You are on page 1of 1

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Departamento de Engenharia Eletrônica e de Telecomunicação Roteiro de teste para o projeto de filtros ativos

Butterworth
Este roteiro de teste deverá fazer parte do relatório final do projeto que será entregue no dia da apresentação do circuito para avaliação. Este roteiro será utilizado como base para a avaliação do funcionamento do circuito. ♦ Simular o circuito utilizando os valores calculados, apresentando os diagramas de resposta em frequência |AV|(dB) x f(Hz) e θ x f (Hz). Indicar em cada diagrama o ganho AVo, a frequência de corte e o defasamento nesta frequência, bem como o ganho e o defasamento na faixa de passagem e em uma freqüência que permita comprovar o funcionamento do circuito. ♦ Simular novamente o circuito, agora utilizando os valores comerciais utilizados na montagem, apresentando os diagramas de resposta em frequência |AV|(dB) x f(Hz) e θ x f (Hz). Indicar em cada diagrama o ganho AVo, a frequência de corte e o defasamento nesta frequência, bem como o ganho e o defasamento na faixa de passagem e em uma freqüência que permita comprovar o funcionamento do circuito. Com o circuito montado e devidamente alimentado realizar os testes operacionais a seguir: ♦ Aplicar à entrada do circuito um sinal senoidal com amplitude compatível com o projeto e realizar medições em pelo menos 10 diferentes valores de freqüência. Para cada valor de freqüência medir o ganho e o defasamento. Os valores de freqüência a serem utilizados devem permitir a comprovação do funcionamento do circuito de acordo com as especificações do projeto. Identificar o valor exato da freqüência de corte justificando seu procedimento. ♦ Anotar as formas de onda de entrada e de saída para f<<fc, f=fc e f>>fc. Em todas as formas de onda comentar os valores encontrados e os defasamentos obtidos. ♦ Com os valores medidos traçar os diagramas de resposta em frequência |AV|(dB) x f(Hz) e θ x f (Hz). Indicar em cada diagrama o ganho AVo, a frequência de corte e o defasamento nesta frequência, bem como o ganho e o defasamento na faixa de passagem e em uma freqüência que permita comprovar o funcionamento do circuito. ♦ Comparar os valores obtidos nas simulações com os valores obtidos nos testes. o Caso o circuito seja um filtro passa-baixas, aplicar um sinal quadrado na entrada com amplitude compatível com o projeto e dois valores de freqüência: f= 0,01fc e f=fc. o Anotar as formas de onda de entrada e de saída em cada caso e comentar os resultados obtidos. o Utilizando a função MATH – FFT do osciloscópio, analisar o comportamento do circuito nas duas freqüências acima, através das formas de onda obtidas. Comentar os resultados.

Bibliografia – MILLMAN , Jacob; HALKIAS, Christos C – Eletrônica : Dispositivos e Circuitos – Vol II. São Paulo : McGraw-Hill , 1981.