You are on page 1of 6

Fórmula SAE

1° Informativo Formula SAE Cheetah Racing UNIFEI Novembro de 2011
Equipe Cheetah Racing UNIFEI
Começou a se estruturar em meados de 2009 e conseguiu concretizar o sonho de desenvolver uma equipe no começo de 2010. Hoje conta diretamente com 30 alunos da Universidade Federal de Itajubá e acima de tudo conta também com uma professora coordenadora, professores para apoio na tomada de decisões e empresas que confiam na nossa capacidade de ser uma grande equipe! Obrigado por acreditarem e nos instruir!

SUBEQUIPES
DESENVOLVIMENTO INTERNO Criada com o intuito de gerir as informações técnicas da equipe, bem como estabelecer as otimizações de cada parte projetada do veículo monoposto do tipo Formula, esta subequipe conta com o apoio do Software de Otimização modeFrontier® e abaixo tem-se uma foto de um dos dias de treinamento oferecido via internet pela ESSS, empresa responsável pelo software no Brasil.

Como principais acontecimentos da subequipe de Desenvolvimento Interno, temos: Tutorial dos books para gestão de conhecimento da equipe - foi feito um projeto para a implementação do conceito que a equipe de desenvolvimento interno chama de “books”. Books são eficientes ferramentas de armazenamento de informação que permitem a gestão do conhecimento do projeto em muitos níveis, como diferentes alternativas de componentes, processos de fabricação e restrições de projeto. DFMA – Finalização do projeto: os membros da equipe desenvolveram projetos individuais para encontrar características da metodologia “Design for manufacture and assembly” em diversos componentes encontrados na literatura. O próximo trabalho será identificar possíveis focos de aplicação da ferramenta no projeto do protótipo monoposto tipo Fórmula. Finalização da DSM: os membros se reuniram em reunião para terminar a matriz de relações entre os diferentes subsistemas referentes ao carro. Depois de um grande trabalho, os membros terminaram a criação da matriz. Mesmo que inicialmente a matriz possa não ter ficado totalmente condizente com a

Fórmula SAE

1° Informativo Formula SAE Cheetah Racing UNIFEI Novembro de 2011
realidade do protótipo, já é um primeiro passo para que próximas gerações façam melhorias e desenvolvam cada vez mais o projeto. Otimização e curso modeFRONTIER®: foi oferecido a equipe de Desenvolvimento Interno um curso do software modeFRONTIER®, uma importante ferramenta que será utilizada na equipe para a otimização multiobjetiva do projeto. O curso ocorreu durante as manhãs de quinta e sexta e foi de grande ajuda no esclarecimento das características do programa. Projeto de otimização: para fixar os conceitos aprendidos, a equipe de Gestão Interna realizou um projeto de otimização que consiste na avaliação e obtenção do menor custo possível de uma ponte que permitiria a travessia em uma rodovia. O problema tem inúmeras variáveis de entrada (dimensões, materiais, números de vigas) e foi proposto em uma das provas do curso de otimização do MIT. Accountabillity Board: utilizamos nas últimas semanas a ferramenta do Lean chamada Accountability Board. Trata-se de uma importante ferramenta visual utilizada para avaliar o avanço dos estudos dos membros de um projeto durante um “ciclo de aprendizagem”. Ciclos de aprendizagem: a equipe de Gestão Interna fez um ciclo de aprendizagem com o objetivo de assimilar os principais conceitos em otimização. O ciclo consiste na divisão dos assuntos em objetivos, que os membros devem se esforçar para cumprir. Posteriormente todas as respostas foram avaliadas em uma extensa reunião, chamada de “Evento Integrante”.

MOTOR E TRANSMISSÃO A subequipe de motor e transmissão teve seu primeiro desafio logo no início do projeto, com a missão de escolher um motor para o primeiro protótipo. Depois de pesquisas, conversas, simulações e comparações chegamos a decisão do uso do Yamaha XT 600, pois é um motor resistente, simples, barato e forte. De 595 cilindradas, 45 cavalos de potência máxima e cerca de 57kg.

A partir deste momento nossos focos foram nos estudos para projeto dos sistemas de admissão de ar, exaustão, lubrificação, injeção de combustível e transmissão. Agora, com o motor em mãos, e com a ajuda dos nossos patrocinadores InFlow, MAHLE e SKF estamos colocando os conhecimentos em prática. O objetivo da subequipe para o mês de novembro é finalizar o projeto e construir um dinamômetro para testes do motor, além de testar seu funcionamento com a injeção eletrônica inteligente dos nossos parceiros e patrocinadores da E-MX. O projeto dos demais sistemas está com previsão de se concretizar até o final deste ano.

Fórmula SAE

1° Informativo Formula SAE Cheetah Racing UNIFEI Novembro de 2011
DIREÇÃO Decorridos 6 meses de projeto, o subsistema de direção, suspensão e freios encontra-se em pleno desenvolvimento e tem como atual objetivo a integração com outros subsistemas da equipe. Visto que o projeto do sistema de freios já fora concluído, é foco também da equipe encontrar possíveis colaboradores/patrocinados da área de modo que tenhamos meios de realizar testes físicos para validação das simulações e, consequentemente, do projeto. Agradecemos a SKF pelo fornecimento de terminais rotulares/rotulas, rolamentos e auxílio técnico justamente quando, pelo cronograma da equipe, seria desenvolvido o projeto de cubo de rodas. Gostaríamos de agradecer também as empresas itajubenses Metal Nima e Imelb por acreditarem no projeto e nos apoiar na fabricação de nossa roda que, segundo nossas informações, seremos a primeira equipe a criar e desenvolver todas as etapas do projeto de uma roda do tipo "3 peças". Em breve todos irão poder ver! ESTRUTURA A subequipe de Estrutura é responsável pelo Chassi, Carenagem, Aerodinâmica, Segurança e Ergonomia e todos processos que essas responsabilidades envolvem. Com a parceria da ALLTEC faremos nossa primeira carenagem, tivemos auxílio da Ergo-D no desenvolvimento do primeiro projeto ergonômico e na questão de parcerias nos resta apenas conseguir os tubos, o que já está encaminhado. As ambições futuras da subequipe de Estrutura são construir um carro monocoque, como os de F1, e desenvolver estudos aerodinâmicos para utilizar de quaisquer apêndices que, comprovadamente em simulações, melhorarem o desempenho do veículo. Para o primeiro carro buscamos fazer algo simples e confiável e preparar todos os membros para o desenvolvimento dos próximos embutindo cada vez mais engenharia desenvolvida e aplicada por nós.

INJEÇÃO ELETRÔNICA A subequipe de injeção eletrônica tem como objetivo obter a melhor mistura ar/combustível e preservar o bom funcionamento do motor. A E-MX, parceira direta dessa subequipe, cede sua tecnologia inovadora para a construção do primeiro carro da Cheetah Racing. Nosso módulo, caracterizado por ser "inteligente", promete ser um novo seguimento em injeção eletrônica, mostrando que o simples pode valer muito a pena. Nosso próximo passo será finalizar o projeto e testar o motor em

Fórmula SAE

1° Informativo Formula SAE Cheetah Racing UNIFEI Novembro de 2011
bancada. Muito em breve o ronco do motor da equipe de Fórmula SAE, Cheetah Racing, poderá ser ouvido em nossa oficina. TELEMETRIA A equipe de telemetria tem trabalhado nas melhores opções de captura dos sinais que serão provindos dos sensores que estão no carro. Esses sensores são das mais diversas naturezas, podemos citar: potenciômetros, hall e temperatura. Eles serão colocados nos mais variados pontos: motor, volante, eixo de cada roda. Desse modo é necessário um hardware que seja eficiente o bastante para poder efetuar a captura de todos os sinais provindos do hardware, armazená-los e, caso preciso, apresentá-los em displays para o piloto em tempo real. Para efetuar essa tarefa a equipe de telemetria decidiu utilizar a placa EK-LM3S6965 da Texas Instruments (TI); ela foi considerada uma das melhores alternativas por oferecer confiança e a eficiência necessária para a captura, tratamento e transmissão dos sinais dos sensores. Também foi feito todo projeto da telemetria do carro, desde o hardware e as conexões entre eles que serão necessárias até o planejamento de onde serão armazenados os dados capturados. com a equipe do motor e a equipe de injeção eletrônica, a equipe de telemetria ajudou no mapeamento do chicote do motor do carro e em seguida na ligação do motor de partida. Com todas essas atividades, a equipe de telemetria está cumprindo suas metas, e assim pretende-se chegar a um protótipo colocado na bancada de eletrônica mencionada anteriormente que será testado exaustivamente para detectar possíveis erros e que se possa corrigi-los para que o versão final que ficará no carro funcione sem danos.

GESTÃO EXTERNA Além de tudo isso, a equipe de telemetria, em conjunto com a equipe de motor, planejou uma bancada eletrônica que simulará a telemetria do motor que estará no carro. Com isso, ambas as equipes poderão se beneficiar: a equipe do motor irá capturar os dados necessários do motor e a equipe de telemetria poderá testar seu hardware previamente antes de se fazer o projeto final para colocar no carro. Também, em conjunto Tem como intuito ser a porta voz de toda equipe perante patrocinadores, Universidade, empresas de apoio e quaisquer outras pessoas ou instituições que desejem contactar a equipe Cheetah Racing. Tenta ser o mais transparente possível em todos os contatos desenvolvidos a fim de criar a melhor relação possível com os stakeholders. Nesta subequipe também se encontra os responsáveis pelo visual, que inclui o site da equipe

Fórmula SAE

1° Informativo Formula SAE Cheetah Racing UNIFEI Novembro de 2011
(www.cheetahracing.com.br) e as mídias como Facebook, Twitter e You Tube. Além dos patrocínios citados no corpo desse informativo e os que podem ser vistos no rodapé, a equipe agradece especialmente duas outras equipes de Formula SAE que nos receberam muito bem e fizeram com que tivéssemos mais ímpeto para continuar. Obrigado Equipe Fórmula FEI de São Paulo capital e a Equipe V8 da FACENS. Que um dia a nossa equipe possa retribuir com tanta vontade a outros que estão por vir, igualmente vocês aceitaram nos receber!

Foto mostrando a equipe Cheetah Racing UNFEI e alunos dos projetos especiais SACI Baja SAE e Eco-veículo da Universidade em visita a empresa SKF onde o Allan nos guiou durante a visita técnica. Estar em contato com as empresas é sempre muito gratificante e uma fonte de muito aprendizado para nós. Obrigado!

CONTATOS equipe@cheetahracing.com.br www.cheetahracing.com.br Professora Orientadora: Lucilene de Oliveira Rodrigues Capitão da Equipe: Ariel Rennó Chaves ariel@cheetahracing.com.br

FOTOS E MURAL

Fórmula SAE

1° Informativo Formula SAE Cheetah Racing UNIFEI Novembro de 2011