You are on page 1of 8

IFPE - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO CAMPUS RECIFE

Estudo das Reações Químicas

RECIFE, DEZEMBRO 2011 PERNAMBUCO – BRASIL 2011

ESTUDO DAS REAÇÕES QUÍMICAS

CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA
1

.... 09 ........... 6............................. 2................................................ Método.......... .... 3.......................... DEZEMBRO 2011 SUMÁRIO Sinopse 1...................................... Reações de Dupla Troca06 (Metátese)........................................................................................................................ Reações de Simples (Deslocamento).................................. 06 3............................................................................. Definição de Reação06 Reações06 Química............................ Troca06 07 4......... 5....................05 ................... 4. ............................1 Materiais........................................................................................... Introdução...................................................................................................................................................... Análise e Identificação das Reações Químicas............RECIFE............ 3.....................08 ..............1 Reações de Síntese (Adição)........................... 07 4.................................................. 07 2............. 06 3..................... Tipos de Químicas......................................................................................2 Reações de Análise (Decomposição). 08 Resultados............................................ 2 Conclusões................

. SINOPSE As reações químicas é um tipo de reorganização dos arranjos moleculares da matéria que são definidas a partir das características reativas dos compostos interagidos e da quantidade de energia envolvida na reação....... Havendo um agente reativo. Essas reações são de extrema importância para a base de qualquer estudo científico em que envolvam a interação entre dois compostos de natureza semelhante ou não...... Referências Bibliográficas... calor.. ocorre um desiquilíbrio da estrutura do composto reagente dando início a reações químicas que vão reorganizar o arranjo molecular desse novo composto formado... para então se iniciar uma reação química.. muitos estudiosos buscam entender e explicar como se tratar a reação entre os compostos a fim de se obter com mais detalhes a formação dessas reações químicas e o conhecimento de nossa origem.............. chamado produto. Algumas indicações (cor.............. formação de gás) identificam e comprovam o surgimento dessas novas reorganizações moleculares.. Normalmente um composto exerce o papel de reagente e o outro de agente reativo............. Logo..... Essas reações podem ser representadas por equações químicas que poderão nos indicar que compostos foram consumidos e formados ao longo das reações......... 3 ....7.... Existe uma gama de fatores que podem acelerar ou retardar o andamento dessas reações...........

1. produção de cosméticos (batom. sabões e amaciantes). E a segunda parte consiste em partir de compostos inorgânicos e realizar experimentos laboratoriais utilizando-se da técnica analítica. A partir dessas reações também é possível explicar a origem e a formação de muitas substâncias químicas o qual convivemos no cotidiano e que podem ser utilizadas em várias aplicações. INTRODUÇÃO A abundante vida do nosso planeta é formada por inúmeras reações químicas complexas derivadas de várias estruturas moleculares que se formaram ao longo dos tempos. maquiagem) entre outras inúmeras aplicações. A base deste trabalho encontra-se dividido em duas partes. cerveja). produção de produtos alimentícios (óleo. 4 . A primeira parte consiste em definir as classificações das reações químicas no campo da química. margarina. comprovando os conceitos teóricos de reações químicas e averiguando a formação das reações por meio dos efeitos de seus indicadores. perfume. entre elas: confecção de produtos de higiene (detergentes. bem como. explicar a sua formação.

2. Havendo a permutação de um elemento do composto pelo elemento químico. ocorre o surgimento de indicadores como: liberação/absorção de energia. DEFINIÇÃO DE REAÇÃO QUÍMICA A reação química consiste numa reorganização molecular havendo mudanças na estrutura dos componentes reagentes e resultando em um ou mais produtos. formação de gases e mudanças de cor. 1. CLASSIFICAÇÃO DE REAÇÕES QUÍMICAS Segundo VOGEL.4 DUPLA TROCA (METATESE) Reação onde há dois reagentes e dois produtos. 3. Simples Troca e Dupla Troca. Gerando um novo elemento químico e um novo composto. As reações podem ser classificadas em quatro tipos: Síntese. REAÇÃO SIMPLES TROCA (DESLOCAMENTO) Reação entre um composto e um elemento químico. REAÇÃO ANÁLISE (DECOMPOSIÇÃO) Reação onde um reagente dá origem a dois ou mais produtos. o que comprovam a existência das reações químicas. Nestas mudanças na geometria das moléculas. as reações químicas são classificadas de acordo com o número de compostos (reagentes e produtos) envolvidos na reação. 3. formação de precipitados. Onde o produto é a permutação dos componentes dos reagentes. Análise. REAÇÃO DE SINTESE (ADIÇÃO) Reação em que dois ou mais reagentes reagem dando origem a um só produto. 3.2. 5 .

Utilizando-se o carbonato de cálcio (CaCO3) e a solução de sulfato de sódio (0. ANÁLISE E IDENTIFICAÇÃO DAS REAÇÕES QUIMICAS Este capítulo é dedicado à descrição da metodologia e dos materiais utilizados no presente trabalho. Pisseta.5M). Espátula. Utilizando-se o ferro (Fe0) e a solução de sulfato de cobre (0. CaCO3 (1mg).1 MATERIAIS • • • • • • Tubos de ensaio. com objetivo de se obter uma melhor compreensão e reprodução dos experimentos realizados. Pera. O segundo experimento consistiu em analisar reações de dupla troca. Reagentes Fe0 (1mg). 4. Agua Destilada. 4.5M). Que consiste na formação de precitados após ocorrer à reação química.4. Estante para tubos de ensaio.2 MÉTODOS Todos os experimentos foram realizados utilizando-se a técnica analítica de gravimetria. senão ocorrer à formação de precipitado é porque não houve reação. • • • Soluções CuSO4(0. Pipeta volumétrica de 10 ml.5M). O primeiro experimento consistiu em analisar reações de simples troca. Ou seja. HCl (1M). 6 .

e unindo-se.As soluções utilizadas nos experimentos foram preparadas e padronizadas. deslocando-o. Cerca de 2mL de HCl (1M) e um 1mg de CaCO3 . 7 . Os experimentos foram baseados nas técnicas desenvolvidas por BACCAN. RESULTADOS A primeira reação envolveu sulfato de cobre CuSO4 (0. originado um novo composto o sulfato de ferro.5M) acrescidos de1mg de Fe0 ao tubo de ensaio. Ou seja. Já a segunda reação foram usados carbonato de cálcio (CaCO3) e ácido clorídrico (HCl). e 1mg de limalha de ferro. Reação Simples troca: CuSO4 (aq) + Fe (s) → FeSO4 (aq) + Cu (s) Após reação foi observado que houve formação de precipitado vermelho de Cu e a solução que antes era azulada foi se tornando mais clara. de coloração branca.5 M) de coloração azulada. Já a reação de dupla troca também ficou evidente despois dos experimentos comprovando a dupla permutação entre os elementos dos dois compostos reagentes na reação. portanto ao sulfato (SO4-). Os reagentes utilizados foram comerciais. Havendo a formação de um novo composto que se precipita em solução aquosa. CONCLUSÃO Ficou comprovado através dos experimentos realizados em laboratório que uma reação de simples troca é obtida quando um elemento químico se faz reagir com um composto ocorrendo à permutação entre esse elemento e um elemento presente no composto. Cerca de 2mL da solução de CuSO4 (0. Todos os experimentos foram replicados para se obter mais de um teste comprovatório. o elemento ferro permutou de posição com elemento cobre presente na solução. 6. 5. Conforme a reação: Reação de Dupla Troca: 2HCl + 2CaCO3 → 2CaCl + 2HCO + 2CO2 Ou seja. isto ocorreu por que o ferro é mais eletronegativo que o cobre. ocorreu a formação dos dois produtos oriundos das permutações dos elementos químicos dos reagentes e a formação de dióxido de carbono (CO2). 1979.

V. p. p.. V. 1.1981. 1979.8. 5ª edição. QUÍMICA ANALÍTICA QUANTITATIVA ELEMENTAR. 1. Mestre Jou.. 8 .. Edgard Blucher Ltda. QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA. REFERÊCIAS BIBLIOGRÁFICAS • • BACCAN N. VOGEL A.81-99.160-167.

5ª edição. QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA.5. p. p.. Edgard Blucher Ltda. 1.1981.. 1.. VOGEL A.160-167. V. 9 . QUÍMICA ANALÍTICA QUANTITATIVA ELEMENTAR. Mestre Jou.8199. REFERÊCIAS BIBLIOGRÁFICAS • • BACCAN N. 1979. V.