You are on page 1of 4

MITOS E LENDAS EGÍPCIAS

MITO ou LENDA?

Muito antes de as pessoas saberem ler ou escrever, as histórias eram


transmitidas oralmente. De cada vez que eram contadas, mudavam um
pouco, acrescentando-se uma nova personagem aqui e uma mudança na
trama acolá. Os mitos e as lendas nasceram dessas histórias em
constante mutação.

O QUE É UM MITO? Um mito é uma história tradicional que não se baseia


em algo que realmente aconteceu e, normalmente, fala de seres
sobrenaturais. Os mitos são inventados, mas ajudam a explicar os
costumes locais ou os fenômenos naturais.

O QUE É UMA LENDA? A lenda assemelha-se muito ao mito. A diferença


está no fato de a lenda poder basear-se num acontecimento real ou numa
pessoa que realmente existiu. O que não significa que a história não
tenha mudado ao longo dos anos.

ANTIGO EGITO

O Egito era originariamente constituído por dois países. Há cerca de


5OOO anos, por volta de 3000 a. C., esses países tornaram-se um só.
Nos 3000 anos seguintes, o Egito foi um dos países mais ricos e mais
poderosos do mundo.

O olho wedjat simbolizava o olho dos deuses Rã e Hórus. Segundo o


mito, o olho de Hórus foi arrancado, mas, como por milagre, voltou a
crescer. O olho wedjat era tido como um amuleto da sorte.

O VALE DO NILO

A maior parte do Egito era conhecida como Terra Vermelha. Era o


deserto quente e seco, e poucas pessoas o habitavam. Quase todos os
egípcios viviam na Terra Negra, no vale do rio Nilo, Sempre que o rio
transbordava, a terra ficava mais fértil e mais escura, razão pela
qual recebeu esta denominação.

PIRÂMIDES E FARAÓS

O Egito é famoso pelas suas pirâmides, que ainda se mantêm de pé nos


nossos dias. Eram os túmulos dos antigos governantes, às vezes
chamados faraós. As pessoas acreditavam na qualidade divina dos
faraós. Os últimos foram sepultados nas colinas rochosas ou em túmulos
subterrâneos num local chamado vale dos Reis.

A ESCRITA ANTIGA

Os antigos Egípcios cobriam os seus monumentos de hieróglifos, uma


linguagem escrita formada por letras e símbolos. Muitas vezes, estas
letras eram esculpidas na pedra, e ainda hoje podem ser vistas. Muitas
histórias eram escritas em papiro - uma espécie de papel feito de
juncos entrelaçados. Chegou até nós um número surpreendente de
papiros.
DECIFRAR O CóDIGO

Só na década de 2O do século passado é que os peritos conseguiram


decifrar os hieróglifos egípcios. Antes dessa altura, os historiadores
baseavam-se nos registros escritos de outras línguas, tal como o grego
antigo. Os antigos Gregos tinham registros muito precisos das crenças
dos antigos Egípcios.

As zonas habitadas pelos antigos Egípcios localizavam-se na Terra


Negra, nos vales férteis do rio Nilo. Este encontrava-se rodeado por
desertos a Terra Vermelha.

UMA LENDA MODERNA

Os mitos e as lendas deste livro são todas do Antigo Egito. Existe uma
outra lenda egípcia famosa, mas moderna - a maldição de Tutankámon. O
túmulo de Tutankamon, um jovem rei do Antigo Egito, foi descoberto no
vale dos Reis em 1922. A busca foi financiada por um homem chamado
Lord Carnarvon. Começou a correr o boato de que o túmulo estava
amaldiçoado. Segundo esta lenda moderna, todas as luzes se apagaram no
Cairo no momento em que Lord Carnarvon morreu e, em Inglaterra, o seu
cão morreu também.

DIVINDADES Do ANTIGO EGIPTO

os mitos e as lendas dos antigos Egípcios foram criados a partir de


muitos credos diferentes. Cada aldeia e cidade adoravam os seus
próprios deuses e deusas. A popularidade de alguns espalhou-se, e mais
tarde as histórias desses deuses fundiram-se para formar aquilo que
conhecemos como mitologia do Antigo Egito.

MUITOS DEUSES, A MESMA FUNÇÃO

Uma das conseqüências do fato de os antigos Egípcios adorarem muitos


deuses é que muitos destes tinham os mesmos deveres. Por exemplo,
havia muitos deuses do Sol. Cada deus era adorado por um grupo
diferente de pessoas e nenhuma dessas pessoas acreditava em todos os
deuses. Mais tarde, Rá tomou-se conhecido como deus do Sol e todos os
demais deuses do Sol foram considerados meras manifestações de Rá. os
diferentes deuses fundiram-se num Só.

Em MARCHA

o comércio deve ter desempenhado um papel importante na divulgação dos


mitos e das lendas. Dado que as pessoas das diferentes partes do Egito
viajavam pela Terra Negra a vender coisas, provavelmente partilhavam
as suas histórias e as suas crenças. As pessoas começaram a ouvir
falar de diferentes deuses, deusas, mitos e lendas e assimilaram-nos.

A CRIAÇÃO

Até uma coisa tão importante como a criação da Terra e do povo que a
habitava era contada em muitas versões diferentes. Uma das primeiras,
originária da cidade de Heliópolis, dizia que Áton era o criador. Mais
tarde, quando Rá se tornou o rei mais poderoso de todos os deuses
egípcios, ele próprio se tornou o criador e - nessa forma era
conhecido como Rá-Áton.

NOMES MAIS CONHECIDOS

No Antigo Egito eram adorados centenas de deuses e deusas. Segue-se


uma lista dos mais importantes.

RÁ O deus do Sol. Aparecia sob multas formas. Muitas vezes


representado corri cabeça de falcão. Tornou-se o deus mais importante.
Os deuses com que ele se fundiu viam acrescentada ao seu nome a
palavra Rã (por exemplo Rá-Áton e Ámon-Rá).

ÁTON (mais tarde RÁ-ÁTON) "O Tudo".

O deus criador. Pai de Sliu e Tefinit. SHU Pai de Nut, a deusa do céu.
Era seu dever mantê-la acima de Geb, a Terra, para que os dois nunca
se juntassem.

TEI`NUT Irmã e mulher de Sliu. Uma deusa da Lua. Mãe de Nut e


Geb.

NUT A deusa do céu, sustentada pelo pai, Sliu. Mulher de Geb. Mãe
de Osíris, Ísis, Seth e Néftis.

GEB A própria Terra. Todas as plantas e árvores cresciam nas suas


costas. Marido de Nut. Pai de Osíris, Ísis, Seth e Néftis.

Osíris Senhor dos mortos. Irmão e marido de Ísis. Pai de Hórus.


Representado multas vezes com um corpo mumificado, envolto em
ligaduras.

ÍSIS Deusa da fertilidade. Senhora da magia. Irmã e mulher de


Osíris. Mãe de Hórus. Tornou-se a mais poderosa de todas as deusas e
deuses.

SETH Deus do caos e da confusão. Filho mau de Geb e Nut. Lutou


contra Hórus para governar o Egito.

HóRUS Filho de Ísis e Osíris. Tinha cabeça de falcão e corpo de


humano. Lutou contra Seth para governar o Egito.

ANÚBIS Deus dos mortos, com cabeça de chacal. Assistente de


Osíris.

ÁMON (mais tarde ÁMON-RÁ) Rei dos deuses na mitologia


posterior, mais tarde considerado outra manifestação de Rá.

BASTET A deusa-mãe representada por vezes como uma gata. Filha de


Rã, irmã de Hátor e Seklimet.

HÁTOR Adorada como vaca. Por vezes, tomava a forma de uma leoa
enfurecida.
Filha de Rã, irmã de Bastet e Sekhmet.

SEKl-IMET Filha de Rá, com cabeça de leoa, irmã de Bastet e Hátor.