Dados de entrada Parâmetros de projeto Classificação funcional/técnica da via Velocidade diretriz (km/h) emáx - superelevação máxima a ser considerada

no projeto (%) N - Número de faixas de trânsito na pista Largura das faixas de trânsito (m) Caimento transversal padrão da via (%) R - raio de determinada curva adotada em projeto (m) Ângulo de deflexão da curva (Graus decimais) Posição do eixo em relação ao centro da pista (m) Veículo de Projeto - Design Vehicle Resultados - Planimétricos Parâmetros de projeto Rmín - raio mínimo a ser considerado no projeto para uma dada superelevação máxima de projeto(m) al.mín - afastamento horizontal mínimo do obstáculo, em relação ao bordo da faixa interna (m) al.des - afastamento horizontal desejável do obstáculo, em relação ao bordo da faixa interna (m) É necessário superelevação? eR - superelevação a adotar para a curva de raio R (%)

eR - adotado (%) SR - Superlargura a adotar É necessário espiral de transição? Lcmín - critério do conforto ao veículo - lateral shift 1,2m/s³ (m) Lcmín - critério do conforto (m) Lcmáx - maximum lateral shift 1,0m (m) Lcmáx - critério da máximo ângulo central da clotóide (m) Lmín - Desenvolvimento mínimo da curva circular (m) Lc - adotado (m) Transição de superelevação na tagente - Tangent Runout (m) Greide a evitar na zona de transição (%) - AASHTO - entre

AASHTO, 2004 Rural Arterials 100 km/h 8.00 % 2 Faixas 3.30 m 2.000 % 185.00 m 30.0000 º 0.00 m CITY-BUS AASHTO, 2004 393.70 m 21.20 m 21.20 m NÃO -3.40 %

DNIT, 1999 & Shu Han Lee, 2002 Classe II 100 km/h 8.00 % 2 Faixas 3.30 m 2.000 % 185.00 m 30.0000 º 0.00 m CO DNIT, 1999 & Shu Han Lee, 2002 374.95 m 14.87 m 26.32 m SIM -0.43 % 2.00 % 1.20 SIM 184.01 m 185.00 m 56.00 m 40.00 m 40.00 m

os

1.30 SIM 96.40 m 66.63 m 300.00 m

-0.67 %

0.67 %

altura dos olhos de um motorista de caminhão em relação à superfície do pavimento (m) Gabarito vertical de projeto (m) Resultados .altura dos fárois do veicúlo em relação à superfície do pavimento (m) Ângulo de divergência dos fárois em relação ao eixo longitudinal (º) htruck .Critério da distância de visibilidade em interseções (m) .Greide de saída da pista (%) h1 .com decisão final de parar na rodovia .Critério da distância de visibilidade em interseções (m) .Critério da distância de visibilidade de parada mínima (m) .Altimétricos Comprimento mínimo da parábola vertical Lmín .com decisão final de mudar velocidade.urban road Lmín .Critério da drenagem (m) Comprimento mínimo da parábola vertical para visibilidade em interseções Lmín .Tipo D (m) .Tipo A (m) .com decisão final de parar na rodovia .Greide de entrada da pista (%) 2 .com decisão final de mudar velocidade.Critério do mínimo valor absoluto (m) Lmín .com decisão final de mudar velocidade.Tipo E (m) .Critério da máxima aceleração centrífuga admissível (m) Lmín . trajetória e direção . trajetória e direção .Critério de distância de visibilidade de parada desejada em passagens inferiores e curvas côncavas AASHTO Comprimento máximo da parábola vertical Lmáx .altura dos olhos do motorista em relação a pista (m) h2 .rural road Lmín . trajetória e direção .rural road Lmín .Critério da distância de visibilidade em interseções (m) .DNIT Lmín .Critério da distância de visibilidade de parada desejada (m) Lmín .altura do obstáculo que deve ser visualizado na ultrapassagem (m) hf .Critério da distância de visibilidade em interseções (m) .suburban road Lmín .Critério da distância de visibilidade em interseções (m) .urban road .Tipo C (m) .Critério da distância de visibilidade de ultrapassagem (m) Lmín .altura do obstáculo que deve ser visualizado na parada (m) h3 .Critério da distância de visibilidade de parada corrigida pelo greide de entrada (m) Lmín .Dados de entrada Parâmetros de projeto Velocidade diretriz (km/h) 1 .Tipo B (m) .

00 m 52. 2002 Desconsiderar .15 m 1.48 m 374.72 m -19.00 % 1.00 % 1.00 % 1.37 m 0. 2004 Desconsiderar AASHTO.99 m 82.50 m DNIT.44 m -2.08 m 0.03 m -98.99 m -304.00 m Desconsiderar AASHTO.AASHTO. 2002 100 km/h 2.40 m 5.96 m Desconsiderar DNIT.50 m AASHTO.60 m 1. 2002 60.99 m 52.01 m 142. 1999 & Shu Han Lee. 1999 & Shu Han Lee. 2004 -257.60 m 1. 2004 60. 2004 100 km/h 2.60 m 1.20 m 476.10 m 0.00 % 1.00 º 2.01 m -27.08 m 0.40 m 5. 1999 & Shu Han Lee.01 m DNIT.00 º 2.00 m Desconsiderar -287.

1999 Velocidade diretriz (km/h) Raio da curva circular (m) Largura da faixa (m) Número de faixas de trânsito Caimento transversal padrão da via (%) Ângulo de deflexão da curva (Graus decimais) Posição do eixo em relação ao centro da pista (m) eR .CÁLCULO DO COMPRIMENTO DA TRANSIÇÃO Cálculo do comprimento da transição .critério do comprimento mínimo absoluto (m) .DNIT.critério para curvas com pequenas deflexões (m) 56.critério da fluência ótica (m) Lcmín .0000 0.00 56.DER/SP.critério do tempo de percurso (m) 100.30 2.critério da extensão mínima com superelevação total (m) Lmín .00 185.critério da máxima rampa de superelevação (m) VALORES MÁXIMOS A CONSIDERAR Lcmáx . 1999 Lmín .critério do mínimo valor absoluto (m) Lcmín .01 15.00 Cálculo do comprimento do trecho circular .38 185.00 3.critério do conforto (m) Lcmín .00 220.00 Desconsiderar Desconsiderar .superelevação a adotar para a curva de raio R (%) VALORES MÍNIMOS A CONSIDERAR Lcmín .00 2. 2006 Lmín .critério da máximo ângulo central da clotóide (m) Lcmáx .00 Desconsiderar 184.00 2.00 30.DNIT.

98 29.00 30.lateral shift 1.67 <= 0.critério do conforto ao usuário (m) Lcmín .00 Greide a manter nas curvas de transição .superelevation runoff (m) Lcmín .critério do conforto ao veículo .critério do comprimento mínimo absoluto (m) 300.34 >= -0.0000 2.valores recomendados (m) VALORES MÁXIMOS A CONSIDERAR Lcmáx .67 >= . 2004 Velocidade diretriz (km/h) Raio da curva circular (m) Largura da faixa (m) Número de faixas de trânsito Caimento transversal padrão da via (%) Ângulo de deflexão da curva (Graus decimais) Posição do eixo em relação ao centro da pista (m) eR .AASHTO.2m/s³ (m) Lcmín . 2004 Lmín .00 185.00 2.superelevação a adotar para a curva de raio R (%) VALORES MÍNIMOS A CONSIDERAR Lcmín .0m (m) 100. 2004 Greide a manter na zona de transição 1 (%) Greide a manter na zona de transição 2 (%) Greide a manter na zona de transição 3 (%) Greide a manter na zona de transição 4 (%) -0.30 2.maximum lateral shift 1.80 96.34 <= 0.00 0.AASHTO.63 Cálculo do comprimento do trecho circular .00 66.MPRIMENTO DA TRANSIÇÃO Cálculo do comprimento da transição .AASHTO.critério da máxima rampa de superelevação .00 14.40 56.00 3.

70 dada superelevação máxima de projeto(m) 711.METHOD 5 .Exhibit 3-18 0.40 SUPERELEVATION DISTRUBITION METHODS .superelevação a adotar para a curva de raio R (%) 787.SUPERELEVATION DISTRUBITION METHODS . URBAN FREEWAYS. HIGH-SPEED URBAN STREET (AASHTO. PG148) Raio que dispensa o uso de superelevação em vias urbanas de baixa velocidade .METHOD 2 .85 S1 78.01785 MO 0. 2004.12 Rpi .03073 hpi 21.até 70 km/h eR .001134 L2 0.radius at the Point of Intersection .40 30.raio mínimo a ser considerado no projeto para uma 393.74 S2 0.56 . 2004.001406 L1 0. PG153) Rmín .LOW SPEED URBAN STREETS (AASHTO.superelevação a adotar para a curva de raio R (%) -3.459666578 f1 or f2 eR .RURAL HIGHWAYS.

front overhang of inner lane vehicle (m) Ee .Gabarito devido à trajetória em curva ou .u .00 CO 1.front overhang of inner lane vehicle (m) Ee .Folga dinâmica ou .Gabarito devido à trajetória em curva ou .Z .L wheelbase (m) Lv .largura do veículo ou .Gabarito lateral ou .balanço dianteiro ou .u .track width on tangent .width on tangent (m) Superlargura calculada (m) Superlargura recomendada (m) Cálculo de Superlargura .Largura total da pista em tangente ou Wn .00 3.08 1.00 185.Largura total da pista em curva ou Wc .Largura total da pista em curva ou Wc width on curve (m) Ln .60 2.L wheelbase (m) Lv .lateral clearance (m) Fd .distância entre-eixos ou .CÁLCULO DA SUPERLARGURA PARA OS VEÍCULOS DE PROJETO UTILIZADOS Cálculo de Superlargura .out-to-out of tires (m) Gc .Largura total da pista em tangente ou Wn .04 0.largura do veículo ou .20 .DNIT.width on curve (m) Ln .balanço dianteiro ou .A .U .Gabarito devido ao balanço dianteiro ou .60 1.Gabarito lateral ou .Fa .C .20 6.distância entre-eixos ou .width of the front overhang (m) Gl .track width on curve (m) Gd .10 2.68 6.A . 2 Velocidade diretriz (km/h) Raio da curva circular (m) Largura da faixa (m) Número de faixas de trânsito Tipo de veículo Bd .U .extra width allowance (m) Lt . 1999 Velocidade diretriz (km/h) Raio da curva circular (m) Largura da faixa (m) Número de faixas de trânsito Tipo de veículo Bd .extra width allowance (m) Lt .track width on tangent .Gabarito devido ao balanço dianteiro ou .75 0.74 7.width on tangent (m) Superlargura calculada (m) Superlargura recomendada (m) 100.C .30 2.AASHTO.Folga dinâmica ou .Fa .out-to-out of tires (m) Gc .Z .lateral clearance (m) Fd .70 0.track width on curve (m) Gd .width of the front overhang (m) Gl .

AASHTO.60 2.00 185.25 1.60 2.S .30 .10 7.76 0.85 6.00 3. 2004 100.75 0.74 7.30 2.60 1.00 CITY-BUS 2.10 0.

2004) Local Rural Roads Local Urban Streets Rural Collectors Urban Collectors Rural Arterials Urban Arterials Rural Freeway Urban Freeway Classificação Técnica das Vias (DNIT. 2002) .RELAÇÃO -VELOCIDADE DIRETRIZ E VELOCIDADE OPERACIONAL Velocidade média de percurso (AASHTO.km/h) 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120 CLASSIFICAÇÃO DAS VIAS Classificação Funcional das Vias (AASHTO.Exhibit 3-14 Média de Velocidade Diretriz Percurso (V . 2004) . 1999) Classe 0 Classe IA Classe IB Classe II Classe III Classe IVA Classe IVB .km/h) 30 38 46 54 62 70 78 86 92 98 Velocidade Diretriz (V .Tabela 7.1 Média de Percurso (Vm .km/h) (Vr km/h) 15 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120 130 15 20 30 40 47 55 63 70 77 85 91 98 102 Velocidade média de percurso (Shu Han Lee.

39 0.com decisão final de mudar velocidade.rural road Tipo D (m) .km/h) Tipo A (m) .Exhib Diretriz (V .36 0.40 0. trajetória e direção .km/h) 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120 Média de Percurso Para V Para Vm (Vm .31 0.33 0.29 Mínima Desejável (para (para V) Vm) 30 29 41 44 55 61 71 82 89 107 111 134 134 162 157 197 175 235 198 279 Distâncias de visibilidade de parada .31 0. trajetória e direção suburban road Tipo E (m) .00 0.30 0.35 0.urban road 50 70 60 95 70 115 80 140 90 170 100 200 155 195 235 280 325 370 145 170 200 230 270 315 170 205 235 270 315 355 195 235 275 315 360 400 Distâncias de visibilidade para tomada de decisão (Shu Han Lee.km/h) 40 50 60 70 80 90 . 2004) .38 0.30 0.33 0.com decisão final de mudar velocidade.40 0. 2002) .Tabela 7.30 0. 2002) Tabela 7. 2004) .2 Diretriz (V .34 0.Exhibit 3-3 Diretriz (V .02 Diretriz (V .com decisão final de parar na rodovia urban road Tipo C (m) .30 0.1 Velocidades Coeficientes de Atrito Longitudinal Distâncias de Visibilidade de Parada p/ i (m/m)= Desejável (para V) 30 45 63 85 111 140 169 205 246 293 0.Valores não arredondados considerando inclinação do greide (Shu Han Lee. trajetória e direção .DISTÂNCIAS DE VISIBILIDADE DE PARADA Distâncias de visibilidade de parada .28 0.com decisão final de parar na rodovia rural road Tipo B (m) .valores de projeto (AASHTO.km/h) 30 38 46 54 62 70 78 86 92 98 0.27 0.30 0.com decisão final de mudar velocidade.km/h) 20 30 40 50 60 70 d (m) d (m) .com greide 20 18 35 31 50 45 65 62 85 80 105 101 DISTÂNCIAS DE VISIBILIDADE PARA TOMADA DE DECISÃO Distâncias de visibilidade para tomada de decisão (AASHTO.29 0.

Tipo A (m) . trajetória e direção . 2004) .somente para pistas com fluxos opostos (DNER.km/h) AASHTO (2004) DNIT (1999) 30 200 180 40 270 270 50 345 350 60 410 420 70 485 490 80 540 560 . 1999 & AASHTO.rural road 50 70 95 125 155 185 115 145 175 200 230 275 DISTÂNCIAS DE VISIBILIDADE DE ULTRAPASSAGEM Distâncias de visibilidade de ultrapassagem .Tabela Diretriz (V .com decisão final de mudar velocidade.com decisão final de parar na rodovia Tipo C (m) .

Han Lee.2 100 110 120 . 2002) - 0.02 Mínima (para Vm) 29 40 54 70 86 107 129 151 168 190 AASHTO. 2004) .Exhibit 3-1 80 90 100 110 120 130 130 124 160 150 185 177 220 206 250 238 285 272 hibit 3-3 110 235 120 265 130 305 420 470 525 330 360 390 380 415 450 430 470 510 Tabela 7.

2004) .4 & Exhibit 3-7 90 615 620 100 670 680 110 730 730 120 775 800 130 815 - .Tabela 7.225 265 305 315 335 375 ASHTO.

00 20.Exhibit 3-42 Radius (m) Minimum length (m) Desirable length (m) 30.00 50 80 1.00 >= 150 45.00 35. 2002) .00 60 125 0.80 57.00 15.00 100.00 60.00 25.Tabela 6. 2004) .90 25.09 45.00 60.00 12.Exhibit 3-30 30.00 120.Tabela 6.00 40. 2004) .00 40 50 1.00 30.00 80.00 1/133 1/143 1/154 1/167 1/182 1/200 1/213 VALORES RECOMENDADOS DE COMPRIMENTO DE TRANSIÇÃO PARA VIAS V (km/h) rmáx 20.00 45.00 55.90 41.00 60.26 20.35 60.00 50.Exhibit 20 30 40 50 60 70 80 90 11 17 22 28 33 39 44 50 VALORES RECOMENDADOS DE COMPRIMENTO DE TRANSIÇÃO PARA INTERSEÇÕES Minimum length of spirals for intersection curves (AASHTO.00 20.00 30.00 .1 V (km/h) R (m) 20 24 30 170 40 300 50 500 60 700 70 950 80 1200 90 1550 V (km/h) R (m) Raios máximos de curvas horizontais para utilização de curva de transição (AASHTO.00 75.00 70 160 0.RAIOS DE CURVAS HORIZONTAIS QUE DISPENSAM TRANSIÇÃO Raios de curvas horizontais que dispensam curva de transição (Shu Han Lee. 2004) . 2004) .Exhibit 3-41 V (km/h) Minimum radius Assumed C (m/s³) Lc mín calculated (m) Lc mín suggested (m) 30 25 1.00 20.00 33. com relação de raios 2:1 (AASHTO.20 19.00 1/125 V (km/h) Lc (m) Raios máximos de curvas horizontais para utilização de curva de transição (AASHTO.2 40 50 60 70 80 90 100 110 1/137 1/154 1/169 1/185 1/200 1/213 1/233 1/233 Rampas de superelevação admissíveis: caso básico (AASHTO.00 50.00 35.Exhibit 20 30 40 50 60 70 80 90 24 54 95 148 213 290 379 480 RAMPAS MÁXIMAS DE SUPERELEVAÇÃO V (km/h) rmáx Rampas de superelevação admissíveis: caso básico (Shu Han Lee. 2002) .00 70.10 24.00 VALORES RECOMENDADOS DE COMPRIMENTO DE TRANSIÇÃO COM CURVAS CIRCULARES COM Comprimento mínimo dos arcos circulares em curvas compostas.44 35.00 90. 2004) .

2004) .00 1/263 130.Exhibit 3-30 100.Exhibit 3-36 100 110 56 61 120 67 130 72 RA INTERSEÇÕES S CIRCULARES COMPOSTAS .00 1/227 130 1/233 110.NSIÇÃO e.00 1/244 120.1 100 1900 110 2300 120 2800 130 3250 HTO.2 120 1/233 . 2002) . 2004) .00 1/286 O PARA VIAS HTO.Tabela 6.Exhibit 3-36 100 110 592 716 120 852 130 1000 6.

18 0.40 20 0.15 80 0. 2001) .13 Vr . 2004) emáx (%) 4 6 8 10 12 FATORES MÁXIMOS DE ATRITO TRANSVERSAL A CONSIDERAR PARA RAIO MÍNIMO Valores máximos admissíveis do coeficiente f .-2% caimento normal (AASHTO.14 0.17 70 0.14 0.12 Valores máximos admissíveis do coeficiente f .Tabela 5.Valores de Superelevação Máxima a adotar no projeto (Shu Han Lee.AutoCAD CIVIL3D 2009 V (km/h) R (m) 20 175 30 400 40 700 50 1000 60 1300 70 2000 80 2500 90 3000 .4% caimento normal (AASHTO.17 0.28 40 0.23 50 0.-2% e emáx .35 30 0.velocidade média 30 40 47 55 63 70 77 85 operacional (km/h) fmáxR 0.13 0.1 e Tabela 5.4 V .Exhibit 3-15 and Exhibit 3-12 V (km/h) fmáx 15 0.15 0.14 0.Exhibit 3-16 V (km/h) R (m) 30 27 40 60 50 116 60 189 70 297 Raios de curvas horizontais que dispensam superelevação . 2002) . 2004) . 2002 & AASHTO.17 0.19 60 0.Arterials and Freeways . 2002) .20 0.Tabela 5.Low Speed urban roads and highways and Ru Urban Streets .atrito transversal (AASHTO.Design for Low Speed Urban Streets .velocidade diretriz 30 40 50 60 70 80 90 100 (km/h) fmáx 0.15 0.2 30 40 50 60 70 80 90 100 450 800 1250 1800 2450 3200 4050 5000 V (km/h) R (m) Raios de curvas horizontais que dispensam superelevação .14 RAIOS DE CURVAS HORIZONTAIS QUE DISPENSAM SUPERELEVAÇÃO Raios de curvas horizontais que dispensam superelevação (Shu Han Lee.16 0. 2004) .14 0.16 0.15 0.atrito transversal (Shu Han Lee.

NIMO 5.1 e Tabela 5.09 130 0.11 120 0.2 110 5000 120 5000 130 5000 01) .Arterials and >= 100 5000 .09 d highways and Rural Highways.12 91 0.11 120 0.Tabela 5.12 110 0.08 .13 100 0.4 110 0.11 98 0. Urban Freeways and High Speed 90 0.

90 10.VEÍCULOS DE PROJETO UTILIZADOS NA CÁL DNIT.60 CO 1.balanço dianteiro ou .distância entre-eixos ou L .60 2.60 SR 0.out-toout of tires (m) O 2.90 3.10 .10 2.40 2.largura do veículo ou .10 7.63 2.u track width on tangent .60 VP 0.wheelbase (m) Lv .20 6.A front overhang of inner lane vehicle (m) Ee . 1999 Bd .

distância entre-eixos ou 7.47 2.60 SU 1.VEÍCULOS DE PROJETO UTILIZADOS NA CÁLCULO DA SUPERLARGURA AASHTO.balanço dianteiro ou .wheelbase (m) Lv .A 2.90 11.70 2.60 A-BUS 2.45 WB-12 0.60 L .49 2.out-toout of tires (m) BUS-14 1.10 front overhang of inner lane vehicle (m) Ee .u 2.70 2. 2004 CITY-BUS Bd .90 8.80 8.60 .65 2.60 WB-19 1.45 WB-15 0.60 9.10 2.largura do veículo ou .20 6.20 13.60 track width on tangent .

90 3.10 .40 2.20 6.20 14.WB-20 1.10 2.60 MH 1.45 P 0.53 2.

                                   .

.75.8 :7-./:8..$&!#'% $%#&% % $ %  #&# $ &##$  $!&#$%#% $%   ! #2J3 7.990!43941390780..4#                   $&!#'% $%#&% % $ %    $!&#$%#%$ $%   ! #.943 -9  5 $ $    1471 0# 8:50700..42E2.438/07.:7. :2.3./.8:50700.807./.04..402.4./49.7./07../0 .8/0-..4:84/08:50700.../0574094 2 #5 7./..46:0/85038.7.9F 2./4345740945.42J324.

 0# 8:50700.7./49..4.:7.4#      ....75./07..

 & $&!##&#!# $' & $!# % &% $ .

hn ½ f–f -@  '04./0/7097 2./.

0J.1.390744: ./.0.3 2  .949.07.4/.907..4-./...3./32.:./.03970 0484:   00-. 2 $:507.7:7.7:7.7.3.7:7./4....02 .02.:7.589./.09O7.589. .7:7.794/0.4.-..7...949. . /9419017439 4.4203/.907.0 2 0 /893.3413307.30.:. /943..7:7.794/0.:7.8/0973894 %54/0.:7. /9.4:  ..80 2 .7 2 ..34 /. 2 2074/01. #.-.4:  097. /9439. 2 .3039 2 $:507.. .02 9.3039 4:9 94 4:9419708 2 ..-.34/.303904:3 /9439.0J.0 2 / 4.0 2 3 .0 2 / .../4. 4:./.0 2 9 .70.:7.:4 / -.:7.07.7:7.390744:  17439 4.4: & 97.:44: : 97./943.0.794./497.

hn ½ f–f @  '04./0/7097 2./.

0. 2         .589.07. .7:7./..8/0973894 %54/0.0 2 / .7:7.-./4.3039 2 $:507./4..34/./9 . 2 $:507.-.. /943.4:  ..:7.-./.. #.4-.:4 / -.:7..7:7.../9 439..:.1.03970 0484:   00-. 4: & 97.303904: 3 /9439.3.0 2 9 .3.7:7.7./.949.0J.07. 2 2074/01.3039 4:9 94 4:9419708 2 ..907./32..09O7.4/.4.:7.70.7.:7.0 2 0 /893.:44: : 97.4:  097.4203/.. .. /94190174394.0J.0 2 3 .907.:.80 2 . .4:.:7.0 2 / 4.589.30.390744:  17439 4.02.7:7.02.3413307.794/0.34/.794/0.794..949./943..029./497.7 2 ../.7:7.0./.3 2  .39074 4: .

                               .

@ D                       .

:784 $:./0 !07./02F/./.:784 '2 2.#@  ' #%#'  !#  '04.300    %.  F/./0507.-0.

/0507./0 !07./02F/.           '04.:784 '7  2.:784 $%    -9  F/./.

/. &7-.8 &7-.881./8 4.9478 #:7.8'.4:3.8 #:7.3$970098 #:7.#4.               $$@ ... '04.&7-.43.700./0 7097 ' 2..40.7907.#:7.3700.340.37907.8 $%   4./.9478 &7-.

/0 7097 ' 2./.              '04.

8'.881.880 ./.3.880 .           $'$ .880 .880' .4%F.880 ..880 ..880' .8 %  .

$% $'$!# ¾i°nf¾ ¾  f  ½ff f If ¾°jf ° f ¾n°¾ f° °n°fsj –  %f° %  @f f  '04./0/0 439:/3./. !..7./08 401.5.8/0 9794 '8-/./.03908/0 893.

 2.

2   7097 ' 2.

7.7.' !.           F/.7.:784 !.'2 080E./0!07.0 5.' '2 2.

 5. 080E.7.' 5.'2 '2                                 ¾i°nf¾ ¾  f  ½ff f f ¾ ½© %@ %    7097 ' 2.7.                                          J32.0 J32.7. 5.

            %¯% %¯% n¯–                        $% $'$!#% $ ¾i°nf¾ ¾  f ½ff¯f f  n¾j%@ %    7097 ' 2.

 74.374.04..  7:7.74/4.42/0./ %54 2  .84 13.84 13.84 13.42/0.7.7.0/704  8:-:7-.3 74.42/0.73./.42/0.84 13.74/4./05./0  97.42/0.73./ %54 2  .09O7. %54 2  .0/704 7:7.374./02:/.04.09O7.84 13./                                                         ¾i°nf¾ ¾  f ½ff¯f f  n¾j%f° % @f f  7097 ' 2..04.  :7-./02:/.74./0  97./ %54 2  ./.7.09O7.0/704 :7-./0  97././02:/.7./ %54 2  .7./05.

/                             $% $'$&%#!$$ ¾i°nf¾ ¾  f  f½f¾¾f– ¯ ¾¯ ° ½ff½¾f¾n¯€¾½¾¾%-  @ % @f f     7097 ' 2./05./0  97.84 13.74/4. %54 2  ./02:/.42/0.42/0./. %54 2  .7..7.0/704 7:7.73.84 13. 74.09O7.04.

 $%    %                                  .

   .

# $&#'$ # %$"&$!$%#$@ f¾ nf¾°f¾  ¾½ °¾f¯nf f°¾sj%f° % @f f  ' 2.

°¯¯ °–€¾½f¾€° ¾ n°n ¾%@ %    I%¯$% . # 2                         I%¯$% %¯% f¾¯h¯¾ nf¾°f¾½fffsj nf f°¾sj%@ %                        #!$ $$&!#'@     I%¯$% ¯h f¯½f¾ ¾½   fsjf ¯¾¾ ¾ nf¾ h¾n%f° % @f f          $ $ $ $ $ $ $ $  $  $ I%¯$% ¯h   $ f¯½f¾ ¾½   fsjf ¯¾¾ ¾ nf¾ h¾n%@ %                    $ $ $ $ $ $ $ $ ' #$#  $ !#% %#$@ !#'$   $   $   $ I%¯$% n%¯% f¾¯h¯¾ nf¾°f¾½fffsj nf f°¾sj%@ %                        ' #$#  $ !#% %#$@ !#%#$@ $     .°¯¯f ¾ ¾¾¯ .

%¯$¾% n¯°nfnf %¯% n¯°¾–– ¾ %¯%                                          &#'$#&#$ ! $%$ ' #$#  $ !#% %#$@ .

¯½¯ °¯°¯ ¾fn¾nnf ¾ ¯nf¾n¯½¾f¾ n¯ fsj f¾ %@  %    f ¾%¯% .°¯¯ °–%¯%  ¾f   °–%¯%                                          .

-0../288J.-0. 0%.. $:.734574094 $:.4708/0$:50700.4E2.300    $%   02E       % #$  $%#% %#$'#$ $##!##   '.08/4.04.03901 .078./49.'./.401.300    %..47082E248.  ' .979497.38./0/7097          2.

 2. 12E          '7 ./02F/.43./.04..          4507.

8.3700.3/.03901 .374.979497.8 &7-.47082E248..3$970098 -9 .078./288J. $%    4$500/:7-.3/-9  ' 2.8 $500/&7-.08/4.401./8. 12E#              '.38.3/#:7.

.                     ' 2.:7.48/0.847439.4 $:..28:50700. 12E                         # $&#'$ # %$"&$!$$&!#'@ #.86:0/85038.-0.300    %.

 # 2     f¾ nf¾°f¾  ¾½ °¾f¯¾½   fsj   nf¯ °°¯f %@ %  ¾–°€½ D f° ¾    I%¯$% %¯%           f¾ nf¾°f¾  ¾½ °¾f¯¾½   fsj     ¯h  nf¯ °°¯f%@ %  f¾f°   f¾ .

.

I I%¯$% %¯%                   .

  .

.80 2 .3039 4:9 94 4:9419708 2              $#      '!      $%   % &$ &$  / -.80 2 .7:7.0 2 0 /893. . .03970 0484:      00-.34/.:44: :     97..34/.' & $!# % &% $ & $&!##&# %  / -.0../4.0J.07.0 2 0 /893.30.30./9439.3039 4:9 94 4:9419708 2  &$       $&       ..0.03970 0484:  00-.7:7.0J./4.390744:      174394./9439.390744:  174394..:44: : 97.3413307 .3413307 ..07.

                                     !      .