You are on page 1of 3

Microflora dos grãos armazenados Microflora e a designaçÃO DA FLORA CONSTITUIDA PELOS VEGETAIS MICROSCOPICOS A MICROFLORA DOS GRÃOS ARMAZENADOS

É FORMADO POR MUITAS ESPECIES DE FUNGOS E BACTERIAS. Os fungos são os principais microorganismos da microflora presente nos grãos armazenados e constitui a principal causa de deterioração e perda que são constatadas durante o armazenamento. As bactérias são incluídas nos livros que fazem referencia a microflora dos grãos armazenados.Entretanto sua importância é relativa, considerando que seu desenvolvimento só é viável nos grãos úmidos, com umidade relativa entre 90 e 100%. As bactérias são, como os fungos, vegetais sem clorofila, constituídos de uma só célula e a multiplicação se processa pela simples divisão desta em outra. Suas células multiplicam-se por divisão, ficam independentes incapazes de penetrar nos tecidos intatos dos grãos. Os levedos são fungos unicelulares que se reproduzem principalmente por brotamento.Sob condições favoráveis de umidade elevada, o levedo produz a fermentação alcoólica. Fungos os fungos são plantas inferiores sem clorofila, os esporos são disseminados em diversas maneiras: pelo vento ,pela chuva, por insetos, ferramentas utensílios , colhedoras etc. Ação dos Fungos Os preferem ambientes ou substratos com auto teor de umidade.Para alimentar-se tem que absorver substancias elaboradas ,especialmente carboidratos.Entretanto a atividade do fungo durante seu desenvolvimento metaboliza carboidratos,proteínas e matérias graxos.Nos grãos úmidos,os fungos são os agentes responsáveis pelo grande aumento da respiração .O s fungos que atacam os grãos são divididos em dois grupos: fungos de campo e fungos de depositos Fungos de campo:São chamados de fungos de campo as espécies que contaminam os grãos,antes da colheita,durante o desenvolvimento das plantas nas lavouras os esporos desses fungos podem sobreviver,durante muito tempo,em produtos umidos. Entretanto,morrem quando os grãos são armazenados com teor de umidade em equilíbrio com UR inferiores a 75%. Os fungos de campo podem causar a perda da cor natural ou brilho dos grãos e,sim,reduzir o valor comercial do produto nas sementes contaminadas,alem de reduzir o poder germinativo e vigor,os fungos de campo causam podridões Nas RAÍZES E OUTRAS DOENÇAS DAS PLANTAS.

em matérias orgânicas em decomposição.também.artigos de couro.para o desenvolvimento de diferentes fungos.são as unicas espécies que pode.Fungos de depósito: contaminam os grãos após a colheita e necessitam. Os limites mais baixos de teor de umidade dos grãos. Aquelas espécies que não aquecem a massa de grãos a ponto de serem detectadas pelo sistema de termometria.grãos com teor de umidade em equilibrio com umidade relativa acima de 65 ou 70%.a UR de equilíbrio é um indice Mais importante que o teor de umidade dos grãos.colas.Alem de contaminar todas as espécies de grãos e farinhas. galucus podem . se desenvolver em grãos com teor de umidade em equilíbrio com UR menor que 75%. Sucessão das espécies -As espécies Aspergillus restrictus e Aspergillus glaucus ficam inicialmente associadas a massa de grãos.sob condições que não permitem o seu desenvolvimento.a eliminação dos focos de disseminação é tarefa totalmente impossível .em decorrência do desenvolvimento da microflora. gradualmente. .proliferam.UR de equilíbrio e temperatura estão inter relacionado. o A.para o seu desenvolvimento. Em reLaÇÃo a capacidade o potencial de armazenamento . Fatores que Favorecem O desenvolvimento dos fungos de Deposito.Algumas espécies crescem de estofados de móveis.com diferenças de 0. O s fungos de deposito. Entretando .pois.estrictus e A.etc.APRESENTAM OS LIMITES MAIS BAIXOS DE UMIDADE RELATIVA que permitem a sobrevivencia de diversos fungos de deposito que são encontrados com freqüência nos grãos armazenados IMPORTÂNCIA DA UR DE EQUILIBRIO Na agroindústria ou comercio e util conehcer o teor de umidade dos gãos.5 a 1%considerando que o teor de umidade em equilibro com uma determinada UR é variavel segundo a temperatura.o teor de umidade do produto. O controle dos fungos de deposito e manter os grãos durante o armazenamento.de travesseiros em residências.se o teor de umidade aumentado afim de permitir que outras espécies se desenvolva ocorre notável aquecimento da massa de grãos e adiantado estagio de deterioração. Ur e desnvolvimento dos fungosa de deposito SOB CONDIÇÕES OTIMAS DE T4EMPERATURA.tecidos de fibras vegetais. FOCO DE DISSEMNINAÇÃO DE FUNGOS. aumentar o teor de umidade dos grãos pela produção de água metabólica. UR DE EQUILOIBRIO E TEMPERATURA: Nos grãos armazenados.produtos alimentícios em geral.pois oferece condições ára se conhecer a quantidade de matéria seca que será processada ou comercializada .

5% de umidade houve grande redução no poder germinativo.para cada espécie de fungo a um mínimo de teor de umidade dos grãos . Temperatura Temperaturas muito baixas e muito altas. abaixo do qual . a migração da umidade. germinam e se desenvolvem . esses fatores são analizados separadamente . trigo armazenado entre 15 e 15.estão sempre inter relacionados. taxa de oxigênio. insetos. . Sob a mesma temperatura e com 16 a 16. temperatura. Com estes teores de umidade. Quando a umidade relativa do ar intergranular alcança níveis superiores a 90% . ele não se desenvolve. apresenta um teor de umidade entre 14 a 15% e a soja entre 13 a 14%. os esporos de diversas espécies de fungos de deposito. Segundo Papavizas e Christensen 1958.5% de umidade e sob temperatura de 5 a 10°C não foi afetado por fungos e o poder germinativo se manteve durante doze meses. Migração da umidade. condições do tegumento e impurezas na massa armazenada. as bactérias tornam-se tão importantes quanto os fungos. de uma massa de grãos alcança 75%. podem causar. em nossas condições. Diferenças de temperatura. acelerando-se o processo a medida que a temperatura se apresenta em niveis superiores a 20° C. a maioria dos cereais. Quando a umidade relativa do ar intergranular.São eles: teor de umidade dos grãos. e por conseqüência desenvolvimento dos fungos.devido a ação de fungos. as temperaturas se apresentam em níveis favoráveis para o desenvolvimento de diversas espécies de fungos. Ebora. em diferentes regiões de uma de grãos ensilados. inibem o desenvolvimento da maioria dos fungos. Teor de umidade dos grãos e UR de equilíbrio.