiosamente, várias pessoas conseguem configurar a ADSL através do comando pppoe-setup, mas
não conseguem navegar pela web com seus respectivos browsers.
Logo, o que fazer?!

Aqui um breve tutorial que ajuda a silenciar esse problema.

Primeiro, você precisa ter instalado em sua maquina, os respectivos pacotes: ppp-x.x.x-iXXX-x e
rp-pppoe-x.x-iXXX-x.

O que significam os "Xs"?

Pacotes, em sua grande maioria (se não todos), possuem um padrão no que tange ao nome que os
mesmos possuem.
Os primeiros "Xs" correspondem à versão do pacote em questão; os "Xs" que se encontram ao lado
do "i", são uma referência ao fato de que o tal pacote em questão, fora otimizado para uma
determinada arquitetura de processadores durante a compilação. Isso porque o compilador GCC
possui parâmetros (flags) especificas para otimizar um determinado pacote para uma determinada
arquitetura de um processador.
Vale também dizer que "i386,i486,i586" são "degraus" na escala de "evolução" dos processadores,
onde as versões i386 e i486 compartilham característica semelhantes, e também onde as mesmas
possuem um desempenho pequeno em relação uma à outra.
O fato é que essas arquiteturas (i386 e i486) processam apenas uma instrução por vez, cujo
resultado quase não é perceptível em termos de processamento.
As arquiteturas posteriores, i586 e i686 (a próxima geração na escala da arquitetura de
processadores) estão se tornando o padrão para compilação de pacotes, justamente por processarem
duas instruções por vez (a arquitetura i586, a título de informação, corresponde aos processadores
Pentium).
E pra encerrar esse pequeno trecho, cabe dizer que um pacote compilado para uma arquitetura i586
não desempenha um processamento adequado em micros cuja arquitetura seja a de i486, justamente
pelo que fora citado em relação ao processamento de instruções.

Fonte: http://www.guiadohardware.net/faq/linux-sl/i386-i468-i586-i686-qual-dife$

Continuando...

Depois de se certificar que você possui os pacotes ppp e rp-pppoe corretos, iniciemos a instalação.

obs: A descrição dos pacotes pode ser visualizada através do comando

explodepkg nome-do-pacote.tgz (como root)

ou, através deste:

pkgtool (na aba View) (como root)

A seguir, use o comando

pppoe-setup (como root)
para dar inicio à configuração da ADSL.

A partir daqui vou comentar a configuração e ir indicando o caminho a ser seguido. Acompanhem:

root@darkstar:/home/seu_diretorio# pppoe-setup
Welcome to the Roaring Penguin PPPoE client setup. First, I will run
some checks on your system to make sure the PPPoE client is installed
properly...

Looks good! Now, please enter some information:

USER NAME

>>> Enter your PPPoE user name (default xxxxxxxxxxxx@telemar.com.br): #

Aqui, logo apos os ":" você deve digitar o numero do seu telefone usado para se conectar, e não
esqueça de por o DDD na frente do seu telefone, ok? :P . Esse é o seu login.
No meu caso, minha operadora é a telemar. A especificação da empresa nos informa que nosso
login, que corresponde ao numero de nosso telefone que usamos para conectar à internet, deve ser
seguido de @telemar.com.br
No seu caso, você deve seguir aquilo que a sua operadora lhe informa em relação à conexão à
internet usando ADSL. E não esqueça que, depois de digitado o login, aperte enter para dar
continuidade à instalação.

A seguir:

INTERFACE
>>> Enter the Ethernet interface connected to the DSL modem
For Solaris, this is likely to be something like /dev/hme0.
For Linux, it will be ethn, where 'n' is a number.
(default eth0): # Aqui você deve digitar o caminho correspondente à sua interface de rede;
Como especificado acima, no Solaris o caminho correspondente à interface de rede é /dev/hme0; no
caso do Linux (seu caso), você deve digitar somente ethX, onde X corresponde à sua interface de
rede; eth0 corresponde à primeira interface; eth1 à segunda, e assim por diante, dependendo de
quantas placas de rede estiverem instaladas no seu micro. Depois de escolhida, tecle enter.

Em seguida:

Do you want the link to come up on demand, or stay up continuously?
If you want it to come up on demand, enter the idle time in seconds
after which the link should be dropped. If you want the link to
stay up permanently, enter 'no' (two letters, lower-case.)
NOTE: Demand-activated links do not interact well with dynamic IP
addresses. You may have some problems with demand-activated links.
>>> Enter the demand value (default no): # Aqui, o padrão é "no" (sem
aspas). E enter depois.

obs: Eu pesquisei rápido na internet, e pude verificar que "link come up
onde demand" significa que para manter sua conexão, há a necessidade de
se manter um certo tráfego. Seria basicamente como se sua conexão fosse
descartada caso não haja tráfego na rede. E caso você opte por essa
opção, especifique o numero de segundo para que sua conexão seja
descartada; Já o termo "stay up continuously" faz referencia à uma
conexão constante, apropriada para endereços IPs dinâmicos, que não
demandam tráfego para que continuem sempre ativas.
Para quem se interessar mais: www.google.com.br

Continuando:

DNS

Please enter the IP address of your ISP's primary DNS server.
If your ISP claims that 'the server will provide DNS addresses',
enter 'server' (all lower-case) here.
If you just press enter, I will assume you know what you are
doing and not modify your DNS setup.
>>> Enter the DNS information here: # Aqui entra o primeiro endereço do
primeiro DNS. Você pode consegui-lo ligando para sua operadora. Ela lhe
informará os endereços do primeiro e do segundo DNS. No entanto, se sua
operadora lhe informar que ela mesmo fornecerá os endereços, digite aqui
a palavra 'server' (sem aspas e em letras minusculas mesmo).
Caso você opte por informar os DNSs, informe o primeiro e, em seguida,
lhe será perguntado pelo segundo DNS. Se você digitar 'server', nem
precisa se preocupar com isso. E caso você não digite nada, o DNS será
fornecido pela operadora.

Please enter the IP address of your ISP's secondary DNS server.
If you just press enter, I will assume there is only one DNS server.
>>> Enter the secondary DNS server address here: # Aqui entra o endereço
do segundo DNS, como citado acima. Se você digitou 'server', essa
segunda mensagem nem lhe aparecerá.

Continuando:

PASSWORD
>>> Please enter your PPPoE password: # Aqui você deve digitar apenas o
seu numero de telefone. E por favor, não esqueça de incluir o DDD da sua
cidade; assim: 91XXXxxxx (91 é o DDD de Belém). Depois aperte enter.

>>> Please re-enter your PPPoE password: # Entre novamente com a mesma
senha. E aperte enter de novo.

A seguir:
The firewall choices are:
0 - NONE: This script will not set any firewall rules. You are
responsible for ensuring the security of your machine. You are STRONGLY
recommended to use some kind of firewall rules.
1 - STANDALONE: Appropriate for a basic stand-alone web-surfing
workstation
2 - MASQUERADE: Appropriate for a machine acting as an Internet gateway
for a LAN
>>> Choose a type of firewall (0-2): # Aqui você deve digitar 0 ou 1 ou
2 e apertar enter.

0 corresponde à opção de não usar nenhuma regra padrão de firewall. Caso
você já tenha ajustado as regras do seu tabletes, pode usar essa opção

1 corresponde à opção da maioria dos usuários; Aqui um mínimo de
segurança lhe é fornecido. Entretanto, prefira sempre configurar o
iptables.
2 corresponde à opção de preferência em se tratando de gateways
(servidores de rede que, através de proxy, distribuem a conexão com
várias maquinas para que todas acessem a internet através do servidor
[essa explicação é bem genérica Talvez para um próximo tutorial :D]).
Logo, se você pretende usar um gateway, prefira essa opção

E como já mencionado, pra você usuário "comum", que só quer acessar a
internet do seu pc, escolha a opção 1 (Standalone) e tecle enter.

Concluindo:

** Summary of what you entered **

Ethernet Interface: m
User name: há
Activate-on-demand: Yes; idle timeout = h seconds
Primary DNS: 222
Secondary DNS: h
Firewalling: STANDALONE

>>> Accept these settings and adjust configuration files (y/n)? # Acima
mostra as opções que você fez durante o processo de configuração da
ADSL.
A primeira opção diz respeito à sua interface de rede; a segunda é seu
login (DDD+numero de telefone@speey ou @telemar etc.); a terceira diz
respeito à conexão, se a mesma depende de tráfego para se descartada ou
se ela se mantem contínua; a quarta diz respeito ao endereço do primeiro
DNS; a seguinte diz respeito ao endereço do segundo DNS; e a última diz
respeito à opção de Firewall.

A pergunta que lhe é feita aqui
>>> Accept these settings and adjust configuration files (y/n)?

é se você deseja salvar as configurações. Escolha y (yes) e tecle enter.
E pronto, agora você já configurou sua ADSL. Agora é só navegar. :D

Opaaa...estamos esquecendo do motivo desse tutorial, não?
Claro. Perdoem-me pela falta.
Eis a dica: muita gente comete o erro de configurar a ADSL na sua conta
de root, o que está equivocado. Por algum motivo (que desconheço, mas
desconfio que seja "problema com permissões de arquivos), se você seguir
o processo acima na conta do root, você conecta à internet. Entretanto,
nenhuma pagina da web irá abrir.
No começo, você pode pensar que se trata de erro de DNS. E, verificando
o arquivo /etc/resolv.conf, você constatará que tudo está perfeito e não há
nada de errado.

Agora, a dica: configure a adsl, seguindo o tutorial acima, NA SUA CONTA
DE USUARIO.
No caso, você loga no sistema com a sua conta de usuário, depois usa o
comando

su

que em seguida lhe pedirá a senha do usuário root (o administrador de
todo o sistema). Depois de digitada a senha e, depois de ter dado enter,
BUM! Você "vira o root" (ui! :P). Serio, agora, como root, você já está
apto a executar todo o processo descrito neste tutorial. Depois,
conecte-se usando o comando

pppoe-start

e é só navegar (e não esqueça de usar o comando "exit" (sem aspas) para
"deixar de ser o root" e "voltar a ser o seu usuário".

Aqui, alguns comandos úteis:

Todos como root:

pppoe-start (inicia a conexão).
pppoe-status (mostra algumas informações sobre a conexão, como endereço
ip, mascara de rede, interface de rede, numero de pacotes descartados
etc.).
pppoe-stop (termina a conexão).

Espero que o tutorial sirva para esclarecer alguns duvidas em relação a
essa polemica que é "conecta mas não navega no Slackware".
E qualquer duvida, sugestão, critica ou o que for (menos spam, ok :P), é
só me procurar pelo orkut (bah, pensou que eu ia mostrar o meu email, né
seu spammer f%6$#&%$ ¬¬)

[]s
Corvolinux Corvinus

Comunidade GNU/Linux Xiitas
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=6375577
E na web:

http://comunidade-linux-brasil.info/
Créditos: www.google.com.br :D