ANATOMIA DO PERIODONTO Introdução O conhecimento da arquitetura e da biologia do tecido normal é um prérequisito para a compreensão do tecido doente.

Divergências distintivas das características normais são considerações necessárias ao diagnóstico, e o conhecimento do estado normal é essencial para a definição das metas de tratamento. O periodonto é uma estrutura dinâmica composta por tecidos que apoiam e envolvem o dente. Esses tecidos incluem a gengiva, o lig periodontal, o cemento e o osso alveolar. Os suprimentos vasculares e nervosos também são vitais ao funcionamento normal dos tecidos periodontais. A estrutura e a função dos tecidos componentes do periodonto são mutuamente dependentes, seus processos biológicos dinâmicos de renovação e adaptação mantêm uma relação harmoniosa sob condições normais. Gengiva Anatomia macroscópica:

A mucosa oral é contínua com a pele dos lábios e com a mucosa do palato mole e faringe. A mucosa oral compreende: 1) a mucosa mastigatória (gengiva e o revestimento do palato duro); 2) a mucosa especializada (dorso da língua) e 3) a mucosa de revestimento (a parte restante). A gengiva recobre o processo alveolar e é o únicos dos tec periodontais é diretamente visível à inspeção. Quando saudável tem coloração rosa-pálida, mas vairações são comuns dependendo da densidade e queratinização epitelial, vascularização e pigmentação. Acúmulos de pigmentação de melanina são normais, mais frequentemente observados nos africanos e caucasianos com aparência de pele escura. A pigmentação pode variar desde o marrom claro ao preto, sendo regular o irregularmente depositada. A borda coronal festonada é a margem gengival livre e situa-se levemente coronal à junção cemento-esmalte. A gengiva inserida estende-se apicalmente da gengiva livre até a linha ou junção mucogengival, onde a gengiva funde-se com a mucosa alveolar. Esta demarcação é bem visível nos aspectos vestibulares do maxilares e também pode ocorrer ligualmente. Entretanto, não há nenhuma demarcação no palato, porque a mucosa palatina, como a gengiva, é queratinizada e firmemente inserida no periósteo subjacente contínuo à gengiva inserida. A gengiva livre se estende da margem gengival em direção apical até o sulco gengival livre, que é uma ranhura situada de acordo com a maioria das fibras do ligamento periodontal inseridas ao nível da junção cemento-esmalte. A gengiva livre também inclui a papila interdental. A largura apicocoronal da gengiva inserida mostra variações, sendo mais larga nas regiões de incisivo e caninos ao passo que é mais estreita nas regiões de pré-molares e molares. Na mandíbula, é mais larga na região de molar e mais estreita nas áreas de incisivos. A textura saudável é firme e sua superfície é

A papila intedental mostra uma concavidade. a sup do epitélio mostra depressões diminutas. É dividido em epitélio do sulco e epitélio juncional. chamada área de col. A diferença na cor resulta de diferenças no padrão de queratinização e proximidade à superfície dos vasos sanguíneos subjacente. está frouxamente conectada aos tecidos subjacentes e é deslocavel. As partes do tec conjuntivo que se projetam no epitélio são chamadas papilas do tec conjuntivo e são separadas entre si pelas cristas epiteliais. sendo mais proeminente nos dentes posteriores e revestida por um epitélio delgado não queratinizado. Além das céls produtoras de ceratina. presente em variados graus nas superfícies vestibulares. Esse aspecto morfológico é caract do epitélio oral e do epitélio do sulco. Epitélio dentogengival: Os componentes do epitélio dentogengival atingem suas caract estruturais definitivas em associação com a erupção dos dentes. e a altura da papila encontra-se apical à área de contato dos dentes adjacentes. enqto no epitélio juncional não estão presentes. O epitélio oral é pavimentoso estratificado cerainizado divido em 4 camadas de acordo com o grau de diferenciação das céls produtoras de ceratina: camada basal. Epitélio oral: O epitélio que cobre a gengiva livre pode ser dividido da seguinte maneira: epitélio oral. Quando o núcleo das céls estão ausentes chama-se ortoceratinizado e quando estão presentes chama-se paraceratinizado. a papila mostra-se de forma piramidal. a papila interdental preenche os espaços interproximais. correspondentes aos locais de fusão entre as cristas epiteliais da subsuperfície do epitélio. sulcular e juncional. . espinhosa. Na gengiva inserida. Em indivíduos jovens. que podem ser visíveis. cél de Langerhans e céls inespecíficas. o epitélio oral tem os seguintes tipos de céls: melanócitos. O juncional difere do oral e do sulco. granulosa e ceratinizada. Nos anteriores. não é queratinizada. que promove a união da gengiva com o dente. epitélio do sulco. Anatomia microscópica: EPITÉLIO: A gengiva é coberta por epitélio escamoso estratificado ocm caract arquitetônicas específicas para as áreas relacionadas ao dente.pontilhada semelhante a uma casca de laranja. Tem cor vermelha mas escura do que a gengiva e superfície lisa. em contraste com a gengiva. Isso confere a gengiva inserida sua caract pontilhada com aspecto de casca de laranja. O limite entre o epitélio oral e o tec conjuntivo subjacente segue um curso ondulado. que fica voltado para o dente sem estar aderido a superfície do dente e epitélio juncional. que fica voltado para a cavidade oral. determinada pela área de contato dos dentes vizinhos. qnto esses 2 são muito semelhantes. A mucosa alveolar. Baseado nestas caract o epitélio pode ser dividido em: epitélio oral.

Transeptais. no processo alveolar. O ligamento periodontal e o cemento radicular desenvolvem-se a partirdo tec conjuntivo (folículo) qu envolve o germe dentário e se forma concomitantemente com o desenvolvimento da raiz e a erupção do dente. . mastócitos. através do osso alveolar propriamente dito. largura e qualidade do lig periodontal. O lig periodontal também é essencial para a mobilidade dos dentes.25 mm. A mobilidade é em grande parte determinada pela altura. . sendo mais larga em dentes com função pesada ao contrário dos dentes não erupcionados ou sem antagonista. Forma a parede externa do sulco gengival. que normalmente é de 0. ricamente vascularizado e celular que circunda as raízes dos dentes e une o cemento radicular à lâmina dura ou ao osso radicular prop dito.fibras apicais.fibras horizontais. Estão presentes os diferentes tipos de cél: fibroblastos (predominante). O espaço do ligamento periodontal. O epitélio juncional é parte da inserção entre dente e gengiva e por isso desempenha um papel importante. e são divididas de acordo com com sua trajetória e inserção: Circulares.O epitélio sulcuar estende-se do epitélio oral para dentro do sulco. O ligamento é mais largo perto da junção cemento-esmalte e próximo ao ápice ao passo que é mais estreito no meio da raiz (forma de ampulheta).fibras oblíquas. reticulares. macrófagos. . Apicalmente. a borda do epitélio sulcula é a sup do juncional. . Ele é mais delgado e tem uma imterface plana com o tec conjuntivo.fibras da crista alveolar. ladeando o dente. Ligamento periodontal O ligamento periodontal é um tecido frouxo.1 a 0. linfócitos e plasmócitos. O dente é unido ao osso por feixes de fibras que podem ser divididas nos seguintes grupos: . neutrófilos. é visível na radiografia como uma linha radiolúcida que circunda a raiz. Dentoperiósteas. Essa largura depende da idade e da funcionalidade do dente. CONJUNTIVO: É o componente predominante da gengiva e do ligamento periodontal. e se comunica através de canais vasculares (canais de Volkmann) com o osso alveolar. Dentogengivais. As fibras colágenas estão bem definidas em grupos. As fibras são produzidas pelos fibroblastos e são divididas em: colágenas. estando situado no estreito espaço entre esses dois. A presença do lig periodontal torna possível a distribuição e absorção de forças produzidas durante a função mastigatória. É mais espesso coronalmente. oxitalânicas e elásticas.

se desenvolvendo de acordo com a formação e erupção dental. São uma continuação das fibras principais colágenas e formam o sistema extrínseco de fibras do cemento e são produzidas pelos fibroblastos do lig periodontal.4 mm de espessura de lâmina de osso compacto (osso alveolar). reveste o alvéolo e é perfurado por numerosos canais de Volkmann. Existem dois tipos: . Todavia. Osso Alveolar Os processos alveolares são as partes da maxila e mandíbula que formas e dão suporte aos alvéolos dos dentes e são dependentes da existência desses. que na radiografia aparece como lâmina dura. As margem coronal dos processos alveolares mostra uma configuração ondulada que corresponde ao curso das junções cemento-esmalte dos dentes.cemento primário (acelular): formado em associação com a formação da raiz e a erupção dos dentes. estando situada de 1 a 1. o osso cortical é delgado e as vezes ausente na parte vestibular das raízes. não tem inervação. como revestimento da estrutura de osso trabecular. linfáticos e fibras nervosas passam do osso alveolar para o ligamento periodontal. e dentro da estrutura trabecular os alvéolos estão situados com suas paredes de 0. O cemento desempenha várias funções: insere fibras do lig periodontal à raiz e contribui para o processo de reparo após danos à superfície radicular. A morfologia dos processos alveolares é intimamente dependente dos dentes. aumentado sua espessura. o cemento não contém vasos sanguíneos e linfáticos. O osso alveolar renova-se constantemente em resposta as .cemento secundário (celular): se forma após a erupção do dente e em resposta a demandas funcionais Áreas da superfície radicular podem ser alternadas com cemento celular e acelular. canino e pré-molar.Cemento O cemento radicular é um tecido calcificado especializado que recobre as superfícies radiculares dos dentes. As porções das fibras principais que estão embutidas no cemento radicular e no osso alveolar são chamadas de fibras de sharpey. não sofre remodelação e reabsorção fisiológicas. é mais espesso na superfície vestibular do que na lingual. através do qual vasos sanguíneos. Possui características comuns ao tecido ósseo. As paredes alveolares ancoram as fibras do ligamento periodontal e são perfuradas com numerosos pequenos canais que permitem que vasos e nervos entrem no espaço do lig periodontal. . Consiste no aparelho de inserção dos dentes e a função principal é distribuir e absorver as forças geradas na mastigação e outros contatos. e estando sujeitos a atrofia se os dentes forem perdidos. que é visto na radiografia como lâmina dura. O osso compacto. o osso cortical vestibular com frequência torna-se delgado ao passo que o osso cortical lingual torna-se volumoso. Nos molares. A densidade do osso cortical compacto nos processos alveolares varia. Nas regiões de incisivo.5 mm destas. Os processos alveolares são cobertos por osso compacto.1 a 0. Esse osso é recoberto por um periósteo. A inclinação está frequentemente associada a fenestrações e deiscências da lâmina de osso cortical. porém se caracteriza pela deposição contínua ao longo da vida. Nos casos de inclinação vestibular.

que formas uma densa cadeia de anastomose no ligamento periodontal. o septo intedental é estreito ou mesmo inexistente. A artéria dental é uma ramificação das artérias alveolar superior ou inferior e libera as artérias intraseptais. Além disso. A forma os alvéolos segue as raízes dos dentes. Por conseguinte. em lugar de únicas art. Os septos interdentais são as partes de osso que separam os aléolos adjacentes. que são muito importantes para regulação de forças da mastigação.erias que suprem apenas certas regiões. É importante ressaltar que existem numerosas anastomoses entre as artérias mencionadas. com exceção do seguinte: 1) gengiva palatina (drenada pelos linfonodos cervicais profundos). A progressão da doença periodontal em tais áreas pode dar lugar à rápida destruição das estruturas de suporte dental. A osteólise é decomposição do osso e é um processo celular iniciado pelos osteoclastos. Na mandíbula é provida principalmente pela artéria alveolar inferior e suas ramificações. o ligamento periodontal também abriga proprioceptores que registram posição e movimento. Quando dentes vizinhos estão em íntima aproximação. Os nervos registram pressão. ligamento periodontal e gengiva é provido pelas artérias alveolares superiores anteriores e posteriores. que se aderem a sup óssea produzindoo lacunas chamadas de lacunas de Howship. temperatura e dor (mecanoreceptores). O curso dos vasos venosos e linfáticos assemelham-se ao do suprimeito arterial. as partes coronais dos septos formam cristas e o osso trabecular é pequeno. Suprimento Nervoso Todas as ramificações nervosas que suprem o periodonto são ramificações do nervo trigêmeo. Os linfonodos submandibulares drenam os tecidos periodontais. A linfa dos tec periodontais atravessa linfonodos antes de retornar à corrente sanguínea.demandas funcionais. e na região posterior são largos e contêm mais osso trabecular. a artéria infra-orbital e a artéria palatina. 2) tec periodontais dos 3 molares (drenado pelos linfonodos lugulodigástrico) e ) tec periodontais dos incisivos inferiores (drenados pelos linfonodos submentonianos). toque. Os lig periodontais da mandíbula são todos supridos pelo nervo alveolar inferior. inclusive a artéria mentoniana e as artérias sublingual. os vasos sanguíneos forma uma extensa cadeia que supre os tecidos moles e duros. bucal e facial. e a forma dos septos interdentais seguem o alinhamento das junções cemento-esmalte adjacentes. enquanto que os da maxila são supridos pelas ramificações dos nervos . e os nervos dos tec periodontais seguem um curso que se assemelha ao dos vasos sanguíneos. Suprimento Vascular do Periodonto O suprimento aterial mais importante para o osso alveolar. Na região anterior. Essa cadeia assegura um suprimento sanguíneo suficiente mesmo quando alguns vasos são bloqueados ou cortados cirurgicamente. que novamente se ramificam penetrando no osso e entrando no alvéolo. Estas ramificações são os ramos perfurantes.

A gengiva mandibular vestibular é suprida pelos nervos mentoniano e bucal ao passo que a gengiva lingual da mandíbula é suprida pelo nervo lingual. médio e posterior. A gengiva maxilar além dos citados é inervada pelo infra-orbital. palatino maior e nasopalatino. .alveolares superior anterior.

U[ZWUWZ`[VSS^]a`W`a^SWVST[[YSV[`WUV[Z[^S a\^  ^W]a_`[ \S^S S U[\^WWZ_ [ V[ `WUV[ V[WZ`W bW^Y ZUS_ V_`Z`bS_ VS_ US^SU`W^ _`US_ Z[^S_ _ [ U[Z_VW^S W_ ZWUW__ ^S_ S[ VSYZ _`U[ W [ U[ZWUWZ`[ V[ W_`SV[ Z[^S  W__WZUS \S^S S VWXZ [ VS_ W`S_ VW `^S`SWZ`[  .

\W^[V[Z`[ aSW_`^a`a^SVZ USU[\[_`S\[^`WUV[_]aWS\[S WWZb[bW[VWZ`W__W_`WUV[_ZUaWSYWZYbS[Y\W^[V[Z`S[UWWZ`[ W [ [__[ SbW[S^ .

_ _a\^WZ`[_ bS_UaS^W_ W ZW^b[_[_ `ST  _ [ b`S_ S[ XaZU[ZSWZ`[Z[^SV[_`WUV[_\W^[V[Z`S_   W_`^a`a^S W S XaZ [ V[_ `WUV[_ U[\[ZWZ`W_ V[ \W^[V[Z`[ _ [ a`aSWZ`WVW\WZVWZ`W__Wa_\^[UW__[_T[ YU[_VZ U[_VW ^WZ[bS [ W SVS Resumo - Anatomia Do Period on To

S [SZ` aS^WS [S^[Z[_S_[TU[ZV W_Z[^S_  WZYbS   ZS`[SSU^[_U \US   aU[_S[^S U[Z` ZaSU[S\WWV[_ T[_WU[SaU[_SV[\SS`[ [WWXS^ZYWaU[_S[^SU[\^WWZVW SaU[_SS_`YS` ^SYWZYbSW [^WbW_`WZ`[V[\SS`[Va^[ SaU[_SW_\WUS SVSV[^_[VS ZYaSW  SaU[_SVW^WbW_`WZ`[S\S^`W^W_`SZ`W  YWZYbS^WU[T^W[\^[UW__[SbW[S^W [ ZU[_V[_`WU\W^[V[Z`S_  V^W`SWZ`Wb_ bW Z_\W [aSZV[_SaV bW`WU[[^S [^[_S\ VSS_ bS^S W_ _ [ U[aZ_ VW\WZVWZV[ VS VWZ_VSVW W ]aW^S`Z S [ W\`WS bS_UaS^ S [ W \YWZ`S [ U a[_ VW \YWZ`S [ VW WSZZS _ [ Z[^S_ S_ X^W]aWZ`WWZ`W [T_W^bSV[_ Z[_ SX^USZ[_ W USaUS_SZ[_ U[ S\S^ ZUS VW \WW W_Ua^S  \YWZ`S [ \[VW bS^S^ VW_VW [ S^^[ US^[ S[  \^W`[_WZV[^WYaS^[^^WYaS^WZ`WVW\[_`SVS  T[^VSU[^[ZSXW_`[ZSVS SS^YWYWZYbSb^WW_`aS_WWbWWZ`W U[^[ZS aZ [UWWZ`[W_S`WYWZYbSZ_W^VSW_`WZVW_WS\USWZ`WVS YWZYbSb^WS` SZS[aaZ [aU[YWZYbS[ZVWSYWZYbSXaZVW_WU[S aU[_S SbW[S^ _`S VWS^US [  TW b_ bW Z[_ S_\WU`[_ bW_`TaS^W_ V[ S S^W_ W `ST  \[VW [U[^^W^ YaSWZ`W Z`^W`SZ`[ Z [   ZWZaS VWS^US [ Z[ \SS`[ \[^]aW S aU[_S \SS`ZS U[[ S YWZYbS  ]aW^S`Z SVSWX^WWZ`WZ_W^VSZ[\W^ _`W[_aTSUWZ`WU[Z` Za[ YWZYbS Z_W^VS   YWZYbS b^W _W W_`WZVW VS S^YW YWZYbS W V^W [ S\US S`  [ _aU[ YWZYbS b^W ]aW  aS ^SZa^S _`aSVS VW SU[^V[ U[ S S[^S VS_ XT^S_V[YSWZ`[\W^[V[Z`SZ_W^VS_S[Z bWVSaZ [UWWZ`[W_S`W YWZYbSb^W`ST ZUaS\S\SZ`W^VWZ`S  S^Ya^SS\U[U[^[ZSVSYWZYbSZ_W^VS[_`^SbS^S W__WZV[S_ S^YSZS_^WY W_VWZU_b[WUSZZ[_S[\S__[]aW S_W_`^W`SZS_^WY W_ VW\^ [S^W_W[S^W_ SSZV TaS S_S^YSZS^WY [VW[S^WS_ W_`^W`S ZS_ ^WS_ VW ZU_b[_  `W `a^S _SaV bW  X^W W _aS _a\W^X UW  .

\[Z`SVS_WWSZ`W S aS US_USVW S^SZS\^W_WZ`W W bS^SV[_Y^Sa_ZS_ _a\W^X UW_bW_`TaS^W_   ZVb Va[_ [bWZ_ S \S\S Z`W^VWZ`S \^WWZUW [_ W_\S [_ Z`W^\^[ S_ W S S`a^S VS \S\S WZU[Z`^S_W S\US  ^WS VW U[Z`S`[ V[_ VWZ`W_ SVSUWZ`W_  \S\S Z`WVWZ`S [_`^S aS U[ZUSbVSVW USSVS ^WS VW U[ VW`W^ZSVS \WS ^WS VW U[Z`S`[ V[_ VWZ`W_ b Z[_ _WZV[ S_ \^[WZWZ`W Z[_ VWZ`W_ \[_`W^[^W_ W ^WbW_`VS \[^ a W\` [ VWYSV[ Z [ ]aW^S`Z SV[ [_SZ`W^[^W_S\S\S[_`^S_WVWX[^S\^SVS  aU[_SSbW[S^WU[Z`^S_`WU[SYWZYbSZ [ ]aW^S`Z SVSW_`  X^[a SWZ`WU[ZWU`SVSS[_`WUV[__aTSUWZ`W_W VW_[USbWWU[^bW^WS S_ W_Ua^S V[ ]aW S YWZYbS W _a\W^X UW _S  VXW^WZ S ZS U[^ ^W_a`S VW VXW^WZ S_ Z[ \SV^ [ VW ]aW^S`Z S [ W \^[ VSVW  _a\W^X UW V[_ bS_[_ _SZYa ZW[__aTSUWZ`W]aW\[VW_W^b_ bW_   ZS`[SU^[_U \US    .

   YWZYbS  U[TW^`S \[^ W\` [ W_US[_[ W_`^S`XUSV[ [U US^SU` S^]a`W` ZUS_ W_\WU XUS_ \S^S S_ ^WS_ ^WSU[ZSVS_ S[ VWZ`W S_WSV[ ZW_`S_ US^SU`[W\` [\[VW_W^VbVV[WW\` [[^S_aUaS^WaZU[ZS  \` [[^S  .

 W\` [ ]aW U[T^W S YWZYbS b^W  \[VW _W^ VbVV[ VS _WYaZ`W SZW^S W\` [ [^S ]aW XUS b[`SV[ \S^S S USbVSVW [^S W\` [ V[ _aU[ ]aWXUSb[`SV[\S^S[VWZ`W_WW_`S^SVW^V[S_a\W^X UWV[VWZ`WWW\` [ aZU[ZS]aW\^[[bWSaZ [VSYWZYbSU[[VWZ`W  .

`WWZ`^W[W\` [[^SW[`WUU[ZaZ`b[_aTSUWZ`W_WYaWaUa^_[ [ZVaSV[_\S^`W_V[`WUU[ZaZ`b[]aW_W\^[W`SZ[W\` [_ [USSVS_ \S\S_ V[ `WU U[ZaZ`b[ W _ [ _W\S^SVS_ WZ`^W _ \WS_ U^_`S_ W\`WS_ __W S_\WU`[ [^X[ YU[  US^SU` V[ W\` [ [^S W V[ W\` [ V[ _aU[ WZ]`[ Z[ W\` [aZU[ZSZ [W_` [\^W_WZ`W_  S YWZYbS Z_W^VS S _a\ V[ W\` [ [_`^S VW\^W__ W_ VZa`S_ U[^^W_\[ZVWZ`W_ S[_ [US_ VWXa_ [ WZ`^W S_ U^_`S_ W\`WS_ VS _aT_a\W^X UW V[W\` [ __[U[ZXW^WSYWZYbSZ_W^VS_aSUS^SU`\[Z`SVSU[S_\WU`[VW US_USVWS^SZS  .

 W\` [ [^S  \SbWZ`[_[ W_`^S`XUSV[ UW^SZ SV[ VbV[ W  USSVS_VWSU[^V[U[[Y^SaVWVXW^WZUS [VS_U _\^[Va`[^S_VWUW^S`ZS USSVS TS_S W_\Z[_S Y^SZa[_S W UW^S`Z SVS aSZV[ [ Z UW[ VS_ U _ W_` [ Sa_WZ`W_ USS_W [^`[UW^S`Z SV[ W ]aSZV[ W_` [ \^W_WZ`W_ USS_W \S^SUW^S`Z SV[    VS_ U _ \^[Va`[^S_ VW UW^S`ZS [ W\` [ [^S `W [_ _WYaZ`W_ `\[_VWU _WSZ U`[_U VW SZYW^SZ_WU _ZW_\WU XUS_  \` [VWZ`[YWZYbS  .

_ U[\[ZWZ`W_ V[ W\` [ VWZ`[YWZYbS S`ZYW _aS_ US^SU` W_`^a`a^S_ VWXZ`bS_ W S__[US [ U[ S W^a\ [ V[_ VWZ`W_  VbVV[ W W\` [V[_aU[WW\` [ aZU[ZS.

aZU[ZSVXW^WV[[^SWV[_aU[]Z`[ W__W_ _ [a`[_WWSZ`W_ .

 .

 W\` [ _aUaS^ W_`WZVW_W V[ W\` [ [^S \S^S VWZ`^[ V[ _aU[ SVWSZV[ [ VWZ`W [^S S \S^WVW W `W^ZS V[ _aU[ YWZYbS \USWZ`W S T[^VSV[W\` [_aUaS S_a\V[aZU[ZS  .

 W\` [aZU[ZS \S^`WVSZ_W^ [WZ`^W VWZ`W WYWZYbS W\[^__[ VW_W\WZSa\S\W\[^`SZ`WW S_VWYSV[W`WaS`W^XSUW\SZS U[[`WUU[ZaZ`b[ S_W_\W__[U[^[ZSWZ`W  .

  .

    [ U[\[ZWZ`W \^WV[ZSZ`W VS  YWZYbS W V[ YSWZ`[ \W^[V[Z`S _` [ \^W_WZ`W_ [_ VXW^WZ`W_ `\[_ VW U  XT^[TS_`[_ \^WV[ZSZ`W S_` U`[_SU^ XSY[_ZWa`^ X[_ZX U`[_W\S_ U`[_   _XT^S__ [\^[Va VS_\W[_XT^[TS_`[_W_ [VbVVS_WU[ YWZS_ ^W`UaS^W_[ `S ZUS_WW _`US_  _ XT^S_ U[ YWZS_ W_` [ TW VWXZVS_ W Y^a\[_ W _ [ VbVVS_ VW SU[^V[U[U[_aS`^SW` ^SWZ_W^ [ ^UaS^W_ WZ`[YWZYbS_ WZ`[\W^ _`WS_ ^SZ_W Resumo - Anatomia Do Period on To

S_  YSWZ`[\W^[V[Z`S   .

 YSWZ`[ \W^[V[Z`S  a `WUV[ X^[a [ ^USWZ`W bS_UaS^ SV[ W UWaS^ ]aW U^UaZVS  S_ ^S W_ V[_ VWZ`W_ W aZW [ UWWZ`[ ^SVUaS^   ZS Va^S [a S[ [__[ ^SVUaS^ \^[\ V`[ W_`SZV[ _`aSV[ Z[ W_`^W`[ W_\S [ WZ`^W W__W_V[_W_WU[aZUSS`^Sb _VWUSZS_bS_UaS^W_USZS_VW[SZZU[ [[__[SbW[S^.

W_\S [V[YSWZ`[\W^[V[Z`S]aWZ[^SWZ`W VW  S   b_ bWZS^SV[Y^SXSU[[aSZS^SV[ UVS]aWU^UaZVSS^S  .

YSWZ`[ S_S^Y[\W^`[VSaZ [UWWZ`[W_S`WW\^ [S[ \UWS[ \S__[ ]aW  S_ W_`^W`[ Z[ W[ VS ^S  X[^S VW S\aW`S __S S^Ya^S VW\WZVWVSVSVWWVSXaZU[ZSVSVWV[VWZ`W_WZV[S_S^YSWVWZ`W_U[ XaZ [\W_SVSS[U[Z`^ ^[V[_VWZ`W_Z [W^a\U[ZSV[_[a_WSZ`SY[Z_`S \^W_WZ S V[ Y \W^[V[Z`S `[^ZS \[__ bW S V_`^Ta [ W ST_[^ [ VW X[^ S_ \^[Va VS_Va^SZ`WSXaZ [S_`YS` ^SZ[\^[UW__[SbW[S^S`^Sb _V[[__[ SbW[S^ \^[\^SWZ`W V`[ .

 Y \W^[V[Z`S `ST   W__WZUS \S^S S [TVSVWV[_VWZ`W_[TVSVW WY^SZVW\S^`WVW`W^ZSVS\WSS`a^S S^Ya^SW]aSVSVWV[Y\W^[V[Z`S  .

VWZ`W aZV[S[[__[\[^XW W_VWXT^S_]aW\[VW_W^VbVVS_Z[_ _WYaZ`W_Y^a\[_  XT^S_VSU^_`SSbW[S^  XT^S_[^ [Z`S_  XT^S_[T ]aS_  XT^S_S\US_   .

YSWZ`[\W^[V[Z`SW[UWWZ`[^SVUaS^VW_WZb[bW_WS\S^`^V[ `WU U[ZaZ`b[ X[ Ua[ ]a WZb[bW [ YW^W VWZ` ^[ W _W X[^S U[ZU[`SZ`WWZ`WU[[VW_WZb[bWZ`[VS^S WSW^a\ [V[VWZ`W  .

WWZ`[   .

UWWZ`[^SVUaS^ a`WUV[USUXUSV[W_\WUS SV[]aW^WU[T^WS_ _a\W^X UW_ ^SVUaS^W_ V[_ VWZ`W_ [__a US^SU`W^ _`US_ U[aZ_ S[ `WUV[ __W[ [VSbS [ UWWZ`[ Z [ U[Z`  bS_[_ _SZYa ZW[_ W ZX `U[_ Z [ `W ZW^bS [Z [_[X^W^W[VWS [W^WST_[^ [X_[ YUS_\[^ _WUS^SU`W^ S \WSVW\[_ [U[Z` ZaSS[[ZY[VSbVSSaWZ`SV[_aSW_\W__a^S.

UWWZ`[ VW_W\WZS b ^S_ XaZ W_ Z_W^W XT^S_ V[ Y \W^[V[Z`S  ^S  W U[Z`^Ta \S^S[\^[UW__[VW^W\S^[S\ _VSZ[_ _a\W^X UW^SVUaS^ _`WV[_`\[_  UWWZ`[\^ ^[SUWaS^ X[^SV[ W S__[US [ U[ SX[^S [VS ^S WSW^a\ [V[_VWZ`W_  UWWZ`[ _WUaZV ^[ UWaS^ _W X[^S S\ _ S W^a\ [ V[ VWZ`W W W ^W_\[_`SSVWSZVS_XaZU[ZS_   ^WS_VS_a\W^X UW^SVUaS^\[VW_W^S`W^ZSVS_U[UWWZ`[UWaS^W SUWaS^ _ \[^ W_ VS_ XT^S_ \^ZU\S_ ]aW W_` [ WTa`VS_ Z[ UWWZ`[ ^SVUaS^ W Z[ [__[ SbW[S^ _ [ USSVS_ VW XT^S_ VW _S^\W   [ aS U[Z`ZaS [ VS_ XT^S_ \^ZU\S_ U[ YWZS_ W X[^S [ __`WS W `^ Z_WU[ VW XT^S_V[UWWZ`[W_ [\^[Va VS_\W[_XT^[TS_`[_V[Y\W^[V[Z`S  .

__[bW[S^   .

_\^[UW__[_SbW[S^W__ [S_\S^`W_VSS SWSZV TaS]aWX[^S_W V [_a\[^`WS[_Sb [[_V[_VWZ`W_W_ [VW\WZVWZ`W_VSW _` ZUSVW__W__W VW_WZb[bWZV[VWSU[^V[U[SX[^S [WW^a\ [VWZ`SWW_`SZV[_aW`[_S S`^[XS_W[_VWZ`W_X[^W\W^VV[_[Z__`WZ[S\S^W[VWZ_W^ [V[_VWZ`W_ W S XaZ [ \^ZU\S  V_`^Ta^ W ST_[^bW^ S_ X[^ S_ YW^SVS_ ZS S_`YS [ W [a`^[_ U[Z`S`[_ _ S^YW U[^[ZS V[_ \^[UW__[_ SbW[S^W_ [_`^S aS U[ZXYa^S [ [ZVaSVS ]aW U[^^W_\[ZVW S[ Ua^_[ VS_aZ W_ UWWZ`[W_S`W V[_ VWZ`W_ W_`SZV[ _`aSVS VW  S    VW_`S_ .

_ \^[UW__[_ SbW[S^W_ _ [ U[TW^`[_\[^[__[U[\SU`[U[[^WbW_`WZ`[VSW_`^a`a^SVW[__[`^STWUaS^ WVWZ`^[VSW_`^a`a^S`^STWUaS^[_Sb [[_W_` [_`aSV[_U[_aS_\S^WVW_VW   S    VW W_\W__a^S VW  ZS VW [__[ U[\SU`[ [__[ SbW[S^ ]aW  b_`[ZS^SV[Y^SXSU[[ ZSVa^S_\S^WVW_SbW[S^W_SZU[^SS_XT^S_ V[YSWZ`[\W^[V[Z`SW_ [\W^Xa^SVS_U[ZaW^[_[_\W]aWZ[_USZS_]aW \W^`W]aWbS_[_WZW^b[_WZ`^WZ[W_\S [V[Y\W^[V[Z`S   VWZ_VSVW V[ [__[ U[^`US U[\SU`[ Z[_ \^[UW__[_ SbW[S^W_ bS^S S_^WY W_VWZU_b[USZZ[W\^ [S^[[__[U[^`US VWYSV[W S_bW W_ Sa_WZ`WZS\S^`WbW_`TaS^VS_^S W_ [_[S^W_ S_W_\W__[ZS_a\W^X UW bW_`TaS^ V[ ]aW ZS ZYaS  [^X[[YS V[_ \^[UW__[_ SbW[S^W_  Z`SWZ`WVW\WZVWZ`W V[_VWZ`W_ [_ US_[_VWZUZS [ bW_`TaS^ [[__[ U[^`USbW_`TaS^U[X^W]a ZUS`[^ZS_WVWYSV[S[\S__[]aW[[__[U[^`US ZYaS `[^ZS_W b[a[_[  ZUZS [ W_`  X^W]aWZ`WWZ`W S__[USVS S XWZW_`^S W_WVW_U ZUS_VS ZSVW[__[U[^`US__W[__[ ^WU[TW^`[\[^ a\W^ _`W[  .

[__[U[\SU`[]aWZS^SV[Y^SXSS\S^WUWU[[ ZSVa^S^WbW_`W[ Sb [[W \W^Xa^SV[\[^ZaW^[_[_USZS_VW[SZZS`^Sb _V[]aSbS_[_ _SZYa ZW[_ZX `U[_WXT^S_ZW^b[_S_\S__SV[[__[SbW[S^\S^S[YSWZ`[ \W^[V[Z`S .

 [__[ SbW[S^ ^WZ[bS_W U[Z_`SZ`WWZ`W W ^W_\[_`S S_ .

VWSZVS_ XaZU[ZS_  [_`W _W  VWU[\[_ [ V[ [__[ W  a \^[UW__[ UWaS^ ZUSV[ \W[_ [_`W[US_`[_ ]aW _W SVW^W S _a\ __WS \^[Va ZV[[ SUaZS_USSVS_VWSUaZS_VW [c_\  X[^S[_Sb [[__WYaWS_^S W_V[_VWZ`W_.

__W Resumo - Anatomia Do Period on To

[_Z`W^VWZ`S__ [ S_ \S^`W_ VW [__[ ]aW _W\S^S [_ S [[_ SVSUWZ`W_ W S X[^S V[_ _W Resumo - Anatomia Do Period on To
[_ Z`W^VWZ`S_ _WYaW [ SZSWZ`[ VS_ aZ W_ UWWZ`[W_S`W SVSUWZ`W_ aSZV[ VWZ`W_ b Z[_ W_` [ W Z`S S\^[ S [ [ _W Resumo - Anatomia Do Period on To
[ Z`WVWZ`S  W_`^W`[[aW_[ZW _`WZ`W\^[Y^W__ [VSV[WZ S\W^[V[Z`SW`S_ ^WS_ \[VW VS^ aYS^  ^ \VS VW_`^a [ VS_ W_`^a`a^S_ VW_a\[^`W VWZ`S S ^WY [ SZ`W^[^ S_ \S^`W_ U[^[ZS_ V[_ _W Resumo - Anatomia Do Period on To
[_ X[^S U^_`S_ W [ [__[ `^STWUaS^  \W]aWZ[WZS^WY [\[_`W^[^_ [S^Y[_WU[Z` S_[__[`^STWUaS^   a\^WZ`[S_UaS^V[ W^[V[Z`[   .

 _a\^WZ`[ S`W^S S_ \[^`SZ`W \S^S [ [__[ SbW[S^ YSWZ`[ \W^[V[Z`SWYWZYbS \^[bV[\WS_S^` ^S_SbW[S^W__a\W^[^W_SZ`W^[^W_W \[_`W^[^W_ S S^` ^SZX^S[^T`S W S S^` ^S\SS`ZS S SZV TaS \^[bVS \^ZU\SWZ`W \WS S^` ^S SbW[S^ ZXW^[^ W _aS_ ^SXUS W_ ZUa_bW S S^` ^SWZ`[ZSZSWS_S^` ^S__aTZYaSTaUSWXSUS   S^` ^S VWZ`S  aS ^SXUS [ VS_ S^` ^S_ SbW[S^ _a\W^[^ [a ZXW^[^ W TW^S S_ S^` ^S_ Z`^S_W Resumo - Anatomia Do Period on To

S_ ]aW Z[bSWZ`W _W ^SXUS \WZW`^SZV[ Z[ [__[ W WZ`^SZV[ Z[ Sb [[ _`S_ ^SXUS W_ _ [ [_ ^S[_ \W^Xa^SZ`W_ ]aW X[^S_ aS VWZ_S USVWS VW SZS_`[[_W Z[ YSWZ`[ \W^[V[Z`S   \[^`SZ`W ^W__S`S^ ]aW W _`W ZaW^[_S_ SZS_`[[_W_ WZ`^W S_ S^` ^S_WZU[ZSVS_ [^U[Z_WYaZ`WWaYS^VW ZUS_S^`W^S_]aW_a\^W S\WZS_UW^`S_^WY W_[_bS_[__SZYa ZW[_X[^SaSW `WZ_SUSVWS]aW_a\^W [_ `WUV[_ [W_ W Va^[_ __S USVWS S__WYa^S a _a\^WZ`[ _SZYa ZW[ _aXUWZ`W W_[ ]aSZV[ SYaZ_ bS_[_ _ [ T[]aWSV[_ [a U[^`SV[_ U^a^YUSWZ`W  .

 Ua^_[ V[_ bS_[_ bWZ[_[_ W ZX `U[_ S__WWS_W S[ V[ _a\^W`[ S^`W^S  ZXS V[_ `WU \W^[V[Z`S_ S`^SbW__S ZX[Z[V[_ SZ`W_ VW ^W`[^ZS^  U[^^WZ`W _SZYa ZWS .

_ ZX[Z[V[_ _aTSZVTaS^W_ V^WZS [_ `WUV[_ \W^[V[Z`S_ U[ W UW [ V[ _WYaZ`W  YWZYbS \SS`ZS V^WZSVS \W[_ ZX[Z[V[_ UW^bUS_ \^[XaZV[_  `WU \W^[V[Z`S_ V[_  [S^W_ V^WZSV[ \W[_ ZX[Z[V[_ aYa[VY _`^U[ W  `WU \W^[V[Z`S_ V[_ ZU_b[_ ZXW^[^W_ V^WZSV[_\W[_ZX[Z[V[__aTWZ`[ZSZ[_  a\^WZ`[ W^b[_[   [VS_ S_ ^SXUS W_ ZW^b[_S_ ]aW _a\^W [ \W^[V[Z`[ _ [ ^SXUS W_ V[ ZW^b[ `^Y W[ W [_ ZW^b[_ V[_ `WU \W^[V[Z`S_ _WYaW a Ua^_[]aW _W S__WWS S[V[_ bS_[__SZYa ZW[_.

_ZW^b[_^WY_`^S\^W__ [ `[]aW `W\W^S`a^S W V[^ WUSZ[^WUW Resumo - Anatomia Do Period on To

[^W_   V__[ [ YSWZ`[ \W^[V[Z`S`ST ST^YS\^[\^[UW Resumo - Anatomia Do Period on To
[^W_]aW^WY_`^S\[_ [W[bWZ`[ ]aW_ [a`[\[^`SZ`W_\S^S^WYaS [VWX[^ S_VSS_`YS [  .

_Y\W^[V[Z`S_VS SZV TaS_ [`[V[__a\^V[_\W[ZW^b[SbW[S^ ZXW^[^WZ]aSZ`[]aW[_VSS S_ [_a\^V[_\WS_ ^SXUS W_V[_ZW^b[_ .

SbW[S^W_ _a\W^[^ SZ`W^[^  V[ W \[_`W^[^  YWZYbS S S^ S  V[_ U`SV[_   ZW^bSVS \W[ ZX^S[^T`S \SS`Z[ S[^ W ZS_[\SS`Z[  YWZYbS SZVTaS^bW_`TaS^ _a\^VS\W[_ZW^b[_WZ`[ZSZ[WTaUSS[\S__[]aWS YWZYbSZYaSVSSZV TaS _a\^VS\W[ZW^b[ZYaS .

###BOT_TEXT###
###BOT_TEXT###
###BOT_TEXT###