You are on page 1of 19

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Centro de Educação e Humanidades

Instituto de Educação Física e Desportos

Práticas em E.F. Para Séries de Ensino Fundamental (CAP) “PCN e Brincadeiras para o Ensino Fundamental ”

Rio de Janeiro Julho, 2007

Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. de Mattos João Vitor Mello E-mail: rodrigosper@hotmail.com Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@yahoo.com E-mail: jdmosquito10@hotmail. Melo João Darío M.com.com E-mail: carlosnagare@hotmail.br/9853543229952646 Graduandos de Educação Física Rodrigo Silva Perfeito Carlos Henrique S.cnpq.com E-mail: jvmgr@hotmail. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. tenha consciência e cite o autor.br) “PCN e Brincadeiras” 2 .com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes.

............................... 16 5) Bibliografia .......................... 6 2....................................4) Temas Transversais .... 5 2............. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes............................3) Análise da utilização dos PCN’s na Educação Física ............................................................................. 14 4) Conclusão .....................cnpq...... 7 2.................. 17 3 .... 4 2) PCN .................................................................com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto.................................................................................................2) Objetivos Gerais e Blocos de Conteúdo . Todos os direitos reservados @ PERFEITO................................ 8 2.............. tenha consciência e cite o autor...........br/9853543229952646 SUMÁRIO 1) Introdução ................................. 11 3) Atividades Lúdicas ....1) Em Concepção e importância social da Educação Física ........................................................................Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail............................................

mas propor de maneira objetiva. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. Os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN. apontam objetivos gerais para a educação física nos quatro ciclos do ensino fundamental e do ensino médio. expressam o emprenho em criar novos laços entre ensino e sociedade e apresentar idéias do “que se quer ensinar”. “como se quer ensinar” e “para que se quer ensinar”. tenha consciência e cite o autor.PCN Os PCN não tem a intenção de indicar um único caminho a ser seguido pelos profissionais. Os PCN não são uma coleção de regras e sim. tendo em vista um projeto pedagógico em função da cidadania do aluno e uma escola que se aprende mais e melhor. 4 .cnpq.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Os Parâmetros Curriculares Nacionais . conteúdo e didática de ensino. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes.br/9853543229952646 1) Introdução Os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN – são referências de qualidade para os Ensinos Fundamental e Médio do país. elaborados pelo Governo Federal. O objetivo é propiciar subsídios à elaboração e reelaboração do currículo.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. um pilar para a transformação de objetivos. formas de atuação que proporcionarão desenvolvimento da totalidade dos alunos e não só dos mais habilidosos. Os PCN’s como uma proposta inovadora e abrangente.

valorizar. Reconhecer-se com elemento integrante do ambiente. regulando e dosando o esforço em um nível compatível com as possibilidades. reconhecendo e respeitando características físicas e de desempenho de si próprio e dos outros. não as aceitando para si nem para os outros. tenha consciência e cite o autor. sexuais ou sociais. físicas. conhecer.cnpq. respeitar e desfrutar da pluralidade de manifestações da cultura corporal do Brasil e do mundo. 5 . relacionando-os com os efeitos sobre a própria saúde e de recuperação.br/9853543229952646 2) Parâmetros Curriculares Nacionais no Ensino Fundamental De acordo com os PCN’s. manutenção e melhoria da saúde coletiva. estabelecendo relações equilibradas e construtivas com os outros. reivindicando condições de vida dignas. adotar atitudes de respeito mútuo. Reconhecer condições dignas de trabalho que comprometam os processo de crescimento e desenvolvimento. repudiando qualquer espécie de violência. dignidade e solidariedade em situações lúdicas e esportivas.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. sem discriminar por características pessoais. percebendo-as com recurso valioso para a integração entre pessoas e entre diferentes grupos sociais. alimentação e atividades corporais. Solucionar problemas de ordem corporal em diferentes contextos. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. ao final do ensino fundamental o aluno deverá ser capaz de: participar de atividades corporais. considerando que o aperfeiçoamento e o desenvolvimento das competências corporais decorrem de perseverança e regularidade e devem ocorrer de modo saudável e equilibrado.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. adotando hábitos saudáveis de higiene.

Para isso é necessário mudar a ênfase na aptidão física e no rendimento padronizado”. conhecimentos sobre o corpo. 6 . compreendendo sua inserção dentro da cultura em que são produzidos. lutas e ginástica. Estes conteúdos podem ser trabalhados em três blocos: esportes. na características dos alunos e nas características da própria área.br/9853543229952646 Conhecer a diversidade de padrões de saúde.cnpq. Conhecer. meio ambiente. analisando criticamente os padrões divulgados pela mídia e evitando o consumismo e o preconceito. tenha consciência e cite o autor. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. atividades rítmicas e expressivas. Concepção e importância social da Educação Física “A educação física pode sistematizar situações de ensino e aprendizagem que garantam aos alunos o acesso a conhecimentos práticos e conceituais.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. reconhecendo-as como uma necessidade básica do ser humano e um direito do cidadão. organizar e interferir no espaço de forma autônoma. bem como reivindicar locais adequados para promover atividades corporais de lazer. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. saúde. orientação sexual e pluralidade cultural. Os parâmetros curriculares para o ensino fundamental ainda estabelece os critérios de seleção e organização de conteúdos que devem se basear na relevância social. Além destes conteúdos os PCN’s recomendam a aplicação de temas transversais que envolverão todas as disciplinas no ensino fundamental. beleza e estética corporal que existem nos diferentes grupos sociais. Os temas transversais são: Ética.

Atenção: ajuste neuromuscular e equilíbrio. jogos.Relevância social .com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto.Características dos alunos .Características da própria área Blocos de conteúdo: Esportes. tenha consciência e cite o autor. Aprender e ensinar educação física no ensino fundamental. regulação do tônus muscular e interpretação de informações perceptivas.br/9853543229952646 “. cooperação. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes.. etc. análise crítica dos valores sociais tais como beleza e saúde dominantes na sociedade atual”. Estilo pessoal: Individualidade.cnpq. Deve desenvolver a autonomia. Não se deve buscar a repetição pura e simples pois será desagradável ao aluno. sentimentos e sensações. O êxito e o fracasso devem ter como referências os avanços realizados pelos próprios alunos.. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. Ex: amarelinha em duplas. O automatismo deve levar a exercer funções cognitivas aliadas as questões motoras. Automatismo: Como função dinâmica mutável e não como meta do processo de aprendizagem. lutas e ginástica 7 . Objetivos Gerais e Blocos de Conteúdo Critérios de seleção e organização dos conteúdos: . de olhos vendados. respeito.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. Afetividade: emoções.

alegria.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. jogos. imobilização ou exclusão de um determinado espaço na combinação de ações de ataque e defesa.1997). exclusão de um determinado espaço na combinação de ações de ataque e defesa. Os blocos de conteúdos definem as práticas corporais e os objetivos para cada uma delas.br/9853543229952646 Atividades rítmicas e expressivas Conhecimentos sobre o corpo Indivisibilidade do corpo: Dor. orientação sexual. lutas e ginástica. do judô e do caratê". meio ambiente. O caráter pedagógico de organização do Judô facilita seu aprendizado e como boa alternativa atente a questões quanto a atividades que propiciem o reconhecimento e a formação corporal. pluralidade cultural. b) atividades rítmicas e expressivas: c) conhecimento sobre o corpo. tenha consciência e cite o autor. a fim de punir atitudes de violência e de deslealdade. Podem ser citados exemplos de lutas desde brincadeiras de cabo-de-guerra e braçode-ferro até práticas mais complexas da capoeira. movimento etc. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. saúde. Análise da utilização dos PCN’s na Educação Física Os PCN´s relativos a Educação Física.cnpq. prazer. medo. Caracterizam-se por uma regulamentação específica. as lutas são definidas como: "As lutas são disputas em que o(s) oponente(s) deve(m) ser subjugado(s). contusões. referem-se aos blocos de conteúdos a serem ministrados que são: a) esportes. mediante técnicas e estratégias de desequilíbrio.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Temas transversais: Ética. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. (PCN. A lei de diretrizes e bases da educação (LDB) sustenta que o compromisso por excelência da escola brasileira é com a construção da “cidadania” 8 . Ao analisar a definição da atividade de luta a ser proposta pode-se concluir que o Judô contempla as exigências quanto a: estratégias de desequilíbrio. imobilizações.

No entanto. O PCN de Educação Física (1998) determina e valoriza a participação dos alunos em jogos. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. o fez antenado nas reformas educacionais e nos avanços que a psicologia e pedagogia vêm introduzindo no processo ensino-aprendizagem. AMARAL (1998). Merecem destaque.]. os alunos devem conhecer. sejam de forma recreativa ou competitiva. bem como reivindicar locais adequados para promover atividades de lazer.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. É perceptível que o Ministério da Educação e Cultura (MEC). 1997). Os PCNs propõem um conjunto de componentes curriculares designados de temas transversais. com "a finalidade de incorporar não somente a pluridimensionalidade de diversos assuntos. reconhecendo-as como uma necessidade básica do ser humano e um direito do cidadão”(Brasil.cnpq. o que pode vir a ser feito através de um programa do próprio MEC já em andamento.. O referido documento destaca que: “Num país em que pulsam a capoeira.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto..br/9853543229952646 (Brasil. E segundo os parâmetros curriculares. etc. publicados pelas editoras e que posteriormente serão escolhidos pelos 9 . O judô.] ter desconsiderado essas produções de cultura popular como objeto de ensino e aprendizagem”. [. lutas e esportes dentro do contexto escolar. (p. mas também abrir espaço para o tratamento de questões sociais emergentes. 1997b). ao elaborar os PCNs. sob pena de não sair do campo das intenções.. duas ações: adequação do material didático às novas proposições curriculares. organizar e interferir no espaço de forma autônoma. o PNLD (Programa Nacional do Livro Didático). que avalia os manuais didáticos para o Ensino Fundamental. podem ser utilizados como mais um meio para o desenvolvimento da educação física por intermédio de seus conteúdos diferenciados. de suas filosofias de ensino e de seus conteúdos histórico-filosóficos.. a capoeira. tenha consciência e cite o autor. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. é surpreendente o fato de a educação física. buscando um tratamento didático que contemple a complexidade e dinâmica das mesmas".. entre outras manifestações.71 e 72). a implementação dos PCNs na prática escolar exige um conjunto de ações subseqüentes. bem como o karatê. o samba [.

o educando poderá chegar à conclusão de que não adianta fazer força. podemos destacar entre os jogos alguns que podem vir a ser utilizados como atividades do Ensino Médio na 10 . incorporando aos seus currículos. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. cooperativo ou recreativo em situações festivas. caberão algumas técnicas desenvolvidas primariamente e que. mais fortes levará ao desenvolvimento de pequenas estratégias de ataque e defesa. Quanto à formação continuada. do número de participantes. posteriormente. Cabe ao professor socializar as conquistas individuais. A repetição dessa atividade com companheiros mais altos. Um exemplo: ao descobrir que empurrar é uma forma pouco eficaz de vencer um oponente mais forte. o estado da arte relativo a cada área de conhecimento e às novas visões e concepções sobre a abordagem psicopedagógica que deve ser dada. considerando os diversos níveis de ensino. o professor poderá propor aos alunos que tentem levar seus oponentes para fora de um espaço previamente delimitado.br/9853543229952646 professores e adquiridos pelo governo para distribuição às escolas. Os jogos podem ter uma flexibilidade maior nas regulamentações. entre outros. Desenvolvendo atividades de luta. como simples passatempo ou diversão.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. a exeqüibilidade destes está intimamente atrelada a um processo de formação continuada que lhes dê subsídios para inovações na sua prática pedagógica. que são adaptadas em função das condições de espaço e material disponíveis. comemorativas. Nesse contexto. entre elas o judô. poderão ser descobertas enquanto pertencentes às lutas já conhecidas.cnpq. e a formação inicial e continuada dos professores. São exercidos com um caráter competitivo. No Ensino Médio. o jiujitsu e o sumô. No que se refere à formação inicial. de confraternização ou ainda de cotidiano. não se pode esquecer que a quase totalidade dos profissionais em exercício tiveram uma formação inicial que não contemplava parte significativa das proposições presentes nos PCNs e que. redimensionar os cursos de graduação. mais leves.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. portanto. Assim. esses desafios podem ser provocados por meio de inúmeras atividades. tenha consciência e cite o autor.

tenha consciência e cite o autor. Surgem com propostas ou referenciais para a Educação Física. fornecendo a estes um suporte pedagógico de qualidade. alguns jogos regionais. valores) sem jamais figurar nos programas oficiais ou explícitos” [.Educação Física (2001) diz: “no século passado.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Todos os direitos reservados @ PERFEITO.] “designará estas coisas que se adquirem na escola (saberes. saúde. pluralidade cultural. Estes não se apresentam como uma novidade. algumas brincadeiras infantis etc.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. orientação sexual. uma vez que foi incluída de forma igualitária à outras áreas. pois. TEMAS TRANSVERSAIS Como temas transversais foram apresentados questões de ética.. relacionando-as as questões da atualidade. porém. foram pensados a fim de orientar a prática dos profissionais da educação. são de 11 .br/9853543229952646 Educação Física escolar. Os PCNs. em destaque. o que de certa forma é um fator relevante. papéis.” (p. que segundo FORQUIN (1993) [. sobre outro enfoque. representações.]. Igualmente surgem nos PCNs.. trabalho e consumo. O que chama atenção. o que o transformam em verdadeiras “receitas” de como dar aulas. que devem perpassar o conteúdo de diferentes disciplinas. é a imensidão de detalhes presente nos PCNs. tanto no que diz respeito à concepção da disciplina e suas finalidades quanto ao seu campo de atuação e à forma de ser ensinada.. Esses vínculos foram determinantes.cnpq. os temas transversais.19). os jogos pré-desportivos. já foram considerados como “currículo oculto” ou “programa latente”.. competências. O PCN Volume 7. a Educação Física esteve estreitamente vinculada às instituições militares e à classe médica. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. Esses temas transversais quando bem discutidos e apresentados. meio ambiente.

Para GRAMSCI (1984).Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. meio-ambiente. seja regra e não a exceção. no Art. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. de acordo com a consciência de classe. Mesmo aqueles que vêem os PCNs como um Currículo Nacional camuflado. os PCNs propõem que as problemáticas sociais em relação à ética. A transversalidade. na formação da cidadania e. O autor identifica convicções político-pedagógicas que reconhece a escola com dupla função estratégica de conservar e minar as estruturas de poder. de respeito ao bem comum e à ordem democrática”. tenha consciência e cite o autor. segundo esses documentos. à natureza. alunos e conteúdos reais. aos direitos e deveres dos cidadãos.cnpq. pressupõe um “tratamento integrado das áreas e um compromisso com as relações inter-pessoais e sociais com 12 . Todos os direitos reservados @ PERFEITO. com professores. pluralidade cultural e orientação sexual sejam integralizadas aos conteúdos curriculares sob a forma de temas transversais. Essa diretriz visa. à vida. Nessa direção. A transversalidade consiste em fazer com que o ensino das disciplinas clássicas passem por temas específicos. participativo. Não existem indicações taxativas sobre a sua distribuição ao longo dos anos. acreditamos ser uma importante contribuição na formação de uma nova sociedade onde o respeito ao ser humano. 27: “os conteúdos curriculares da Educação Básica observarão: a difusão de valores fundamentais ao interesse social. saúde. atender ao que determina a Lei de Diretrizes e Bases – 1996. a função dialética da escola é a possibilidade dela contribuir para a formação do cidadão crítico. Um dos eixos norteadores dos PCNs é o fortalecimento da Educação Básica voltada para a cidadania como uma das formas de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. também.br/9853543229952646 importância crucial no processo civilizatório. mas o desenvolvimento dos temas e as indicações metodológicas vão sugerindo alguns momentos onde os diversos temas transversais podem ser explorados. Tudo o que os temas transversais propõem deve ser abordado sistematicamente ao longo do ciclo. o currículo só ganha vida na sala de aula.

por outro a dimensão intelectual e comportamental destas demandas traduz que as disciplinas que se aproximam mais desta dimensão tem maior contribuição.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. particularmente nas séries iniciais da educação básica. cujas possibilidades investigativas centraram no conhecimento do humano. o local. da sociedade e da ciência . que sejam estabelecidas prioritariamente definições condizentes com os padrões éticos. entretanto. Nos "temas transversais" contidos nos parâmetros curriculares.br/9853543229952646 as questões que estão envolvidas nos temas” (p. considera-se que "a escola. 1997b). a cognição as bases curriculares. sujeitos dessa experiência de renovação pedagógica posta em prática tão recentemente. significa falar na importância do lazer na nossa vida. isto é. Desta forma o processo de ensino-aprendizagem e conseqüente preparação para a vida extrapola ao que é passado no ensino formal das escolas. Todos os direitos reservados @ PERFEITO.64). deve capacitar os alunos a adquirir novos conhecimentos em um processo permanente de aprendizagem" (BRASIL. mas não reconhecida no esforço de constituirem-se os professores como curriculistas. É controverso entender o papel que se pretende para a educação física escolar uma vez que de um lado os PCNs apregoam a sua contribuição às novas demandas. 13 . o imediato. como pelo caráter de interdisciplinaridade e envolvimento de toda a comunidade educacional. destaque na escola.o concreto do corpo.se extremamente válida não só quanto às possíveis e variadas abordagens em função das solicitações temáticas contextualizadas. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. mais do que transmitir conhecimentos consolidados. e com isto. na importância de propostas intergeracionais e multiculturais. Carece. filosóficos e morais do grupo social em que se concretiza determinado projeto de educação. o afetivo. A proposta dos temas transversais mostra .com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Há uma legitimidade vislumbrada.cnpq. Da ótica da Educação Física obtém-se a visibilidade da unidade do conteúdo e da forma. como forma de combater os preconceitos e o ‘ageismo’ .HOOYMAN (1993) é um deles. tenha consciência e cite o autor.

A competição constitui-se em temática relevante a ser problematizada na Educação Física escolar.. os professores podem problematizar com os alunos as técnicas oficiais de execução de habilidades. Todos os direitos reservados @ PERFEITO.e nos estilo de ensino por descoberta orientada e solução de problemas.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. entendendo-a como produto sempre inacabado. recriando novas formas de saltar.br/9853543229952646 O aspecto técnico refere-se a como "fazer" a atividade. correr. passível de (re)construção a cada nova experiência da aula.cnpq. com base no processo criativo TAFFAREL (1991) . Assim. arremessar etc. 14 . tenha consciência e cite o autor. MOSSTON (1966). por exemplo. lançar. a partir da técnica oficial do desporto.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail.

com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Se for tocado fica preso. que variam de acordo com a região: Caça Bandeira. sem ser tocado pelos jogadores daquele lado. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes.br/9853543229952646 3) Atividades lúdicas: . Bandeira. No campo. ou seja. Cada grupo deve tentar roubar a bandeira do lado oposto. Bimbarra etc. ou quadra. colado! O lado que tiver mais meninos presos perde e o outro partindo consegue finalmente roubar a bandeira Material: Uma quadra.Pique Bandeira Outros nomes. 15 .cnpq. Descrição da Brincadeira: As crianças são divididas em dois grupos de igual número. Rouba Bandeira. Todos os direitos reservados @ PERFEITO.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. do time adversário. também divididos em dois. são plantadas duas bandeiras (uma de cada lado). e dois objetos para se fazer como bandeira. tenha consciência e cite o autor.

Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail.br/9853543229952646 . Vence o grupo que completar a a tividade com todos os componentes primeiro.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. Os alunos deverão passar a bola de modo intercalado por entre as pernas e por cima da cabeça para o companheiro de trás até o final da fila. . Vence aquele que restar com pelo menos um balão ao final da atividade. Todos os direitos reservados @ PERFEITO.cnpq. Chegando ao ultimo este deve correr com a bola até a linha indicada e arremessá-la para o 1° da fila. iniciação ao arremesso e recreação. 16 . destreza. Objetivo: condicionamento.Pisa-bola Atividade: todos os alunos devem amarrar um balão com auxilio de um barbante em ambos os calcanhares. Objetivo: condicionamento e recreação. tenha consciência e cite o autor. Quando isso acontecer a bola deve ser novamente passada e o arremessador se posicionar como sendo o 1° da fila. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes.Revezamento de bola Atividade: dividir a turma em duas fileiras com o mesmo número de alunos. Material: bola leve. Material: balão de ar e barbante.

buscar interferir nos horizontes que enunciam o presente. formando um cidadão autônomo. que desafia a todos como parceiros: uns assumem-se aos outros e a realidade onde acontece a ação brincante. crítico. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. participativo e reflexivo. compreender como nossos sonhos se constituem no contexto em que vivemos. renovar relações inter-pessoais. Viver o lazer como esforço por concretizar o lúdico é. com alegria. cujo ritmo e harmonia são construídos pelos jogadores em clima envolvente. com o que gosta e deseja.br/9853543229952646 4) CONCLUSÃO A proposta do PCN´s foi alterar a visão paradigmática. transbordar a crítica e a criatividade. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. objetivando não mais a busca da performance. tenha consciência e cite o autor. (aptidão física) e sim uma concepção pedagógica crítico superadora que se fundamenta na cultura corporal. 17 . ambientes. Brincando.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. experiências corporais. é reencontrar consigo mesmo. estando pronto para os desafios de vida em sociedade. ou seja.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto. sobretudo. temporalidades e energias. é saborear o momento presente como possibilidade de vivências de utopias.cnpq. os corpos expressam a ordem interna da vivência lúdica.

M. 1993. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. PCNs: educação física. Escola e cultura: as bases sociais e epistemológicas do conhecimento escolar. FORQUIN. A. Social gerontology:. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. São Paulo: Editora Autores Associados. ARROYO.br/9853543229952646 REFERÊNCIA BIBLIOGRAFICA Livros: AMARAL. Pedro. p. Depoimento. 1993. KYAK A H. Secretaria do Ensino Fundamental: Brasília. 1997b. In BARRETO. Miguel Gonzalez. tenha consciência e cite o autor. 1984..1994. BRASIL. Jean Claude. 201-232. Boston: Allyn and Bacon. Coleção Formação de Professores. 3° ed. D. 1998. Revista Educação em Revista UFMG. I. 1998.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail. 18 . Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. A Nova LDB: Ranços e Avanços. DEMO. Antônio. E. Currículo de Ciências: das tendências clássicas aos movimentos atuais de renovação. HOOYMAN R N. 7 ed.. Elba Siqueira de Sá. Concepção Dialética da História.cnpq. Os currículos do Ensino Fundamental para as Escolas brasileiras. Campinas: Papirus. Porto Alegre: Artes Médica. GRAMSCI.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto.

vilabol.br/ (Acessado em 16/06/2007) 19 . 1991.cnpq. N. 1966. Sites: http://brinc.novaescola.com. tenha consciência e cite o autor. Criatividade nas aulas de Educação Física. Rodrigo Silva Meu currículo Lattes: http://lattes. Z.htm (Acessado em 05/07/2007) http://www. Todos os direitos reservados @ PERFEITO. TAFFAREL.br (Acessado em 16/06/2007) http://www.Documento produzido por: Rodrigo Silva Perfeito (rodrigosper@hotmail.Volume 7 – Educação Física.tiochoquito. Brasília. Teaching Physical Education.br/9853543229952646 MOSSTON. C.E.com. Columbus.br/ (Acessado em 16/06/2007) http:// www. Rio de Janeiro: Ao livro técnico.mec.com.gov. 3a edição. 2000.br/locom_bandeira.com) Graduando de: Educação Física na Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Graduando de: Fisioterapia da Faculdade de Reabilitação da ASCE – FRASCE Ao utilizar tal texto.com. C. PCN .cdof. M.br/ (Acessado em 16/06/2007) http://www. Merril Books.uol.abril.