You are on page 1of 24

Boas práticas de trabalho com o Moodle…

O que se deve…

e não deve…

fazer!
Boas práticas…
Encoraje os alunos a aprender juntos pelo Moodle

O Moodle não é apenas texto, imagens e links. A filosofia do Moodle é a de que a


aprendizagem é particularmente eficaz quando se constrói algo para partilhar
com outros. O Moodle foi construído a pensar na colaboração entre os
participantes.

Encoraje os seus alunos a trocar ideias através do Moodle. Não devem utilizar o
Moodle como um livro on-line, mas como membros de uma comunidade de
aprendizagem.

Prof. Herberto Graça 2


Boas práticas…
Encoraje os alunos a “jogar pelo seguro”
Devemos explicar aos alunos que não devem colocar informação pessoal num
website, até mesmo no website do Moodle.

Encoraje os seus alunos a usar bom senso.

Por exemplo, ao inserir um e-mail num fórum, deve-se inserir na forma:


joao AT hotmail DOT com
e não:
joao@hotmail.com

Prof. Herberto Graça 3


Boas práticas…
Encoraje os alunos a “falar” bem
Devemos encorajar os alunos a utilizar sempre uma
linguagem correcta quando deixarem mensagens
na Internet, tanto relativamente ao conteúdo (para
não chocar outros cibernautas) como à forma (em
bom português).

Prof. Herberto Graça 4


Boas práticas…
Ensinar os alunos a usar bem o e-mail
Não se deve responder a mensagens em cadeia. Contribuem, em geral,
para um grande aumento do tráfego, tornando a Internet mais lenta.

Quando recebemos uma mensagem a dizer “Envie esta mensagem a


todos os seus contactos”, devemos ignorá-la.

Devemos usar um “assunto” significativo, de modo a que o destinatário


possa fazer uma triagem das mensagens recebidas

Prof. Herberto Graça 5


Boas práticas…
Comece devagar mas pense em grande

Se é um principiante, comece com algo simples como criar uma página apenas
com os sumários das aulas e links para informação interessante, on-line.

À medida que ficar mais confortável, e que as suas necessidades e ambições


aumentem, experimente outras funcionalidades como por exemplo, criar um
fórum de discussão de um determinado tema.

Prof. Herberto Graça 6


Boas práticas…
Guarde o seu trabalho regularmente

Guarde o seu trabalho cada 5 a 10 minutos. O seu browser pode bloquear e pode
perder todo o seu trabalho.

Mais importante: Encoraje os seus alunos a fazer o mesmo pois estes ficam
especialmente frustrados quando perdem 30 ou 40 minutos de trabalho.

Pode até usar um relógio de cozinha para lhes recordar que devem guardar o seu
trabalho.

Prof. Herberto Graça 7


Boas práticas…
Mostre aos alunos como funcionam os registos

Assegure-se que os alunos compreendem que pode monitorizar todas as suas


actividades no Moodle.

Demonstre-lhes como os registos são criados à medida que eles navegam pelo
site.

Prof. Herberto Graça 8


Boas práticas…
Introduza breves descrições dos recursos

Quando os alunos consultam os recursos de uma disciplina, é-lhes útil que exista
uma breve descrição de cada recurso.

Inserir uma descrição demora apenas uns instantes e é um acto de delicadeza


para com os seus alunos e colegas.

Prof. Herberto Graça 9


Boas práticas…
Utilize uma chave de inscrição

Utilize uma chave de inscrição na sua disciplina. Assim evita que se inscrevam na
sua disciplina pessoas que não devem.

Se necessário, altere a chave de inscrição após os seus alunos se terem inscrito,


evitando que estes divulguem a chave de inscrição.

Prof. Herberto Graça 10


Boas práticas…
Encoraje os alunos a pensar antes de comentar
Muitos alunos têm uma abordagem muito
casual à interacção nos fóruns, devido a
estarem habituados a esse tipo de interacção.
Isto pode até ser bom, no entanto muitas
vezes pretende-se uma abordagem que
envolva um raciocínio mais formal.

Encoraje os alunos a ler os conselhos de


utilização presentes nas várias
funcionalidades do Moodle.

Prof. Herberto Graça 11


Boas práticas…
Utilize etiquetas

Se utilizar etiquetas em vez dos tópicos de semana normais, terá menos


problemas quando quiser migrar partes de uma disciplina para outra.

Quando se faz a migração de conteúdos, de uma disciplina para outra sem


sobrepor, as anotações de cada secção perdem-se, enquanto as etiquetas
não.

Prof. Herberto Graça 12


Boas práticas…
Peça a opinião aos seus alunos

Os seus alunos são os que lhe podem dizer se criou bem sua disciplina, se é
amigável, etc. Peça-lhes críticas construtivas acerca do que funciona ou não
funciona. As suas respostas podem ser um pouco desagradáveis, mas serão
com certeza, bastante úteis.

A funcionalidade questionário é óptima para este fim.

Prof. Herberto Graça 13


Boas práticas…
Utilize escalas de classificação criadas por si

Pode criar as suas próprias escalas de classificações, comentários, etc. para


utilizar em fóruns, glossários e trabalhos.

Isto pode ser muito útil e também divertido. Pode por exemplo, pedir aos seus
alunos que o ajudem a criar essas escalas de classificação.

Pode até criar uma votação para eleger a escala preferida

Prof. Herberto Graça 14


Boas práticas…
Partilhe com os seus colegas

Comunique frequentemente com colegas, através do moodle.org, na sua própria


escola, ou em qualquer local onde encontre utilizadores do Moodle.

Cada utilizador dar-lhe-á ideias diferentes que lhe permitirão potenciar a sua
própria criatividade na utilização dos recursos do Moodle.

Deve fazer o mesmo com os outros, quando tiver uma ideia que funciona bem,
partilhe-a!

Prof. Herberto Graça 15


Boas práticas…
Ensine os alunos a escolher os temas nos fóruns

É um acto de piedade, inscrever um tema significativo numa conversa de um


fórum. Isto ajuda os participantes a seguir as conversas.

É diferente ter o tema: “SOCORRO, preciso ajuda!!”


E o tema: “Como se faz uma quebra de página no Word??”

Prof. Herberto Graça 16


Más práticas…
Não deixe o Moodle desanimá-lo

O Moodle é grande. Pode-se fazer todo o tipo de actividades educativas com o


Moodle, tantas actividades que um principiante pode sentir-se desanimado por
tudo o que há para aprender. Mas será que é necessário dominar o Moodle
rapidamente? Claro que não.

Comece com objectivos modestos como apresentar os sumários das aulas e links
para recursos úteis. Seja paciente e se tem dificuldades para fazer algo
sofisticado consulte a comunidade Moodle. Em poucos meses será um
especialista!

Prof. Herberto Graça 17


Más práticas…
Não domine as discussões

Por vezes é necessário guiar os estudantes nos fóruns. Dê um toque aqui e um


toque ali…, mas evite fazer demasiados comentários. Estimular a discussão,
SIM, dominar a discussão, NÃO.

Prof. Herberto Graça 18


Más práticas…
Não assuma que o Moodle, por si só, inspira ou
motiva os seus alunos

Muitos professores ficam impressionados e até espantados com o que o Moodle


pode fazer e assumem que os seus alunos vão partilhar o seu entusiasmo.
Talvez sim…mas lembre-se que é o bom ensino que inspira os alunos. Não
espere que o Moodle faça o trabalho de professor.

Prof. Herberto Graça 19


Más práticas…
Não viole os direitos de copyright

Se utilizar inapropriadamente o trabalho de outros, os seus estudantes também o


farão.

Provavelmente não é isso que lhes quer ensinar.

Prof. Herberto Graça 20


Más práticas…
Não se esqueça de ver os perfis de utilizador

Alguns alunos tem pouco bom senso. Nunca se sabe o que dirão no seu perfil. É
boa ideia verificar de vez em quando.

Dependendo do sistema escolar, das leis locais, e das suas opiniões pessoais
claro, pode fazer, ou não, algo acerca do que encontre, mas é sempre boa
ideia pelo menos saber o que está lá escrito.

Prof. Herberto Graça 21


Más práticas…
Não encoraje os alunos a ver apresentações de
PowerPoint directamente no browser

Normalmente pode-se clicar numa apresentação de PPT e vê-la dentro do


browser, mas por vezes isso dá problemas. Terá muito menos queixas se
aconselhar os utilizadores a fazer o download do ficheiro e abri-lo depois.

Em vez de disponibilizar um grande ficheiro de PPT, é aconselhável disponibilizar


folhetos de PDF. É um ficheiro mais pequeno e portável.

Alternativamente ao PowerPoint pode utilizar o módulo de apresentação, ou o de


slide show.
Prof. Herberto Graça 22
Más práticas…
Não tenha receio de experimentar

O Moodle foi desenhado para se experimentar.

Crie uma disciplina e experimente os módulos à sua vontade!

Vai ver que não estraga nada!

Prof. Herberto Graça 23


Más práticas…
Não se distraia com coisas bonitas
Só porque pode fazer algo no Moodle não quer dizer que o deva fazer. O Moodle
é um software muito robusto e até divertido de trabalhar. É divertido, mas
lembre-se, o objectivo não é criar um site bonito. O objectivo é ensinar.

O que quer que os seus alunos aprendam?


O que quer que eles consigam fazer?

Deixe que essas questões o guiem na sua utilização do Moodle.

Prof. Herberto Graça 24