Escola Secundária de Pinheiro e Rosa

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Subdepartamento Curricular de Filosofia, Psicologia e Sociologia CURSO: Científico-humanísticos

Filosofia – 11º Ano 1º Teste de avaliação

3 deNovembro de 2011

Duração: 90 minutos

GRUPO I Versão A
1. Selecione a alternativa correta. 1.1. A. B. C. D. E. 1.2. A. B. C. D. E. 1.3. A. B. C. D. E. 1.4. A. B. C. D. E. 1.5. A. B. C. D. E. A frase que expressa uma proposição é a seguinte: Existe mal no mundo? Não existe mal no mundo. Oxalá não exista mal no mundo! Quem me dera que não existisse mal no mundo! Nenhuma das alternativas anteriores é correta. A validade formal é uma propriedade que depende: Do conteúdo das proposições que constituem o argumento. Das premissas. Da forma lógica dos argumentos. Da conclusão. Nenhuma das alternativas anteriores é correta. Um argumento dedutivo formalmente válido não pode ter: Todas as premissas e a conclusão falsas. A conclusão falsa. Todas as premissas falsas e a conclusão verdadeira. A conclusão falsa e todas as premissas verdadeiras. Nenhuma das alternativas anteriores é correta. Uma proposição é: Uma frase declarativa com sentido. Uma conectiva proposicional. Um pensamento expresso numa frase declarativa com sentido, a que se pode atribuir um valor de verdade. Um operador verofuncional a que se pode atribuir um determinado valor de verdade. Nenhuma das alternativas anteriores é correta. A Maria Albertina julga que a redução salarial, implementada em Portugal pelo atual governo, é socialmente injusta. A expressão sublinhada corresponde a: Um operador verofuncional. Um operador não verofuncional. Uma proposição complexa. Uma variável proposicional. Nenhuma das alternativas anteriores é correta.
1

1.6.

Como é que as mulheres conquistaram os direitos que têm? Sem dúvida que foi através da luta ativa, pois foi através da luta ativa que conquistaram o direito de voto, foi através da luta ativa que conquistaram o direito à igualdade de oportunidades no emprego, e também foi através da luta ativa que conquistaram o direito de frequentar o ensino superior. Qual é a conclusão deste argumento? Foi através da luta ativa que as mulheres conquistaram o direito de voto. Foi através da luta ativa que as mulheres conquistaram o direito à igualdade. Foi através da luta ativa que as mulheres conquistaram os direitos que têm. Foi através da luta ativa que as mulheres conquistaram o direito de frequentar o ensino superior. Nenhuma das alternativas anteriores é correta. A forma lógica de um argumento, na lógica proposicional, corresponde: À expressão canónica. Ao conteúdo das proposições. A uma variável proposicional. À verdade ou falsidade das proposições que constituem o argumento. Nenhuma das alternativas anteriores é correta. A bicondicional é: Um operador não verofuncional. Uma variável proposicional. Um operador verofuncional. Uma proposição simples. Nenhuma das alternativas anteriores é correta.

A. B. C. D. E. 1.7. A. B. C. D. E. 1.8. A. B. C. D. E.

GRUPO II
1. Indique se as frases seguintes são verdadeiras (V) ou falsas (F). A. A condicional é um operador verofuncional unário. B. Na frase: “O Bonifácio é professor ou patinador” existe apenas uma disjunta. C. O estudo da Lógica permite-nos evitar erros de raciocínio. D. A expressão “Eu penso” é um operador não verofuncional. E. Ter conhecimentos de Lógica só é útil para quem estuda Filosofia. F. A negação é um operador verofuncional binário. G. A proposição expressa pela frase “Se não filosofares, não podes perceber o valor da filosofia” é simples. H. As proposições podem ser válidas ou inválidas. I. Os argumentos podem ser verdadeiros ou falsos. J. Na lógica proposicional, a formalização é um instrumento fundamental para perceber a estrutura lógica das proposições e dos argumentos.
2

2. Explique, a partir da análise dos dois dos exemplos seguintes, a distinção entre os argumentos dedutivos e os argumentos não dedutivos. Exemplo 1 «Um galo, invulgarmente inteligente, constatou que ele e vários outros galos seus conhecidos eram alimentados diariamente e viviam em capoeiras confortáveis e seguras. Concluiu, então, que os galos têm uma vida regalada e boa! No dia seguinte comeram-no ao jantar.»
Adaptado a partir de B. Russell, Os problemas da filosofia.

Exemplo 2 Imagine que está perdido numa região que não conhece e encontra um rio. Faz, então, um raciocínio que lhe permite orientar-se: Todos os rios se dirigem para o mar. Este curso de água é um rio. Logo, este curso de água dirige-se para o mar.

GRUPO III
1. Formalize as proposições expressas nas frases seguintes: A. Não só Kant como Hegel foram filósofos alemães. B. Nem Kant nem Hegel foram filósofos gregos. C. Quer a teoria de Kant, quer a de Mill revelam-se problemáticas ao serem aplicadas a certas situações. D. Não há determinismo, se ao agir tivermos várias possibilidades de escolha. E. É falso que a liberdade de expressão exista mas as pessoas não possam dizer o que pensam. F. Não é verdade que a censura não exista nas ditaduras. G. Podemos ser responsabilizados pelas nossas ações se, e somente se, agirmos livremente. H. Ou eu estudo Filosofia ou vou ouvir jazz.

2. Admitindo que uma conjunção é falsa, será possível determinar o valor de verdade da disjunção (inclusiva) composta pelas mesmas proposições simples? Justifique, apresentando as tabelas de verdade correspondentes.

GRUPO IV
1. Formalize as proposições expressas nas frases seguintes, interpretação (ou o dicionário). A. apresentando a

Se Deus não existe, então é falso que a vida tenha sentido ou valha a pena ser vivida. Caso os alunos estudem e não faltem às aulas, não fazem o exame de equivalência à frequência e podem ir para a praia.
3

B.

2. Traduza a fórmula seguinte para a linguagem natural, tendo em conta o dicionário apresentado:

(¬P ∧ Q)→ ¬ R P: Tirar a vida a alguém é moralmente aceitável. Q: A punição tem como objetivo a reabilitação. R: A pena de morte é moralmente aceitável .

3. Construa uma tabela de verdade para a seguinte forma proposicional:

¬ ( ¬P ∨ (P ∨ ¬ Q) )

Cotações:
Grupo I: 24 Pontos Grupo II: 1. 20 Pontos; 2. 26 Pontos; Grupo III: 1. 24 Pontos; 2. 29 Pontos Grupo IV: 1. 30 Pontos; 2. 22 Pontos; 3. 25 Pontos Total: 200 Pontos (= 20 valores)

Nota: Algumas das questões deste teste foram retiradas de exames nacionais de Filosofia realizados em anos anteriores e disponíveis no GAVE.

A professora: Sara Raposo.

4

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful