Uso de fitoterápicos em oncologia

Fitoterapia • Grego: .mais potente.Phytus = planta . Planta inteira ou seus derivados Usadas com o propósito de cura TOTUM: planta inteira com várias funções terapêuticas PRINCÍPIO ATIVO: parte inteira.therapeia= terapêutica Henry Leclerc (1870-1955) : “ drogas exclusivamente derivadas de plantas.e mais efeitos colaterais .

000 são usadaspara fins terapêuticas e apenas um parte delas foram estudadas cientificamente...” .Estima-se que cerca de 300.000 plantas já tenham sido identificadas. Principal objetivo: “Estimular os processos metabólicos que ajudam a manter o estado de equilíbrio denominado saúde.. Cerca de 35..

e na manutenção das funções orgânicas. na promoção da saúde. . considerados de uso seguro na dose recomendada. tradicional ou por evidencia cientifica.ABIFITO. animal ou mineral.que auxiliem na redução de riscos de doenças. Frente parlamentar pela regulamentação dos produtos de origem nacional para a promoção de saúde.2002 Produtos elaborados a partir de matérias primas de origem vegetal. reconhecidas pelo uso etno-cultural.

ginkgo biloba.centella asiática.uva-ursi.hipericum. cimicifuga.tanacetum.Kava-Kava. •RDC 33 ANVISA: regulamentação das plantas medicinais em farmácia de manipulação • RDC 89/2004: lista de registro simplificado que dispões sobre as plantas que necessitam ou não de prescrição médica: echinacea. .Uso de fitoterápicos no Brasil • RDC 17/2000 ANVISA: regulamenta o registro de medicamentos fitoterápicos • RDC 48/2004 ANVISA: revoga a RDC 17/2000 • Resolução 338/2004 ANVISA: CNS aprova a política nacional de assistência farmacêutica que define a utilização de Plantas medicinais na atenção à saúde.valeriana.

O uso das plantas devem ser feito com os cuidados e os conhecimentos adequados.fora de seu contexto original e sem respaldo acadêmico.pois existem plantas.tidas como medicinais.1989) .Fitoterápicos •O uso pouco cuidadoso de plantas medicinais. por confusão na identificação da espécie.que são altamente tóxicas e outras com conseqüências colaterais imprevisíveis .” ( Albuquerque.tem originado intoxicações atribuíveis aos efeitos conhecidos da planta ou ainda ao uso errôneo da mesma.

antifúngico.imunoestimulante. Compêndio de Fitoterapia. & TENTINI. hipocolesterolêmico) Extrato seco : 150 mg a 300 mg/dia Alcaçuz ( oncoprotetor.K.2007 .anticâncer.Fitoterápicos • • Alcachofra ( hepatoprotetor. Genes supressores) TESKE.antinflamtório) Extrato seco: 500 mg • Alecrim(efeito símile omeprazol.M.laxante.orexígeno.cicatrizante. 3ª edição.antinflamatório.M. Suplementos Dietéticos para profissionais de saúde.anticâncer).hipoglicemiante.Herbarium. Ed.M.sem antraquinona ( laxante. Chá – 3 a 5 xícaras extrato seco: 200 a 400 mg/dia osteoporose.detoxificante.hipocolesterolêmico.Chá • • • • Aloe vera.adstringente) Gel : 30 a 50 ml/dia Alho ( antifúngico.hipocolesterolêmico) óleo (cápsula)1 a 2 g /dia Bromelina ( ação sobre enzimas digestivas) Extrato seco : 100 a 300 mg/dia Chá verde (inibidor NFΚ-B.1997.hipoglicemiante.A.M. TALBOTT.Guananbara-koogan.& HUGHES.S.antinflamatório.

& TENTINI.diurético) Extrato seco: 250 mga 1 g/dia Quercetina ( antioxidante.antioxidante).anorexígeno.ação TGI. in natura Licopeno ( anticâncer.antioxidante) in natura – chás.1997.sucos Ginseng( anticâncer.K.A.Herbarium. Ed.antioxidante. Compêndio de Fitoterapia.tempero.anticâncer.detoxificante.antioxidante) .Fitoterápicos • • • • • • Garcínia camboja ( compulsão doce.carminativo. extrato seco : 100 mg a 1 g/dia TESKE.ergogênico.S.hipoglicemiante.hipocolesterolêmico) Extrato seco: 500 a 1500 mg/dia Gengibre (detoxificante.hepatoprotetor.antiemético. 3ª edição.2007 . Suplementos Dietéticos para profissionais de saúde.M.& HUGHES.Guananbara-koogan. óleo Passiflora (sedativo.imunoestimulante.chá. TALBOTT.in natura.M.ação colagoga).antioxidante) : in natura ou extrato seco: 10 a 40 mg/dia • Manjericão( anticâncer.M. saúde venosa e capilar) in natura.M.atioxidante.in natura • • • Orégano( antifúngico.hipoglicemiante) Extrato seco:100 a 150 mg/dia Hortelã ( anticâncer.

3 x dia Tomilho(carminativo.2007 .antifúngico). TNF-α e NFΚ-B. in natura Unha de gato (β-sitosterol – modulação do cortisol . anorexígeno. Ed. Compêndio de Fitoterapia.anticâncer.Guananbara-koogan.Herbarium.hepatoprotetor.anticâncer.hipocolestelorêmico.A. Suplementos Dietéticos para profissionais de saúde.antifúngico.ação sobre TGI) Extrato líquido 30% . 3ª edição.antinfalmatório.M.Fitoterápicos • • • • • • • Papaína (digestivo) : Extrato seco: 50 a 100 mg junto às refeições Propólis (imunoestimulante.hipoglicemiante): até 2 g/dia Silimarina (antioxidante.30 gotas /dia diluído em água Psyllium (laxante.chá.1997.B12) Extrato seco : 500 mg .& HUGHES. antinflamatório) Extrato seco : 200 mg/dia TESKE. TALBOTT.M.orexígeno) Extrato seco : 150 a 400 mg/dia Spirulina (antioxidante.antioxidante.M. & TENTINI.M.K.S.

Contra-indicação: • Suco de Noni • Cogumelo do sol • Babosa( folha com presença de antraquinona e aloína) • Chá da folha de graviola •Não devem ser utilizados : Toxicidade ! .

ao tempo em que adverte que no Brasil. Além disso.Suco de Noni (Morinda citrifolla) “ANVISA PROIBE COMÉRCIO E CONSUMO DO SUCO DE FRUTA NONI” “A Anvisa suspendeu as peças publicitárias contendo alegações indevidas referentes ao produto. a Anvisa adverte que foram relatados casos de toxicidade hepática em humanos.” Secretaria da Saúde do Estado da Bahia Assessoria de Comunicação Social 14 de agosto de 2007 . não foi aprovado e registrado como alimento nenhum suco de fruta Noni. associados ao consumo de Noni e um caso de toxicidade renal .

(Agaricus blasei heineman) • Ergosterol ( pró-vitamina D-2) • Beta-glucanas 1-3 e 1-6 • Outras vitaminas e minerais • Principal efeito colateral : Hepatotoxicidade Cogumelo do sol ( ANVISA.2007) .

diarréia. aloetina • Ação anti-inflamatória • Fortalecimento do sistema imunológico • Estudos com paciente com Aids e câncer desde 1994.Babosa (Aloe vera.2007) . aloeferon.porém sem resultados comprovados • Principais efeitos colaterais : dores abdominais. ( Antraquinonas) Inflamações nos rins Hepatotoxicidade Aloína: parece também ser hepatotóxica ( ANVISA.Aloe arborescens) • Livro : O Câncer tem cura – Frei Antonio Zago • Gel mucilaginoso : Aloína.

2007) . taninos • GABA ( ácido gama –aminobutírico ) • Ação antiespasmódica • Ação vasodilatadora • Relaxante muscular • Principal efeito colateral : Disfunção pancreática Diabetes ( ANVISA.) • Alto teor dos alcalóides.Graviola (Annona muricata L.