You are on page 1of 3

Configuração de 2 instâncias do produto Datasul 11

:

Deve-se tomar o máximo de cuidado ao fazer esta configuração. Qualquer erro ocasionará a gravação de dados na instância errada. IMPORTANTE: Em nenhuma hipótese deverá ser feito backup de algum arquivo ou diretório dentro da instância do Jboss. Se isto for feito, corre-se o risco de publicar o mesmo arquivo 2 vezes, gerando problemas na execução da aplicação. Recomenda-se que os backups sejam feitos em diretório completamente isolado da instância.

1 - Ambiente Progress 1.1 - Efetuar a cópia dos bancos de dados e scripts de administração para o ambiente teste; 1.2 - Criar uma cópia dos arquivos ".ini" e ".pf", alterando-os para este ambiente de teste; 1.3 - Criar uma cópia do arquivo "config.xml", alterando as informações abaixo:  Linha de execução local do Progress: Alterar de acordo com a cópia dos arquivos .ini e .pf previamente criados;  Tag "Company Name": Alterar o nome de exibição da empresa, identificando esta instância como sendo Teste;  Tag "RemoteServerPort": Adicionar 100 a este valor. Ex: de 8085 para 8185;  Tag "WebServerPort": Alterar de 8080 para 8180.

1.4 - Configurar um broker AppServer para o ambiente Teste; 1.5 - Ativar os bancos de dados e broker AppServer do ambiente teste.

2 – Jboss 2.1 - Eliminar do diretório "%jboss_home%\server\instance-8080" os subdiretórios temporários: data, log, tmp e work;

0.5 . Abrir o diretório e editar o arquivo "datasul_framework. descompactar o arquivo "%jboss_home%\server\instance8080\deploy\datasul-byyou-11.jar" para um diretório com o mesmo nome (inclusive com a extensão .ear\datasul-framework-config-java-3.war" do ambiente que está sendo criado (alterar nessa linha o diretório instance-8080 para instance-8180).0.2 .port: Porta do NameServer do ambiente teste progress.jar).java.ear\datasul-framework-config-java3.1-SNAPSHOT.jar).2-SNAPSHOT. o arquivo terá o nome de "oracle-ds. Desta forma.jar" para um diretório com o mesmo nome (inclusive com a extensão . 2. já que este responderá no browser na porta "8180".No arquivo "%jboss_home%\deploy\progress-ds.naming. Caso o ambiente seja Oracle.xml".properties".4 . Alterar a linha que faz referência ao config. jossogateway-config. 2.xml) do diretório "bin" do jboss para o diretório "conf" de cada uma .2-SNAPSHOT.2.properties". As informações abaixo deverão ser alteradas:  war.7 .1.No diretório "%jboss_home%\server\instance-8080\deploy\datasul-byyou11.0.server.xml.server.3 . Desta forma. este diretório chama-se "instance-8080").xml".dir: deverá ter como valor a localização do diretório "datasulframework-ui. podemos visualizar o conteúdo deste arquivo com mais facilidade.application: Nome do AppServer do ambiente teste job. recomenda-se criar o segundo diretório como "instance8180". alterando a linha de conexão com o broker AppServer (apontar para o appserver de teste).ear\payroll-config-1.name: Nome do servidor onde está localizado o AppServer do ambiente teste     progress.Copiar os arquivos do josso (josso-agent-config. Para seguir o padrão. descompactar o arquivo "%jboss_home%\server\instance8080\deploy\datasul-byyou-11.6 . josso-config.Copiar o diretório referente a instância do Jboss (no Datasul 11.Através do Winrar.  progress.xml.server.1. podemos visualizar o conteúdo deste arquivo com mais facilidade. 2.provider. editar o arquivo "di. Este diretório localiza-se em "%jboss_home%\server". 2.Através do Winrar. deve-se alterar as portas de conexão ao broker SQL dos bancos Progress.xml.properties". Abrir o diretório e editar o arquivo "hcm. para que aponte para o arquivo config.url: Alterar de 1099 para 1199 Portas: Alterar as referências das portas 8080 para 8180 2.1.jar".2-SNAPSHOT.1-SNAPSHOT.xml do ambiente teste.0.

o instance8380 teria o acesso http na porta 8380. fará com que os dados do ambiente de teste sejam gravados no banco de produção. eliminá-los do diretório "bin". rever os passos deste processo para encontrar o erro. As únicas mudanças são a nomenclatura do diretório da instância (instance-8280. alterando as portas de 8080 para 8180. Editar o arquivo "josso-agent-config. etc. 300 para o instance8380 e assim por diante. . a 8083 para 8183. 2.Registrar o serviço do Jboss no servidor. por exemplo). Este passo é extremamente importante. 2. pois se não for feito. localizado no diretório "conf" da segunda instância. o instance-8280 teria o acesso http na porta 8280.Editar o arquivo "jboss-service. Esta alteração deve ser feita TODAS as vezes que o banco de produção for copiado para teste.) e as portas que alteram. utilizar um utilitário para identificar qual processo está utilizando a porta.xml". Após copiar os arquivos. Ex: Alterar a porta 4444 para 4544. somar 200 para o instance-8280. Se houver. Abrir o prompt de comando (cmd)..10 .11 . navegar até o diretório "bin" do Jboss e executar o comando: service-8180 install. adicionando sempre 100 ao valor da porta.9 . Considerações finais: Este mesmo procedimento pode ser utilizado para criar outros ambientes no mesmo servidor. 2. alterando as informações abaixo:  <attribute name="ServerName">ports-8080</attribute> Alterar de "ports-8080" para "ports-8180"  Portas: Alterar TODAS as portas que estiverem referenciadas no arquivo. No passo onde são somadas as 100 portas. e em seguida o de teste. instance-8380.das 2 instâncias.xml" da segunda instância. No exemplo das instâncias criadas. e assim por diante.Acessar o ambiente de testes e alterar o cadastro de bancos de dados da empresa.Carregar o serviço do Jboss de produção. Verificar no log do Jboss teste se há alguma configuração incorreta (portas em uso.. 2. Se houver porta em uso.8 .