POLO GIRASSOL – ARARAS/SP – TURMA N 71 – GRUPO 2 PROF. PRESENCIAL: JULIANO INACIO DE PAULA PROF.

TUTOR: EDMILSON GOMES ELIZABETH CRISTINA DIAS TEIXEIRA ALBERTINI – R.A 144419 FRANCISCO ALVES DE FRANÇA – R.A 143413 LUIZ GUSTAVO PIERANGELI – R.A 143395 ZÉLIA DIAS DA SILVA NICOLETTO – R.A 143450 PROJETO DE PESQUISA TEMA: AUDITORIA INTERNA ATIVIDADE 3. 1. INTRODUÇÃO

A falta de controles internos e a apresentação de informações distorcidas podem levar os gestores de uma empresa a conclusões errôneas e prejudiciais para as tomadas de decisões, o que tem levado as empresas a recorrer ao profissional de auditoria interna, que por sua vez aprimora-se em atender a todos os setores da empresa, analisando e avaliando os mesmos e orientando-os para obter um desempenho otimizado, afim alcançar os objetivos da organização. A implantação de um serviço de auditoria interna vai efetuar as conferências das operações, comparando planejado x executado x condições de mercado, de forma a verificar se existe sincronia nos resultados realizados e possíveis ocorrências de fraudes. Para atingir com eficiência os resultados, é necessário ter um sistema de informação confiável, que forneça dados e informações exatas para análises e apuração de resultados. Um sistema inexato pode levar a uma interpretação equivocada, e por conseqüência a tomada de decisões incoerentes com a realidade da situação. Existe também a necessidade de se haver pessoas qualificadas que alimentem os dados das operações realizadas durante o dia (vendas, recebimentos, pagamentos, compras etc), para que os relatórios possam ser gerados sem qualquer discordância com os fatos. O trabalho do auditor interno resume-se em fazer com que por meio de seus relatórios, os gestores possam tomar suas decisões com foco nos setores que necessitam de estratégias mais emergentes e também fazer com que de modo geral eles saibam o que realmente se passa na organização. REVISÃO DE LITERATURA.

10 á 13 Deve também dominar com propriedade a informática para que possa propor e combinar dados. ordenadas.] Controladoria – Teoria e Prática (Figueiredo.. bens de propriedade da empresa em poder de terceiros. obrigações Ex: dinheiro em conta corrente bancaria. títulos. eventualmente. recomendações ou determinações. 2001). .Falando sobre o profissional da controladoria [. empréstimos a pagar. A Auditoria consiste na análise de contas. dinheiro em caixa. por meio de carta. problemas básicos e possibilidades estratégicas [.Contagem Física: esse procedimento é utilizado para as contas do ativo e consistente em identificar fisicamente o bem declarado nas demonstrações financeiras Ex. Alguns dos procedimentos realizados pelo auditor são: 1. em virtude da evolução e desenvolvimento econômico das grandes empresas. da situação financeira. boa escrita e profundo conhecimento dos princípios contábeis e das implicações fiscais que afetam o resultado empresarial. da legalidade e regularidade das operações e aspectos contábeis. contas a pagar a fornecedores. estoques em poder de terceiros. Estes tipos de auditoria checa se foram tomadas medidas apropriadas para registrar com exatidão e proteger todos os ativos e se todas as operações registradas estão em conformidade com a legislação em vigor. pag. formadas por capitais de muitas pessoas. assim como dos problemas e vantagens que afetem ao setor. estoques. Paulo César) – 4ª Edição. liquidadas. metas e políticas. pagas e registradas. A auditoria surgiu como conseqüência da necessidade de confirmação dos registros contábeis. conclusões e. contas a receber de clientes. 2.] o mesmo deve ter um bom conhecimento do ramo ao qual a empresa que vai prestar serviço. orçamentários e patrimoniais. que têm na confirmação dos registros contábeis a proteção ao seu patrimônio (FRANCO. O auditor apresenta o resultado de suas analises e conclusões na forma de um relatório. bens do ativo imobilizado. o qual inclui fatos sobre a entidade auditada. Sandra / Caggiano. além de boa oratória. comprovações.. verificando se todas as operações foram devidamente autorizadas. títulos em poder de terceiros. MARRA. direitos a receber. objetivos.. devendo também o auditor conhecer a história.Confirmação com Terceiros: esse procedimento é utilizado pelo auditor para confirmar.

Em suma pode-se afirmar que auditoria é uma técnica de avaliação. onde na página 148 . ira apontar as falhas na organização administrativa e nos setores. cálculos de amortização de despesas antecipadas e diferidas. para alcançar os objetivos e para evitar fraudes.Inspeção de Documentos: tantos internos quanto externos. sobre a gestão de administradores. cálculos dos juros provisionados. cálculos das depreciações dos bens do ativo imobilizado. livros sociais. pagamento de contas pessoais. pois os proprietários das empresa terão a confirmação de seus resultados corretos. emitira opinios sobre a adequação dos demonstrativos contábeis.cap. mapa de licitação de compras.Conferência de Cálculos: conferir os cálculos efetuados pelo contador Ex. submeter múltiplos recibos de despesa. estes documentos representam os comprovantes hábeis que suportam os lançamentos contábeis nas contas de ativo. sobre o destino de fundos e recursos. garantindo maior atenção e rigor dos funcionários contra erros e evita fraudes. . passivo. amortização). alterar valores de despesas aprovadas. documentos Internos: relatório de despesas.2. Um dos pontos importantes é evitar fraudes. o autor descreve os tipos comuns de fraude: roubo de recursos monetários. nos mostra a importância dos controles internos para auxiliar nas tomadas de decisão. assegurara maior correção dos registros contábeis. receita e despesa.3. geração de contas inexistentes. contratos. dificultara os desvios dos ativos e pagamentos indevidos. com o objetivo de opinar sobre o comportamento patrimonial. Também Baseado no livro “Contabilidade Gerencia – Um enfoque na tomada de decisão” da editora Visual Books. certificados de propriedade de veículos. faturas e duplicatas de fornecedores. pois a auditoria o assegura que serão fiscalizados a eficiência de seus controles internos. apólice de seguro. mapas demonstrativos (apropriação de custos. sobre a conduta de pessoas às quais se confiam bens ou riquezas. 6. Ex documentos Externo: notas fiscais. e devido a sua conferencia. recebimento de suborno de clientes e fornecedores. requisição de compra. 4. escrituras de imóveis. depreciação. Consideremos as vantagens da auditoria interna. cálculos da correção monetária sobre o ativo permanente e o patrimônio liquido. cancelar reembolso de educação e vender ativos da empresa. uso de telefones. registro de empregado. boletim de caixa. por revisão e análise. folha de pagamento. examina para verificar a veracidade dos valores registrados ex. cálculos de valorização de estoques. o autor Rogério João Lunkes.

O controle é o monitoramento e avaliação de pessoas e recursos utilizados nas operações para alcançar os objetivos. gestão de pessoal. a verdade é realmente que. Na prática. 14 – cap. . execução e controle (pág. O controle permanente é essencial para uma gestão segura e estável de uma empresa. Tudo depende desses dados. o planejamento pode ser dividido em três tipos: planejamento estratégico. Conforme Lere (1991). por meio de atividades internas de fiscalização e averiguação da legitimidade dos dados apresentados. como lançar um novo produto. onde forma examinadas 1511 empresas brasileiras. assim é necessário criar e acompanhar um conjunto de indicadores e metas que possam avaliar as ações em todos os níveis e se estão contribuindo para o sucesso da empresa. O autor cita no capítulo 7. são freqüentes os erros e desperdícios. como a empresa vai se diferenciar dos concorrentes. tático e operacional. por isso deve ser tratado com a devida importância. são chamados por alguns autores de direção e motivação. A coordenação das atividades da empresa e os recursos humanos para facilitar o processo operacional. 149). que a partir de certo porte. se não houver exatidão nos dados financeiros da empresa. A definição de controles internos é a forma com que se organizam os métodos implantados pela empresa para a proteção de seu patrimônio. decisões de marketing. A execução é a forma em que exige a mobilização do pessoal para atingir os planos através das atividades operacionais.2 – página 164. contratação de empregados entre outras. pois deles é que sai a análise da necessidade de recursos ou de cortes de alguns setores. facilitando ao administrador para a apuração dos resultados e diminuindo qualquer forma de desperdícios. estão sendo executadas. Existe um ciclo administrativo que auxilia para um perfeito processo de gestão: planejamento. para que se obtenham os resultados que eles proporcionam. constatou-se que 85% apresentavam perdas de 1% do faturamento. onde se pode desenvolver os objetivos e metas a curto e a longo prazo. para que os objetivos funcionais e financeiros da empresa sejam atingidos com sucesso. O planejamento envolve a escolha de uma ação. todo o restante acaba prejudicado. Um importante aliado é um sistema que possa mensurar a evolução do planejamento. O autor ainda ressalta na página 72. assim como quais os processos de otimização e manipulação dos dados contábeis.Conforme uma pesquisa realizada pela empresa Kroll (2003(. . causadas por fraudes internas (pág.5) Os tópicos que formam o ciclo administrativo devem ser executados de forma objetiva. 1. as empresas são gerenciadas em segmentos. a necessidade e obrigatoriedade da empresa definir de modo claro e consistente seu foco e sua estratégia para alcançar seus objetivos. Informações inexatas podem levar a decisões errôneas e prejudicar as decisões tomadas pelos gestores. A intenção do controle é assegurar que todas as etapas previamente planejadas. Quando não existem controles internos.

Tudo tem que estar em perfeita harmonia. Enfim. E quanto maior for a empresa. é necessário sim averiguar todas possíveis falhas. ou até mesmo se é viável produzir sua própria matéria prima. mas algo simples como controlar permanentemente esses dados. . Se for necessária a troca do maquinário da empresa. com uma administração incompetente ou desonesta. pode não parecer. diminuindo assim o risco de algo passar despercebido.ou então a necessidade de se adquirir mais ou menos matéria prima. para se chegar ao objetivo em comum. ou então até ocorrer a troca dos funcionários. Não adianta também a empresa estar rodando bem na parte produtiva. por isso a solução é fragmentar a empresa em diversos segmentos. onde podem ocorrer desde pequenos equívocos que passariam despercebidos como grandes fraudes. se é necessário mudar de fornecedor para reduzir os custos da matéria prima. ou atualização de um ou outro componente. maior a dificuldade para esse controle ser feito. que venham a destruir o patrimônio da empresa. se está havendo desperdícios. Nesse momento. com um responsável para cada setor e um responsável geral. pode evitar que a empresa entre em um buraco sem fundos de dívidas e má administração. Sem contar a parte administrativa. que poderão estar a produzir abaixo do esperado.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful