CONTRATO DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL

LOCADOR (A): MARIA DE FATIMA SOUSA E SILVA LANGER, BRASILEIRA, VIÚVA, FUNCIONARIA PUBLICA, PORTADORA DO RG.360.014 SSP/DF E CPF. 150.075.291.68. LOCATÁRIO (A)___________________________________________________________________ NACIONALIDADE____________________________ESTADO CIVIL_______________________ PORTADOR (A) DO RG.__________________________CPF______________________________ ENDEREÇO________________________________________________________________________. ___________________________________________PROFISSÃO_____________________________

FIADOR (A)___________________________________________________________________ NACIONALIDADE____________________________ESTADO CIVIL_______________________ PORTADOR (A) DO RG.__________________________CPF______________________________ ENDEREÇO________________________________________________________________________. ___________________________________________PROFISSÃO_____________________________

Pelo presente instrumento particular de locação, o LOCADOR (A) e LOCATÁRIO (A), tem entre si justo e contratado, por esta e na melhor forma de direito, apresente locação mediante as cláusulas e condições abaixo discriminadas e disposições legais pertinentes, que voluntariamente aceitam e outorgam: Cláusula Primeira - O LOCADOR (a) dá em locação, o imóvel sito á QS 16 CONJUNTO 1 CASA 29, RIACHO FUNDO I, BRASILIA-DF, pelo prazo de 12 Meses, no período de ____/____/____ até____/____/____,

178 de 01/03/1991.O LOCATÁRIO (A) utilizará o imóvel exclusivamente para fins residenciais. compete ao LOCATÁRIO o pagamento das despesas de consumo de água.245/91). pintura. limpeza e conservação. chuveiro.Cláusula Segunda. destino que não poderá ser alterado sem prévio consentimento escrito do LOCADOR (A). 2º Havendo divergência nas vistorias de entrega e recebimento do imóvel. 1º O aluguel mensal acima pactuado será reajustado após 12(doze) Meses pela variação do IGPM/FGV.Além do aluguel. transferência ou sublocação ainda quando parcial e temporária. bem como todos e quaisquer tributos que incidam sobre o imóvel objeto deste contrato.O valor mensal do aluguel. documentos de cobrança de tributos. para assim restituí-lo quando findo ou rescindindo este contrato sem direito a retenção ou indenização por quaisquer benfeitorias. permanecendo o mesmo indexado. a pia da cozinha é de aço inox e o tanque instalado na área de serviço. encargos condominiais ata e convocações de assembléias do condomínio. IPTU/TLP. e a exigir cobrança tão logo apresente as notas fiscais de mão-de-obra. gratuita ou onerosa. Cláusula Quinta . ainda que a si dirigidas (Artigo 23.O LOCATÁRIO declara que visitou e examinou previamente o imóvel locado encontrando-se conforme o termo e vistoria assinado pelas partes. a partir daí a zelar pelo que nele contiver fazer de imediato e por sua conta todos os reparos dos estragos provenientes do uso normal no curso da locação de modo especial as provenientes de entupimentos e obstruções na rede de esgoto e águas pluviais. contém cerâmica na cor branca em todos os cômodos. colocação de vidros e etc. Cláusula Quarta. 1º O LOCATÁRIO. O LOCATÁRIO compromete-se a pagar 80% do valor do aluguel ao termino do contrato para fins de reforma (pintura). sendo que na cozinha e no banheiro contém cerâmica tanto no piso quanto nas paredes. 3º É assegurado ao LOCADOR o direito de vistoriar o imóvel sempre que julgar conveniente. na falta do IGPM/FGV seja por motivo de extinção o reajuste será feito por qualquer índice oficial que reflita a variação de reajuste de aluguel no período do contrato. desde que atento este ao disposto no inciso IX (Art. o LOCATÁRIO autoriza o LOCADOR a efetuar consertos. intimações. luz. já em caráter irrevogável que na vigência de medida provisória revogou o artigo 16 da lei 8. lâmpadas. vencendo dia ________de cada mês.00(Setecentos reais). mesmo que tenham sido feitas com autorização assumindo a responsabilidade de devolver o imóvel objeto desde contrato. . permanecendo o locatário no imóvel após o termino do contrato e extinguindo-se a obrigatoriedade do reajuste anual.245/91). no qual se faz expressa referência dos eventuais defeitos existentes aceitando-os obrigando-se. Cláusula Sexta . todas as multas pecuniárias proveniente do não pagamento ou do atraso no pagamento de quantias sob sua responsabilidade. sendo vedado qualquer Cessão. taxa de esgoto e saneamento. todos os emolumentos devidos a órgãos administrativos. tal qual o consignado no aludido termo. se compromete a manter o imóvel e seus acessórios em perfeitas condições de higiene. livremente pactuado. acordam as partes contratantes. carnês de pagamentos de prestações. no banheiro contém um armário acima da pia. em conformidade com o que determina a legislação vigente. conteúdo. 2º Sem prejuízo do disposto no parágrafo anterior. contém todas as torneiras.23 inciso VII da Lei 8. que será integrante do contrato. Cláusula Terceira . será de R$ 700. foi usado a tinta Coral Branca. 4º Deverá o LOCATÁRIO entregar imediatamente ao LOCADOR toda e qualquer correspondência. inciso VII da Lei 8.O imóvel encontra no seguinte estado: Pintura nova em todos os cômodos.

rescindida a locação.No caso de desapropriação do imóvel locado ficará o LOCADOR desobrigado de todas as cláusulas deste contrato reservando ao LOCATÁRIO tão somente a faculdade de haver do poder desapropriou a indenização que porventura tiver direito. Cláusula Décima Primeira . Cláusula Décima Terceira . incêndios. para efeito de recebimento. O valor relativo à penalidade aqui expressa deverá ser pago juntamente com a obrigação principal e os encargos da locação. se assim lhe aprouver. Cláusula Oitava.O LOCADOR não responderá. Cláusula Nona . se. . quebra de telhas. as soma dos talões do mês anterior. roubos. acrescidos da correção monetária do mês. tomar-se á por base.O pagamento da penalidade acima pactuado não eximirá o LOCATÁRIO de solver os danos que. porque não o tenha feito o LOCATÀRIO. em nenhum caso por quaisquer danos que venha a sofrer o LOCATÁRIO em razão de derramamento de liquido (água de rompimento de canos de chuvas de abertura de torneiras. luz.Se o imóvel locado for colocado à venda. e o LOCATÁRIO não exercer seu direito de preferência.1º Na hipótese de serem os encargos pagos pelo LOCADOR. vier a causar ao imóvel. que fica a cargo do LOCATÁRIO. Cláusula Décima Segunda – O LOCATÁRIO se compromete a entregar o imóvel devidamente pintado. for alienada a coisa. Não efetuando a compra do imóvel. o LOCATÁRIO deverá apresentar os últimos pagamentos das contas de água. nos prazos devidos este os reembolsará com o acréscimo da mesma multa aplicada pelo condomínio em caso de atraso. Cláusula Décima . a mostrar o imóvel aos futuros pretendentes.À mesma penalidade prevista no caput desta cláusula. Cláusula Sétima . se nele não for consignada a Cláusula da sua Vigência no caso de alienação. e constar de registro público.No caso da devolução do imóvel. luz e aluguel alem de certidão negativa de IPTU.Em caso de venda do imóvel o locatário será notificado do Direito de preferência. taxas de condomínio e IPTU/TLP). considerar ao mesmo tempo. por ventura. 1º . ficará sujeita a parte que infringir qualquer cláusula deste contrato. entretanto o mesmo ainda de posse dos talões de cobrança do ultimo mês. desde que o faça acompanhado de um Corretor credenciado pela empresa. podendo a parte inocente. Não estando. sob alegação de não terem sido atendidas exigências porventura solicitadas. 1º .A teor do consignado no Art. defeitos de esgotos ou fossas. 2º . 576 do Código Civil Brasileiro. o LOCATÁRIO autoriza o LOCADOR ou o Imobiliário autorizado. para o caso do não pagamento dos encargos da locação (água. durante a locação. previsto na lei do inquilinato através de carta com aviso de recebimento (AR). sem dependência de qualquer formalidade. goteiras ou de força maior). e ainda. A multa será exigida por inteiro. com iguais cores e tipos de tintas. Não se manifestando o LOCATÁRIO no prazo legal de 30 dias será considerado como desistente. arrombamentos.O LOCATÁRIO não terá direito de reter o pagamento do aluguel ou de qualquer outra quantia devida ao LOCADOR. seja qual for o tempo decorrido da locação. deverá permitir que os possíveis interessados na sua compra o visitem em dias e horários previamente estabelecidos entre ele e o LOCADOR. telefone. 2º . furtos.Fica estipulada à multa correspondente ao valor de 03 (três) meses de aluguel (vigente na data da ocorrência). no caso de devolução do imóvel ao LOCADOR antes do prazo. não ficará o adquirente obrigado a respeitar o contrato. para o caso de mora do LOCATÁRIO em não efetuar o pagamento dos alugueis na data prevista na Cláusula Terceira.

LOCADOR (A)______________________________________________________ Nome: Maria Hilda de Sousa e Silva RG: 643370 SSP-DF CPF: 248. comprovante de renda. com exclusão dos demais.O presente contrato obrigará as partes. por si. E por estarem assim justos e contratados e para surtir todos os direitos jurídicos e legais assinam o presente instrumento em duas vias de igual teor e forma na presença das testemunhas. Cláusula Décima Sexta .Fica obrigado ao FIADOR (A) e LOCATÁRIO (A) no ato da assinatura do presente contrato a apresentação de cópias dos documentos como RG e CPF.701-53 LOCATÁRIO (A)______________________________________________________ Nome: RG: CPF FIADOR (A)______________________________________________________ Nome: RG: CPF: TESTEMUNHA _____________________________________________________ Nome: RG: CPF: . por seus herdeiros ou sucessores.Para todas as questões resultantes deste contrato será competente o foro de circunscrição judiciária do Núcleo Bandeirante-DF. escritura de um imóvel quitado e comprovante de residência no caso do FIADOR (A) Cláusula Décima Quinta.815. quaisquer que sejam os domicílios dos contratantes.Cláusula Décima Quarta.