ANONYMOUS

MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA EM CASO DE REVOLUÇÃO – PARTE I

Este é um manual que os Anonymous pensa vir a ser útil em caso de uma revolução/manifestação violenta. Esteja atento para versões mais recentes e devidamente actualizadas. revolução em seu país. Como qualquer ilustração dos Anonymous a mesma é alvo de constante modificação. Esta versão, esta longe de se encontrar completa, recomendamos que por favor não feche a sua mente!

ANONYMOUS: MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA EM CASO DE REVOLUÇÃO – PRINCÍPIOS BÁSICOS
Este manual é destinado aos cidadãos que sentem estar prestes a serem apanhados numa revolução violenta, para derrubar o governo opressor. Apesar de uma revolução a favor do povo ser um motivo, supostamente, de alegria quando assistido de fora, é possível que se transforme numa confusão sangrenta para quem nela se encontra. A criação deste manual tem como objectivo dar ideias e dicas de como agir em caso de você e aqueles que possam estar consigo se depararem com uma revolução violenta. Não é uma “ciência” exacta mas permite no geral ajudar com pequenas técnicas de sobrevivência.

Principalmente sugerimos que:
@: Não entre em pânico e mantenha a mente calma; @: Faça uma pausa para descansar o corpo se sentir precisar, sono é um dos principais enfraquecimentos da mente. @: Evite consumir substancias que possam afectar o seu raciocínio, como álcool e drogas. Podem deturpar o seu pensamento e a forma de agir. A sua forma de agir interfere com a forma como a multidão é vista, estando sobre o efeitos destas substancias é má publicidade para a revolução. Não permita que os media julgue indevidamente uma multidão por causa de um elemento.

Primeiros indícios:
Uma revolução não acontece da dia para a noite, é necessário uma serie de eventos ao longo do tempo . Mantenha-se alerto para o que acontece ao seu redor, como por exemplo: @: Mentiras descaradas por parte dos media e políticos; @: Censura nas redes sociais, como por exemplo o Twitter, pode não notar de inicio, mas quando os sites são bloqueados completamente são um aviso claro; @: Censura nos meios de comunicação social; @: Possíveis detenções de membros políticos pertencentes à oposição; @: Em tempos de crise rumores e boatos são espalhados e medo é instaurado; @: O #HASHTAG com o nome de Portugal ou nome de lideres políticos é espalhado por todo o mundo no Twitter; @: É possível que familiares e amigos, no estrangeiro ou em outros pontos do País, tentem entrar em contacto consigo para ver se esta bem.

Preparativos necessários:
@: Comprar suplementos de comida, água e medicamentos vitais. Em caso de motim é possível que as lojas se encontrem fechadas ou a ser vandalizadas não sendo aconselhável entrar. Um saco de 20Kg de arroz pode manter uma pessoa viva por 6meses, caso não haja arroz pode comprar outros alimentos secos com as mesmas características; @: Vai necessitar de farinha e sal (caso seja diabético armazene varias quantidades de açúcar). Localize um local seguro com abastecimento de água em caso de corte da agua canalizada, compre também comprimidos de purificação de água caso não seja viável ferver a mesma. @: Arranje um local seco, fresco e seguro para armazenamento destes bens essenciais para evitar ser pilhado e/ou roubado; @: Para ter a certeza que toga a gente da sua comunidade ou aqueles que estão consigo saibam como reagir em caso de confronto directo, reúna-se com os mesmo para discutir planos de emergência. Os tópicos principais devem incidir sobre:

@: Quem; @: O Que; @: Quando; @: Porque; @: Quando.
@: Nomear responsáveis de grupo; @: Criar um registo de todos aqueles pertencentes ao grupo e certificar que fica familiarizado com todas as caras do grupo para reconhecimento mais fácil. @: O que fazer em caso de falha de luz e água; @: Como actuar em caso de doença grave ou ferimentos e onde localizar ajuda; @: Como agir em caso de evacuação, caso necessário; @: Definir pontos de localização para possíveis separações; @: Como fazer uma fogueira para cozinha e conseguir aquecer; @: Em caso de pessoas com incapacidades no grupo, verificar que tipo de assistência é necessário e quem fica responsável, prevenindo antecipadamente que tipo de assistência é necessária; @: Como agir no caso de se deparar com uma inundação, incêndio, tempestade ou agitação social; @: Certificar-se que todos os elementos concordam e que sabem o que fazer. @: Definir correctamente as quantidades de comida e água e em caso de pretender “doar” certificar das quantidades correctas que pode fornecer; @: Saber como desligar gás, água e electricidade no Quadro Geral; @: Certificar que todos sabem o que fazer em caso de evacuação e para onde vão em caso de separações;

Sugestões adicionais:
@: Divulgar e entregar números de telefone para em caso de emergência e manter-se sempre perto deles; NOTA: Em caso de revolução de enorme escala é possível que a Policia não o consiga ajudar ou toma-lo como elemento hostil, dependo da situação presente. Mantenha perto de si números de emergência, como por exemplo, Bombeiros, Hospitais, Centro de Saúde. @: Elabore uma lista de contactos de pessoas a contactar pertencentes ao grupo ou de familiares ausentes; @: Ensine crianças a contactar em caso de emergência e quando contactar; @: Tenha consigo um Kit de emergência médica; @: O acesso a Internet pode ser o único meio disponível em caso de a comunicação televisiva estar sobre controlo apertado, projectos como http://cryptoanarchy.org/ pode ser a sua única forma de saber o que esta acontecer. @: Arranje uma forma de documentar o que esta acontecer, uma câmara ou um telemóvel pode ser um recurso a utilizar mas com cuidado pois o facto de documentar pode originar que outros o ataquem. Faça a documentação de forma dissimulada e astuta, um caderno é uma forma de registar o que faz e o que viu.

Alimentos:
Tenha ao seu dispor sempre comida e água. Mantenha perto de si alimentos e água suficientes para pelo menos um mês. Verifique os alimentos que lhe proporcionam os nutrientes vitais e se preferência que não necessitem de uma elevada carência, como refrigeração ou preparação mais aprofundada

Pode ter no abastecimento alimentar:
@: Comida enlatada e já confeccionada, como por exemplo feijão, fruta e refeições completas; @: Sumos em lata ou garrafa, leite condensado, sopas, mel e vegetais;

@: Alimentos que sejam ricos em energia, incluindo manteiga de amendoim e geleia, biscoitos, barras de energia e/ou de frutos secos (certificar que ninguém é alérgico); @: Vitaminas e Minerais, como sal e magnésio. @: Alimentação dedicada a crianças, idosos, diabéticos ou alguém que esteja no grupo com uma carência de algo em especifico; @: Alimentos de conforto ou gestão de stress, como por exemplo, bolachas, doces duros, café ou chá, rebuçados ou chocolate, etc…

Mais “bens” essenciais, podem incluir:
@: Suplementos extras de quaisquer medicamentos adicionais, como analgésicos, antibióticos, desinfectantes. Estando prevenido para possíveis encerramentos de unidades de tratamento hospitalar; @: Gasolina para veículos de transporte ou geradores de emergência; @: Algum dinheiro extra no caso de não ser possível levantar, mantenha sempre o dinheiro escondido e tente não mostrar que tem dinheiro consigo;

@: Alguns bens materiais como livros, baterias e lenha na eventualidade de ser necessário negociar com outras pessoas; @: Uma tocha ou varias, sendo o ideal uma por pessoa, varias baterias caso utilize lanterna. Tente arranjar forma de ter presa a si para não perder a mesma; @: Na eventualidade de possuir consigo crianças tente ter algo para entreter as mesmas como pequenos brinquedos ou ate mesmo um baralho de cartas para se entreter e ajudar a passar o tempo; @ Não recomendamos ingerir álcool ou consumir drogas pois vão afectar a sua capacidade de agir normalmente caso seja necessário.

Recebendo assistência especial:
Informe-se sobre qualquer tipo de assistência médica especial que possa existir na sua zona. Criar um sistema de auto-ajuda com aqueles que estão consigo ou próximo de si e discutir com eles as necessidades que possam existir de forma a todas sabem o que fazer em caso de emergência. Se possuir algum equipamento especializado certifiquese que sabem usar o mesmo. Se morar num prédio questione a administração sobre as saídas de emergência e peça para marcar as mesmas devidamente. Elabore um plano de emergência para situações futuras e identifique pessoas com necessidades especiais ou com capacidades especiais como Médicos, bombeiros, etc…

Preparar uma mochila para levar consigo:
A mochila deve possuir tudo o que é necessário no caso de ter de reconstruir a sua vida após uma evacuação onde perdeu tudo. Passaportes, Cartão de Cidadão, documentos identificativos pessoais e se bens que lhe pertencem, como por exemplo carro e casa. Se tiver forma de digitalizar e armazenar numa pen ou online será o ideal, fotos de família também são fundamentais e outros tipos de lembrança. Mantenha consigo documentos originais para atestar a sua veracidade e tentar hospedar as digitalizações online, como por exemplo Photobucket ou Imageshack. Tente também armazenar daqueles que estão consigo e não o consigam fazer,.

Kit de primeiros Socorros:
Aprenda a manusear o kit de primeiros socorros e certifique-se que o mesmo encontra-se bem abastecido e que tem os bens mínimos e necessários. Verifique que o seu kit possui o material e o manual para parar hemorragias, desinfectar ,tratar de cortes e feridas sejam pequenas ou grandes. Caso não tenha consigo álcool etílico é possível de usar bebida espirituais, como Vodka, para desinfectar ou esterilizar podendo usar em último caso água. Para estancar feridas podem utilizar lenços ou rasgar pequenos bocados de tecido, como por exemplo lençóis para por a volta da zona afectada.

No geral use o bom senso e tente ver pequenos bens materiais que estão a sua volta e que podem ajudar no momento de socorrer ou de ser socorrido.

Formas de se Organizar:
@: Junte-se em pequenos grupos de pessoas conhecidas de forma a todos os elementos conhecerem-se, tente ver no caso de alguém se infiltrar se não possui algum tipo de vestuário que possa sugerir ser elementos policias; @: Use lenços branco e verde na cabeça de forma as entidades militares o reconhecer; @: Não deixes as crianças no exterior sem ter a certeza que é absolutamente seguro e não as perca de vista; @: Mantenha-se com qualquer idoso, criança ou pessoa que pareça desorientada que esteja na estrada pois pode estar perdida e a necessitar de assistência; @: Contacte outros grupos conhecidos na sua comunidade e tente unir forças, apesar de cada grupo dever agir de forma independente pode ser necessário acudir ou receber apoio de outros grupos; @: Esteja sempre atento e tente ter o maior numero pessoas em alerta. Peça a elementos de confiança que pertençam a grupos militares por ajuda, de forma a reforçar o seu grupo;

@: Na eventualidade de existir um telemóvel de serviço, encarregue alguém de ser o responsável pelo mesmo para no caso de alguém se perder poder encontrar o grupo. Combinar locais seguros de encontro na eventualidade do grupo se separar, como por exemplo um uma casa ou estacionamento de fácil reconhecimento; @: Não utilize telemóveis para organizar e planear operações na eventualidade de o Governo ser o seu opositor pois pode ser monitorizado. @: Mapeamento da zona: tente fazer um mapa da zona ou use um mapa da cidade e actualize com pontos de segurança, perigosos e outras indicações que ache de maior importância como agua, alimentos, etc…;

Dicas de Segurança:
@: Tenha um plano elaborado com pontos de encontros e rotas de fuga caso seja necessário, elaborando mapas e se possível uma bússola; @: Tente a toco o custo manter a calma e não se esqueça de comer, beber e dormir quando necessário; @: Aprenda a reconhecer sinais que o seu corpo emite quando falta açúcar, sal, ou fatiga não confrontado os mesmos; @: Ajudar os feridos ou pessoas com pequenas incapacidades a movimentarem-se sempre que possível. Um pequeno ferimento ou uma entorse pode tornar-se em algo mais grave sem o devido apoio. Tente improvisar e lembre-se que uma vassoura pode servir como apoio ao caminhar! @: Evite deslocar-se de carro a menos que se sinta como um condutor muito hábil e o seu carro se encontre devidamente operacional. A única coisa que não quer é ficar preso dentro de um carro no meio de um motim;

@: Se tiver de viajar a pé, viaje leve – fazendo-se acompanhar apenas aqui que necessita essencialmente. Ao percorrer pesado chama mais atenção e dificulta na corrida e movimentos em caso de fuga. @: Se estiver num local ou a viajar por um sitio que não conhece, tente usar um mapa local ou na eventualidade de não ter tente perguntar alguém mas com cuidado.

@: Numa situação de perigo e caso seja necessário fazer frente, tente lutar dentro de edifícios onde as armas são menos eficazes; @: Não tente fazer frente a homens que possuem pistolas ou outro tipo de armamento. Mantenha a calma e evite fazer movimentos bruscos que leve a outra pessoa ataca-lo;

@: Afaste-se de sons que pareçam tiros ou de violência, não tentado averiguar ou investigar. Na eventualidade de tentar investigar, faça-o de forma dissimulada; @: Tente em conjunto com o grupo coordenar gestos de aviso que simbolizem perigo, silêncio, etc… Certifique-se que todos os elementos conhecem; @: Tente ajudar sempre quem se encontra em perigo , desde que não ponha em causa a sua segurança ou de outros elementos do grupo; @: Recolha todos os extintores, não roubando pois podem pertencer a outros grupos ou entidades, que vir no seu caminho e cobertores. Certifique-se que algumas pessoas do grupo sabem utilizar o equipamento; @: Se encontrar numa zona a pernoitar, seja um dia ou permanente, construa uma “torre” de vigilância nas zonas de acesso; @: Tente barricar as ruas de acesso e tenha sempre disponível uma forma de transporte para uma eventual fuga; @: Para reduzir danos de armas de fogo pode encher contentores do lixo ou sacos com areia;

@: A sua zona dificilmente será atacada se elementos hostis aperceberem que estão perante uma zona com um grupo organizado; @: Quando na duvida, recue para um local seguro e da concordância de todos os elementos do grupo; @: Não tente ser um herói pois está a por em causa a sua segurança e até a vida de outros elementos do grupo. Permaneça neutro e avalie bem a situação; @: Em caso de perigo faça barulho para alertar aqueles perto de si e de preferência utilize palavras de alarme conhecidas pelo grupo. Pode utilizar um apito ou palavra código, como por exemplo: “Pêssegos”;

Segurança começa em si:
@: A protecção começa por proteger-se a si; @: Certifique-se que uma protecção adequada para a cabeça, até uma panela é algo, sendo mais apropriado um capacete (Moto ou Bicicleta); @: Óculos de protecção ou em último recuso óculos de sol; @: Um lenço ou camisola para tapar o nariz e a boca. Em caso de gás ou fumo molhe o que tem a tapar o nariz e a boca, assim é mais fácil de respirar; @: Uns sapatos ou sapatilhas leves, confortáveis e maleáveis são indicadas para longas caminhadas. Usar meias justas para evitar bolhas e para mais facilmente aquecer os pés; @: Tenha um par de meias suplentes no caso de molhar as que tem vestidas; @: Fique num local onde consegue ver o que o rodeia e de forma a ser visto pelo seu grupo; @: Informe sempre outros das suas acções e para onde vai, partilhando sempre informação; @: Caso verifique um veiculo suspeito a rondar a área, aponte o máximo numero de elemento como matricula, cor, modelo, etc… Caso tenha consigo uma maquina tente fotografar o mesmo sempre com o máximo cuidado possível; @: Mantenha-se calmo e evite a todo o custo discussões e brigas, o seu objectivo é manter uma atitude pacifica; @: Crie um rotatividade por turnos para assegurar ao máximo a segurança da sua zona; @: Não utilize camuflados iguais ou idênticos aos do exercito para não ser confundido com um mercenário ou elemento hostil do exercito;

@: Certifique-se que o seu telemóvel tem bateria suficiente ate a próxima possível carga e que se encontra a funcionar; @: Ande com algumas moedas numa bolsa para não fazer barulho e poder utilizar caso fique sem saldo ou bateria no telemóvel;

@: Troque contactos com grupos idênticos ao seu perto da sua zona para apoio mutuo e fundamentalmente para troca de informações; @: Possua sempre à mão números de emergência; @: Aprenda a utilizar uma ligação Dial-Up para possível ligação à Internet; @: Caso testemunhe algum tipo de incidente contra os Direitos do Ser humano grave-o e tente partilhar, informando sempre os elementos do seu grupo e de grupos vizinhos. Tente fazer chegar essa informação a site de imprensa Livre; @: A fonte utilizada para obter este documento ira disponibilizar futuramente outros documentos para sua segurança e quais as técnicas a utilizar. @: Enquanto não existir novas indicações certifique-se que esta seguro e os restantes membro do seu grupo também.

ANONYMOUS
MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA EM CASO DE REVOLUÇÃO – PARTE II

Este é um manual que os Anonymous pensa vir a ser útil em caso de uma revolução/manifestação violenta. Esteja atento para versões mais recentes e devidamente actualizadas. revolução em seu país. Como qualquer ilustração dos Anonymous a mesma é alvo de constante modificação. Esta versão, esta longe de se encontrar completa, recomendamos que por favor não feche a sua mente!

ANONYMOUS: MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA EM CASO DE REVOLUÇÃO – TECNICAS DE SOBREVIVÊNCIA
Como lidar com situações excepcionais: Violação:
A melhor protecção contra a violação é evitar situações que sejam propicias acontecer. @: Nunca saia sozinho, seja de dia ou de noite; @: Evite usar roupas que possam incentivar outros a acha-lo(a) atraente ou desejável; @: Não use roupas que reduzam os movimentos; @: Use roupas que tampem a maior parte do corpo mas que não atrapalhem ou dificultem a sua fuga; @: Use calças, cintos, etc… Tudo aquilo que dificulte retirar a roupa; @: Evite usar roupas decotadas; @: Use calçado que lhe permita correr @: Utilize sempre locais públicos, evite ficar isolado; @: Não confie em novos amigos, principalmente se parecerem demasiado disponíveis;

Tentativa de Violação a decorrer:
@: Evite e dificulte ao máximo ser transportado para um local isolado, resista passiva mente utilizando o seu corpo como peso morto; @: Tente mover os braços e pernas para dificultar o transporte; @: Grite “Fogo”, “Policia”, “Dinheiro” e em ultimo caso “Ajuda”, pois são palavras que podem incentivar interesse noutros e assim chama atenção para uma possível ajuda; @: Avalie a situação de forma a não desperdiçar energias desnecessariamente; @: Se encontrar peso tente manter a calma pois vai gerir uma diminuição de força no atacante e assim ter uma forma de fuga; @: Em caso de luta iminente, tente atacar partes vulneráveis como olhos, partes intimas, garganta e dedos.

Saques e Roubos:
@: Normalmente não querem matar e muito menos ferir, tentam ser rápidos e sem chamar atenção; @: Se estiverem armados evite resistir e memorize apenas a cara, deixando-o assaltar;

@: Não provoque pessoas estranhas, o que lhe poderia ser normal em certos locais da sociedade, nesta situação pode causar-lhe problemas; @: Use aliança ou um anel que sugira estar casado(a), mesmo que não o seja;

Desta forma reduz o tempo que esta exposto ao atacante e evita sair ferido do encontro. A melhor maneira de evitar ser assaltado é: @: Não se gabe dos seus recursos; @: Não mostre os valores que tem consigo; @: Não confie em pessoas novas; @: Evite estar sozinho;

Como lidar ao deparar com um motim violento:
Esteja sempre preparado para um possível encontro com um motim violento, é fundamental conhecer a área onde se encontra para uma possível fuga mas tente a todo o custo estar nessa zona caso esteja a decorrer um motim violento. Use roupas que evitem zonas expostas no seu corpo e esteja preparado para uma possível fuga. Tenha sempre um plano de fuga para uma zona segura, recomenda-se ter mais que uma zona segura pois pode a mesma estar ocupada por estranhos. Não guarde os seus recursos e valores num lugar só e tente ter consigo numa mochila ou espalhado pelo corpo dinheiro e comida suficiente para dois dias. Caso se encontre no estrangeiro faça acompanhar o seu passaporte e notifique o consulado que esta nesse País. Manter a calma é importante pois os motins podem fazer as emoções de uma pessoa surgir ao flor da pele. Pode ser importante para a sua sobrevivência manter a calma para poder pensar logicamente e utilizar as suas capacidades para fugir. Evite tomar lados em caso de um motim e não olhe fixamente para ninguém pois a outra pessoa pode toma-lo como um elemento hostil. Tente sair devagar do motim e no sentido do mesmo para não ser atropelado. Caso encontre uma parede, um poste ou outro tipo de obstáculo tente encostar-se para se proteger. NOTA: Caso tenha consigo uma criança nunca largue a mesma pois é muito possível a mesma não ser vista e ser “esmagada” no meio da multidão. Evite ser atingido por químicos anti-motim, é normal elementos policias utilizarem químicos para dispersar a multidão. Este produtor podem causar irritação, dor e dificultar a respiração, caso se veja numa situação assim molhe um pano e tente proteger as vias respiratórias com ele. Sempre que possível mantenha-se afastado da zona da frente do motim e aprenda a reconhecer sinais que indiciem a existência de motins.

Afaste-se do motim assim que possível pois quanto mais tempo se encontrar nele mais propicio é de ficar ferido ou ser confundido com um elemento do motim. Não corra para não chamar atenção de elementos que nele constam sendo a melhor situação sair calmamente. Faça-o saindo na direcção que este se desloca e evite a todo o custo chamar atenção para si e aqueles que o acompanham. Esteja atento de pequenas aberturas na multidão para poder escapar. Caso verifique elementos que não pertencem à multidão serem atacados pode ser mais seguro para si manter-se no meio mantendo uma atitude calma e pacifica para com todos.

Pense na multidão como se de uma corrente do oceano se tratasse e analise a mesma da mesma forma. É normal que no meio as pessoas se desloquem mais rapidamente e nas extremidades as pessoas desloquem mais devagar, assim sendo analise o seu redor e escolha o local mais adequado para si e aqueles que possam acompanha-lo. Nunca tente mover contra o fluxo geral das pessoas pois é assim que as pessoas ficam gravemente feridas. Se der consigo num tumulto tente deslocar na direcção do fluxo e na diagonal, sempre que possível, para ser possível sair do mesmo. É frequente os tumultos originarem nas estradas principais, locais histórias ou políticos o que se aconselha evitar estes locais. Não deve viajar durante a noite mas caso tenha de o fazer faça-o deforma dissimulada e sem ser em espaços grande e abertos pois é mais fácil de ser avistado e atacado.

Caso viaje de carro e ao deparar com um tumulto tente sair rapidamente mas tenha atenção de não ferir outros. Podem ser pessoas inocentes e ao serem feridas origina uma revolta naqueles que lá se encontra contra si. Em caso iminente de se deparar com uma multidão e a única forma é passar pela mesma, faça-o a uma velocidade moderada para não ferir mas de preferência tente abandonar o carro pois é bem provável acabar por se dar preso dentro do mesmo sem fuga.

Caso verifique que esta a ir no sentido de uma barreira policial é possível ser confundido como um elemento hostil e é bem provável que estes tomem uma atitude de o neutralizar com armas. Ligue os quatros piscas e utilize algo branco para significar que não lhes quer mal, pode ate utilizar um lenço de papel como sinal. Pare junto da barreira e aguarde instruções dos mesmos. Activistas podem julgar que o seu carro é uma ameaça, existem inúmeros casos de elementos na multidão cujo o único objectivo é destruir e como tal evite a todo o custo confronto directo com os mesmos.

Evite transportes públicos tais como autocarros, metros e comboios pois é bem possível estarem inoperacionais ou fechados criando um enorme aglomerado de pessoas. Espaços como estações subterrâneas são locais onde a fuga é mais difícil e é onde existe possibilidade de existir agentes de controlo com gás lacrimogéneo sendo difícil evitar.

Evite a todo o custo estar na rua, como é de entender os tumultos acontecem sempre na rua. Estar no interior de uma residência com uma estrutura sólida é a forma mais segura de estar. Evite prédios que têm na base lojas pois é provável as mesmas serem incendiadas. Mantenha as portas e janelas trancadas e se possível com materiais a bloquear para dificultar a intrusão. Tenha sempre uma saída secundária para fugir em caso de possível intrusão. Caso não esteja no seu País não se esqueça de avisar o consulado e em caso de avistar um motim é aconselhável avisar de imediato as autoridades.

Manter-se seguro quando confronto é inevitável:
Gás Lacrimogéneo. @: Mova-se contra o vento; @: Espalhe pelos manifestantes para onde é mais seguro deslocar; @: Nunca sair sem um protecção para o gás, ate um tecido molhado é uma protecção; @: Utilize roupa sintética, como por exemplo Poliéster; @: Se possível molhar o tecido em vinagre pois é mais eficaz para neutralizar o gás; @: Tenha uma pequena embalagem de soro fisiológico no bolso para retirar a irritação dos olhos, podendo usar água potável; @: Óculos de mergulho são bons para proteger os seus olhos. Policia Anti-Motim e Balas de Borracha. @: Alguns materiais que deitamos ao lixo podem ajudar na amortização das balas de borracha, como tampas do lixo, livros, etc…; @: Casacos de Motocross, Esqui, Neve e outras roupas grossa são capaz de amortecer as mesmas e os bastões policiais; Se não tiver nada semelhante pode usar fraldas de adultos ou tampas de plástico. Não use nada muito pesado pois vai cansalo mais depressa e pode reduzir-lhe os movimentos, como a velocidade como se move. Uma lata de tinta, em caso de confronto inevitável, pode dificultar o elemento policial anti-motim uma vez que usam mascaras de plástico.

Munições verdadeira, são raras a serem usadas mas em caso de queda do regime é bem provável que as mesmas sejam um recurso. Dificilmente serão usadas para matar pois em 100 se um morrer, os outros 99 ficam mais furiosos.

Um elemento ferido obriga a ocupar pelo menos 20 policias o que dificilmente faz com que utilizem balas verdadeiras. @: Caso verifique um ferido tente ajuda-lo a sair mas nunca sozinho pois torna-se um alvo fácil; @: Tente encontrar ajuda medica para a pessoa ferida; @: Fale com a pessoa ferida e faça-se entender que esta lá para ajudar, isto vai acalmar a pessoa.

@: Uma pessoa ferida calma não vai criar duvida nos restantes manifestantes e assim não esta sujeito a ser atacado; @: O tratamento dos ferido cria ligações e incentiva as pessoas a lutar pela causa; @: Em caso de fuga tente faze-lo de carro ou por locais com obstáculos, como muros, dificultando assim ser atingido e ate mesmo apanhado.

Protestando contra elementos violentos:
A técnica “Out of Control” (Fora de Controlo), baseia-se na descentralização do grupo ou manifestantes como organização e estrutura. Isto obriga a dispersão da policia como uma força só, pois os protestantes ao descentralizar para reunir noutras zonas vai obrigar a que a linha policial seja “cortada”. Esta técnica é utilizada com o objectivo de dificultar o controlo por parte da policia e impedindo de ser analisado o modo do grupo actuar. Black Blocking: O Black Block não tem de estar associado a nenhum grupo ou ideologia, pois é simplesmente uma técnica que funciona. NOTA: Pode ser usada de forma defensiva e como forma de ataque. Uniforme. @: Tente utilizar pessoas de roupa semelhantes, uma forma de fazer isso é usar roupa simples e lisa da mesma cor, tornando-o mais fácil de identificar com os manifestantes. @: Cria a ilusão da manifestação ser maior do que é e ate demonstra organização. @: Protege a tua identidade com um pano ou então com uma máscara. Um exempo é a máscara do filme “V – Vendetta”.

Máscara. Proteger a identidade – Se o regime se mantiver no poder e a sua cara for vista num protesto é bem provável que num futuro próximo seja procurado para cumprir pena de prisão por se exprimir. Proteja a sua cara bem como qualquer traço que o possa identificar, tatuagens, cicatrizes, etc… Se possível, leve máscaras extras pois pode danificar a sua e até alguém do seu grupo pode precisar de uma. Lembre-se que a ditadura é algo possível.

Tácticas. Independentemente da direcção que tome, tente puxar objectos para o meio de caminho , como por exemplo caixotes do lixo, cadeiras, etc... Isto vai forçar abrandar aqueles que o estejam a seguir, estejam estes a pé ou de carro. Se tiver um veiculo pode utiliza-lo como barreira.

Não fique encurralado. Se ouvir alguém avisar que se esta a deslocar para uma rua sem saída, tente alertar outros manifestantes também. Tente ouvir os organizadores para o que se passa a sua volta e siga indicações para sair do local. Se ouvir alguém do grupo para sair do local, tente faze-lo imediatamente. Deve existir alguém cujo trabalho seja orientar ou avisar o grupo para estas situações. Lembre-se que em situações destas é normal que o regime possa feri-lo após estar preso, evite-o a todo o custo.

Seja Inteligente e cuidadoso. Existe segurança quando esta em grupo, tente ficar próximo de amigos e conhecidos, recomenda-se que protejam uns aos outros. A todo o custo, evite separar-se e fale com algum cuidado ao falar e lidar com outros. Tenha pré-definido um ponto de encontro. Caso repare estar numa zona sem saída tente contactar pessoas que o possam ajudar a sair. Lembre-se que existem pessoas no local que demonstram ser manifestantes mas na realidade podem ser agentes infiltrados com o objectivo de apurar identidades e recolher informações, como por exemplo saber onde se encontram e como comunicam. Seja cauteloso ao usar cabines telefónicas , as redes móveis podem estar em baixo para ser possível interceptar comunicações e desta forma saber os próximos passos dos manifestantes. Tente ter mais que um ponto de encontra para prevenir que num deles esteja elementos da autoridade à espera. Faça varias verificações ao longo do tempo para confirmar se ninguém falta no grupo. Os locais de reunião não devem ser próximos dos locais onde vai realizar a manifestação. Crie uma marca conhecida pelo grupo para referenciar locais de reunião ou locais seguros. • http://bit.ly/h0Q7Ap • http://bit.ly/eQxYjD • http://bit.ly/e7bCpw • http://ge.tt/7aiuv4p • http://fb.me/EEmnuCuN

Outros links com informação:
• http://dl.dropbox.com/u/20859980/LDS%20 Preparedness%20Manual.pdf • http://hamburger-anon.blogspot. com/2011/02/few-useful-tools-to-help-revolutions.html

INDEPENDENTEMENTE DO QUE ACONTEÇA, MANTENHA-SE JUNTO DE AMIGOS E TENHA CUIDADO COM INFILTRADOS.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful