Trabalho de laboratório (Digital Works

)

Sistemas Digitais Página 1 de 22

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO Engenharia Informática

SISTEMAS DIGITAIS 2002/2003

TRABALHO DE LABORATÓRIO
Ambiente de trabalho do Digital Works

Alunos: Número Nome

Grupo: Nome do Docente:

Data:

________

Luis Miguel Tavares

ESTIG - Engenharia Informática

Trabalho de laboratório (Digital Works)

Sistemas Digitais Página 2 de 22

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO Engenharia Informática

SISTEMAS DIGITAIS 2001/2002

TRABALHO DE LABORATÓRIO
Ambiente de trabalho do Digital Works

Elaborado por Miguel Tavares

Luis Miguel Tavares

ESTIG - Engenharia Informática

Adicionalmente.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 3 de 22 TRABALHO DE LABORATÓRIO Introdução ao ambiente de trabalho do simulador de circuitos digitais Digital Works. Tendo este trabalho de laboratório característica de introdução a todos os restantes. de modo a terem acesso a todas as páginas e ficheiros aí disponibilizados. Do leque variado de pacotes de software disponíveis. deverão os alunos personalizar as suas configurações. Será aqui efectuado o esclarecimento de dúvidas relativas ao trabalho. Na sessão de laboratório os alunos deverão obter todos os resultados experimentais necessários para efectuar uma análise comparativa entre estes e os resultados obtidos teoricamente. análise de todos os circuitos apresentados nos guias de laboratório. optou-se pelo pacote Digital Works. Acresce o facto de ser muito completo. com capacidade de introdução de novos componentes pelo utilizador. aponta-se alguns procedimentos que deverão ser seguidos na elaborarão de trabalhos posteriores. principalmente devido à sua simplicidade e características educacionais. e Luis Miguel Tavares ESTIG . Assim. processo este muito mais moroso e trabalhoso. quer de distribuição livre. e a grande maioria da informação disponibilizada pelos docentes ser através da Intranet. Objectivos do Trabalho Um dos objectivos deste trabalho é o de providenciar a familiarização dos alunos com o ambiente de trabalho do pacote de software de simulação de circuitos digitais Digital Works. quer em versões comerciais. A utilização de software de simulação de circuitos digitais permite uma rápida implementação de um circuito e a sua verificação. sem ter de recorrer à sua realização prática. permitindo a simulação de quase toda a família de circuitos integrados da série 74xx.Engenharia Informática . Visto esta disciplina ser a primeira do curso onde se utilizam os recursos informáticos da ESTIG. para a rede informática da ESTIG. bem como as questões relacionadas com projectos de circuitos. deverão ser efectuados previamente pelos alunos. devendo ser obtidos todos os resultados teóricos referentes a cada circuito ou questão apresentada. em anexo encontram-se os procedimentos para correcta configuração do browser Internet Explorer.

sendo inseridos anexos. sendo esta uma unidade de rede que constitui a área de trabalho de cada utilizador credenciado que entra no sistema informático da ESTIG. [E] experimental. Todos os circuitos ou ficheiros criados pelos utilizadores deverão ser guardados na drive Z: (ou eventualmente numa disquete). bem como a data da sua realização.Engenharia Informática . Deve ser utilizado o próprio guia de laboratório para elaboração do relatório. indicando que a questão deve ser tratada e respondida por análise teórica (normalmente antes da sessão de laboratório). indicando que deverão ser feitos comentários relativamente aos resultados experimentais obtidos.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 4 de 22 todo o processo de verificação dos circuitos de modo a obter o seu correcto funcionamento Ao longo dos enunciado são colocadas questões e indicada a sequência de operações a realizar na sessão de laboratório. na eventualidade de algum problema com os servidores. e seguir as linhas de orientação apresentadas no enunciado. Luis Miguel Tavares ESTIG . a bibliografia consultada). Todas as respostas deverão ser justificadas. Poderá ser feita a indicação em cada questão do modo como esta deve ser tratada: [T] teórica. quando necessário. para logigramas de circuitos ou outro material achado por necessário (por exemplo. de modo a evitar perda de ficheiros importantes. Ao longo desta secção serão descritos os procedimentos necessários à realização e teste de um circuito digital simples (teste de uma porta OR). O relatório deve ser escrito em letra legível. indicando que a questão é de realização laboratorial. O relatório dos trabalhos de laboratório deverá apresentar as respostas a todas as questões colocadas. e [C] comentário. Digital Works O pacote de software Digital Works encontra-se instalado em todos os computadores dos laboratórios de informática da ESTIG. para facilitar a consulta posterior. Para cada função específica serão feitas subsecções. 1. sem rasuras. onde deverá constar a identificação dos alunos que o realizaram. O relatório não deverá ter mais de oito páginas. por forma a ambientar os alunos com o pacote de software utilizado. Aconselha-se a frequente prática de realização de backups do conteúdo desta área.

04 Aparecerá a janela de trabalho do Digital Works: Luis Miguel Tavares ESTIG .1 Executar o programa A partir do Desktop use a barra de tarefas para chegar ao apontador do programa (Start → Programs → Digital Works → Digital Works 3.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 5 de 22 1.Engenharia Informática .

para o caso de seleccionar uma porta or : Clique com a tecla esquerda do rato. pode seleccionar o componente. seleccione o botão correspondente com um clique na tecla esquerda do rato.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 6 de 22 1. Por exemplo. no sítio onde pretende colocar o componente: Se pretender uma porta com mais entradas. Luis Miguel Tavares ESTIG .2 Colocar componentes na área de trabalho Para seleccionar um componente presente na barra de tarefas.Engenharia Informática . e seleccionar o número de entradas que pretende. até obter a opção inputs. e pressionar a tecla direita do rato.

deverá introduzir elementos que permitam injectar um valor lógico seleccionável em cada uma das entradas.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 7 de 22 Para obter a tabela de verdade deste componente. Tais componentes são.Engenharia Informática . e um elemento que permita visualizar o estado da sua saída. o Interactive Input. e o led: Luis Miguel Tavares ESTIG . respectivamente.

utiliza-se a ferramenta Wiring Tool: Ao passar por um possível ponto de ligação.Engenharia Informática . deverá obter um circuito como o indicado na figura seguinte: 1.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 8 de 22 Após colocação destes componentes.3 Ligar componentes por condutores Para estabelecer ligações entre pontos dos diversos componentes do circuito. mostrando o texto “attach”. Nesta altura deve premir o botão esquerdo. o cursor dá essa indicação. e deslocar o cursor até ao sítio onde pretende estabelecer a ligação: Luis Miguel Tavares ESTIG .

através de um clique na tecla esquerda do rato: Luis Miguel Tavares ESTIG . Seleccione a função de Run. deverá obter o circuito indicado na figura seguinte. após se encontrar seleccionada.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 9 de 22 Após ligação de todos os elementos. A alteração dos parâmetros dos componentes faz-se com a função Object Interaction: que. permite alterar os parâmetros dos componentes.4 Alteração de parâmetros Os dispositivos de entrada/saída descritos seguem a norma de se encontrarem a branco para um valor lógico de ‘0’.Engenharia Informática . e a vermelho para um valor lógico de ‘1’. 1. de modo a iniciar a simulação do circuito.

devido à alteração na entrada.Engenharia Informática . Poderia deste modo obter a tabela de verdade do componente. Luis Miguel Tavares ESTIG . esta actualização é imediata. 1.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 10 de 22 Repare que neste caso a saída da porta se alterou.5 Outros componentes O simulador contém um grande número de componentes não visualizados na barra de tarefas. Estes podem ser macros. Para os aceder. ou circuitos integrados existentes comercialmente. seleccione a função Parts Centre: que abrirá uma nova janela mostrando os componentes adicionais existentes. Desde que o simulador se encontre em modo run. por modificação das suas entradas e análise o valor à saída.

Luis Miguel Tavares ESTIG .Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 11 de 22 A selecção de uma destas opções mostra os componentes aí existentes. por selecção com a tecla esquerda do rato. podendo qualquer um deles ser inserido na área de trabalho.Engenharia Informática . e arrastamento até ao local desejado.

basta fazer duplo clique com a tecla esquerda no do rato sobre o componente: Para voltar ao ambiente de trabalho anterior. e verificar a atribuição de pinos do mesmo. pressiona-se a função Close Macro: Luis Miguel Tavares ESTIG .Engenharia Informática .Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 12 de 22 Para visualizar a função implementada pelo circuito.

obtenha o circuito seguinte: Luis Miguel Tavares ESTIG . Este componente pode ser obtido na barra de ferramentas: Introduzindo este componente.6 Sinal de relógio Muitos dos circuitos a realizar utilizaram um sinal de relógio. de período variável. por substituição do Interactive Input ligado a uma das entradas da porta OR.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 13 de 22 1. que é uma onda quadrada com os níveis lógicos ‘0’ e ‘1’.Engenharia Informática .

no menu principal.7 Formas de onda O simulador permite registar formas de onda dos sinais existentes no circuito..Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 14 de 22 Após colocar o simulador em modo Run. e escolher a frequência desejada: 1.Engenharia Informática . Para tal atribua um nome aos sinais que pretende ver visualizados (selecção do componente onde se encontra o sinal com a tecla esquerda. e selecção da opção Text. seguido de clique com a tecla direita. verifique a correspondência entre o sinal de relógio e a saída do circuito. no menu de opções): Surgirá uma caixa de texto onde poderá introduzir o nome do sinal: Luis Miguel Tavares ESTIG . Pode alterar o período (ou frequência) do sinal de relógio seleccionando a opção Circuit → Clock Speed..

Engenharia Informática . No menu de opções active a opção Add to Logic History: Após ter efectuado o procedimento anterior para todos os sinais que pretende visualizar. com os sinais seleccionados: Luis Miguel Tavares ESTIG . seleccione a função Tools → Logic History.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 15 de 22 Para adicionar este sinal ao visualizador de ondas. seleccione o componente com a tecla esquerda. e clique a tecla direita. no menu principal: Surgirá a janela do visualizador.

é muito útil uma ferramenta de Logic Probe (ponta de prova). e verá as formas de onda dos sinais seleccionados serem desenhados na janela: Para parar a simulação utiliza-se a função de Stop: 1.Engenharia Informática .Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 16 de 22 Pressione a função Run. Luis Miguel Tavares ESTIG . Esta função actua directamente no cursor. como indicado na figura anterior.8 Ponta de prova Quando se pretende verificar o estado de uma linha num circuito.

como ‘0’ ou ‘1’.Engenharia Informática .9 Guardar e abrir ficheiros e opções do menu principal O menu principal desta aplicação segue a metodologia normal das aplicações Windows. Luis Miguel Tavares ESTIG .Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 17 de 22 dando indicação do estado da linha que se seleccionou (por clique com a tecla esquerda). dentro de um círculo junto ao cursor: 1.

Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 18 de 22 Opção File: Opção Edit: Opção Circuit: Opção View: Luis Miguel Tavares ESTIG .Engenharia Informática .

Luis Miguel Tavares ESTIG .Engenharia Informática . ou a sua função é facilmente dedutível.Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 19 de 22 Opção Tools: Opção Help: Todas estas opções ou já foram tratadas.

Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 20 de 22 Anexo A Configuração do Internet Explorer Após executar o Internet Explorer. seleccione a opção Tools → Internet Options.pt que é o endereço da ESTIG. por exemplo: http://www. no menu principal. e seleccione a opção Advanced: Luis Miguel Tavares ESTIG . Escolha a opção Connections no menu principal e pressione o botão LAN Settings. Surgirá a seguinte janela de diálogo: No campo Address pode introduzir a página que quer visualizada aquando da chamada do Internet Explorer (home page). Preencha os campos da nova janela como indicado na figura.ipbeja.estig.Engenharia Informática .

Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 21 de 22 Na nova janela de diálogo. preencha os campos de acordo com a figura seguinte: Seleccione a opção OK nas duas janelas que ficam. e quando aparecer a janela inicial: Luis Miguel Tavares ESTIG .Engenharia Informática .

Luis Miguel Tavares ESTIG .Trabalho de laboratório (Digital Works) Sistemas Digitais Página 22 de 22 pressione em Apply e depois OK.Engenharia Informática . Neste momento tem o Internet Explorer configurado para aceder a toda a informação na ESTIG e exterior.