Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73.

Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de José Arnaldo Rodrigues Informática ME (Celta Informática), poderá ser reproduzida total ou parcialmente, por qualquer processo, eletrônico, fotocópia, mecânico ou sistema de processamento de dados.

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO AO EXCEL 97 AVANÇADO ______________________________________ 1 CRIAÇÃO DE FÓRMULAS ____________________________________________________ 1
Referência usando endereços ________________________________________________________ 1
Endereços relativos _______________________________________________________________________ 1 Endereços absolutos ______________________________________________________________________ 2

Referência usando rótulos___________________________________________________________ 3
Rótulos relativos _________________________________________________________________________ 3 Rótulos absolutos ________________________________________________________________________ 4

Referência usando nomes ___________________________________________________________ 5
Nomes absolutos _________________________________________________________________________ 5 Nomes relativos__________________________________________________________________________ 5

USANDO FUNÇÕES__________________________________________________________ 7
Trabalhando com tempo e dinheiro ___________________________________________________ 8
Agenda de amortização____________________________________________________________________ 9 Calcular o último dia do mês ______________________________________________________________ 10

Procurando um valor em uma lista __________________________________________________ 12
Localizar um intervalo numérico ___________________________________________________________ 13

TRABALHANDO COM LISTAS _______________________________________________ 15
Usando filtros avançados __________________________________________________________ 15
Criar uma lista de valores exclusivos ________________________________________________________ 15 Filtrar através de um intervalo de critérios ____________________________________________________ 16 Extrair parte de uma lista _________________________________________________________________ 18

Usando um critério calculado _______________________________________________________ 18

TRABALHANDO COM TABELA DINÂMICA____________________________________ 19
Criando uma Tabela Dinâmica _____________________________________________________ 19
Definindo um relatório de Tabela dinâmica ___________________________________________________ 19

Reorganizando a Tabela dinâmica___________________________________________________ 21
Inserindo um segundo campo de Dados ______________________________________________________ 23

Manipulando uma Tabela Dinâmica _________________________________________________ 24
Classificar e filtrar os itens da Tabela dinâmica ________________________________________________ 24 Mostrar e ocultar detalhes dos itens _________________________________________________________ 25 Remover totais de grupo e totais gerais ______________________________________________________ 27

CRIANDO GRÁFICOS E MAPAS ______________________________________________ 27
Criando e formatando gráficos______________________________________________________ 27
Criando um gráfico Pizza de pizza __________________________________________________________ 30

Criando um mapa ________________________________________________________________ 32

APRENDENDO A COMPARTILHAR DADOS ___________________________________ 36
Acessando dados de outras pessoas __________________________________________________ 36
Validar uma célula de uma lista ____________________________________________________________ Validar uma data ________________________________________________________________________ Vincular uma caixa de seleção com uma célula ________________________________________________ Vincular uma caixa de listagem de duas colunas com um célula ___________________________________ 36 37 39 40

Acessando dados de pastas de trabalho _______________________________________________ 41
Vincular com uma pasta de trabalho diferente _________________________________________________ 41 Corrigir um vínculo quebrado______________________________________________________________ 42

Acessando dados de um banco de dados ______________________________________________ 43
Criar uma nova origem de dados ___________________________________________________________ 43 Acessar uma lista de um banco de dados _____________________________________________________ 44 Acessar uma lista filtrada de um banco de dados _______________________________________________ 46

APRENDENDO A COMPARTILHAR UMA PASTA DE TRABALHO ________________ 48
Protegendo uma pasta de trabalho __________________________________________________ 48
Impedir alterações em uma pasta de trabalho __________________________________________________ 49

Compartilhando uma pasta de trabalho ______________________________________________ 49
Compartilhar uma pasta de trabalho _________________________________________________________ Sincronizar pastas de trabalhos compartilhadas ________________________________________________ Gerenciar conflitos ______________________________________________________________________ Mostrar um histórico das alterações _________________________________________________________ 51 52 52 53

Compartilhando com usuários diferentes _____________________________________________ 54
Mesclar pastas de trabalho compartilhadas____________________________________________________ 55

CRIANDO MACROS _________________________________________________________ 55
Gravando Macros ________________________________________________________________ 55
Gravar e executar uma macro ______________________________________________________________ Encontrar uma macro ____________________________________________________________________ Percorrer uma macro_____________________________________________________________________ Editar uma macro _______________________________________________________________________ Insira uma tecla de atalho _________________________________________________________________ Escreva sua própria macro ________________________________________________________________ 56 57 58 59 59 60

Tornando as macros fáceis de executar _______________________________________________ 64
Anexar uma macro em um botão de barra de ferramentas ________________________________________ 64 Anexar uma macro a um botão _____________________________________________________________ 66

LISTA DE EXERCÍCIOS _____________________________________________________ 67

Como podemos observar. analisar e apresentar textos. números e resultados.Avançado INTRODUÇÃO AO EXCEL 97 AVANÇADO O Excel é uma excelente planilha eletrônica. classificar dados. a célula D3=B3*C3. Esta referência pode ser feita de três maneiras: através do endereço. vamos inserir fórmulas na coluna D. CRIAÇÃO DE FÓRMULAS Quando criamos uma fórmula para uma célula. esta fórmula geralmente faz referência ao valor contido em uma outra célula. utilizando um endereço relativo. a célula D2=B2*C2. podendo ser usado para fazer cálculos. que a fórmula nas células fazem referência às células à esquerda. entre outros. Endereços relativos Tendo a planilha abaixo como exemplo. onde estas fórmulas irão usar o endereço de outra célula. REFERÊNCIA USANDO ENDEREÇOS Vamos elaborar uma planilha e inserir fórmulas em algumas células. Vemos. menos os valores nas células D2:D6. então. A fórmula pode utilizar um endereço relativo ou absoluto da outra célula. tudo de uma maneira muito rápida e prática. Digite a lista acima. 1. como por exemplo: criar Mapas. e assim até a célula D6. criar e editar Macros. trabalhar com uma Tabela dinâmica. Neste curso iremos conhecer e aprender a utilizar os novos e avançados recursos oferecidos por esta versão do Excel. representar graficamente os dados da planilha. do rótulo ou do nome da célula. Página: 1 .Excel 97 . Por este motivo dizemos que o endereço referenciado pela fórmula é um endereço relativo.

vamos inserir o valor do desconto (0. 2. Inserimos os valores nas células da coluna D criando fórmulas que fazem referência a endereços relativos. Endereços absolutos Vamos considerar que seja necessário descontar um valor de 5% no valor da venda de cada item. Para tornar um endereço absoluto devemos inserir o símbolo de cifrão ($). As fórmulas de todas as células da coluna D farão referência ao valor contido na célula B2. 1. Dê um clique duplo na célula D5 para editar a fórmula. Dê um clique no botão Inserir ( ). 0.Avançado Vamos agora inserir as fórmulas na coluna D. na barra de fórmulas. o endereço da célula B2 deverá ser um endereço absoluto (e não mais relativo). na B2 o valor do desconto. OBS: Ao invés de arrastar a Alça de preenchimento para fazer a cópia da fórmula para as outras células adjacentes. que são automaticamente ajustados assim que a fórmula é copiada. ou seja. fazer a fórmula da célula D2 se referenciar a este valor e copiar a fórmula para as outras células. = B2*C2 (ao invés de digitar o endereço. Desta maneira você copiou a fórmula para as outras células. Em vez de alterar a fórmula de todas as células da coluna D. você pode 3.05) em uma outra célula. clique em Linhas. Na célula B1 digite Desconto. Selecione o intervalo A1:A3 e no menu Inserir. portanto.Excel 97 . 3. você pode simplesmente dar um clique duplo na Alça.05 e na célula A2 digite Padrão. Página: 2 . Selecione a célula D2 e digite dar um clique sobre ele). 2. e depois arraste a Alça de preenchimento (figura abaixo) até a célula D6.

3. Agora todas as fórmulas da coluna D fazem referência a um endereço absoluto.Avançado 4. Para garantir que o Excel interprete a palavra inserida como rótulo. Substitua B5 por Preço e C5 por Quantidade e clique no botão Inserir. você pode selecionar o endereço e pressionar F4). na barra de fórmulas. Dê um clique duplo na Alça de preenchimento da célula D5. vamos retirar a parte da fórmula que se refere ao desconto de 5% sobre o valor da venda. ou seja. 5. o Excel também permite que façamos referência à células através do rótulo. Quantidade. os endereços das células por rótulos. Página: 3 . Podemos também usar rótulos relativos e absolutos nas fórmulas. Padrão e Desconto. e depois dê um clique duplo na Alça de preenchimento. ValorVenda. você pode aplicar o formato de negrito a ele. 5. Agora. nas fórmulas. Retire a parte *(1-$B$2) da fórmula e clique no botão Inserir. Dê um clique duplo na célula D5 para editar a fórmula. Preço. vamos substituir. REFERÊNCIA USANDO RÓTULOS Além de usarmos o endereço das células nas fórmulas. Na célula D5 altere a fórmula para = (B5*C5)*(1-$B$2) (para inserir os cifrões. Na nossa planilha exemplo. ou seja. Dê um clique duplo na célula D5 para editar a fórmula. à célula B2. temos como rótulos: Item. 4. 2. 1. Clique no botão Inserir. Os rótulos são os nomes que colocamos na parte superior da lista (nas colunas) ou à esquerda (nas linhas). Rótulos relativos Vamos modificar a fórmula das células da coluna D.Excel 97 .

usando rótulos. mas você pode torná-los absolutos inserindo o cifrão. o valor do desconto. Complete a fórmula: =(Preço*Quantidade)*(1. Como vimos. Dê um clique duplo na Alça de preenchimento para copiar a fórmula para as outras células. que é 0. Página: 4 . Dê um clique duplo na célula D5. são relativos por padrão. Se você olhar as fórmulas de todas as células da coluna D verá que são iguais. mas cada uma faz referência ao valor de outras células através de rótulos relativos.05). os rótulos. 3. selecione Desconto Padrão e pressione F4. temos que informar ao Excel em qual linha e coluna encontra-se aquele valor. Vamos inserir na fórmula o valor do desconto.$Desconto $Padrão) (deixe um espaço entre Desconto e Padrão).Excel 97 . assim como os endereços. Rótulos absolutos Quando usamos os rótulos relativos. onde as fórmulas de todas as células façam referência a um único valor (no caso.Avançado 6. Para que a fórmula das células façam referência a um único valor. Agora queremos usar rótulos absolutos. pois senão o Excel toma como linha a própria linha onde a fórmula está sendo inserida 2. 1. Clique no botão Inserir e depois dê um clique duplo na Alça de preenchimento. Para inserir os cifrões. vimos que a fórmula de cada célula fazia referência a "às duas células da esquerda".

Excel 97 . Nomes relativos O Excel nos permite que tenhamos referência usando nomes relativos. ou seja. Substitua $Desconto $Padrão por ValorDesc. mas este deve conter apenas letras. Clique no botão Inserir e depois dê um clique duplo na Alça de preenchimento. que é o nome da célula. sublinhados e pontos finais. referências que mudem quando a fórmula for copiada.Avançado REFERÊNCIA USANDO NOMES Ao invés de usarmos endereços ou rótulos nas fórmulas. Assim. O nome deve começar com uma letra ou um sublinhado. Dê um clique duplo na célula D5 para editar a fórmula. As referências criadas com nomes são referências absolutas por padrão. 3. Selecione a célula B2 e. As células da coluna D continuam com o mesmo valor. apenas mudamos a forma como a fórmula irá fazer referência a um valor contido em outra célula. Os nomes podem ser qualquer palavra. na Caixa de nome (figura abaixo). números. Nomes absolutos Vamos nomear uma célula para depois fazermos referência a ela. pois senão o Excel não atribuirá esse nome à célula. podemos fazer referência a uma célula ou a um intervalo de células através do nome que damos a elas. 2. podemos definir um nome que sempre faça referência a "uma célula à esquerda" . Página: 5 . 4. Pressione ENTER após digitar o nome. 1. a menos que você especifique o contrário. digite ValorDesc.

na célula E5.Excel 97 . Página: 6 . 3. 8. Na caixa Refere-se a:. Clique no botão Inserir e depois dê um clique duplo na Alça de preenchimento.Avançado Vamos inserir. Na caixa de diálogo Definir nome que aparece. Abaixo você pode ver os outros nomes atribuídos às células (no nosso caso só temos um nome: ValorDesc). 1. aponte para Nomes e depois clique em Definir. Para definir um nome relativo. Vamos deixar a fórmula das células da nova coluna fazer referência somente às células da coluna D. Vamos substituir. 5. Na célula E4 digite ValorSDesc. a seguinte fórmula =D5/0. dê um clique no espaço em branco e depois clique na célula D5 da planilha. Pressione F4 três vezes para tornar o endereço relativo (tirar os cifrões). 6. agora. digite ValorTotal na caixa Nomes na pasta de trabalho. digite. Clique em OK. Selecione a célula E5 e no menu Inserir. 2. mais uma coluna: ValorSDesc. o endereço da fórmula por um nome.95. Com estas alterações. que é o valor da venda sem o desconto de 5%. 4.Para termos o valor da venda sem o desconto. que é a célula D5. 7. a fórmula da célula E5 fará uma referência relativa a uma célula anterior. na nossa planilha. é preciso criar um nome para um intervalo de células através do menu Inserir. e nesta coluna vamos criar referências com nomes relativos.

pense sempre na facilidade de leitura da fórmula para outra pessoa ou para você mesmo.Avançado Se você olhar na barra de fórmulas. 12. se não estiver. é possível criar referências usando endereços.Excel 97 . Desmarque a caixa de seleção Ignorar relativa/absoluta. Dê um clique em OK e depois veja as fórmulas das células da coluna E. Ao decidir que tipo de referência irá usar.95.95. No menu Inserir. USANDO FUNÇÕES Página: 7 . Devemos usar a caixa de diálogo Aplicar nomes para converter as fórmulas para que possamos usar o novo nome que definimos. selecione-o. aponte para Nome e dê um clique em Aplicar. Como vimos. ainda continua =D5/0. 10. verá que a fórmula não mudou para fazer referência ao novo nome. 9. rótulos ou nomes das células. Na caixa de diálogo Aplicar nomes. 11. depois de alguns meses sem vê-la. todas contêm a mesma fórmula: =ValorTotal/0. verifique se ValorTotal está selecionado.

Avançado O Microsoft Excel contém muitas fórmulas predefinidas ou internas conhecidas como funções. As funções podem ser usadas para efetuar cálculos simples ou complexos. Quando o nome do argumento está em negrito. Na caixa Categoria da função selecione Financeiras e na caixa Nome da função selecione PGTO. TRABALHANDO COM TEMPO E DINHEIRO Vamos supor que você tenha feito um empréstimo no valor de R$50. Para efetuar os cálculos. Selecione a célula B5 e dê um clique no botão Editar fórmula ( ). Página: 8 . 1. vamos calcular quais serão os pagamentos mensais. 3. Na caixa Taxa digite Taxa (valor da taxa mensal cobrada pelo banco). 2. vamos entrar com os valores dos argumentos.000.00 para pagar em 1 ano. Depois dê um clique em OK. as funções precisam de alguns valores específicos que devemos fornecer. clique em Mais funções. Dê um clique na seta ao lado da lista de funções e dê um clique em PGTO. A Caixa de nome muda para uma caixa de listagens de funções. o argumento será opcional. que são os argumentos. Na caixa de criação da função PGTO. Caso contrário. Se a função PGTO não aparecer na lista. O banco irá cobrar uma taxa de juros de 8. ao lado da barra de fórmulas. você é obrigado a fornecer um valor para ele. 5.00% ao mês. Nesta lição vamos aprender a usar algumas das funções mais úteis do Excel (pois possui mais de 200 funções diferentes).Excel 97 . Com estas informações. que fornece o valor que deverá ser pago por mês. Digite uma planilha como o exemplo abaixo: O Excel possui a função PGTO.

que você coloca ou retira no momento).Emprestado $Pagamento .635. por isso. Vamos usar rótulos nas fórmulas que iremos criar. na célula F2. Na célula E2 digite = Início * (Emprestado $Taxa) (como iremos copiar essa fórmula em outras linhas.Avançado 6. digite = Emprestado Empréstimo. ou seja. na célula B1. Depois de digitar o valor dos argumentos. é preciso convertê-lo para um número positivo. 7. Na caixa Vp digite Empréstimo (valor. Na célula D2. Na caixa Nper digite Anos*12 (período de tempo em anos que você fará o pagamento. 8. Como vemos no resultado da fórmula (e na célula B5). 3. por isso colocamos um sinal de subtração.Juros. 5.Excel 97 . digite Emprestado. Digite = . onde será possível visualizar os detalhes de cada pagamento do empréstimo. Agenda de amortização Vamos montar uma agenda de amortização. o Excel considera que o dinheiro recebido do empréstimo é um número positivo e a parcela a ser paga é um número negativo. O valor na célula B5 é negativo. você precisará pagar cerca de R$6. insira o valor inicial do primeiro mês.00 cada mês.Principal Página: 9 . Como o valor referente ao Pagamento é um número negativo. pois em se tratando de empréstimo. 4. em dinheiro. Na célula G2 digite = Início . 2. multiplique por 12 para obter o número de meses). clique em OK. 1. precisamos de um cifrão na frente de Taxa).

Vamos usar.Excel 97 . o Excel simplesmente insere um número que conta os dias desde o início do século 20. como a célula G13 nos mostra. Depois dê um clique na seta ao lado da lista de funções e selecione Mais funções. Na lista Nome da função selecione ANO e dê um clique em OK. Para o argumento Ano não vamos usar uma constante. a função DATA em nossa planilha. Selecione a célula H2 e dê um clique no botão Editar fórmulas. 7. 2. 3. mas sim calcular o ano através do número do mês. 8. falta só copiá-las. Agora você já tem todas as fórmulas de que precisa. 4. na barra de fórmulas. Selecione a célula D3 e dê um clique duplo na Alça de preenchimento. Na célula D3 digite = Jan/98 Fim (o valor final do primeiro mês é o valor inicial do mês seguinte). Na lista Categoria da função selecione Data e hora e na lista Nome da função selecione DATA. Dê um clique na seta ao lado da lista de funções e selecione Mais funções. para certificar-se de que os pagamentos sejam feitos em dia. o balanço final é zero.Avançado 6. Página: 10 . Calcular o último dia do mês Vamos supor que agora. que o Excel mudou Jan/98 Fim para 01/01/1998 Fim. então. 1. como serão os pagamentos finais. você quer saber a última data de cada mês precedente. Na caixa de criação da função DATA vemos três argumentos obrigatórios. Nossa planilha conterá os seguintes valores: Podemos ver. na planilha. A função ANO extrai a parte referente ao ano de uma data. Na célula H1 digite o rótulo DataPag. Observe. e. Dê um clique em OK. Selecione o intervalo E2:G2 e dê um clique duplo na Alça de preenchimento. Para datas.

digite 0 para especificar o último dia do mês anterior. na área em branco. Depois dê um clique no espaço em branco da barra de fórmulas. Em seguida. digite Mês. Na caixa Núm_série (da caixa de criação de fórmulas da função MÊS).Avançado A caixa de criação da função ANO é exibida. 5. dê um clique na barra de fórmulas. Clique na caixa do argumento Mês. a fórmula calcula a data correta para o último dia do mês anterior. 9.Excel 97 . 8. como você pode ver na barra de fórmulas. dê um clique duplo na Alça de preenchimento. Em vez disso. Independentemente da quantidade de dias no mês. à direita da fórmula. mas não dê um clique em OK. 7.Com o valor da data já na célula H2. Na lista Nome da função selecione MÊS e clique em OK. Para o argumento Dia. na caixa de criação da função DATA. 10. A caixa de criação para a função principal aparece novamente. dê um clique na seta ao lado da lista de funções e selecione Mais funções. Esta nova função ficará aninhada dentro da função DATA. 6. Finalmente dê um clique em OK. Na caixa Núm_série digite Mês. Página: 11 .

Em seguida dê um clique duplo na Alça de preenchimento. Selecione Matemática e Trigonometria na lista Categoria da função.000. 1.Excel 97 . Mas não queremos números aleatórios entre 0 e 1. os valores reais das compras.000. 5. retorna um número aleatório entre 0 e 1 e é volátil (significa que a função será recalculada sempre que outra fórmula da planilha for recalculada). durante o ano. digite * 50000 e dê um clique no botão Inserir. Vamos arredondar esses números para os 1. 3. no momento.00. e na lista Nome da função selecione ALEATÓRIO. Na barra de fórmulas. Clique na seta ao lado da lista de funções e selecione Mais funções.000 mais próximos. Dê um clique em OK. Selecione a célula B2 e dê um clique no botão Editar fórmula. Digite a seguinte planilha: Vamos ter que calcular exemplos de valores de compra e os descontos apropriados. Sabemos que os valores das compras variam de R$0. dê um clique após os parênteses da função.00 a R$50. A caixa de criação de fórmulas da função ALEATÓRIO (figura abaixo) não possui argumentos.Avançado PROCURANDO UM VALOR EM UMA LISTA Agora vamos considerar que você tenha uma distribuidora de bebidas e forneça seus produtos para vários clientes. Página: 12 . em reais. Você vai oferecer um desconto para os clientes que se comprometerem a comprar uma certa quantidade. 4. 2.000. já que não temos. O intervalo é preenchido com números entre 0 e 50. queremos entre 0 e 50.

Localizar um intervalo numérico Agora que já calculamos exemplos de valores para as compras. Selecione a célula E1. 2. Nossa tabela de pesquisa serão as colunas E e F. exceto o sinal de igualdade. 8. multiplica o resultado por 50000 e arredonda o que der para os 1000 mais próximos.-3). Dê um clique em OK. vamos calcular qual a porcentagem de desconto referente a cada valor comprado. Selecione Procura e Página: 13 . Dê um clique duplo na célula B2 e selecione a fórmula inteira. 9. 3.Excel 97 . 1. vamos. nomeá-la. A fórmula final é: =ARRED(ALEATÓRIO()*50000. digite DescontoCompra e pressione ENTER. OBS: Sempre que você pressionar F9 o Excel calculará um novo conjunto de números aleatórios. na barra de ferramentas. O valor do desconto será calculado a partir de uma tabela. 7. ou seja. Na lista Categoria da função. dê um clique no botão Colar. Clique na seta ao lado da lista de funções e selecione Mais funções. 10. Pressione CTRL+SHIFT+* para selecionar toda a tabela. digite -3. Na caixa Núm_digitos. Esta fórmula calcula um número aleatório entre 0 e 1. Com o ponto de inserção na caixa Núm. Dê um clique em OK e depois dê um clique duplo na Alça de preenchimento. selecione Matemática e Trigonometria e na lista Nome da função selecione ARRED. as colunas E e F. Dê um clique na seta ao lado da lista de funções e selecione Mais funções.Avançado 6. Dê um clique no botão Recortar. Dê um clique na Caixa de nome. então. Agora selecione a célula C2 e dê um clique no botão Editar fórmulas.

6. 4. Na nossa planilha. Página: 14 . Dê um clique em OK e depois dê um clique duplo na Alça de preenchimento. vemos que cada cliente recebe um desconto apropriado com base em um intervalo. depois. Na caixa Matriz_tabela digite DescontoCompra (nome da tabela de pesquisa). e a esta lista deve ser atribuído um nome (atribuímos o nome de DescontoCompra). Clique. A função PROCV é usada para encontrar um valor em uma lista. Na caixa Núm_índice_coluna digite 2 (queremos retornar valores contidos na coluna 2 da tabela DescontoCompra). 5. em OK. em reais (coluna E). No argumento Valor_procurado digite Compra (rótulo da coluna que contém o valor que desejamos procurar).Excel 97 . 7.Avançado referência na lista Categoria da função e selecione PROCV na lista Nome da função.

Página: 15 . Digite G1:H11 na caixa Copiar para e marque a opção Somente registros exclusivos. USANDO FILTROS AVANÇADOS Com os filtros avançados podemos extrair uma parte da lista para uma nova posição.Excel 97 . Selecione as colunas C e D. também. aponte para Filtrar e dê um clique em Filtro avançado. No menu Dados. selecione a opção Copiar para outro local. Digite a seguinte lista na planilha Plan1: 2. que são um pouco limitados. a usar Filtros avançados para filtrar uma lista. Criar uma lista de valores exclusivos Vamos considerar que você queira extrair uma lista dos clientes exclusivos com os respectivos códigos. eles oferecem muito mais controle sobre o processo de filtragem. ver os critérios que usamos para filtrar a lista. 4. a usar um critério calculado. Tudo isso não é possível de ser realizado com os AutoFiltros. neste capítulo. 3. entre outras coisas. para isso. Olhe se a caixa Intervalo da lista contém $C$1:$D$11).Avançado TRABALHANDO COM LISTAS Vamos aprender. pois mesmo sendo um pouco mais complexos que os AutoFiltros. 5. Vamos usar. o filtro avançado. 1. criar uma lista de valores exclusivos. Vamos aprender. Na seção Ação.

no menu Inserir. agora. Assim. você poderá ver facilmente quais critérios utilizou para filtrar a lista. Estando com o intervalo de critérios selecionado. Nas colunas G e H podemos ver a lista exclusiva dos clientes e de seus respectivos códigos.Excel 97 . Página: 16 . Filtrar através de um intervalo de critérios Um intervalo de critérios consiste na inserção de duas linhas em sua planilha: a linha superior conterá todos os rótulos de sua lista e a linha inferior conterá os critérios que desejamos usar. Digite Plan1!Critérios na caixa Nomes na pasta de trabalho e clique em OK (Plan1 é o nome da planilha onde está o intervalo de critérios). nomear o nosso intervalo de critérios. No menu Inserir. 4. clique em Linhas. Selecione as células A4:E4 e dê um clique no botão Copiar. clique no botão Colar e pressione ESC. Ao invés de inserimos somente o nome Critérios. Apague o conteúdo das colunas G e H. inserimos também o nome da planilha (Plan1!Critérios). isso para que o nome seja local à planilha Plan1. 2.Avançado 6. Mantenha a tecla SHIFT pressionada e pressione a tecla SETA PARA BAIXO para selecionar as duas linhas do intervalo de critérios (linhas 1 e 2). 5. 3. 6. Selecione o intervalo A1:A3 da lista. Em seguida clique em OK. Vamos. aponte para Nome e dê um clique em Definir. 1. Selecione a célula A1. para o caso de .

Vamos ver todos os clientes que compraram Coca-Cola no mês de janeiro. Selecione a célula A4. É possível usar um ponto de interrogação (?) para combinar qualquer caractere ou um asterisco (*) para combinar um ou mais caracteres. 11. 8. repita o procedimento mais uma vez.Excel 97 . Apague o conteúdo da célula A2 e na célula D2 insira C???4. Digite Coca-Cola na célula A2. o Excel se lembra do último subconjunto que foi selecionado e ignora a seleção atual. aponte para Filtrar e dê um clique em Filtro avançado. No menu Dados. Agora vamos supor que você queira ver todos os clientes cujo código comece com "C" e termine com o número "4" . Como já usamos a opção Filtrar (no tópico anterior utilizamos o Filtro avançado para criar uma lista com valores exclusivos). No menu Dados. aponte para Filtrar e depois clique em Mostrar todos. aponte para Filtrar e dê um clique em AutoFiltro. Deixe as opções como estão e clique em OK. Para resolver isto. 12. Vemos que dois clientes satisfazem aos critérios. Em seguida clique em OK. No menu Dados. 10.Avançado algum dia. Agora já podemos usar o nosso intervalo de critérios. Página: 17 . você inserir um intervalo de critérios em uma outra planilha desta pasta de trabalho. aponte para Filtrar e dê um clique em Filtro avançado. A lista nos mostra todos os clientes que compraram Coca-Cola no mês de janeiro. Selecione a célula A4 (ou qualquer outra célula da lista). No menu Dados. 9. devemos ativar e desativar o AutoFiltro. 7.

3. Na caixa Filtro avançado. USANDO UM CRITÉRIO CALCULADO Página: 18 . Com o Filtro avançado podemos usar um critério e extrair somente as colunas que desejamos. Agora nós vamos querer ver somente as colunas dos códigos e dos clientes que compraram refrigerante. Depois que você define o intervalo de critérios. Na célula B2 digite Refrigerante. 5. aponte para Filtrar e depois clique em Mostrar todos. se você tentar usar o comando Filtro avançado em uma parte da lista. Apague o conteúdo das colunas G e H. 7. selecione a opção Copiar para outro local. Selecione a célula G4 e clique no botão Colar. o Filtro avançado não é muito mais difícil de ser usado em comparação ao AutoFiltro. Clique em OK. 4.Avançado 13. Selecione a célula A4. 1. Apague o conteúdo da célula D2. Extrair parte de uma lista Nos tópicos anteriores. 6. Você pode ver apenas as colunas desejadas para o critério selecionado. vimos que o Filtro avançado filtra nossa lista de acordo com o critério que especificamos no intervalo de critérios. Na caixa Copiar para digite G4:H4. aponte para Filtrar e dê um clique em Filtro avançado. Selecione as células C4 e D4 e clique no botão Copiar. e a caixa de diálogo não reconhecer a seleção atual.Excel 97 . e tem a vantagem de mostrar quais os critérios que foram usados. No menu Dados. aponte para Filtrar e depois clique em Mostrar todos. No menu Dados. mostrando todas as colunas da lista. Agora vamos selecionar somente os rótulos que queremos ver. OBS: Lembre-se de que. No menu Dados. basta ativar e desativar o AutoFiltro.

é recomendado que você utilize uma Tabela dinâmica.Avançado Quando criamos um intervalo de critérios.Excel 97 . Selecione a célula A4. No menu Dados aponte para Filtrar e depois dê um clique em Filtro avançado. Digite = Janeiro > 130 na célula A2. estaremos criando um critério calculado. primeiramente. O Excel copia esta fórmula para o restante da lista. e cada linha em que a fórmula retorna um valor Verdadeiro satisfaz o critério. Como temos uma lista grande. 2. Se colocarmos um rótulo que não apareça na lista. Em seguida clique em OK. colocamos na linha superior todos os rótulos de coluna da nossa lista. Na célula A1 digite Calc (rótulo não pertencente à lista). Definindo um relatório de Tabela dinâmica Abra. primeiro vamos criar uma Tabela dinâmica usando somente Página: 19 . O Excel exibe apenas as linhas em que a quantidade comprada no mês de janeiro foi maior que 130. pois ela irá simplificar sua tarefa. Um campo corresponde a uma coluna e o seu nome será o rótulo da coluna. mas sim com campos e itens.xls e selecione a planilha Principal. 3. e deseja resumir ou visualizar algumas informações. Um item é um valor exclusivo em um campo. Vamos considerar que você queira ver as linhas onde a quantidade comprada no mês de janeiro seja maior que 110. o arquivo Exemplo1. 4. TRABALHANDO COM TABELA DINÂMICA Quando você está diante de uma lista muito extensa. CRIANDO UMA TABELA DINÂMICA Uma Tabela dinâmica não trabalha com linhas e colunas. 1. Apague o conteúdo da célula B2.

Excel 97 - Avançado um subconjunto da lista, para nos acostumarmos a manipular uma Tabela. Vamos nomear o intervalo da lista que iremos utilizar. 1. Selecione o intervalo A1:E7 (somente os dados do mês de janeiro); 2. Dê um clique na Caixa de nome e digite Banco_de_dados (pois o Assistente da Tabela dinâmica irá procurar um intervalo chamado Banco_de_dados). Pressione ENTER; 3. No menu Dados, clique em Relatório da tabela dinâmica; 4. Na primeira etapa do Assistente, deixe a primeira opção selecionada e clique em Avançar; 5. Na etapa 2, deixe Banco_de_dados como nome do Intervalo e clique em Avançar; Na etapa 3 vamos especificar quais campos farão parte, inicialmente, da nossa Tabela dinâmica. À direita estão os botões de campo (um para cada rótulo de coluna da lista) e no centro está a área dinâmica (figura abaixo). 6. Arraste o botão do campo Clientes para a área de Linha; arraste o botão do campo Produtos para a área de Coluna e arraste o botão do campo Quantidades para a área de Dados (o botão Quantidades mudou para Soma de Quantidades porque agora ele é um campo de dados).

7. Clique em Avançar; 8. Na última etapa o Assistente sugere a criação de uma nova planilha para inserir a Tabela dinâmica, aceite esta opção e clique em Concluir.

Página: 20

Excel 97 - Avançado

O relatório da Tabela dinâmica aparece, juntamente com a barra de ferramentas, que é aberta sempre que uma tabela dinâmica está ativa. Os itens do campo Clientes aparecem como cabeçalho de linha e os do campo Produtos aparecem como cabeçalho de coluna. A Tabela nos mostra os totais de cada produto comprado por cada cliente (no mês de janeiro) e o total global. Vamos dar um nome a essa nossa planilha que contém a Tabela dinâmica: dê um clique duplo na guia da planilha e digite TDinâmica.

REORGANIZANDO A TABELA DINÂMICA
É possível reorganizar sua Tabela dinâmica arrastando os botões de campo, ou seja, mudando-os de lugar. 1. Arraste o botão do campo Produtos para baixo, até a borda entre a célula A4 e a célula B4;

Podemos ver que agora a Tabela dinâmica tem dois campos de linha, e os itens do campo Produtos mostram os detalhes de cada cliente, onde cada cliente tem uma linha de total. Vamos reorganizar novamente nossa Tabela. 2. Arraste o botão do campo Produtos para a célula A4; Página: 21

Excel 97 - Avançado

Os itens do campo Produtos estão agora à esquerda, e a tabela também mostra um total para cada produto. Podemos usar a Tabela dinâmica para filtrar os dados exibidos na tabela. Vamos filtrar a Tabela usando os itens do campo Produtos. Para isso, devemos arrastar o campo Produtos para a área de página. 3. Arraste o botão do campo produtos para acima da célula A1; A Tabela está mostrando o total de todos os produtos para cada cliente. Podemos mostrar apenas o total de Coca-Cola. 4. Selecione Coca-Cola na caixa de listagem do campo de página Produtos;

Agora a Tabela mostra apenas a quantidade do produto Coca-Cola. Quando queremos reorganizar a Tabela dinâmica, fazemos apenas uma alteração por vez. Podemos usar o Assistente da Tabela dinâmica para fazer várias alterações simultaneamente. 5. Na barra de ferramentas Tabela dinâmica, clique no botão Assistente da Tabela dinâmica ( );

6. Na caixa do Assistente da Tabela, arraste o botão Produtos para a área de Linha, arraste o botão Clientes para a área Página, arraste o botão Soma de Quantidade para fora da área dinâmica e o botão Reais para a área de Dados. Depois dê um clique em Concluir.

Página: 22

Inserindo um segundo campo de Dados No tópico anterior montamos uma Tabela dinâmica que só tinha um campo de Dados.Avançado Vemos a Tabela dinâmica com todas as alterações que fizemos. Você pode mover o botão do campo Dados para uma área de Linha ou Coluna. em vez de embaixo de cada item. reorganizar a Tabela dinâmica um campo por vez. na barra de ferramentas Tabela dinâmica. Dê um clique em Concluir. Você pode. o botão do campo Produtos para a área de Página e o botão do Clientes para a área de Linha. Os rótulos Soma de Quantidade e Soma de Reais aparecem como itens do campo Dados. Dê um clique no botão Assistente da Tabela dinâmica. Arraste o botão do campo Quantidade acima do campo Soma de Reais. arrastando os botões de campo.Excel 97 . 2. Você também pode mudar a posição do campo Dados. 3. também. Arraste. como pode também fazer várias alteração simultaneamente usando o Assistente da tabela dinâmica. Arraste o botão do campo Dados para o meio da célula A4. como faz para qualquer outro campo. Página: 23 . E se quisermos inserir outro campo de Dados? O Excel permite que façamos isso. como ocorreria em um campo normal. só não para uma área de Página. Os totais dos itens do campo Dados aparecem na parte inferior da Tabela dinâmica. 1. mas cada campo se comportará como um item de um novo campo temporário chamado Dados. então.

3. Observe que o campo Dados desaparece. A Tabela dinâmica contém. arraste o botão do campo Produtos para a célula A5. 1. Selecione a célula A1 da planilha Principal e pressione CTRL + SHIFT + *. Vamos. para isso. Dê um clique duplo na célula B4. agora. clique em OK. clique no botão Avançado. incluir a lista toda em nossa Tabela. Quando o Excel informar que a Tabela Dinâmica foi alterada. agora. Ative a planilha TDinâmica e na barra de ferramentas Tabela Dinâmica. reorganizar a nossa Tabela. Depois dê um clique em Excluir. todos os itens da nossa lista. 2. Como vemos. Na caixa de diálogo que aparece. Classificar e filtrar os itens da Tabela dinâmica Vamos. pois agora temos somente um campo de dados (Soma de Reais). 1. Na caixa Campo da Tabela dinâmica. Temos que selecionar a lista inteira e nomeá-la. incluímos apenas um intervalo da nossa lista. Página: 24 . 2. 4.Excel 97 . selecione a opção Crescente da seção Opções de AutoClassificação. dê um clique no botão Atualizar dados. Com o botão direito do mouse clique no rótulo Soma de Quantidade . aponte para Nome e dê um clique em Definir. primeiro. Digite (e não selecione da lista) o nome Banco_de_dados e clique em OK. os itens do campo Produto não estão classificados em ordem alfabética. Podemos classificar manualmente (arrastando a célula que contém o item para o lugar desejado) ou fazer com que o campo classifique automaticamente. Vamos atualizar nossa Tabela dinâmica. No menu Inserir.Avançado MANIPULANDO UMA TABELA DINÂMICA Quando fizemos a primeira Tabela dinâmica.

6. Vamos. Em seguida. Clique duas vezes em OK. Página: 25 . Na seção Opções de AutoApresentação. 4. os itens do campo Produtos aparecem em ordem alfabética. Como você pode ver na lista. arraste o botão Produtos para a célula A5 (campo Produtos fica à esquerda de Clientes). Para mostrar todos os clientes novamente. dê um clique duplo no botão Clientes. selecione a opção Manual.Excel 97 . dois botões: Ocultar detalhe e Mostrar detalhe. 7. para que possamos ver quais são os principais clientes para cada produto. clique no botão Avançado e na seção Opções de AutoApresentação. 5. A cor azul do campo Clientes é para indicar que a lista está filtrada. Mostrar e ocultar detalhes dos itens Temos. os quais permitem ocultar e mostrar detalhes de todos os itens de um campo. Dê um clique duplo no botão do campo Clientes e depois clique no botão Avançado. selecione a opção Automática. Primeiro. filtrar a lista usando o campo Clientes.Avançado 3. agora. deixe Primeiros na lista Mostrar e mude o valor na caixa de números para 3. Dê dois cliques em OK e depois observe a lista. na Barra de ferramentas Tabela dinâmica. Clique duas vezes em OK.

Agora podemos ver todos os produtos facilmente. e depois. clique em Ocultar detalhes ( ).Excel 97 . Dê um clique. na barra de ferramentas Tabela dinâmica. no botão de campo Produtos. por exemplo.Avançado 1. Página: 26 .

dê um clique duplo sobre ele (por exemplo. que abaixo de cada item aparece uma linha mostrando os totais daquele item (subtotais) e na parte inferior ou no lado direito da Tabela dinâmica aparece uma outra linha com os totais (totais gerais). Reorganize a Tabela dinâmica de modo que apresente somente os campos Quantidade e Mês (utilize o botão Assistente da tabela dinâmica). Com o botão direito do mouse clique em qualquer célula da Tabela dinâmica e dê um clique em Opções. na nossa Tabela. Para ocultar os detalhes desse item. Você verá somente os detalhes daquele item. mas a linha com o total geral continua. Dê um clique no campo Produtos e depois clique no botão Mostrar detalhes para exibir novamente os itens do campo Cliente. dê um clique duplo no item Coca-Cola). Desmarque as caixas de seleção Totais gerais para colunas e Totais gerais para as linhas. selecione Nenhum e dê um clique em OK. Depois clique em OK. a criar e modificar gráficos e mapas. Na seção Subtotais. Página: 27 . Observe. Agora a Tabela dinâmica não contém nenhuma linha indicando totais ou subtotais. 2.dentro de um mapa real.como a população no Brasil . na Tabela. Remover totais de grupo e totais gerais Vemos. vamos então. 1. títulos e objetos de texto.Excel 97 . se quisermos. ocultá-la. que os subtotais de cada item desapareceram. dê um clique duplo novamente sobre ele ou clique no botão Ocultar detalhes. CRIANDO GRÁFICOS E MAPAS Vamos aprender. 1. 2. Dê um clique duplo no botão Produtos.Avançado Para exibir os detalhes só de um item. Um gráfico representa visualmente os dados selecionados em uma planilha e um mapa exibe dados geográficos . Podemos ocultar esses totais. nesta lição. CRIANDO E FORMATANDO GRÁFICOS Agora vamos criar um gráfico personalizado e formatar os rótulos.

arraste a alça de dimensionamento do gráfico (figura abaixo). selecione a guia Tipos personalizados. Clique em Concluir. 6. 5. 2. clique em Preto e branco Linhas. Na caixa Selecionar. Na caixa Tipo de gráfico (que contém todos os formatos de gráficos predefinidos). Selecione a célula A3 (a Tabela toda também é selecionada). então. Na caixa de diálogo. na barra de ferramentas Padrão. Na etapa 2 clique em Avançar novamente. clique no botão Assistente de gráfico ( ).Excel 97 . deixe a opção Interno selecionada. Clique em Avançar. Clique em Avançar. Na etapa 4 deixe a segunda opção selecionada. 3. clique com o botão direito do mouse em qualquer barra de ferramentas e clique em Tabela dinâmica. Para uma melhor visualização. Na etapa 3 digite Mês na caixa Eixo das categorias (X) e digite Quantidade na caixa Eixo dos valores (Y). Página: 28 . inserido na planilha TDinâmica. 4.Avançado OBS: Se a barra de ferramentas Tabela dinâmica não estiver visível. O gráfico é.

depois clique dentro da caixa que seleciona o título e digite Vendas Mensais. 7. agora. Nosso gráfico ficará com a seguinte aparência: Página: 29 . Na caixa de diálogo Formatar eixo. No menu Formatar. etc) e o alinhamento. 9. tipo. Leve o mouse para perto do eixo X (eixo que contém os nomes dos meses) e quando ver o nome Eixo das categorias dê dois clique. como também formatá-los. É possível mudar o Título do eixo das categorias (Mês) e o Título do eixo dos valores (Quantidade). Clique em OK. se preferir. Nesta caixa de diálogo também é possível alterar a fonte (tamanho. Dê um clique em qualquer lugar do gráfico e depois clique na caixa de título novamente. 11. Você também pode alterar os dados dos eixo das categorias (X) e eixo dos valores (Y). selecione a guia Fonte e escolha Times New Roman para a Fonte e Itálico para o Estilo de fonte. 8. clique em Título do gráfico selecionado e depois dê um clique na guia Padrões. mudar e formatar o título do gráfico. Selecione Automática para a Borda e para a Área.Excel 97 . Dê um clique no título do gráfico para selecioná-lo. OBS: Você pode dar dois cliques na caixa Título para ter acesso à caixa de diálogo Formatar título do gráfico. Faça as mesmas alterações para o Eixo dos valores (Y). Clique em OK. pressione ESC depois de digitar o título).Avançado Vamos. para selecioná-la (ou.

Excel 97 . 1. que nos permitirá uma melhor compreensão e visão dos números que compõem o gráfico. Como vemos. dê um clique. que você pode usar para alterar os atributos do objeto. depois. 4. 6. Vamos colocá-la na parte inferior do gráfico.Reorganize a planilha da seguinte maneira: 3. a caixa legenda e diminua seu tamanho. Depois arraste a alça de dimensionamento e verá que o tamanho do gráfico aumentará. vamos aumentá-la. Para visualizar melhor todo o gráfico. Dê um clique na célula A3 para selecionar toda a Tabela e depois clique no botão Assistente de gráfico. Página: 30 . 2. na barra de ferramentas padrão. Dê um clique duplo na legenda. a legenda não é grande o suficiente para mostrar todos os clientes. na caixa de diálogo Formatar legenda e selecione a opção Inferior na seção Tipo.Avançado Como vimos. clique na sua borda e arraste a alça de dimensionamento. Selecione o título do gráfico (Total) e pressione Delete. Criando um gráfico Pizza de pizza Vamos aprender a criar um gráfico Pizza de pizza. Selecione. Clique em Concluir. Apague o gráfico que fizemos na planilha TDinâmica (clique em uma das bordas do gráfico e pressione Delete). Selecione a guia Posicionamento. A figura do gráfico (pizza) está muito pequena. 5. Leve o cursor do mouse até o contorno do círculo que representa a pizza e quando ver um balão de descrição indicando Área de Plotagem. Na etapa 1 clique na guia Tipos padrão e dê clique duplo em Pizza na lista Tipos de gráficos. 7. um clique duplo em um objeto do gráfico abre uma caixa de diálogo Formatar correspondente. Clique em OK.

dê um clique em Tipo de gráfico. Selecione a guia Fonte e altere o Tamanho para 10. Vamos fazer os rótulos aparecerem dentro de cada segmento. No lado direito da caixa de diálogo. Em seguida clique em OK. No menu Gráfico. Isto é possível. 8. Dê um clique duplo em um dos rótulos. 10. já que estão fora da pizza. Vamos inserir outra pizza que mostrará somente os segmentos pequenos. Em seguida clique em OK. Página: 31 . Aumente a Área de Plotagem para aumentar o gráfico e melhorar a visualização. 11. vamos colocar as porcentagens no gráfico. Na caixa Formatar rótulos de dados. selecione a opção Pizza de pizza (terceiro gráfico na linha superior). mas como temos uns segmentos muito pequenos. Dê um clique em OK. Agora os rótulos estão dentro do gráfico. selecione a guia Alinhamento.Avançado Seria interessante se o gráfico mostrasse a porcentagem de cada segmento do gráfico. 9. Na caixa de diálogo Formatar seqüência de dados. na lista Posição do rótulo selecione Centro. selecione a guia Rótulos de dados e na seção Rótulos de dados selecione a opção Mostrar porcentagem.Excel 97 . Dê um clique duplo na pizza. a visualização da porcentagem fica um pouco difícil.

Na célula E4 insira a fórmula = B4*100/D4 e depois dê um clique duplo na Alça de preenchimento.Avançado Podemos definir quantos segmentos terão na segunda pizza. pois é um bom valor para nosso gráfico. Página: 32 . Dê um clique duplo em uma das pizzas. Insira os rótulos das colunas D e E e na célula D4 insira a fórmula = B4+C4 e dê um clique duplo na Alça de preenchimento. Utilizando a planilha abaixo. Com esse tipo de gráfico que criamos pudemos ver claramente o relacionamento entre os clientes desde o mês de maio. 12. selecione a guia Opções na caixa de diálogo Formatar seqüência de dados.Excel 97 . Para criarmos um mapa temos que ter uma coluna que apresente dados geográficos. como nomes de países ou estados. vamos criar um mapa para melhor visualizarmos as informações. conseguimos apresentar os dados de forma gráfica dentro um mapa geográfico real. B e C. Na caixa Segunda Plotagem contém o último é onde você define quantos segmentos terão na segunda pizza. CRIANDO UM MAPA Com o recurso de mapa oferecido pelo Excel. 1. Digite as colunas A. Clique em OK. Deixe 4.

com título. Na planilha. arraste uma das alças de dimensionamento.Avançado No nosso mapa vamos querer ver os Estados e a relação da População Total e da Taxa de urbanização. clique em Formatar fonte. Assim. arraste o ponteiro do mouse para especificar a localização e o tamanho do mapa. selecione as células A3:A9. a caixa de diálogo Controle do Microsoft Map aparece (se não aparecer. D3:D9 e E3:E9. legenda e os estados da nossa lista já destacados. para mudar o título e a legenda de lugar. 2. Com a tecla CTRL pressionada. Ao soltar o mouse. Na barra de ferramentas padrão. vamos selecionar só estas colunas. dê um clique com o botão direito do mouse e no menu que aparece. Para alterar o tamanho do gráfico. 4. é só arrastá-los para o lugar desejado. 5. um mapa do Brasil é inserido. 3.Excel 97 . Página: 33 . clique no botão Mapa ( ). clique no botão Mostrar/ocultar controle do Microsoft Map. Quando inserimos o mapa. localizado na barra de ferramentas). Se quiser formatar o título.

do lado direito da caixa de diálogo Controle do Microsoft Map (parte branca). Se aparecer uma caixa informando que você deve atualizar o mapa. para isso. 11. Total e na caixa Cor selecione uma cor diferente das cores que aparecem no mapa. utilizando.Excel 97 . o gráfico de colunas. Arraste os botões dos rótulos (Pop. altere a altura para 0. Na caixa Controle do Microsoft Map dê um clique duplo no botão Tx de Urbanização. Na seção Dimensionamento marque a opção Escala independente e na seção Dimensões. No mapa. Página: 34 . Na lista Colunas. ao lado do botão Gráfico de colunas. 10. Arraste o botão Gráfico de colunas para o lado direito da caixa Controle do Microsoft Map (logo abaixo do botão Sombreamento de categorias) e quando você vir uma faixa azul pode soltar o mouse. Em seguida clique em OK. Agora vamos comparar a população total e a taxa de urbanização entre os estados. Total e Tx Urbanização (%)) para baixo. 6.8 polegadas. Arraste o botão Sombreamento de categorias e solte-o em cima do botão Sombreamento de valores. 8. A caixa de diálogo Propriedades do formato aparece (figura abaixo). Depois selecione Tx Urbanização e repita o procedimento. selecione Pop. Vamos mudar para Sombreamento de categorias.Avançado Os botões destacados na figura acima permitem que façamos modificações no formato de mapa. vemos que uma outra legenda aparece e que as colunas são inseridas nos estados. clique em OK e dê um clique duplo no botão novamente. 7. Vamos melhorar a aparência e mudar a cor das colunas. Observe que o formato dos estados e da legenda modificou-se. No mapa. vemos que a legenda e os estados estão usando o formato Sombreamento de valores. 9.

Excel 97 . ao contrário dos dados de gráficos. Depois das alterações.Avançado Para aproveitar melhor o espaço do gráfico. pois. Página: 35 . selecione o botão Deslocar mapa ("mãozinha") e arraste o mapa para o lugar desejado. 12. Na barra de ferramentas padrão. nosso gráfico terá a seguinte aparência: Sempre que você alterar os dados da planilha é preciso atualizar o mapa. o Excel não atualiza automaticamente os dados do mapa. você também pode mudar o mapa de lugar.

Vamos aprender qual ferramenta podemos usar para esta tarefa se tornar mais fácil. As fórmulas inseridas nos outros campos calculam os valores restantes.Avançado APRENDENDO A COMPARTILHAR DADOS Quando a construção de uma planilha envolve o trabalho de várias pessoas. podemos compartilhar os dados da planilha. Validar uma célula de uma lista O recurso de validação de dados oferecido pelo Excel permite que você controle quais os valores que poderão entrar em uma célula. O único problema é que a pessoa deve digitar os dados com muito cuidado para não cometer nenhum erro de digitação. a inserção dos dados. o nome do produto e a quantidade comprada (figura abaixo). a pessoa que recebe o pedido tem que digitar o código do cliente. ou seja. facilitando. fazendo pesquisas nas planilhas Produtos e Clientes. ACESSANDO DADOS DE OUTRAS PESSOAS Na sua distribuidora de bebidas os pedidos dos clientes são inseridos em uma planilha. a data.Excel 97 . a partir de outras pastas de trabalho e a partir de um banco de dados. desta maneira. Nesta planilha. podemos obter dados a partir da planilha de outra pessoa. Página: 36 .

aparece. Na planilha Pedidos. clique em Validação. Abra o arquivo Exemplo2 e ative a planilha Produtos. 2. Se você clicar na célula A6 verá que a seta. Na caixa Validação dos dados. selecione a opção Validação e clique em OK (pressione ESC para remover a borda em torno da célula A5). a partir da data atual até um mês depois. Em seguida clique em OK. Ative a planilha Pedidos e selecione a célula A5. Página: 37 . Quando vinculamos uma célula com uma lista a entrada de dados se torna mais fácil e rápido e possibilita que possamos usar uma lista que não esteja na mesma planilha que a célula que contém a regra de validação. Selecione o intervalo A2:A7. selecione Data na caixa Permitir. Vamos inserir uma validação para informar qual a data que pode ser inserida no formulário dos pedidos. ao invés de ter que digitá-lo (tente fazer isto). No menu Dados. com a lista suspensa. Na caixa que aparece. dê um clique em Validação. onde você pode clicar no produto desejado. Selecione agora o intervalo A5:A11 e no menu Editar. dê um clique na Caixa de nome. Vamos copiar esta lista suspensa para as outras células.Avançado 1. na caixa Data inicial digite = Hoje() e na caixa Data final digite = Hoje()+31. Observe que agora a célula A5 apresenta um seta.Excel 97 . 1. 3. digite ListaProdutos e pressione ENTER. clique em Colar especial. para que também possam validar os dados. na caixa Dados deixe a palavra entre selecionada. na lista Origem digite = ListaProdutos. Selecione a célula A5 e dê um clique no botão Copiar. Na lista Permitir selecione Lista. Validar uma data Os pedidos dos clientes podem ser feitos a qualquer momento. A caixa se diálogo Validação de dados aparece (figura abaixo). selecione a célula B2 e no menu Dados.

A caixa contendo o aviso aparecerá. Dê um clique em Sim. Na caixa Mensagem de erro digite o texto: A data está fora do intervalo recomendado. 3. O Excel aceitará a data. Página: 38 . Vamos ver o que acontece quando inserimos uma data que não esteja no intervalo recomendado. aponte para Barras de ferramentas e dê um clique em Personalizar. mas quando você estiver analisando uma planilha que contenha regras de validação. Na lista Estilo selecione Aviso. na barra de ferramentas Auditoria dê um clique no botão Circular dados inválidos ( ). na caixa Título digite Aviso. convém saber se alguma célula contém violação da regra. Na célula B2 digite 05/10/97 e pressione ENTER. No menu Exibir. 5. 4. em seguida clique em OK. Agora dê um clique na guia Alerta de erro. Marque a caixa de seleção Auditoria e dê um clique em Fechar.Excel 97 .Avançado 2.

Na caixa de ferram. Na propriedade Caption (título) selecione a palavra CheckBox1 e pressione Delete. Vamos mudar a formatação de um controle. Vincular uma caixa de seleção com uma célula A célula D2 da planilha Pedidos informará se o cliente receberá ou não um desconto padrão referente ao pedido. pois ele está no modo de estrutura. Na Caixa de ferram.Excel 97 . dê um clique na seta que aparece e selecione 0 . A caixa de seleção está selecionada. para atualizar a tela. usando a janela propriedades. Na barra de ferram. Selecione a propriedade BackColor. de controle. dê vários cliques na caixa de seleção e veja o desconto na célula D13 alternar entre 3 e 0. Mas você ainda não pode mudar o valor do controle dando um clique. Clique na propriedade LinkedCell. O controle caixa de seleção aparece na célula. Dê um clique. dê um clique no botão Propriedades ( ).Avançado 6. Com a tecla ALT pressionada. Solte o mouse e depois a tecla ALT. Depois feche a janela Propriedades. e esta célula conterá sempre o valor Verdadeiro ou Falso. OBS: Se o Excel deixar uma borda parcial em torno da célula que contém o controle. pois o valor da célula D2 era Verdadeiro. 1. dê um clique no botão Limpar círculos de validação ( )na barra de ferramentas Auditoria e depois feche-a. de controle dê um clique no botão Sair do modo de estrutura. dê um clique na seta que aparece e selecione Segundo plano da janela. digite D2 e pressione ENTER (para vincular a caixa de seleção ao valor da célula D2). com o botão direito do mouse. arraste do canto superior esquerdo até o inferior direito da célula D2. mas temos que ativar primeiro a Caixa de ferramentas de controle. 2. de controle. dê um clique no botão Caixa de seleção ( ). Podemos inserir uma caixa de seleção para marcar o valor da célula. Selecione a propriedade SpecialEffect. 3. Página: 39 . Vamos desativar este modo. Com a Validação dos Dados. 4. Para remover o círculo. em qualquer barra de ferramentas e no menu de atalho que aparece. de controle. clique em Caixa de ferram. Em seguida.fmButtonEffectFlat. podemos decidir se queremos apenas informar. avisar ou exigir que o valor inserido em uma célula siga uma regra. pressione a tecla PAGE DOWN e depois a tecla PAGE UP.

Mude a propriedade Style para 2 . Na propriedade ColumnCount digite 2 e na propriedade LinkedCell digite B1. 3. Na Caixa de ferram. a pessoa que insere o pedido poderá ver o nome do cliente. A Caixa de ferram. esta opção pode ser modificada na propriedade Style. A Caixa de combinação permite que você digite um valor que não esteja na lista ou pode restringir o controle apenas para os valores da lista. não precisamos alterá-la. 1. Mude a propriedade SpecialEffect para 0 . Ative a planilha Clientes e selecione o intervalo A2:B11. Pressione ENTER em seguida. de controle. 6. o nome do cliente aparece na célula D1.Excel 97 . arraste do canto superior esquerdo até o inferior direito da célula B1. de controle. Agora você já pode indicar ao controle que intervalo deverá usar como origem da lista. dê um clique no botão Caixa de combinação ( ). Página: 40 . Dê um clique na propriedade ListFillRange e digite ListaClientes. de controle. para selecionar o número correto do código. Primeiro vamos atribuir um nome ao intervalo que contém o número do código e o nome do cliente. 4.Avançado Vincular uma caixa de listagem de duas colunas com um célula Quando digitamos o número do código do cliente na célula B1.fmSpecialEffectFlat. 2. dê um clique no botão Sair do modo de estrutura e depois clique na seta suspensa da célula B1. 5. Com a tecla ALT pressionada.fmStyleDropDownList. Ative a planilha Pedidos e apague o conteúdo da célula B1. O número do código está na primeira coluna do intervalo ListaClientes. na Caixa de ferram. e como o valor padrão da propriedade é um. Vamos usar esta opção. Agora. digite ListaClientes e pressione ENTER. dê um clique no botão Propriedades. quantas colunas a lista tem e em que célula deve colocar o número do código. assim. Na Caixa de ferram. A propriedade BoundColumn especifica qual coluna da lista deve fornecer o valor para a célula vinculada. Vamos inserir Validação de dados para termos uma lista que apresente o número do Código e o nome do Cliente. Na Caixa de nome.de controle contém uma caixa de listagem que pode apresentar listas com várias colunas.

se tivéssemos essas duas planilhas em uma outra pasta de trabalho. dê um clique na propriedade ColumnWidths e digite 36.Avançado Vamos alterar a largura da lista. Dê um clique na guia da planilha Clientes. Na Caixa de ferram. agora. no menu de atalho que aparece clique em Mover ou copiar. 1. então. selecione (nova pasta) na lista Para pasta. Altere agora a propriedade ListWidth para 144 (2 polegadas) e tecle ENTER. como será preciso fazer várias cópias da planilha Pedidos. alterando propriedades que controlam a largura das colunas nas listas e a largura da própria lista. Feche a janela Propriedades e a Caixa de ferram. dê um clique no botão Modo de estrutura e na caixa de listagem da célula B1. Na caixa de diálogo Mover ou copiar. não vamos querer que cada cópia precise de cópias das planilhas Clientes e Produtos. Na janela Propriedades.Excel 97 . Salve a nova pasta de trabalho com o nome de Listas. 9. 2. Clique no botão Sair do modo estrutura e depois clique na seta suspensa da célula B1. Especifique as larguras em pontos. pressione a tecla SHIFT e dê um clique na guia da planilha Produtos. os códigos e os nomes dos clientes. 8. apesar de não ser muito simples de configurá-la.108. 7. Vincular com uma pasta de trabalho diferente Vamos mover as planilhas Produtos e Clientes para uma pasta de trabalho diferente. 10. que valem 1/72 polegada. validações e controles estão vinculados com listas das planilhas Clientes e Produtos. Com o botão direito do mouse. de controle. Seria interessante. Você verá. Página: 41 . a maioria das fórmulas. de controle. ACESSANDO DADOS DE PASTAS DE TRABALHO Na nossa planilha Pedidos. Uma caixa de listagem de duas colunas facilita muito a inserção de números de clientes válidos. clique em qualquer uma das guias. Mas. onde as cópias da planilha Pedidos ficariam vinculadas à pasta de trabalho contendo as outras duas planilhas.

Agora vamos fechar as duas pastas de trabalho. Se você mudar o nome quando a pasta de trabalho não estiver aberta ou se usar o Windows Explorer ou o Explorer do Windows NT. perguntando se você deseja atualizar os vínculos. poderá acabar com um vínculo desfeito. Vamos modificar o nome do arquivo na caixa de diálogo Abrir arquivo. 4. Com a tecla SHIFT pressionada dê um clique no menu Arquivo. clique em Sim. 2. clique em Exemplo2). Clique no botão Abrir. Agora abra o arquivo Exemplo2. Quando perguntar se você deseja salvar as alterações. Página: 42 . Uma caixa de diálogo aparece. aponte para Nome e clique em Definir. Corrigir um vínculo quebrado Vamos supor que você queira mudar o nome do arquivo Listas para Tabelas. Selecione ListaProdutos e observe o conteúdo da caixa Refere-se a. 5. Feche a caixa de diálogo Definir Nome. localize o arquivo Listas. O Excel ajustou automaticamente todas as referências na pasta de trabalho Exemplo2. depois dê um clique com o botão direito do mouse sobre ele e clique em Renomear.Excel 97 . Ative a pasta de trabalho Exemplo2 (no menu Janela. Digite Tabelas (digite Tabelas. No menu Inserir. pressione ENTER e abra o arquivo. depois clique em Fechar tudo.Avançado 3. 1.xls se o Windows está exibindo extensões).

pois o vínculo foi quebrado. Tente selecionar um código na lista da célula B1 e verá que nada aparece. execute o programa de configuração do Excel e selecione Adicionar/Remover componentes. 5. Dê um clique na célula A1. Página: 43 . ACESSANDO DADOS DE UM BANCO DE DADOS Agora nós vamos aprender como podemos acessar dados de um banco de dados. Em Acesso a dados. Alguns dos vínculos exigem que você feche e reabra a pasta de trabalho. use a caixa de diálogo Vínculos para ajustar o vínculo na posição correta. 6. No menu Editar. poderá quebrar esse vínculo. A lista não funciona. não precisamos atualizar os vínculos para esta pasta de trabalho. 3. pois seria inútil. Na caixa de diálogo Alterar vínculos selecione Tabelas e clique em OK.Avançado Esta caixa de diálogo só aparece se o arquivo que contém o vínculo estiver fechado. marque a caixa de seleção Microsoft Query. Sempre que você atribuir um novo nome ou mover um arquivo que possui vínculos. verá que a lista funciona. A pasta de trabalho Tabelas está aberta. abra-a logo em seguida e verá que agora a lista da célula B1 funciona. Se isso acontecer. mas o Excel está procurando a pasta de trabalho Listas. O nosso banco de dados de teste conterá as tabelas referentes ao controle de locações de fitas e fichas de clientes de uma locadora. Agora. portanto. clique em OK novamente para fechar a caixa de diálogo Vínculos. clique em Vínculos. se você tentar selecionar um produto na célula A5. Selecione o vínculo que deseja mudar (há apenas um) e dê um clique em Alterar origem. Dê um clique em Não e depois tente selecionar um produto da lista da célula A5. Salve e feche a pasta de trabalho Exemplo2. você deverá estar com o Microsoft Query instalado (ele não está incluído como parte da instalação "típica"). 4. Para instalar.Excel 97 . Criar uma nova origem de dados OBS: Para a realização e compreensão deste conteúdo que será ensinado. pois o vínculo foi reparado.

Página: 44 .mdb e dê um clique duplo sobre ele. aponte para Obter dados externos e depois clique em Criar nova consulta. Na caixa 2 selecione Driver Microsoft Access (*. qual driver vai usar. Na caixa 1 digite Locadora como nome da origem de dados. Na caixa de diálogo Escolher a origem dos dados selecione Nova origem de dados e dê um clique em OK.Excel 97 . 2. No menu Dados. Depois clique em OK. logo em seguida. Ao fazer isso.Avançado O nosso banco de dados de teste contém uma lista de locações (dentre outras listas). Na caixa de diálogo Assistente de consulta você pode ver todas as tabelas pertencentes ao banco de dados. estamos fazendo uma consulta. temos que atribuir um nome a ela. Ao criar uma nova origem de dados. Você deverá especificar. 4. Acessar uma lista de um banco de dados Como já criamos uma origem de dados. Clique. 1. Quando acessamos informações de um banco de dados. o Excel ativa o aplicativo Microsoft Query para se comunicar com o banco de dados. Salve o arquivo com o nome BDados. Dê um clique no botão Novo para criar uma nova pasta de trabalho. Localize o arquivo Locadora. Atribua o nome Locações à planilha. também. Vamos criar uma nova pasta de trabalho para acessar a lista de locações do banco de dados. Na seção Banco de dados clique no botão Selecionar. 1. Na caixa de diálogo Escolher a origem de dados selecione Locadora e observe se a caixa de seleção Usar o assistente de consulta está selecionada. É necessário criar uma nova origem de dados apenas uma vez.mdb). no botão Conectar. 3. Depois clique em OK duas vezes. podemos acessar uma lista desse banco de dados.

Página: 45 . 4. clique em OK. aparece na planilha: Você poderá formatar as colunas C e D para que exibam somente a data e aplicar estilo de moeda na coluna F. Dê um clique na tabela Locações na lista de tabelas e dê um clique na seta que aponta para a direita. Com a origem dos dados definida. A tabela Locações. Todas as colunas da tabela Locações aparecem na lista Colunas em sua consulta. Clique no botão Atualizar dados ( ). Clique em Avançar três vezes e depois clique em Concluir. 3.Excel 97 . Quando aparecer uma janela perguntando onde você deseja colocar os dados. podemos usar o Assistente de consulta para criar uma consulta simples. na barra de ferramentas Dados externos. ou seja.Avançado 2. selecionar os registros da tabela desejados. com todas as suas colunas.

Para mostrá-la. Clique três vezes em Avançar até chegar na última etapa.Avançado Acessar uma lista filtrada de um banco de dados É possível inserir um filtro ou um critério em nossa consulta. clique na seta que aparece e selecione ValorCobrado na lista. Página: 46 . clique no botão Editar consulta ( ) na barra de ferramentas Dados externos.Excel 97 . ). 1. pressione ENTER logo em seguida. A janela do Microsoft Query aparece: A janela do Microsoft Query ainda tem outro componente que fica oculto: a área de critérios.00. clique no botão Mostrar/ocultar critérios ( ferramentas da janela Microsoft Query. Vamos considerar que você queira ver as locações cujo valor cobrado foi maior que R$6. podemos especificar uma coluna ou campo da tabela e depois definir um critério para esse campo. 2. na barra de Através da área de critérios. onde poderemos ver apenas as linhas que satisfazem este critério. Com a planilha Locações ativa. Dê um clique na primeira caixa da linha Campo de critérios. Depois clique na primeira caixa da linha Valor e digite >6. Selecione a segunda opção (Exibir dados ou editar consulta no Microsoft Query) e clique em Concluir.

Somente uma linha foi mostrada. Página: 47 . 5. 3. selecione a opção Obter valor a partir da seguinte célula e clique na célula H1. substituir o número por um parâmetro.Excel 97 . Quando for solicitado um valor. Na célula H1 digite 6 e depois dê um clique na célula F1 (ou qualquer outra célula na lista de consulta).Avançado Na parte inferior da janela são mostradas as três locações cujo valor cobrado foi maior que R$6. Depois clique em OK. Substitua o número 6 (deixe o sinal de maior) por [Valor Mínimo] e pressione ENTER. ainda poderemos utilizar o parâmetro para realizar a consulta. também. digite 7 e clique em OK. na barra de ferramentas Dados externos e digite 4 como Valor Mínimo. Quando a caixa solicitando um valor aparecer. Quando fecharmos a janela do Microsoft Query. Clique no botão Atualizar dados. Todas as linhas cujo valor na coluna ValorCobrado é maior que 5 são mostradas. No menu Arquivo da janela Microsoft Query. Clique no botão Parâmetros de consulta. Você pode mudar o número 6 e colocar outro número e você pode. Na caixa de diálogo Parâmetros (figura abaixo). O Excel ainda permite que usemos um valor de uma célula como parâmetro. na barra de ferramentas Dados externos. 4.00. 6. digite 5 e clique em OK.. clique em Retornar dados ao Microsoft Excel.

Clique no botão Atualizar dados para atualizar a lista. PROTEGENDO UMA PASTA DE TRABALHO Se você criou uma pasta que contenha informações importantes ou sigilosas. também. Página: 48 . poderá inserir uma senha para que a pasta de trabalho só abra se a senha correta for digitada. é bom você se preocupar com as alterações que estes usuários poderão fazer em sua pasta de trabalho.Avançado 7. Portanto. Três linhas são mostradas na lista. com os parâmetros podemos mudar os critérios dinamicamente. ao fazer vínculo do parâmetro com uma célula. E. Mude a célula H1 para 5 e dê um clique em uma célula da lista de consulta. entre outros.Excel 97 . poderá editar uma pasta de trabalho ao mesmo tempo que outro usuário. tornar a pasta de trabalho somente de leitura. Utilizando critérios podemos acessar apenas parte de uma lista. onde esta pasta poderá ser compartilhada com outros usuários. você poderá acessar as tabelas desse banco de dados e realizar consultas nestas tabelas. APRENDENDO A COMPARTILHAR UMA PASTA DE TRABALHO Quando você cria uma pasta de trabalho. 8. ou poderá. o Excel oferece alguns recursos muito úteis para o compartilhamento de dados: você poderá controlar quais as alterações possíveis de serem realizadas. ou seja. Depois clique no botão Atualizar dados. Tendo um banco de dados como origem dos dados. evitamos o aparecimento da caixa de diálogo. mas não poderão modificá-la. as pessoas poderão abri-la.

para que vários usuários possam editá-la simultaneamente.Excel 97 . 1. Quando aparecer a caixa Confirmar senha. por exemplo) esteja com uma pasta de trabalho aberta (Dados. quando uma pasta de trabalho é somente de leitura. e o arquivo se abrirá. basta clicar em Salvar como. a ação se torna possível.xls. figura abaixo) e outra pessoa deseja abrir esta mesma pasta. ela pode ser aberta simultaneamente por várias pessoas. Depois que você fechar a pasta de trabalho e tentar abri-la novamente.Avançado Impedir alterações em uma pasta de trabalho Para colocar uma senha para impedir que pessoas que não a conhecem abram a pasta de trabalho. ainda é possível modificá-la. Deixe a caixa Senha de proteção vazia e digite uma senha na caixa Senha de gravação e clique em OK. E. No menu Arquivo. e depois no botão Opções. Se esta pasta estiver compartilhada. inserir uma senha na caixa Senha de proteção e logo em seguida confirmar a senha. 3. Digite a seguinte pasta de trabalho: Página: 49 . mas apenas uma pessoa por vez pode abrir o arquivo para modificações. a caixa de diálogo Senha aparece: Clique em Somente leitura. 2. será preciso dar um nome diferente a ela. mas se quiser salvá-la. COMPARTILHANDO UMA PASTA DE TRABALHO Vamos aprender como fazemos para compartilhar uma pasta de trabalho. Depois dê um clique no botão Salvar. pois mesmo que outras pessoas abram a sua pasta de trabalho. elas não conseguirão modificá-la. digite-a novamente e clique em OK. clique em Salvar como e depois clique no botão Opções. 1. Quando uma pasta de trabalho é aberta no modo Somente leitura. no menu Arquivo. Suponha que um usuário (Válder. Agora vamos aprender o que fazer para que só você possa fazer alterações na pasta de trabalho e salvá-las.

Quando vários usuários compartilham a mesma pasta de trabalho. 2. clique em Opções e clique na guia Geral.Avançado 2. 1. 3. Você pode mudar o nome de usuário na caixa de diálogo Opções. Página: 50 . No menu Ferramentas.Excel 97 . Redimensione as duas janelas para que fiquem uma embaixo da outra. que irá compartilhar a pasta de trabalho com o Válder. Na caixa Nome do usuário digite Válder e clique em OK. Na caixa Nome do usuário digite Natali e clique em OK. e depois na guia Geral. Salve o arquivo com o nome de Dados. Abra outra cópia do Excel a partir do menu Iniciar. o Excel sabe quem fez as alterações no arquivo. no menu Ferramentas. Vamos definir o nome do segundo usuário. Depois salve a pasta de trabalho. Vamos definir o outro usuário (além do Válder) que fará uso da mesma pasta de trabalho. Dê um clique em Opções. Agora vamos abrir outra cópia do Excel.

Página: 51 . 2. Agora Natali pode abrir a pasta de trabalho Dados. No menu Ferramentas. clique em Compartilhar pasta de trabalho e depois clique na guia Editar. mais de uma pessoa pode abri-la e modificá-la. Clique em OK novamente. A caixa de diálogo Compartilhar pasta de trabalho indica que a pasta de trabalho está sendo editada exclusivamente por Válder. uma mensagem seria exibida: Como a pasta de trabalho Dados ainda não está compartilhada. 1.Avançado Compartilhar uma pasta de trabalho A pasta que Válder está editando chama-se Dados. Quando uma pasta de trabalho está compartilhada.Excel 97 . Se Natali tentasse abrir esta pasta. Marque a caixa de seleção que permite que mais de um usuário faça alterações na pasta simultaneamente e clique em OK. Ative a cópia do Excel pertencente a Válder. simultaneamente.xls e fazer as alterações que desejar. apenas uma pessoa pode estar com esta pasta aberta para editá-la.

agora. devem permanecer. Como você pode observar na pasta de Válder. e se você colocar o cursor na célula C3. o que acontece quando dois ou mais usuários mudam o valor da mesma célula. 3. mude o valor da célula C6 para 4. Você verá que as alterações feitas por Válder também serão atualizadas na pasta de trabalho de Natali. Quando Válder salvar sua pasta de trabalho.500 e salve a pasta de trabalho. as alterações são enviadas para a cópia compartilhada na rede. 1. Agora ative a cópia do Excel de Válder. 2. Dê um clique no botão Aceitar as minhas. Como Válder foi o primeiro a salvar a pasta de trabalho quando o conflito foi detectado. verá um comentário. Na pasta de trabalho da Natali. 3. Gerenciar conflitos Vamos ver. as células C3 e C4 foram alteradas. Agora ative a pasta de trabalho de Natali e salve-a.000 e salve a pasta de trabalho. Para saber qual valor permanecerá na célula.Avançado Sincronizar pastas de trabalhos compartilhadas Sempre que Natali faz alterações na pasta de trabalho Dados e depois salva a pasta de trabalho.Excel 97 . Desta maneira.500 e depois salve a pasta de trabalho. mude o valor da célula C3 para 2. e a primeira pessoa que encontrar esse conflito terá que decidir. Ative a cópia do Excel de Natali. Ative a cópia do Excel de Válder e mude o valor da célula C4 para 1. Página: 52 .500 e salve a pasta de trabalho. Clique em OK quando o Excel avisá-lo que a pasta de trabalho foi atualizada com as alterações feitas por outro usuário. 2. alguém precisa decidir. ele pode decidir quais as alterações. as duas cópias do Excel serão sincronizadas. 1. mude o valor da célula C6 para 4. o Excel importará as alterações de Natali que estão cópia da rede. as suas ou as de Natali.

que a célula C6 passa a ter o valor de antes. Ative a cópia do Excel de Natali e salve a pasta de trabalho. na cópia do Excel de Natali. desde que esta foi compartilhada.Excel 97 .Avançado 4. 5. Ela será avisada de que uma mudança ocorreu. 7. aponte para Controlar alterações e clique em Aceitar ou rejeitar alterações. Natali poderá ver sua alteração anterior e ver também que Válder a modificou. No menu Ferramentas. ela ainda pode rejeitar as alterações de Válder. Dê dois cliques em Aceitar para aceitar as duas primeiras alterações. Selecione a segunda linha da lista e clique em Aceitar. Mostrar um histórico das alterações É possível exibir uma planilha que mostre um histórico sobre todas as alterações feitas na pasta de trabalho. Clique em OK para mostrar a caixa de diálogo Aceitar ou rejeitar alterações. Página: 53 . Agora a caixa de diálogo mostra todas as alterações que foram feitas na célula C6. Você verá. Clique em OK quando for avisado da alteração. Mesmo que o valor de Natali para a célula D6 tenha desaparecido. o valor que havia sido modificado por Natali. 6.

Depois é preciso integrar essas alterações e gerenciar os conflitos que poderão surgir. 1. aponte para Controlar alterações e clique em Realçar alterações.Avançado 1. feche a cópia do Excel de Natali. Agora que já vimos como compartilhar uma pasta de trabalho e o que podemos fazer. o histórico das alterações na pasta de trabalho será apagado. submenu Opções e ative a guia Geral). Página: 54 . O Excel exibe uma planilha mostrando todas as alterações que foram feitas desde que a pasta de trabalho foi compartilhada. submenu Compartilhar pasta de trabalho). A planilha Histórico é uma planilha que "pertence" ao Excel e você não pode fazer nenhuma alteração nela. Com a pasta de trabalho Dados aberta. Você pode entregar uma cópia da pasta de trabalho através de disquete ou e-mail e cada pessoa fará as alterações desejadas em sua cópia. Ative a outra cópia do Excel e digite o seu nome na caixa Nome do usuário (menu Ferramentas. aponte para Controlar alterações e depois clique em Realçar alterações. com isso. Ative a cópia do Excel de Válder. no menu Ferramentas. Depois desative o compartilhamento (menu Ferramentas. salve a pasta de trabalho e clique em OK quando o Excel informar que alterações foram feitas. A caixa de diálogo Realçar alterações aparece: 3.Excel 97 . sendo possível filtrar o valor das colunas. No menu Ferramentas. 2. Desative a opção Quando e selecione a caixa de seleção Listar alterações em uma nova planilha. Clique em OK. COMPARTILHANDO COM USUÁRIOS DIFERENTES O Excel permite o compartilhamento de uma pasta de trabalho entre pessoas que não têm acesso a arquivos de rede.

Esta macro irá executar todos os passos que você definir através de um único comando. clique em OK. sempre que precisar repetir a seqüência de ações. As alterações são feitas na pasta de trabalho Dados. Abra a pasta de trabalho Dados. Quando ativamos uma macro. Página: 55 . Quando uma caixa aparecer perguntando se você deseja salvar as alterações na pasta de trabalho. Digite a lista abaixo. 3. ou seja. Agora vamos fazer cópias da pasta de trabalho. Salve e feche a pasta de trabalho Dados. 3. é só executar a macro. clique em Salvar como e digite o nome Dados2 como nome do arquivo. 4. Marque a caixa de seleção Controlar alterações ao editar e clique em OK. No menu Ferramentas. executar uma série de comandos e ações repetidas vezes. Mesclar pastas de trabalho compartilhadas Agora já podemos juntar as alterações feitas nas pastas de trabalho e alterar a pasta original. No menu Arquivo. exceto pelo fato de que você pode integrar cópias do arquivo que tenham nomes diferentes ou que estejam em pastas de trabalho diferentes. você pode criar facilmente um miniprograma. o Excel grava cada clique e cada tecla pressionada até que se desative o gravador de macro.Excel 97 .800. e digite Promoções como nome da planilha. Selecione a pasta de trabalho Dados2 e dê um clique em OK. Mude a célula C5 para 1. salve e feche a pasta de trabalho. 1. 2. ou Macro. clique em Mesclar pastas de trabalho. GRAVANDO MACROS Vamos considerar que você mantenha um registro das promoções gastas com cada produto (figura abaixo). 1.Avançado 2. Depois. Mesclar pastas de trabalho é o mesmo que compartilhar simultaneamente uma pasta de trabalho. CRIANDO MACROS Sempre que você tiver que realizar a mesma tarefa com freqüência.

Agora vamos testar a macro.Excel 97 . Na caixa de diálogo Gravar macro (figura abaixo). valor anterior + R$100. 2. Vamos considerar que o valor de uma promoção é ajustado.00. localizado na barra de ferramentas Parar gravação ou na barra de ferramentas Visual Basic. Dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer barra de ferramentas e depois clique em Visual Basic. Clique no botão Parar macro ( ) .100 (ou seja. normalmente.00) e pressione ENTER.00 ou seja reduzido em R$100. Selecione a célula E2 e digite 1. quando pressionarmos uma tecla ou botão. dê um clique no botão Gravar macro ( ). Na barra de ferramentas Visual Basic que aparece. 5. 4. 3. Vamos criar uma macro para que.00. mas antes mude a célula E2 para 600.Avançado A coluna F contém uma fórmula que soma o valor atual com o anterior (fórmula na célula F2: =SOMA(E2. as macros usam uma linguagem de automação chamada "Visual Basic. digite AumentaValor como nome da macro e clique em OK. Applications edition". Mais adiante iremos modificar uma macro alterando seu código. Página: 56 . Gravar e executar uma macro No Excel. derivada da linguagem de programação Visual Basic. Agora você já pode gravar sua macro.00.F1) ). para mais e menos R$100. o valor aumente em R$100.

Vamos. com uma janela principal (que apresenta a palavra (Geral)) e outras janelas no lado esquerdo. Na barra de ferramentas Visual Basic dê um clique no botão Executar macro. dê um clique no botão Executar macro ( ). Encontrar uma macro As macros ficam em um lugar oculto. 2. Uma macro começa com a palavra Sub. vamos observá-las em funcionamento. clique em AumentaValor e clique em Editar. o valor mudou para R$1. 1. precisamos usar o Editor do Visual Basic. Página: 57 . ela simplesmente inseriu o mesmo valor que você colocou na célula quando foi gravar a macro. Na barra de ferramentas Visual Basic. Como você pode observar na célula E2. Para entendermos as instruções de uma macro. agora.00. encontrar a macro que gravamos e depois mudá-la. clique em Executar. Feche as janelas do lado esquerdo e diminua o tamanho do Editor do Visual Basic. Normalmente.100. no código da macro são incluídos comentários para esclarecer o objetivo ou as ações da macro. até conseguir ver a janela do Excel por trás dele. Na caixa de diálogo Macro. Você pode inseri-los sempre que achar necessário. A macro não fez exatamente aquilo que esperávamos: aumentar o valor atual da célula em R$100. a macro AumentaValor já está selecionada. Cada linha da macro é denominada instrução e executa uma única ação. seguida do nome da macro e de parênteses vazios e termina com as palavras End Sub. portanto.Excel 97 .00.Avançado 6. Os comentários começam com um apóstrofo e são ignorados pelo Visual Basic. O Editor do Visual Basic aparece como um novo aplicativo. A janela principal é denominada Janela de código e contém a sua macro. assim. Na caixa de diálogo Macro que aparece (figura abaixo). para vê-las.

Avançado Percorrer uma macro Vamos acompanhar a execução da macro passo a passo. 4. Esta instrução indica ao Excel que você quer fazer algo na célula que acabou de selecionar na instrução anterior. você quer atribuir o valor 1100 a ela.FormulaR1C1 = "1100". uma para selecionar a célula E3 e outra para finalizar a macro. na planilha. assim poderemos identificar as ações que precisam ser modificadas e fazermos as alterações desejadas.Select. na barra de ferramentas Visual Basic. Com a macro AumentaValor selecionada. 1. Pressione F8 novamente para selecionar a célula E2 (observe. Ative a janela do Excel. A instrução Range("E2"). Pressione F8 para atribuir o valor à célula e destacar a próxima instrução na macro: Range ("E3"). 5. 3. A seta indica a próxima instrução a ser executada. Esta instrução é para selecionar a célula E3. dê um clique em Entrar. Mude o valor da célula E2 para R$800 e selecione a célula A2.Select indica ao Excel que você deseja selecionar a célula E2. que a célula E2 está selecionada) e destacar a próxima instrução: ActiveCell.Excel 97 . Clique no botão Executar macro. Vemos que a instrução Sub está destacada em amarelo e surge uma seta amarela na margem esquerda. 2. Pressione F8 duas vezes. Página: 58 . ou seja. Pressione F8 para destacar a primeira instrução da macro. Pressionando a tecla F8 você executa uma instrução. 6.

através do botão Executar Sub.00. Agora selecione o valor "1100" e clique no botão Colar. 4. agora. A caixa de diálogo Opções (figura abaixo) permite a definição de uma tecla de atalho para a macro. independentemente da célula que estiver selecionada quando você a executar. selecione a instrução Range("E3"). Vamos modificar a macro para que aumente o valor da célula que estiver ativa. Agora a macro modifica o valor da célula que estiver ativa.FormulaR1C1 = ActiveCell. selecione as palavras ActiveCell.Excel 97 . teste a macro dando um clique no botão Executar Sub.Select e pressione DELETE. Ative o Excel. Insira uma tecla de atalho Vamos. Estando com a macro AumentaValor selecionada. ) e observe o valor da célula E2 mudar. 3. inserir uma tecla de atalho para fazer com que a macro seja executada pressionando-se uma tecla (ou uma combinação de teclas). Selecione a instrução Range("E2"). na barra de ferramentas Visual Basic. Se Mas a macro sempre muda o valor da célula E2. soma 100 ao seu valor atual e depois seleciona a célula E3. podemos alterar as instruções.Avançado Agora que já percorremos a macro. Vamos alterar esta instrução para que pegue o valor da célula ativa e o incremente de R$100.FormulaR1C1 e clique no botão Copiar. Você pode testar a macro diretamente no Editor do Visual Basic. pudemos entender como funcionam as instruções. A instrução ActiveCell. execute a macro várias vezes. Agora a macro seleciona a célula E2. Estando com a célula E3 ativa. Página: 59 . Clique no botão Executar macro. qualquer que seja ela.FormulaR1C1 + 100). sem precisar sair do Editor do Visual Basic. Editar uma macro Como o Editor do Visual Basic já está aberto. 2. 1. 1.FormulaR1C1 = "1100" coloca o valor 1100 na célula ativa.00 ao valor atual da célula.Select e pressione DELETE. clique no botão Opções. Vamos editar a macro e alterá-la para que incremente R$100. Dê um clique no botão Executar Sub ( quiser. Na macro AumentaValor. No final da instrução digite +100 e pressione a tecla SETA PARA BAIXO ( a instrução final ficou assim: ActiveCell.

Clique abaixo da instrução End Sub. Clique em OK e depois em Cancelar. faça o mesmo com as células E3:E7.Avançado Podemos criar uma tecla de atalho com as teclas CTRL + letra ou CTRL+SHIFT+letra. Página: 60 . Na barra de ferramentas do Visual Basic.que irá subtrair R$100. Dê um clique na caixa de atalho e pressione SHIFT+A. use as teclas SETA PARA CIMA E SETA PARA BAIXO e pressione TAB para inserir a palavra na instrução. Escreva sua própria macro Vamos criar uma macro -DiminuiValor. dê um clique no botão Editor do Visual Basic ( ). Além das teclas de atalho. para isso. 2. mais adiante você vai aprender a vincular uma macro a um botão. uma lista é apresentada (figura abaixo). 2. digite ActiveCell. Para nossa macro.FormulaR1C1 = ActiveCell. iremos criar a macro sem a ajuda do gravador de macro. digite Sub DiminuiValor e pressione ENTER. Depois que você digitar o ponto final na instrução.00 da célula ativa. Para selecionar o nome do método ou propriedade desejado. 1. 3. Selecione a célula E2 e pressione CTRL+SHIFT+A. 3.FormulaR1C1-100. vamos atribuir CTRL+SHIFT+A (A de "Aumenta").Excel 97 . O Visual Basic acrescenta os parênteses após o nome da macro e a instrução End Sub no final. Abaixo da instrução Sub DiminuiValor.

você pode usar o gravador de macro. Selecione DiminuiValor e clique no botão Executar. Para criar uma macro. editar uma macro já gravada ou digitá-la diretamente no Editor do Visual Basic. Clique no botão Editor do Visual Basic e. 6. "Aviso" (a instrução inteira fica na mesma linha) ActiveCell. Você tem duas macros fáceis de executar. Abaixo da instrução Sub Mensagem digite as seguintes instruções (cada instrução deverá ficar em uma linha): MsgBox "O valor da célula selecionada" & Chr(10) & Chr$(13) & "será incrementado em R$100. digite Sub Mensagem e pressione ENTER. 48. tipo.FormulaR1C1 + 100 7. mas vamos dar outro nome à nova macro. Ative o Excel e clique no botão Executar macro. o quadro está dando um aviso). Clique no botão Executar Sub e veja o resultado (clique em OK quando a caixa Aviso aparecer). 5.Avançado 4. Os parâmetros para MsgBox são: Mensagem. título. onde: Mensagem . uma que aumenta e outra que diminui o valor de uma célula. Esta nova macro irá exibir uma caixa de mensagem informando que o valor da célula será aumentado. como exercício. abaixo do End Sub da macro DiminuiValor. exibe um quadro de mensagem (no nosso caso.expressão mostrada dentro da caixa de diálogo (deverá ficar entre aspas). Página: 61 . Agora vamos acrescentar algumas instruções no código da macro AumentaValor. A instrução MsgBox.FormulaR1C1 = ActiveCell.Excel 97 . na barra de ferramentas Visual Basic. da macro Mensagem. As teclas de atalho para esta macro serão inseridas no final.00".

Agora.Value * (1 + Cells(10. 2). conforme a tabela a seguir. Abaixo da instrução Sub MensagemResposta.###. Na planilha Promoções. Repetir e Ignorar Botões Sim.Value. 9. Cancelar Botões Sim.título do Quadro de mensagem (barra de título) Argumento tipo para a instrução MsgBox: Valor 0 1 2 3 4 5 16 32 48 64 0 256 512 768 Significado Somente o botão de OK Botões de OK e Cancelar Botões Anular. Título .00%") Resposta = MsgBox("O valor da célula passará" & Chr$(10) & Chr$(13) & "de R$" & t & " para R$" & r. fosse exibida em duas linhas. "###. 2). Vamos criar. é um sinal de aviso e "Aviso" é a palavra que aparece na Barra de título do quadro de mensagem. digite Sub MensagemResposta abaixo da instrução End Sub da Sub Mensagem.somatória de números.00") r = Format(ActiveCell.###. O número 48. um quadro de mensagem que irá tratar a resposta do usuário. digite as seguintes instruções: Dim t As String. r As String Dim x As String t = Format(ActiveCell. "##. Vamos criar uma macro que incremente em 2% o valor gasto com a propaganda. no quadro de mensagem.Avançado Tipo . 8. digite Aumento na célula A10 e digite 0. "##. 10. Não. como podemos ver na tabela acima. conforme o que queremos que seja exibido no Quadro de mensagem. 52.Value).Value. "Aviso") If Resposta = 6 Then Página: 62 . agora. Não Botões Repetir e Cancelar Sinal de Stop Sinal de Pesquisa Sinal de Aviso Ícone de Informação Primeiro botão com foco Segundo botão com foco Terceiro botão com foco Quarto botão com foco Na nossa instrução MsgBox colocamos & Chr(10) & Chr$(13) & para que a mensagem.Excel 97 .00") x = Format(Cells(8.02 na célula B10. perguntando se ele deseja ou não reajustar o valor da célula ativa em 2%. vamos supor que o valor da propaganda feita na TV sofra um reajuste de 2%. No Editor do Visual Basic.

À variável t será atribuído o valor da célula ativa. que será avaliada de acordo com a tabela abaixo: Valor 1 2 3 4 5 6 7 Significado Botão OK foi pressionado Botão Cancelar foi pressionado Botão Anular foi pressionado Botão Repetir foi pressionado Botão Ignorar foi pressionado Botão Sim foi pressionado Botão Não foi pressionado Então.##0 #.00E+00 5 negativo -5 -5.00 5 5. A instrução MsgBox é precedida da palavra Resposta porque agora a resposta do usuário será considerada e tratada.##0. que transforma um número em texto. Página: 63 .##0. conforme a primeira tabela.##0) $#.Avançado ActiveCell. A instrução Format irá formatar a string.00) 0% 0. clique no botão Executar Sub e veja o resultado.00 #. Você poderá decidir se deseja reajustar o valor em 2% ou não (clique em Sim ou Não).##0.($#. e como t é uma string. 11. com o formato de porcentagem.($#.Excel 97 .FormulaR1C1 = ActiveCell. Não).50 50% 5. é a somatória dos números 48 (Sinal de Aviso) + 4 (Botões Sim. A variável Resposta conterá a resposta do usuário. Dim é usado para declararmos variáveis.0 $#. r e x foram declaradas como string. onde expressão é a expressão numérica ou string a ser formatada e formato é a maneira como deverá ser mostrada a expressão.00E+00 5 decimal 1 0.0 ($5) ($5. se a resposta for igual a 6.00 500% 5. colocamos primeiro a linha depois a coluna.##0.50 1 0.00E+00 5 positivo 5 5. Nossas variáveis t. e tem como parâmetros: expressão e formato. devemos especificar seu formato através da função Format.Value) End If OBS: Para especificar o endereço da célula. significa que o usuário pressionou o botão Sim.00E-1 A variável r receberá o valor da célula ativa com um acréscimo de 2% e a variável x conterá o valor da célula B10.5 $1 $0.00) -500% -5. e por isso o valor da célula ativa deverá receber um acréscimo de 2%.00.FormulaR1C1 * (1 + Cells(10. Uma tabela mostrando os possíveis formatos é exibida abaixo: Formato 0 0. como especificamos no código da macro. Estando com uma célula da coluna E selecionada. 2).00 -5 -5.0 $5 $5. O número 52.

3. 2. Clique em OK. Página: 64 . Na lista Comandos. Dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer barra de ferramentas e clique em Personalizar. Observe que uma barra de ferramentas vazia aparece. Dê um clique no botão Novo e digite Macro Personalizada.Excel 97 . Clique na guia Comandos e na lista Categorias selecione Macros. 1. Vamos inserir um botão da barra de ferramentas personalizada para executar uma macro. 4. arraste o item Personalizar botão para a barra de ferramentas Macro Personalizada. Anexar uma macro em um botão de barra de ferramentas O botão que conterá a macro poderá estar localizado em uma barra de ferramentas já existente ou podemos criar uma nova barra para ele. Clique na guia Barra de ferramentas.Avançado TORNANDO AS MACROS FÁCEIS DE EXECUTAR Agora vamos aprender a executar uma macro de duas maneiras: usando um botão localizado na barra de ferramentas e um botão na planilha.

7. Página: 65 . e observe que o ícone do botão muda. substitua o nome Personalizar botão por Adicionar 2%. clique com o botão direito no novo botão e aponte para Alterar imagem do botão. 5.Avançado Vamos atribuir um nome ao botão (o nome é o que aparece na dica da tela.Excel 97 . Escolha um ícone. Clique no comando Atribuir macro e selecione MensagemResposta na lista. Clique em OK. Com a caixa de diálogo Personalizar ainda aberta. é preciso fechar a caixa de diálogo Personalizar. se desejar. Para mudar o ícone associado à macro. Para usar o botão. quando você coloca o cursor do mouse sobre o botão). dê um clique com o botão direito do mouse sobre o novo botão. No menu de atalho (figura abaixo). 6.

A barra de ferramentas Formulários aparece: 2. renomeá-lo ou alterar o tamanho. Anexar uma macro a um botão Podemos associar uma macro a um botão.Avançado 8. dê um clique no botão Adicionar 2% para executar a macro. pois o botão se vincula a uma macro da mesma maneira que os botões da barra de ferramentas. 1. Estando com uma célula da coluna E selecionada. clique no botão Gravar. Para isso. Os controles da barra de ferramentas Formulários são mais fáceis de usar. Quando você soltar o botão do mouse. Se você quiser mover o botão de lugar. Para selecionar o botão sem executar a macro. Feche a caixa Personalizar e arraste o botão para a barra de ferramentas do Excel. de controle. 3. Você pode criar primeiro o botão e depois a macro associada a ele. Se você der um clique. Selecione a macro MensagemResposta e clique em OK. Página: 66 . Os procedimentos restantes você já aprendeu. Clique no botão Adicionar 2% para executar a macro. na barra de ferramentas Formulários. pressione a tecla CTRL e dê um clique no botão. Dê um clique no botão ( ). Com o botão selecionado. o botão precisa estar selecionado. Agora que ele está selecionado. executará a macro. Dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer barra de ferramentas e clique em Formulários. 5. insira o botão na planilha e na caixa de diálogo Atribuir macro que aparece logo após você soltar o botão do mouse. Podemos inserir os botões usando dois tipos diferentes de controles: controles da barra de ferramentas Formulários e controles da barra de ferramentas Caixa de ferram. 4. Com a tecla ALT pressionada. digite Adicionar 2% e pressione ESC duas vezes. aparece a caixa de diálogo Atribuir macro.Excel 97 . arraste um retângulo do canto superior esquerdo da célula E10 até o canto inferior direito da célula E11 (poderia ser em qualquer lugar). poderá fazer as alterações. mas este botão estará disponível somente se a planilha também estiver.

só que na coluna adjacente. Aplique o formato Estilo de moeda às células das duas colunas. e as colunas: 1997 e 1998. Insira outra coluna (Médias Anuais). a taxa de juros cobrada pelo banco será de 95% ao ano e você deverá pagar o empréstimo em 2 anos.03 R$0. 4.Excel 97 . Digite a planilha abaixo no Microsoft Excel. o rótulo Aumento e na mesma linha. 10.60 R$0. Salve o arquivo como Planilha2.40 R$0.40 R$0. 6. calcule a mádia de venda entre os dois anos. 9.Avançado LISTA DE EXERCÍCIOS 1.00 a R$20. Crie outra planilha no Microsoft Excel que contenha os dados da coluna Item (como na planilha anterior). e salve-a o arquivo como Planilha1: Item Bolacha recheada Bolacha salgada Pão francês Pão de forma Pão de queijo Torta de chocolate Torta de baunilha Leite de saquinho Leite de caixinha Custo R$0. e.00 R$1. em uma célula fora da lista. Insira. onde nesta nova coluna o lucro deverá aumentar de acordo com o valor da célula criada no exercício anterior (você deverá nomear a célula que contém o valor 0.20 R$1.00 R$0. a coluna NovoPreçoVenda.10 e a fórmula deverá fazer uma referência absoluta ao nome da célula).000. entre a coluna PreçoVenda e Lucro. 5. Insira as fórmulas na coluna D (Lucro) usando endereços relativos.00 R$1. Dados: o empréstimo será de R$80.45 R$1.50 R$1.00. que variam de R$0.90 R$0.00 R$1.10 R$1. Crie uma planilha (e salve a pasta de trabalho como Planilha3) onde você deverá usar a função PGTO e depois faça uma agenda de amortização.70 PreçoVenda R$1. insira o valor 0. Insira.000. Recalcule a coluna Lucro para que ela faça referêcia à coluna NovoPreçoVenda.10 Lucro 2. Nas colunas 1997 e 1998 você deverá usar a função ALEATÓRIO para calcular valores das vendas de cada ano.80 R$0.10. utilizando a função MÉDIA. Arredonde os números das colunas 1997 e 1998 para os 1.000 mais próximos. 7.50 R$0.90 R$1. Página: 67 . 3. 8. após 1998.00.

Inicialmente.Fornecedor: nome do fornecedor (coloque o mesmo fornecedor para mais de um remédio). . Construa uma Tabela dinâmica. gotas. Apague a lista de fornecedores exclusivos e insira um intervalo de critérios na planilha (Planilha4) e dê um nome para ele (Critérios). Utilizando o Filtro avançado. Crie outra planilha (salve a pasta de trabalho com o nome Planilha4) que apresente os seguintes rótulos de coluna: Nome. Fornecedor e Código. . utilizando o Filtro avançado mais uma vez.Vencimento: nome do mês/ano que o remédio vencerá. substitua dois campos (menos o campo Nome) por outros dois que ainda não fazem parte da Tabela dinâmica. 18. Reorganize a Tabela dinâmica para que apresente somente os campos Nome e QtdVendida (Nome será um campo de coluna e QtdVendida um campo de dados). o campo Nome na área de Coluna e o campo QtdVendida na área de Dados. usando o intervalo de critérios. Agora.Código: código do fornecedor (todos começam com a mesma letra seguida de três números). de modo que o campo Nome seja um campo de linha. 23. nomeie os eixos X e Y e depois formate o título e os eixos.Excel 97 . onde: . Insira um gráfico personalizado. 13. Classifique automaticamente o campo Nome em ordem alfabética. todos os códigos dos fornecedores que comecem com a letra que você determinou e termine com um número (você determina o número final). Localize. A planilha deverá ter no mínimo 10 linhas. Reorganize a Tabela dinâmica arrastando os campos. 17. comprimido. o campo Fornecedores seja um campo de coluna e QtdVendida seja um campo de dados. crie uma lista dos fornecedores exclusivos com os seus respectivos códigos. utilizando o caractere-chave (?). 20. utilizando o Relatório de tabela dinâmica (não esqueça de nomear o intervalo da lista que fará parte da Tabela dinâmica). Vencimento.Nome: referem-se aos nomes dos remédios. visualize todos os remédios que vencerão em uma determinada data (escolha a data que desejar). Linha. 19. etc. Página: 68 . Agora. Utilizando o Assistente da Tabela dinâmica. o campo Fornecedores ficará na área de Linha. .Avançado 11. Apague o intervalo de critérios. 22. pois vamos construir uma Tabela dinâmica. 24. pastilha. 16. extraia somente as colunas dos códigos e dos fornecedores que forneceram remédio que pertençam à linha comprimido (ou outra a sua escolha). 14. Remova todos os totais da Tabela dinâmica.Linha: se remédio é xarope. 12. 15. . Insira mais itens nas colunas da Planilha4. 21.

crie uma consulta para localizar os clientes que residem no estado de SP. Em seguida.Excel 97 . Crie uma macro que grave seu nome em uma célula e inclua algum tipo de formatação interessante. 31. exibindo uma caixa de mensagem perguntando se a pessoa realmente quer realizar a modificação do valor da célula. um rótulo Homens e outro rótulo Mulheres. se necessário. 32. modifique a macro DiminuiValor onde ela deverá subtrair 3% do valor gasto com propaganda. 1. Utilizando o arquivo Exemplo2. 28. Compartilhe o arquivo da sua pasta de trabalho e depois abra-o na outra cópia do Excel pertencente ao segundo usuário. Faça com que os totais de Homens e Mulheres apareçam em cada estado em forma de colunas. Insira valores nas colunas e depois crie um Mapa que represente os estados e o total de homens e mulheres. 29. Faça alterações nas duas cópias abertas e depois gerencie os conflitos. 27. No Excel. Crie uma planilha (e salve a pasta de trabalho como Planilha5) que contenha um rótulo de coluna Estado (com pelo menos 6 nomes de estados). 26. abra um arquivo (a sua escolha) e digite o seu nome na caixa Nome do Usuário.Avançado 25.mdb e a tabela Clientes desse banco de dados. Insira teclas de atalho para a macro DiminuiValor. Utilizando o banco de dados Locadora. 30. abra outra cópia do Excel a partir do menu Iniciar e defina o nome do segundo usuário. Página: 69 .