E-QP-EIN-022

REV.

B

25/Jul/2011

QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE CONSTRUÇÃO, MONTAGEM E COMISSIONAMENTO DE INSTRUMENTAÇÃO – NÍVEL 1 Instruções ao Candidato

ENGENHARIA
Os comentários e sugestões referentes a este documento devem ser encaminhados ao SEQUI, indicando o item a ser revisado, a proposta e a justificativa.

SL
SERVIÇOS E LOGÍSTICA

Este documento normativo tem a validade de 2 (dois) anos a partir da sua edição, prazo máximo para a realização da próxima revisão. Este prazo poderá ser alterado em razão de requisitos operacionais, ou alterações em requisitos dos SNQC’s ou Sistema Petrobras.

SEQUI
CERTIFICAÇÃO QUALIFICAÇAO E INSPEÇÃO
1. OBJETIVO 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3. APLICAÇÃO 4. TERMINOLOGIA 5. REGRAS GERAIS 6. EXECUÇÃO DA PROVA PRÁTICA

ÍNDICE
7. RETORNO DO CANDIDATO REPROVADO 8. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PASSÍVEIS DE SEREM SOLICITADOS

Apresentação Este procedimento visa orientar o Candidato no Processo de Qualificação de Inspetor de Construção, Montagem e Comissionamento de Instrumentação, nas Provas de Instrumentação Nível 1, conforme requisitos do Sistema Petrobras.

PROPRIEDADE DA PETROBRAS

08 páginas

A IMPRESSÃO E REPRODUÇÃO DESTE DOCUMENTO TORNA A CÓPIA NÃO CONTROLADA

E-QP-EIN-022 CONTROLE DE REVISÕES REV. 0 A B DESCRIÇÃO REV B 25/Jul/2011 DATA 09/09/2009 22/07/2010 25/07/2011 Emissão original Revisão geral dos itens 6 e 8 Atualização das referencias que estavam N-2236 para o PG-25SEQUI/CI-048 e incluído o PG-25-SEQUI/CI-048 no item 4 (Terminologia). Revisado o título e aplicação. PROPRIEDADE DA PETROBRAS 2 .

E-QP-EIN-023 – Prova de recebimento. E-QP-EIN-019 – Procedimento para Condicionamento em campo de Instrumentação. E-QP-EIN-017 – Procedimento para Recebimento. Armazenamento e Preservação de Instrumentação – Instruções ao Candidato.Inspeção de Construção. além das seguintes definições: Exame: cada uma das vezes que o candidato vai realizar provas no Centro de Qualificação. E-QP-EIN-020 – Procedimento para Calibração de Instrumentação. Armazenamento e Preservação de Instrumentação. antes da execução de cada prova. 2 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA PI-25-SL/SEQUI-001 – Plano de Gestão Integrada do SEQUI. Montagem e Comissionamento de Instrumentação Nível 1.Qualificação de Pessoal. 4 TERMINOLOGIA São adotadas as definições constantes do Plano de Gestão Integrada do SEQUI PI-25SL/SEQUI-001. Montagem e Comissionamento de Instrumentação Nível 1. no qual estão contidas todas as informações necessárias ao perfeito entendimento da mesma. PG-25-SEQUI/CI-048 . E-QP-EIN-018 – Procedimento para Testes elétricos em cabos e Multicabos de Instrumentação. onde estão relacionadas as atividades que serão avaliadas em cada prova. 3 APLICAÇÃO Este procedimento aplica-se a todos os candidatos à qualificação a Inspetor de Construção. Caderno de Instruções ao Candidato: documento entregue ao candidato.Qualificação de Pessoal. E-QP-EIN-025 – Prova de Calibração de Instrumentação – Instruções ao Candidato.Inspeção de Construção.E-QP-EIN-022 1 OBJETIVO REV. SEQUI – Setor de Qualificação e Certificação PROPRIEDADE DA PETROBRAS 3 . Montagem e Comissionamento de Instrumentação . PG-25-SEQUI/CI-048 . E-QP-EIN-024 – Prova de Condicionamento em Campo de Instrumentação – Instruções ao Candidato. B 25/Jul/2011 Este procedimento tem como objetivo orientar os candidatos no processo de Qualificação a Inspetor de Construção. Lista de Verificação: documento de uso exclusivo do Examinador. Montagem e Comissionamento de Instrumentação .

). Em caso de reprovação. normas. Montagem e Comissionamento de Instrumentação . O uso de borracha é permitido somente quando a prova for feita a lápis. Para rascunho utilizar o verso do formulário de respostas ou uma folha em branco com visto do examinador. Riscos. Zelar pelo material que for entregue. bem como todo material utilizado.Inspeção de Construção. exceto os fornecidos pelo examinador. Os resultados das provas serão enviados através do Suporte Operacional do SEQUI para fiscalização ou local adequado. O candidato deve estar familiarizado e saber interpretar as normas selecionadas no PG-25SEQUI/CI-048 . Ao final de cada prova. conforme o PG25-SEQUI/CI-048 .Qualificação de Pessoal . Corretivos não devem ser usados em nenhuma hipótese. etc. proceder a arrumação e limpeza dele. Ao término de cada uma. marcas ou qualquer dano nos corpos de prova ou na documentação (instruções. ou por ele autorizados. Montagem e Comissionamento de Instrumentação Qualificação de Pessoal PROPRIEDADE DA PETROBRAS 4 . B 25/Jul/2011 5 REGRAS GERAIS As provas podem ser redigidas a lápis ou a caneta em qualquer cor exceto a vermelha.E-QP-EIN-022 EPI – Equipamento de Proteção Individual CP – Corpo de Prova SSO – Sistema SEQUI de Operações REV. o candidato deverá entregá-la ao Examinador. implicará em reprovação. Manter limpo os locais das provas. Não é permitida a consulta a outro candidato e a nenhum documento. É expressamente proibida a reprodução de provas. Para obter aprovação no exame prático é necessário um aproveitamento mínimo de 70% em todas as provas. será enviada uma lista de verificação contendo a avaliação das provas e o prazo mínimo de retorno. O exame será interrompido durante o horário de almoço.Inspeção de Construção. responder corretamente os itens considerados eliminatórios e entregar a prova no prazo estipulado.

falta de equipamento e/ou materiais necessários à realização do exame. 6 EXECUÇÃO DA PROVA PRÁTICA 6. caso o candidato não obtenha resultado satisfatório. Neste caso. etc. ambos os exames serão interrompidos e os candidatos reprovados. B 25/Jul/2011 O exame poderá ser interrompido pelo Examinador quando o candidato apresentar: . 2h 30 min 2h 30 min 2h 30min 6. . orgânica ou emocional.tentativa de fraude ou participação na execução do exame de outro candidato. A qualificação é composta de três provas. . Montagem e Comissionamento de Instrumentação Qualificação de Pessoal quanto ao retorno e retreinamento. Atentar que no tempo disponível deve ser incluído o tempo para verificações do Examinador antes da energização e desmontagem. um material ou apenas um corpo de prova da seguinte relação: PROPRIEDADE DA PETROBRAS 5 .Inspeção de Construção.2 QUANTIDADE E TIPO DE CORPO DE PROVA Para cada prova será utilizado um instrumento.indisposição física.E-QP-EIN-022 REV. Armazenamento e Preservação de Instrumentação Prova 2 Calibração de Instrumentação Prova 3 Condicionamento em Campo de Instrumentação Tolerância: 10 minutos para cada uma das provas.1 SEQÜÊNCIA DE APLICAÇÃO E TEMPO DISPONÍVEL PARA A PROVA PRÁTICA As provas práticas serão executadas na seqüência e no tempo disponível discriminado a seguir: Prova 1 Recebimento. será considerado reprovado devendo ser enquadrado nos parâmetros do PG-25-SEQUI/CI048 .

Antes de solicitar consulte os anexos dessa instrução que contém uma relação de documentos mais utilizados.3 TEMPO DISPONÍVEL O tempo para execução de cada prova está relacionado no item 6. CP 005: Malha T-97113. CP 003: Malha P-97401. Termômetro. No caso de formulários. Os resultados obtidos serão avaliados em relação aos valores e tolerâncias expressos em manuais. folhas de dados e normas ABNT ou internacionais. limpar as conexões em que foi usado o teflon e deixar as ferramentas utilizadas também na bancada até que seja liberada a guarda das mesmas. CP 006: Instrumento Válvula de Controle) Documentação de Projeto: Corpo de Prova nº 001 a 005 (CP 001: Malha F-97108. Transmissor de Temperatura Documentação de Fornecimento: Corpos de Prova nº 001 a 006 (CP 001: Instrumento TIT. São fornecidos através de solicitação por escrito na prova. 6. CP 005: Instrumento LIT. Exceder o tempo disponível implica em reprovação. CP 006: X-97018). Energização dos Equipamentos Antes que qualquer energização de equipamentos deve ser chamado o examinador para ser verificada a montagem. A solicitação de documentos que não façam parte da prova incorre em desconto da nota da prova no item solicitado. A energização incorreta de equipamentos e/ou padrões que impliquem danos aos mesmos resultará na reprovação imediata do candidato (imperícia). Manômetro. Transmissor de Pressão. CP 004: Malha P-97003. mantendo-os na bancada.1. CP 002: Instrumento PIT. Faz parte da prova o não fornecimento em algumas das provas algum destes documentos. CP 004: Instrumento FIT. 7 RETORNO DO CANDIDATO REPROVADO No retorno do candidato reprovado o exame será aplicado da seguinte forma: Parcial PROPRIEDADE DA PETROBRAS 6 .E-QP-EIN-022 REV. Critérios de Registros e Avaliação dos Resultados Obtidos Os registros serão executados nos espaços correspondentes deixados em branco em cada uma das provas. será preenchido os campos de acordo com as normas e procedimentos correspondentes. Equipamentos e Documentos. CP 002: Malha L-97105. CP 003: Instrumento TIT. desmontar todos os instrumentos. Pode ser utilizado o verso da folha de prova ou uma folha em branco assinada pelo examinador. Após a obtenção dos valores de calibração. Materiais. B 25/Jul/2011 Instrumentos/Materiais: Bobina de Cabos.

O exame parcial só poderá ser requerido no máximo até duas vezes. etc. Se.). este terá que executar exame integral.E-QP-EIN-022 Nas provas em que o candidato seja reprovado. o candidato não conseguir se qualificar. • Dimensional • Invólucro (A Prova de Explosão. Normas Procedimento Certificados de: • Calibração dos Instrumentos Padrões. Intrínseca. B 25/Jul/2011 Entende-se por Parcial a aplicação somente das provas em que o candidato não obteve resultados satisfatórios no exame anterior. segundo os critérios definidos. • Materiais • Testes de Fábrica • Testes de Recebimento • Testes de Campo Desenho de: • Fornecedor • Interligação Detalhes típicos de: • Instalação Ao Processo • Instalação Elétrica • Instalação Pneumática • Montagem • Diagrama de Malha • Fluxograma de Engenharia Folha de Dados Listas de cabos Relação de: PROPRIEDADE DA PETROBRAS 7 . o candidato terá o prazo de 1 ano. Segurança. Para obter a qualificação. REV. decorrido este prazo. contado a partir da data da primeira prova realizada. Ao exceder este limite o exame será integral. Manuais dos Instrumentos Padrões (do Fabricante). 8 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PASSÍVEIS DE SEREM SOLICITADOS • • • • Catálogo e/ou Manual do Fabricante do Instrumento Industrial.

0 N.8 inH2O = 14.m 1 BTU = 1055 J = 1055 kg.71 mmHg =27.239 cal/s 1 kW = 1.E-QP-EIN-022 • • • • Padrões do Laboratório Relatórios de Não Conformidade Ficha de Informação para Segurança de Produtos Químicos EPI disponíveis para uso no laboratório REV.02089 psi 1 psi = 6935 N/m² = 51.000 N/m² = 1.300.948 BTU/s • • PROPRIEDADE DA PETROBRAS 8 .m = 252 cal Força: 1 HP = 746 W 1 W = 1 J/s = 0.7 psi = 101.1020 kgf = 0.4 mm 1 m = 39.427 kg.07 mmH2O 1 atm = 760 mmHG = 406.32 mmHg = 10000 mmH20 • Força: 1 kgf = 9.2248 libras (lb) • Comprimento: 1 inch (in) = 25.033 kgf/cm² 1 kgf/cm² = 14.m = 0. B 25/Jul/2011 Tabela de: • Termopares • Termoresitência • Conversão de Unidades Alguns fatores de Conversão de Unidades: • Pressão 1 N/m² = 0.8 mm Energia: 1 Joule (J) = 0.239 cal =1.m = 0.341 HP = 0.087 N 1 N = 0.m 1 cal = 4186 J = 4186 N.22 psi = 735.37 in 1 foot (ft) = 304.68 inH2O = 703.009869 atm = 0.1020 kg.