Quando a empresa Aatma Design lançou um vídeo com o protótipo especulativo do iPhone 5, as expectativas superaram o produto final.

Bom, pra começar, as pessoas sempre querem mais e mais, só que as vezes a funcionalidade pode passar a ser obsoleta... Não é diferente quando a gente fala da Apple... O iPhone 4 visivelmente não tinha muito mais a ser melhorado, levando em consideração todas as coisas que ele já faz... A partir disso, o que poderia ser esperado é a lapidação de pequenos detalhes... Quem tem um iPhone nas mãos facilmente poderia chegar a essas conclusões. Dá pra enumerar alguns pontos negativos do aparelho mas que de longe não fazem dele um aparelho ruim comparado a outros. São eles: 1- BATERIA de curta duração [eu, usuário, desfruto do máximo = bluetooth, wi-fi, GPS, câmera, 3G, push... Não raro que minha bateria dure menos que 24h]. 2- MEMÓRIA limitada [usuário de jogos e cinéfilo compulsivo, tenho percebido que as vezes o aparelho trava com alguns aplicativos e vídeos, como se faltasse um empurrãozinho... E não precisa nem ser um gamemaníaco, basta ter uma caixa de e-mails com mais de 100 mensagens ou receber um anexo de médio calibre pra ver que o coitadinho do telefone - ou mesmo o iPad - sofre pra abrir ou apagar vários itens de uma vez...]. 3- GRÁFICOS pouco elaborados [mais uma vez, jogos 3D ainda parecem quadradões - embora hei de convir que ter no iPad a versão inteira do Prince Of Persia - Warrior Within é super legal, o que fica mal na fita é a aparência do jogo na versão PC na resolução mínima]. 4- CÂMERA lenta [quantas vezes a gente se encontra num momento que merece uma foto instantânea? Ou ainda quando a gente pede pra alguém tirar uma foto e sofre explicando como fazer isso... Particularmente, resolução de foto não é um problema já que como tenho muitas, me peguei várias vezes com uma dor de cabeça quanto ao HD e discos de Backup... Mas em virtude daquele baita retina Display e da possibilidade de uso do iPhone e iPad como expositores para apresentações e mesmo homemade art, eventualmente a falta da High Definition deixa a desejar]. Esses são os principais pontos negativos do iPhone 4, e com isso, já daria pra prever quais poderiam ser as mudanças do novo aparelho e mesmo do iOS 5... O fato dos Applemaníacos ficarem decepcionados é que a cada lançamento a Apple surpreende sobremaneira, mas esperar que um aparelhinho emita imagens holográficas ainda é muita ficção para um portátil. Especulações a parte, o teclado infravermelho (a nível de curiosidade) já é realidade há algum tempo e pelo e-Bay é possível comprar um desses... Não tão à parte, agora, minhas impressões a respeito das novidades Apple se voltarão quanto ao iMac, já que algumas fontes revelaram uma patente da empresa de uma tela sensível ao toque maior que a tela do iPad. E não é só por isso; o que podemos observar é que cada passo da empresa é meticulosamente calculado, inclusive um CEO da Sony falou que o grande sucesso de Steve Jobbs foi ter a visão de como integrar uma coisa com outra. Continuando: O sucesso ascendente da Apple no Brasil (a meu ver), começou quando eu tive a possibilidade de comprar meu primeiro produto em dezembro de 2008, um MacBook White Core 2 Duo, top de linha. Na época fiquei super empolgado mas no mês subsequente, a Apple começou a vender pelo mesmo preço um modelo igual de Macbook com um

isso pode ter passado sem alardes pra maioria dos consumidores. O que eu observo é que a história se repete. permite clicar com o Magic Mouse como se fosse um dedo [?]). igualzinho a tela do iPhone ou iPad). São elas: A. Claramente. 2. Lógico. tudo isso porque logo no mesmo ano haveria o lançamento do novo modelo de Macbook white (que não emplacou [?]) apenas com a carcaça um pouco mais anatômica e ainda da geração superior dos Macbooks . associado ao fato de. B. algo parecido com uma Tablet Cintiq da Wacom.Launchpad (dispensa descrição detalhada .o Macbook Aluminium Unibody.A possibilidade de usar aplicativos em tela cheia dá a impressão de que o seu iMac de 27'' virou um iPad gigante.Embora não confirmada.Mission Control (com um gesto do Magic Mouse ou um clique na Dock você visualiza todas as janelas abertas agrupadas por tipo de programa e ainda os Spaces diferentes e a Dashboard). de modo que no último mês (setembro de 2011). ainda em vista que se considerarmos as palavras do CEO da Sony quanto ao Steve Jobbs. 3. a Apple deu um boost nos iMac antigos (que diga-se de passagem são excepcionalmente arrasadores por natureza). a qual não iria perder espaço no mercado já que a maioria dos usuários utiliza o MacMini como hardware.junta todos os seus aplicativos quando você clica e literalmente transforma o OS em um iOS. Baseado nessas evidências.A invenção do TouchPad para iMac poderia talvez ser uma tentativa de observação comercial da aderência dos consumidores à tecnologia de sensibilidade ao toque. não me custa acreditar que o novo lançamento "Blockbuster" da Apple será a nova geração de desktops. a informação da patente de uma tela grande sensível ao toque na Coréia pela Apple fazem pensar que esse pode ser o futuro do iMac.processador mais veloz e com uma placa de vídeo mais desenvolvida. a tentativa da Apple foi acabar com os modelos antigos pra garantir as vendas do novo modelo novo melhor e mais caro.App Store (igual a app store do iPhone e iPad. isso mais o que já foi dito sobre o iPhone poderia ser um prelúdio de que o novo super lançamento da Apple seria um novo modelo de iMac. By Raphael Nascimento . C. mas não pro consumidor que acabara de comprar coelhinho por lebre. pode-se observar alguns aspectos a respeito das tecnologias desenvolvidas pela empresa do último.O novo sistema operacional OS Lion possui algumas características visivelmente adaptadas do iOS que permitiriam o uso de sensibilidade tátil para desempenho das funções. acerca dos lançamentos recentes e algumas conclusões ou presunções podem ser tomadas: 1. D.