You are on page 1of 2

1497.

(Furg-RS) O valor da expresso


n 3 n 2 n 1
n 2 n
2 2 2
A
2 2
+ +

+
:
a)
23
5
b)
46
10
c)
11
2
d)
46
5
e)
115
8
1498. (Uniube-MG) Se
20 23
A 2 2 +
, ento A igual a:
a) 3 2
10
c) 1 + 2
13
b) 2
13
d) 2
10
+
23
2
2
1499. (UFRN) Dados os nmeros M = 9,84 10
15
e N = 1,23 10
16
, pode-se
afirmar que:
a) M < N c) M > N
b) M + N = 1,07 10
16
d) M N = 1,21 10
31
1500. (UAM-SP) H pouco, Carla procurou-me para mostrar uma coisa
interessante. Ela resolveu trs equaes exponenciais e todas apresentaram o
mesmo resultado: x = 2.
Giba, o que que voc acha? Ser que coincidncia ou andei errando alguma
coisa?
Deixe-me ver, Carla. Quais so as equaes?
Aqui esto: 3
x + 2
3
x
= 72
x 4
1
2
4

2x x 3
2 2 16 0
+
+
Ela acertou todas as equaes?
a) No, errou a 2 d) No, errou todas.
b) No, acertou apenas a 3 e) Sim, acertou todas.
c) No, errou a 1 e a 3
1501. (Unicap-PE) Determine o valor de x, tal que 5
x + 1
+ 5
x + 2
= 3 750.
1502. (UEMA) Seja
x 4 x 3 x 2 x 1
f(x) 3 3 3 3

+ + + . O valor de x para que se tenha f(x) =
40 :
a) 0 b) 2 c) 1 d) 4 e) 3
Em questes como a 1503, a resposta dada pela soma dos nmeros que
identificam as alternativas corretas.
1503. (UEM-PR) Com relao aos nmeros reais, correto afirmar que:
(01)
2 2
3 3
3
2 2
_ _


, ,
(02) 52 (49!) 2 (49!) = 50
(04)
10 4
= 4
10
(08) o quociente
x x
1
2 3 3 2
impossvel para x = 1
(16) 2 3
x
3 2
x
= 0, para todo nmero real x
(32) 0,25 10
3
= 2,5 10
4
1504. (UCDB-MS) O conjunto verdade da equao exponencial
2x x 1
2x x 1
2 13 2
1
3 3

+ :
a)
2 3
,
3 2

' ;

c)
2 3
,
3 2

' ;

e) { } 1, 1
b)
2 3
,
3 2


' ;

d) { } 1, 0
1505. (UESPI) O conjunto verdade da equao
2
x
2
x
= 5 (1 2
x
) igual a:
a) {1, 4} b) {1, 2} c) {0, 1} d) {0, 2}e) { }
1506. (UFSM-RS) Um piscicultor construiu uma represa para criar traras.
Inicialmente, colocou 1000 traras na represa e, por um descuido, soltou 8 lambaris.
Suponha-se que o aumento das populaes de lambaris e traras ocorra,
respectivamente, segundo as leis L(t) = L
0
10
t
e T(t) = T
0
2
t
, onde L
0
a populao
inicial de lambaris, T
0
, a populao inicial de traras, e t, o nmero de anos que se
conta a partir do ano inicial.
Considerando-se log 2 = 0,3, o nmero de lambaris ser igual ao de traras depois
de quantos anos?
a) 30 b) 18 c) 12 d) 6 e) 3
1507. (Cefet-PR) Cientistas de um certo pas, preocupados com as possibilidades
cada vez mais ameaadoras de uma guerra biolgica, pesquisam uma determinada
bactria que cresce segundo a expresso
t 1
256 5
P(t)
125 2
+
_


,
, onde t representa o tempo
em horas. Para obter-se uma populao de 3125 bactrias, ser necessrio um
tempo, em horas, com valor absoluto no intervalo:
a) ]0, 2] c) ]4, 6] e) ]8, 10]
b) ]2, 4] d) ]6, 8]
1508. (UCDB-MS) Certa substncia radioativa de massa M
0
, no instante t = 0,
tende a se transformar em outra substncia no radioativa.
Para cada instante t > 0, dado em segundos, a massa da substncia radioativa
restante obedece lei M(t) = M
0
3
2t
. Nessas condies, o tempo necessrio, em
segundos, para que a massa da substncia radioativa seja reduzida a um tero da
massa inicial igual a:
a) 3 b) 2,5 c) 1,5 d) 1 e) 0,5
1509. (Vunesp-SP) Num perodo prolongado de seca, a variao da quantidade de
gua de certo reservatrio dada pela funo:
q(t) = q
0
2
(0,1)t
sendo q
0
a quantidade inicial de gua no reservatrio e q(t) a quantidade de gua
no reservatrio aps t meses. Em quantos meses a quantidade de gua do
reservatrio se reduzir metade do que era no incio?
a) 5 b) 7 c) 8 d) 9 e) 10