You are on page 1of 2

O CONTO POPULAR E TRADICIONAL

O conto popular e o conto literário têm muitos traços em comum: são narrativas breves, com número reduzido de personagens, uma só ação, espaço e tempo reduzidos. Relativamente ao conto popular convém demarcar algumas características distintivas:
    

é de tradição oral; por isso muitos têm marcas de oralidade, nomeadamente do registo popular (ex: vai nisto..., nisto..., lá vinha ele..., botou a fugir...); Caracteriza uma certa arte da memória; é património de todos (universal e intemporal) revela o imaginário em contraposição com a realidade da vida (o que contribui para o conhecimento humano, exprimindo sonhos, anseios, necessidades, emoções e sentimentos); o tempo e o espaço estão fora do tempo e espaço reais. FUNÇÕES DO CONTO POPULAR

    

são memória de um grupo; apresentam modelos exemplares em situações dicotómicas (ex: bom/mau...) veiculam valores (património universal e intemporal); condicionam comportamentos/atitudes; preenchem espaços de lazer (função lúdica). ESTRUTURA DO CONTO POPULAR

Conflito dramático: ordem existente=>ordem perturbada=>ordem restabelecida Personagens: => vítima (objeto da perturbação);
o o o o

vilão (sujeito da perturbação); herói (sujeito do restabelecimento da ordem); adjuvantes (pers. secundárias que ajudam o herói); oponentes (pers. secundárias que ajudam o vilão ou fazem oposição ao herói)

TIPOLOGIA DO CONTO POPULAR Há vários tipos de textos que integram as características do conto popular: Conto: recorre a personagens anónimas, num tempo e espaço indeterminados; Lenda: assenta num facto real, modificado pelo imaginário coletivo, pode utilizar personagens com nome próprio, num tempo e espaço mais ou menos identificáveis; Fábula: recorre a animais para dar lições ao Homem; Histórias míticas: aproximam-se das lendas, embora os seus heróis sejam sempre seres superiores ao ser humano. TEMÁTICA Os temas abordados são vários. No entanto, por ser frequente, falamos da presença do maravilhoso ou fantástico na literatura tradicional.
  

O Maravilhoso está presente no conto popular uma vez que desta forma se tenta, através da imaginação, conjugar a realidade e a fantasia. O Maravilhoso é a presença do irreal, do imaginário, dum mundo mágico ou sobrenatural através de personagens fantásticas como as bruxas, fadas, gnomos, duendes, vampiros e outros seres. O Maravilhoso contribui para aumentar o prazer, o interesse e para desenvolver a imaginação.

N.B.- Além do conto popular, fazem parte da tradição oral outras formas tais como o romance ou rimance, a anedota, provérbios
e ditos, adivinhas, cantigas, rimas infantis, trava-línguas, orações, etc.
Adaptado de: http://espr.ccems.pt/portugues/anantonio/i3/contotradicional.htm