100 questões de Estatuto

1. Com relação ao Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de janeiro (Decreto-Lei 220/75), analise as seguintes afirmativas: I. Será aplicado também para todos os municípios do Estado do Rio de Janeiro. II. Não será aplicado para os empregados das empresas públicas e sociedades de economia mista. III. Esta legislação só se aplica aos servidores do Poder Executivo. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é/ são somente: a) I; b) II; c) III; d) I, II e III; e) Nenhuma. 2. O concurso público avaliará, exceto: a) Conhecimento e qualificação; b) Condições de sanidade física; c) Condições de sanidade mental; d) Desempenho das atividades do cargo; e) Experiência do candidato. 3. No Estado do Rio de Janeiro, antes de adquirir a estabilidade, o servidor público será submetido ao estágio experimental e ao estágio probatório. A não aprovação no estágio experimental e no estágio probatório acarretam, respectivamente: a) Exoneração e a demissão; b) Inabilitação do concurso e a demissão; c) A exoneração nas duas situações; d) A inabilitação do concurso e a exoneração; e) A demissão nas duas situações. 4. Com relação ao disposto no Estatuto dos Servidores Públicos, analise as afirmativas a seguir: I. O candidato habilitado nas provas e no exame de sanidade físico-mental será submetido a estágio experimental. II. Na fase do estágio experimental, deverá ser observada a ordem de classificação nas provas e o limite de vagas a serem preenchidas, percebendo o estagiário retribuição correspondente a 80%

(oitenta por cento) do vencimento do cargo, assegurada a diferença se nomeado afinal. III. O prazo de duração do estágio experimental, não será inferior a 6 (seis) e nem superior a 12 (doze) meses. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é/ são somente: a) I; b) II; c) III; d) I, II e III; e) II e III. 5. São requisitos para a investidura, exceto: a) Habilitação em exame de sanidade física e mental por órgão oficial do Estado; b) Habilitação em concurso público; c) Bons antecedentes; d) Prestação de fiança em qualquer caso; e) CPF. 6. Com relação à investidura e levando em consideração as regras do Regulamento do Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro (Decreto 2.479/79) assinale a INCORRETA: a) A investidura em cargo em comissão, integrante do Grupo I – Direção e Assessoramento Superiores – DAS, ocorrerá com a posse. b) A investidura em cargo em comissão do Grupo II – Direção e Assistência Intermediárias - DAI, ocorrerá com o exercício. c) A investidura em cargo de provimento, do Grupo III – Cargos Profissionais, ocorrerá com a posse. d) A investidura em cargo efetivo exige prévia aprovação em concurso público de provas ou provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade de cada cargo. e) A investidura em cargo efetivo ocorrerá com o exercício. 7. Extinto o cargo ou declarada a sua desnecessidade, o servidor estável será: a) Imediatamente exonerado. b) Exonerado após dois anos de aviso prévio; c) Colocado em disponibilidade até seu adequado aproveitamento; d) Compulsoriamente aposentado; e) Facultativamente aposentado. 8. Invalidada a demissão, o funcionário será: a) Readaptado sem ressarcimento;

b) Reintegrado e ressarcido; c) Aproveitado e ressarcido; d) Exonerado sem ressarcimento; e) Aproveitado sem ressarcimento. 9. O retorno ao serviço ativo do servidor público colocado em disponibilidade é denominado: a) Reintegração; b) Readaptação; c) Aproveitamento d) Recondução; e) Reversão. 10. Com relação aos servidores públicos, analise as afirmativas a seguir: I. O aproveitamento é o reingresso, no serviço público, do servidor em disponibilidade, quando haja cargo de natureza e vencimentos compatíveis com o anteriormente ocupado. II. A nomeação é forma de provimento originário em cargo público. III. O servidor não aprovado no estágio probatório será demitido em decisão necessariamente fundamentada após a preservação do direito de defesa. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é/são somente: a) I b) II c) III d) I e II e) II e III 11. Por motivo de saúde ou incapacidade física, o servidor estável pode ser designado para exercer função mais compatível com a diminuição da sua capacidade laborativa. Nessa hipótese ocorrerá: a) Aproveitamento; b) Readaptação; c) Reintegração; d) Reversão; e) Recondução.

12. A alternativa que NÃO importa em vacância do cargo é: a) Exoneração; b) Aposentadoria; c) Demissão; d) Dispensa; e) Licença por motivo de saúde.

Por motivo de saúde ou incapacidade física. analise as afirmativas: I. quando haja cargo de natureza e vencimentos compatíveis com o anteriormente ocupado.NCE/ UFRJ – OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR – 2001 13. b) Aposentadoria. c) Reintegração. e) Recondução. 12. Nessa hipótese ocorrerá: a) Aproveitamento. A alternativa que NÃO importa em vacância do cargo é: a) Exoneração. d) I e III. . O servidor se aposenta compulsoriamente aos setenta anos. sessenta e cinco anos de idade. se for mulher. 10. Os proventos de aposentado por invalidez podem ser proporcionais ou integrais em razão da causa que deu origem à aposentadoria. O servidor não aprovado no estágio probatório será demitido em decisão necessariamente fundamentada após a preservação do direito de defesa. sendo homem e aos. do servidor em disponibilidade. A aposentadoria compulsória será com proventos integrais. A(s) afirmativa(s) verdadeira(s) é/ são somente: a) I. III. b) II. III. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é/são somente: a) I b) II c) III d) I e II e) II e III 11. analise as afirmativas a seguir: I. II. Com relação aos servidores públicos. e levando-se em consideração as normas constitucionais em vigor. b) Readaptação. II. O aproveitamento é o reingresso. d) Reversão. II e III. o servidor estável pode ser designado para exercer função mais compatível com a diminuição da sua capacidade laborativa. Com relação à aposentadoria do servidor. c) III. A nomeação é forma de provimento originário em cargo público. no serviço público. e) I.

O servidor se aposenta compulsoriamente aos setenta anos. licenciado ou afastado legalmente de seu cargo. e levando-se em consideração as normas constitucionais em vigor. NCE/ UFRJ – OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR – 2001 13. II. se for mulher. De acordo com ao Decreto nº. e pelo período máximo de 30 (trinta) dias. a juízo da autoridade competente para dar-lhe exercício. Para efeito de remoção. NCE/UFRJ – COMISSÃRIO DE JUSTIÇA – 2002 14. A aposentadoria compulsória será com proventos integrais. esse prazo será contado a partir do término do impedimento. II e III. Por motivo de casamento. c) III. Os proventos de aposentado por invalidez podem ser proporcionais ou integrais em razão da causa que deu origem à aposentadoria. e) O prazo de cinco dias poderá ser prorrogado. c) O prazo de cinco dias será considerado período de trânsito computável como de efetivo exercício para todos os efeitos. Com relação à aposentadoria do servidor. 2. d) I e III. NCE/UFRJ – OFICIAL DE CARTÓRIO – 2001 15. sendo homem e aos. a alternativa que NÃO corresponde ao estabelecido pelo decreto é: a) O prazo de cinco dias será contado da data da publicação do ato de remoção. o funcionário removido para outra unidade administrativa terá o prazo de 5 (cinco) dias para reiniciar suas atividades. no máximo por igual período. o funcionário poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo de sua remuneração por: .479/79. A(s) afirmativa(s) verdadeira(s) é/ são somente: a) I. e) I.c) Demissão. por solicitação do interessado. d) Quando em férias. d) Dispensa. analise as afirmativas: I. e) Licença por motivo de saúde. b) O prazo de cinco dias só poderá ser prorrogado por força de doença grave. sessenta e cinco anos de idade. III. b) II.

.a) 05 dias. c) Estudo no exterior ou em qualquer parte do território nacional. NCE/UFRJ – AUXILIAR JUDICIÁRIO – 2001 17. b) Vinte dias. NCE/UFRJ – TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 16. c) Trinta dias. no interesse da Administração. d) 08 dias. NCE/UFRJ – COMISSÁRIO DE JUSTIÇA – 2002 18. é INCORRETO afirmar que: a) Não serão concedidas férias com início em um exercício e término no seguinte. d) Licença por motivo de doença em pessoa da família. Algumas causas de afastamento são computadas como efetivo exercício. desde que não exceda o prazo de 12 meses. e) Sessenta dias. A causa de afastamento que NÃO é computada como tempo de serviço é: a) Estágio experimental. e outros casos de força maior. b) 06 dias. d) A concessão de licença ao funcionário por motivo de acidente em serviço ou de doença profissional não impedirá a sua exoneração ou dispensa. e) Exercício do mandato de vice-prefeito.479/79. d) Quarenta e cinco dias. Para efeitos do Decreto nº. doença em pessoa da família e repouso à gestante. c) 07 dias. O período de férias a que tem direito o servidor é de: a) Quinze dias. inclusive em pessoa da família. Na apuração do tempo de serviço. c) No absoluto interesse do serviço. dentre outras que importam na concessão de licença: tratamento de saúde. e) 10 dias. 2. desde que não ultrapasse o prazo de 24 meses. b) Faltas por motivo de doença comprovada. As férias parceladas poderão ser gozadas: em período de 10 dias ou em período de 15 dias. até o máximo de três dias durante o mês. b) Somente depois do primeiro ano de efetivo exercício adquirirá o funcionário o direito a férias. e) São hipóteses. as férias poderão ser interrompidas ou admitidas o seu gozo parcelado.

O decreto 2. Não será admitida a renovação do pedido de reconsideração. Quando o requerente não tem interesse legítimo no processo. Quando se refere a parecer ou informação que não foram citados na decisão proferida no processo. c) III. aos pedidos de reconsideração e ao recurso administrativo. b) II e III. b) II. Com relação aos requerimentos administrativos.479/79. NCE/UFRJ – TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 20. o erro na indicação da autoridade não prejudica a parte requerente. É/ são causas de indeferimento apenas: a) I. c) Como regra o pedido de reconsideração e o recurso hierárquico não têm efeito suspensivo. Quando o processo não foi ainda decidido pela Administração. e) Os efeitos do provimento do recurso vão retroagir à data do ato impugnado. III.NCE/UFRJ – OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR – 2001 19. O decreto 2.479/79 enumera algumas causas de indeferimento do pedido de certidão. d) I e III. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é/ são somente: a) I. o recurso hierárquico será recebido no efeito suspensivo. O direito de pleitear na esfera administrativa não prescreve por ser garantia constitucional. II e III. é INCORRETO afirmar que: a) No exercício do direito de petição. . Com relação ao Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro. analise as afirmativas: I. que regulamenta o decreto-lei 220/75. encaminhando-o a autoridade competente. b) O pedido de reconsideração será encaminhado à autoridade que expediu o ato e será decidido no prazo máximo de 08 (oito) dias. NCE/UFRJ – TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 21. avalie às possíveis causas de indeferimento: I. II. d) A autoridade que receber o pedido de reconsideração poderá processá-lo como recurso hierárquico. c) I e II. II. por servidores públicos. trata do exercício do direito de petição. e) II e III. Levando em consideração somente os termos desse decreto. Como regra. III.

24. III. c) I e II. analise as seguintes afirmativas: I. b) II. o recebimento das duas remunerações. NCE/UFRJ – AUXILIAR DE CARTÓRIO 2001 22. d) Deputado Federal. Com relação às normas constitucionais relativas ao servidor público investido em mandato eletivo. NCE/UFRJ – AUXILIAR JUDICIÁRIO 2001 – CORREGEDORIA GERAL DE JUSTIÇA 23. se houver compatibilidade de horários. e) Senador. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é/ são somente: a) I. sem prejuízo da remuneração do cargo eletivo. II. e) I. O período de afastamento para exercício de mandato eletivo será computado como tempo de serviço para todos os efeitos legais. autárquica e fundacional. c) Deputado Estadual. perceberá as vantagens de seu cargo. tratando-se de mandato de: a) Vereador. II.d) II. O servidor público investido no mandato de prefeito poderá desempenhar as atribuições decorrentes de seu cargo. b) Prefeito. deve ser observado o intervalo obrigatório de um ano entre o término de um período e o início de outro. O servidor público da administração direta. cumulativamente com as atribuições decorrentes do mandato eletivo. sem qualquer exceção. II e III. nesta hipótese. sendo lícito. O servidor público investido no mandato de deputado distrital vai se afastar do cargo para exercer seu mandato. A pena de advertência aplicada ao servidor não impede a concessão da licença-prêmio. Se a licença for gozada em períodos parcelados. no exercício do mandato eletivo. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é/ são somente: . Com relação à licença-prêmio analise as afirmativas a seguir: I. III. d) I e III. A licença-prêmio será deferida após cinco anos de efetivo exercício prestado ao Estado ou a suas autarquias.

dentre outras. as férias poderão ser interrompidas ou admitido gozo parcelado. se estender por prazo superior a 24 (vinte e quatro) meses. e) Todas as afirmativas estão erradas. Pode-se afirmar que: a) Apenas a afirmativa III está correta. A licença para serviço militar. 25. analise as afirmativas abaixo: I. b) Oito meses. e) São hipóteses. a juízo da junta médica. Para efeitos do decreto 2. b) I e II. NCE/UFRJ – AUXILIAR DE CARTÓRIO – 2001 27. adquirirá o funcionário o direito a férias. nos termos do decreto nº. e) I. Em relação à licença.a) I. c) II e III. na forma da legislação específica. . c) Por imperiosa necessidade do serviço. c) Apenas as afirmativas II e III estão corretas. b) Apenas as afirmativas I e II estão corretas. d) Todas as afirmativas estão corretas. A licença por motivo de doença em pessoa da família será concedida com remuneração integral nos primeiros: a) Seis meses. d) A concessão de licença do funcionário por motivo de acidente em serviço ou de doença profissional impedirá a sua exoneração ou dispensa. d) III. é INCORRETO afirmar que: a) O peródo de férias do pessoal que opera com raios x é de 20 dias por semestre. quando o funcionário for considerado recuperável. II e III. b) Somente após cada peródo de 12 meses de efetivo exercício. A licença para acompanhar o cônjuge poderá.479/79.479/79. III. poderá se estender por prazo superior a 24 (vinte e quatro) meses. que importam na concessão de licença: tratamento de saúde. NCE/UFRJ – COMISSÁRIO DE JUSTIÇA – 2002 26.2. c) Dez meses. A licença para tratamento de saúde somente poderá se estender por prazo superior a 24 (vinte quatro) meses. doença em pessoa da família e repouso à gestante. II.

2.2001 29.479/79. b) Em caso de acumulação de cargos. Quanto aos deveres funcionais. e apenas quando completar o período de exercício de 5 (cinco) anos em ambos. d) 4/5 de sua remuneração. c) É dever do funcionário zelar pela economia e conservação do material que lhe for confiado. sem perda do cargo. cumprindo pena privativa de liberdade. O servidor público estável. e) A licença-prêmio será concedida após aprovação de efetivo exercício de serviço público junto ao Estado. d) A licença-prêmio será gozada integralmente em um único período de 3 (três) meses. NCE/UFRJ – OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR . c) O direto à licença-prêmio deve ser exercitado no qüinqüênio seguinte àquele da aquisição. podendo. b) 2/3 de sua remuneração. NCE/UFRJ – COMISSÁRIO DE JUSTIÇA 2002 30. Municípios ou Pessoa Jurídicas componentes da Administração Indireta. NCE/UFRJ – COMISSÁRIO DE JUSTIÇA – 2002 28. sob pena de transformação da mesma em pecuniária indenizatória. b) É dever do funcionário levar ao conhecimento de autoridade superior irregularidades de que tiver ciência em razão do cargo ou função. é correto afirmar que: a) O funcionário investido em cargo de provimento em comissão ou função gratificada será licenciado com o vencimento e vantagens do cargo que seja ocupante efetivo. De acordo com o que dispõe o decreto nº. quando a licença-prêmio.d) Doze meses. e) 1/2 de sua remuneração. sendo vedado o gozo de forma parcelada. . e) Vinte e quatro meses. c) 3/5 de sua remuneração. para este fim ser computado o tempo de serviço prestado a União. assinale a afirmativa INCORRETA: a) É dever do funcionário guardar sigilo sobre a documentação e os assuntos de natureza reservada de que tenha conhecimento em razão do cargo ou função. a licença será concedida conjunta. terá o direito de receber: a) 1/3 de sua remuneração. pelo período de 5 (cinco) anos.

d) Cassação de disponibilidade. a punição cabível é: . NCE/UFRJ – OFICIAL DE CARTÓRIO POLICIAL 2001 32. NÃO está incluída: a) Advertência. d) Apenas penal e administrativamente e) Civil. A hipótese que NÃO representa um dever do funcionário é: a) Assiduidade. o funcionário responde: a) Apenas civilmente.2001 34.2001 33. b) Pontualidade. d) Urbanidade. Assinale a alternativa que NÃO corresponde a uma das punições que podem ser impostas aos servidores: a) Demissão b) Cassação de aposentadoria. o ocupante de cargo público pode sofrer punições administrativas em razão da prática de infrações disciplinares. NCE/UFRJ – COMISSÁRIO DE JUSTIÇA 2002 31. NCE/UFRJ –AUXILIAR JUDICIÁRIO . penal e administrativamente. Entre as penas disciplinares previstas para o funcionário público. e) É dever do funcionário submeter-se á inspeção médica determinada por autoridade competente. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro.d) É proibido ao funcionário participar de conselho técnico ou administrativo de empresa fornecedora de equipamento ou material de qualquer natureza ou espécie a órgão estadual. e) Discrição. c) Licença-prêmio. Pelo exercício irregular de suas atribuições. c) Demissão. c) Apenas administrativamente. d) Advertência e) Exoneração NCE/UFRJ –AUXILIAR JUDICIÁRIO . c) Cassação de disponibilidade. b) Apenas penalmente. e) Recondução compulsória. b) Repreensão. O funcionário em disponibilidade poderá ser aproveitado em cargo de natureza e vencimento compatíveis com as do anteriormente ocupado. NCE/UFRJ – INSPETOR DE POLÍCIA – 2001 35. Se o funcionário não entrar no prazo legal. não podendo se opor por justa causa.

d) Em caso de falta grave. regulamentada no decreto 2. d) 150 (cento e cinqüenta) dias. e) Em caso de pena de repreensão. III. II.479/79. NCE/UFRJ – DELEGADO DE POLÍCA CIVIL 37. A aplicação das punições de repreensão e suspensão não podem ser feitas na sindicância.a) Exoneração. NCE/UFRJ – TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO .2001 36. A pena de suspensão será aplicada: a) Verbalmente me casos de negligência. e) 180 (cento e oitenta) dias. b) Por escrito em casos de negligência. c) 120 (cento e vinte) dias. De acordo como decreto 2. a reincidência em falta já punida com repreensão vai acarretar a aplicação da punição de: a) Demissão b) Exoneração c) Suspensão d) Destituição. d) Aposentadoria compulsória e) Reclusão. De acordo com o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro. c) Por escrito em caso de desobediência. Em relação à apuração da prática de infrações disciplinares por servidores públicos.479/79.2001 38. a punição de suspensão NÃO poderá exceder o prazo de: a) 60 (sessenta). NCE/UFRJ . A(s) afirmativa(s) correta(s) é/ são somente: . b) Demissão c) Cassação de disponibilidade. A Comissão de Inquérito Administrativo não tem atribuição para aplicar punições aos servidores públicos. b) 90 (noventa) dias. NCE/UFRJ –AUXILIAR JUDICIÁRIO . prorrogável por mais 08 dias.TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 39. e) Cassação. A sindicância deverá estar concluída no prazo de 60 dias. analise as seguintes afirmativas: I.

NCE/UFRJ . III.TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 41. Com relação ao processo administrativo disciplinar adotado do Estado do Rio de Janeiro. d) I e II e III. III. será obrigatória para que a Administração aplique a punição de suspensão a um servidor. analise as afirmativas: I. II. e) Nenhuma. A instauração de procedimento administrativo disciplinar. Com relação ao processo administrativo disciplinar. Poderá ser requerida revisão do processo administrativo de que haja resultado pena disciplinar. e) Nenhuma. NCE/UFRJ .a) I e II. A(s) afirmativa(s) correta(s) é/ são somente: a) I. . b) I e III. II e III. b) II e III. c) 60 dias prorrogável por mais 30 dias. b) II. b) 60 dias prorrogável por igual período. A aplicação da punição de advertência dispensa a instauração formal de sindicância ou processo administrativo. d) 90 dias prorrogável por mais 60 dias. c) II e III.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL – 2002 42. A exoneração será aplicada nas faltas graves superiores as que ensejam a punição de suspensão. com fase de inquérito administrativo. a pena de repreensão. Nos autos de sindicância pode ser aplicada entre outras. analise as afirmativas a seguir: I. e) 90 dias prorrogável por mais 30 dias. A Comissão Permanente de Processo Disciplinar não tem competência para aplicar punição a um servidor público. d) I. NCE/UFRJ . A(s) afirmativa(s) correta(s) é/ são somente: a) I. que deverá concluir ser trabalho no prazo de: a) 120 dias prorrogável por mais 30 dias. II.OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR – 2001 40. c) III. no Estatuto dos Funcionários Públicos Civis. Nessa hipótese será formada comissão revisora. É possível a aplicação da punição de suspensão por até trinta dias nos autos de sindicância.

quando forem aduzidos fatos ainda não conhecidos ou alegada a injustiça da penalidade. e) Está sujeito à pena de demissão o servidor público que praticar ofensa física em serviço. d) Está sujeito a pena de demissão o funcionário que incorre em “abandono de cargo”. b) A pena de demissão será aplicada no caso de o servidor violar proibição contida no Estatuto. interpoladamente. demissão. não podendo exceder a 200 dias. b) O inquérito administrativo precederá somente a aplicação das penas de demissão e cassação de aposentadoria ou disponibilidade. . durante o período de doze meses.SECRETÁRIO DE PROMOTORIA MPE – 2002 43. sem causa. assim entendida. por quinze dias. salvo em legítima defesa. é correto afirmar que: a) As penas disciplinares prevista no Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado do Rio de Janeiro são: a advertência. a ausência ao serviço. multa.c) III. e) I e III. suspensão. e) Está sujeito a pena de demissão o funcionário que incorre em ausência ao serviço. para fins disciplinares. contra funcionário ou particular. sem causa justificada. for considerada de natureza grave. c) A pena de suspensão será aplicada em caso de falta grave.PAPILOSCOPISTA DA POLÍCIA CIVIL – 2002 44. cassação de aposentadoria ou disponibilidade. e desde que haja indício de má-fé. repreensão. d) I e II. quando a juízo da autoridade designada em concreto para apreciação do caso. caso em que estará sujeito à pena de advertência. c) Poderá ser requerida a revisão do inquérito administrativo de que haja resultado pena disciplinar. é correto afirmar: a) A pena disciplinar de repreensão será aplicada verbalmente nos casos de negligência e comunicada ao órgão de pessoal. Acerca do regime jurídico dos funcionários públicos civis veiculado pelo Decreto-lei 220/75. NCE/UFRJ . NCE/UFRJ . De acordo com o que institui o Decreto-lei 220/75 (Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro). d) O funcionário suspenso perderá todas as vantagens e direitos decorrentes do exercício do cargo.

NCE/UFRJ – COMISSÁRIO DE JUSTIÇA – 2002 50. d) Três anos. Quanto ao Decreto –Lei nº. c) 02 (dois) anos. A falta passível de aplicação da punição de repreensão. e) Cinco anos. NCE/UFRJ – INSPETOR DE POLÍCIA – 2001 49. e) Somente pode ocorrer em caso de abandono de cargo ou insubordinação grave em serviço NCE/UFRJ –AUXILIAR DE CARTÓRIO – 2001 47. é correto afirmar que: . c) Dois anos. Entre as causas de demissão de um servidor público.NCE/UFRJ – TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 45. d) Em dez anos. d) 03 (três) anos. está o abandono de cargo. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro. c) 15 (quinze) dias. previstas no decreto-lei nº. b) 180 (cento e oitenta) dias. b) Somente mencionará a causa em caso de nota a bem do serviço público. d) Somente pode ocorrer em caso de abandono de cargo. sem justa causa. b) Em três anos. Para fins disciplinares. e) Em vinte anos. de acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro. A pena de demissão ou destituição de função prescreve: a) Em dois anos. O ato de demissão do funcionário público: a) Mencionará sempre a causa da penalidade. por: a) 10 (dez) dias. c) Em cinco anos. c) Somente pode ocorrer em caso de insubordinação grave em serviço. prescreverá em: a) 120 (cento e vinte) dias. NCE/UFRJ – AUXILIAR JUDICIÁRIO – 2001 48. 2002/75. d) 20 (vinte) dias. e) 05 (cinco) anos. considera-se abandono de cargo a ausência ao serviço. a falta passível de aplicação da punição de repreensão prescreverá em: a) 120 (cento e vinte) dias. b) 180 (cento e oitenta) dias. e) 30 (trinta) dias. NCE/UFRJ – AUXILIAR JUDICIÁRIO – 2001 46. de forma consecutiva.220/75. b) 12 (doze) dias.

b) A ausência do serviço sem causa justificada. interpoladamente. desde que não cause incapacidade permanente. e) Cinco anos. c) A ofensa física em serviço. d) Três anos. c) Multa. dependendo das circunstâncias. c) Um ano. d) Suspensão dos proventos. d) Prescreverá em 4 (quatro) anos. d) Dois anos. poderá trazer. A pena disciplinar que NÃO está prevista no Decreto-lei 220/75 é: a) Destituição de função.DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL . o direito de a Administração impor punição disciplinar. acarretará sempre a pena de suspensão. c) Dois anos. o direito de a Administração impor punição disciplinar. quando se estiver diante de falta sujeita a pena de repreensão. NCE/UFRJ – TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 51. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Civis do Estado do Rio de Janeiro. b) 180 (cento e oitenta) dias. durante o período de 12 meses. b) 120 (cento e vinte) dias. a pena de repreensão ou multa. as faltas passíveis de suspensão prescreverão em: a) 180 (cento e oitenta) dias. A infração disciplinar sujeita à pena de suspensão prescreverá em: a) 120 (cento e vinte) dias.2002 53. ADMISSÃO NAS ATIVIDADES NOTARIAIS E REGISTRADORAS 2002 54. c) 150 (cento e cinqüenta) dias. e) 2 (dois) anos. e) Jubilação NCE/UFRJ . e) Cinco anos. quando se estiver diante de falta sujeita a pena de suspensão.a) A embriaguez habitual ou em serviço importará em pena de advertência. NCE/UFRJ – OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR – 2001 52. NCE/UFRJ. o prazo de prescrição para a punição de advertência será de: a) 90 (noventa) dias. contra funcionário ou particular. b) Advertência. por 20 dias. e) Prescreverá em 2 (dois) anos. d) 180 (cento e oitenta) dias. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro. b) Um ano.TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 .

b) 180 dias. o prazo de prescrição para punição de destituição será de: a) 90 dias. prorrogável por mais 08 dias.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL 57. II. e) Nenhuma. A sindicância deverá estar concluída no prazo de 60 dias. b) II.TÉCNICO JUDICIÁRIO JURAMENTADO – 2001 59. NCE/UFRJ . d) Dois anos. II.55. III. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro. A infração disciplinar sujeita à pena de advertência prescreverá em: a) 120 dias. d) I e II. regulamentada no decreto 2. d) 180 dias. NCE/UFRJ .479/79. NCE/UFRJ . A aplicação das punições de repreensão e suspensão não podem ser feitas na sindicância. analise as seguintes afirmativas: I. c) III. NCE/UFRJ . A punição de suspensão pode ser convertida em multa.AUXILIAR SUPERIOR ADMINISTRATIVO MPE – 2001 58. as faltas passíveis de demissão prescreverão em: a) 180dias. e) 2 anos. d) Três anos. e) Três anos. O prazo máximo da suspensão como punição é de 120 dias. analise as afirmativas a seguir: I.OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR – 2001 56. b) 120 dias. e) Cinco anos. c) Um ano. A(s) afirmativa(s) correta(s) é/ são somente: a) I. c) Dois anos. c) 5 anos. . b) Um ano. na base de 60% por dia de vencimento ou remuneração. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro e seu regulamento. A punição de suspensão por até 30 dias pode ser aplicada na sindicância. Em relação à apuração da prática de infrações disciplinares por servidores públicos. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro.

III. A(s) afirmativa(s) correta(s) é/ são somente: a) I e II.A licença gestante será concedida. c) III. não ensejarem pena de demissão. analise as afirmativas: I. II e III. (B) se o servidor tiver mau desempenho no serviço apurado em procedimento de avaliação periódica na forma de lei complementar. 61. (E) mediante aplicação de pena disciplinar de demissão. (C) se o seu cargo for declarado desnecessário pelo Poder Público. d) I.É INCORRETO afirmar que a perda do cargo de servidor público estável poderá ocorrer: (A) por força de sentença judicial transitada em julgado. . A(s) afirmativa(s) correta(s) é/ são somente: a) I e II. II. e) Nenhuma. em ação judicial coletiva especialmente proposta para esse fim pelo Ministério Público. A Comissão de Inquérito Administrativo não tem atribuição para aplicar punições aos servidores públicos. c) III. pelo prazo de seis meses. em que seja assegurada ampla defesa. b) II e III. Nos autos de sindicância pode ser aplicada. . 62.OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR . e) Nenhuma. Com relação ao processo administrativo disciplinar. II e III. entre outras. com a fase de inquérito administrativo. (E) falta de exação no cumprimento do dever que é atribuído ao funcionário. será obrigatória para que a Administração aplique a punição de suspensão a um servidor. (D) embriaguez habitual ou em serviço. devidamente fundamentada e precedida de sindicância ou processo administrativo próprio. A Comissão Permanente de Processo Disciplinar não tem competência para aplicar punição a um servidor público. a pena de repreensão. III. (C) desobediência ou falta de cumprimento dos deveres relativos ao serviço público. . . NCE/UFRJ . ou em casos de negligência em serviço.2001 60. 63. b) I e III. com vencimento e vantagens. pela sua natureza. (B) desrespeito a proibições que. prorrogável. d) I. A instauração de procedimento administrativo disciplinar.A pena de suspensão será aplicada em casos de: (A) reincidência específica em falta já punida com advertência. (D) mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa.

a Sociedade de Economia Mista. 66. . pais. por motivo de falecimento do cônjuge. até: (A) trinta dias. 65. quando se afastar do exercício do cargo para prestar serviço à União. sem prejuízo do vencimento. .O funcionário deixará de receber: I – dois terços do vencimento e vantagens. 64. (C) for comprovada a indispensabilidade da assistência pessoal do servidor e esta não possa ser prestada simultaneamente com o exercício do cargo. direitos e vantagens. por no mínimo trinta dias e. (E) II e IV. durante o cumprimento. II – dois terços do vencimento e vantagens. a Empresa Pública. (B) quarenta dias. a outro Estado. no máximo. IV – vencimentos e vantagens. poderá faltar ao serviço até oito dias consecutivos. durante o afastamento por motivo de suspensão preventiva ou recolhimento à prisão por ordem judicial não decorrente de condenação definitiva. (D) II e III. III – o vencimento e vantagens do dia em que não comparecer ao serviço. (B) I e IV. (D) a doença for na pessoa de cônjuge do qual se encontre legalmente separado há menos de um ano. (E) cento e vinte dias. . sem perda do cargo. As afirmativas verdadeiras são somente: (A) I e II. a qualidade de companheiro ou companheira será demonstrada pela coabitação: . (C) sessenta dias. inclusive gratificação adicional por tempo de serviço. (B) a doença for na pessoa de colateral consangüíneo ou afim até o 3º grau. (D) noventa dias. (E) a doença for na pessoa que viva às expensas do servidor. filhos ou irmãos.O servidor. sem qualquer exceção.no caso de aleitamento materno. (C) I. companheiro ou companheira. Exclusivamente para esse efeito. III e IV. a Município. dispensada a anotação prévia em seu registro. de pena privativa de liberdade.A licença por motivo de doença em pessoa da família será concedida quando: (A) a doença for na pessoa de colateral consangüíneo ou afim até o 4º grau. salvo por motivo de força maior devidamente comprovado. a Fundação ou à Organização Internacional.

(B) exercício. havendo mais de um concorrente à mesma vaga. (C) por período de dois anos. A responsabilidade administrativa resulta de atos praticados e omissões ocorridas no desempenho do cargo ou função ou fora dele. A responsabilidade penal abrange não só os crimes. São verdadeiras somente as afirmativas: (A) I e II. . conjugada com a existência de filho comum. 7. terá preferência o funcionário mais idoso. sendo desnecessária tal demonstração em havendo filho comum. analise as afirmativas com base no Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado do Rio de Janeiro: I. (E) por período de três anos. mas também as contravenções imputadas aos funcionários nessa qualidade. (D) por período de dois anos. (B) por período de cinco anos. é correto afirmar que: (A) o funcionário em disponibilidade poderá ser aproveitado em cargo de natureza e vencimento que não seja compatível com o anteriormente ocupado.OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR . (B) no caso de aproveitamento. será decretado o aproveitamento. (C) restabelecido o cargo.Em relação aos tipos de responsabilidade do servidor público estadual.2004 68. III. NCE/UFRJ . .Quanto ao instituto do aproveitamento. (D) I. . a investidura em cargo comissionado ocorrerá com: (A) nomeação. conjugada com a existência de filho comum. O funcionário responde objetivamente pelos danos resultantes de sua atuação causados à Administração Pública ou a terceiros. II. . (E) nenhuma.(A) por período de cinco anos. (E) aproveitamento é o retorno ao serviço público estadual do funcionário colocado em disponibilidade.De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado do Rio de Janeiro. 69. este será destinado a novo funcionário concursado. (B) I e III. quando comprometedores da dignidade e do decoro da função pública. (D) comprovada a incapacidade definitiva do servidor em inspeção médica. não havendo necessidade de comprovação de sua culpa ou dolo. II e III. (C) II e III.

(E) publicação do ato de nomeação. III. (B) 15 dias. (D) repreensão. durante o período de doze meses. por: (A) 10 dias. (D) doze meses. NÃO se inclui: (A) destituição de função. (E) 60 dias. (C) III. (D) 30 dias. (E) suspensão.Em relação às normas relativas ao processo administrativo disciplinar aplicável para os servidores estaduais. será de: (A) dois anos. (C) 20 dias. A advertência é uma das punições que podem ser aplicadas na sindicância.(C) designação. (D) posse. constitui infração passível de demissão a ausência ao serviço de forma interpolada. . previsto na legislação dos Funcionários Públicos do Estado do Rio de Janeiro e seu regulamento. 72. (B) três anos. . A(s) afirmativa(s) verdadeira(s) é/são somente: (A) I. (B) cassação de aposentadoria. (E) dezoito meses. . A autoridade que presenciar a prática de uma infração disciplinar pode aplicar diretamente a punição. 73. . dispensando a instauração de sindicância ou de processo disciplinar. II.Para efeito disciplinar.Entre as punições que podem ser aplicadas ao funcionário público estadual. 71. analise as seguintes afirmativas: I.O prazo máximo do estágio experimental. . 70. (C) exoneração. (B) II. A instauração prévia da sindicância é indispensável para abertura do processo administrativo disciplinar (inquérito administrativo). (C) dez meses.

(E) nenhuma. (C) II e III. Analise as afirmativas a seguir: I . . (E) I e III. O servidor investido no mandato de prefeito não precisará licenciar-se do cargo se houver compatibilidade de horário entre as duas funções. (D) I. previsto no Regulamento do Estatuto dos Funcionários Públicos do Rio de Janeiro. 74. (B) I e III.Após a morte do funcionário.Em relação ao exercício do direito de petição.(D) I e II.Após ser aplicada punição ao servidor. o Pedido de Revisão poderá ser feito por outra pessoa.O funcionário poderá requerer a Revisão do processo se entender que a punição foi injusta. São verdadeiras somente as afirmativas: (A) I e II. A licença por motivo de doença em pessoa da família será com vencimentos e vantagens integrais nos primeiros doze meses. São verdadeiras somente as afirmativas: (A) I e II. O pedido de reconsideração terá efeito suspensivo. II e III. III. Caberá recurso hierárquico da decisão que indefere o pedido de reconsideração. .A Comissão Revisora deverá concluir seu trabalho no prazo de 90 dias. 75. será sem remuneração para o servidor. 76. será possível formular Pedido de Revisão para própria Administração Pública. (C) II e III. III . . Se consumada a prescrição administrativa a Administração poderá relevá-la caso seja ilegal o ato impugnado e não estiver exaurido o acesso à via judicial.Em relação às licenças que podem ser deferidas aos servidores. (E) nenhuma. analise as afirmativas a seguir: I. II. III. na hipótese de deferimento. II. II . analise as seguintes afirmativas: I. A licença para acompanhar cônjuge. II e III. (B) I e III. devendo a autoridade competente se manifestar expressamente sobre este assunto ao receber o requerimento. (D) I. prorrogável por mais 30 dias. .

mas é para o exercício do cargo. (B) I e III. e) guardar sigilo sobre a documentação e assuntos de natureza reservada de que tenha conhecimento em razão do cargo ou função. assinale a opção correta. Com relação às disposições do Estatuto dos Servidores Civis do Estado do Rio de Janeiro. CESPE/UNB .De acordo com o Estatuto dos Funcionários do Rio de Janeiro e o seu regulamento. (D) recondução. 77.São verdadeiras as afirmativas: (A) I e II. De acordo com o seu estatuto.TÉCNICO DE ATIVIDADES JUDICIÁRIAS – 2008 79. e) A quitação das obrigações militares não é condição necessária para a inscrição em concurso público. (E) reversão. (D) I. d) coagir ou aliciar subordinados com finalidade partidária. (C) II e III. (B) remoção. II e III. se for absolvido ao final do processo.TÉCNICO DE ATIVIDADES JUDICIÁRIAS – 2008 78. em faculdade. a) A avaliação psicológica é etapa obrigatória de todo concurso público para provimento de cargo público. b) atender prontamente às requisições para defesa da fazenda pública e à expedição de certidões para defesa de direito. CESPE/UNB – ANALISTA JUDICIÁRIO – 2008 80. (E) nenhuma. b) Cargo comissionado só poderá ser provido por servidor ocupante de cargo efetivo. Com base no Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Poder Executivo do Estado do Rio de Janeiro . é proibido ao servidor público do estado do Rio de Janeiro a) exercer cargo de nível superior no serviço público e outro de magistério. o deslocamento do funcionário de sua lotação para a de outro órgão é denominado: (A) transferência. (C) aproveitamento. . c) Considera-se em efetivo exercício o servidor afastado por motivo de recolhimento à prisão. CESPE/UNB . d) Somente o governador poderá autorizar licença de servidor para a realização de curso no exterior. c) empregar materiais da repartição em atividades a ela relacionadas.

(EFPCPE/RJ). b) Conceder-se-á licença à gestante. a) O funcionário aposentado poderá desempenhar mandato eletivo. e) O início do exercício do cargo ocorre com a convocação para o estágio experimental. retribuição correspondente a 100% dos vencimentos do cargo. mas terá de optar entre o salário original e o do mandato. efetivamente nomeado. prorrogável no caso de aleitamento materno. CESPE/UNB – ANALISTA JUDICIÁRIO – 2008 81. não precisará se afastar do cargo. b) Se for considerada ilegítima. CESPE/UNB – ANALISTA JUDICIÁRIO – 2008 83. a) Caso uma funcionária pública civil do Poder Executivo do estado do Rio de Janeiro pretenda viajar de férias para a Argentina. pois tem o caráter meramente classificatório. CESPE/UNB – ANALISTA JUDICIÁRIO – 2008 82. uma acumulação informada . desde o início do estágio. assinale a opção correta. pelo órgão competente. Segundo o EFPCPE/RJ. no seguinte caso: a) um cargo de juiz com outro de professor. salvo delegação de competência. d) O estágio experimental não inabilita o candidato no concurso público. e) um cargo de professor com outro técnico ou científico. com vencimento e vantagens. para que ocorra tal afastamento. no máximo. for ocupante. de cargo em órgão da administração estadual direta. de prévia autorização do governador do estado. até 90 dias. estendendo-se. c) um cargo de juiz com um cargo de médico. b) O estagiário receberá. mesmo que haja correlação de matérias e compatibilidade de horários. b) dois cargos de professor. assinale a opção correta. a) O estágio experimental pressupõe prévia habilitação nas provas e no exame de sanidade físicomental. d) dois cargos privativos de médico. publicada na imprensa oficial local. mais de 30 dias. o ato dependerá. Com relação ao EFPCPE/RJ. se houver compatibilidade de horários. no mínimo. Com relação ao EFPCPE/RJ. por. ao final do estágio. é vedada a acumulação remunerada de cargos e funções públicos. ao ser designado para o estágio experimental. c) O candidato que. independentemente de ser. em caráter efetivo. pelo prazo de 6 meses. assinale a opção correta a respeito do estágio experimental.

e) As cominações civis. Nessa situação. Sérgio deverá ser punido com suspensão de 90 dias. CESPE/UNB – ANALISTA JUDICIÁRIO – 2008 84. penal e administrativa. concessionária de serviço público. ainda que comprometam a dignidade e o decoro da função pública. sendo umas e outras independentes entre si. b) multa. d) Ernane praticou falta grave. desde que reste comprovada a sua má-fé. Cada uma das opções abaixo apresenta uma situação hipotética relacionada a funcionários. que era. bem assim as instâncias civil. seguida de uma assertiva ser julgada com base no EFPCPE/RJ. quando comprometedores da dignidade e do decoro da função pública. sem causa justificada. em inquérito administrativo. em relação a atos praticados fora do desempenho do cargo ou função. por vinte dias. durante o período de doze meses. d) A responsabilidade administrativa resulta de atos praticados ou omissões ocorridas no desempenho do cargo ou função. que o funcionário aposentado Mauro . c) prisão administrativa. e) disponibilidade. interpoladamente. b) Roberval se ausentou de seu serviço. no período. e) Ficou comprovado. penais e disciplinares poderão cumular-se. c) A responsabilidade civil dos funcionários públicos civis do Poder Executivo do estado do Rio de Janeiro decorre de procedimento doloso que importe prejuízo da fazenda estadual ou de terceiros. Não há responsabilidade administrativa. Roberval poderá ser demitido. a pena de Ernane não poderá ser convertida em multa. ainda que haja conveniência para o serviço. a) Sérgio participou de conselho técnico da empresa Alfa Gama. tendo a autoridade competente aplicado a ele pena de suspensão por 180 dias. Nessa situação. CESPE/UNB – ANALISTA JUDICIÁRIO – 2008 85. Nessa situação. este será exonerado de ofício. não havendo responsabilidade em caso de procedimento culposo. Não constitui penalidade disciplinar prevista no EFPCPE/RJ a a) jubilação. Assinale a opção que apresenta assertiva correta.oportunamente pelo funcionário. todavia. d) repreensão.

a natureza e a gravidade de infração. retirando-se. e o tempo de serviço. O comportamento apresentado pelo funcionário caracteriza-se por: a) Deslealdade b) Inassiduidade c) Impontualidade d) Abandono de cargo. independentemente da comprovação de sua má-fé. na ocasião. A apuração desses acontecimentos compete ao: a) Diretor do Hospital b) Prefeito dos Campi c) Diretor do Centro de Produção d) Superintendente de Recursos Humanos ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 89.Dois funcionários da UERJ.aceitou. após o início do expediente. após a observância do devido processo legal (sindicância) na aplicação da sanção disciplinar. – Concluída a apuração de irregularidade administrativa. discutem e se agridem no estacionamento. – Um funcionário pertencente ao quadro efetivo da UERJ assumiu suas funções. também. cargo público. ilegalmente. Mauro será apenado com a cassação de sua aposentadoria. sendo apartados pelo Prefeito dos Campi. b) A gravidade da infração. . que. no setor em que trabalha. antes do horário estabelecido com sua chefia imediata. O fato foi registrado no livro de ocorrências da divisão de segurança. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 87. é passível de sanção disciplinar por observância de dever de: a) Lealdade b) Discrição c) Urbanidade d) Pontualidade ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 88. Nessa situação. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 86. um com lotação no Hospital e outro no Centro de Produção. os danos que dela provierem para o serviço público. a autoridade levará em consideração: a) Os danos que dela provierem para o serviço público. os .Funcionário do quadro efetivo que der publicidade a qualquer fato de que tiver conhecimento em razão de seu cargo e das atividades do órgão de lotação. . passava pelo local.

– Funcionário público. com outro cargo administrativo. – É vedada a acumulação remunerada de cargos públicos. com caráter de permanência. os danos que dela provierem para o serviço público e os antecedentes funcionais do servidor. com outro cargo administrativo. A autoridade competente negou provimento. d) Pais dependentes do funcionário. por indenização de transporte. b) Um cargo de professor. b) Punição com multa. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 92. – A contagem de tempo de serviço não é interrompida. um funcionário público resolveu interpor . exceto quando houver compatibilidade de horário. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 90. na seguinte hipótese: a) Um cargo de juiz. para efeito de concessão de licença prêmio. excluindo-se: a) Cônjuge ou companheira. c) Filho ou enteado sob sua guarda. c) Um cargo de defensor público. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 91.antecedentes funcionais do servidor e seu cargo efetivo. com outro de delegado de polícia. respondendo a processo administrativo disciplinar. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 93. receberá ajuda de custo. requereu exoneração do cargo. nos seguintes casos: a) Licença gestante. com outro de magistério superior. d) A natureza e a gravidade da infração. os antecedentes funcionais do servidor e o órgão de lotação. b) Sogra/sogro aposentados. c) Suspensão por 10 dias. c) A natureza da infração. d) Falta de serviço por 5 dias. – Irresignado com a decisão administrativa. – Funcionário público designado para exercer suas funções em nova sede. os danos que dela provierem para o serviço público. d) Um cargo de promotor de justiça. pois a transgressão disciplinar enseja a seguinte penalidade: a) Multa b) Demissão c) Suspensão d) Repreensão ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 94. inclusive para seus dependentes.

b) Diabetes mellitus. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 97.Funcionário público. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 98. c) De valor do cargo básico. b) Para repouso a gestante. – Funcionário efetivo da UERJ. interpoladamente. poderá usufruir das licenças contidas na legislação específica. sem cargo básico. Não proporciona o recebimento de proventos integrais a seguinte doença: a) Cegueira. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 96. d) Cardiopatia grave. b) Proporcionais ao tempo de serviço. foi acometido de doença grave e. foi extinto determinado cargo e declarada a sua desnecessidade. após o indeferimento do pedido de reconsideração. após 22(vinte e dois) anos de serviço público. d) De valor das vantagens. por tal motivo. o recurso hierárquico não tem efeito: a) Suspensivo b) Preventivo c) Devolutivo d) Cautelar ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 95. . acolhendo estudos desenvolvidos pela área técnica. c) Tuberculose ativa. provido em cargo comissionado. sem vantagens. d) Por motivo de doença em pessoa da família. O seu ocupante foi colocado em disponibilidade e perceberá proventos: a) Integrais com as vantagens. durante o período de 12 meses.recurso hierárquico. – Por ato do poder executivo. acarreta: a) Multa b) Demissão c) Suspensão d) Repreensão . c) Para tratamento de saúde. foi aposentado com proventos integrais. por 20 dias. No caso. não lhe será concedida a licença: a) A título de prêmio. – A ausência do serviço sem causa justificada. No entanto. na qualidade de comissionado.

B 12.E 3.D 16. em dias.C 20. – A licença para tratamento de saúde. por ser de rito sumário. a : a) 30 b) 45 c) 60 d) 90 GABARITO 1.C 8. deverá ser concluída em 30 dias.D . de ate: a) 60 b) 30 c) 10 d) 8 ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 100.B 14.E 13. quando forem superiores.B 15.A 22.ASSISTENTE ADMINISTRATIVO – UERJ – CEPUERJ -2010 99.D 19.C 10. por motivo de doença em pessoa da família. dependerão de inspeção por junta médica.B 9.A 25.D 6.C 7.B 21. .C 18.D 4.A sindicância para apurar irregularidade no serviço público.B 2.D 5.C 17.D 11. podendo haver prorrogação.E 23.B 26. em dias.A 24.

A 44. B 61.E 35. C 36. C 60. A 46.27. D 70. A 43. C 62. C 58. D 64. C 39. D 45. B 63. C 53.E 33.D 28. E 68. E 54. C 71.E 31. C 49. D 37. C 40. C 48. D 66. B 69. D 56.C 32. C 50. C 72. C 67.A 29. C 65. D 52. A 47. E 51. E 42. B .A 30. B 41. C 57.E 34. D 73. A 59. D 55. E 38.

A 97. B 83. B 99. D 90. E 84. A 91. Anulada 98. C 79. B 88. C 87. C 85.74. B 94. B 78. B 89. A 93. D 80. B 86. B 77. D 100. C 82. C 75. C 76. B 96. B 92. A 95. A 81. D .