You are on page 1of 8

BOMBAS

Net
Positive
Suction
Head
NPSHd
Di
Disponível
í l

Altura de aspiração

NPSHa

NPSHr

A il bl
Available

R
Requerida
id

Fornecida pelo fabricante
d bomba
da
b b

Calculada ou medida

S
Sempre:

NPSHd > NPSH
NPSHr

CURVAS CARACTERÍSTICAS DE UMA BOMBA CENTRÍFUGA

H, Q

η, Q

NPSHr,, Q
P, Q

3 Pr esssão 760 de mm Hg 12. ºC 75 100 De notar que à medida que a temperatura sobe. O que é a CAVITAÇÃO: Se a pressão absoluta dentro da bomba atingir a tensão de vapor do líquido à temperatura local do escoamento.6 6 va po r l íq ui do Pressão atmosférica normal de Ponto normal de ebulição Re gi ã o Re gi ão 290 101. há vaporização e formam-se bolhas de vapor que são arrastadas pelo escoamento.4 0. Quando essa quantidade é atingida diz-se que o ar está saturado. Como se forma a CAVITAÇÃO: Detonação da bolha de vapor devido ao aumento da p pressão Superfície metálica Bolha de vapor TENSÃO DE VAPOR – ÁGUA kPa 93 25. a tensão de vapor também sobe.6110 26 50 Temperatura. Para cada temperatura o ar só tem capacidade de incorporar uma quantidade máxima de água . .4 3.58 38 38.5 4.A IMPORTÂNCIA DO NPSH A condição imposta anteriormente do disponível ser maior que o requerido evita o fenómeno da cavitação.

 perdas  entrada Ponto de baixa pressão p Pontos ao longo da trajectória do líquido Consequências no rotor devido à cavitação .Evolução da pressão ao longo de uma bomba: Áreas Potenciais de cavitação Secção A‐A Pres ssão Perdas na entrada Aumento de pressão devido ao impulsor devido ao impulsor Atrito Turbulência. atrito.

g – aceleração da gravidade. m s-2. . Pa. Pa.Relembrar pressões relativas e absolutas Medição do NPSHd A definição de NPSHd é: p1 Cs2 τ v NPSHd = + − ρ g 2g ρ g Onde: p1 – pressão absoluta no ponto 1. m s-1. kg m-3. ρ – massa volúmica do líquido. τv – tensão de vapor do líquido. CS – velocidade na conduta.

absoluta. 1 A definição de NPSHd é: NPSHd = p1 Cs2 τ v + − ρ g 2g ρ g patm Cs2 Cs2 p −τ τ − + − hs − Δhs − v = −hs − Δhs + atm v NPSHd = ρ g 2g 2g ρg ρg Como se viu na equação anterior o NPSHd depende da pressão atmosférica. CS – velocidade na conduta. patm – pressão atmosférica .Cálculo do NPSHd A li Apliquemos a equação ã de d Bernoulli B lli ao ponto t 1: 1 p1 patm Cs2 = − − hs − Δhs ρ g ρ g 2g Onde: p1 – pressão absoluta no ponto 1. Δhs – perdas de carga na conduta. hs – altura de aspiração (>0). 760 750 740 730 Presssão barométriica [mm Hg] 720 710 700 690 680 670 660 650 640 630 620 610 600 590 580 570 560 0 200 400 600 800 1 000 1 200 1 400 Altitude [m] 1 600 1 800 2 000 2 200 2 400 . que por sua vez depende da altitude.

071 14.0 813.061 0.762 0.236 3.282 46.730 0 745 0.014 1.057 10 057 -5.3 782.011 136.513 1 2 6 6 5 40 42 44 46 48 7 8 9 10 11 383.220 4 8 2 6 0 2 4 6 8 611.6 324.014 0.807 0.863 603.297 1 297 -1.476 1.384 0.275 203.375 541.659 0.022 8 4 2 2 6 40.049 0.000 079 3 234 6 390.385 80.17 706.881 6 3 0 6 3 0.683 184.864 0.021 0.858 0.059 12.791 0.030 6 0.759 0.621 0.005 0.91 259 91 401.581 85.593 1.773 0.029 0.5 865.826 0.000 0.175 1.963 51.1 111.0005 Q2 [m3 h-1] Altitude = 1 000 m t = 10ºC p −τ NPSHd = −hs − Δhs + atm v ρg p −τ hs = −NPSHd − Δhs + atm v ρg Temp ºC Tensão Vapor Pa t ps Humidade específica de saturação Kga kg-11ar seco ws Volume específico m3 kg-1ar seco Entalpia específica kJ kg-1ar seco va (seco) Vs (sat) -40 -30 -25 -20 12.929 0.423 0.745 0.9 039.198 34.084 16.007 0.830 0.311 166.8 985.405 65.644 4.688 0.847 0.100 1.348 9 5 0 6 8 70.647 6.907 1.024 758 741 963 448 226 0.003 020 606 486 789 7 2 2 5 0.000 -12.209 150.272 5 9 2 6 50.115 --40.255 0.030 0.535 80.047 9.473 -1.171 -25.016 0.336 -1.979 123.086 0.012 661 766 012 413 989 0.790 0.958 4 6 8 0 1.000 1.420 16 41 95 12 31 0.987 1.26 0.804 1 5 1 8 6 0.091 3 0.0 413.972 0.0 098.5 0.448 093.867 0.85 38.876 0.986 1.995 0.841 6 8 2 8 7 10.296 48.811 0.375 8 4 7 0 -15 -10 10 -5 0 165.9 0.115 0.452 -1.003 0.183 1 6 9 4 2 20 22 24 26 28 2 2 2 3 3 338.870 0.006 789 5 381 054 813 683 0.564 0.849 0.239 100.352 34.002 0.898 0.008 0.037 --29.7 0.121 3 .7 818.892 0.688 0.545 -1.915 0.108 29.005 0.466 0.036 8.133 24.784 0.096 18.29 103.159 28.955 0.259 -1.268 44.02 63.349 4.17 0.798 89.205 858 321 54 79 0.Exemplo: hs = ? Q = 60 m3 hora-1 Ds = 150 mm Δhs [m]= 0.386 0.773 8 0 2 4 0.918 0.Fundamentals u da e a s Valores ha (seco) τ v = 1 228 Pa hs (sat) Entropia específica kJ kg-1ar seco K 1 1 2 3 ss (sat) -0.069 0.4 0.061 1 0.245 6 6 7 3 5 a o es co coligidos g dos do ASHRAE S Handbook a dboo .824 8 5 2 8 5 0.930 0.153 0.006 110.3 0.982 6.781 307.887 0.370 44.326 55.682 0.552 0.796 4 1 8 4 1 0.226 38.436 867.3 0.000 0.5 064.6 598.801 0.027 0.253 42.717 7 4 8 3 -40.000 2.179 39.797 0.965 0.716 7 1 3 5 0.042 1.943 0.345 355.004 1.011 0.2 363.750 0.971 0.9 644.8 181.659 0.2 758.404 1.012 4.018 0.696 0.086 -10.3 760.043 329 793 660 971 778 0.841 0.121 22.1 943.284 0.229 0.837 11.838 1.205 0.529 -1.164 9.2 175.038 0.151 0.077 141 119 791 239 556 0.185 32.001 0.413 -1.146 26.681 803.365 60.78 611.660 72.0001 0.0 402.024 6.034 0.7 0.833 0.179 248.784 0.180 0.904 0.875 0.555 64.184 --18.446 275.906 0.746 0.473 2.001 0 001 0.630 90.835 0.818 0.348 0.562 -6.055 0.209 0.489 75.229 -30.852 10 12 14 16 18 1 1 1 1 2 228.599 2.909 0 7 3 0 7 0.5 637 3 0.702 0.143 -20.137 460.028 1 3 5 7 9 1.702 0.072 6 072 1.499 3.858 0.004 0.154 1.8 208.279 0.8 631.852 2 9 6 2 9 0.008 0.813 0.778 0.2 946.172 57.943 2 9 3 3 1 30.976 0.699 225.000 0.907 7 4 8 4 70 75 80 85 90 31 38 47 57 70 198.811 0.5 935.779 0.713 0.881 2.3 1 072.30 259.825 9 1 8 7 3 50 55 60 65 12 15 19 25 350.6 594.732 0 746 0.886 8 3 1 4 0 20.162 0.010 0.778 0 9 2 1 -15.212 36.896 0.314 7 8 9 2 8 30 32 34 36 38 4 4 5 5 6 246.597 --27.

760 750 740 730 Pressão barom métrica [mm H Hg] 720 710 700 690 680 670 660 650 640 630 620 610 600 590 580 570 560 0 200 400 600 800 1 000 1 200 1 400 1 600 1 800 2 000 2 200 2 400 Altitude [m] −3 patm t = 670 mm Hg = 670 × 10 × 13 600 × 9.8 m 6.8 = 89 297.6 Pa 27 m 68% NPSHr 2.4 kW .

8 m NPSHd > NPSHr = 2.8 m Δhs [m] [m]= 0.6 − 1 228 103 × 9.3 Pa Evolução da pressão ao longo de uma bomba: Áreas Potenciais de cavitação Secção A‐A Perdas na entrada Pres ssão Pressão p1.8 NPSHr.150 Cálculo de p1: 4Q Valor máximo de hs 2 p C p1 = atm − s − hs − Δhs ρ g ρ g 2g p1 = patm − ρ Cs2 2 − ρ g (hs + Δhs ) 3 2 10 × 0.Finalmente: hs = −NPSHd − Δhs + patm − τ v ρg NPSHr = 2. 28m Atrito Turbulência.8 = 89 297 . atrito.005 Q 2 = 0. 1 228 Pa q p Pontos ao longo da trajectória do líquido .6 Pa τ v = 1 228 Pa hs = −NPSHd − Δhs + patm − τ v ρg = −2.94 3 = 89 297. perdas  entrada Aumento de pressão devido ao impulsor devido ao impulsor Maior que tensão de vapor.81 = 4 . 27 248 Pa NPSHr 2.8 − 1.8 m Δhs = 0.6 − − 10 × 9.8 ) 2 = 27248.8 + 89 297.94 m s −1 2 πD π 0.81× (5.5 m 4 × 60 Cs = = 3600 2 = 0.0005 0 0005 Q2 [m3 h-1] patm = 670 mm Hg = 670 × 10 − 3 × 13 600 × 9.6 + 1.0005 × 60 2 = 1.