You are on page 1of 7

Universidade do Estado do Pará – UEPA Centro de Ciências Sociais e Educação _ CCSE Departamento de Língua e Literatura _ DLLT Curso de Licenciatura

Plena em Letras Disciplina: Estágio Supervisionado Docente: Charlene Bezerra e Socorro Abreu Discentes: Núbia do Nascimento Sousa e Poliana Araújo Silva

Relatório de Estágio Curricular de Língua Portuguesa

Núbia do Nascimento Sousa e Poliana Araújo Silva

Redenção - PA 2011

Universidade do Estado do Pará – UEPA Centro de Ciências Sociais e Educação _ CCSE Departamento de Língua e Literatura _ DLLT Curso de Licenciatura Plena em Letras Relatório de Estagio Curricular de Língua Portuguesa Dados das Estagiárias Nome: Núbia do Nascimento Sousa Registro Acadêmico: 20081125028 Curso Período: Letras e 7º período Nome: Poliana Araújo Registro Acadêmico: 20081125029 Curso Período: Letras e 7º período Dados do Local de Estágio Instituição: E.F.E.PA 2011 . Maria Conceição Corrêa Supervisora: Nº de Registro: Período de Estágio Inicio: 19/09/2011 Término: 05/10/2011 Total de Horas: __________ Redenção .M.

Funciona no turno da manhã. na administração os móveis são uma mesa com cadeira. auxiliar de limpeza e vigia. dois coordenadores. cinco auxiliares de secretaria e trinta e quatro professores. quadro magnético nas salas. à coordenação e os professores. Introdução Este relatório foi feito a partir de informações obtidas no Estágio Supervisionado pelas Acadêmicas do Curso de Licenciatura Plena em Língua Portuguesa da Universidade do Estado do Pará: Núbia do Nascimento Sousa e Poliana Araújo. cozinha. A escola possui como recursos materiais. No seu quadro funcional contam com a diretora da escola a senhora xxxxx e a vice xxxx. situada na Avenida Ministro Oscar Tompson Filho.CORPO DO RELATÓRIO 1. que corresponde a 7ª e 8ª série. Vila Paulista. lanchonete. O prédio em geral é muito bem organizado e conservado. área livre para recreação e banheiros. na 4ª etapa. Tem uma carência em recursos didáticos e materiais usados para aula. um computador e impressora. a escola conta com onze salas de aula. A escola realiza as suas reuniões pedagógicas uma vez por mês. biblioteca. carteiras em estados razoáveis. livros didáticos para os alunos. a escola possui um número considerável de funcionários. sala de professores. e no período noturno 3ª e 4ª etapa do EJA e 8º série. alem de merendeira. coordenadores. sendo ensino fundamental de manhã e tarde. aparelho de som e DVD. . pincel. O seguinte relatório foi realizado no ensino do EJA (Educação para Jovens e Adultos). como: chamex. uma televisão. no período noturno. este tem uma perfeita interação entre a direção. Quanto à estrutura física. dos dias 19 a 23 de Setembro de 2011. da Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Conceição Corrêa. Tem como modalidade de ensino a educação de jovens e adultos EJA e o Ensino Fundamental. sala da diretora e vice. tarde e noite.

informação e na vida social. Atividades Desenvolvidas No dia 19 de setembro de 2011. níveis de leitura e conhecimento entre outros fatores que podem qualificar a turma. no trabalho. pontualidade. pois na próxima semana seria prova. para que dessa maneira houvesse uma interação maior tanto entre aluno e professor como entre eles. Então ela está fazendo o que gosta e está satisfeita e muito feliz em ser professora. Ela deixa bem claro que a turma do EJA (educação de jovens e adultos) a 4ª etapa. E no mesmo dia fomos apresentadas a docente da 4ª etapa do EJA. que passaram muito tempo sem estudar e que trabalham o dia todo. seja na escola. A professora Edileusa relatou que estava em semana de revisão. pois é muito gratificante. tivemos contato com a diretora da escola Maria Conceição Corrêa. chamada Edileusa Fernandes. em que foi entregue a ela o ofício da UEPA solicitando estágio em sala de aula no turno noturno. o primeiro dia foi trabalhado mais a observação tanto dos alunos como do ambiente escolar. no nosso convívio familiar e em outros contextos relevantes na existência dos seres humanos os quais usam no nosso país e nos demais que falam. interação com a professora e o conteúdo. E que a Língua Portuguesa faz parte do nosso cotidiano.2. Essa docente aponta que na rede pública de ensino não tem muitas opções ou recursos para trabalhar e usa-se o que tem. Então solicitou que durante esses dias de aula. figuras de linguagens e denotação e conotação”. Considerando assim. sob a supervisão da docente efetiva da escola. atuamos como regente. A partir disso realizamos a leitura do texto “Nóis Mudemo” de Fidêncio Saga no qual desempenhamos uma leitura interativa com turma e aguçamos um pouco o conhecimento de mundo de cada um e como eles . No dia seguinte. Após a conversa com a mesma fomos fazer o plano de aula sobre o assunto por ela solicitado. e por esses motivos a turma é um pouco mais lenta na aprendizagem. No primeiro dia em sala de aula a docente nos apresentou aos alunos e solicitou que nós observássemos a turma e seus aspectos como: participação. Iniciamos a aula solicitando aos alunos que colocasse as carteiras em forma de círculo. nós ministrássemos sobre “Leitura e interpretação de textos. são pessoas mais velhas. A visão dela é que a Língua Portuguesa é de fundamental importância como fonte de comunicação.

. utilizando-se de pequenos textos. Distribuímos material impresso com os conceitos dos conteúdos. 3. No terceiro dia. imagens impressas. pincel e material impresso. quando relacionado ao texto e aos exemplos assimilaram de forma mais eficaz. as dificuldades de leitura. Como recursos metodológicos utilizamos quadro. utilizamos como texto para interpretação algo em que os alunos pudessem se identificar e relacionar os motivos por terem largado a escola quando jovens. Podemos observar através desse texto. e de alguma forma incentivá-los a continuar estudando. perguntando. permanecemos no estudo da gramática. No estudo gramatical apresentaram dificuldades em relação aos conceitos. para tanto fizemos uma breve conceituação e explanação das figuras. passamos um exercício de interpretação e logo após fizemos a correção. Em seguida pedimos aos alunos para identificarem esses elementos no texto “Nóis mudemo” e questionamos a função deles no texto e se a retirada alteraria no sentido do mesmo. No quarto e último dia. Suporte teórico para a solução de problemas Durante a experiência em sala de aula. porém na prática. Para maior aprendizagem da turma. mas dessa vez explanamos os conceitos de “Conotação e Denotação”. enfocamos o trabalho no estudo da gramática com ênfase nas “Figuras de linguagem”. trechos musicais. como decodificação de palavras. O texto aborda sobre o preconceito social e lingüístico. questionando ou resolvendo o exercício. apesar das dificuldades. para leitura e explicação do mesmo. Em seguida realizamos uma dinâmica de perguntas e respostas para a fixação do conteúdo. Eles eram calmos e conversavam pouco. Nessa turma foi possível perceber que todos têm muita vontade de aprender e principalmente quando tem uma aula um pouco diferente das demais. Todos participavam da aula.haviam interpretado o texto. cujos alunos se identificaram e relataram que já passaram por situações semelhantes. poemas. não obedecem às pontuações e muitos deles desconhecem algumas palavras. A turma era composta por vinte e cinco alunos regulares. entre outras.

” p. principalmente. pois nos deu a oportunidade de enriquecer o conhecimento e fortalecer a nossa aprendizagem. o que observamos é que o ensino contextualizado precisa ser mais difundido. e que na linguagem podemos ou não utilizálos.] a gramática não é indispensável para o ensino e. conotação e denotação) estão presentes no texto. para que dessa maneira os conhecimentos gramaticais não sejam torturantes ou incompreensíveis pelos alunos.. diagnosticando assim a realidade e o funcionamento da instituição de ensino.. também foi fundamental para a construção de novos conhecimentos e experiências adquiridas. Posenti (2000) diz que: “[. 17. pois sentem mais dificuldades na assimilação de conceitos pré-estabelecidos. 32. eles puderam observar que os elementos (figuras de linguagem. o estágio foi satisfatório.. Partindo-se desse pressuposto Sírio Possenti (2000) afirma que: “Portanto. no qual os alunos não tiveram uma compreensão explícita. sabemos que todos devem ser respeitados pela forma de comunicação que tem internalizada. em especial os da EJA. porém quando contextualizamos o conteúdo com o texto analisado na aula anterior. Contudo. Segundo Mendonça e Bunzen (2006) “a relação entre o contexto cultural e os usos da leitura e da escrita é posto em discussão no âmbito na formação do docente.Após a amostragem do texto.”p. medida apenas pelo domínio do padrão e /ou da escrita padrão) é cientificamente falha. Mesmo sabendo que o papel da escola e principalmente do professor de português é ensinar e difundir a língua padrão... abordamos num primeiro momento os conceitos.. A conseqüência a tirar é que os alunos que falam dialetos desvalorizados são tão capazes quanto os que falam dialetos desvalorizados. 4. E sua importância.”p. qualquer avaliação da inteligência do aluno com base na desvalorização do seu dialeto (isto é. mas seu conhecimento é indispensável.. Conclusão Apesar das dificuldades com o material de apoio e a carência de leitura dos alunos. 59. depois de está convencido que uma coisa é o estudo da gramática e outra é o domínio ativo da língua.. . Para a explanação dos conteúdos gramaticais. abordamos a existência de um preconceito lingüístico e das variações que cada indivíduo possuí.

Campinas. 5. e isso só foi possível pela minha persistência à mudança. Português no ensino médio e formação do professor. Muitos foram os obstáculos a serem superados. Linguagem criação e interação. SP: Mercado de Letras. São Paulo: Parábola editorial. São Pualo: Editora Saraiva. pelas pesquisas realizadas e principalmente pelo interesse no ensino da matemática de forma prazerosa. Referencial teórico POSSENTI. SOUZA. Clécio. Sírio. Por que (não) ensinar gramática na escola. Além disso. sobretudo pela experiência adquirida e necessária À minha formação. 2006. apresentando sua utilidade e relevância. oportunizou condições de integração no contexto escolar para que possamos identificar características do funcionamento interno e. Márcia Paganini. sobretudo o conhecimento do desenvolvimento da turma para o planejamento das aulas de estágio.O início dessa fase nos proporcionou um entrosamento com o professor regente e a comunidade escolar do campo de estágio para que exista efetivamente uma troca de experiência. . BUNZEM. MENDONÇA. CAVEQUIA. Márcia (orgs). 2000. 2004. Cássia Leslie Garcia de. E.

-. /4  0/:. /0802503.:340574108847.3/4 .84/0.4349. 14 97.. 34 9:734349:734  3420824 /.394 /48 . :2 0 .248.078. 5. 84.09:7.2./:948 .20394 03970 4:9748 1./0:8.8 ..14248 ..:4 5..42 9:72.4 2.42. F :2 54:.. 0 39075709. /0 . 9:72.4 4 .:348 0 84. 9:72. . 3907.7..88./.02 5O8.5.948 .88:3945470.J8 0 348 /02.8 /0 3:.3.. 4 41J. 4-807.4.8 /0 .0390 348 .7 .4.4  34 34884 .!479::08.307.0745.43.-.7907.34  80.5708039.94 . 3.02:941002807574108847.42 .  34 97.439.97.8:8.42. 9:72.2-039008..8 .9.424 /4 .8 4 /.2 2:9490254 802 089:/. 94/4  0 547 08808 249.8 . 6:0 3. 807. /0:8.84.4 /.430.3.8039.3./49094 O8 :/024  /0 /H3..:.424700390 84-.:. 548F 2:947.4  3907. 08.42 ./4880708:2.84  548 3..8 .04 477H./.4.F/01:3/.3907. -02 . 08.248 :2.0390/.8:507.34/0 .8 02 1472.42403970008 5.234 34884 5.430.0248 .3/4 ..7 0 6:0 97.7./. 02 802.. 802.790 /4 34884 .0880:2.2.  394 84.74 6:0 .03900109. .0380.70:8.9:....2..2082.84-704.882  4 572074 /. 08..9./.-.4 /0 4.:78485.4 $.845084:70.!479::08.797/88470./4 2.2039.. 09. 43.4 /0 90948  1:7. 574108847.91..3/4 089E4 02 8..94: 6:0 /:7.4. 70/0 5-. 574.. .7. 8450884.J7..1.J. 09:7. 8046:0902 394 0.5.94: 6:0 089.84. /.4390948700.248 :2 54:.:.94708 6:0 54/02 6:.57080394: .9.403.48.4  .5.3/08  .4 0 ..4 .4:.479.  438/07.  /0 80902-74 /0    9.390 08808 /.089H3. 09. /0.089E1./.  3.248 .80:390 ./0  3J.5703/. 9./.038 0 /0349.43. /0 70.08 /0 09:7.  02 6:0 14 03970:0 .39083. 0. 34 6:.:. 57O2../0.7 0 024:9748.6:0/088.4 9. /4.-. 0 80:8 .424 008 ..03/446:0489. 0 4 .79.424 5.20394 /0 2:3/4 /0 .F6:0.9./4 .254793..J3:. &! 84. 0 .4 1.7. /4.:. 0 .0390 ....98109.42:3. 6:0.. 70.J3:.4 31472./080803.1.:.2  88.:348 6:0 .  3O8 23897E880248 84-70 09:7..84/.348486:.44. .4.39403970 .48 . 9:72.49/.2 4 /.94: 6:0 3O8 4-807.././4  4 572074 /.424 14390/0.48 ./4.4390/4  5439:.5439. /70947. /0 03834349022:9.:348 .142481.E880248 .248..390   574108847.8 2.8 6:05..7  4/.880 . /0 . 02 8.0089E8.850.8 6:0 1. /.0.073. /4.

./4 .43. 6:. 08./0/0.039.3/4 80 /0 506:0348 90948  5402. /0 ..424 /0.3.394 10248 :2.8 5.4 /4 .42H31.4  897-:J248 2.../74 53..8  2 80:/. 0507H3.88.7...002.248 :2 007.03/4 4 007.4 /.J.4/1.2/01472.088020./4 4 9094  !..:78482094/4O..8 /02..4  088.8  :9. .0948  547F2 3.43. 0314..8 /0 3:..3/4902:2.09:7..48 .2486:.2. 2570884.7.2E9.7.078.45.3/4  6:08943.348039/4/420824  4 6:.4248.4390/4  9:72.8 :7.2E9.8  970.:34870:.4 0 0349.425489.E 48 . 9.074/.. 9:72.30...7..748249.9.:/.4.:.390 .4  !4/0248 4-807.2 39075709.708 0807. 02 8.4 /0 5.2 547 89:. /32.5703/.7.3/4  .702 08808 00203948349094 O8 2:/024 06:08943.  5.  :9.2570884    $:5479090O7..4.8  34 4-0/0.J.7.434089:/4/.8   4 089:/4 7. 9:72.9.:254:...8 /1.4044.4/1070390/.48 2:8.:/.5O810248.3/4 4: 7084.801.803. 1. .424 9094 5..038  0 /0 ..43.:48 .005.79. 84-70 4 570.97.:348 5.2 0 70.2..:3485:/0880280/0391.094 84.5703/070573.8 5.0 .4  .47704  4907./08   9094 .2480 .7. 0 3QJ89.7. . 3./08 02 70.  2.4/420824 2 80:/.8 /088.08 0 2:948 /008 /08.794 0 924 /.:2.4.7 ..4393:.0 05.7.248 :2..-..:2.547.02 8 5439:. 70.02  5. /0 507:39. 2.:.3908  .7.  42470.8 /1. /0391.8 1:7.  507:39.43.07.1:34/0083490940 80.3.4 0 05.3900.47 .8 0 7085489.8   %4/48 5.84:4/0574-02.4 .  5072.7070. 14 5488J.248.3/4 4.7 /.88..3. 50/248 .3/4 70... 7097. -70.0948 /0 4349.7.439.43.:348 80 /0391.2 6:0 E 5.2.48 002548.2 /.48:9.0948/48.7.43.2 /1. .248497.7.508.8  :7./4 .  6:.7.-47/. 57E9.882. 7..7.8  2.4 9094 0 .038 257088.  .8  03970 4:97.203906:...:/.4390/48 5...0 507.248 48 .5.43. ...907.248 . 39075709.5.F8 /0880 9094  .43./08 /0 09:7.2 54:.907.4026:048.7 089:/. .0248 34 089:/4 /. 1472..02 /..0-07 6:0 94/48 9H2 2:9.:.5708039.907.4/039075709.48 547 90702 .09:.48 .02 ..7./.7.430.

40/.-02486:094/48/0.46:0 90239073.094 3QJ89..20390 /4 574108847 /0 5479::H8 F 0383. !./74 8.-03/46:045.086:0. /08.7.47. J3:.42 -. ./.24897.-47/.6:07 .793/4 80/088057088:54894$J74!488039  . 5.02807708509.50 /..:34 ./4850.5O8 . 0 573. /0 :2 570.5.J/:45488:J 08248.4.42:3.. 390H3..172.8..4 /4 80: /.8 504 /42J34 /4 5.4 /.80 3. /4 ./0.43.70 /1:3/7 ./..6:0   !479.../74 0 .02 /4 9094  .08.248 .503. 089H3.094 894 F  20//.3/..394  6:.1472. ..

8  .5.08...47.04:97./46:0 :2.09:7.48/.:348 020850.882.0948 57F 089.7 F 6:0 48 .:348 34 9.2 4-807..43909:.47.7H3.3:. 97..79.J3:. 34F3/85038E.907. 254793.20394/.3489.5703/.4039704.4 /0 .0948 /08. .4249094.425700384 05J.439094.5./0041:3.70.4390/48 7..8  /.  547F26:..9.4/.2 /.F5489402/8.882.F4/42J34.20390 1.. 2.7. /0 09:7./43.0:303    . /0 ./08.8.7.390747  008 5:/07.0390 5     43.07 .5.9.4 /48 .307./48  $0:3/4 03/43...4349...2 :2..43.2E9.7 6:0 48 00203948 1:7..43.9./.2..9.03.79./74  F .544 0 .8.3/4./4570.70.39084: 3.42570038J.   .430. 5   439:/4 46:04-807.8 /0 3:.7.203948 7.7/..2 9479:7. 6:0 /088.02  .F4089:/4/.20394F3/85038E.0.4/4/4.8.981.880:.20390 /0548/0089E.07 4 ./0 /0 0376:0.08 6:.:884342-943.8072. 3488.3/4.7. 48 .:. ..  9.43897:4/034./48 5    !.3899:4/003834    .430. ..0948/08.3.2E9.8 /1.2484.05..20394800507H3..2.42 4 2. 05.4 0 /0349.0948 34 6:./08 3.:9:7.2-F2 14 1:3/. 0/..:84  508..43806QH3..2 /.0 !48039  /6:0  (.430.48./6:7/.4390/4..4038340 573..0391.02   8:.2039.07.048:848/.248 3:2 572074 242039448 .:348  4 089E4 14 8.:/.3.-47/. 08.02 54/0248 4: 34 :9E 48 2.43.43909:.7.9O74  548 348 /0: .085048.7.. 45479:3/..1472. . 48 .430.4: /. .  548 803902 2.. /48 . 5.8 /1:3//4  5.248F6:0403834. .:348 6:0 1.8/1.394 48 6:0 1.48 .43./48 84 94 .:/.4  0894570803908 34 9094  0 6:0 3.20394 0 1479.-00.8 34 80.

3. !. /0  '"&  E7. 080 .43/08 /0 3907.3.4/947.2.33  3:.6:0089. 974.80 348 574547..:48.7....20394 /4 /0803.907J89.02 ..8   &  F.4 /088. 23.77.    $ &  E88.80573.  F2 /884  45479:34: ./.90O7.  84-709:/450.902E9. 5.../6:7/..050.5./008.4    #010703..0507H3.30.7.:.     .4./48 08848O145488J.:4!.0 30.4 $4!:.42:3/. 2:/..088E7.507889H3.43.248 /0391..403907.7E-4..$..1472.0/947.8 /4 1:3.7.20390 :2.7.08.. 4 5./4/0097. . /0 1472.85086:8.7.4.430.8/0089E4   :948147.870..3/48:.807028:507..4  ! $$% $J74 !476:0 34 0383.434: :2 039748. /0 0507H3.57.20394 /..42 4 574108847 7003900.0748.20394/.253.3..8. 3J.8 $! 07. 478  !479::H8 34 03834 2F/4 0 1472.2E9.4 34 .254/0089E45.7 .4   @  E7.439094 08. .4./00700.7 5...20394 390734 0  84-709:/4 4 .4.7.. .23.20390504390708803403834/.:9/.0109.7/4.2484-89E.5708039.4/4574108847 $4!. 9:72.. 1. 6:0 5488.20394 . 50.7..