You are on page 1of 10

O Crea-MT, Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Mato Grosso é uma autarquia dotada de personalidade jurídica de direito público

, com sede e foro na cidade de Cuiabá e jurisdição em todo o estado sendo composto pelo presidente e pelos conselheiros regionais, representantes de instituições de ensino superior e entidades de classe, cujo terço é renovado, anualmente. O CREA-MT exerce o papel institucional de primeira e segunda instância, verifica, orienta e fiscaliza o exercício profissional com a missão de defender a sociedade da prática ilegal das profissões abrangidas pelo Sistema Confea/CREA, visando a ser reconhecido pelos profissionais do Sistema e pela sociedade como instituição de excelência por sua atuação ágil, íntegra e eficiência, através de um excelente atendimento aos profissionais e a sociedade, participação e comprometimento com os resultados organizacionais e de capacitação técnica. Negócio “Registro, Fiscalização e Regulamentação do Exercício Profissional nas áreas de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e afins, no Mato Grosso" Missão “Assegurar, em benefício da sociedade mato-grossense, que a prestação dos serviços nas áreas da Engenharia, Arquitetura, Agronomia e afins sejam exercidos por profissionais e empresas legalmente habilitados” Visão “Ser referência nos serviços prestados, conquistando o reconhecimento da sociedade mato-grossense.” Valores Ética Busca da excelência Credibilidade Transparência Eficácia Comprometimento Valorização profissional Inovação Modernidade Ousadia Valorização das pessoas.

Desde 1966, quando foi fundado o CREA-MT, à luz de suas responsabilidades sociais e institucionais, tem buscado trilhar a via do equilíbrio entre as necessidades de nosso tempo, as demandas profissionais e os avanços tecnológicos obtidos em diferentes áreas. Nesse final de 2009 o CREA Mato Grosso completou 43 anos.

São diversos os conselhos em todo o Brasil. que é o Conselho Federal de Engenharia.) E ESCOLAS (se o curriculum é compatível.. a saber: engenharias em geral. Engenharia Elétrica. (bacharelado) ... visitam obras. cursos superiores TECNÓLOGOS e cursos técnicos relacionados as áreas regulamentadas. agronomia. Os Conselhos Regionais de Engenharia. O CREA É UM ORGÃO DE CLASSE. e a obra sobe de qualquer jeito. CREA é a abreviação de Conselho Regional de Engenharia. Engenharia Hídrica. Arquitetura e Urbanismo. Engenharia Ambiental dentre muitas outras. E REPRESENTA E FISCALIZA A AÇÃO DOS PROFISSIONAIS E SUA FORMAÇÃO (as vezes dá cursos em suas sedes para gente da área. arquitetura e agronomia. Engenharia Cartográfica. Engenharia de Produção. e o CREA-RJ. etc. que nada mais é que um conselho de fiscalização do exercício profissional das áreas de engenharia. vendo se possui profissional com CREA. O "A" DO CREA RELACIONA-SE ÀS DUAS PROFISSÕES. e inscrito no CREA. Geologia. arquitetura. etc. Todas as funções exercidas pelos CREA de todos os Estados são supervisionadas pelo CONFEA. como as abaixo listadas: Engenharia Civil.CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA. Engenharia Industrial. Engenharia de Minas. responsável pelo Estado do Rio de Janeiro. Engenharia de Infraestrutura Aeronáutica. Se dá as matérias que o cara vai precisar para exercer sua atividade profissional e obter seu registro do Crea..) Sou Arquiteto. (Arquitetos e Agrônomos) (além de tecnólogos. O CONFEA foi criado em 1933 e conta hoje em seu sistema (compartilhado com os CREA dos Estados) com 900 mil profissionais cadastrados em todo o Brasil. METEOROLOGIA. que administra o Estado do São Paulo. As principais funções do CREA em seu dia-a-dia. AGRONOMIA. GEOLOGIA. Engenharia de Controle e Automação. Inclui outros profissionais. escolas. se o cara comparece ou só fica assinando plantas.. Os primeiros CREA do Brasil foram criados em resolução federal em 1934 e até hoje é um conselho extremamente respeitado pelos profissionais da área e admiradores das profissões envolvidas. sendo responsáveis pela fiscalização do exercício das profissões da área tecnológica.. Engenharia de Computação. Arquitetura e Agronomia.) DAS ATIVIDADES RELACIONADAS ACIMA. ARQUITETURA E AGRONOMIA. . mas não se compõe só de Arquitetos e Engenheiros somente. incluem a fiscalização e aprimoramento de diversas atividades. cada um representando um Estado em específico. Engenharia Sanitarista.. Meteorologia. Arquitetura e Agronomia são entidades pertencentes à esfera estadual e constituem a manifestação regional do CONFEA. NÃO PODE ESQUECER. Engenharia Agrícola. GEOGRAFIA. Engenharia de Aquicultura. como o CREA-SP. Arquitetura e Agronomia. etc. formação profissional. ensino técnico. pois não pode soltar incompetente com diploma derrubando prédios na rua.

nomeadas de Estrutura Básica. Todo e qualquer projeto de arquitetura e construção deve ser supervisionado por um profissional ou empresa registrada no CREA de sua região. formam a estrutura principal do CREA. basta acessar o site do CREA de sua região. Caso queria denunciar um profissional que não tenha registro do CREA ou fazer a consulta da situação cadastral de empresas ou profissionais.O CREA tem três divisões em sua estrutura. que tem como objetivo orientar o fluxograma da fiscalização. pela segurança de sua obra. Estrutura de Suporte e Estrutura Auxiliar que. em conjunto. . Todos os profissionais da área tratada pelo CREA deve possuir o registro da entidade. Atente-se e exija esta documentação.

2º . 1º .As modalidades e especializações profissionais poderão estabelecer. modalidades ou especializações. quaisquer que sejam seus níveis de formação. da Arquitetura. 3º . Art. da Agronomia. da Geografia e da Meteorologia e relaciona direitos e deveres correlatos de seus profissionais. Art. em consonância com este Código de Ética Profissional. da Geologia. preceitos próprios de conduta atinentes às suas peculiaridades e especificidades.O Código de Ética Profissional enuncia os fundamentos éticos e as condutas necessárias à boa e honesta prática das profissões da Engenharia. .PREÂMBULO Art.Os preceitos deste Código de Ética Profissional têm alcance sobre os profissionais em geral.

As entidades. comunidade.CÓDIGO DE ÉTICA 2 . pelas expressões artísticas que utilizam e pelos resultados sociais.DA IDENTIDADE DAS PROFISSÕES E DOS PROFISSIONAIS Art. adoção. nas suas raízes históricas. Art. pelo saber científico e tecnológico que incorporam. 5º . nas gerações atual e futura.Os profissionais são os detentores do saber especializado de suas profissões e os sujeitos pro ativo do desenvolvimento. instituições e conselhos integrantes da organização profissional são igualmente permeados pelos preceitos éticos das profissões e participantes solidários em sua permanente construção. 4º . sociedade. em seu ambiente e em suas diversas dimensões: como indivíduo. nação e humanidade. econômicos e ambientais do trabalho que realizam. preservação e aplicação.As profissões são caracterizadas por seus perfis próprios. Art. Comissão Permanente de Estudos do Código de Ética (Copece) .O objetivo das profissões e a ação dos profissionais voltam-se para o bem-estar e o desenvolvimento do homem. Art. família. 6º . 7o . divulgação.

com igualdade de tratamento entre os profissionais e com lealdade na competição. digna e cidadã.A profissão é exercida com base nos preceitos do desenvolvimento sustentável na intervenção sobre os ambientes natural e construído e da incolumidade das pessoas. . Da eficácia profissional IV .DOS PRINCÍPIOS ÉTICOS Art. Da natureza da profissão II . beneficiários e colaboradores de seus serviços. 8º . assegurando os resultados propostos e a qualidade satisfatória nos serviços e produtos e observando a segurança nos seus procedimentos. destinatários. munindo-se de técnicas adequadas. colocado a serviço da melhoria da qualidade de vida do homem. de seu ambiente e de seus valores.A prática da profissão é fundada nos seguintes princípios éticos aos quais o profissional deve pautar sua conduta:Do objetivo da profissão I . tendo como objetivos maiores a preservação e o desenvolvimento harmônico do ser humano. Da intervenção profissional sobre o meio VI .A profissão é de livre exercício aos qualificados. de seus bens e de seus valores. Da liberdade e segurança profissionais VII . ordenadores.A profissão é praticada através do relacionamento honesto. sendo a segurança de sua prática de interesse coletivo. Do relacionamento profissional V . justo e com espírito progressista dos profissionais para com os gestores.A profissão é alto título de honra e sua prática exige conduta honesta. manifestando-se pela prática tecnológica.A profissão realiza-se pelo cumprimento responsável e competente dos compromissos profissionais.A profissão é bem cultural da humanidade construído permanentemente pelos conhecimentos técnicos e científicos e pela criação artística.A profissão é bem social da humanidade e o profissional é o agente capaz de exercêla. Da honradez da profissão III .

orientar o exercício das atividades profissionais pelos preceitos do desenvolvimento sustentável. b. c. III . considerar em todos os planos. fornecer informação certa. g. alternativas viáveis e adequadas às demandas em suas propostas. observando o princípio da igualdade de condições. . harmonizar os interesses pessoais aos coletivos. empregadores e colaboradores: a. oferecer seu saber para o bem da humanidade. V . IV . c. c. precisa e objetiva em publicidade e propaganda pessoal. d. salvo em havendo a obrigação legal da divulgação ou da informação.ante à profissão: a. b. d. b. preservar e defender os direitos profissionais. c. artísticos e tecnológicos inerentes à profissão. execução de obras ou criação de novos produtos. e. identificar-se e dedicar-se com zelo à profissão. c. sempre que possível. b. ofertando-lhe. f. e. observando o princípio da eqüidade.DOS DEVERES Art. atuar com imparcialidade e impessoalidade em atos arbitrais e periciais. alertar sobre os riscos e responsabilidades relativos às prescrições técnicas e às conseqüências presumíveis de sua inobservância. b. empenhar-se junto aos organismos profissionais no sentido da consolidação da cidadania e da solidariedade profissional e da coibição das transgressões éticas. contribuir para a preservação da incolumidade pública.ante ao meio:a. desempenhar sua profissão ou função nos limites de suas atribuições e de sua capacidade pessoal de realização.ante ao ser humano e a seus valores: a. dispensar tratamento justo a terceiros. adequar sua forma de expressão técnica às necessidades do cliente e às normas vigentes aplicáveis. considerar o direito de escolha do destinatário dos serviços.No exercício da profissão são deveres do profissional: I . d. resguardar o sigilo profissional quando do interesse de seu cliente ou empregador. preservar o bom conceito e o apreço social da profissão. projetos e serviços as diretrizes e disposições concernentes à preservação e ao desenvolvimento dos patrimônios sócio-cultural e ambiental. quando da elaboração de projetos. aos princípios e recomendações de conservação de energia e de minimização dos impactos ambientais. 9º . atender. manter-se informado sobre as normas que regulamentam o exercício da profissão. conservar e desenvolver a cultura da profissão.nas relações com os clientes. II . atuar com lealdade no mercado de trabalho. divulgar os conhecimentos científicos.nas relações com os demais profissionais: a.

No exercício da profissão são condutas vedadas ao profissional:I . descumprir voluntária e injustificadamente com os deveres do ofício. b. empregadores e colaboradores: a. IV . II . prescrição técnica ou qualquer ato profissional que possa resultar em dano ao ambiente natural. proposta. b. descuidar com as medidas de segurança e saúde do trabalho sob sua coordenação. proposta. apresentar proposta de honorários com valores vis ou extorsivos ou desrespeitando tabelas de honorários mínimos aplicáveis. 10 . prestar de má-fé orientação. ganhos marginais ou conquista de contratos. III . atentar contra a liberdade do exercício da profissão ou contra os direitos de outro profissional. c. para fins discriminatórios ou para auferir vantagens pessoais. usar de artifícios ou expedientes enganosos que impeçam o legítimo acesso dos colaboradores às devidas promoções ou ao desenvolvimento profissional. d. contrato. suspender serviços contratados. formular proposta de salários inferiores ao mínimo profissional legal. intervir em trabalho de outro profissional sem a devida autorização de seu titular. impor ritmo de trabalho excessivo ou exercer pressão psicológica ou assédio moral sobre os colaboradores. de forma injustificada e sem prévia comunicação. c. prescrição técnica ou qualquer ato profissional que possa resultar em dano às pessoas ou a seus bens patrimoniais. c. d. prestar de má-fé orientação.DAS CONDUTAS VEDADAS Art.ante ao ser humano e a seus valores: I . utilizar indevida ou abusivamente do privilégio de exclusividade de direito profissional.nas relações com os clientes. usar de artifícios ou expedientes enganosos para a obtenção de vantagens indevidas.Ante o ser humano e seus valores a. V .nas relações com os demais profissionais: a. à saúde humana ou ao patrimônio cultural.ante à profissão: a. aceitar trabalho. e.ante ao meio: a. emprego. referir-se preconceituosamente a outro profissional ou profissão. salvo no exercício do dever legal. função ou tarefa para os quais não tenha efetiva qualificação. . usar de privilégio profissional ou faculdade decorrente de função de forma abusiva. f. c. agir discriminatoriamente em detrimento de outro profissional ou profissão. g. b. b. omitir ou ocultar fato de seu conhecimento que transgrida à ética profissional.

à livre associação e organização em corporações profissionais. à competição honesta no mercado de trabalho. experiência e especialização requeridos por sua tarefa. b. l. destacadamente: a. à liberdade de associar-se a corporações profissionais. i. risco. destacadamente: a. e. g. à representação institucional.º 12 . de seus contratos e de seu trabalho. à justa remuneração proporcional à sua capacidade e dedicação e aos graus de complexidade. h. ao reconhecimento legal. facultados para o pleno exercício de sua profissão.DOS DIREITOS Art. d. à proteção da propriedade intelectual sobre sua criação. emprego. à propriedade de seu acervo técnico profissional. função ou tarefa quando julgar incompatível com sua titulação. . à recusa ou interrupção de trabalho. f.São reconhecidos os direitos individuais universais inerentes aos profissionais. ao gozo da exclusividade do exercício profissional. suas modalidades e especializações. ao uso do título profissional. j. capacidade ou dignidade pessoais. à liberdade de escolha de especialização. à exclusividade do ato de ofício a que se dedicar. ao provimento de meios e condições de trabalho dignos. procedimentos e formas de expressão. k. à proteção do seu título. contrato. c.São reconhecidos os direitos coletivos universais inerentes às profissões. eficazes e seguros. b. c. d. Art. à liberdade de escolha de métodos.º 11 .

Art.A tipificação da infração ética para efeito de processo disciplinar será estabelecida. 14 . a partir das disposições deste Código de Ética Profissional.Constitui-se infração ética todo ato cometido pelo profissional que atente contra os princípios éticos.DA INFRAÇÃO ÉTICA Art. pratique condutas expressamente vedadas ou lese direitos reconhecidos de outrem. na forma que a lei determinar. . descumpra os deveres do ofício. 13 .

°¾ ¾ –°f¾ °– °ff  f –°¯f¾j ° f ¾½  °n ° ¾g ¾€ f ¾f f n°¾ ¯f¯f°€ ¾fsj –°f .

- ¾ °  ¾½°¾h ¾½ f €¾nffsj   nn f¾½€¾¾µ ¾ fh f n°–nf f¾f   °– °ff¾ ¯– f  f f f–°¯f   % fnf f % .@ n¾¾ ¾½  ¾@.

- n¾¾xn°n¾ fn°f ¾f¾h f¾ –f¯ °f f¾    .

D..

 9-@.

%f¾  ¾ hn¾¾ ¯¾f¾¾ ¾½ff– °  fh f ¾f¯ f¾  ° ¾  ½¾¾½€¾¾°fn¯.9- D.

 ¾ nffn¯½f n ¾€nff¾¾°f° ½f°f¾  f f¾  f ©   n %.

%¾ nn¯xn¯½f  €¯fsj½€¾¾°f   h f¾¯fxf¾ nfff½ n¾f½ff  n ¾ff f ½€¾¾°f   ¾  –¾ .

 f ½¾°j½ ¾f°n¯½  ° n¯ ½¯f  f° ½x ¾°ff  n % @I.

-.

43804/018.  #F.074342.74342.8E70.4 303./0425:9.. 303.20394/0/. 303. 76:909:7..9F40F :2./27.76:909:7.81:308007..0784848.425./4504857418843.7.4.7. 303./4708/.7../48 .0.85048#/094/484889.4380480294/447.F97.7.074342.9.489./.7.    14.7.8  %4/. 0904744.7./.39.020.8. 303./08 ./4/4#4/0./04397400:942.  303.8.79./.E70. 303..4/4007.7.7.:02. .J1.8 .8F6:0:2..4./.8/0 0303./0317.2.20390708509.3074  85720748#/47./4 /4$4!.7. .8. 303.. .7.8  .. 303./0303. 2-039./23897.4  303.7J./039702:9.8147.7./06:.3/:897.439.424.42 257418843./.0897:9:7././48027084:410/07.4244# $! 6:0. $4/..18.J.7./48848:507..457418843.:4 04# # 7085438E.7.4380409702.5.7./.-. :2705708039.8  8573./4020.81:308/4#0280:/.078.789.843.8 303./480294/447./4020850.. .2./4. 76:909:7.7947E1.84:97.8 303.7.0743E:9.7.4248 #/4889. 76:909:7.8.J/7./. /.:9:7.0&7-..8504   6:0F4438040/07.  6:03.$.3/4:289./0303.050489. 044.4/043804#043./03.. 3.0.-70.57247.897.8/./.8 5741880803.489.3824 303.400280:88902.40 .7.7./0 !74/:4 303..4 .

34#/08:./4547:2 57418843.89:./. .07.E70./03:3.0897:9:7.7:257418843.2.8/./0025708./0 $:547900897:9:7.843.808028:.704  %4/406:.0897:9:7.97.4:025708.4  %4/484857418843. 897:9:7.4244-09./.897.704 90390 8000..2..70897.447039.573.43:394 1472.3.088.84:57418843.:./0  ..6:07574094/0.438:9./.4-7.E8. /4./.6:034903.846:07.089..504#/0.5.05488:74708974/.9.89.039/..                                      .8/0897:9:7.:2039.80:7.43897:4/0.76:909:7.18.76:0 02./././4#  6:0902.0..741:47.4 50.74890/4 #/08:.#90297H8/../08:. 3420.4.08078:507.8 -.708974/4#4:1.

9H2..07 02 .070.!7418843.948/080:857418843.8 30./709480/0..8.047.857418808/...0904744...80207.7/./0800850.1. /. /...1. !# &  79    O/4/0A9.08  79   824/.4 24/./..088E7.480. 6:./08                    .8   79    8570.8-4./084: 0850. 570.481:3/./.3.08/01472.0857418843.084-7048 57418843.76:909:7.854/074089..!7418843. .03:3. 74342.-00.0708 .0/..43/:9.86:076:080.438433.0948/0890O/4/0A9../0800850.57E9.!7418843..094857O5748/0.203948F9.43/:9.930390888:.420890O/4/0A9. /.044..280:83J.43.:.4770.043089./. /.303.850.7./.

08.8/203808.4  42884!072.  A%  %$!# $$ $ $!# $$ $ 79   85741880884.805708808.79.0/.8 0.43897:4 .8/497.907.-..0948F9.8/.4380483907.J/:4 1./485048570.807.4..2J.42:3/.7.40.47547./03.2039050720.20394/44202 0280:.8574188080 488:0948574.078.4/4857418843.  79 4 8039/.01:9:7.88:...9.424 3/.5...7.86:0:9.2  79    857418843.40:2./0 3.8 3.49.5.47.3908/.2 50.2 805./48 84.4 570807.4/4/0803.30390/089:/48/4O/4/0A9.4-02 089.J08 89O7..48/.-07.3.205048708:9./08 3899:080./..79J89.3/.85741880805.46:070..457418843.30390.480./0 84. .46:03. 450.8574188080.7 04/0803..5072.2-039.432./4/08:..4.3908 84/E748028:.87.34O.20394  79    4-09.-070850.8.039J1. 84:.88448/090394708/48.9:.0                .854780:85071857O5748 5048..4 090.4/.:.2-03900028:./44 /.

-47.J548F9.H .03457418843./4708/080:8807.409.34880:3908573.97.00./03./.43/:9.0/203948 470.:9:7.80.203948:89039E..949J9:4/0437.2-039083./00457418843.9.348807. 3907.486:.3/448 708:9.5741884  5741884F-02.85.5. ' 574188470.850884.42:. ' 5741884F57.4/..31089. 57E9..03484-7048..84-704204 ' 5741884F007../485745489480.J.4:2/.482.48.4/4807 :2...4     .4.7.203940397048 57418843.9O7.. /3.0390.6:.44.2-03900/080:8./0/.3.4708 .981.404/0803.437. /039070880./.807.2039457418843./06:.:2.-07/.4./0.42480894708 47/03.43./0080:7./4857418843.0 .:2.3/.08:./4..039J1./48 803/4.48050.425742884857418843..3/4 8050.03.420././.480574/:94804-807.57418843.570807.70007.01.5741884F1:3/. 80504.30390203905048 .430.5741884  5741884F.90.F4.20394.79J89./0/097.2039489F./..1./.9:7.9E748  -0301.9.34O.4.:257203947085438E.8 /0 80:8-0380/080:8.80:7.6:.4708 ..3. .4.F8/470..486:.8 ' 5741884F/0..5741884   5741884F-0284... 903/4.34 /080:.8. $!# ! $A% $ 79   57E9..57E9.:9.425094 .425090390/48 .4708.3.43././0.57E9.723.../0/0..43897:J/40/..44-09..05..E..3.84 57418843.4244-09./44202 .43089.42-.78:./08..7./.. 80:7.0948/4/0803.././. 2.8 ./ ./.57418843.8 2:33/4 80/09F.3907.3.48 .3./0/.2047./.43897:J/45072./08:.4/.3/.20394430894 :8940.880:7./0007.3.00.0./.80348570.42085J794 574708889.4./4708 /0893.480./.34880:8574./.3/4.E7480.9:70.43/:9.

0948/4 /0803..8 ' .8..079.04-09.07303908570807.088/.080.748457418843.570484..78:.03904:02570.38708808F9.7243..4384/..4.07.09404.7./0870.:9:7..907.4:2/.0.438/07./005745.2-039./050884.84:.5741884 / /0802503.70/0103/0748/7094857418843.70/0803.2-039.808 ..-47.0780:8.84/.20394/485.48./484-70..31472.203948.948.. 14730.0 .348 57409480807./4/0893..9.9.  ./47080.34O.3907 8031472. / /.4/05740948 00./057418843.34-807.48 .8/7097080/854808 .4807:2.4847.4885708.4 /4825..74007./08/4..3.025:-.409./002.74-42.57418844:1:343482908/08:.8 .4..83472. 570.4.8  3.3/.4/00307.6:./034207.44:/.0748 4-807./.  .438/07.-.8.85745489.20394:894.0731472.0/0232.86:070:.4-4/./005708849F.903/07 6:.:2..J../47  8./.43807./.7/. 570807. $'#$ 79   4007..8 .88/02.:.E.48.4/.  .08././4708 .4 .4. .40.8 1 . ..3905741884 ./0 - ./0 - 708:.3/.4/.43806QH3.7.:.2039.4225.43.4 0 02503.8028:.340. 41070.7-97.70294/48485.4248/02. . .4/.08.79J89.5741884 . / ..430.3/44573.43.039J1.1472.4/034.9:.079.J54/.8.948.:.420. .570807./.03/4.3/4 0 802570 6:05488J.7../4/097.43807..74/7094/008.784-704878.870./..48307039085741884  ./0/0 .3/44573.0 ../0857418843.3../.7 80.06Q/..9723488O.5741884 .50884.203948:89039E.3/4/.03908 02570.43/08 - 2.7 800/0/.9:.80:8.-075./070.9073.4397-:75..4 .390.4/.4.J54/.48 .4/.5.J.J548070.748.7.48 41079..3/.3/4/439070880/080:.3.4708 ..402.85708:2J.5.4/0803.7089F.03908.8 ./. /85038.40./. 47039./06:..0708/457418843. 570807.0/.390.857418843.08 ' 3.4.9.0390083472.78:.70/.-47.8./.E..9.80507.574188484/0.8348039/4/.3.4248.48573./.85048570./00250884.0/.830. /0391.42045741884 - .3824857418843..4-02/.8.24007.7 80:394.7.4-7.48 574/:948 ..4204.08/08:.:9:7.4203/.9E74/48807.97-:080/08:.870.4 4-807.4807085438.797.48090..:4/04-7.0 - .74839070880850884./06:.08/0./.J../05-.8 0 ./..7.897.-/./.3.

5.$ &%$'$ 79   4007./.:9:7. 57089.4/.97243.E74831074708./0/0/7094 57418843.73/0..75745489.3.08.9457418843.4708 ...4./0/497./.20390/457.9457418843.947.45.702/.75745489.802..7.4.:9.-47.3.857418843.-.4 5745489.84:.4807 :2..20390.4397.J.8 ./4708 ' 3.7/057.0/..6:07. /08..574188484.-:8..2-03903.457418843.0757088458.9039.484:050/0390803.08 . 84-7048.387/. .080257F.:1077.486:.-.6:07.94 025704 1:344:9.:/. 6:05488.:8.4:6:.-.. 42974:4.4708.088.03:891.43.4O.0884/48 .870.08.4204 ./0/0./0.03850884.94/080:.0.484:050/0390803./.09:48.8.4248/02.-47.39.4:1.4/.203946:097.7/0.34850884.42:3.430.708:9.. 5708..42.-.791J.1.40.4397.F4/00. 6:05488.4/04:97457418843. 8. :8./4708 .4:.2039002/09720394/04:97457418843.4770390/01:34/01472.0383/0.08.9./..39.80:8-0385.797.:/.484:/08708509.7/02E 1F47039.484-8:.84:09478.9O7484:5.8  .7..834903.. .348486:0250.-:8. - 701077 80570. 0 /08. 5708. 1472:.3905741884 ./.4/4/0.71.-07/.48/70948/04:974 57418843.4397..701.8/080:7.20390.948 / :8.97234 .070.7.749F.:2577.88F/4247.4248.870.4708  3904807:2.8.4:6:.3...4:5741884 .80:8.7.390.4 - :9././0.857424084:.7..34.138/8. 3907. ' .48. ./08.5708039.4 - :8.J.708:9.F457418843.  3.0708/441J.-47.  .-0.7..4 .4  25477924/097.723.4 5745489.240J924.4:5741884 / .340.390. 57089.09.:947.7/02E 1F47039.J.9:7.3482./0:2./47088/0.749F.2039457418843.434007.8/04347E7482J3248.34080:8././47080.4:.3. - .84:.436:89.0109..702/.7  8.4:39E7.4.4:.42.723..70297.43/:9. ..F9. 6:.7/0.7/8.3/4 9.820//.4:97457418843..44:007.8 .57418844:.  5.E...791J.348485.4/080:99:.4 1 8:8503/07807.73.5./48 /01472./.4/0803.4397.4248/0.42J32457418843../0/4007..4-9034/0.4..4./04347E748.57418843.3:891.4397.03908 02570.8  .447/03.

830703908..4397.0.07.8/00570884 .5.5.4. / 0.4:84/49J9:457418843./.0857418843.20390 ..48 57418843./0/008.4/348 01./..4 ..:8..457418843.4706:07/485478:.J.884.73./.3.45034007.4574.8 1.-..-.20394/020480.428:./03900..701.574570/.402. .43.6:.4250/.0.7.0/20394801472.9480/080:97./4/097./0800850.94/041J.99:..4397.5741884 /089.0857418843.4047...6:080/0/.8  574904/480:9J9:4 /080:8.444/./485..425.34207.48:3.9J.84-708:..43899:.:8. -07/./4848/709483/.43/08/097.20390  .078.:8/0 .8:3...487.  79  $470.4:39077:54/097./0/080:.8:.43./0/008.47547.4 .9.430.078.:9.4.830703908857418808 8:.430.3.7 80./0/4007./0/4./02F94/48 574././00850.4  -07/.7.457418843.203940.08 /089.      .7 0 :89.42509443089. ./4848/70948. 1 ..4  ./050884.4 0507H3.8 24/.470.409../0 78.47547. .-.430././0/0.884.00850.././00/0/.-..40..   $#% $ 79  $470.702:307.94 025704 1:344:9../04:/3/.8  574570/..4/08:.4574547..3/4 :./. ..08080:748  70..4../:. / 705708039.70.701.:8.8 - .9:.4  574904/..4 - -07/.J.49F.

0708/441J.-00.5.7   .5. 0/090723.90390 .48573..84:080/7094870./.4209/450457418843./.43/:9.7.48 /08.4397.6:0.J548F9.1472.4F9.6:0.0884/8.94/4.4 57.7807E 089..01094/0574.8 057088.!7418843.48/0..430.797/./48/04:9702  79  951. 3.94.317.4F9.8/854808/0890O/4/0A9.20390.53.4/..96:0.:257. .0/.#@ A% 79  43899: 80317.