You are on page 1of 14

Guia prático para o registro de empresas Caminhos e dicas para tornar esse momento empresarial menos complicado Para

uma micro ou uma pequena empresa exercer suas atividades no Brasil, é preciso, entre outras providências, ter registro na prefeitura ou na administração regional da cidade onde ela vai funcionar, no estado, na Receita Federal e na Previdência Social. Dependendo da atividade pode ser necessário também o registro na Entidade de Classe, na Secretaria de Meio-Ambiente e outros órgãos de fiscalizaçao. A seguir, mostraremos caminhos e daremos dicas para tornar esse momento empresarial menos complicado. Na Junta Comercial ou Cartório de Registro de Pessoa Jurídica O registro legal de uma empresa é tirado na Junta Comercial do estado ou no Cartório de Registro de Pessoa Jurídica. Para as pessoas jurídicas, esse passo é equivalente à obtenção da Certidão de Nascimento de uma pessoa física. A partir desse registro, a empresa existe oficialmente - o que não significa que ela possa começar a operar. Para fazer o registro é preciso apresentar uma série de documentos e formulários que podem variar de um estado para o outro. Citamos os mais comuns: - Contrato Social; - Documentos pessoais de cada sócio (no caso de uma sociedade). O Contrato Social é a peça mais importante do início da empresa, e nele devem estar definidos claramente os seguintes itens: - Interesse das partes; - Objetivo da empresa;

Para ser válido.Descrição do aspecto societário e a maneira de integralização das cotas. Ainda na Junta Comercial ou no Cartório. em uma via.Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual ou Estatuto. Registrada a empresa. As micro empresas e empresas de pequeno porte são dispensadas da assinatura do advogado. conforme prevê o Estatuto da Micro e Pequena Empresa. .Requerimento Padrão (Capa da Junta Comercial). feito pela Junta Comercial ou Cartório.Pagamento de taxas através de DARF Os preços e prazos para abertura variam de estado para estado. deve-se verificar se há alguma outra empresa registrada com o nome pretendido. em uma via. Geralmente é necessário preencher um formulário próprio. . o ideal é consultar o site da Junta Comercial do estado em que a empresa estiver localizada. .. em três vias.FCN (Ficha de Cadastro Nacional) modelo 1 e 2. Há estados que já oferecem esse serviço pela Internet. contendo um número que é fixado no ato contitutivo. será entregue ao seu proprietário o NIRE (Número de Identificação do Registro de Empresa). será possível prosseguir com o arquivamento do ato constitutivo da empresa.que é uma etiqueta ou um carimbo. com três opções de nome. . o Contrato Social deverá ter o visto de um advogado. quando geralmente serão necessários os documentos: . Se tudo estiver certo.Cópia autenticada do RG e CPF do titular ou dos sócios. CNPJ . Para isso.

Cópia do CNPJ. vinculadas a pessoas físicas ou jurídicas. . no site da Receita Federal por meio do download de um programa específico. Isso é feito na prefeitura ou na administração regional ou na Secretaria Municipal da Fazenda de cada município. Os documentos necessários. a documentação necessária é: . bem como de sociedades e associações de qualquer natureza. Alvará de Funcionamento Com o CNPJ cadastrado. informados no site. ou seja.Consulta prévia de endereço aprovada. é preciso escolher a atividade que a empresa irá exercer. Essa classificação será utilizada não apenas na tributação. principalmente as prestadoras de serviços que exigem habilitação profissional. O alvará é uma licença que permite o estabelecimento e o funcionamento de instituições comerciais. é preciso ir à prefeitura ou administração regional para receber o alvará de funcionamento. de obter o CNPJ. são enviados por sedex ou pessoalmente para a Secretaria da Receita Federal. Lembre-se que nem todas as empresas podem optar pelo Simples. agrícolas e prestadoras de serviços. antes de fazer sua inscrição no CNPJ. chega a hora de registrar a empresa como contribuinte. Geralmente. mas também na fiscalização das atividades da empresa. Portanto. .Com o NIRE em mãos. O registro do CNPJ é feito exclusivamente pela Internet. e a resposta é dada também pela Internet. industriais.Formulário próprio da prefeitura. Ao fazer o cadastro no CNPJ. . consulte os tipos de empresa que não se enquadram no Simples.

e em geral a documentação pedida para o cadastro é: . como por exemplo o contrato de locação do imóvel ou escritura pública do imóvel. mas isso varia de estado para estado. quando necessário. . . . . ele não pode ser feito pela Internet. Também estão incluídos os serviços de comunicação e energia.Cópia do Contrato Social.Comprovante de contribuinte do ISS. .Número do cadastro fiscal do contador. indústria e serviços de transporte intermunicipal e interestadual. Ela é necessária para a obtenção da inscrição no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). para as prestadoras de serviços.Cópia autenticada do documento que prove direito de uso do imóvel. Atualmente. em 1 via. Em geral.DUC (Documento Único de Cadastro).DCC (Documento Complementar de Cadastro). cópia autenticada ou original. por meio de um único cadastro.Certidão simplificada da Junta (para empresas constituídas há mais de três meses).Comprovante de endereços dos sócios. em três vias. A Inscrição Estadual é obrigatória para empresas dos setores do comércio. o que permite obter a Inscrição Estadual junto com o CNPJ. a maioria dos estados possui convênio com a Receita Federal. .Laudo dos órgãos de vistoria. Inscrição Estadual Já o cadastro no sistema tributário estadual deve ser feito junto à Secretaria Estadual da Fazenda.. . .

Empresas que pretendam dedicarse às atividades de indústria e comércio deverão ir à Secretaria de Estado da Fazenda. Para contratar funcionários.Cópia do ato constitutivo.Cópia do CNPJ. Aparato fiscal Agora resta apenas preparar o aparato fiscal para que seu empreendimento entre em ação. . ou apenas os sócios inicialmente. a empresa precisa estar cadastrada na Previdência Social e pagar os respectivos tributos. No entanto. Será necessário solicitar a autorização para impressão das notas fiscais e a autenticação de livros fiscais. Isso é feito na prefeitura de cada cidade. . o representante deverá dirigir-se à Agência da Previdência de sua jurisdição para solicitar o cadastramento da empresa e seus responsáveis legais. a empresa já está apta a entrar em operação.. Cadastro na Previdência Social Após a concessão do alvará de funcionamento. esta autorização é emitida pela Secretaria de Fazenda Estadual. ainda faltam duas etapas fundamentais para o seu funcionamento. . é preciso arcar com as obrigações trabalhistas sobre eles.Cópia do alvará de funcionamento. Observação: em alguns estados a inscrição estadual deve ser solicitada antes do alvará de funcionamento.. Assim. A primeira é o cadastro na Previdência Social. O prazo para cadastramento é de 30 dias após o início das atividades. independente da empresa possuir funcionários. .No caso do Distrito Federal. independente do segmento de atuação da empresa. Ainda que seja um único funcionário.RG e CPF dos sócios.

.IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). entre outras fontes. Se estiver tudo certo. Isso significa que a pesquisa deve ser aplicada somente quando os seus resultados contribuírem para diminuir a incerteza ou influenciar decisões. não leva à decisão nem ao sucesso: é preciso escolher um curso de ação que ajude a identificar problemas e oportunidades e que indique caminhos que reduzam as incertezas. Antes. Assim. são regularmente obtidos e organizados por entidades públicas ou privadas. Pesquisa de mercado: o que é e para que serve Conheça a definição e aplicação da pesquisa de mercado a fim de melhorar as vendas Todas as decisões relacionadas a novos empreendimentos contêm certo grau de incerteza. ou seja. como: . o sucesso de uma pesquisa mercadológica é uma ferramenta de orientação para as decisões. secretarias de estado.Uma vez que o aparato fiscal esteja pronto e registrado. basta tocar o seu negócio adiante. tanto no que diz respeito à informação na qual as decisões estão baseadas como no que diz respeito às suas consequências. Diversos dados externos necessários às empresas são secundários. por si só. certifique-se que tudo ocorreu bem durante os procedimentos anteriores. universidades. A informação. Não há qualquer razão para se fazer uma pesquisa mercadológica se o tomador de decisão (o empreendedor) não pretende alterar sua posição inicial. como prefeituras municipais. entidades de classe. sua empresa pode começar a operar legalmente. no entanto. não acredita ou não compreende os seus verdadeiros resultados. órgãos do Governo Federal.

.Conhecer o perfil do cliente.. a primeira providência que um empreendedor deve tomar é desenvolver uma análise mercadológica.Analisar os fornecedores e as empresas que fornecem produtos e serviços: sistema de vendas e distribuição. industriais e sindicatos.). . . características comportamentais. A pesquisa é um recurso vital que serve para: . se for . políticas de preços e cobrança. . hábitos de consumo. a partir de certos critérios. Para que serve a pesquisa mercadológica Para a abertura ou expansão de um novo negócio. . cooperativas e agências de desenvolvimento. etc. O objetivo é possibilitar ao empreendedor a avaliação comparativa de seus potenciais fornecedores e. ou seja. na obtenção de dados primários.Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). definir a classificação deles para orientar o processo de compras.) e qualitativos (estilo de vida.Jornais.Associações comerciais. ela fornece a caracterização dos clientes nos aspectos quantitativos (potencial do mercado. participação da empresa no mercado.Perceber a estratégia dos concorrentes e observar seus pontos fortes e fracos. ou. Somente nas circunstâncias e hipóteses de esgotamento das fontes secundárias e se as necessidades de informação persistirem deve-se pensar na consulta direta às fontes originais. qualidade dos produtos e serviços.Centros de pesquisa. revistas e publicações especializadas. renda. . etc.Centros tecnológicos. escolaridade.

o demonstrativo de resultado e o balanço patrimonial Em muitas empresas de pequeno porte. dando prioridade às operações diárias de produzir e vender. Os principais instrumentos de análise e planejamento financeiro das empresas são: . o empresário não tem controle de caixa que permita apurar se todos os recebimentos e pagamentos estão corretos e se o saldo em caixa confere com as entradas e saídas de recursos. é impossível projetar valores a gastar. planejar reduções e controlar para que as despesas não saiam dos limites estipulados. identificar a quantidade ou volume que o mercado é capaz de absorver e a que preços esses produtos poderão ser vendidos. . detectar novas tendências. perde-se muito tempo buscando informações anotadas em diversos lugares. não é possível uma empresa sobreviver sem que haja uma boa organização das informações necessárias à gestão financeira do negócio. Se o empreendedor não anota e não conhece corretamente as despesas. de terceirização das atividades.Fluxo de caixa: indica os recebimentos e os pagamentos a serem realizados e apura o saldo disponível de caixa na data efetiva de recebimento ou pagamento. É comum encontrar pequenos empresários que não conhecem os valores exatos a receber no dia. avaliar a performance de seus produtos e serviços.ocaso. o proprietário coloca a organização em segundo plano. Mantenha firme o controle financeiro da sua empresa Fonte: Sebrae/NA Os principais instrumentos de análise e planejamento são o fluxo de caixa. Em outros casos. Para obter essa informação com precisão. Serve também. identificar o segmento de mercado mais lucrativo. para dimensionar o mercado. Em resumo.

. Evite fazer as coisas pela metade. independentemente de seu recebimento ou pagamento. o custo das mercadorias vendidas. de Contas a Receber e de Contas a Pagar de forma organizada. as despesas fixas. Demonstrativo de resultados facilita a gestão financeira Autor: Sebrae Nacional Analise o impacto de cada conta ou produto no resultado da empresa Conhecer o resultado final obtido nas operações da empresa é a mais .É importante observar que o planejamento pode ser feito com metas para outros prazos – como para o trimestre ou semestre – e que. considerado bom para a remuneração do capital. que possam ser alcançadas. . para que o planejamento financeiro funcione. . elabore planilhas de Controle de Caixa. .Demonstrativo de resultados: indica o volume de vendas. Cobre do funcionário eventuais erros e discordâncias dos valores encontrados. contas a pagar) e confira se todos os lançamentos estão de acordo com os documentos (por exemplo. as despesas variáveis.Diariamente. é preciso estabelecer metas realistas.. escolha um dos controles (por exemplo. em reais. de Controle de Conta Corrente.Caso tenha computador.Estime um valor mensal de lucro. . e apura o lucro líquido por meio do regime de competência no momento em que esses eventos ocorrem. do passivo e apura o valor do patrimônio líquido da empresa. notas fiscais) que os geraram.Balanço patrimonial: indica os valores do ativo. Recomendações .Seja rigoroso na atualização dos dados financeiros.

dando uma idéia do que acontecerá com o caixa em curto prazo. em reais e em porcentagem. Por isso. devem ser verificados os custos fixos que estão crescendo (a porcentagem do faturamento). a margem de contribuição. o que impede o planejamento a médio e longo prazo. os custos fixos. as decisões são tomadas sem consistência e normalmente baseadas apenas na situação diária do caixa. Lembre-se: os custos crescem proporcionalmente ao dinheirodisponível. Quando a empresa não tem um demonstrativo indicando o comportamento dos negócios. Portanto. a melhor ferramenta é o demonstrativo de resultados. Em suma. especialmente porque ele responde a algumas das perguntas mais importantes em se tratando de gestão de negócios: qual foi o balanço? Houve lucro ou prejuízo? Fazer esta avaliação é importante. para que não saiam do controle. ocorre um relaxamento e se gasta mais. Por meio do demonstrativo de resultados é possível conhecer com exatidão a realidade econômica e financeira da empresa. a avaliação é a verdadeira administração pró-resultados. Acompanhe rigorosamente os custos fixos. o resultado operacional e o resultado líquido. redução dos custos e melhoria ou aumento das margens. muitas vezes sem necessidade. visto que se é possível medir o resultado obtido também será projetar com segurança vendas. Para ter esse controle. quando há dinheiro. Identifique com clareza o resultado da empresa (lucro operacional) .importante informação financeira para a gestão do negócio. Recomendações Deve ser implementado um demonstrativo de resultados mensal. que inclua. a implantação de um demonstrativo de resultados é fundamental para a boa gestão financeira dos negócios. com os demonstrativos dos meses anteriores. ou seja. será possível saber o que aconteceu com a empresa em cada mês. para que o negócio seja ainda mais lucrativo. Com esse controle.

0......28.....7% Despesas com bancos...76% ICMS.......... luz e telefone..................0% Propaganda......... 85........................41% Retirada dos sócios..............0............800.......................................950..............100% Vendas à vista...............40 % B ........1200................0...12% Encargos Sociais....................1% Honorários Contábeis....700...........000...500.................................000........250...........17% PIS/COFINS.......................5% Manutenção...................................425.......................4.................................................................................56.............548...D).......41% Custos das mercadorias ou matéria-prima...4% Salários............ Exemplo A ..............500..................................MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO (A-B).......................82% Água...........59% D ....................... 72............200.....CUSTOS FIXOS...2..........................................14....58% Aluguel....................252..................2....450...................10. 28..........0..................33.................................10% C ..........3...............................31.....64% .............36........5% Outros custos fixos..RECEITA BRUTA..................................................85....................000..798....CUSTOS VARIÁVEIS....8............34.............0..LUCRO OPERACIOANAL (C....... Para se saber se o negócio é vantajoso.....5..............94% E ................450..24.400.425.........60% Vendas a prazo............2.....82% F ..................... Neste caso........ pode-se comparar com taxas de outros investimentos o valor relativo do lucro em relação ao investimento total e atualizado da constituição da empresa....66............6% Comissões e encargos.....4...51.PONTO DE EQUILÍBRIO (D:C) X A....................098..... deve-se ter uma expectativa de taxa de lucro superior ao melhor investimento do mercado ou pelo menos três vezes maior que a melhor taxa de aplicação financeira de curto prazo....452......através do demonstrativo de resultado............850.........

com ou sem carência. A partir do valor do empréstimo (principal). a parcela a ser paga e a taxa de juros cobrada pelo banco. ou seja. a qual representa percentualmente o lucro operacional da empresa em relação às vendas: Lucratividade Operacional = Lucro operacional x 100 / Vendas Por fim. é possível obter o valor das parcelas mensais a serem pagas. a LUCRATIVIDADE OPERACIONAL. o empresário pode entrar no Simulador Financeiro (ZIP) e conhecer as diversas situações de financiamento. Formas de calcular O simulador calcula o prazo máximo do financiamento a partir do valor a ser tomado no empréstimo (principal). Descubra qual a melhor linha de crédito para o negócio Utilize o Simulador Financeiro e conheça as diversas opções de financiamento para a sua empresa Antes de optar por um empréstimo. o que corresponde à remuneração do capital investido. Para calculá-la use a seguinte fórmula: Taxa de rentabilidade = Lucro líquido x 100 / Investimento Calcule ainda quanto rende a atividade operacional da empresa. . considerando-se um determinado nível de vendas e lucros: Prazo retorno do investimento = Investimento / Lucro líquido. do prazo de pagamento e da taxa de juros cobrada pelo banco credor. para depois verificar qual o valor do empréstimo (principal) que poderá ser obtido. Outra opção de cálculo é definir o valor da parcela mensal a ser paga. verifique em quanto tempo terá o retorno do capital investido.É importante conhecer a RENTABILIDADE do projeto.

E empreender. Informando o valor a ser creditado. Nesta viagem ao mundo dos empreendedores. muitas vezes. basta apresentar o valor do empréstimo a ser tomado (principal). arrumar as malas. comprar passagens. os produtos e os serviços a serem oferecidos. reservar hotel. fornecedores e. Para que uma viagem aconteça. Como elaborar um plano de negócio Plano de negócio é o melhor instrumento para traçar um retrato fiel do mercado. a casa. Se. organizar uma festa. Ideias assim nascem. a parcela mensal a ser paga e o prazo para quitação do empréstimo. é necessário escolher o local a ser visitado.Também é possível calcular a taxa de juros. é preciso construí-las passo a passo. contribuindo assim para a identificação da viabilidade da idéia e na gestão da empresa. para que elas se tornem realidade. Para organizar as idéias é necessário usar o plano de negócio. a festa e a viagem não vão se realizar apenas pelo desejo. precisamos fazer tudo isso. concorrentes. que normalmente é diferente da taxa nominal ou negociada. sobre os pontos fortes e fracos do negócio. entre tantas outras coisas. obtém-se a taxa efetiva do financiamento. viajar para o campo ou para o litoral é necessário fazer um cuidadoso planejamento do negócio. Ao final. decidir o tempo da viagem. o plano de negócio ajudará a responder a seguinte pergunta: . imagine quando queremos abrir um negócio. porém. Para isso. para uma simples viagem. O plano irá orientá-lo na busca de informações detalhadas sobre o ramo. principalmente. ele será o mapa de percurso. bem como possíveis clientes. mesmo que seja um bem ardoroso. é uma viagem para um lugar desconhecido. Ou seja. quanto dinheiro levar. a parcela e o prazo para quitar o empréstimo. do produto e das atitudes do empreendedor Assim como para construir uma casa.

ou melhor. manter ou ampliar o negócio?”. Para outras informações. comprometimento. pois exige persistência. procure o Sebrae mais próximo. Saiba mais: Cursos gratuitos pela internet orientam empresários. Lembre-se também que tudo fica mais fácil se fizer antes os cursos Aprender a Empreender e IPGN. trabalho duro e muita criatividade. pesquisa. bom trabalho! E tenha claro que começar já é a metade de toda a ação. . Sucesso! Baixe aqui o arquivo completo (em formato pdf): Como elaborar um plano de negócio. Lembre-se de que a preparação de um plano de negócio é um grande desafio. Boa sorte.“Vale a pena abrir.

705708039./.7...:0.025708.6:.0270. . 507.6:..039:.3/..3.8 :.744507./0 507./.9.203904:.08920394 .. 4: 80..48 .025708.394703/0.9.43./. .43.744507.43.&#%' !#  ./04507.43.:./.03/.

438/07..08920394.'03/.3/4 80:2/090723.80:.0716:0026:.47094734/43.8  !4712 .03/.748  !7.0/0.089203943.59.39490254907E47094734/4.3.089/4  ./43J.

504-.42E24/413...424:802..04-9074.4   :97.203945.7547:20257F8924 4025708E7454/00397.889:.7H3.3.4-7.3...6:.3.797/4 ..0.7./0.../473.82038.7F/945. 6:0 54/07E8074-9/4  ..797/4...430.07.8075.0.4.7.430O.4-7.3. /457..9..025708.0.8075..7./0:748.76:.078.:..47/40257F8924 573.47/40257F8924 573.504-.7.4/05. 3908/0459.20473.807025.:4F/01374..85.:-7.5..3.5.E.5./0:748..807942.47 /.8:.20394.   5.457.47.074 ! 0.0740..8/0..0./4340257F8924 573.7 34$2:.8/.2038.  5. .7.4.203940 /./0548.84508/0 13.4 &904$2:.08/0 13.071..:.70/47 F5488J././.:.47/.. 9.7./473.3..8.454/0.3.7  82:./47..74J6:/4   08.20394 .5..5.078.430.8/.5..8   472.

82508.0/47080 573.34/030O./4 /0..884   !..424 5488J. F30./0 F 570.:/./0507.6:9.9.39.3/46:070248. 45.48/430O.20394/430O.8.503.7.20390 84-70 48543948147908017.30.0.079:/4884 2..7 4.47/40257F8924..3..0.5708039.2-F2F5488J..34/030O..5.4 !...47703908 14730.7. .0457.77:2.45.84.40744. 47.7.7E.08.008 F :2.02 6:. .2481.884-704 7.4.7..48.02 570.0894/.8.7.5.3.4:304.4947./0:748 !.03.4 089..20394 6:0 3472./7490254/.9410 /4207.807 5.:2.4245.75.7 .8.30 6:. %../484 5.4  :80.430.4 8070.8.7.7.:./031472.3423.8F30.:2:.45./0/.884.:2-02.347E47039E 43.7490 .42:3/4/480257003/0/4708 00807E42..99:/08/40257003/0/47  882.025708.34/030O.34/030O....8.7./.7/08.4/40257F8924   31472.1089.:/.7.   413.8504/0804 208246:080.0.6:0:2./48 -02./F.7.5.20390F/1070390/.80:390507:39.7 5.3.07:2.8.84:97...1089./4 /4574/:940/.-77:230O.7:27097.807942.4F420473897:203945.038 70807.0...4390.02 547F2 5.025..5. ..8823.. /0391.8 039709.088E7408..7.48. .-:8.7.088E741..5.5.088E74:8. . .4 0257003/07 2:9.7.0234.47./413.F30..43897:J .7..7:25.9.89.4 .4397-:3/4../4 .884 -.807.-/.7.394/30740./..43897:7:2.74 0257F8924 4-9F2 80.-47./4   !.6:9.708543/07..2038.03908 .4257.02.88094730270.24 48574/:948048807..0109..   4240.9.47....70/9.82..6:00...../..8070241070.8.8825. 4.7/47484  /0..88.85..7.3/44.89.745..4/.0457..807 .7:2.8  $0 5.7.7.08/09.8..7.8/F.02.:784  5.43..2544:5./4 573.97.

..0884  . 97.6:4.4/0:25.80107.7.2.9.-47.-.0.:7848 5703/07.2.9:94850.7EF.420.-77 2.08 574.4   02-70 809.02.5705.831472.4257420920394 5086:8..39074:.4F:27.390848.2-F26:09:/41.4:97.4 $:.14 54800 507889H3.:704$0-7./.25. .390730947039.81E..76:.7..945/1 4240.-.8:78487.4903.7:2 5..4 02-70 80/06:0 .84790 4:2047 -4297. 209./0/094/..857O24    .257003/070!   $.34/030O.503.0.'.2025708E748   !.425094 021472. .-.34/030O./0   4.7.7430O.3/0/08.4.746:0.4/:7402:9.