possuindo a mais tradicional das cozinhas do mundo! . Um conjunto de práticas alimentares determinado ao longo do tempo por sua sociedade. se torna um patrimônio cultural . Gastronomia Francesa É considerada o berço da Alta Gastronomia.Cultura Alimentar A identidade de um povo se dá. principalmente por sua linguagem e por sua cultura alimentar . passa a identificá-las e quando muitas vezes enraizada.

Influência dos acompanhamentos. XVII . OBS: É comprovada a superioridade da frança no domínio da cozinha e da mesa. . logo após a Revolução Francesa. .  Objetivo: .Preservação dos sabores naturais dos alimentos. decretou a proibição de influências estrangeiras na gastronomia.Modificações fundamentais: . para um couvert para cada pessoa.  Séc.Preservação dos costumes locais.O aprumo de comer deitado para comer sentado. devido a constante visita de soldados europeus à França para realizar refeições.Os cozinheiros franceses tornaram-se considerados os melhores do mundo. .Expulsão da ditadura do alho e da cebola: Legumes. a etiqueta.Individualização da comida: Um prato e seus talheres para cada pessoa . . . .Substituição da cozinha do olfato pela cozinha do olhar. . onde o Rei Luis XIV.O surgimento do primeiro livro de receitas.rei do sol.A Gastronomia Francesa originou a partir da Gastronomia Medieval.História da gastronomia francesa  Séc. . vegetal.Serviço coletivo a mesa. .A elegância da mesa . XVIII.

. cujos patrões membros da alta nobreza. XVIII.O primeiro foi inaugurado em 1765. quando um taberneiro serviu um prato de pés de carneiro com molho branco. Em geral estes primeiros restaurantes serviam caldos com finalidades terapêuticas. Nasce assim o grande restaurante na França.  Chefes de cozinha desempregados. haviam fugido da revolução. com objetivo de restabelecer e restaurar a força de indivíduos doentes. foram obrigados a encontrar uma outra maneira de realizar o seu trabalho.História da gastronomia francesa  Ainda do séc.Inventou-se em Paris o restaurante. e tornando a cozinha artística dos grandes mestres. daí a origem do nome Restaurante. acabaram abrindo os seus próprios restaurantes. .

História da gastronomia francesa Esta hegemonia se deve a três fatores: .Sobremesas.A sabedoria no modo de utilizá-los.A riqueza dos ingredientes. . Dentre as muitas inovações (técnicas. que estabelece a divisão das refeições em três etapas: . tecnológicas e comportamentais) desta época está a implementação do serviço a francesa. .Entradas (assados. . peças frias e legumes).O requinte nos mínimos detalhes.Aperitivos. . .

a literatura gastronômica. XIX.  Séc. .O restaurante se transformou num local seguro para a transição da monarquia para a democracia. conferiu status a pratos como ostras e champanhe e atraiu a atenção de turistas como os americanos e ingleses que iam à capital francesa para descobrir os segredos de sua sofisticação em seus restaurantes. até nas culinárias regionais (cuisine de terroir) não houve espaço para as modificações. para designar o que Montaigne chamava de “ciência da gula”.A Gastronomia Francesa além de suas fronteiras Foram os franceses. a do resto do mundo. Metamorfoseando sua vida social e. Ex: A qualidade dos alimentos a ser priorizada. em especial os parisienses que inventaram a cultura moderna da comida. Em 1801 foi criado o termo Gastronomia. surgindo o aparecimento de um gênero literário até então desconhecido. a escolha e o teste devem ser atentos para o frescor dos ingredientes. deixando de lado os produtos que não apresentam as suas características originais. . a reboque.O respeito aos padrões exigidos passou a ser uma lei nas cozinhas.

onde o elemento a ser cortado não se desloque.A Gastronomia Francesa além de suas fronteiras Exemplos das técnicas culinárias: .A organização para obter uma ação racional. carnes facilitando o cozimento.O tempo de cocção. suprindo as necessidades orgânicas. . . sendo fundamental pra preservar o valor nutricional. deve-se utilizar os dedos anelar e indicador como pinças dedo médio utilizado como protetor para que a lâmina da faca não atinja os demais dedos e para regular a espessura do corte. proporcionando um equilíbrio nutricional.Movimento da faca: onde o punho da faca é mantido entre o polegar e o indicador para que o vai-e-vem sobre a prancha ocorra situado próximo ao punho.Os cortes executados aos legumes. . frutas. .As guarnições são padronizadas. . favorecendo ainda uma boa apresentação. sendo necessário trabalhar com noções determinadas.

assim como a adição do cardápio “menu” antes das refeições. os franceses não trouxeram grandes contribuições na culinária. foram de autoria francesa. Exemplo de preparações com: . e os brindes que eram feitos em celebração a algum fato ocorrido. mas sim nos hábitos alimentares. Com a exceção do champagne e dos vinhos. que se convencionaram banquetes.Queijos A influência francesa no Brasil aconteceu por intermédio português. mesmo que muitos não soubessem nem o que estavam pedindo.Influências Francesas no Brasil  A relação da cozinha francesa com a brasileira se deve principalmente à troca de temperos entre as duas nações. . A sofisticação e a sistematização dos jantares. sendo Portugal grande admirador da cultura francesa de quem sofreu muitas influências. além de modificar os nomes dos pratos substituindo-os por nomes franceses. já que havia um grau de parentesco entre as nobrezas dos dois países.Vinhos . Naquela época era uma questão de status promover banquetes a moda francesa.

Os Chefs da cozinha francesa Ao longo de séculos. todos trabalhando para melhorar o que herdaram. difundindo a cultura de seu país e perpetuando a arte dos grandes Chefs ao lado dos quais aprenderam. pois ao compartilharem seus conhecimentos e seus talentos artísticos com os profissionais nativos. eles contribuem de forma decisiva para o desenvolvimento de uma cultura gastronômica nos países onde se instalam. fazem bem mais que isso. Na França os cozinheiros são respeitados. . na verdade. Mas. os Chefs são admirados e os Grands Chefs são honrados tanto quanto os chefes militares ou estadistas. Chefs franceses têm se espalhado por todos os cantos da Terra. Os franceses vêem sua cozinha como um monumento erguido por gerações de Chefs.

Nordeste : Influenciada pelos países que o circundam Bélgica. . e outros). Sudoeste : Possui similaridades com a culinária da Espanha e de Portugal. Algumas das especialidades da região são os cogumelos selvagens (trufas negras. escargots e carne de porco muito utilizada na charcutaria. e por isso se destacando pelo uso de peixes e frutos do mar. Sudeste : De clima mediterrâneo esta região se destaca por algumas de suas especialidades como a mostarda de Dijon. Luxemburgo. tomate e abobrinha). foie gras. cassoulet e o confit de pato.Diversidade da gastronomia francesa  Tradicionalmente cada região da França tem a sua culinária distinta: Noroeste : É altamente influenciada pela sua proximidade com o mar. Destaque para as carnes de caça. porcini. a tapenade e a bouillabaisse. a ratatouille (Berinjela. Alemanha e Suíça.

Cuisine nouvelle ou nova cozinha: Elaborada em pouco tempo. a cozinha francesa pode ser dividida em: .Divisões da Cozinha Francesa Esquematicamente. tais como: Quiche Lorraine. outros clássicos da culinária francesa conquistaram o mundo. com ênfase em alta produtos de qualidade e na tradição camponesa. apresentadas em forma refinada e decorativa (pura arte gastronômica). . .Cozinha Burguesa: Inclui todos os pratos clássicos que não são (ou não são mais) especificamente regionais. creme brulée. o crepe além de vários tipos de queijo como o camenbert e o brie e a bebida mais famosa do mundo: o champagne. adaptados para o gosto das classes sociais mais afluentes.Cozinha regional ou cuisine du terroir: Cobre as especialidades regionais. Tarte Tatin. .) Além de todos os pratos já citados. o brioche. nos anos 70. Ex: Molhos ricos à base de creme e técnicas de cozinhar complexas. com molhos mais leves e menores porções e menor tempo de preparo.

os legumes e as frutas decidem as receitas e os pratos de uma região. é feito de quatro ingredientes: farinha. sal.  Ervas Finas: As ervas finas são imprescindíveis na preparação dos pratos da culinária francesa. Paris. por exemplo. pato. Carne de músculo cozida com molho de vinho tinto. Pão: O pão é parte integrante da refeição francesa..Pratos Franceses  A França é um universo gastronômico quase inesgotável: Atualmente. fermento e água. molho de vinho branco e creme de leite. . Mas o pão perfeito tem que ficar em repouso por mais de 6 horas. Pernil de cordeiro servido fatiado e mal-passado. saboroso e perfumado aos pratos. Vitela cozida em cubos..  Queijos: Existem mais de 400 variedades de queijos franceses. etc.000 cafés restaurantes. proporcionando um toque fino.  Pratos Clássicos: Cassoulet Gigot d’agneau Blanquette de veau Boeuf bourguignon Semelhante a feijoada: Feijão branco. O pão típico. linguíças. cebolinhas e champignons. é uma das cidades com maior oferta gastronômica no mundo. cordeiro.  Verduras. abrigando cerca de 12. Legumes e Frutas: As verduras.

. porém considerados exóticos em outros países.Ensopado de vitela. Pratos famosos mas exóticos: Pratos comum na França.Pratos Franceses Pratos famosos: .Coq ao Vin (galo ou capão cozido no vinho tinto). . Cuisses de grenouilles Escargort ( Caracóis) Caviar (Ovas de peixe) . .Queijos variados.Pão Francês.

Junte a cebola. o salsão. mexa até que a mistura tome corpo.Receita Francesa (Coq ou Vin) Ingredientes: 8kg de Frango. Retire o frango e os legumes da panela. mexendo de vez em quando. Cozinhe o cogumelo no caldo. a salsa e o tomilho. Usar vinho tinto de boa qualidade é o segredo. Junte o vinho e deixe cozinhar em fogo brando com a panela semi-destampada por 30 minutos ou até que tudo esteja cozido e macio.es/recetas/a-gastronomia-francesa 100g de bacon em cubos 4 cebolas pequenas cortadas em quatro 1 alho poró pequeno cortado em rodela finas 2 cenouras em rodelas grossas 3 dentes de alho amassados 1 talo de salsão picado 1 folha de louro 1 colher de sopa de salsa picada 1 colher de café de tomilho 1 garrafa de vinho tinto 2 xícaras de chá de cogumelo 1 colher de sopa de farinha de trigo 1/2 xícara de chá de conhaque 2 colheres de sopa de cheiro verde picado . Acrescente o frango. Dicas: Compre o frango em pedaços. o louro. Sirva em seguida polvilhado com o cheiro verde. Fonte: www. os legumes e deixe aquecer bem.petitchef. Misture bem. o cogumelo. Leve ao fogo brando a manteiga até que derreta. Junte a farinha no caldo previamente dissolvida no conhaque e sobre fogo brando. Acrescente o bacon e frite bem até dourar. aumente o fogo e junte o frango e deixe dourar. Acrescente o alho. o alho-poró e a cenoura. sal e pimenta-do-reino a gosto 3 colheres de sopa de manteiga Modo de preparo: Corte o frango em pedaços de 5cm e tempere com sal e pimenta. Retire-o e reserve.

Nutrientes da culinária francesa .

blogspot. Disponível em: <http://www. p. S.gastroonline. Paulo: Estação Liberdade.com.peitchef>Acessado em 20/08/2011.br > Acessado em 19/08/11.com.br>Acessado em 22/08/20011.Referências Bibliográficas  História da Alimentação/ sob a Direção de Jean-Louis Flandrin & Massimo Montanari.br/textosmostra.com . .asp?vid=7>Acessado em 20/08/2011.755.  Disponível em: < http ://www.blogspot. Disponível em: <http://luxo. Disponível em: <http:// nutriciencia.com>Acessado em20/08/20011.com>Acessado em 23/08/2011.ig. Disponível em: <http://cozinheiovirtual. 1998. Disponível em: <http://profbiuvicente.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful