You are on page 1of 1

Sistema de Informações Gerenciais – SIG A informação bem gerida dentro das organizações pode propiciar a estas um diferencial competitivo

no sentido de torná-las mais ágeis e conectadas às rápidas mudanças que ocorrem no ambiente competitivo. Podemos entender o SIG como um processo que tem dados como insumos. Estes dados serão trabalhados, interpretados, tornados úteis, ou seja, transformados e informação, de forma a subsidiar o processo decisório, bem como proporcionar a sustentação administrativa para otimizar os resultados esperados. Obs.: Dado é qualquer elemento identificado em sua forma bruta que por si só não conduz a uma compreensão de determinado fato ou situação. Informação é o dado trabalhado que permite ao executivo tomar decisões. Relatórios gerais são os documentos que consolidam de forma estruturada, as informações para a tomada de decisões. Os SIG têm a função de gerar condições para que a informação certa chegue à pessoa certa quando esta necessita, gerando ao final a possibilidade de agir a fim de solucionar algum problema ou possibilitar a vantagem competitiva desejada. Contribuem para a eficácia do executivo no exercício das funções de planejamento, organização, direção e controle na gestão das empresas. São utilizados nas mais diversas áreas da organização. Vantagens dos SIG para a empresa: redução dos custos das operações, aumento da produtividade, melhoria no acesso às informações, melhoria nos serviços realizados e oferecidos, entre outras. Utilidades: integrar sistemas, desenvolver processos de negócios consistentes, preparar-se para futuras necessidades de negócios, tempo real, tomada de decisões, “economia”, etc. Com o avanço cada vez maior da tecnologia, há uma tendência em pensar que todo SIG é um sistema informatizado e que a tecnologia é a peça chave da sua constituição. Mas nem sempre um SIG é suportado por tecnologia, apesar de, atualmente, isso ser o mais comum. É importante entender que a parte tecnológica é importante, mas é apenas o suporte para o SIG. Mais importante que a tecnologia é a capacidade de identificar quais são as informações relevantes, onde elas poderão ser encontradas e a capacidade de interpretação e decisão dos usuários do SIG. A finalidade primordial de um SIG é subsidiar a tomada de decisão, mas a decisão em si é eminentemente humana, o sistema não é o grande responsável. Portanto, a habilidade dos gestores em tomar decisões a partir de informações é primordial para o fortalecimento do sistema de informações gerenciais.