You are on page 1of 2

O SISTEMA DE INFORMAÇÃO FERRAMENTA EFICAZ NO CONTROLE DA CRIMINALIDADE.

Estene Barbosa Teixeira1 Sir Winston Churchil era um profundo estudioso do sistema de informação. Durante a segunda guerra ao idealizar os “Boers” criou a primeira tropa de operações especiais além de usar a espionagem e contra espionagem e diga-se de passagem foram de suma importância para o dia “D”, com a operação “Leão Marinho”, as tropas aliadas através deste ardil desembarcam na normandia em 1944 fato decisivo para a vitória dos aliados ao mesmo tempo que brasileiros tomavam das mãos da “Wermacht” o Exército Alemão as colinas de Monte Castelo na Itália. Na história da humanidade, os sistemas de informação tem sido usado nas guerras, O general Leônidas com seus 300 de Esparta, tombaram após Elphíates mostrar o velho caminho que era o ponto nevrálgico do desfiladeiro das Thermóphilas na Grécia antiga. Para camuflar as informações das manobras de guerra, e enviá-las as tropas aliadas, os povos antigos raspavam a cabeça dos emissários e tatuavam os mapas e mensagens que seriam levados, após crescer o cabelo o emissário seguia para cumprir sua missão. Com o advento da informática a espionagem e a informação adquiriram uma sofisticação excepcional com o surgimento do “Sistema Guardião” já utilizado eficazmente pela Polícia Federal. Este software desenvolvido por Israel é a última palavra em tecnologia no mundo e atualmente a União Européia, Estados Unidos e as forças de segurança do mundo inteiro já experimentam um controle eficaz da criminalidade através de escutas telefônicas e monitoramento, legalmente autorizados pela justiça. A informação é arma mais usada na administração estratégica, seja na área da segurança pública ou nas empresas multinacionais, como sabemos “conhecimento é poder e poder é responsabilidade”, esta premissa é unânime entre os mecanismos de controle da criminalidade. Para termos dados precisos num sistema de informação necessitamos agrupar características fundamentais que venha agregadas com fundamentos de grande utilidade no trabalho diário das organizações de segurança pública, acima de
1

Bacharel em Segurança Pública, Acadêmico do Curso de Direito, Pós-Graduado em Especialização em Gestão e Estratégia em Segurança Pública.

tudo este trabalho técnico traz subsídios que proporcionam níveis excelentes na redução da criminalidade. A rapidez de respostas e o uso constante aliado ao Geoprocessamento ou “Web Geo” com dados em “hot points” (zonas quentes) auxiliam eficazmente o GGI, gabinete de Gestão Integrada nas Secretarias de Segurança Pública dos Estados. O setores Governamentais tem investido com grande sapiência em “informação” como área estratégica onde a utilização do SIG, Sistema de Informação Gerencial para identificação dos “edemas criminais" tem subsidiado efetivamente os chefes do executivo a ter em tempo real com diagnósticos reais da criminalidade urbana. A busca por caminhos eficazes com respostas emergenciais motivou os governos a investirem com qualidade no setor de inteligência da Segurança Pública. Um estado democrático, em que a cidadania e o respeito à dignidade da pessoa humana sejam os princípios embasadores de toda e qualquer ação dos órgãos que compõe o sistema de segurança pública é alcançar níveis de excelência. investir no sistema de inteligência da segurança publica é respeito ao cidadão é valorizar a vida.
Bacharel em Segurança Pública, Acadêmico do Curso de Direito, Pós-Graduado em Especialização em Gestão e Estratégia em Segurança Pública.