Nome99999999999

PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Apresentação do Professor Caro Aluno, aproximo de você. Neste primeiro contato, gostaria de falar um pouco sobre concursos.

minha formação e minha experiência no ensino de Língua Portuguesa para Sou graduado em Letras (Português/Literatura) pela Universidade Departamento de Ensino e Pesquisa do Exército Brasileiro em parceria com a Há dez anos ministro aulas voltadas para concursos públicos. Iniciei 2004 moro em Brasília, onde dou aulas de gramática, compreensão e bancas examinadoras. Entre elas, destaco aqui as principais: Cespe, FCC, Esaf, importantes concursos nacionais e regionais (Senado Federal, TCU, MPU, TCDF etc.).

Além de ensinar nos cursinhos preparatórios, também atuo como auditores e analistas

e9

instrutor da Esaf (já tendo lecionado aulas de gramática e redação oficial para profissionalizantes. Por quase seis anos estive cedido à Casa Civil da Presidência da República, onde atuei no setor de capacitação de servidores e

99 99 99

99

99 99 99

ministrei cursos de atualização gramatical e redação oficial. Sempre que precisar, faça contato comigo, meu e-mail é: albert@pontodosconcursos.com.br. Nessa etapa da sua vida, quero me colocar ao seu lado para ajudá-lo a conquistar a tão sonhada vaga. Para você refletir: “O pessimista vê dificuldade em cada oportunidade; o otimista vê oportunidade em cada dificuldade” (Winston Churchill).
Prof. Albert Iglésia www.pontodosconcursos.com.br 1

N

om

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.

e9

99 99

N

om

da

99

Tribunais, Petrobras, Receita Federal, Bacen, CGU, Abin, BRB, BB, CEF, PCDF,

N

om

Receita

e9

FGV e Cesgranrio. Já participei da preparação de diversos alunos para os mais

99 99

99

Federal)

99

interpretação de texto e redação oficial. Possuo experiência com diversas

99

N

om

minhas atividades docentes no Rio de Janeiro – meu estado de origem. Desde

e9

e

99

de

99

Universidade Castelo Branco.

99

outras

99

99

de Brasília (UnB) e possuo especialização em Língua Portuguesa pelo

N

om e9 9

instituições

99 99 99 99 9

Sou o professor Albert Iglésia. É com imensa satisfação que me

Nome99999999999

PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Língua Portuguesa e o Concurso do Senado Federal Conforme a maioria das pessoas esperava e eu mesmo havia dito (http://www.dzai.com.br/papodeconcurseiro/blog/papodeconcurseiro?tv_pos_i

d=95932), a banca examinadora confirmada foi a FGV, uma instituição apresenta textos demasiadamente longos, poucas questões

om e9 9

respeitadíssima e que, em matéria de Língua Portuguesa, normalmente de interpretação e muitas questões sobre aspectos gramaticais (lá você Isso trouxe mais tranquilidade para aqueles que já vinham no Ponto. Já encerramos duas turmas com base no edital do último concurso. também não pode perde mais tempo!

concurso passado. A importância dela continua na disputa por uma quer pela quantidade delas (20 para ANALISTA e 15 para CONSULTOR). específicos.

99 99 99

om

N

e9

Leitura, compreensão e interpretação de textos. Estruturação do texto e dos parágrafos. Articulação do texto: pronomes e expressões referenciais, nexos, operadores sequenciais. Significação contextual de palavras e expressões. Equivalência e transformação de estruturas. Interpretação: pressuposições e inferências; implícitos e subentendidos. Variedades de texto e adequação de linguagem. Discurso direto e indireto. Sintaxe: processos de
2 Prof. Albert Iglésia www.pontodosconcursos.com.br

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.

99 99

Em todos os casos, português só perde mesmo para os conhecimentos Eis abaixo o conteúdo programático que você estudará comigo:

N

om

e9

vaga, quer seja pelo peso das questões (2 para os cargos de TÉCNICO),

99 99 99

99

Língua Portuguesa foi uma das disciplinas mais importantes do

99

TÉCNICO. Isso sem falar na prova de redação, também com peso 2. Assim,

N

om

questões (40 pontos) nas provas objetivas de CONSULTOR, ANALISTA e

e9

do Senado Federal. Em 2008, nossa disciplina teve peso 2 e veio com 20

99 99

Nossa disciplina continua fazendo uma grande diferença na prova

99

99

99

Todos sabemos que é desaconselhável estudar em cima da hora. Por isso você

N

om

e9

estudando, por exemplo, pelos cursos de Língua Portuguesa que eu lancei aqui

99

99

99

99

pode conferir outras dicas).

99

N

99 99 99 99 9

numa entrevista concedida ao CorreioWeb e publicada no dia 21 de dezembro

Nome99999999999

PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA coordenação e subordinação. Emprego de tempos e modos verbais. Pontuação. Estrutura e formação de palavras. Funções das classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência de crase. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Redação Oficial (Manual de Senado Federal)

demonstrativa). O conteúdo de cada uma delas está discriminado abaixo:

99 99

0

N

99 99 99

om

Apresentação do curso Ortografia oficial Acentuação gráfica Texto e discurso Significação contextual de palavras e expressões Leitura, análise e interpretação Coesão e coerência Tipologia textual Adequação da linguagem

N

om

e9

1

e9

AULA

99 99 99

programa

atual

e

dividido

99

Trata-se de um curso de teoria e exercícios, baseado no em nove aulas (incluindo esta, a aula

99

N

om

especialmente a você.

e9

Senado Federal, eu aceitei o convite do Ponto para ministrar este curso

99 99

Pensando em ajudá-lo a conquistar uma das vagas do concurso do

CONTEÚDO

99

99

O Curso que Proponho

99

N

om

os futuros consultores do Senado.

e9

99

mínima, chega a ser quase irrelevante. Portanto este curso serve também para

99

É que para CONSULTOR não constam os itens destacados. A diferença é

99

99

Você deve ter se perguntado o que significa a cor vermelha, certo?

99

N

om e9 9

Redação da Presidência da República e Manuais de Elaboração de Textos do

Prof. Albert Iglésia

www.pontodosconcursos.com.br

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.

99 99 99 99 9
3

pontodosconcursos.com. Assim. Prof. divulgação e distribuição. Outro esclarecimento que preciso fazer desde já é sobre a forma como conduziremos nossos estudos. cópia. 99 N om anteriormente pela FGV para 99 99 direcionar 99 99 Redação oficial 99 Concordância verbal e nominal N om Ocorrências de crase e9 os 99 Regência verbal e nominal 99 Pontuação nossos 99 99 Sintaxe do período 99 estudos. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Significa dizer que também nos ocuparemos com os aspectos teóricos sobre os itens do programa. Ocorrendo a abordagem de assuntos separadamente conforme cada caso específico (poderá haver ligeiras adaptações). e9 99 99 99 99 99 N om diversos em uma mesma questão. estrutura e formação de palavras Utilizarei prioritariamente questões de provas elaboradas complemento ao nosso ensino. por quaisquer meios e a qualquer título. N om e9 9 Em e9 99 99 99 99 9 2 . sem prejuízo das resoluções das questões de provas anteriores. vedada.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Paráfrase e paródia Discurso direto e indireto Flexão nominal Verbo: emprego de tempos e modos 3 4 5 6 7 8 Flexão verbal Sintaxe da oração Pronomes: emprego. as alternativas serão tratadas e9 99 99 99 99 bancas. formas de tratamento e colocação Classe. poderei utilizar algumas questões de outras Reproduzirei os textos e os itens (será respeitada a grafia original dos enunciados e das alternativas). Este não é um curso só de resolução de exercícios. Portanto não estranhe se isso acontecer. O procedimento é puramente didático. Albert Iglésia www. poderei utilizar um mesmo texto (ou fragmento dele) para apresentar as diversas assertivas. a sua reprodução. dando mais consistência aos estudos de cada tópico do programa.br 4 N om O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.

cópia. Solicito que você interaja comigo por meio de mensagens eletrônicas no fórum de discussão. em decorrência. Só para você ter uma ideia da dificuldade 19 de março de 2009. as regras N om e9 língua portuguesa (VOLP). de 26 de 99 antigas e as atuais conviverão até 31 de dezembro 2012.com. quem dita as normas para a correta escrita das palavras 99 99 Ortografia N om e9 9 99 99 99 99 9 . Em seu Vocabulário ortográfico da 99 No Brasil. Albert Iglésia www.583. durante o qual coexistirão a norma ortográfica atualmente em vigor e a nova norma estabelecida”. vedada. pois já existe muita gente escrever as palavras. A experiência nos permite dizer que esse processo é muito útil no momento de resolver uma ou outra questão de concurso. É isso que veremos aqui. No mais. 381 mil verbetes e outras coisas mais. por meio do Decreto nº 6.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Espero que aproveite cada explicação e cada exemplo da melhor forma possível. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. além de ter promulgado o Acordo Ortográfico da Língua 99 99 porque o então presidente Lula. estudando enquanto nós estamos aqui conversando. Portuguesa – que foi assinado em Lisboa.pontodosconcursos. todas as palavras da nossa Língua. O que Prof. do seu radical. divulgação e distribuição. Não estou dizendo que tudo se resumirá ao que será demonstrado nestas poucas linhas. em 16 de dezembro de 1990 –. da sua origem. a instituição mantém registrada a forma oficial de 99 99 é a Academia Brasileira de Letras (ABL). lançada oficialmente pela ABL em N om e9 É verdade ainda que é humanamente impossível saber a grafia de 99 99 99 99 99 também estabeleceu um período de transição: “de 1º de janeiro de 2009 a 31 N om e9 setembro de 2008. e9 99 99 99 99 99 que é isso. Isso ocorre 99 99 Apesar da vigência do novo Acordo Ortográfico. Você se atreve a decorar tudo isso?! Entretanto. saiba que a nova edição do VOLP. tem 976 páginas. podemos sistematizar a grafia de certas palavras. vamos ao que interessa. a sua reprodução. de dezembro de 2012. A sua participação é fundamental para o bom rendimento do curso.br 5 N om O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. por exemplo. por quaisquer meios e a qualquer título.

grafou-se corretamente a palavra xeque.pontodosconcursos. N om e9 9 6 Prof. vedada. • Usa-se. Sempre que for preciso. a sua reprodução. na alocação dos recursos.37-40) Assinale a alternativa em que não se tenha mantido correção gráfica ao N om e9 99 99 99 utilizar a palavra destacada. divulgação e distribuição. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. enchumaçar e derivados palavras mecha (substantivo) = pronúncia “aberta” dessas 1.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. trarei para nossa aula as mudanças das novas regras ortográficas. sem interferências externas.” (L. 99 99 99 99 9 . de acordo com e9 99 99 99 99 99 lugar. (D) Porque estava sem talão. revistas e dicionários deverá ser somada à minha explicação. om No trecho acima. (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA DE SISTEMAS/2008) “Em primeiro mercados possuem quando funcionam de maneira mais livre. a letra X: QUANDO 1 – depois de ditongos EXEMPLO ameixa. por quaisquer meios e a qualquer título. peixe CUIDADO e9 2 – depois da sílaba EN enxame. (B) Com ética e consciência cidadã. frouxo. Albert Iglésia www. (E) Deixe que eu cheque a lista de passageiros. (C) Chegou em visita ao Congresso o xeque árabe. Comecemos pelo EMPREGO DE ALGUMAS LETRAS. mexerico 99 3 – depois da sílaba ME. (A) Finalmente o enxadrista deu o xeque-mate. jornais. normalmente.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA você precisa entender é que a prática de leitura de livros. enxergar 99 enchova. o povo dará um cheque à corrupção. teve de pedir um cheque avulso. cópia. 99 N om 99 encher. 99 99 Recauchutar 99 encharcar. não estão em xeque as inegáveis e insubstituíveis virtudes que os N om e9 99 99 quando “fechada” 99 mexa (verbo).com. 99 99 N o sentido pretendido no texto.

vedada. pajem. verificar. lance em que o rei recebe ameaça indefensável. cópia. N monge/monja. Significa 99 99 99 99 e prestígio. ferrugem om 1 – nos sufixos AGEM. 99 vertigem..pontodosconcursos. Porém a grafia xeque (com X) também Prof. Alternativa D: significa ordem de pagamento por meio de dinheiro. lambujem colégio. viagem e9 (substantivo). divulgação e distribuição. xeque (com X) representa um acontecimento que põe fim a uma situação.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Comentário – Alternativa A: no jogo de xadrez. N om e9 também para o emprego de outras letras) 99 N om e9 9 comum é a palavra ser grafada xeique. Imaginem “g” nas se palavras 99 99 99 (você esse perceberá princípio N om palavras margem/margear. Eis. normalmente. a letra G: 99 99 99 N om e9 99 Alternativa E: derivado do verbo checar. Alternativa B: em sentido figurado. Resposta – B QUANDO IGEM e UGEM EGIO. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.. refúgio 99 2 – nos sufixos AGIO. Grafa-se com CH. pedágio. 99 99 documento fornecido por um banco a quem nele tem conta. a sua reprodução. Alternativa C: alguém pode ter ficado em dúvida.com. que equivale a CUIDADO lajem. com CH. eu dirijo que vale mantivéssemos a letra derivadas. e9 possuem G no radical 99 99 derivadas daquelas que homenagem/homenagear (flexão do verbo dirigir). 99 99 99 99 9 7 . A palavra grafa-se com X. por quaisquer meios e a qualquer título. relógio.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. portanto. OGIO EXEMPLO 99 99 • Usa-se. examinar. pois o mais significa soberano entre os árabes. Albert Iglésia www. conferir. o erro. UGIO 3 – nas IGIO.

jirau. objeto. a sua reprodução. cópia. 99 99 99 3 – nos sufixos AÇU e AÇO N e9 poetaço. beiço om N 4 – depois de ditongo om QUANDO e9 Usa-se. jeca. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. jiló. feição. normalmente. CUIDADO origem indígena. árabe e muriçoca.com. muçulmano. hoje. jenipapo. açoite 99 derivadas daquelas que 99 1 – nas palavras exceto – exceção. Paraguaçu. N om e9 lisonjeado 99 gorja – gorjeta. a letra Ç: EXEMPLO 99 99 99 99 injetar.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. 99 99 CUIDADO 99 N om e9 9 8 Prof. cantar – canção paçoca. a letra J: QUANDO 1 – nas palavras de pajé. setor – seção. vedada. normalmente. jequitibá dos viajar (verbo) – que eles bocejar – eu bocejei EXEMPLO jiboia. atrevidaço compleição. ultraje 99 de jeito. Albert Iglésia www. africana e árabe 2 – nas flexões verbos que possuem J viajem. Nova e9 2 – nas palavras 99 99 99 de miçanga. por quaisquer meios e a qualquer título. majestade. golaço. lisonja – 99 Iguaçu. cafajeste.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA • Usa-se. 99 99 99 99 9 . açougue. babaçu.pontodosconcursos. jerico. no radical 3 – nas palavras derivadas daquelas que possuem J no radical 4 – nas palavras origem latina • possuem T no radical 99 99 africana N om origem indígena. divulgação e distribuição.

honorífico e feminino ESE.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. intromissão. fase. por quaisquer meios e a qualquer título. intrometer – www. submergir 99 possuem D. – – – 9 99 99 99 99 99 N om e9 verbos compusera N nos seus derivados transladar) om trasladar e9 5 – no prefixo TRANS e transatlântico. divertir – 99 iludir – ilusão. gostosa 3 – nos sufixos OSO e formoso. defender e9 om 1 – N derivadas daquelas que possuem as expressões CED. coisa quis. título baronesa. RT ou RG no inversão. pusera. ascese. duquesa. SS: QUANDO nas palavras suceder regredir comprimir compressão. gostoso. Usa-se. 99 99 99 99 9 .pontodosconcursos. 7 – nas formas verbais QUERER e PÔR • 99 99 99 99 6 – após os ditongos derivadas dos 99 maisena. MET e CUT no radical Prof. normalmente. divulgação e distribuição. regressão. vedada. Albert Iglésia demissão. a sua reprodução. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. designam origem. imergir N om derivadas daquelas que diversão. Sousa. demitir discutir EXEMPLO – – sucessão. 99 99 submersão 99 99 seu radical imersão. poetisa apoteose formosa. normalmente. 99 99 CUIDADO 99 N om e9 9 2 – Nos sufixos ASE.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA • Usa-se. GRED. inverter – – – (ou e9 99 palavras – defesa. cópia.com. quisera. a letra S: QUANDO 1 – nos substantivos que chinês. ISI e OSE OSA 4 – nas EXEMPLO japonês. CUIDADO sacerdotisa. eletrólise. PRIM. MIT.

om e9 Catequese – catequizar. – – – sintetizar. claro – substantivos adjetivos om 99 N 99 99 e9 99 a) se a palavra possuir S em sua parte final. por quaisquer meios e a qualquer título. Albert Iglésia www. vedada. paralisar. formando real – realizar. (Lembre-se da sigla de um famoso banco. cópia.com. divulgação e distribuição. enfatizar.pontodosconcursos. 99 99 99 99 9 . nu – nudez. a sua reprodução. b) Hipnose – hipnotizar. o infinitivo verbal também levará analisar. guri ligação 99 99 N 99 abstratos derivados de clareza. visual – Síntese visualizar Batismo Ênfase 99 2 – nas terminações sintonia om e9 N 99 99 – sintonizar. belo – beleza 99 99 99 N om e9 9 10 Prof.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. + ada = gurizada N om e9 99 99 99 3 – como consoante de pé + udo = pezudo. batizar. S: análise paralisia – – infinitivos verbais 99 99 99 99 IZAR. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA discussão 2 – prefixo terminado pre + sentir = pressentir em • vogal + palavra (repare que o “s” foi duplicado”) começada por S Usa-se. a letra Z: QUANDO EXEMPLO CUIDADO 1 – nas terminações EZ e EZA. normalmente. só que com E no final: HSBCE). formando insensato – insensatez.

N passear: passeio. ele. normalmente. odiamos. de terminarem em IAR. om verbos terminados em e9 99 1 – são irregulares os 99 Mediar. tu. premiam premio. eles recebem a passeias. ele. 99 passeamos.br 11 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. a letra H: QUANDO 1 – nas palavras ligadas por hífen em que o anti-higiênico. odeias. divulgação e distribuição. são irregulares e premiais. Remediar. 99 letra I nas formas passeais. 99 99 IAR N verbos terminados om e9 2 – são regulares os em N om e9 9 derivadas 99 99 99 99 9 . sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA • Usa-se. W e Y (conforme o novo Acordo Ortográfico) O alfabeto passa a ter 26 letras. a sua reprodução. Foram reintroduzidas as letras k. lobisomem EXEMPLO CUIDADO palavras não possuem H: baiano eles – a sílaba tônica integra o radical) passeiam om e9 99 99 rizotônicas (eu. premia. tu. cópia. odiais. super-homem desarmonia. 99 99 99 99 N Odiar (MARIO): apesar premiar: premias.pontodosconcursos. 99 EAR.com. passeia. 99 • Verbos terminados em EAR e IAR: 99 99 99 Ansiar. Incendiar. odeiam N om e9 99 99 99 As letras K. w e y. présegundo começa com H 2 – na palavra Bahia as elemento histórico. premiamos. eles): odeio. odeia. vedada. recebem a letra E nas formas rizotônicas (eu. por quaisquer meios e a qualquer título. Albert Iglésia www. Prof.

“Elas de N om k. kaiser.br 12 N O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. a sua reprodução. Albert Iglésia www. Essas três Prof. “Como deverão ser usadas?”. divulgação e distribuição.com. 99 99 são vogais ou consoantes?”. W e Y em nosso alfabeto NÃO AUMENTA SEU USO. em que soa como o “u”. vedada. “Quais as consequências práticas?”. e o que acontece agora que elas estão oficialmente introduzidas no nosso alfabeto? Haverá mudanças na grafia de alguma palavra? Deveremos escrever “kilômetro” em vez de “quilômetro”? Na prática. yin. cópia. b) na escrita de palavras e nomes estrangeiros (e seus playground. em que é de e9 adotada pelos gregos (kapa) e depois pelos romanos (capa) –. w e y voltaram ao alfabeto?”. 99 palavra será grafada de forma diferente?”. om Bem. “Alguma unidades e9 A essa altura você deve estar se perguntando: “Por que as letras 99 99 99 99 de 99 medida: N om e9 9 km 99 99 99 99 9 . por quaisquer meios e a qualquer título. e9 99 99 99 derivados): show. playboy. pois a reintrodução das letras K. William. nada muda na grafia das palavras.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA aA bB cC dD eE fF gG hH iI jJ kK lL mM nN oO pP qQ rR sS tT uU vV wW xX yY zZ usadas em várias situações. Por exemplo: 99 99 N (quilômetro). kg (quilograma). sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. kung fu. que na verdade N om letra usada nas línguas inglesa. W (watt). w (dábliu) – símbolos 99 99 As letras k (cá ou capa) – letra oriunda do alfabeto fenício (kaph). windsurf. om e9 a) na 99 99 99 escrita 99 não tinham desaparecido da maioria dos dicionários da nossa língua. yang. Kafka.pontodosconcursos. kafkiano. são 99 pronunciada como “v” – e y (ípsilon) – letra com som de “i” –. “Como é a pronúncia do w?”. e alemã.

a sua reprodução. Prof. SW . Wilson. Taylor. seguidor dessa doutrina). 99 99 N Y (Ítrio).Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA letrinhas continuam sendo usadas em NOMES PRÓPRIOS ORIUNDOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Wagner. Veja alguns exemplos: byroniano (relativo a Lord Byron.com. N om Companhia Real de Aviação). Kardec. e9 99 99 99 kardecismo (doutrina espírita do pensador francês Allan Kardec). como nos exemplos abaixo: Também continuam sendo usadas nas PALAVRAS DERIVADAS DE NOMES PRÓPRIOS ESTRANGEIROS.br 13 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. .sudoeste (southwest).pontodosconcursos. 99 99 em N português: Juan). 99 99 PALAVRAS INTERNACIONALMENTE ADOTADAS como: 99 As letras K.noroeste (northwest). do inglês yard). Darwin. Albert Iglésia www. Kr (Criptônio). W . por quaisquer meios e a qualquer título. Você aí já se perguntou se ESSAS LETRAS SERÃO CLASSIFICADAS om W (Tungstênio). om e9 9 99 99 99 99 9 Byron. NW . yd (jarda. vedada. N om kuwaitiano (indivíduo natural do Kuwait). 99 99 99 Watt. filósofo alemão). vejamos como elas poderão se comportar. autor da obra Don kantismo (doutrina filosófica de Immanuel Kant.oeste (West). 99 99 99 om e9 N COMO VOGAL OU CONSOANTE?!?! Certo. e9 K (Potássio). W e Y também são usadas em SIGLAS. e9 KLM (Koninklijke Luchtvaart 99 99 TWA (Trans World Airlines). SÍMBOLOS E Maatschappij. 99 99 kW (quilowatt). Franklin. cópia. poeta inglês. kardecista (relativo ao kardecismo. divulgação e distribuição.

surgem em diversos textos. Albert Iglésia www. pois sempre é pronunciado como o C antes das vogais A. volta e MAL x MAU om e9 N 99 99 99 a) Ela se houve mal na prova. já deixaram muita gente com dúvida na hora de optar por uma ou 99 Passemos agora ao EMPREGO DE ALGUMAS EXPRESSÕES que.pontodosconcursos. equivale-se a quando. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. divulgação e distribuição. cópia. (conjunção subordinativa adverbial. foi à praia. contrário de bom) Prof. waffle. vedada. assim. pois normalmente é outra forma. windows. Vejamos quais são. Wagner. 99 CONSOANTE. Wilson. N om e9 9 99 99 99 99 9 . por quaisquer meios e a qualquer título. watt (uote). será uma CONSOANTE: 99 99 Nas palavras de origem alemã. show. O e U e como o dígrafo QU antes de E e I. e9 99 99 99 certamente. Já o Y será VOGAL ou SEMIVOGAL.com. 99 N Walter. os portões foram fechados. o W normalmente é pronunciado 99 99 Wallace. Selecionei para esta aula apenas alguns vocábulos que. 99 99 N om meia. contrário de bem. a sua reprodução. DE ACORDO COM A FORMA COMO SÃO PRONUNCIADAS nas palavras em que aparecem. 99 N semivogal: om normalmente pronunciado como U. om e9 como um V. refere-se a um substantivo. (adjetivo. e. O K será sempre CONSOANTE. refere-se a um verbo) b) Mal entrou. indica circunstância de tempo) c) Apesar do mau tempo.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA As novas letras do alfabeto deverão ser classificadas em vogais ou consoantes.br 14 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Nas palavras de origem o 99 99 A letra W pode assumir o papel de VOGAL (ou SEMIVOGAL) ou inglesa. (advérbio de modo. será por vogal ser ou W e9 99 99 pronunciado como se fosse um I.

Como vimos anteriormente. que N om e9 99 99 com dos que ele 99 99 99 a N om e9 9 queda esse mal destacá-los e formular a seguinte assertiva: “Nas linhas X e Y. a sua reprodução. antônimo de bom (adjetivo). seria e9 2.com. a implosão 99 99 planejamento caiu em descrédito da no mito pensar mas. Muito cuidado antes de responder. N 99 99 prejudicado caso se substituísse “mal” por mau. no contexto. os vocábulos União Soviética mercados está ingênuo crise. em destaque possuem a mesma classificação gramatical”. 99 99 pernas. isso nem sempre será verdade. enfraquecida. DE NÍVEL SUPERIOR/2010) O sentido Prof. O vocábulo “mal”. pode selecionar duas frases de um texto em que esses vocábulos aparecem.] O 16 19 desapareceu com a recente om e9 se autorregulam. 99 99 99 99 9 do a que mito das e da 15 . Isso é importante porque a banca examinadora pode sugerir o contrário. Albert Iglésia www. está.envolverde. Quero que note ainda as diferentes classificações dos vocábulos que surgirão [.pontodosconcursos.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999..> (com adaptações). N om expressão “mal das pernas” (l. Resposta – Item certo. é o contrário de bem (advérbio) e não pode ser trocado por mau..] N om e9 99 99 99 Comentário – Em linguagem figurada.com.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA ATENÇÃO! Quero que você perceba que o vocábulo MAL não possui a mesma classificação gramatical nas alternativas “a)” e “b)”. O examinador. Seria 99 99 contrarreforma neoliberal baseada 99 Muro de Berlim. vedada. Internet: <www. cópia.19-20). característica da oralidade. sua sustentabilidade está abalada. já não produz o mesmo efeito.. nos próximos exemplos. (CESPE/ANEEL/CARGOS 99 99 99 Ignacy Sachs. [.br.. divulgação e distribuição. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. por exemplo. a expressão nos comunica que o “mito dos mercados que se autorregulam” está desacreditado. Voltando ao planejamento. por quaisquer meios e a qualquer título.

(vem precedido de determinante. antes de 99 99 relativo. é substantivo. causa) Atenção! Sempre que estiver diante de uma pergunta (direta ou indireta). por quaisquer meios e a qualquer título. cantor estava inquieto. razão.: O cantor estava inquieto. 99 99 PORQUE x PORQUÊ N om e9 Ninguém lhe dava atenção. (conjunção coordenativa e9 99 99 99 a) Não vim porque estava cansado. (FGV/CODESP/ADVOGADO/2010) O aproveitamento das oportunidades que estão surgindo é valioso porque. (conjunção subordinativa adverbial. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. porque você está incomodando. a sua reprodução. (preposição + pronome 99 N o “quê” é tônico) om e9 9 Prof. usado no início da oração. vedada. (a única diferença é que a frase interrogativa é indireta) c) Você não veio por quê? (agora a expressão aparece no final da frase. Por quê? 99 99 Advertido pelo presidente da Mesa.com. o “que” é átono) . o deputado quis saber por quê. e pausa. sem saber por quê. Albert Iglésia www. (Sem saber por quê. 3. equivale-se a por qual motivo.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. 99 99 99 99 9 16 início da oração. 99 99 99 Ex. sendo tônico. tiver o sentido de motivo. equivale-se a pelo qual) 99 99 d) Quero saber o motivo por que você não veio. o N om e9 Quando colocado no final da frase ou no final de oração. equivale-se a motivo. cópia. divulgação e distribuição. use a expressão separada. razão pela qual.pontodosconcursos. indica circunstância de causa) om N e9 99 99 99 c) Quero saber o porquê da sua falta. além da realização pessoal na vida 99 99 explicativa) N om b) Fique quieto. usado no b) Quero saber por que você não veio.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA POR QUE x POR QUÊ a) Por que você não veio? (preposição + advérbio interrogativo.

om e9 99 99 (D) Porque nossa habilidade não era valorizada não íamos demonstrá-la? 99 99 99 (C) Ele esperava saber por que. Alternativa C: repare que a trecho “. O emprego está correto. habilidade não era valorizada” denuncia uma pergunta indireta (as indagações 99 99 N om e9 99 99 99 atençaõ. é um atalho para melhora dos níveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez maiores da população brasileira. Emprego correto.. discutir (B) Vamos destacar as habilidades por que somos conhecidos. repare que o “porque” é uma conjunção causal. Emprego correto. vedada..br 17 N O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Prof.por que (. cópia.. empregou-se corretamente uma das formas do porquê.pontodosconcursos. que estabelece uma relação de causa e efeito entre as oraçãoes que articula. mas tentamos. Alternativa A: a grafia correta é “por que” (= por qual interrogativas (diretas ou indiretas).Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA profissional. om e9 Alternativa D: aqui você precisa de um pouquinho mais de 99 99 99 99 Alternativa B: troque “por que” por pelas quais e ateste que 99 N om motivo). Albert Iglésia www. pois o examinador inverteu a ordem natural das orações.. em se falando de habilidades.com. 99 N Comentário – O examinador quer que apontemos o emprego incorreto. (A) Sem ter por quê.63-67) Assinale a alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido. Separada e com acento. naquele departamento. a sua reprodução. (E) Não conseguimos saber por quê. estamos diante de preposição + pronome relativo. Primeiro ele escreveu a oração subordinada causal e depois a oração princial. a expressão vem em final de orações e9 99 99 99 Fique atento! 99 Naturalmente ele tentou complicar um pouco as coisas para os candidatos. 99 99 99 99 9 mais No trecho acima. (L. calamo-nos. Mesmo sendo uma frase interrogativa. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Vamos reorganizar o quebra-cabeça: “Não íamos demonstrá-la porque nossa habilidade não era valorizada?”. era valorizada. . por quaisquer meios e a qualquer título.) sua indiretas normalmente são orações subordinadas [objetivas diretas] a outra oração principal). divulgação e distribuição. sua habilidade não N om e9 9 profundamente.

divulgação e distribuição. 99 No período acima. 99 (B) Nem sempre é fácil entender as modificações por que passam os partidos 99 N apresentar claramente. Assinale 99 99 (L. cópia. Este foi o exemplo que lhe dei: Sem saber por quê. (FGV/TRE-PA/TÉCNICO JUDICIÁRIO/2011) Partidos devem ir às ruas Prof. Agora. nas relações entre os partidos (D) Às vezes sem saber por que. Confirme que o quê pode ser tônico também em final de oração.com. reescreva-a da seguinte forma: O saber por quê. e9 99 99 99 políticos. Resposta – A explicar para os cidadãos por que existem e quais são suas propostas. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. antes N om e9 99 99 99 de uma pontuação (não necessariamente no final da frase). Resposta – D 99 99 N om povo escolhe determinados candidatos para cargos importantes. às vezes sem e9 99 99 99 99 cargos importantes. por quaisquer meios e a qualquer título. empregou-se corretamente a forma POR QUE. 99 N om políticos. Percebeu a tonicidade do quê? Vá ao quadro que apresentei acima. o povo sabe por que deve escolher bem seus representantes. vedada. (C) As pessoas desejam entender por que. as alianças rapidamente se dissolvem.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Alternativa E: agora o “quê” (que também complementa o sentido de um verbo transitivo direto) é tônico e deve. o povo escolhe determinados candidatos para (E) Na realidade.34-35) N om e9 9 4.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.pontodosconcursos. ser acentuado. om (A) O povo não entende por que os partidos políticos se esquivam de se e9 99 99 a alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido. o cantor estava inquieto. Comentário – Releia a alternativa D. a sua reprodução. Emprego correto. Albert Iglésia www. por isso. 99 99 99 99 9 18 .

) c) Essa pessoa só tem um senão. cópia. mácula. a sua reprodução. você não desperdiça tempo durante 99 N om qual. por quaisquer meios e a qualquer título. assunto. vedada. no caso sob análise) poderá ser substituída corretamente pela expressão e9 99 99 99 analisar tudo o que a banca propôs. (significa defeito. ser grafado porque. dependendo do uma prova. porém.. tal como ocorre em 99 poderia. Você nem precisa ter o trabalho de 99 N om e9 “mas o mandamento de agir unicamente porque se trata de um dever” 99 99 em razão de estar empregado como conjunção causal. (CESPE/EBC/CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR/2011) Na linha 26. mancha. senão criticar.. O texto é até dispensável. sem prejuízo para a correção gramatical.br 19 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Albert Iglésia www. Assim.31-32).com. jamais a expressão por que (com separação.] (L. Resposta – Item errado. é substantivo) 99 99 N SENÃO x SE NÃO om e9 99 99 99 99 caso). De acordo com o que foi explicado sobre o 99 Comentário – Questão muito fácil. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. indica om N e9 99 99 99 alternância de ideias que se excluem mutuamente) b) Não fazia coisa alguma. (pode ser substituído por ou. divulgação e distribuição. conjunção causal ou explicativa. “por que” N om e9 9 Prof. equivale-se a pela porque (sem separação. 99 99 5.pontodosconcursos. (equivale-se a mas sim. a) Estudem.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA [. 99 99 99 99 9 . senão ficarão reprovados.

sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. por quaisquer meios e a qualquer título.. equivale-se a sobre) N a) Hoje falaremos acerca dos pronomes. 8/1/2009 (com adaptações). do crescimento planejamento urbanos. Comentário – Cerca de e acerca de são locuções prepositivas.br 20 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.pontodosconcursos. Albert Iglésia www.. 99 99 99 99 9 já mas. A primeira é usada para indicar quantidade aproximada. a segunda equivale-se à preposição sobre. a sua reprodução. Prof. o — mais das distante ruas possível e 99 99 movimentadas.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA d) Se não houver dedicação. tem dois mais ATENÇÃO! É muito útil perceber que a expressão será separada apenas . (refere-se a acontecimento e9 99 (refere-se a acontecimento passado) 99 b) Os primeiros colonizadores surgiram há cerca de quinhentos anos.. ficarão reprovados. 1 Com apresenta como muito [. 6. “não” = advérbio de negação) quando introduzir uma oração subordinada adverbial condicional. (locução prepositiva – “dos” = de om e9 9 — a ACERCA DE x A CERCA DE x HÁ CERCA DE 4 o alerta: onde morar em metrópoles? É melhor optar por uma quarteirões. e nas o om c) Estamos a cerca de quatro meses da prova. (“Se” = conjunção subordinativa adverbial condicional. (CESPE/DETRAN-DF/ANALISTA/2009) A substituição de “cerca de” (l. Resposta – Item errado. om e9 28 um 99 99 99 apartamento mínimo 99 99 aprender sobre N advertem estudiosos om e9 80% da cidades.2) por acerca de manteria a correção gramatical do período.] N no avenidas e9 N om 99 99 99 Gazeta do Povo (PR).com. população assunto. cópia. mas elas não devem ser confundidas. divulgação e distribuição. vedada. [. 99 99 99 o país Brasil ainda + os –..] casa ou a um cerca alto de grau 99 99 99 de 99 99 futuro) N urbanização.

divulgação e distribuição. (CESPE/DETRAN-DF/ANALISTA/2009) Manteria a correção gramatical e o sentido do texto a inserção de há dois quarteirões no lugar de “a dois quarteirões” (l. intenção) 99 b) Estudou muito. Julgue-a quanto à correção gramatical.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 7. (CESPE/CORREIOS/AGENTE DE CORREIOS/2011 – adaptada) Na opção a e9 99 99 99 denota finalidade. causaria incoerência. a fim de tirar o primeiro lugar. a sua reprodução. nesse contexto. O autor pretende indicar a distância mínima da localização do O progresso comercial advindo da chegada da família real no novo mundo permitiu a elaboração do primeiro Regulamento Postal do Brasil. Albert Iglésia www. refere-se a um substantivo. intento. o vocábulo adequado é “a”. vedada. Resposta – Item errado. 99 N número para com ele concordar) om e9 a) Temos ideias afins.28-29).pontodosconcursos. o decretos que criassem os Correios Interiores. Resposta – Item errado. Nesse sentido. usada para exprimir finalidade. dizer no texto. cópia. varia em 99 99 AFIM x A FIM DE 99 99 99 N om e9 9 Prof. objetivo. (adjetivo. propósito. por quaisquer meios e a qualquer título. Comentário – A forma verbal “há”. 99 99 funcionamento regular dos Correios Marítimos e a emissão de novos N om e9 abriu caminhos afim de que o serviço postal se desenvolvesse. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Não é isso o que se pretende imóvel. é apresentado trecho adaptado de texto extraído do sítio dos N om 8. om N e9 99 99 99 Comentário – Repara na expressão “afim de”. Esse fato 99 99 99 99 Correios na Internet.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. 99 99 99 99 9 21 . Nesse sentido. 99 seguir. a grafia correta é separada: a fim de. (locução prepositiva.com. visto que indicaria a existência de dois quarteirões.

caso da forma verbal “vai”: om e9 c) Aonde você vai? (usa-se com verbo de movimento que exige. vem precedido de artigo) c) Surgiram candidatos de mais.). por quaisquer meios e a qualquer título. José Leite Lopes.. 99 99 99 99 9 22 adjetivo. a preposição a.] 99 99 N om difícil reconstituir e9 sensações.1) por no qual vivemos ou por onde vivemos não acarreta prejuízo para a coerência nem para a correção gramatical do texto. (CESPE/ANTAQ/ESPECIALISTA – ECONOMIA/2009) No desenvolvimento da textualidade. 167 (com adaptações). p. (advérbio de intensidade.com. Albert Iglésia www.. em que as N om por em + onde) e9 vivemos. São Paulo: Companhia das Letras.pontodosconcursos. N om e9 9 Prof. em excesso) . a substituição do trecho “em que vivemos” (l. cópia. liga-se a um verbo ou a um b) Eu estudo muito. na língua portuguesa não existe a contração nonde. Tempo e História. indicada 99 a) Onde você está? (usa-se onde com verbo estático que pede a 99 99 99 é que certamente tiveram os impressões primeiros homens em contato com a natureza. Tempo = espaço = matéria.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. os demais. equivale-se a outros. e9 N om 99 99 99 9. vedada. In: Adauto Novaes (Org. a sua reprodução. também 99 99 onde) em 99 razão sua regência. pouco. 1996. demasiadamente. 99 preposição em. divulgação e distribuição. (pronome indefinido substantivo.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA DEMAIS x DE MAIS a) Estudei demais. equivale-se a muito. caso do verbo “vem”: “Donde” = de + 99 99 b) Donde você vem? (usa-se com verbo de movimento que peça. a preposição de. (locução que se contrapõe a de menos) ONDE x DONDE x AONDE 1 No mundo 99 99 99 99 99 “Aonde” = a + onde) moderno as N por causa de sua regência. [. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.

explora o emprego dessas expressões. N Plínio Arruda Sampaio.br 23 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. até violentos — entre grupos e N E constrói-se no meio de embates om muito com e9 obra do acaso ou da fatalidade. São Paulo: Moderna. Uma 99 99 do país no qual vivemos. volta e meia.pontodosconcursos.). é às e constrói. a forma em que pode ser trocado pela forma no/na qual. 27-9 (com adaptações). 99 concepções de desenvolvimento 99 99 vezes. nação visões intensos interesses distintos N om e9 9 99 99 99 99 9 . divulgação e distribuição. Quando om e9 N 99 99 99 tratarmos de pronomes. futuro. conforme o 4 7 gramatical do texto. mas não foi aprovada. Identidade om e9 [. E o futuro de 99 1 Nossos projetos de vida dependem muito um 99 99 do país se — de futuro não e. supostamente indicada por em + onde. (conjunção coordenativa adversativa.com.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Comentário – A ênfase aqui será dada ao emprego de onde. 99 99 N om e9 qual”. O pronome relativo que pode ser substituído por o/a qual. p.. pode-se empregar em que ou onde em lugar de “no Comentário – Esta foi só para confirmar o que eu disse anteriormente e como o Cespe. Logo. Resposta – Item certo. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 99 99 99 10. conecta orações que guardam entre si ideias opostas) Prof.] 99 99 conflitantes. (CESPE/MJ-DPF/AGENTE/2009) Na linha 2. caso. MAS x MAIS a) Ela estudou muito. que é usado com verbo estático (“vivem”) e pede a preposição em. Resposta – Item certo. cópia. a sua reprodução. mantendo-se a correção 99 99 nacional em debate. por quaisquer meios e a qualquer título. In: Márcia Kupstas (Org. Albert Iglésia www. O Brasil em construção. falaremos mais sobre o uso dos relativos. na língua portuguesa não existe a contração nonde. 1997. vedada..

Nome99999999999

PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA b) Ela era a aluna mais simpática da turma. (advérbio de intensidade,

refere-se a adjetivo, outro advérbio ou verbo)

substantivo) HÁ x A a) b)

Ele chegou da Europa há dois anos. (refere-se a acontecimento passado)

refere-se a um substantivo; significa desprezível, sem valor, insignificante)

rumo certo, a esmo, sem fazer nada)

99 99 99

DIA-A-DIA x DIA A DIA (o novo Acordo aboliu o hífen) O dia-a-dia (dia a dia) do operário brasileiro é desgastante.

N

om

e9

a)

(substantivo, precedido por artigo, equivale-se a cotidiano) b) Os preços das mercadorias aumentam dia a dia. (locução adverbial de

tempo, equivale-se a diariamente)

99 99

N

om

b)

Ele andava à toa na rua. (locução adverbial; indica maneira, modo, sem

e9

99 99 99

a)

Ele era uma pessoa à-toa (à toa). (locução adjetiva invariável;

99

99

À-TOA x À TOA (o novo Acordo retirou o hífen)

N

om

e9

concordância)

99 99

b)

O filho foi ao encontro do pai, abraçando-o. (sugere posição favorável,

99

A proposta da diretoria foi de encontro aos anseios dos funcionários.

99

99

(indica posição contrária, colisão, confronto)

N

om

a)

O ônibus foi de encontro ao carro, causando a morte de duas pessoas.

e9

99

DE ENCONTRO A x AO ENCONTRO DE

99

99

99

Ela voltará daqui a um ano. (refere-se a acontecimento futuro)

99

N

om e9 9

Prof. Albert Iglésia

www.pontodosconcursos.com.br

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.

99 99 99 99 9
24

c)

Menos ódio e mais amor. (pronome indefinido adjetivo, refere-se a

Nome99999999999

PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA TAMPOUCO x TÃO POUCO a) Não realizou a tarefa, tampouco apresentou qualquer justificativa.

b)

Tenho tão pouco entusiasmo pelo trabalho. (tão = advérbio de

intensidade; pouco = pronome indefinido adjetivo, alude a um substantivo) c)

Estudamos tão pouco. (tão = advérbio de intensidade, refere-se a outro

EMPREGO DO HÍFEN NA PREFIXAÇÃO

Exemplos:

auto-educação,

99 99 99

PROTO, PSEUDO, SEMI, SUPRA: antes de VOGAL, H, R e S. contra-almirante, semi-selvagem, ultra-rápido, supra-sumo.

99 99 99

2 – Com os prefixos ANTE, ANTI, ARQUI e SOBRE: antes de H, R ou S. Exemplos: anti-higiênico, arqui-rabino, ante-sala, sobre-saia. EXCEÇÔES: sobressair, sobressalente, sobressaltar, sobressalto.

N

om

e9

11. (FGV/SEFAZ-RJ/FISCAL

99 99

N

EXCEÇÃO: extraordinário.

om

e9

99

99

1 – Com os prefixos AUTO, CONTRA, EXTRA, INFRA, INTRA, ULTRA, NEO,

N

om

Regras Antigas

ICMS/2007)

e9

99 99

99

99

DELAS).

99

antigas e novas poderão ser usadas (NA REDAÇÃO, UTILIZE APENAS UMA

Em

N

om

importantes. Ressalto que até 31 de dezembro de 2012 as regras

antimaterialista,

e9

99

introduzidas

pelo

novo

Acordo

Ortográfico.

Resumirei

99

A respeito do EMPREGO DO HÍFEN, várias mudanças foram aqui os casos

99

99

99
utilizou-se corretamente a regra de emprego do hífen com o prefixo anti-. Assinale a alternativa em que isso não tenha ocorrido.
Prof. Albert Iglésia www.pontodosconcursos.com.br 25
O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.

N

advérbio: pouco = advérbio de intensidade, refere-se ao verbo)

om e9 9

99 99 99 99 9

(advérbio de negação, equivale-se a também não)

Nome99999999999

PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA (A) anti-higiênico (B) antiaéreo (C) anti-rábico (D) anti-semita (E) anti-inflacionário

antigo. Portanto a grafia correta da palavra constante na última opção é É bom ressaltar que o novo Acordo mudou a regra, como Resposta – E

12. (FGV/SENADO FEDERAL/ADVOGADO/2008) Em não-efetivação (L.33), correta. Assinale-a. (A) sócio-ambiental

om

N

e9

99 99 99

(B) tele-reportagem (C) macro-encefalia (D) trans-humano (E) sub-reptício Comentário – Segundo o novo sistema ortográfico, não se emprega o hífen com as palavras não e quase com função prefixal: não agressão, não

99 99

N

om

e9

utilizou-se corretamente o hífen. Das palavras abaixo, somente uma está

99 99 99

99

99

CUIDADO: SUB antes de B: sub-bibliotecário.

N

om

Exemplos: ab-rogar, sob-roda, sub-reino.

e9

4 – Com os prefixos AD, AB, OB, SOB, SUB: antes de R.

99 99

99

Exemplos: super-homem, super-rápido.

99

99

3 – Com o prefixo SUPER: antes de H ou R.

N

om

e9

99

99

veremos a seguir (anti-inflacionário).

99

99

99

antiinflacionário.

N

om e9 9

Comentário – A questão deve ser analisada conforme o sistema ortográfico

Prof. Albert Iglésia

www.pontodosconcursos.com.br

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.

99 99 99 99 9
26

N om e9 Prof. genericamente. Albert Iglésia www. Alternativa C: ainda fundamentados no que foi descrito sobre Alternativa D: o item A. PRÉ e PRÓ: quando tônicos. é necessário trans-. pré-vestibular. Por conseguinte a escrita correta é 99 N mal-humorado. eletro-. Saiba você que a regra acima foi mantida pelo novo Acordo Ortográfico. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. neuro-. 6 – Com os prefixos PÓS. por exemplo.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA fumante. mal-limpo. Mas a questão deve ser analisada sob as regras antigas ainda. acrescentar que. micro-. pró-paz. cópia. para que se preserve a integridade fonética. Alternativa B: depois do que foi dito anteriormente. por quaisquer meios e a qualquer título. Resposta – E 5 – Com os prefixos MAL e PAN: antes de VOGAL. quase delito. Nesse grupo estão: acro-. M e N. a sua reprodução.etc. Eis a grafia correta: socioambiental. hidro-. L. pan-mítico.pontodosconcursos.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. que o novo Acordo eliminou a referida lista e passou a dispor. orto-. Como acabei de explicar. basta duplicar a letra R: telerreportagem.com. vedada. com o descarte da letra H. tele-. Essa escrita também foi mantida pelo novo sistema ortográfico. divulgação e distribuição. cardio-. mal-napoltano. e9 99 99 99 99 comentário da primeira alternativa. 99 99 99 99 9 no 27 . H. hepta-. hemi-. intro-. Exemplos: pós-graduação. a grafia de sub-reptício realmente está correta. Alternativa A: sóciointegra um grupo de prefixos e pseudoprefixos nunca seguidos de hífen. serão separados por hífen. macro-. quase equilíbrio etc. Deve ser ressaltado que o hífen será usado quando a palavra seguinte iniciar com a mesma vogal om e9 temos 99 99 99 99 aqui 99 N om outro e9 99 99 elemento 99 99 99 N om e9 9 citado transumano. O novo Acordo manteve a grafia. a grafia correta é macroencefalia. que encerra o elemento anterior: micro-ondas. uni. 99 99 99 Exemplos: 99 99 N om pan-americano.

Se os prefixos não forem Resposta – Item I: certo. intra. -ondas. pós-operatório. Usa-se hífen pró-labore. propor.60-63) A respeito do trecho acima. arqui. micro. N om com os prefixos pré. mini-hotel auto. ante. antirracista. A respeito do uso ou não do hífen. divulgação e distribuição. pois a integridade fonética é preservada mesmo com 99 N usado quando a palavra seguinte iniciar-se por S. não haverá hífen: predeterminado.. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. auto. semi. Agro. mas não podemos apontar com segurança os fatores que selaram seu êxito nem os fatores sem os quais elas poderiam ter sido exitosas. O antônimo de bem-sucedidas é “malsucedidas”. anti. macro. assim como toda palavra que Item II: o erro está na parte final da assertiva. pró (tônicos e acentuados com autonomia): www. anti-herói. micro. contrário de bom (falarei mais desse aspecto algumas linhas 99 99 Comentário – Item I: o contrário de bem é mal. cópia. supra. extra. analise os itens a seguir: I.’” (L. tele. que não deve ser confundido 99 99 N om e9 9 99 99 99 99 9 . pós. vedada. a sua reprodução. última do prefixo: auto.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 13. A palavra pós-guerra é grafada com hífen. trouxer o prefixo "pós-". minissaia. 99 99 99 e9 99 99 99 99 autônomos. maxi. antissocial. mega. 99 99 Prefixos Quando N om Regras Novas Usa hífen a Não usa hífen palavra a) Em todos os demais autorretrato.antivírus. ultra.autoanálise.br e9 99 99 99 a junção dos elementos. pospor. infra.pontodosconcursos. item II: errado. pressupor. -hipnose. pré-história etc.autocontrole. sobre. por quaisquer meios e a qualquer título. (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA DE SISTEMAS/2008 – adaptada) “‘Podemos caracterizar as economias bem-sucedidas do pós-guerra. 28 Prof.. Também não há necessidade om abaixo). 99 de duplicar a consoante. II. Albert Iglésia O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. minidicionário. minirreforma. N om contra. anti-imperalista. mini. não consta nas regras que ele será e9 99 com mau. e9 99 seguinte começa com h casos: ou com vogal igual à autossustentável.com. -observação.

pró-europeu.e re.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA ultrassom. pré-história. palavra Em e9 Vice. coerdeiro.caem o h e o hífen: coordenar. vedada. recém. ex-presidente. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. ex-hospedeiro.pontodosconcursos. reabilitar. sem-terra Pan. pró pós-graduação. pós. inábil. alémtúmulo.. b) Quando se usam os prefixos dese in-. reeleição. aquém. aquém-mar. mal Prof. inter. super seguinte começa com h 99 99 Quando 99 a 99 99 palavra N om casos: 99 99 Também 99 N om e9 9 os os inabitável. além-mar. sub-reino. 29 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. divulgação e distribuição. (perceba que as letras R e S são duplicadas). além. c) desonra. recém-nascido.com. casos: www. e9 99 99 prefixos co. sub-humano casos: subeditor Admite-se subsecretário. recém-casado. pré-vestibular. circum. ex-prefeito. caem o h e o hífen: desumano. h ou r: sub-base. ex-diretor. reeditar. vice-presidente. ex. com os hiperinflação.br pansexual. sem. pré. inter-regional e9 Hiper. om ou com r: super-homem. Em todos os demais coabitar. Albert Iglésia N om 99 99 99 Quando a seguinte começa com h. todos demais N Sempre: vice-rei. por quaisquer meios e a qualquer título. ainda om e9 99 99 subumano ex-aluno. 99 N supersônico Em todos demais 99 99 99 99 Quando a palavra Sub seguinte começa com b. 99 99 99 99 9 . cópia. a sua reprodução..

super-romântico. 99 99 2 – Não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal diferente da vogal 99 99 N om e9 9 99 99 99 99 9 . 99 Exemplos: hiper-requintado. mini-hotel. hiperativo. superamigo. om N e9 99 99 99 interestudantil.br 30 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. infraestrutura. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. semiopaco. super-resistente. inter-racial. plurianual. divulgação e distribuição. 99 N autoaprendizagem. por quaisquer meios e a qualquer título. fique atento porque as bancas examinadoras tentarão confundi-lo. sub-bibliotecário. superinteressante. 99 extraescolar. autoescola. a sua reprodução. e9 99 com que se inicia o segundo elemento. vedada. interescolar. anteontem. cópia. Possivelmente. om Exemplos: aeroespacial. n ou vogais: pan. agroindustrial. não se usa o hífen se o segundo e9 99 99 99 super-racista. antiaéreo. superaquecimento. anti-histórico.circuncisão americano. coautor. supereconômico. todos nós podemos usar as duas regras ortográficas até 31 de dezembro de 2012.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA m. Albert Iglésia www. om 3 – Quando o prefixo termina por consoante. usa-se o hífen diante de palavra iniciada por h. 99 N elemento começar pela mesma consoante. proto-história. super-homem. sobre-humano. antieducativo. coedição. hospitalar Quero enfatizar as seguintes mudanças: 1 – Com prefixos. super-reacionário. superotimismo. elaborarão questões em que se substitui uma Prof. autoestrada. ATENÇÃO! Torno a dizer que. autoinstrução. usa-se o hífen se o segundo e9 99 99 99 semiesférico. Exemplos: anti-higiênico. semianalfabeto.pontodosconcursos. Exemplos: hiperacidez. interestelar. interestadual.com. 99 99 N elemento começar por vogal. semiaberto. em virtude do período de transição. ultra-humano. Sendo assim. om 4 – Quando o prefixo termina por consoante. superexigente. inter-regional. circum- macro-história.

b) 99 99 N N om e9 99 99 99 Resposta – B Prof. a alteração é facultativa por enquanto. Albert Iglésia www. vedada. Isso foi mudado pelo novo Acordo Ortográfico. Quando se tratar de mera adequação às novas regras. obedeceu-se às om e9 9 99 99 99 99 9 . Note que a 99 99 (E) mega-evento 99 N (D) megaritual om (C) mega sucesso e9 99 (B) megaipótese 99 99 (A) mega-homenagem 99 99 N em que. Em seguida. cópia. Isso também foi mantido pelo novo Acordo Ortográfico. mega-homenagem.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA forma pela outra. megaomenagem. a) O elemento mega. a alteração feita traz prejuízo ao texto”.br 31 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. compondo-se palavra com o elemento mega-.pontodosconcursos. perguntarão se “quanto à correção gramatical e à coerência textual. esta desaparecia e os elementos uniam-se sem hífen: megaipótese. om c) e9 99 99 99 99 99 meio de hífen: megaevento. por quaisquer meios e a qualquer título. Nos casos em que o segundo elemento fosse iniciado pela letra H. (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA CONTÁBIL/2008) A palavra megadiversidade foi grafada corretamente no texto. Assinale a alternativa regras de ortografia.não se ligava ao vocábulo seguinte por Acordo Ortográfico. 14. 99 99 Comentário – Aqui é preciso proceder com muita atenção. Isso foi mantido pelo novo N om e9 questão deve ser analisada conforme o sistema ortográfico antigo. a sua reprodução. empregado: mega-hipótese. deveríamos duplicar o emprego delas: megarritual. Atualmente o H é mantido. e o hífen. megassucesso. Nos casos em que o segundo elemento fosse iniciado pelas consoantes R e S. divulgação e distribuição.com.

www. Prof. arco-íris. água-marinha. Observe os exemplos seguintes. om tenente-coronel.pontodosconcursos. amor-perfeito. Albert Iglésia om e9 assunto. zé-povinho. médico-cirurgião. abaixo-assinado.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA EMPREGO DO HÍFEN NA COMPOSIÇÃO A regra geral para palavras compostas é que se deve empregar o composto) PERDERAM SUA SIGNIFICAÇÃO INDIVIDUAL para que a palavra composta adquirisse um significado único. vedada. 32 99 99 N Fique de olho agora nas regras estabelecidas pelo atual Acordo mesa-redonda. decreto-lei. ano-luz. a sua reprodução. Mesa redonda x mesa-redonda testa de ferro x testa-de-ferro Mesa redonda – é uma mesa de formato redondo. e9 a palavra composta formada adquira um significado completamente novo. numeral ou verbo.). om N e9 99 99 99 1. repare que OS 99 99 N om um texto ou reivindicação. 99 99 N om e9 9 Abaixo assinado x abaixo-assinado 99 99 99 99 9 hífen APENAS SE OS SEUS ELEMENTOS FORMADORES (palavras que formam o . que assina abaixo de tio-avô. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. as palavras mantêm seu significado individual. da.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. nos COMPOSTOS SEM ELEMENTO DE LIGAÇÃO (de. cópia. beija-flor. divulgação e distribuição. o primeiro termo é um substantivo. 99 99 Sem o hífen. joão-ninguém. nas quais o hífen é usado. do etc. 99 99 Mesa-redonda – é uma reunião destinada a debater determinado 99 99 99 Ortográfico. Usa-se o hífen quando. adjetivo.com. e9 99 Abaixo assinado – indivíduo que subscreve. N Abaixo-assinado – é o documento que normalmente contém um texto ou reivindicação assinada por várias pessoas. por quaisquer meios e a qualquer título. 99 99 ELEMENTOS FORMADORES PERDEM SUA SIGNIFICAÇÃO INDIVIDUAL para que 99 Nas palavras compostas.

bem-mandado. indo. são hifenizados: 99 99 99 N om e9 recém. norte-americano.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA afro-brasileiro. recém-eleito. mas. bem-aventurado. conta-gotas. tique-taque. seguidos por outros N euro-asiático. por isso. bem e sem: além-mar. Prof. As palavras iniciadas por afro. zum-zum-zum. porta-retrato. bem-nascido. adjetivos pátrios. guarda-chuva. mas indochinês se N om e9 euro-afro-americano. mato-grossense. anglo. segundo-sargento. om e9 9 99 99 99 99 9 . aquém. segunda-feira. greco-romano. reco-reco. guarda-costas. euro. reduzidos ou não. bem-estar. luso. serão grafadas com hífen: O novo Acordo Ortográfico não trata especificamente de compostos compostos se acomodam na primeira regra e. sempre-viva. anglo-saxão. azul-escuro. a sua reprodução. recém- 99 99 N blá-blá-blá. porta-moedas etc. porta-aviões. enquanto centroafricano se refere à República Centroafricana. 99 99 afro-americano. 99 N entre as palavras também serão grafados com hífen: om Os compostos em que há uso de apóstrofo no elemento de ligação e9 99 99 da África. amor-perfeito. bem-vestido. sem-vergonha. latino-americano etc. por analogia. bem-dizer. tico-tico. 99 99 refere à Indochina. cópia. Albert Iglésia www. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 99 99 99 sino e outros adjetivos pátrios. assim como centro-africano se refere à porção central 99 Observação: indo-chinês se refere à Índia e à China. zás-trás. verbo-nominal. sem-terra.br 33 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. divulgação e distribuição. Emprega-se o hífen quando a primeira palavra for além. sem-número. vaga-lume. bem-criado. zigue-zague. vedada. má-fé. lenga-lenga. bem-humorado. sobrinha-neta. por quaisquer meios e a qualquer título. recém-casado. boa-fé. luso-brasileiro. olho-d'água. pingue-pongue.pontodosconcursos. mestre-d'armas. primeiro-ministro. om e9 formados de palavras repetidas ou parecidas. sul-africano.com. bem-vindo. nascido. mãe-d'água. bem-visto. franco. guarda-noturno. esses 99 99 99 99 cobra-d'água. xiquexique. aquém-mar.

Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Em alguns casos. bem-te-vi. N 99 99 N cruzeirense-do-sul (Cruzeiro do Sul) couve-flor. Cabo Verde etc. om e9 Os demais nomes geográficos compostos grafam-se sem hífen: 99 99 99 99 99 N om e9 9 Prof. om e9 mato-grossense-do-sul (Mato Grosso do Sul) 99 99 99 99 americano-do-sul (América do Sul) 99 cabo-verdiano (Cabo Verde) N om belo-horizontino (Belo Horizonte) e9 99 99 Os adjetivos gentílicos. o advérbio bem se junta à segunda palavra. cópia. O hífen também é empregado em nomes compostos de espécies botânicas e zoológicas: Andorinha-do-mar. benfeitoria. dente-de-leão. Quebra– ligados por artigo: Baía de Todos-os-Santos. 2. Entre-os-Rios. vedada. que são adjetivos que se referem ao local 99 99 99 Exceção: Guiné-Bissau N América do Sul. quando derivados de nomes compostos. joão-de-barro. benquerer. Trás- de nascimento. Albert Iglésia www. Grão-Pará. feijãoverde. emprega-se o hífen em qualquer dos casos abaixo: – iniciados por Grã e Grão: Grã-Bretanha. bem-me-quer. fava-de-santo-inácio. – iniciados por forma verbal: Abre-Campo.com. divulgação e distribuição. vassoura-de-bruxa etc. Costas. a sua reprodução. Quebra-Dentes. por quaisquer meios e a qualquer título. 99 99 99 99 9 34 . sem uso do hífen: benfeitor.pontodosconcursos.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. erva-doce. benquisto. Passa-Quatro. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. serão hifenizados: mato-grossense (Mato Grosso) juiz-forano (Juiz de Fora) om e9 99 99 99 3. etc. os-Montes. coco-da-baía. Belo Horizonte. lesma-de-conchinha. Tratando-se de nomes geográficos.

99 99 99 99 9 . a liga Itália-França-Alemanha. o acordo Brasil-Inglaterra.com. o trecho Paraná-Goiás. por quaisquer meios e a qualquer título.pontodosconcursos. cópia. A ponte Rio-Niterói. vedada. você o emprego de siglas. Vejamos a questão abaixo. devo comentar com 99 99 N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 9 35 Prof. eliminam-se modernamente os pontos abreviativos nas siglas. ONU (L. (FGV/JUIZ/TJ-MS/2008) Utilizou-se corretamente a regra moderna de 99 N om suas provas. a sua reprodução. assunto que a FGV também gosta de explorar em grafia de siglas em OMC (L. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. frescuras) O hífen também é usado para ligar palavras que se combinam para formar encadeamentos vocabulares. divulgação e distribuição. Albert Iglésia www. (B) ADI om N e9 99 99 99 (C) Emerj (E) PIS (D) EMATRA Comentário – Na prática.29). o hífen não será usado.28) e FMI (L. EMPREGO DE SIGLAS a divisa Liberdade-Igualdade-Fraternidade.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. pois o propósito delas é poupar tempo e espaço.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Atenção! Se o significado da palavra composta for outro.12). e9 99 99 99 Antes de passarmos às regras de acentuação. (melindres. 99 99 99 99 15. 99 99 N (A) AGU om e9 Assinale a alternativa em que isso não tenha ocorrido. não-me-toques (espécie de planta) Ela é cheia de não me toques.

PIS. isto pressentir.pontodosconcursos. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. todas as letras são escritas em O propósito delas é sistematizar a leitura das palavras de nossa vogal. baseiam-se na posição da sílaba tônica. maiúscula: PSDB. E(S) ou O(S) 99 99 N om língua. 99 99 99 99 9 . Embratel etc. divulgação e distribuição.br 36 não estiverem. FGTS. grafa-se a inicial maiúscula e o restante em minúscula: Ematra. / Pisaram o meu pé. Resposta – D b) se a sigla não é silabável. CUIDADO! Quando os prefixos PRÉ e PRÓ vierem separados por hífen. ADI. vedada. que também é mais um tópico do programa. 99 A partir de agora. nos padrões prosódicos menos comuns da língua. N om e9 Ex. Embrapa. assim sendo. Novamente. om e9 9 se a sigla é pronunciada como se um vocábulo fosse. Emerj. Tudo da forma mais clara e objetiva 99 99 acentuação gráfica. no timbre da e9 99 99 99 REGRAS GERAIS DE ACENTUAÇÃO GRÁFICA 99 99 N possível. eles serão acentuados: pré-técnico. Em relação aos vocábulos: 99 99 99 1 – MONOSSÍLABOS TÔNICOS terminados por A(S).: Elas são más. a sua reprodução. por quaisquer meios e a qualquer título. Siglas expressas por quatro letras ou mais devem observar os seguintes preceitos: a) é. Ematur. Comecemos assim: om e9 apresentarei as regras antigas e as novas. IPTU etc. cópia.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Siglas formadas por até três letras (independentemente de serem elas vogais ou consoantes) são grafadas com iniciais maiúsculas: AGU. com a presença de uma vogal por sílaba. pró-labore. vamos mudar o foco da aula para falarmos sobre não 99 o acento é empregado naqueles 99 Acentuação Gráfica serão N om e9 99 acentuados: 99 99 99 99 N O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Albert Iglésia www. / Ninguém ficará só.com. Quando prosseguir. Prof.

: cajá. L. ions. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. vírus. UM. hifens (mas: hífen ou hífenes). bíceps. (A) atrás Prof.: Bangu – Grajaú // dividi-lo – construí-lo e9 99 acentuados. armazéns usa-se o acento ORAL. órfãs. látex. ÃO(S). N. cipó. cópia. 2 – OXÍTONOS (a sílaba tônica da palavra é a última) quando terminarem em A(S). armazém. gênio. pôs + os = pô-los. ou ENS: item. lâmpada. hífenes. vedada. R. a sua reprodução. polens (mas: pólen ou pólenes) Os prefixos paroxítonos terminados por I ou R não serão acentuados: semi-histórico. cafés.pontodosconcursos. DITONGO 99 99 3 – PAROXÍTONOS (a sílaba tônica é a penúltima) N om Ex. ENS: Ex. Albert Iglésia www. 99 99 N om e9 99 99 99 99 CUIDADO! Não serão acentuados os vocábulos paroxítonos terminados por EM 99 N abdômen. salvo se estiverem em hiato. O(S).br 37 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. álbuns. pólenes. N om e9 9 99 99 99 99 9 . as vogais A. N om e9 99 99 99 4 – PROPAROXÍTONOS (a sílaba tônica é a antepenúltima) acentuados. vôlei. super-homem.: júri. E ou O da terminação verbal recebem acento gráfico e os pronomes oblíquos átonos A(S) ou O(S) recebem a letra “L”: dar + o = dá-lo. U(S). por quaisquer meios e a qualquer título. essas consoantes são suprimidas. Ã(S). fez + a = fê-la. jóquei. história. om e9 Ex. são acentuados aqueles 99 CUIDADO! Os vocábulos oxítonos terminados por I ou U não serão 99 99 99 todos são 16. órgão. divulgação e distribuição.com. PS. médium. S ou Z e seguidas por pronomes oblíquos átonos A(s) ou O(S).: histórico. itens. amável. íon. sótãos. íris. 99 99 99 que terminam em I(S).Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Nas formas verbais terminadas em R. UNS. EM. E(S). Ex. (FGV/SERC-MS/Analista de TI/2006) Assinale a alternativa em que o vocábulo não tenha sido acentuado pela mesma regra que os demais. cântico. mártir. X. ímã.

br 38 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.pontodosconcursos.47) e9 99 99 acentuada por regra DISTINTA das demais. “-ó” e “-ê”. mas requerem atenção. 99 17. (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA DE SISTEMAS/2008) A palavra êxito (L.58) 99 N (B) deficiências (L. cópia. divulgação e distribuição. A palavra “nível” é a única paroxítona cuja regra de acentuação destoa da demais.23) om (A) relógio (L. respectivamente. vedada. (FGV/CODESP/NÍVEL SUPERIOR/2010) Assinale a palavra que tenha sido 99 99 N om e9 9 oxítonos terminados em “-ás”.4) 99 (C) distância ( L.62) recebeu acento por se tratar de proparoxítona. exatamente o que a FGV entendeu (você verá na próxima questão que esse entendimento não é explicação sobre as regras de acentuação das paroxítonas e releia o que eu 99 99 99 recente. por quaisquer meios e a qualquer título. N om Comentário – Você perceberá como esse assunto é recorrente nas provas da e9 99 99 99 (D) nível (L. Nas alternativas a Prof.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA (B) lá (C) ninguém (D) vovó (E) você Comentário – O monossílabo tônico lá destoa dos demais vocábulos.com. Resposta – D N om e9 18. deve ter errado. “-em”. 99 99 N om e9 99 99 99 99 Se você achou que a palavra “níveis” deveria corresponder ao 99 FGV. Albert Iglésia www. “deficiências” e “distância”. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.66) gabarito porque não é paroxítona terminada em ditongo crescente como “relógio”. a sua reprodução. Peço que volte à disse naquela parte da aula: DITONGO ORAL. que são Resposta – B (E) níveis (L. As questões não são difíceis. 99 99 99 99 9 . já vem de outros anos).

pontodosconcursos. por quaisquer meios e a qualquer título. Assinale-a. (E) lugubre. (D) arquetipo. a sua reprodução. (C) recondito. vedada. Cister condor Nobel negus novel Gibraltar avaro aziago 99 99 99 cateter austero 99 99 Oxítonas Paroxítonas N candidatos. Albert Iglésia 99 fortuito ibero 99 batavo ciclope látex maquinaria edito (lei. (B) rubrica. divulgação e distribuição.br e9 99 99 fazem ao pronunciar certas palavras (o significado delas aqui é o que menos 99 Comentário – A banca explorou uma corriqueira confusão que muitas pessoas 99 99 N om e9 9 99 99 99 99 9 . decreto) filantropo misantropo necromancia rubrica nenúfar pudico O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. (A) interim. O conhecimento da pequena lista abaixo facilitaria a vida dos Proparoxítonas ádvena aeródromo aerólito aríete arquétipo crisântemo édito (ordem judical) elétrodo hieróglifo ímprobo ínterim lêvedo lúgubre munícipe notívago (ou noctívago) protótipo recôndito 39 99 99 99 oximel 99 99 N obus om hangar e9 99 99 99 masseter mister ureter e9 om N Prof. N gratuito om www. cópia.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA seguir.com. em que todas as palavras estão propositalmente grafadas sem acento. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. om e9 importa). uma naturalmente não receberia acento por não se tratar de proparoxítona.

pontodosconcursos. 99 99 (l. países Bolívia. ou seja.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA recorde trânsfuga vermífugo zênite Resposta – B 1 Nós. 99 99 99 99 9 21 40 . N om unidade na diversidade. a Nações culturais as uma múltiplas 99 concertamento históricos mesmo das uma N ao nossas reconhecer-nos N continuar de como Prof.com. Comentário – A palavra “ibero” é paroxítona terminada em “o”. p. cópia. divulgação e distribuição. não há variação da sílaba tônica – como em “acrobata” (paroxítona) ou “acróbata” (proparoxítona) – para justificar sua pronúncia como uma proparoxítona. reunidos Conferência Sierra. por quaisquer meios e a qualquer título. que nos chefes na de Estado de e de na Governo XIII Cruz de om e9 9 dos la e tempo. 99 7 aprofundando os vínculos om fórum de diálogo. a sua reprodução. e9 10 identidades. 99 om N e9 99 99 99 íbero-americanos. por isso não recebe acento..br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.. a palavra “ibero-americanos” e9 19. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 27.] Na trilha de Salvador: a inclusão social pela via do trabalho decente. Assessoria Internacional. que permitem 99 99 características próprias de cada 99 99 unem. fortalecer como político. 99 [. cooperação e9 a Comunidade Ibero-Americana 99 4 reiteramos o nosso propósito 99 de e 99 Ibero-Americana. cidade Santa 99 ibero-americanos. Albert Iglésia www. e admitindo. Resposta – Item errado. (CESPE/MTE/AGENTE ADMINISTRATIVO/2008) De acordo com as regras 99 99 99 Brasília: MTE. 2) também poderia ser corretamente escrita da seguinte forma: N om de acentuação gráfica da língua portuguesa. 2004. 30 e 35 (com adaptações). vedada. Ela não possui dupla prosódia.

br 41 N O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Compare com mia. om e9 99 99 99 ATENÇÃO! Conforme as novas regras. não levarão acento: baiuca. 99 99 seguidas de NH. 99 N ATENÇÃO! De acordo com as novas regras. Observe que. baús. ainda que constituam a sílaba tônica. 99 99 99 Ex. a palavra é oxítona. sozinhas ou acompanhadas de S. N. creem. por quaisquer meios e a qualquer título. N om e9 b) As vogais I(S) e U(S).: saída. Ressalto que até 31/12/2012 você decidirá se quer ou não usar o acento: baiúca. Z ou vierem om e9 99 99 a segunda posição do hiato. va-di-i-ce. não haverá acento gráfico: pa-ul. ru-im. Interessante é o que acontece. por exemplo. vêem. incluí-lo. R. as vogais I e U não ocupam Se as vogais I ou U formarem hiato com uma vogal idêntica. dar.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA REGRAS ESPECIAIS DE ACENTUAÇÃO GRÁFICA (note as mudanças introduzidas pelas novas regras) a) Acentua-se a primeira vogal dos hiatos ÔO. divulgação e distribuição. 99 99 N om e9 se usará acento gráfico: xi-i-ta. com o vocábulo Piauí. deem. Mas até 31/12/2012 é possível usá-los. leem. sa-ir. vedada. Albert Iglésia www. ou seja. N CUIDADO! Se as vogais I ou U formarem sílabas com L. veem. Prof. su-cu-u-ba (nome de uma planta). enjôos. nua. Casos como esse não foram atingidos pelas mudanças ortográficas. quando formarem a sílaba tônica e ocuparem a 99 99 99 99 voo.pontodosconcursos. não O acento só surgirá se a palavra for uma proparoxítona: fri-ís-si-mo. M. crer. se essas vogais surgirem após ditongos e a palavra for paroxítona. lua. Nessas palavras. (3ª pessoa do plural dos verbos segunda posição do hiato. ler e ver) Ex. ÊE. a-in-da. país. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. ju-iz. saúde. 99 99 99 ra-i-nha. crêem.: vôo. feiura. a sua reprodução.com. cópia. enjoo. dêem. esses acentos deixam de existir: om e9 9 99 99 99 99 9 1 – HIATOS . a vogal tônica I ocupa a última posição. lêem. agora. feiúra. via.

sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.pontodosconcursos. fechados exterior a econômica últimos os na dois negócios região maior com a que o somou do das do que nove reduziu anos. primeiro foi 77. 5 trimestre exportação bilhão. divulgação e distribuição.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Comércio exterior da Baixada Santista atinge US$ 1. da 2. vedada.6 bilhão no 12 trimestre O Baixada para trás comércio Santista. Albert Iglésia www.15% da om 10 do ano passado. a sua reprodução.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.com. variação região e9 99 comparação 99 no mesmo período do ano passado. de são 99 99 N e9 amplificados naturalmente Porto públicos suas despachos e9 99 99 99 proximidade empresas podem om 25 desembaraços necessidades mercadorias. Na importação US$ om e9 9 se pelo internacionais primeiro e 1. importância No 99 N Indústria são parâmetro de da o órgãos om exterior brasileiro. A Tribuna.65%). conforme N contando com maior facilidade. de e cada para dos negócio brasileira do (MDIC). 16 de abril de 2010) Prof. US$ para o mercado internacional.668 que nove a do País (30.76% 99 o N registrado trimestre melhor bilhões. foram Estas a 20 divulgados informações om 15 Os dados e9 99 99 responsáveis por 99 99 cidades 99 N metropolitana registros comercial pelo Ministério Comércio para o os devido Santos. de somaram que No cidades as da exemplo brasileiro. por quaisquer meios e a qualquer título. medir comércio números à qual de e município balança e cidade ontem um cada Baixada 99 99 99 99 Desenvolvimento. caso com e promover Santista. cópia. (Samuel Rodrigues. Santos. 99 99 99 99 9 deixou trocas do As foram 42 . a do montante crise nos ano.56 de 99 99 37.

cópia. 3). “econômica”. é acentuado o vocábulo “País”. “responsáveis”. om e9 também recebe acento pelo mesmo motivo? Se isso aconteceu. “importância”. Albert Iglésia O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. N om e9 99 99 99 regra dos hiatos (item “b”).com. acentuadas: “públicos”. “comércio”. Nas alternativas a seguir.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 20. encontram-se exemplos das regras presentes no texto. por conseguinte. EM INFORMÁTICA/2010) No texto. e(s) ou o(s) são acentuado. 99 99 99 99 9 . 99 99 99 N om e9 9 www. Assinale-a. a sua reprodução. Alternativa E: lembre-se de que os monossílabos tônicos terminados em a(s). 99 99 Comentário – Depois do que já vimos até aqui sobre regras de acentuação. e todas devem ser Alternativa D: agora você pode fundamentar sua resposta na 99 99 99 paroxítona terminada 99 99 Alternativa B: em rádio. como fé e “trás” (l. item “b”.br 43 Prof. Resposta – A N om e9 Alternativa C: parágrafo é proparoxítona. N dos hiatos. a exemplo de “municípios”. “ministério”. 99 99 “números”. “parâmetros”. “indústria”. Incrivelmente. (FGV/CODESP/TÉC. não existe no texto nenhuma palavra N Alternativa A: a acentuação de Panamá enquadra-se nas om e9 você tem condições assinalar corretamente a resposta certa. divulgação e distribuição. “últimos”. Ou vai me dizer que você pensou que “País” (l. A exemplo de saúde (aliás. vedada. 11) 99 acentuada pela mesma regra. (A) Panamá (B) rádio (C) parágrafo (D) saúde (E) fé “negócios”. “período”. foi este o exemplo que usei na minha explicação).pontodosconcursos. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Esta opção. há casos de palavras acentuadas por regras diferentes. é a que você deve 99 99 regras das oxítonas. À EXCECÃO DE UMA. volte às regras 99 99 ter marcado – eu creio. o acento foi usado porque a palavra é em ditongo oral. por quaisquer meios e a qualquer título.

“Professor. vedada.53) 22.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 21. Mas observe atentamente que nas 99 99 Agora tomemos a palavra juízes: ju-í-zes. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.19). item “b”. (FGV/BESC/NÍVEL SUPERIOR/2004) Assinale a alternativa em que a palavra NÃO siga a mesma regra de acentuação que “óbvio” (L. 99 99 N om alternativa em que a palavra tenha sido acentuada seguindo regra e9 99 99 99 99 99 Resposta – B N -í.pontodosconcursos. D e E para constatar que elas também se enquadram na mesma regra. com a indicação da sílaba tônica: ób-vio. o acento agudo no 99 99 regras das paroxítonas não existe razão para acentuar as que terminam em 99 paroxítona!”.se deve à regra do hiato. Em juízes. papel e tinta. 99 99 “óbvio”. Albert Iglésia www.br 44 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. (B) juízes (L. ela também é om e9 terminada em ditongo oral? Faça o mesmo com as palavras constantes em A. alguém deve ter gritado.46) (D) cenário (L.47) (E) monetário (L.24) (C) início (L. N C. Sugiro que separemos as sílabas da palavra 99 99 Comentário – Você já notou que o texto é dispensável.8) . a sua reprodução. cópia. om e9 “es” (esse enquadramento é para as oxítonas). com leves mudanças. (FGV/MEC/ADMINISTRADOR DE BANCO DE DADOS/2009) Assinale a distinta das demais. então vamos N om e9 9 99 99 99 99 9 (A) necessário (L. (A) Amazônia om N e9 99 99 99 (B) planetária (C) resistência (D) níveis (E) países Comentário – Achou algo parecido? Pois é. por quaisquer meios e a qualquer título. Até a palavra níveis é a mesma. Por quê? Provavelmente porque a banca sabe que muitos candidatos pensam logo no tal ditongo Prof.com. Notou que ela é paroxítona 99 economizar tempo. as questões se repetem mesmo. divulgação e distribuição.

representa a segunda vogal do hiato.72) (E) reconstruí-la (l.24) (C) pivô (L. Esta recai na regra Nunca é demais dizer que a regra é DITONGO ORAL.9). Resposta – A 24. Albert Iglésia www. independentemente de ser crescente ou decrescente. (FGV/POTIGÁS/CONTADOR JÚNIOR/2006) Assinale a alternativa em que a om N e9 99 99 99 palavra tenha sido acentuada seguindo a mesma regra que país (L.br 45 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. a sua reprodução.com. Mas reafirmo aqui o que disse antes: DITONGO ORAL.6) om e9 (B) transparência (L.88) 99 99 (D) Judiciário (L. vedada. Resposta – E Comentário – Sem sombra de dúvidas – pois agora as palavras constantes crescente – você deve ter assinalado a palavra “instruídas”.4) 99 99 a palavra indicada tenha sido acentuada por regra distinta das demais.14) 99 99 (A) instituídas (L.9) (B) gás (L.59) (D) comércio (L. como em país. 99 23. D e E são realmente paroxítonas terminadas em ditongo e9 99 99 99 (E) Ministério (L. (A) Bolívia (L.77) Prof.2) N (C) remuneratório (L. como em Amazônia. 99 99 N om e9 99 99 99 99 descrita acima sobre hiato: ins-tru-í-das. divulgação e distribuição. 99 N om nas opções B. A palavra países recebe acento porque a vogal -í. por quaisquer meios e a qualquer título.pontodosconcursos. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. cópia. planetária e resistência. (FGV/SENADO FEDERAL/ADVOGADO/2008) Assinale a alternativa em que N om e9 9 99 99 99 99 9 .). C. constitui a sílaba tônica da palavra e está sozinha (poderia estar acompanhada de -s.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA crescente.

99 99 N b) N om -la-: pronome oblíquo átono não recebe acento (compare e9 discussão). sendo ela mesma a sílaba tônica da 99 99 99 99 9 . construí-: não preciso mais explicar. -às: monossílabo tônico. a sua reprodução. 99 99 (inclusive foi objeto do exercício que motivou esta 99 99 a) construí-: já está claro o motivo do acento agudo 99 N om e9 99 justificaria.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Comentário – Já está evidente que as palavras “Bolívia” e “comércio” são acentuadas por serem paroxítonas terminadas em ditongo oral. por exemplo. vedada.44) Prof. mas isso é possível. por quaisquer meios e a qualquer título. É isso que também justifica a acentuação da palavra “país” (a diferença é que aqui a vogal está acompanha da Permita-me “colocar mais lenha na fogueira”. Albert Iglésia www. -la-: também dispensa explicação. já. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Como você construiríamos + a) e construí-la-ás (= construirás + a)? Não vai dizer que você tremeu? Mantenha a calma e analise cada elemento separadamente: consoante –s. N om e9 99 99 99 Resposta – E 25.com.br 46 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. como pá. Também não é difícil perceber que “gás” é monossílaba tônica terminada em “as” e que “pivô” enquadra-se nas regras das oxítonas terminadas em -o(s). elemento que se encaixa nas regras das om e9 proparoxítonas: todas são acentuadas. os acentos nas palavras construí-la-íamos (= 99 99 99 99 N om e9 9 hiato existente em re-cons-tru-í-la.como a segunda do palavra e estando sozinha na sílaba. 99 99 99 ambos monossílabos tônicos. (FGV/CAERN/AGENTE ADMINISTRATIVO/2010) Assinale a palavra que NÃO tenha sido acentuada pela mesma regra que as demais. -íamos: 99 99 com o substantivo lá (nota musical) e o advérbio lá.73) (B) está (L. conforme já expliquei). divulgação e distribuição. (A) até (L. cópia. que trouxe a vogal -í. Restou a opção E. vá etc.pontodosconcursos.

constitui a 99 Comentário – O acento agudo em distribuídos fundamenta-se na regra dos N om (E) órfãos e9 99 99 99 (C) lúcidos 99 (B) sofrê-lo 99 N (A) sócio om e9 sido acentuada seguindo a mesma regra que distribuídos (L. om e9 Alternativa A: paroxítona terminada em ditongo. regra de acentuação das oxítonas. como “até”. a sua reprodução.br 47 Prof. “biogás” e “contará”. É bom ficar atento! (D) constituí sílaba tônica da palavra e está sozinha na sílaba. ÉI.60) Comentário – Já percebeu que o vocábulo “País” é figurinha marcada nas provas da FGV quando o assunto é acentuação? Na questão anterior. www. Alternativa B: oxítona terminada em E. O(S). “está”. Alternativa E: paroxítona terminada em ÃO(S). expliquei oxítonas. e não na regra das 99 99 99 99 9 . cópia. (FGV/TRE-PA/ANALISTA JUDICIÁRIO/2011) Assinale a palavra que tenha 99 99 99 Resposta – C N om e9 9 que o acento agudo fundamenta-se na regra dos hiatos.pontodosconcursos. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Alternativa C: toda proparoxítona é acentuada.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA (C) País (L. Cuidado para não confundir com a A(S). ÓI: quando tônicos e abertos. vedada. Albert Iglésia O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.8). divulgação e distribuição. E(S).com. constituí (letra D) é acentuada pelo mesmo motivo. 99 99 26. por quaisquer meios e a qualquer título. 99 99 99 99 hiatos: a vogal i é a segunda do hiato formado com a vogal u.55) (E) contará (L. ENS.35) (D) biogás (L. Semelhantemente. Estas são acentuadas se terminarem em 99 99 N 99 99 99 e9 om Resposta – D N 2 – DITONGOS a) ÉU. EM.

99 99 99 seja. que o manteve apenas em palavras oxítonas e monossílabas: herói. .2) 99 99 vocábulo tenha sido acentuado por regra distinta da dos demais. apesar de a palavra também ser paroxítona. quando (quase) ninguém falava da mudança ortográfica. cópia. Ressalto que até 31/12/2012 é facultativo recorrer ao novo Acordo Comentário – Olha o DITONGO ORAL aí de novo. jiboia. papéis. 99 N 27. B. Em “asteróide”. divulgação e distribuição.: chapéu. ideia. quando o vocábulo for paroxítono: assembleia. CUIDADO! Os ditongos abertos EU.5) 99 99 (A) família (L. quando não constituírem a sílaba pasteizinhos.com. a sua reprodução. Resposta – E 99 99 motivo da acentuação é outro: ditongo “-oi-” aberto e tônico. céu.6) e9 (B) ciência (L. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.pontodosconcursos. C e D.13) N om (C) possíveis (L. (FGV/POTIGAS/NÍVEL MÉDIO/2006) Assinale a alternativa em que o om e9 99 99 Ortográfico. N om e9 9 ATENÇÃO! O novo Acordo Ortográfico estabeleceu que esses ditongos não Prof. jibóia. vedada.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. anzoizinhos. 99 99 99 99 9 48 tônica (formarem a sílaba subtônica). Esse acento N om e9 os acentos nas palavras paroxítonas constantes das alternativas A. EI e OI. por quaisquer meios e a qualquer título. europeia. mói (até 31/12/2012 é possível usá-lo). o 99 99 99 99 (E) asteróides (L. Contudo a prova foi em 2006. gente! É isso o que justifica om N e9 99 99 99 deixou de existir por causa do novo Acordo Ortográfico. serão mais acentuados quando ocuparem a penúltima posição da sílaba.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Ex. assembléia.22) 99 (D) conseqüência (L. Albert Iglésia www. ou heroico. não serão acentuados: ceuzinho.

e9 99 99 99 b) Diante de E ou I. lingüiça. teu. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. sendo aceitas as duas formas. ATENÇÃO! O trema foi abolido pelas novas regras. QUI de verbos como averiguar. cópia. a letra U que compõe os grupos GUE e QUI receberá 99 99 Ex.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 28. mas a pronúncia é fechada. QUE. por quaisquer meios e a qualquer título. vedada. quente. apaziguar. apazigúe. não receberá nenhum N om Ex. julgue o item seguinte: o acento em “léu” se . como os 99 99 99 99 9 A respeito dos versos acima.com. obliqúes. pois. agüentar. Resposta – Item errado. arguir. para não se confundir com o verbo leu. O vocábulo “léu” é ditongo tônico e aberto. a letra U que compõe os grupos GUE e QUI receberá 99 3 – GUE e QUI 99 99 99 99 N om e9 9 forma verbal leu também é tônica. Onde balança ao léu minh’alma” (versos 24 e 25). sendo. Repito: até 31/12/2012 estaremos no período de transição. enxaguar. 99 99 N se estiver diante de A ou de O: água. O que temos aqui é simplesmente um dígrafo 99 CUIDADO! Quando a letra U não for pronunciada. (FGV/SSP-RJ/INSPETOR/2008 – adaptada) “E no alto da torre exibo-te o varal. divulgação e distribuição. Também o foi o acento N om e9 99 99 99 agudo no U tônico dos grupos GUE. redarguir. sendo. semivogal.pontodosconcursos. acento agudo quando for pronunciada fortemente. om e9 Ainda que seja pronunciada. Albert Iglésia www. N trema quando for pronunciada fracamente. (FGV/SSP-RJ/PERITO/2009 – adaptada) Julgue a assertiva abaixo: Em “O público brasileiro tem ouvido. vogal. não receberá nenhum acento gráfico 99 99 99 99 acento: quilo.: averigúe. justifica como acento diferencial.: eloqüente. a pronomes possessivos seu. notícias a respeito de possível rebelião de países vizinhos contra aquilo que seus Prof. a sua reprodução. pingüim. Comentário – Isso é balela. 29. com alguma frequência. GUI.br 49 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. representado pelas letras “qu”. meu. quota (ou cota). pois. om e9 a) Diante de E ou I.

99 99 99 99 9 50 Comentário – Muita gente escorregou aqui.”.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.pontodosconcursos. um sujeito no singular à forma verbal TÊM (com acento circunflexo mesmo) e perguntam se a concordância está correta. Portanto o Prof. É muito comum as bancas examinadoras om N e9 99 99 99 explorarem questões envolvendo esses verbos. estava escrito erradamente. 99 99 distinguir uma palavra de outra que se grafa de igual maneira. o trema foi abolido por ele. Resposta – Item errado. os candidatos se esqueceram de que o novo Acordo Ortográfico passou a vigorar em 1º de item deveria ter sido julgado incorreto. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Contudo. há uma palavra com grafia incorreta. E(S) e O(S) recebem acento: má. Albert Iglésia www. “frequência”. cópia. Lembre-se de que apenas as terminações A(S). por quaisquer meios e a qualquer título. fé. Elas relacionam. a sua reprodução. nó. foi 99 99 99 N om e9 9 janeiro de 2009. vedada. salvo algumas exceções. por exemplo.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA governantes chamam de dívidas ilegítimas. Como expliquei acima.com. indicativo) terminado por EM. A seguir. todavia 99 99 4 – ACENTO DIFERENCIAL (com a vigência das novas regras. 99 99 N om ATENÇÃO! Repare que as formas TEM e VEM constituem monossílabos tônicos e9 99 99 99 Ele vem – eles vêm (verbo VIR na 3ª pessoa do plural do presente do 99 99 indicativo) N Ele tem – eles têm (verbo TER na 3ª pessoa do plural do presente do om e9 apresento uma pequena relação. sem trema. Obviamente. se a forma verbal empregada é TÊM. 99 O acento diferencial (agudo ou circunflexo) é utilizado para 99 99 quanto ao uso) N om o período de transição – que vai até 31/12/2012 – dá-nos a faculdade e9 abolido. Fique atento para esse detalhe. divulgação e distribuição. pois acharam que o vocábulo . o sujeito deve ser representado por um nome plural. que estão destacadas abaixo.

por quaisquer meios e a qualquer título. Albert Iglésia www.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Atente ainda para o fato de o acento circunflexo (diferencial) não ter sido abolido desses verbos nem de seus derivados. 99 N om terceira pessoa do singular recebe acento AGUDO em virtude de ser uma e9 99 todos derivados dos verbos TER e VIR. provém/provêm. na frase “estes últimos 99 99 99 99 plural recebe acento CIRCUNFLEXO para diferenciar-se do singular. (E) contém vogal aberta. As bancas gostam de explorar o 99 N om e9 9 99 99 99 99 9 . 99 99 99 (B) termina em consoante. cópia.br 51 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. mantém/mantêm. continue a usá-lo. (FGV/BADESC/NÍVEL MÉDIO/2010) A palavra têm. vedada. a sua reprodução. Comentário – Ficou fácil responder a esta questão. Portanto. Já a forma correspondente à terceira pessoa do têm consciência plena” (L. Resposta – A Côa – côas (forma do verbo COAR) Coa – coas (contração entre a preposição com e o artigo a(s)) Prof.46). divulgação e distribuição.pontodosconcursos. 99 N om e9 30. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 99 99 ATENÇÃO! Agora. Esclareço que o verbo é tônico. Ele detém – eles detêm (verbo DETER na 3ª pessoa do plural do presente do indicativo) do indicativo) Ele provém – eles provêm (verbo PROVIR na 3ª pessoa do plural do presente oxítona terminada por EM.com. não é mesmo? O verbo om N e9 99 99 99 ter foi conjugado na terceira pessoa do plural para concordar com o sujeito: “estes últimos” (= eles). e não átono conforme disse o examinador na opção C. a “pegadinha” é outra. 99 (A) está no plural. recebe acento gráfico porque: (C) é monossílaba átona. Repare que a forma correspondente à 99 motivo do acento nos pares detém/detêm. 99 99 N om e9 (D) começa com consoante.

cópia.br 52 Prof. por quaisquer meios e a qualquer título. o uso do acento deixa a frase mais clara: Qual é a forma da fôrma do bolo? 99 99 N om e9 ATENÇÃO! O novo acordo também não aboliu o acento diferencial de PÔR. vedada. Fôrma (substantivo = molde) om N e9 99 99 99 Forma (substantivo = disposição exterior de algo) ATENÇÃO! É facultativo o uso do acento circunflexo para diferenciar as palavras forma/fôrma. e9 ATENÇÃO! O novo acordo não aboliu o acento diferencial de PÔDE.pontodosconcursos. Vocês 99 99 99 Pode (3ª pessoa do singular do presente do indicativo) 99 Pôde (3ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo) 99 N om e9 9 www. Albert Iglésia O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. a sua reprodução. Em alguns casos.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Pára (flexão do verbo PARAR) Para (preposição) Pela (contração da preposição e artigo) Pêra (substantivo = fruta – no plural não leva acento: peras) Péra (substantivo = pedra) Pera (preposição arcaica) Polo(a) (contração arcaica de preposição e artigo) Pôlo (substantivo = filhote de gavião) Por (preposição) Vocês devem usá-lo. divulgação e distribuição. 99 99 99 99 9 Péla (flexão do verbo PELAR) . sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 99 99 99 99 Pôr (verbo) 99 N om Pólo (substantivo = cada uma das extremidades do eixo da Terra) e9 99 99 99 Pôla (substantivo = broto de árvore) 99 Póla (substantivo = pancadaria) 99 N om devem usá-lo.com.

vedada. a sua reprodução.pontodosconcursos.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Além disso. cópia. 99 99 99 99 9 . é importante lembrar que as regras antigas e novas conviverão até 30/12/2012.com. divulgação e distribuição. Albert Iglésia www. por quaisquer meios e a qualquer título.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Não se esqueça de que o novo Acordo Ortográfico está em vigor e que a Academia Brasileira de Letras já lançou oficialmente o novo VOLP. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Fique com Deus e até a próxima aula! Professor Albert Iglésia N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 9 53 Prof.

99 (C) Chegou em visita ao Congresso o xeque árabe. e9 99 (A) Finalmente o enxadrista deu o xeque-mate.] N 19 com recente 99 99 99 Ignacy Sachs. 99 Assinale a alternativa em que não se tenha mantido correção gráfica ao 99 a N queda e o sentido pretendido no texto. característica da oralidade. grafou-se corretamente a palavra xeque. 99 99 99 99 9 do a que mito das da 54 lugar.. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Lista das Questões Comentadas 1.envolverde. que N om (B) Com ética e consciência cidadã. Prof. cópia. teve de pedir um cheque avulso. por quaisquer meios e a qualquer título.br. seria prejudicado caso se substituísse “mal” por mau. Voltando ao planejamento. não estão em xeque as inegáveis e insubstituíveis virtudes que os . na alocação dos recursos.. vedada.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. om e9 9 esse mal 99 a Seria implosão baseada ingênuo crise. 99 O planejamento N [. 99 99 pernas. de acordo com contrarreforma desapareceu 99 99 99 16 Muro se de Berlim. 99 com dos que ele 99 utilizar a palavra destacada.19-20). e9 2. o povo dará um cheque à corrupção..pontodosconcursos. (CESPE/ANEEL/CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR/2010) O sentido N om expressão “mal das pernas” (l. sem interferências externas. a sua reprodução. Albert Iglésia www. Internet: <www.37-40) No trecho acima.] om caiu e9 99 99 (E) Deixe que eu cheque a lista de passageiros.. (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA DE SISTEMAS/2008) “Em primeiro mercados possuem quando funcionam de maneira mais livre.> (com adaptações). está. [. divulgação e distribuição.” (L.com.com. descrédito da no mito pensar mas. União Soviética mercados está neoliberal a om e9 autorregulam. em 99 99 (D) Porque estava sem talão.

políticos.com. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 99 99 (B) Nem sempre é fácil entender as modificações por que passam os partidos N apresentar claramente. (FGV/CODESP/ADVOGADO/2010) O aproveitamento das oportunidades que estão surgindo é valioso porque. (L. é um atalho para melhora dos níveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez maiores da população brasileira.63-67) No trecho acima. cargos importantes. calamo-nos. 99 99 (C) Ele esperava saber por que. nas relações entre os partidos (D) Às vezes sem saber por que.pontodosconcursos. discutir om e9 9 Assinale a alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido. Albert Iglésia www. 99 99 profundamente. sua habilidade não 99 (B) Vamos destacar as habilidades por que somos conhecidos. o povo sabe por que deve escolher bem seus representantes.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 3. vedada.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. e9 99 99 99 99 99 (E) Não conseguimos saber por quê. (C) As pessoas desejam entender por que. om e9 (A) O povo não entende por que os partidos políticos se esquivam de se 99 99 99 No período acima. 99 99 99 99 9 mais 55 . (FGV/TRE-PA/TÉCNICO JUDICIÁRIO/2011) Partidos devem ir às ruas (L. (A) Sem ter por quê. empregou-se corretamente uma das formas do porquê. por quaisquer meios e a qualquer título. N (D) Porque nossa habilidade não era valorizada não íamos demonstrá-la? om e9 era valorizada. 4. cópia. em se falando de habilidades. divulgação e distribuição. empregou-se corretamente a forma POR QUE. Assinale 99 99 N om explicar para os cidadãos por que existem e quais são suas propostas. além da realização pessoal na vida profissional.34-35) a alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido. mas tentamos. N Prof. as alianças rapidamente se dissolvem. a sua reprodução. om N e9 99 99 99 políticos. naquele departamento. o povo escolhe determinados candidatos para (E) Na realidade.

. casa ou um apartamento o mais distante possível — a Prof.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA [. por quaisquer meios e a qualquer título. (CESPE/EBC/CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR/2011) Na linha 26. e9 om advertem a estudiosos sobre país N 4 aprender crescimento planejamento urbanos.] (L. divulgação e distribuição.. vedada. população assunto. cópia. tal como ocorre em 99 poderia. sem prejuízo para a correção gramatical. 99 99 o 5.pontodosconcursos. e9 grau 80% da 99 99 6. Julgue-a quanto à correção gramatical. “por que” N om e9 9 Brasil ainda já mas.com. (CESPE/CORREIOS/AGENTE DE CORREIOS/2011 – adaptada) Na opção a 99 de do 99 99 N urbanização. seguir. Esse fato um cerca 99 99 O progresso comercial advindo da chegada da família real no novo mundo alto de N om Correios na Internet.] o alerta: onde morar em metrópoles? É melhor optar por uma 28 cidades. e nas o om e9 “mas o mandamento de agir unicamente porque se trata de um dever” 99 99 em razão de estar empregado como conjunção causal. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 99 99 99 99 9 dois 56 . a sua reprodução. Albert Iglésia www.. é apresentado trecho adaptado de texto extraído do sítio dos permitiu a elaboração do primeiro Regulamento Postal do Brasil.. 99 99 N 99 99 99 1 Com om e9 funcionamento regular dos Correios Marítimos e a emissão de novos 99 99 99 abriu caminhos afim de que o serviço postal se desenvolvesse.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. ser grafado porque.31-32). o decretos que criassem os Correios Interiores. tem apresenta como muito [.

e9 4 constrói-se intensos N om vezes.. embates e entre constrói. [.2) por acerca de manteria a correção gramatical do período. N 99 99 99 do E 99 99 1 Nossos no do até om e9 99 99 99 qual vivemos ou por onde vivemos não acarreta prejuízo para a projetos qual no de ou 99 da textualidade.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. 7. obra acaso fatalidade. 8/1/2009 (com adaptações). São Paulo: Companhia das Letras. In: Adauto Novaes (Org. Tempo = espaço = matéria.. 99 99 99 99 sentido do texto a inserção de há dois quarteirões no lugar de “a dois 99 é impressões que N om e9 9 do — de certamente tiveram os dependem futuro Uma muito com de muito um nação visões país vivemos.pontodosconcursos. (CESPE/DETRAN-DF/ANALISta/2009) Manteria a correção gramatical e o quarteirões” (l.). divulgação e distribuição. por quaisquer meios e a qualquer título. [.1) por no 99 N 9. às e futuro. (CESPE/DETRAN-DF/ANALISTA/2009) A substituição de “cerca de” (l. vedada. a sua reprodução. violentos grupos concepções 7 desenvolvimento interesses distintos conflitantes. 1996. 99 99 vida E o 99 primeiros homens em contato com a natureza.28-29). sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. José Leite Lopes. [.com. Albert Iglésia www. no mínimo — das ruas e avenidas mais movimentadas. Tempo e coerência nem para a correção gramatical do texto.] 99 99 difícil reconstituir as sensações..] Plínio Arruda Sampaio. meio de país se não e. In: Márcia Kupstas (Org.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA quarteirões. as N 1 No mundo moderno em que om e9 vivemos.. p. a substituição do trecho “em que vivemos” (l. cópia.] Gazeta do Povo (PR). (CESPE/ANTAQ/ESPECIALISTA – ECONOMIA/2009) No desenvolvimento om de da — e9 História.). Identidade Prof. 167 (com adaptações). O Brasil em construção.. 99 99 99 99 9 futuro é 57 .. 8.

(D) anti-semita (B) tele-reportagem (D) trans-humano (E) sub-reptício om e9 N 99 99 99 13. por quaisquer meios e a qualquer título. (FGV/SEFAZ-RJ/FISCAL ICMS/2007) Em antimaterialista. Albert Iglésia www. 11. 99 99 N om (C) macro-encefalia e9 99 99 99 (A) sócio-ambiental 99 99 correta.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA nacional em debate.pontodosconcursos. 10. Assinale-a.’” (L. analise os itens a seguir: Prof.60-63) A respeito do trecho acima. p.33). divulgação e distribuição. mantendo-se a correção qual”. mas não podemos apontar com segurança os fatores que selaram seu êxito nem os fatores sem os quais elas poderiam ter sido exitosas. a sua reprodução. N utilizou-se corretamente o hífen. Das palavras abaixo. vedada. São Paulo: Moderna. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. 1997. Assinale a om e9 9 utilizou-se 99 99 99 99 9 gramatical do texto.com. (CESPE/MJ-DPF/AGENTE/2009) Na linha 2. 99 99 99 99 (E) anti-inflacionário 99 N om (C) anti-rábico e9 99 (B) antiaéreo 99 (A) anti-higiênico 99 99 alternativa em que isso não tenha ocorrido. pode-se empregar em que ou onde em lugar de “no . (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA DE SISTEMAS/2008 – adaptada) “‘Podemos caracterizar as economias bem-sucedidas do pós-guerra. (FGV/SENADO FEDERAL/ADVOGADO/2008) Em não-efetivação (L. somente uma está om e9 12. 99 N corretamente a regra de emprego do hífen com o prefixo anti-. 27-9 (com adaptações).br 58 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. cópia.

A palavra pós-guerra é grafada com hífen.br 59 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Albert Iglésia www.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA I. e9 15. N om e9 9 megadiversidade foi grafada corretamente no texto. por quaisquer meios e a qualquer título. assim como toda palavra que trouxer o prefixo "pós-". ONU (L. II. O antônimo de bem-sucedidas é “malsucedidas”. 99 99 N om (C) Emerj e9 99 99 99 (A) AGU 99 99 Assinale a alternativa em que isso não tenha ocorrido. a sua reprodução.com.29). cópia.28) e FMI (L. (FGV/SERC-MS/Analista de TI/2006) Assinale a alternativa em que o vocábulo não tenha sido acentuado pela mesma regra que os demais. divulgação e distribuição. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. vedada. (FGV/JUIZ/TJ-MS/2008) Utilizou-se corretamente a regra moderna de 99 99 99 99 (E) mega-evento 99 N (D) megaritual om (C) mega sucesso e9 99 (B) megaipótese 99 99 (A) mega-homenagem 99 99 regras de ortografia. (A) atrás (B) lá (C) ninguém Prof. obedeceu-se às (B) ADI (D) EMATRA (E) PIS om e9 N 99 99 99 16.12). Assinale a alternativa 99 99 99 99 9 . N om grafia de siglas em OMC (L. compondo-se palavra com o elemento mega-.pontodosconcursos. 14. (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA CONTÁBIL/2008) A palavra em que.

66) (C) recondito. 99 99 99 99 9 . a sua reprodução. (E) lugubre. (FGV/CODESP/NÍVEL SUPERIOR/2010) Assinale a palavra que tenha sido acentuada por regra DISTINTA das demais. a Nações culturais 60 e9 países Bolívia. Albert Iglésia www.23) (D) nível (L.com. om e9 99 99 99 (B) rubrica. divulgação e distribuição. chefes na 99 99 (A) interim. por quaisquer meios e a qualquer título. vedada.4) (C) distância ( L. fortalecer como político. N de om proparoxítona. 4 continuar Comunidade diálogo.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA (D) vovó (E) você 17. (D) arquetipo.47) (B) deficiências (L.62) recebeu acento por se tratar de proparoxítona. e9 acento. (A) relógio (L. Assinale-a. ibero-americanos.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. os Ibero-Americana históricos concertamento 7 aprofundando Prof. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.58) (E) níveis (L. (FGV/SENADO FEDERAL/ANALISTA DE SISTEMAS/2008) A palavra êxito e N om e9 de na 99 99 Governo XIII Cruz de e de de e 99 99 99 dos la N om e9 9 21 reunidos Santa propósito cooperação vínculos nosso Conferência Sierra. cópia. em que todas as palavras estão propositalmente grafadas sem Estado de 99 (L. 99 99 99 99 99 N 1 Nós. cidade o reiteramos a fórum de N om Ibero-Americana. uma naturalmente não receberia acento por não se tratar de 99 99 seguir.pontodosconcursos. Nas alternativas a 99 99 18.

econômica 99 ano.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA que nos unem. 99 99 99 99 9 . 99 de acentuação gráfica da língua portuguesa. 15 www. 99 99 99 5 trimestre 99 internacionais N om últimos os na e9 a exemplo dois negócios região maior com 99 Comércio exterior da Baixada Santista 99 N om e9 99 íbero-americanos.65%). que e admitindo. por quaisquer meios e a qualquer título.76% om cidades por dados divulgados metropolitana registros comercial Ministério e9 N responsáveis Os foram Prof. (CESPE/MTE/AGENTE ADMINISTRATIVO/2008) De acordo com as regras importação N om e9 9 Na trilha de Salvador: a inclusão social pela via do trabalho decente. como as uma características 10 próprias nossas múltiplas identidades. divulgação e distribuição. de somaram do o variação que somou dos balança ontem pelo região que primeiro foi US$ 77.] permitem reconhecer-nos unidade na diversidade.6 bilhão no 12 trimestre das do que nove reduziu anos.pontodosconcursos. Assessoria Internacional. a sua reprodução. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Na ano do a comparação passado. de cada ao uma mesmo das tempo. a do crise nos exterior 99 99 99 atinge US$ 1. da 2. Brasília: MTE. 30 e 35 (com adaptações). vedada..15% da a do 99 99 99 10 que nove om e9 montante 37.com. O Baixada para trás comércio Santista. p. País (30. 2) também poderia ser corretamente escrita da seguinte forma: 99 brasileiro.668 registrado trimestre melhor bilhões. Albert Iglésia para o mercado internacional. [.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. cópia. 2004.. 99 (l. 27. do As foram negócio brasileira do 61 exportação bilhão.56 de No US$ o cidades as da deixou trocas primeiro e 1. fechados 99 99 N no mesmo período do ano passado. a palavra “ibero-americanos” 99 19.

de e cada pelo se para (MDIC). A Tribuna. necessidades 99 99 25 despachos desembaraços 99 N 99 99 99 99 9 à qual .br 62 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. 99 mercadorias. vedada.8) (B) juízes (L. Santos. 99 99 N om (E) fé e9 99 99 99 (C) parágrafo 99 (B) rádio 99 N (A) Panamá om e9 UMA.46) (D) cenário (L.pontodosconcursos.53) Prof. 99 99 20. cópia. a sua reprodução. por quaisquer meios e a qualquer título. Albert Iglésia www. (FGV/CODESP/TÉC. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. Santista. 16 de abril de 2010) e9 99 contando com maior facilidade. EM INFORMÁTICA/2010) No texto.com.47) (E) monetário (L. Estas a 20 Indústria são de da o órgãos conforme um cada Baixada Porto e cidade Comércio para o os devido Santos. medir comércio números informações importância No caso com e promover parâmetro exterior brasileiro. 99 99 encontram-se exemplos das regras presentes no texto.19). divulgação e distribuição. há casos de N om (Samuel Rodrigues. À EXCECÃO DE 99 palavras acentuadas por regras diferentes. Assinale-a. (FGV/BESC/NÍVEL SUPERIOR/2004) Assinale a alternativa em que a palavra NÃO siga a mesma regra de acentuação que “óbvio” (L. (A) necessário (L. de são proximidade empresas podem amplificados naturalmente públicos suas om e9 9 município de e (D) saúde om N e9 99 99 99 21.24) (C) início (L. Nas alternativas a seguir.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Desenvolvimento.

(FGV/SENADO FEDERAL/ADVOGADO/2008) Assinale a alternativa em que 99 99 99 99 N om e9 9 99 99 99 99 9 .59) N om e9 99 99 99 (D) comércio (L. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. (A) Amazônia (B) planetária (C) resistência (D) níveis (E) países (D) Judiciário (L. (A) até (L. Albert Iglésia www.73) Prof. (FGV/CAERN/AGENTE ADMINISTRATIVO/2010) Assinale a palavra que NÃO tenha sido acentuada pela mesma regra que as demais. por quaisquer meios e a qualquer título.72) (E) reconstruí-la (l.2) palavra tenha sido acentuada seguindo a mesma regra que país (L.88) e9 99 99 (C) remuneratório (L.pontodosconcursos.14) 99 (A) instituídas (L.9) e9 99 99 99 24. cópia. (FGV/MEC/ADMINISTRADOR DE BANCO DE DADOS/2009) Assinale a alternativa em que a palavra tenha sido acentuada seguindo regra distinta das demais. a sua reprodução.77) 25.6) 99 99 (B) transparência (L. e9 99 23.4) N om a palavra indicada tenha sido acentuada por regra distinta das demais.br 63 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.24) (C) pivô (L.9). 99 99 N om (A) Bolívia (L. (B) gás (L. vedada. (FGV/POTIGÁS/CONTADOR JÚNIOR/2006) Assinale a alternativa em que a 99 99 N om (E) Ministério (L.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 22. divulgação e distribuição.com.

2) om e9 vocábulo tenha sido acentuado por regra distinta da dos demais. (FGV/TRE-PA/ANALISTA JUDICIÁRIO/2011) Assinale a palavra que tenha Prof. por quaisquer meios e a qualquer título.8).5) N (A) família (L. cópia. (FGV/POTIGAS/NÍVEL MÉDIO/2006) Assinale a alternativa em que o 99 99 99 N (E) órfãos om (D) constituí e9 99 (C) lúcidos 99 99 (B) sofrê-lo 99 (A) sócio 99 N om e9 9 26. (FGV/SSP-RJ/INSPETOR/2008 – adaptada) “E no alto da torre exibo-te o om e9 N 99 99 99 varal.pontodosconcursos.60) sido acentuada seguindo a mesma regra que distribuídos (L.6) 99 99 (B) ciência (L. Onde balança ao léu minh’alma” (versos 24 e 25). para não se confundir com o verbo leu.22) 99 99 99 (C) possíveis (L.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. Albert Iglésia www. 29.13) 28. 99 99 99 99 9 64 . divulgação e distribuição. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. julgue o item seguinte: o acento em “léu” se justifica como acento diferencial. a sua reprodução.55) (E) contará (L.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA (B) está (L. vedada.35) (D) biogás (L.44) (C) País (L. A respeito dos versos acima.com. 99 99 27. (D) conseqüência (L. (FGV/SSP-RJ/PERITO/2009 – adaptada) Julgue a assertiva abaixo: 99 99 N om e9 (E) asteróides (L.

divulgação e distribuição. recebe acento gráfico porque: N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 99 99 99 99 99 N (E) contém vogal aberta. com alguma frequência. na frase “estes últimos Prof. por quaisquer meios e a qualquer título. têm consciência plena” (L. Albert Iglésia www.pontodosconcursos. 99 99 99 99 9 65 . om (D) começa com consoante. a sua reprodução.46).com. 99 (A) está no plural. 99 99 (B) termina em consoante. (FGV/BADESC/NÍVEL MÉDIO/2010) A palavra têm. 99 N om e9 9 30. há uma palavra com grafia incorreta. cópia.Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Em “O público brasileiro tem ouvido. vedada. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. notícias a respeito de possível rebelião de países vizinhos contra aquilo que seus governantes chamam de dívidas ilegítimas. e9 99 (C) é monossílaba átona.”.br O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999.

Nome99999999999 PORTUGUÊS PARA O SENADO FEDERAL (TEORIA E EXERCÍCIOS) PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Gabarito das Questões Comentadas 1. D N om e9 99 99 99 99 99 N om e9 99 99 99 99 19. 3. cópia. Certo. A 24. vedada. E 99 10. Errado 29. E 28. A 21. 9. D 99 14. B A D Item errado Item errado Item errado Item certo Item errado 20. Item certo 99 99 99 99 N om e9 9 www. 6.br 66 Prof. 8. D e9 16. Item errado 99 18. 4. B 99 99 15. 99 99 99 99 9 Item certo . Errado 30. a sua reprodução. 5. C 27. A 26.com. por quaisquer meios e a qualquer título.pontodosconcursos. 7. Albert Iglésia O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999. divulgação e distribuição. E 23. E om e9 11. errado N 12. 2. B 99 99 13. B 22. E 25. sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal. B N om 17.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful