You are on page 1of 6

ESA / 2005

01. Na equação do 2º grau em x, dada por x 2 – (2k – 2)x + k 2 – 2k + 1 = 0, o parâmetro

k é um número real. Se a e b são as raízes dessa equação, então sempre teremos:

Resposta: a 2 – b 2 = 0

02. Uma reta é tangente a 3 circunferências, que se tangenciam mútua e externamente.

As duas circunferências maiores têm o mesmo raio, que mede 15 unidades de comprimento. O raio da circunferência menor mede:

Resposta: 3,75

03. Em um triângulo ABC, reto em A, está inscrito um retângulo de lados paralelos aos

catetos. Sabe-se que AB = 20, BC = 5e a área do retângulo corresponde a 40% da área do triângulo. Um retângulo que satisfaz as medidas acima tem lados com medidas iguais a:

04. Um volume de 2200 ml de suco foi distribuído igualmente em uma certa

quantidade de copos. Em seguida, novamente com 2200 ml de suco, fez-se a mesma coisa, mas foram colocados 75 ml de suco a menos por copo, e, por isso, foram gastos mais 3 copos. Em quantos copos o suco foi distribuído da segunda vez?

Resposta: 11

05. Dois sargentos, Miranda e Cruz, resolveram fazer, cada um, um saque de mesmo

valor, de suas cadernetas de poupanças. No final do mês, o sargento Miranda havia gasto 3/4 de seu saque e o sargento Cruz havia gasto 4/5 de seu saque, sendo que o sargento Miranda ficou com R$ 85,00 a mais que o sargento Cruz. Com quanto o sargento Cruz ficou no final do mês?

Resposta: R$ 340,00

06. Se A = 5555 e B = 3333, então, o valor da fração é:

Resposta: 16

07. Para a festa de Natal de determinada empresa, o vinho está acondicionado em um

tonel com capacidade para 218 l e será engarrafado em garrafas de 9 dl. Para quem não bebe vinho, 0,80 m 3 de guaraná serão engarrafados em garrafas com capacidade com capacidade de 0,5 l e, para quem preferir água, 19 l de água serão acondicionados num

recipiente que, vazio, pesa 780 g. Se 1 l de água pura pesa 1 kg, então o número total de garrafas completamente cheias e o peso do recipiente para água, quando estiver com

os 19 l de água, serão:

Resposta: 1842 garrafas e 19,78 kg

08. Um triângulo eqüilátero ABC é inscrito em uma circunferência de raio 10. A área

compreendida entre o lado AB e o menor arco AB é:

09. Uma mistura de 150 ml é formada por duas substâncias A e B, tomadas em

quantidades diretamente proporcionais a 3 e 7, respectivamente. As quantidades das substâncias A e B na mistura são:

Resposta: 45 ml a 105 ml ESA 2004

1

Dividindo 2 100 por meio, encontra-se:

c)

d) 2

Numa fábrica, trabalhadores reuniram-se para presentear um amigo que iria se casar.

presente escolhido foi a quantia de R$ 900,00, que seria dividida igualmente entre

eles. Por razões particulares, dois daqueles trabalhadores retiraram seus nomes da lista

O

2

2 99

101

e, por isso, decidiu-se diminuir a quantia para R$ 888,00, de modo que na nova divisão

coubesse a cada participante a mesma cota de antes da saída dos dois colegas. Com isso, coube a cada um dos participantes a quantia de:

a)

R$ 4,00

b)

R$ 6,00

c)

R$ 9,00

d)

R$ 10,00

e)

R$ 12,00

3

José se deslocou entre as cidades A e B três vezes pelo mesmo caminho, utilizando,

em cada uma das vezes, um meio de transporte diferente. Na primeira vez foi de carro, com uma velocidade média de 60 Km/h. Na segunda vez foi de bicicleta, com velocidade média de 30km/h, e na terceira vez foi de moto, com velocidade média de 40Km/h. Sabendo que a soma dos tempos gastos nos três deslocamentos foi igual a 45 horas, o tempo gasto em cada um dos deslocamentos foi respectivamente.

a)

11h:22h e 12h

b)

12,5h:25h e 7,5h

c)

10h:20h e 15h

d)

12h:24h e 9h

e)

10,5h:21h e 13,5h

4

Um festival de música lotou uma praça semicircular de 200m de diâmetro.

Admitindo-se uma ocupação média de 3 (três) pessoas por m 2 , qual é o número mais

aproximado de pessoas presentes? (adote

π =3,14)

a)

22340

b)

33330

c)

42340

d)

16880

e)

47100

5

A partir de ponto exterior a uma circunferência, é traçado um segmento secante de 32

cm, que determina, nesta circunferência, uma corda de 30 cm centímetros, o segmento tangente traçado do mesmo ponto?

Quanto mede, em

b)

4

c)

8

d)

8

e)

4

6

Sendo x=19 e y=81, então a expressão (x+y) 2 + x 2 – y 2 +2x é divisível por:

a)

2, 19 e 81

b)

2, 19 e 101

c)

2, 81 e 100

d)

19, 100 e 101

e)

81, 100 e 101

7 O m.m.c. dos polinômios x 2 + x 2 y*x 3 + 2x 2 y + xy 2 e y 3 + xy 2 é:

a) x 6 y 2 + 2x 3 y + xy 2

b) xy 2 +2x 2 y 3 + x 2 y 3

c) x 4 y 2 + 2x 3 y 3 + x 2 y 4

d) x 6 y 2 + 2x 3 y 3 + xy 4

8 A soma dos lados de um triângulo ABC é 140cm. A bissetriz interna do ângulo A

divide o segmento oposto BC em dois outros segmentos: 20 cm e 36 cm. As medidas dos lados AB e AC são, respectivamente:

a)

42cm e 42cm

b)

60cm e 24cm

c)

34cm e 50cm

d)

32cm e 52cm

e)

30cm e 54cm

9

Considerando

um

sistema

de

duas

equações

com

duas

incógnitas,

assinale

a

alternativa correta.

a) Se as equações são representadas por uma mesma reta, então o sistema é

determinado.

b) Se as equações são representadas por retas paralelas, então o sistema é

indeterminado.

c) Se as equações são representadas por retas concorrentes, então o sistema é

indeterminado.

d) Se as equações são representadas por retas coincidentes, então o sistema é

indeterminado.

e) Se as equações são representadas por retas concorrentes, então o sistema é

impossível.

10 Um triângulo ABC tem área igual a 75cm 2 . Os pontos D, E, F e G dividem o lado AC

em 5 partes congruentes: AD=DE=EFG=GC. Desse modo, a área do triângulo BDF é: a) 20cm 2

b) 30 cm 2

c) 40 cm 2

d) 50 cm 2

e) 55 cm 2

ESA PORTUGUÊS 2004

11

Segundo o narrador, o homem só é forte quando:

a)

é capaz de chorar para manter a dignidade.

b)

não chora, mesmo em situações inevitáveis.

c)

sempre chora nos momentos de saturação do sofrimento.

d)

chora, somente quando não há outra forma de abrandar o sofrimento.

e)

mesmo chorando, não consegue amenizar a amargura

12

Há uma imagem no teto que aproxima as lágrimas do homem e a viagem. Nesse

sentido, a frase “As lágrima caíam devagar, descendo pelo sulco que outras lágrimas

fizeram – brilhante – no seu rosto” (3º Parágrafo) tem sua imagem reforçada mais adiante por:

a) “ O carro seguia seu caminho (

Botafogo.”

b) “ O homem olhou o mar, a claridade feriu-lhe a vista.”

c) “ Ajudar era difícil, distraí-lo também (

pareceu justo.”

d)

chorando.”

)

correndo macio sobre o asfalto da praia de

)

perguntar-lhe por que chorava não me

descobri

que é mais fácil a gente explicar por que chora quando não está

e)

lado.”

a palavra “também” é utilizada em

lugar da repetição do predicado “era difícil” (distraí-lo – também – era difícil). O mesmo mecanismo pode ser observado em outro exemplo no texto:

por coincidência, seguimos os dois quase lado a

mais

por curiosidade do que

13 Na frase “Ajudar era difícil, distraí-lo também

”,

a) “ Respondi-lhe que sim.”
b) “

c)

d)

e)

A

se

não

ela

claridade feriu-lhe a vista. Desviou-a.”

ele parecia ignorar a todos, não ver ninguém?”

me pareceu justo.”

quis saber por quê.”

14 Assinale o período em que o pronome oblíquo aparece substituindo o possessivo.

a)

b)

c)

d) “O florista aponta-lhe um grande vaso

claridade feriu-lhe a vista.

e) “

“Ajudar o homem que chorava perguntar-lhe por quê, distraí-lo.” “Pensei em puxar conversa e senti-me um intruso.” ”

“Respondi-lhe que sim

a

15

a)

b)

c)

d)

e)

Assinale a frase em que aparece um verbo transitivo direto e indireto.

“- Um homem que não chora tem mil razões para chorar.”

“Acendeu um cigarro e deixou-o esquecido no canto dos lábios “

“ As lágrimas caíam devagar, descendo pelo sulco

finjo-me

quando

interessado num buquê de crisântemos que está na vitrina.”

este lhe pergunta se não estará lá para ver a coroa.”

16 Na frase “mesmo chorando, devia ser um homem duro”, a oração subordinada exprime uma circunstância igual a que ocorre em:

a) “ De vez em quando, fechava os olhos, apertando as pálpebras;”

b) “ Já não chora mais, embora seu rosto másculo revele ainda um sentimento de dor.”
c) “ Demonstrando saber que ele chorava, talvez o fizesse parar.”
d) “ Depois, como que tentando reagir ao sofrimento, abria-os novamente.”
e) “

chorando.”

descobri

que é mais

fácil a gente explicar pr que chora quando não está

17 “ O homem olhou o mar, a claridade feriu-lhe a vista”. A função sintática do termo

em destaque é equivalente a:

a)

b)

c)

“ Ajudar o homem que chorava, perguntar-lhe por quê.” “ Ajudar era difícil, distraí-lo também.” ”

“ Ninguém sabia de nada

e)

“ Mas como agir, se ele parecia ignorar a todos

18

No trecho “ O carro seguia o seu caminho, célere, correndo macio sobre o asfalto da

praia de Botafogo. O homem olhou o mar, a claridade feriu-lhe a vista. Desviou-a. (4º parágrafo). O pronome em função de objeto direto refere-se a:

a) célere

b) asfalto

c) praia

d)

claridade

e)

vista

19

A palavra “celulóide” é acentuada, pois há um ditongo aberto. Pela mesma razão é

acentuada a palavra:

a) incêndio

b) chapéus

c) até

d) memória

e) piões

20 A palavra que apresenta em sua estrutura uma derivação prefixal é:

a) navegação

b) felizmente

c) incêndio

d) inveja

e) entrevistos

GABARITO:

Matemática: 1-D, 2-B, 3-C, 4-E, 5-C, 6-B, 7-Anulada, 8-E, 9-D, 10-B Português: 11-D, 12-A, 13-A, 14-E, 15-D, 16-B, 17-D, 18-E, 19-B, 20-E ESA / 2005 / SEGUNDA FASE

01. Qual o valor de 9 9 16 9 9 16 16 16 ?

Resp.: 144 25 ou 12 50 ou 3 50 . 2 100

02. Dois automóveis A e B, cujos tanques de combustível têm a mesma capacidade,

realizam a mesma viagem entre duas cidades, partindo de tanques cheios e sem fazer abastecimento durante o percurso. No destino, o automóvel A tem, ainda, 1/5 do combustível no reservatório, e o automóvel B tem 1/4. Nessas condições, e considerando que o consumo de um automóvel é a razão entre a distância percorrida e o volume de combustível utilizado por ele para percorrer essa distância, qual a razão entre os consumos C A e C B dos automóveis A e B ?

Resp.: 15/16

04. (ESA/2005)

Em um triângulo isósceles, a base mede 30 e os lados congruentes

medem 17. Existe um outro triângulo isósceles de lados iguais a 17 e mesma área do primeiro. Quanto mede a base desse triângulo ?

Resp.: 16

ESA / 2004 / SEGUNDA FASE

PROVA DE MATEMÁTICA

1.

Ao resolver uma equação do 2 o grau da forma x 2 + ax + b = 0, um aluno encontrou para as raízes os valores 4 e 6. Contudo, ele observou que havia trocado apenas o termo constante. Numa segunda tentativa, o aluno encontrou para resposta os valores –1 e –9. Como a resposta ainda continuava errada, o aluno percebeu que, desta vez, a troca se deu com o coeficiente do termo do 1º grau. Nessas condições, quais são as raízes da equação original? Resposta correta: 1 e 9

2.

Sejam os polinômios

A = x 2 + 2x – 3

e

B = x,

e uma fração algébrica

C.

Se

B . C = B + C e x π1, então a expressão algébrica A . C é:

Resposta correta: x 2 + 3x

 

3.

Um polígono regular de n lados tem 82 cm de perímetro e 15 cm de apótema. Qual é a área desse polígono?

Resposta correta: 615 cm 2

 

4.

Considere um triângulo retângulo com as seguintes medidas, em centímetros:

altura relativa à hipotenusa, 4,80; hipotenusa, 10. Nessas condições, quanto medem os catetos? Resposta correta: 6 cm e 8 cm ESA / 2003 / SEGUNDA FASE

01. Três amigos, Pagliarin, Rech e Pires, mantêm uma conta bancária conjunta cujo

saldo é R$ 27.000,00. A parte do Pagliarin equivale ao dobro da parte do Rech, e equivale também à terça parte do que tem Pires. Logo, Pagliarin tem exatamente:

Resp.: R$ 6.000,00

02. O Sargento Gasparim recebeu a missão de deslocar um grupamento por um trajeto

entre as cidades de Uruguaiana/RS e Alegrete/RS. Após percorrer 30km, parou num ponto de apoio e recebeu a informação do Sargento Fernando de que havia percorrido

1/4 do percurso total. De posse dessa informação o Sargento Gasparim concluiu que, para completar o trajeto, ainda falta percorrer:

Resp.: 90 km

04. Um matemático de nome Crestani assistia a uma corrida de automóveis pela

televisão, quando seu filho Borges lhe perguntou: “E aí, pai

Como vai indo o

Rubinho?” O matemático respondeu: “Filho, 1/8 dos corredores está à frente de Rubinho, e 5/6, à sua retaguarda.” pelos cálculos do matemático, a classificação atual de Rubinho é:

Resp.: 4º lugar