You are on page 1of 11

MANUAL DE FORMATURA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL Este manual tem por objetivo auxiliar os alunos de graduação na organização

das suas formaturas. Todos os formandos deverão participar da Outorga de Grau (Solene ou de Gabinete). Em ambos os casos, deverão ser observadas as normas contidas neste manual, e a cerimônia será realizada de acordo com o protocolo vigente. O cerimonial é a sequência de acontecimentos que resulta em um evento. Este deve obedecer às regras estabelecidas pelo protocolo. Já o protocolo codifica as regras que regem o cerimonial. Seu objetivo é dar a Cada um dos participantes as prerrogativas, privilégios e imunidades a que têm direito.

INFORMAÇÕES GERAIS: • A Solenidade de Colação de Grau é, única e exclusivamente, de responsabilidade da instituição, ou seja, será realizada pela instituição. As demais solenidades que norteiam a conclusão do curso poderão ser realizadas por serviços terceirizados desde que atenda às normas do Cerimonial Universitário. • Em hipótese alguma a Cerimônia de Colação de Grau poderá ser realizada de forma representativa por quem já houver colado grau e sem o conhecimento prévio e respectiva aprovação do Cerimonial da Universidade Estadual de Alagoas. • A organização das solenidades Missa, Culto Ecumênico, Baile ficará sob responsabilidade da Comissão de Concluintes e/ou empresa contratada, sob orientação, apoio e supervisão do Cerimonial Universitário. • A organização da Aula da Saudade ficará exclusivamente, sob responsabilidade e organização da Comissão em acordo com a Uneal.

1 – ATO Outorga de grau é um ato oficial da Universidade Estadual de Alagoas, organizado de acordo com as orientações estabelecidas pelas Universidades Brasileiras. Para evitar problemas ou impedimentos para a Outorga de Grau, cada aluno deve requerê-la, no prazo de 45 (quarenta e cinco) dias anterior a data estabelecida.

a comissão terá autonomia para projetar. com data e horário designados pela Diretoria do Campus junto ao Cerimonial ou. inicialmente. Neste caso. 6 – AUSÊNCIAS Os formandos que não puderem comparecer à cerimônia deverão apresentar uma nova solicitação à coordenação de seu curso. deverá ser seguida a ordem de precedência ou por delegação. sendo em tempo hábil para a finalização das obrigações acadêmicas. 5 – DATAS Em caso de solenidade festiva. a data para a cerimônia é estabelecida de acordo com a agenda da Reitoria e do Cerimonial.2 – COMISSÃO DE FORMATURA A turma concluinte deverá. conforme portaria da Reitoria. Precedência: 1. prestando juramento e recebendo a outorga de grau em seu Campus. fica sob a responsabilidade da coordenação de cada curso marcar a data com a Direção de Campus. formar uma comissão para contato com o Colegiado do Curso e/ou com a empresa de Cerimonial. Assim. que estará à disposição para retirar dúvidas relacionadas à solenidade. 3 – COMPETÊNCIAS Compete ao Reitor da Universidade Estadual de Alagoas – Uneal oficializar a outorga de grau. A data será confirmada mediante reunião com formandos. Na falta ou impedimento do Reitor. Pró-Reitor de Graduação (Pró-Reitores) 3. coordenadores de curso e direção do Campus. Vice-Reitor (a) 2. Diretor (a) de Campus 4 – DISPENSA Em nenhuma hipótese. O aluno poderá escolher a outorga de grau com solenidade festiva. sem solenidade. decidir e representar os interesses e desejos dos formandos. a outorga de grau é dispensada. .

Trabalho de Conclusão de Curso – TCC.  Fazer o requerimento de colação de grau. desde que devidamente comprovados: Transferência de militares.7 – ANTECIPAÇÃO A antecipação de Outorga de Grau. atividades complementares). A Direção do Campus deve ser avisada da sua confecção para que possa tomar as providências para a reserva de local. 003/2011 – CONSU. Posse em cargos públicos e/ou privados que exijam o diploma registrado. A secretaria do Curso. no prazo de até 45 dias anteriores ao evento. A instalação fica por conta dos formandos nos tamanhos padronizados pela Uneal. Problemas de saúde. RESPONSABILIDADES Formandos  Escolher os representantes de sala para formarem a comissão de Formatura. esposas e filhos de militares. especialmente o cumprimento de toda a matriz curricular (conclusão do estágio. os alunos que estiverem em dia com suas obrigações acadêmicas. Mudança da família para outro Estado ou País.  Escolher os professores e funcionários que serão homenageados. 8 – PROCEDIMENTOS Participarão da Outorga de Grau. junto ao Registro Acadêmico. . Aprovação em Programas de Pós-Graduação no Brasil ou fora dele. somente será concedida nos seguintes casos. 9 – PLACAS E QUADROS Na placa de formatura deverá constar no mínimo os nomes: Reitor/ Diretor do Campus/ Coordenador do Curso e Formandos que estiverem aptos a outorga do grau. sob o visto do gerente do Registro Acadêmico. segundo RESOLUÇÃO Nº. EXCLUSIVAMENTE.  Atuar junto à Comissão de Formatura nas questões que lhe forem apresentadas. se encarregará de enviar ao Cerimonial a relação dos alunos devidamente habilitados e que tenham requerido em tempo hábil.

 Manter informados os graduandos das normas do protocolo. e possuir uma boa dicção. O orador deverá ser um concluinte (escolhido pela turma). viagens. o que corresponde no máximo a seis fotos. Ele escreverá discurso anteriormente e o submeterá à apreciação do Cerimonial Universitário. É de bom tom que nas imagens tenham todos os formandos.  Fornecer ao Cerimonial as informações que forem solicitadas. pois representarão os demais formandos e discursarão sobre um momento importante na vida de todos os presentes.  Representar os formandos em seus direitos. 10 – ALUNO ORADOR E JURAMENTISTA O aluno orador e o juramentista possuem um papel de grande relevância dentro da solenidade.Comissão de Formatura  Registrar os nomes dos integrantes na Diretoria do Campus. Ele terá duração máxima de cinco minutos e deverá passar pela apreciação da Coordenação do Curso. trabalhos. O discurso terá o tempo máximo de dez minutos. Música – Se a turma for utilizar playback. Slides (opcional) – exibido na hora em que o formando receber a Outorga de Grau. deverá conter fotos do formando correspondente. seguindo a ordem de execução. Sendo assim. respaldadas pela Direção do Campus. – 11 RECURSOS NA SOLENIDADE (RESPONSABILIDADE DOS FORMANDOS) Vídeo (opcional) – deve-se tratar de uma exibição sobre a profissão escolhida ou montagem de vídeos da turma. Uneal  Observar a aplicação das normas do regimento interno e legal da cerimônia. . lista dos graduandos APTOS a receberem a Outorga de Grau.  Encaminhar ao setor de Cerimonial e Eventos e/ou empresa responsável. Deverá ter no máximo três minutos. as músicas deverão ser gravadas em um único CD. passeios. a escolha do aluno orador e do juramentista deverá ser cuidadosa e criteriosa e indicada pela turma concluinte. no início do ano letivo.

conduzidos. Sugere-se que o formando utilize. DAS CORES. por baixo da beca. roupas leves e pretas. ditos obrigatórios do Cerimonial Universitário. As vestes talares reitorais são compostas de: beca preta. assim como sapatos ou sandálias (mulher) também pretos. 2. DA FAIXA E PEDRA DE GRADUAÇÃO A classificação das cores à inclusão referente às áreas de conhecimento é: CURSO Administração Empresas Administração Pública Ciências Contábeis Direito Pedagogia Geografia História Letras Matemática Química Ciências Biológicas Zootecnia Bacharelado Bacharelado Bacharelado Licenciatura Licenciatura Licenciatura Licenciatura Licenciatura Licenciatura Licenciatura Licenciatura Azul Rosa Claro Vermelha Azul Azul Azul Azul Azul Azul Azul Verde Safira Azul Turmalina Rosa Rubi Ametista Ametista Ametista Ametista Topázio Safira Azul Safira Azul Esmeralda GRAU de Bacharelado FAIXA Azul PEDRA Safira Azul 14 – ATOS PROTOCOLARES São atos protocolares.12 – TRAJES – AS VESTES TALARES Pela importância do momento. Abertura da solenidade. . bacalau branco e capelo. Nas cerimônias oficiais de Outorga de Grau. por um mestre de cerimônias: 1. todos os formandos deverão trajar beca na cor preta. os seguintes. o bacalau e a faixa. Composição da mesa. que somente poderá ser usado após a outorga de grau. pelerine e faixa branca (que representa todas as áreas do conhecimento). 13 – DO GRAU. a indumentária pede um cuidado maior. A veste dos professores é composta de uma beca longa na cor preta. faixa na cintura e pelerine na cor do curso. na cor da área do conhecimento da sua graduação.

15 – COMPOSIÇÃO DA MESA  Reitor. assim como os professores e funcionários homenageados. OBS. Ato Cívico – Execução do Hino Nacional.: é de responsabilidade da comissão dos concluintes convidar cada um dos integrantes da mesa.  Patrono.3. Outorga de Grau (Reitor). Serão convidados somente 1 (Um) Patrono e 1 (Um) Paraninfo por grupo de concluintes. Homenagens.  Diretor (a) do Campus. 16 – DEFINIÇÕES  Patrono – personalidade destacada em âmbito do corpo científico da área do formando: trata-se de uma pessoa de notório saber acadêmico. devendo passar pela apreciação do Cerimonial Universitário.  Gerente de Registro Acadêmico. Pronunciamento do Reitor. Encerramento das atividades. 11. 6. 8. Discurso do(a) Orador(a) da Turma. Discurso das autoridades presentes (seguindo a hierarquia).  Pró-Reitores. reconhecido pela competência e padrão de referência na área especifica de conhecimento.  Outras autoridades OBS. Juramento (aluno Juramentista). . Abertura oficial da sessão.  Nome da turma (Personalidade viva). 4.  Paraninfo (s). Chamada dos alunos.: É de responsabilidade da Comissão de Formatura convidar cada um dos integrantes da mesa.  Coordenador (a) do Curso. 5. 7. Entrada dos formandos. assim como os Professores e Funcionários homenageados. 9. 12. 10.

Nome do Vice-Diretor(a) do Campus. Dados que devem constar no convite: Nome da Universidade.  Homenageados – os homenageados docentes ou funcionários são pessoas da UNEAL ou relacionadas a ela. Nome do Curso. no que diz respeito ao conteúdo e modelo. Nome do paraninfo. 17 – SERVIÇOS OFERECIDOS PELO CAMPUS       Espaço Físico. . Nome do Coordenador(a) do Curso e Vice. Ensaio Geral. que nas transações acadêmicas e administrativas durante o curso merecem o reconhecimento e a gratidão da turma como um todo. Data Show. patrono e dos homenageados. Nome do Vice-Reitor(a). (Lembramos que um grande número de homenageados descaracteriza a homenagem. o convite deve ser apreciado pela turma. Nome dos docentes do curso (por ordem alfabética). Serviço de som. sendo o padrinho mais importante.  Nome da Turma – pode ser o nome de uma personalidade viva ou morta ou um título que se adéqüe à identidade da turma. portanto é de bom tom que não ultrapasse o número de cinco homenageados). Nome do Reitor(a). Mestre de Cerimônia. Paraninfo – personalidade que mantém prestígio incondicional junto à turma. Nome do Diretor(a) do Campus. 18 – CONVITE A confecção e a impressão dos convites fiam a critério dos formandos. Antes da aprovação final. Revisão e aprovação de convites e placa. Nome do Secretário do Curso. Nome do Pró-Reitor de Graduação(a).

 Todos os formandos devem participar de ao menos um ensaio geral. harmonia e planejamento entre os formandos. Juramento.RECOMENDAÇÕES   A solenidade de Outorga de Grau terá início no horário estipulado no convite independente de quem esteja presente. selecionar no máximo quatro fotógrafos e dois filmadores por solenidade de outorga. que são pessoas que têm o uso da palavra na solenidade.   Caberá a cada formando escolher o seu padrinho para a entrada solene na cerimônia de outorga de grau.Nome do(a) orador(a).  Para que a Solenidade de Outorga de Grau tenha o sucesso desejado pela turma. Para tal. para evitar atrasos ou imprevistos. . acompanhados dos seus respectivos padrinhos. sem incomodar o bom andamento da solenidade. caso eles não cheguem no horário marcado para a solenidade. Nome dos Integrantes da Comissão de Formatura (opcional). Nome do juramentista. Nome de todos os formandos por ordem alfabética (somente aqueles que estiverem aptos à outorga do grau). Homenagens (opcional) 19 . Os formandos que vão participar da Outorga de Grau com solenidade festiva deverão agendar a data junto à Coordenação do Curso e Direção do Campus e esta com o Cerimonial e com a Chefia de Gabinete.  Os formandos deverão chegar ao local da solenidade com antecedência mínima de uma hora. principalmente. OBS: Lembramos que as vestes talares são de responsabilidade do formando. faixa e capelo) com antecedência. Cada formando (ou turma) deverá pegar sua veste acadêmica (beca.  Reunir-se com fotógrafos e filmador contratados para manter um mínimo de ordem. esta começará sem eles. Principalmente o juramentista e o orador. é preciso que todas as normas de Protocolo de Cerimonial Universitário sejam seguidas e que haja. em data previamente marcada pelo cerimonial e pela comissão de formatura.

participando profissionalmente da construção do homem íntegro.” ASSIM PROMETO! JURAMENTO DO CURSO DE HISTÓRIA . o desenvolvimento das instituições e a grandeza do homem e da pátria. exercer minhas atividades profissionais com honestidade. promovendo a disseminação da ciência. consciente de minhas responsabilidades legais. no exercício de minha profissão. consciente de minhas responsabilidades legais.” ASSIM PROMETO! JURAMENTO DO CURSO DE PEDAGOGIA “Prometo. em defesa da vida. Prometo trabalhar por uma educação para a responsabilidade social. ASSIM PROMETO! JURAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS “Prometo. perseverança e competência. ética e política. buscando novos caminhos para o processo educacional.JURAMENTOS JURAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESA E PÚBLICA Prometo dignificar minha profissão. observar o código de ética. pela minha fé e pela minha honra e de acordo com os princípios éticos do Biólogo. objetivando o aperfeiçoamento da ciência Matemática. da humanidade e da pátria. com criatividade. tecnológico e humanístico com justiça e paz” ASSIM PROMETO! JURAMENTO DO CURSO DE MATEMÁTICA “Prometo dignificar minha profissão. observar o Código de Ética. estimulando o desenvolvimento científico. dentro e fora da escola. objetivando o aperfeiçoamento da Ciência da Administração o desenvolvimento das Instituições e a grandeza do homem e da Pátria. enfrentar os desafios que a educação me propõe.

com o objetivo de tornar-me digno de ser mais um membro da grande classe de contabilistas do Brasil. multiplicando as auto-realizações e dividindo as vitórias que me cercam. quer na sua letra. respeitando a verdade.” ASSIM PROMETO! JURAMENTO DO CURSO DE QUÍMICA “Prometo aplicar e desenvolver os conhecimentos adquiridos somando-os a todas as minhas aspirações. Honrando assim. Prometo pela profissão! Prometo pela Classe! Juro pelo Brasil. ser fiel aos deveres da honra. cognitivo e humano dos educandos a mim confiados. ASSIM PROMETO! . segundo princípios éticos e legais”. no exercício de minha profissão. baseando minhas ações no Direito. favorecendo a construção de uma sociedade participativa e solidária. quer no seu espírito. promovendo a justiça. da ciência e do magistério. diminuindo as incertezas. promover o desenvolvimento intelectual. respeitar sempre os princípios da honestidade. diligência e honestidade a profissão contábil. pugnando pelos bons costumes e nunca faltar à humanidade” ASSIM PROMETO! JURAMENTO DO CURDO DE LETRAS “Prometo solenemente.“Prometo no desempenho das funções educacionais. propugnando sempre pela solução dos problemas sociais e econômicos da humanidade. Juro cumprir fielmente o código de ética da profissão contábil. a justiça e o sigilo profissional. sem jamais faltar com os ditames da honra. e tudo fazer para a formação integral da pessoa humana. da justiça e da ética profissional. o título de Químico Industrial que me vai ser conferido” ASSIM PROMETO! JURAMENTO DO CURSO DE DIREITO “Prometo no exercício das funções do meu grau. cumprindo com fidelidade os deveres impostos pelo meu grau.” ASSIM PROMETO! JURAMENTO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS “Prometo exercer com selo.

no exercício profissional.” ASSIM PROMETO! .” JURAMENTO DO CURSO DE ZOOTECNIA “Juro honrar meu diploma de zootecnista. comprometendo-me a obedecer. a fim de contribuir para o bom desenvolvimento social e econômico do país. na área das atribuições.JURAMENTO DO CURDO DE GEOGRAFIA “Prometo exercer as funções inerentes ao meu grau. cumprindo com as leis da república. e jamais atentando contra a dignidade da pessoa humana. na fiel observância dos princípios de honestidade. oferecendo os meus conhecimentos. os postulados da ciência e dos princípios morais. que ora me são outorgadas.