PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

1

GERÊNCIA DE FILIAL DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES – GILIC/ RJ PREGÃO ELETRÔNICO 038/7031-2006 – GILIC/RJ A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, daqui por diante denominada simplesmente CAIXA, por intermédio da sua Gerência de Filial de Licitações e Contratações no Rio de Janeiro - RJ – GILIC/RJ, representada por Pregoeiro designado mediante portaria, leva ao conhecimento dos interessados que realizará licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO do tipo MENOR PREÇO cuja sessão pública será realizada na Internet, objetivando a contratação de empresa para a prestação dos serviços descritos no item 1 abaixo, esclarecendo que a presente licitação e conseqüente contratação serão regidas pela Lei 10.520, de 17/07/02, pelo Decreto 3.555, de 08/08/2000, pelo Decreto nº. 5.450/2005, de 31/05/2005, pela Lei nº. 8.666, de 21/06/1993, e as respectivas alterações, e pela IN nº. 05 de 21/07/95, do MARE, IN SRP N° 03, de 14.07.2005 e suas alterações, bem como pelas disposições fixadas neste Edital e Anexos. O CREDENCIAMENTO para este Pregão deverá ser efetuado até às 23h:59m do dia 10/07/2006, horário de Brasília/DF, exclusivamente por meio eletrônico, conforme formulário disponibilizado no Portal de Compras CAIXA, no endereço eletrônico www.caixa.gov.br, menu Sites Especiais, selecionar Portal de Compras CAIXA, confirmar com o botão “ok”, escolher no quadro Navegar por a opção CAIXA – Pregão Eletrônico, item Editais. As PROPOSTAS COMERCIAIS serão recebidas até às 10:00 horas do dia 13/072006, horário de Brasília/DF, exclusivamente por meio eletrônico, conforme formulário disponibilizado no Portal de Compras CAIXA, no endereço eletrônico www.caixa.gov.br, menu Sites Especiais, selecionar Portal de Compras CAIXA, confirmar com o botão “ok”, escolher no quadro Navegar por a opção CAIXA – Pregão Eletrônico, item Propostas. A sessão pública na Internet, para RECEBIMENTO DOS LANCES, estará aberta das 13:00 às 14:00 horas do dia 13/07/2006, horário de Brasília/DF, no mesmo Portal de Compras CAIXA, no endereço eletrônico www.caixa.gov.br, menu Sites Especiais, selecionar Portal de Compras CAIXA, confirmar com o botão “ok”, escolher no quadro Navegar por, na opção CAIXA – Pregão Eletrônico, no item Lances, após o que será estabelecido o horário randômico, com intervalo de tempo de até 30 (trinta) minutos, onde o término da sessão será aleatoriamente determinado pelo sistema eletrônico. A IMPUGNAÇÃO ao Edital deste Pregão poderá ser apresentada até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para abertura da sessão pública, até às 16 horas do dia 10/07/2006, exclusivamente por meio eletrônico, conforme formulário disponibilizado no Portal de Compras CAIXA, no endereço eletrônico www.caixa.gov.br, menu Sites Especiais, selecionar Portal de Compras CAIXA, confirmar com o botão “ok”, escolher no quadro Navegar por a opção CAIXA – Pregão Eletrônico, no item Editais, opção “Impugnar Edital”. Os PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS poderão ser feitos até 03 (três) dias úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão pública, até às 16:00 horas, exclusivamente por meio eletrônico, conforme formulário disponibilizado no Portal de Compras CAIXA no endereço eletrônico www.caixa.gov.br, menu Sites Especiais, selecionar Portal de Compras CAIXA, confirmar com o botão “ok”, escolher no quadro Navegar por, na opção CAIXA – Pregão Eletrônico, no item Editais, selecionar o link (?) na coluna FAQ. 1 1.1 DO OBJETO Contratação de empresa para a prestação de serviços de atendimento local e suporte operacional aos Postos de Atendimento Bancário – PAE, da CAIXA, instalados em todo o País, tudo em conformidade com as disposições deste Edital e de seus Anexos, que o integram e complementam, conforme a seguir:

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 2

• Anexo I - TERMO DE REFERÊNCIA - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRIGATÓRIAS. • Anexo II - CONCEITOS • Anexo III - DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES DA CONTRATADA • Anexo III A - ATENDIMENTO OPERACIONAL • Anexo III B - ATENDIMENTO LOGÍSTICO • Anexo III C - ATENDIMENTO EVENTUAL • Anexo IV - CARACTERÍSTICAS E PADRÕES PARA USO NA CONFECÇÃO OU CONFERÊNCIA DA INFRA-ESTRUTURA DE INSTALAÇÃO DA SOLUÇÃO PAE. • Anexo V - ATESTE DO SERVIÇO DE RESTAURAÇÃO • Anexo VI - GUIA DE TRANSPORTE DE MATERIAIS • Anexo VII - RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO (VERIFICAÇÕES MÍNIMAS) • Anexo VIII - ROTINA DE DIAGNÓSTICO • Anexo IX - PADRÃO PARA SINALIZAÇÃO DE PONTO INOPERANTE • Anexo X - RELATÓRIO DE VISTORIA • Anexo XI – ROTINA DE ATESTES E PAGAMENTOS • Anexo XII - PRAZOS PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES E PENALIDADES APLICAVEIS NO DESCUMPRIMENTO • Anexo XIII - ESTIMATIVA DE CUSTOS • Anexo XIV - ESTIMATIVA DE QUANTIDADES DE SERVIÇOS • Anexo XV - MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL • Anexo XV A - TABELA DE APURAÇÂO DE VALORES POR ATIVIDADE • Anexo XV B - TABELA DE APURAÇÂO DO VALOR MÉDIO DO FRETE • Anexo XVI - PADRÃO DE RELATÓRIO PARA ATENDIMENTOS LOGÍSTICOS • Anexo XVII - RELAÇÃO DOS POSTOS DE ATENDIMENTO ELETRÔNICOS – POSIÇÃO DE MAIO/2006 • Anexo XVIII - CRONOGRAMA DE INTERNALIZAÇÃO • Anexo XIX - MINUTA DE CONTRATO • Anexo XX - PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS 1.2 A prestação dos serviços consiste em: Atendimento Operacional: acompanhamento de chamados técnicos, atendimento a sinistros, limpeza, pronto atendimento, reposição de consumíveis, vistorias e visitas programadas de segurança. Atendimento Logístico: armazenagem de itens da solução; instalações, remanejamentos e desinstalações da infra-estrutura para funcionamento dos equipamentos e itens de sinalização; manutenção infra-estrutura elétrica e lógica e revisão de infra-estrutura por sinistro/vandalismo; recolhimento da solução PAE ou de itens desta; assunção de ponto; transporte e embalagem de equipamentos, carenagens e itens de sinalização, e atendimentos a eventos e feiras Atendimento Eventual ou especial: atualização de itens de sinalização; atualização de componentes de software, hardware e carenagens; pequenas adequações de infraestrutura. As especificações do objeto, a quantidade total estimada, os locais de prestação dos serviços e a forma de execução do contrato constam do Termo de Referência – Anexo I e demais Anexos deste Edital. Os serviços serão executados em todas as localidades em que a CAIXA decidir disponibilizar novos pontos de atendimento aos clientes com uso de PAE, em qualquer localidade do

1.2.1

1.2.2

1.2.3

1.3

1.4

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 3

território nacional , sendo que os pontos a serem assumidos estão discriminados no Anexo XVII – Relação dos Postos de Atendimento Eletrônicos - POSIÇÃO DE MAIO/2006. 2 2.1 2.1.1 DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO Poderão participar deste PREGÃO as empresas que estiverem cadastradas e habilitadas no SICAF e que atenderem a todas as exigências constantes deste edital. As empresas interessadas e que não estiverem cadastradas e nem habilitadas parcialmente no SICAF, deverão providenciar, com antecedência, tanto o cadastramento como a habilitação parcial em qualquer Unidade cadastradora do Sistema. Os documentos exigidos, bem como os procedimentos e as instruções de preenchimento dos formulários para efetuar o registro no Sistema constam no manual do SICAF, que poderá ser obtido por meio da Rede internet, no endereço www.comprasnet.gov.br, onde devem ser acessadas as seguintes opções: “Publicações”, “Manuais” e “Manual de Cadastramento de Fornecedores – SICAF”. Não será admitida nesta licitação a participação de empresas: que não estejam cadastradas e habilitadas no SICAF – Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores; concordatárias ou em processo de falência, sob concurso de credores, que estejam em recuperação judicial, em dissolução, ou em liquidação; que estejam com o direito de licitar e contratar com a CAIXA suspenso, ou que tenham sido declaradas inidôneas pela Administração Pública, no âmbito Federal, Estadual ou Municipal; que estejam reunidas em consórcio, sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si. DA CERTIFICAÇÃO E DO CREDENCIAMENTO Para a participação nesta licitação é necessário que a empresa atenda a todas as exigências constantes deste Edital e seus Anexos, providencie a sua certificação e seu credenciamento, bem como o cadastramento e habilitação parcial no SICAF – Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores. De início, a empresa deve providenciar seu cadastramento no site da CAIXA, caso esse ainda não tenha sido efetuado, acessando o endereço ELETRÔNICO www.caixa.gov.br, menu principal Licitações e Fornecedores, escolhendo o quadro Navegue Por, na opção Fornecedores, no item Cadastre-se, onde deverá informar todos os dados solicitados. Após essa providência, a empresa receberá, via e-M@il, o código de acesso para ser combinado com a senha temporária. Só a combinação da senha temporária com o código de acesso permitirá o cadastramento da senha definitiva, pessoal e intransferível, para fins de navegação no Sistema. A mesma senha usada no cadastramento do fornecedor poderá ser confirmada como a senha definitiva para uso no site. De posse da senha, a empresa deverá providenciar sua Certificação para participação nos Pregões Eletrônicos da CAIXA. Para tanto, deve acessar novamente o Portal de Compras CAIXA, no endereço eletrônico www.caixa.gov.br, menu principal menu Sites Especiais, selecionar Portal de Compras CAIXA, confirmar com o botão “ok”, escolher no quadro Navegar por, na opção CAIXA – Pregão Eletrônico, no item Certifique-se, obter o modelo de Procuração, necessária à certificação da empresa, conforme ali disponibilizado, bem como providenciar o preenchimento de informações complementares solicitadas na página.

2.1.2

2.2 2.2.1 2.2.2 2.2.3

2.2.4 3 3.1

3.2

3.2.1

3.2.2

caixa.2.4. 3. devendo a empresa credenciar-se todas as vezes que tiver interesse em participar de um pregão eletrônico realizado pela CAIXA. no qual estejam expressos seus poderes para exercer direitos e assumir obrigações em decorrência de tal investidura. menu Sites Especiais. escolher no quadro Navegar por escolher a opção CAIXA – Compras Diretas/Alteração de Cadastro/Esqueci minha Senha. As empresas cadastradas no Portal de Compras CAIXA e que já possuem a senha de acesso.5 3.2.1 Após esse prazo não mais será admitido o credenciamento para a participação neste Pregão Eletrônico.1 e seguintes. Em seguida adotar os procedimentos descritos nos subitens 3.gov. devem adotar os procedimentos descritos nos subitens 3.2.1 Referida procuração deve ser elaborada por meio de instrumento público ou particular com firma reconhecida e deve ser acompanhada de documento comprobatório da capacidade do outorgante para constituir mandatários. que.4 3. As empresas cadastradas no Portal de Compras CAIXA. 3. confirmar com o botão “ok”. do respectivo Estatuto ou Contrato Social. selecionar Portal de Compras CAIXA. mas não providenciaram a certificação. 3. escolher no quadro Navegar por.2. no endereço eletrônico www. no Portal de Compras CAIXA. “específico para este pregão”. devem acessar o Portal de Compras CAIXA.2. que não possuem senha de acesso ou a esqueceram. conforme informado no preâmbulo deste Edital. menu Sites Especiais.4. conforme o caso.2. a comparecer a uma das Agências da CAIXA ou Gerências de Filiais de Licitações e Contratações – GILIC (endereços disponíveis no Portal de Compras CAIXA.2. ou cópia acompanhada dos originais.3 Após digitar seus dados no Portal de Compras CAIXA. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico. deverá apresentar cópia autenticada. na opção CAIXA Pregão Eletrônico. Após essa etapa a empresa deverá providenciar o Credenciamento.2. 3. até às 23h:59m do dia 10/07/2006. no item Editais/Abrangência Nacional (OK)/Selecionar o Pregão nº 038/7031-2006/Edital/ Credenciamento.caixa. menu Sites Especiais. 3. A validação do credenciamento dar-se-á quando a empresa informar o seu CNPJ.gov.br. no endereço eletrônico www. via e-M@il.2. o fornecedor será convocado. identificado com a Carteira de Identidade ou documento equivalente. e interessadas em participar do presente certame.2 O credenciamento tem sua validade restrita a um único Pregão Eletrônico.2.2. selecionar Portal de Compras CAIXA.7 . escolher no quadro Navegar por.caixa.2 Sendo proprietário da empresa. dirigente ou assemelhado. digitar uma Nova Senha Provisória e enviar. no endereço eletrônico www. senha de acesso e receber e-M@il confirmando o credenciamento. selecionar Portal de Compras CAIXA.gov.6 Os procedimentos para cadastramento.br.caixa. O representante legal da empresa. para efetivar a sua certificação.2.2.gov.2. no item Orientações/Certificação).br.2.2. munido dos documentos mencionados nos subitens 3. sócio. citados no subitem 3. devem ser adotados apenas pelas empresas não cadastradas no Portal de Compras CAIXA. 3. após verificar a autenticidade dos documentos e das informações prestadas efetuará a certificação da empresa interessada. no endereço eletrônico www. confirmar com o botão “ok”.2.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.br. 4 3.2 e seguintes.1 ou 3.2.2. confirmar com o botão “ok”. deverá se apresentar ao Gerente Empresarial da Agência ou Gerente de Serviços de Licitações da GILIC.

retomando o Pregoeiro.2 4.4.4 4 4. e no próprio endereço eletrônico onde ocorria a sessão pública. DO SISTEMA ELETRÔNICO A licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico. serão apresentadas as seguintes opções ao fornecedor: Visualizar. sendo que o Credenciamento é específico para cada Pregão Eletrônico. Ao clicar no “link” EDITAIS.. possibilitando a visualização dos dados dos itens licitados e do Edital. na lista de pregões eletrônicos. devem adotar os procedimentos para participação no presente certame a partir do subitem 3. sem prejuízo dos atos realizados. Solicitar o cancelamento da chave de identificação ou da senha de acesso por interesse próprio.3 4. ainda que por terceiros. conforme subitem 3. por meio do Help Desk – 0800 5741041 .4.4.1 4. o sistema eletrônico permanecerá acessível às licitantes para recepção dos lances. Impugnar. Edital e Retificação de Edital (caso o Edital tenha sido modificado).8 As empresas cadastradas no Portal de Compras CAIXA e que já providenciaram a certificação. Credenciar.3 4.2. quando possível. o certame será suspenso e retomado somente após a comunicação via e-M@il aos participantes. Quando a desconexão do Pregoeiro persistir por tempo superior a 10 minutos.1 4. ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão. inclusive no que tange aos subitens supra. O fornecedor pode credenciar-se clicando no “link” EDITAIS.2.. O link “Visualizar Edital” permite a leitura do edital. assumindo como firmes e verdadeiras sua proposta e seus lances. 5 3. No caso de desconexão apenas do Pregoeiro. O “link” EDITAIS permite que os visitantes acessem todos os pregões eletrônicos na fase de Credenciamento. a sessão do pregão será suspensa e reiniciada somente após comunicação via e-M@il aos participantes.2.3 3. para imediato bloqueio de acesso. Caberá à licitante: Acompanhar as operações no sistema eletrônico durante o processo licitatório.1 4.”).2 4. incluindo qualquer transação efetuada diretamente ou por seu representante.3. 3.qualquer acontecimento que possa comprometer o sigilo ou a inviabilidade do uso da senha.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. impressão e/ou baixa do arquivo (clicar com o botão direito do mouse sobre o link “Visualizar Edital” e escolher a opção “Salvar destino como.4 4. sua atuação no certame. O uso da senha de acesso pela licitante é de sua responsabilidade exclusiva. no decorrer da etapa competitiva do pregão.5 . Se o Sistema do Pregão Eletrônico CAIXA ficar inacessível por problemas operacionais exclusivamente do Sistema CAIXA. Comunicar imediatamente à CAIXA. não cabendo à CAIXA responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha. A Certificação é válida por 12 (doze) meses e possibilitará a participação em todos os Pregões Eletrônicos da CAIXA.2.4. com a desconexão de todos os participantes no decorrer da etapa competitiva do pregão.

menu Sites Especiais.gov. 5. observadas as orientações contidas no mencionado endereço.gov. DA PROPOSTA COMERCIAL Para ter acesso a essa etapa do processo o fornecedor deverá.3. devem.6 O credenciamento junto à CAIXA implica a responsabilidade legal da licitante e a presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao pregão na forma eletrônica. com tamanho limitado a 8Mb (oito megabytes).3 5. Juntamente com a Proposta de Preço deve ser encaminhada a Proposta Comercial (Anexo XV).3.1 Todos os campos e partes da Proposta Comercial (Anexo XV).caixa. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico. devendo ser utilizado. ser preenchidos pela proponente e anexados em arquivo único no Portal de Compras CAIXA.1.3.7855.III. 5. ao anexar o arquivo. selecionar Portal de Compras CAIXA.2006. obrigatoriamente. deve ser enviada eletronicamente.000001 5.br. obrigatoriamente.UUUU. será apresentado o Número do Registro (que também será enviado no eM@il de confirmação da proposta) e servirá como comprovante de que a proposta foi registrada. Assim que a proposta for confirmada com sucesso. devendo todos os campos do formulário disponibilizado serem preenchidos. Nessa etapa serão visualizados os pregões eletrônicos que estão em fase de recebimento de propostas.caixa. CCCCC.1 Formato: CCCCC. 6 4. sob pena de desclassificação consoante o disposto no subitem 6. no endereço eletrônico www. contendo todas as informações necessárias. confirmar com o botão “ok”. no menu principal sob o título Licitações e Fornecedores.2 A Proposta de Preço (valor a ser digitado após anexação da Proposta Comercial – Anexo XV do Edital) – correspondente ao PREÇO GLOBAL para a prestação do serviço. A Proposta Comercial (Anexo XV) deve ser anexada antes do preenchimento dos valores referentes à proposta de preço.br. O licitante descredenciado no SICAF terá sua chave de identificação e senha suspensas.1 5.4 deste Edital. escolher no quadro Navegar por.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. A Proposta Comercial (Anexo XV) deve ser apresentada em arquivo único. Segue abaixo o detalhamento do número do registro: 4. ter cumprido as etapas anteriores. através da opção “Anexar Proposta Comercial”. 5. caso contrário. em eventuais recursos ou questionamentos. até o dia e hora e no endereço ELETRÔNICO indicados no preâmbulo deste Edital. no item Propostas/Abrangência Nacional (OK)/Selecionar o Pregão nº 038/7031-2006/Enviar Proposta. os valores digitados serão perdidos e deverão ser digitados novamente.7 5 5. O valor global lançado na Proposta de Preço e na Proposta Comercial (Anexo XV) deverá ser coincidente.5 . escolhendo o quadro Navegar Por.Pregão Eletrônico. no endereço ELETRÔNICO www. deste Edital.2 5.NNNNNN Legenda: CCCCC = CCCCC = Nº do Pregão Eletrônico AAAA = Ano do Pregão Eletrônico UUUU = Unidade condutora do Pregão Eletrônico NNNNNN = Nº Seqüencial da proposta 00059.AAAA. contendo a referida proposta comercial. na opção CAIXA .3. sendo de exclusiva responsabilidade da licitante dimensionar e equacionar os componentes do preço ofertado. no item Propostas. obrigatoriamente.4 A Proposta Comercial (Anexo XV) deve ser anexada em arquivo único.

6. embalagens. contendo os seguintes elementos: Menção ao número do Edital.1 O PREÇO GLOBAL ofertado para os serviços constantes na Tabela no Anexo XV A. e todos os demais custos necessários ao perfeito cumprimento das obrigações objeto desta licitação.3. data e assinatura (com a devida identificação) por quem de direito. ressalvas. prevalecerá aquela que for recebida e registrada em primeiro lugar.6. 5. neles incluídas todas as despesas de qualquer natureza tais como frete. contados a partir da data limite fixada para recebimento das propostas. fará com que seja mantida rigorosamente a proporção entre os serviços nela contidos.5 5.6 5. taxas.br.2 Para apuração do Valor Médio do Frete deverá ser utilizada pelo licitante as Tabela de Apuração do Valor Médio do Frete . que poderá ser solicitada através do endereço gilicrj04@caixa.2 5. transportes.se responsabiliza pelas transações efetuadas em seu nome.6.3 5.3. sob as penas da lei. que: . os licitantes deverão utilizar a Tabela de Apuração de Valores por Atividades Anexo XV A (exemplos de uso e do formato de apuração constante no Anexo). . local.6. rasuras ou entrelinhas em suas partes essenciais.6. identificação da empresa. considerando as especificações e condições constantes deste edital e seus anexos. e-mail. assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances.6.1 Desta forma. 5. ainda que por terceiros.7 Prazo de validade da proposta: não inferior a 60 (sessenta) dias. números de telefone e fax. pelo prazo de 18 (dezoito) meses. inclusive os atos praticados diretamente ou por seu representante. encargos sociais e trabalhistas. conforme modelo (Anexo XV).5. 5.gov. CNPJ. expresso obrigatoriamente em moeda corrente nacional. Local.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.1 Caso a substituição da Proposta Comercial implique na alteração do preço inicialmente formulado. preço esse que deverá ser único e certo. impostos.6.1. 5.Anexo XV B. para efeito de classificação. e para fins de participação no Pregão Eletrônico n° 038/7031-2006.1 O valor médio encontrado nas Partes 1 e 2 da Tabela de Apuração do Valor Médio do Frete . por quem de direito.1 Apresentação da Proposta Comercial A Proposta Comercial deverá ser apresentada. não cabendo à CAIXA responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha.6. bairro.Anexo XV B. 5.3. data e nome do proponente.1 Até a abertura da sessão pública virtual do certame as licitantes poderão retirar ou substituir a proposta anteriormente apresentada.5. e com o uso dela simular livremente o PREÇO GLOBAL. servirá como referência para apuração do frete que deverá ser somado ao preço global apurado na Tabela de Apuração de Valores por Atividades (Anexo XV A) que corresponderá ao preço global final a ser ofertado. 5. endereço completo (rua. 5. No caso de Propostas com valores iguais.4 Declaração.1.6. deverá ser anexada nova Proposta Comercial (Anexo XV) e digitada a nova Proposta de Preço.6 5. na parte 1 da Proposta Comercial (Anexo XV) 5. sem emendas.3. cidade. seguros. PREÇO GLOBAL para a prestação dos serviços objeto desta licitação. 7 5.2. número.6. estado).

5 6.UUUU. oferecer propostas alternativas. quando então as licitantes poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico para o PREÇO GLOBAL (para 18 meses) dos serviços. 6. Será desclassificada a proposta que: não atender aos requisitos deste Edital. serão comunicados da sua desclassificação.AAAA.5.3 6. de valor correspondente ao preço global dos serviços.4 Concluído o exame preliminar das propostas. em eventuais recursos e/ou questionamentos. escolher no quadro Navegar por. Os licitantes cujas propostas estiverem em desacordo com este edital.1 6.3. com acompanhamento em tempo real por todos os participantes. inclusive com o oferecimento de redução sobre a de menor valor.1 CLASSIFICAÇÃO/JULGAMENTO DAS PROPOSTAS E SESSÃO PÚBLICA DOS LANCES No Portal de Compras CAIXA. apresentar preços excessivos ou manifestamente inexeqüíveis. 6. ofertar Proposta de Preços com valor diferente do preço informado na Proposta Comercial.1 serão considerados manifestamente inexeqüíveis os preços que não venham a ter demonstrada sua viabilidade para a perfeita execução do contrato.2.6 .3.3.gov.1 6. com o cumprimento pela contratada de todas as obrigações legais.gov. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico no link “intenções e recursos”. apresentar preço baseado em outras propostas.3.NNNNNN CCCCC = Nº. o Pregoeiro dará início à fase competitiva com o recebimento de lances.3 6.br.br e no dia e horário informados no preâmbulo deste Edital será iniciada a sessão pública do pregão na Internet.3. Assim que o lance for confirmado com sucesso.4 6. será apresentado o Número do Registro (que também será enviado no e-M@il de confirmação do lance) e servirá como comprovante de que o lance foi registrado.3.2 6. no endereço eletrônico e no dia e horário informados no preâmbulo deste Edital. confirmar com o botão “ok”. selecionar Portal de Compras CAIXA.5 6. no endereço eletrônico www. através de e-mail.2 6.caixa. Tais licitantes poderão fazer sua manifestação de intenção de recurso específico no Portal de Compras CAIXA.caixa. obrigatoriamente. devendo ser utilizado. excluídas aquelas consideradas desclassificadas.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. os licitantes classificados poderão encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico. ficando desta forma impedidos de participar da sessão de lances. A desclassificação das propostas será fundamentada e registrada no sistema. Aberta a etapa competitiva. sendo o licitante imediatamente informado do recebimento do seu lance e respectivo horário de registro e preço. no endereço eletrônico www. após divulgado o vencedor do certame. 8 6 6. do Pregão Eletrônico AAAA = Ano do Pregão Eletrônico 6. com a divulgação das propostas recebidas e em perfeita conformidade com os requisitos estabelecidos no edital. menu Sites Especiais. Segue abaixo o detalhamento do número do registro: Formato: Legenda: CCCCC.

8.3 6. vedada a identificação da detentora do lance. menu Sites Especiais. 6. Caso as licitantes selecionadas para a etapa competitiva não apresentem lances.1 6.1 O horário randômico objetiva tão somente disponibilizar tempo extraordinário aos interessados para que possam registrar seu último lance. Após o encerramento da etapa de lances.12 A desistência em apresentar lance eletrônico implicará a manutenção do último preço apresentado pela licitante. cujos valores resultantes serão os efetivos para cada tipo de serviço. para que seja obtido melhor preço para a CAIXA. a Tabela de Apuração do Valor Médio do Frete (Anexo XV B). será verificada a conformidade da proposta inicial de menor preço e o valor estimado para a contratação.7 UUUU = Unidade condutora do Pregão Eletrônico NNNNNN = Nº. escolher no quadro Navegar por. hipótese em que o Pregoeiro poderá negociar diretamente com a proponente visando obter preço melhor para a CAIXA.8.2 6.000010 A partir da abertura da sessão pública não caberá desistência das propostas ou dos lances registrados.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.8 6. 6.1.10 6. para efeito de ordenação das propostas. 6. juntamente com a Planilha de Composição de Preços (Anexo XX) a qual deverá refletir a composição dos insumos que compõem o preço do 6.2 Após o encerramento da etapa de lances. as licitantes serão informadas. Essa negociação será realizada no Portal de Compras CAIXA. devidamente adequadas ao preço do lance vencedor. do valor do menor lance registrado.10.10. Durante o transcurso da sessão pública. informando que o certame entrou em horário randômico e se encerrará a qualquer momento. As licitantes poderão oferecer lances sucessivos.1 O sistema emitirá aviso na página de Lances em Andamento. em horário aleatório escolhido pelo sistema. no endereço eletrônico www. sujeitando-se a licitante desistente às penalidades constantes no item 16 deste Edital.8.2006. a sessão pública de lances entrará em horário randômico.13 . em tempo real. confirmar com o botão “ok”. a licitante somente poderá oferecer lance inferior ao último por ela ofertado e registrado no sistema. Seqüencial do lance 00064. A licitante detentora do menor preço deverá encaminhar a Proposta Comercial (Anexo XV) com o respectivo PREÇO GLOBAL.11 6. no caso de lances de mesmo preço. pelo sistema eletrônico. 6. período esse que se encerrará automaticamente. prevalecerá aquele que for recebido e registrado em primeiro lugar.7076. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico/Editais/Abrangência Nacional (OK)/ Pregão 038/7031-2006 Negociação.br. não se configurando esse período em reabertura da etapa competitiva de lances. selecionar Portal de Compras CAIXA. com intervalo de até 30 minutos. definida no preâmbulo deste edital. observado o horário fixado e as seguintes condições: os lances a serem ofertados devem corresponder ao PREÇO GLOBAL(para 18 meses). contraproposta à licitante que tenha apresentado lance mais vantajoso. a Tabela de Apuração de Valores por Atividade (Anexo XV A).gov. 9 Exemplo: 6. o pregoeiro poderá encaminhar.9 6. salvo se por motivo justo.10. dos serviços. decorrente de fato superveniente e aceito pelo pregoeiro.caixa.

mediante despacho fundamentado. como condição para assinatura do contrato.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.16. 7 7. Eventuais discrepâncias entre percentuais/valores informados na Planilha (Anexo XX) e aqueles decorrentes da legislação específica ou convenções coletivas vigentes serão tomadas como erro formal. o Pregoeiro examinará a proposta ou lance subseqüente. verificando sua aceitabilidade e procedendo à sua habilitação. devendo a licitante efetuar as alterações que julgar necessárias.1 Nesse caso. inclusive encargos trabalhistas. No julgamento da habilitação. desde que não se configure a corrosão da exeqüibilidade da proposta. a Planilha de Composição de Preço.3 7. não podendo a empresa contratada alegar posteriormente desconhecimento de fatos ou erros no preenchimento da Planilha. portanto. no prazo máximo de até 03 (três) dias úteis. sendo. o prazo de validade das propostas será contado a partir da nova data fixada para a apresentação. o pregoeiro poderá sanar os erros ou falhas que não alterem a substância dos documentos habilitatórios e a sua validade jurídica. O fato de a empresa não ser apenada pelos erros em sua Planilha não implica a aceitação dos valores nela contidos. sociais e tributos incidentes. se a diferença puder ser absorvida pelos demais itens da Planilha. se a proposta ou o lance de menor preço não for aceitável ou se a licitante não atender às exigências de habilitação. escoimada(s) da(s) causa(s) da desclassificação. contados da data de disponibilização da Ata da Sessão do Pregão no Portal de Compras. de modo que eventuais prejuízos serão suportados pela proponente. na ordem de classificação. 10 lance vencedor. já que a Planilha tem caráter informativo. os efeitos financeiros negativos decorrentes dessa desconsideração terão que ser absorvidos pelos demais itens da Planilha. conforme modelo do Anexo XX.16 6. não caberá negociação futura envolvendo tais componentes. 6.4 7. 6. como fundamento para solicitar reeqüilíbrio econômicofinanceiro da proposta/contrato. como conseqüência.1 deste Edital. e assim sucessivamente até a apuração de uma proposta que atenda a todas as exigências.2 7.1.5 . Se todas as propostas forem desclassificadas. de exclusiva responsabilidade da licitante dimensionar e equacionar os componentes do preço ofertado. não implicando na desclassificação sumária da proponente. que continua obrigada a cumprir a legislação vigente e as normas aplicáveis. desde que a proposta continue exeqüível. servindo para demonstrar possíveis variações de custos/insumos no curso da execução contratual e será utilizada como base em eventuais repactuações ou revisões de preços.3. sendo o respectivo licitante declarado vencedor e a ele adjudicado o objeto da licitação definido neste Edital e seus Anexos.1 DA PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS A licitante vencedora deverá obrigatoriamente apresentar. no mesmo prazo estabelecido para a entrega da documentação complementar. atribuindo-lhes validade e eficácia para fins de habilitação.15 6. na forma do subitem 8. registrado em ata e acessível a todos os participantes.3 e 8. 7. o Pregoeiro poderá fixar às licitantes o prazo de 08 (oito) dias úteis para a apresentação de novas propostas.14 Verificada a documentação pertinente. O Anexo XX servirá apenas como modelo. tudo devidamente preenchido e assinado por quem de direito. Os itens da Planilha em branco ou declarados com valor zero serão desconsiderados como elemento de formação dos custos e.

1 A habilitação jurídica.1 7. 11 7.40 (hum milhão e oitocentos e setenta e um mil e duzentos e vinte e três reais e quarenta centavos) 8.2 8 8.1. 8. ou b) publicado em jornal. comprovados por meio de consulta ao SICAF. através de Balanço patrimonial e Demonstrações Contábeis do último exercício social. visando ao reeqüilíbrio econômico-financeiro. relativos à boa situação financeira da empresa.1 A comprovação do cadastro e habilitação parcial no SICAF. que demonstrem a boa situação financeira da empresa.6.871. de forma a comprovar sua exeqüibilidade. a licitante assume inteira responsabilidade pelos itens de composição do preço e seus valores. 8. LC – Liquidez Corrente.2. 7º da Constituição Federal. ou autenticada na Junta Comercial da sede ou domicílio da licitante.6 Na análise da Planilha de Composição de Preços.2. qualificação econômico-financeira. vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios. . detalhando a forma como foram calculados os custos. a licitante poderá ser convocada para apresentar Nota Explicativa. para todos os efeitos.6. o Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis assim apresentadas: a) publicado em Diário Oficial. deverá comprovar. mediante consulta “on line” no referido sistema. A aceitação da Nota Explicativa ficará condicionada à análise pelo pregoeiro e Equipe de Apoio. regularidade fiscal. dar-se-á mediante verificação da validade dos documentos necessários. sobre a qual decidirá motivadamente. 8. cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. não podendo alegar provisão deficitária ou omissão.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.223.1. Uma vez aceita a Nota Explicativa pelo pregoeiro. quando forem detectados valores irrisórios e/ou incompatíveis com as práticas de mercado. caso seja contratada. logo após o encerramento dos lances. ou outro órgão equivalente inclusive com os Termos de Abertura e Encerramento. DA DOCUMENTAÇÃO PARA FINS DE HABILITAÇÃO Para fins de habilitação ao certame.1. qualificação técnica.1.1 São considerados aceitos na forma da lei. por ocasião da consulta ao SICAF.2 A empresa que apresentar resultado menor que 01 (um) em qualquer dos índices relativos à boa situação financeira.1.2 A qualificação econômico-financeira será comprovada por meio dos índices econômicos (LG – Liquidez Geral.1. as licitantes terão de satisfazer os requisitos relativos a: habilitação jurídica.1 8. regularidade fiscal e qualificação econômico-financeira serão comprovadas mediante cadastro e habilitação parcial no SICAF. 7. ou d) por cópia ou fotocópia do Livro Diário devidamente autenticada na junta Comercial da sede ou domicílio da licitante.2. SG – Solvência Geral). comprovando possuir a licitante patrimônio líquido não inferior a R$ 1. ou c) por cópia ou fotocópia registrada. já exigíveis e apresentados na forma da lei.

após o encerramento dos lances. condições e exigências para a execução do contrato.1 8. no prazo de até 02 (duas) horas.1. podendo ser apresentados no original.caixa. no item ‘Editais’. escolher no quadro Navegar por.3.3. gilicrj04@caixa.2 8. no prazo de até 3 dias úteis. O Balanço Patrimonial a que se refere o subitem 8. a Tabela de Apuração do Valor Médio do Frete (Anexo XV B) e a Planilha de Composição de Preços (Anexo XX) deverão ser enviadas via email.2 A prestação de serviços de atendimento local. quantidades e prazos das atividades executadas ou em execução pela licitante. que tem pleno conhecimento de todas as informações. O(s) atestado(s)/certidão(ões)/declaração(ões). de equipamentos e infra-estrutura em conformidade com as normas de acessibilidade da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. citada no subitem 8.2 . a partir dos 14 anos. Municipal e do Distrito Federal. inexiste fato superveniente impeditivo de sua habilitação e que não possui em seu quadro menor de 18 anos de idade em trabalho noturno. 12 8.2 . O número do fax para encaminhamento dos documentos citados acima será informado ao licitante vencedor. no endereço Avenida Rio Branco.br. Os documentos exigidos neste Edital e encaminhados por fax e por email .3 A qualificação técnica será comprovada mediante: Apresentação de atestado(s)/certidão(ões)/declaração(ões) fornecido(s) por pessoa(s) jurídica(s) de direito público ou privado.1. a partir da disponibilização da Ata da Sessão do Pregão no Portal de Compras CAIXA. salvo na condição de aprendiz.3. menu Sites Especiais. ou publicação em órgão da imprensa oficial.3 do Edital.br.1. 8. contendo a identificação do signatário deve(m) ser apresentado(s) em papel timbrado da pessoa jurídica emissora e deve(m) indicar as características. A Tabela de Apuração de Valores por Atividade(Anexo XV A). imediatamente após o término dos lances.3.1.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. no campo específico no Portal de Compras CAIXA. a declaração de que a empresa atende às exigências de habilitação previstas no Edital. a Proposta Comercial (Anexo XV) e a documentação relativa à qualificação técnica. perigoso ou insalubre. e 8. suporte logístico operacional e instalação de pelo menos 300 (trezentos) terminais bancários ou equipamentos assemelhados de informática. selecionar Portal de Compras CAIXA.1. ou por cópia autenticada por tabelião.1. em cumprimento ao disposto no inciso V do art. 27 da Lei nº.1 8.3. via e-mail. em qualquer quantidade.1.3 8. sob pena de inabilitação. 8. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico. deverão ser encaminhados por meio de fax.1 Instalações.1 8.3.2. Quando do credenciamento a licitante deverá confirmar. de forma satisfatória: 8.1.1.3. conforme ANEXO XVIII CRONOGRAMA DE INTERNALIZAÇÕES.1. nem menor de 16 anos de idade em qualquer trabalho. que não se encontra declarada inidônea para licitar ou contratar com órgãos da Administração Pública Federal.3.gov.666/93. no endereço eletrônico www. confirmar com o botão “ok”. distribuídos por no mínimo 50 % (cinqüenta por cento) das unidades da federação alcançados pela rede de PAE da CAIXA. 174 – 27º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ.gov. comprovando ter a licitante desempenhado.2 8. a contar da solicitação do Pregoeiro. Estadual. deverão ser entregues ao Pregoeiro na GILIC/RJ. ou cópia acompanhada do original para conferência pelo Pregoeiro.1. no prazo estabelecido no subitem 8.

ou que tenha sido declarada inidônea para licitar ou contratar com a Administração Pública. No julgamento da habilitação. Se a licitante desatender às exigências do item 8 ou se enquadrar nas hipóteses do subitem 9. Municipal ou do Distrito Federal. 9.3.1 DO JULGAMENTO DA HABILITAÇÃO Encerrada a fase de lances.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. registrado em ata e acessível a todos os participantes. efetuada no aludido Sistema. na forma do subitem 8. Não será habilitada a empresa que: esteja com o próprio cadastro no SICAF vencido. o pregoeiro verificará o atendimento das condições de habilitação da licitante vencedora. esteja com algum documento vencido no SICAF. É assegurado à licitante que esteja com algum documento vencido no SICAF o direito de encaminhar a documentação atualizada.3 9. desde que devidamente registrada a síntese de suas razões no formulário eletrônico disponibilizado no Portal de Compras CAIXA. . no endereço eletrônico www. apresentá-la incompleta ou em desacordo com as disposições deste Edital.3. facultando-se às demais licitantes a oportunidade de apresentar contra-razões em igual número de dias. confirmar com o botão “ok”.1 À recorrente que tiver sua manifestação de intenção de recurso aceita pelo Pregoeiro será concedido o prazo de 03 (três) dias úteis para apresentar razões de recurso.1. deixe de apresentar a documentação solicitada. será declarado o vencedor da licitação. não contemplada no SICAF.1 9.1 9. até que uma licitante atenda plenamente às exigências do edital.1. DOS RECURSOS Findo o prazo para envio dos lances e após a divulgação da(s) licitante(s) vencedora(s) deste PREGÃO ELETRÔNICO. mediante consulta “on line” no SICAF e verificação da documentação complementar. Estadual. 13 9 9.1 acima.3.3 9. por ocasião da consulta sobre a situação do fornecedor. será inabilitada e o Pregoeiro examinará as condições de habilitação das demais proponentes. sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos do processo. escolher no quadro Navegar por.1 10. no prazo estabelecido no sistema. no âmbito Federal.3.4 9.4 9. selecionar Portal de Compras CAIXA. link ‘Intenções e Recursos/Abrangência Nacional (OK)/ Pregão 038/7031-2006/Intenção de Recurso/Nova Intenção’. o Pregoeiro poderá sanar erros ou falhas que não alterem a substância dos documentos habilitatórios e sua validade jurídica. caso não tenha sido exercida a faculdade prevista no subitem 9. possua registro de ocorrência que a impeça de licitar e contratar com a CAIXA.2 9.5 10 10. mediante despacho fundamentado. na ordem de classificação e assim sucessivamente.2 9. mediante efetivo registro no próprio SICAF. qualquer licitante poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer. que começarão a correr do término do prazo da recorrente.3. atribuindo-lhes validade e eficácia para fins de habilitação. menu Sites Especiais.3 deste Edital. juntamente com a documentação complementar.1.caixa. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico.br. iniciando-se a contagem do prazo para a intenção de recursos. Constatado o atendimento pleno às exigências editalícias.gov.

A Contratada deve estar apta a assumir as atividades de assunção dos pontos em no máximo 15 dias após a data de assinatura do contrato.2 A falta de manifestação imediata e motivada da licitante importará a decadência do direito de recurso.3 Os Recursos e Contra-razões redigidos pelas licitantes deverão ser copiados e colados no campo específico no link ‘Intenções e Recursos’.3 11.br. DA HOMOLOGAÇÃO E CONTRATAÇÃO À vista do relatório do Pregoeiro.3. sem prejuízo da aplicação das sanções cabíveis. poderá ser procedida nova classificação.1. 14 10. ficando o pregoeiro autorizado a adjudicar o objeto ao licitante declarado vencedor.gov.2 11.4 10. a contar da data de sua convocação pela CAIXA. e assim sucessivamente. A contratação formalizar-se-á mediante a assinatura de instrumento particular. e constatada a regularidade dos atos procedimentais.1 Para as demais atividades e serviços o prazo para início será de 30 dias. selecionar Portal de Compras CAIXA.5 11 11.4 Quando a adjudicatária não assinar o contrato no prazo e condições estabelecidas.2 Os recursos e contra-razões somente poderão ser encaminhados por meio eletrônico. para fins de homologação da adjudicação. jurídica.4 acima. em conformidade com o disposto no subitem 11. confirmar com o botão “ok”. o resultado da licitação será submetido à consideração da autoridade competente da CAIXA. 10. a autoridade competente adjudicará o objeto à licitante vencedora. se tiver a CAIXA conhecimento de fato ou circunstância superveniente que desabone sua regularidade fiscal. Decidido(s) o(s) recurso(s). na ordem de classificação.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. a CAIXA convocará os licitantes em ordem remanescente. sujeitando-a às penalidades previstas no item 16 deste Edital. no endereço citado no subitem 10. .6. no endereço eletrônico www.1 11. escolher no quadro Navegar por. 11. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico link Intenções e Recursos/Abrangência Nacional (OK)/ Pregão 038/7031-2006/Razões ou Contra – razões/Novo Recurso ou Empresa Recorrente – Registrar Contra razão e de acordo com as orientações previstas no Portal de Compras CAIXA. 10.5 11. A assinatura do contrato pela adjudicatária dar-se-á no prazo de até 05 (cinco) dias úteis. hipótese em que o Pregoeiro poderá negociar diretamente com o proponente para obtenção de um preço melhor para a CAIXA. 11. Poderá a licitante ser desclassificada até a contratação.caixa. qualificação técnica e/ou econômico-financeira. por meio de comunicação por e-M@il. na opção Orientações.3 10. conforme a minuta do Contrato que integra este Ato convocatório (Anexo XIX). O acolhimento de recurso importará na invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento. A decisão em grau de recurso será definitiva e dela dar-se-á conhecimento aos interessados. efetuando-se a convocação das licitantes remanescentes.1. 10. Neste caso.1. observadas as cláusulas e condições deste Edital e da proposta vencedora. no Portal de Compras CAIXA.1 A recusa injustificada da adjudicatária em assinar o contrato dentro do prazo estabelecido caracterizará o descumprimento total da obrigação assumida.6 11. menu Sites Especiais.

subitem 9. como devedor solidário. 14. calculada proporcionalmente. a critério da CAIXA e concordância da contratada. o comprovante de uma das modalidades abaixo: 13 13. 8.3 fiança bancária. efetuada junto a uma Agência da CAIXA.2 seguro garantia. em até 10 (dez) dias corridos contados da assinatura do contrato. a contar da data do depósito. até o limite permitido na Lei nº. como condição para sua eficácia. quando for o caso.1. c) renúncia expressa da Seguradora ao item 9. podendo ser prorrogado. independentemente de interpelação judicial.1.1 DA VIGÊNCIA DO CONTRATO O contrato a ser firmado terá duração de 18 (dezoito) meses. b) expressa afirmação da Seguradora de que como devedora solidária.1. b) expressa afirmação do fiador de que. devendo ser tempestivamente renovada. em que o depósito tem como beneficiário a CAIXA. contendo: a) prazo de validade.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 14.1 caução em dinheiro. devendo ser realizada exclusivamente na operação 008. tão-somente.1 Não é aceito o seguro que não atender aos requisitos estabelecidos nas letras "a". sujeitando-se aos preceitos de direito público e aplicando-se. 14. “c” e “d” acima. por períodos iguais ou inferiores. cuja minuta (Anexo XIX) integra o presente Edital para todos os fins e efeitos de direito. caso o afiançado não cumpra suas obrigações. a atualização correspondente ao índice de variação do rendimento da caderneta de poupança para o 1º dia de cada mês.1 14 14. obrigações e responsabilidades das partes. acrescido de mais 30 dias. caso o assegurado não cumpra suas obrigações. de acordo com o previsto no subitem 14. 14. se estendida ou prorrogada sua vigência.1. os princípios da teoria geral dos contratos e as disposições de direito privado. DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS O contrato a ser firmado.5. e d) cláusula que assegure a atualização do valor assegurado.1. que deve corresponder ao período de vigência do contrato. acrescido de mais 30 dias. 15 12 12. até o seu efetivo levantamento. para o período de 18 (dezoito) meses. bem como os direitos. equivalente a 5% (cinco por cento) do valor global contratado. "b".2. fará o pagamento à CAIXA. DA GARANTIA O vencedor da licitação prestará garantia de execução do contrato.666/93.2 das Condições Gerais da CIRCULAR SUSEP Nº 232/2003 de 03 de junho de 2003. regulamentará as condições de sua execução. . contendo: a) prazo de validade. supletivamente. excluídos os juros. devendo apresentar à CAIXA.1.1 Sobre a caução prestada em dinheiro incide. tudo em conformidade com os termos desta licitação e da proposta vencedora. que deve corresponder ao período de vigência do contrato. independentemente de interpelação judicial.1 14. devendo ser tempestivamente renovada se estendida ou prorrogada essa vigência. fará o pagamento à CAIXA. contados da data de sua assinatura.

mediante crédito em conta corrente mantida pela contratada. 16 c) renúncia expressa do fiador ao benefício de ordem e aos direitos previstos nos artigos 827 e 838 do Novo Código Civil. de acordo com o previsto no subitem 14. A não apresentação do comprovante da garantia no prazo acima. comportar-se de modo inidôneo e fazer declaração falsa. As demais cominações são aquelas previstas na minuta de Contrato (Anexo XIX) e na Lei nº. repactuação contratual ou revisão de preços. mensalmente. DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS 14.1.666/93 serão objeto de processo judicial na forma legalmente prevista. DA FORMA DE PAGAMENTO A CAIXA. contado após a data do vencimento do contrato. obrigatoriamente em agência da CAIXA.1 16 16. mediante negociação prévia com a CAIXA. facultará à CAIXA a rescisão unilateral. falhar ou fraudar na execução do contrato. A perda da garantia em favor da CAIXA.5. d) cláusula que assegure a atualização do valor afiançado. no prazo de até 30 (trinta) dias. cláusulas e condições. 14. fazse de pleno direito. poderá ficar impedida de licitar e contratar com a Administração Pública.1 18 . observadas as modalidades previstas neste Edital.1 16. “c” e “d” acima. desde que cumpridos todos os seus termos. sem prejuízo das demais cominações aplicáveis. independentemente de qualquer procedimento judicial e sem prejuízo das demais sanções previstas no contrato. pelo prazo de até 05 (cinco) anos. 8. por inadimplemento das obrigações contratuais. pode ser admitida a substituição da garantia.3 17 17. A aplicação da sanção de declaração de inidoneidade implica a inativação do cadastro. no 20º (vigésimo) dia do mês subseqüente ao da efetiva execução dos serviços. de acordo com as condições estabelecidas cláusula quinta da minuta de contrato (Anexo XIX). impossibilitando a empresa ou interessados de relacionar-se comercialmente com a Administração Pública Federal e demais órgãos/entidades integrantes do SICAF. enseja o retardamento da execução do certame. A garantia será liberada após o perfeito cumprimento do contrato.3 Não é aceita a fiança bancária que não atender aos requisitos estabelecidos nas letras "a". DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS A licitante que se recusar a assinar o contrato injustificadamente.666/93. DOS ILÍCITOS PENAIS As infrações penais tipificadas na Lei nº.1 14. apresentar documentação falsa ou deixar de entregar a documentação exigida para o certame.6 15 15. sujeitando-se a contratada às sanções administrativas cabíveis. A qualquer tempo. de modo que corresponda a 5% (cinco por cento) do valor global contratado. não mantiver a proposta.2 14.2 16.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.3. sempre que dela forem deduzidos quaisquer valores ou quando houver redimensionamento do volume de serviços. "b". A garantia deve ser integralizada no prazo máximo de 10 (dez) dias corridos. após a execução dos serviços e o exato cumprimento das obrigações assumidas efetuará o pagamento à contratada.4 14. 8.5 14.

mediante parecer escrito e devidamente fundamentado. 20. Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento. destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo licitatório.9 20.990. sem que caibam às licitantes quaisquer reclamações ou direitos à indenização ou reembolso.8 20. pertinente e suficiente para justificar tal conduta. com todos os termos e condições deste Edital.7 É facultada ao Pregoeiro ou à autoridade superior da CAIXA.3 20.9. bem como adiá-la ou prorrogar o prazo para recebimento das propostas. escolher no quadro Navegar por. a classificação dos lances apresentados e demais informações relativas à sessão pública do pregão. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS A participação na presente licitação implica a concordância. selecionar Portal de Compras CAIXA. conforme informação no preâmbulo deste Edital. o sistema eletrônico divulgará ata circunstanciada.1 20 20. em substituição aos documentos requeridos no presente Edital e seus Anexos.5169. na qual constará a indicação do lance vencedor. por parte da licitante.6.5 20.caixa.4 20. de ofício ou por provocação de terceiros.1 Todos os horários estipulados neste edital referem-se ao horário de Brasília/DF. 5605-08 – Plano de Trabalho 99.2 20. permanecendo válido o credenciamento da licitante. confirmar com o botão “ok”. . menu Sites Especiais.6 20. o credenciamento e as propostas porventura encaminhadas continuam válidos. as propostas porventura encaminhadas serão canceladas.2 Eventuais retificações do Edital serão disponibilizados no Portal de Compras CAIXA.gov. incluindo horário. Não serão aceitos protocolos de entrega ou solicitação de documentos. 17 18. vedada a inclusão posterior de documento ou informação que deveria constar originalmente da proposta. na localidade onde está situada a Unidade da CAIXA promotora da licitação. referidos neste Edital em dia de expediente na CAIXA.1 As despesas decorrentes da contratação correrão à conta da dotação orçamentária prevista no item de acompanhamento nº. Só se iniciam e vencem os prazos. no endereço eletrônico www. exceto quando tiver explicitamente disposto em contrário.9.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.581 e Centro de Custo . a promoção de diligência. 20. DO ADIAMENTO.1 No caso de retificação do Edital que não implique em sua republicação. Ao final da sessão. ou anulá-la por ilegalidade. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico/Editais/Visualizar/ Retificação de Edital.br. As licitantes arcarão com todos os custos decorrentes da elaboração e apresentação de suas propostas e lances. REVOGAÇÃO OU ANULAÇÃO DA PRESENTE LICITAÇÃO A CAIXA poderá revogar a presente licitação por razões de interesse público decorrentes de fato superveniente devidamente comprovado. Caso este Edital seja republicado. Somente serão aceitos as propostas e os lances encaminhados pelo sistema eletrônico. em qualquer fase da licitação. 20. 19 19.1 20.

exclusivamente por meio eletrônico. no endereço acima mencionado.br. no endereço eletrônico www. Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para abertura da sessão pública. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico/Editais/ Abrangência Nacional (OK)/Pregão 038/7031-2006/FAQ.gov. na cidade do Rio de Janeiro.gov. no Portal de Compras CAIXA. qualquer pessoa poderá impugnar os termos deste Edital perante a CAIXA. selecionar Portal de Compras CAIXA. menu Sites Especiais. O sistema disponibilizará campo próprio para troca de mensagens entre o pregoeiro e as licitantes. até às 16:00 horas. selecionar Portal de Compras CAIXA. escolher no quadro Navegar por. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico/Editais/Abrangência Nacional (OK)/Pregão 038/70312006/FAQ/PERGUNTAR.12 20.br.caixa.11 20. escolher no quadro Navegar por.10. 28 de Junho de 2006.1 20. 20.caixa. selecionar Portal de Compras CAIXA. até 03 (três) dias úteis anteriores a data fixada para abertura da sessão pública.br. DO FORO Para dirimir as questões oriundas desta licitação e do futuro contrato será competente a Seção Judiciária da Justiça Federal do Rio de Janeiro. confirmar com o botão “ok”. no endereço eletrônico www. confirmar com o botão “ok”.gov. escolher no quadro Navegar por. no endereço eletrônico www.br. para o Portal de Compras CAIXA. 18 20. no endereço eletrônico www. É de responsabilidade da licitante o acompanhamento do processo no Portal de Compras CAIXA.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Luiz Henrique Ribeiro Dantas Pregoeiro .10 Os questionamentos porventura necessários ao perfeito entendimento deste Edital deverão ser encaminhados ao Pregoeiro. confirmar com o botão “ok”. Os esclarecimentos serão disponibilizados no Portal de Compras CAIXA.caixa. menu Sites Especiais.caixa. até a data de realização da sessão pública.1 Rio de Janeiro.13 21 21. via internet. menu Sites Especiais. até às 16:00 horas.gov. no Portal de Compras CAIXA. na opção CAIXA – Pregão Eletrônico/Editais/Abrangência Nacional (OK)/Pregão 038/7031-2006/Opção “Impugnar Editais”.

As vistorias deverão ser feitas de acordo com o nível de criticidade. da Caixa. folders. garante o controle de acesso aos equipamentos e demais itens da solução. • Limpeza da solução PAE A atividade de limpeza consiste na manutenção dos PAE em boas condições visuais para uso e com as regras de asseio adequadas a este tipo de instalação. diagnosticar problemas de comunicação ou de infra-estrutura e demais eventos inesperados ou reclamados pelos clientes. a existência de instalação de artefatos que não componham o PAE ou a carenagem e que possibilitem a instalação de dispositivos para clonagem de cartões ou captura de informações para consecução de fraudes.1 2 2. • Pronto atendimento São as atividades relacionadas à visita ao local de instalação do equipamento no sentido de desobstruir componentes. • Atendimento a sinistros É o comparecimento ao local de instalação dos equipamentos para acompanhamento da equipe de segurança da CAIXA. formulários e afins. 19 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRIGATÓRIAS 1 1. substituição ou correção de problemas relacionados a bobinas de impressão. provendo documentação fotográfica e atuando no que for necessário para encaminhamento das ações necessárias ao restabelecimento do ponto. • Vistorias programadas Consiste em vistorias periódicas dos equipamentos a serem executadas por equipe capaz de identificar a violação e/ou abertura não autorizada de qualquer parte da maquina. definida no Anexo XVII – Relação de Pontos de Atendimento Eletrônicos – Posição de MAIO/2006.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. . ligar ou desligar o equipamento. Descrição das atividades O atendimento objeto do presente anexo compreende as seguintes atividades: • Acompanhamento de chamados técnicos Atividade complementar aos contratos de tecnologia que provê acompanhamento dos técnicos na recuperação de equipamentos e na comunicação de dados dos PAE.1 Objeto Contratação de serviços de atendimento local e suporte operacional aos Postos de Atendimento Bancário Eletrônico – PAE. e ainda. • Reposição de consumíveis Trata-se de atividade de colocação.

mini-quiosques. Para os pontos de tipo diferente de lobby (quiosques. evitando-se o seu deslocamento dos mesmos aos depósitos da CAIXA. remanejamentos e desinstalações da infra-estrutura para funcionamento dos equipamentos e itens de sinalização e carenagens Atividades que consistem em prover nos locais indicados pela CAIXA a infra-estrutura necessária à instalação de soluções elétricas e lógicas e da sinalização e carenagens. • Manutenção da infra-estrutura elétrica e lógica e revisão de infra-estrutura por sinistro/vandalismo Atividade de infra-estrutura que garante o atendimento a problemas na rede elétrica ou lógica do ponto. carenagens. • Armazenagem dos itens da solução Atividade que consiste na manutenção em poder do operador dos equipamentos. . bem como da sinalização e carenagens. As visitas podem ser demandadas. desde a retirada da solução terceirizada atual até o pleno funcionamento do ponto já instalado e sob a responsabilidade da contratada. caso ação remota não seja possível. a exceção das instalações do tipo lobby. independente de dia da semana ou horário e deverá ser observado todos os itens constantes no check-list. • Transporte e embalagem de equipamentos. o remanejamento da solução para ajuste de leiaute e garantir a retirada e recomposição dos ambientes quando da descontratação do PAE. fruto de vandalismos. • Serviços eventuais Trata-se de alocação de horas técnicas para atendimento a alterações visuais e de acréscimo de periféricos e itens de segurança nos PAE. sinistros ou outras circunstâncias que terminem por prejudicar o funcionamento destes aspectos no ponto de atendimento. ainda. carenagens e itens de sinalização Atividade de logística que possibilita a movimentação dos equipamentos e dos demais itens da solução dentro da correta norma de embalagem e de transporte. Pode abranger correções de problemas com o funcionamento da aplicação. ou pequenos serviços especiais de infra-estrutura. por demandas identificadas pela CAIXA. que se encontrarem à espera de novo ponto de instalação. Compreende para os pontos do tipo lobby o acompanhamento de todo o processo de transferência do ponto. • Assunção do ponto Trata-se das atividades de início da prestação de serviços pela Contratada em pontos já existentes que serão internalizados ou em novos pontos. dentro do procedimento de aprovação do ponto em conjunto com a equipe de segurança da CAIXA para a avaliação de viabilidade técnica de instalação da solução PAE. elementos de sinalização e outros itens para uso na solução PAE. A Caixa pode exigir que nas visitas periódicas haja a participação dos representantes da área de segurança.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. • Instalações. 20 • Vistorias solicitadas Além das programadas a contratada deverá atender às vistorias solicitadas. drive-thru e salas não contíguas) compreende a vistoria e aceite dos ambientes e da infra-estrutura entregue para a CAIXA assumindo a manutenção plena destes pontos. que possibilitem o funcionamento da porção tecnológica da solução PAE.

shopping centers. ferroviárias. pagamentos. transferências de fundos. é o elo de contato entre os fornecedores e a CAIXA. que mantém padrão físico caracterizando a Identidade Corporativa da Instituição. • Quiosque . emissão de extratos. • Central de operação Estrutura da CAIXA responsável por toda a operação do canal. saldos. carenagens. depósitos. sincronizando as atividades. existente na área externa no imóvel onde estão instalados os equipamentos. É um ponto de auto-atendimento da CAIXA com uma ou mais ATM instaladas em estabelecimentos comerciais. estabilizadores. • Automatic Teller Machine – ATM Equipamento eletrônico que permite aos clientes realizar transações em regime de autoserviço. mediante o uso de senha privativa do cliente. Nesta especificação é tratada como Central. como saques. órgãos públicos e privados. • Carenagem Item de envolvimento e proteção do equipamento que pode ou não conter elementos da infraestrutura elétrica ou lógica do PAE. São consideradas “não contíguas” quando são instaladas apartadas de agências. • Sinalização externa Conjunto de elementos tridimensionais ou bidimensionais e modulares utilizados para indicação e exposição da marca CAIXA e de parceiros.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. cartazes e afins que servem de sustentação para o funcionamento ou para a padronização de um PAE. a unidade que aciona os agentes de solução internos e externos. elementos de sinalização. pagamentos. • Salas de auto-atendimento São ambientes fechados instalados nas dependências de shopping centers. destinada a prestar serviços de saques. dentre outros. dentre outros. fixa ou móvel. consulta de saldos de contas. • Solução PAE Conjunto de equipamentos. 21 ANEXO II CONCEITOS • Posto de Atendimento Bancário Eletrônico (PAE) Dependência automatizada. prefeituras. rodoviárias. • Sinalização Item de indicação de serviços e exposição da marca CAIXA no equipamento e/ou na carenagem. hospitais. transferências de fundos e fornecimento de talões de cheques. aeroportos. extratos. sendo ainda. placas. e quaisquer outros locais de interesse comercial ou institucional. depósitos.

transferências de fundos pelos clientes. • Lobby Saguão do imóvel onde são instalados uma ou mais ATM. um ponto classificado como nível 2 receberá R$ 300. se a mensalidade franqueada básica for de R$300. é definida durante o processo de instalação e determina o atendimento operacional ao ponto. 22 Pequena construção em local público onde são instaladas uma ou mais ATM.um ponto classificado como nível 2 de segurança receberá o valor referente ao atendimento operacional para pontos de nível 1. Como exemplo: . indistinta a ocorrência que a originou. . ou seja. proporcionalmente ao número de equipamentos ativos no período que pode ser utilizada para todos os atendimentos operacionais.00 = R$ 410. • Internalização Processo interno da CAIXA que visa à retomada da inteligência e da gestão da operação dos equipamentos de auto-atendimento instalados em salas de auto-atendimento. • Níveis de segurança Avaliação da área de segurança que separa os pontos em três grupos de acordo com as características dos locais de instalação. quiosques ou lobby atualmente funcionando em regime de outsourcing.00. consulta de saldos de contas. e outros critérios internos. • Franquia global Soma de todos os atendimentos projetados para o mês. por equipamento. • Adicional por ATM Valor pago adicionalmente. a forma de remuneração.00 e o adicional de nível 2 for de R$ 110.00.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. bem como. para os pontos classificados nos níveis de segurança 2 e 3 em razão da necessidade de deslocamentos adicionais em relação ao ponto de segurança 1.00 + R$ 110. mais o valor adicional para o nível 2. bem como o ATM ou PAE a ser atendido. pagamentos. para realização de transações de saques. emissão de extratos. do tipo de equipamento e do tipo de instalação dos PAE.

2 Conjunto de atividades de infra-estrutura e com remuneração por evento. remanejamentos e desinstalações de infra-estrutura para funcionamento dos equipamentos e itens de sinalização. • Serviços eventuais . agrupados como Atendimento Eventual. • • • Armazenagem de itens da solução Instalações. bem como de remuneração (franquia mensal ou pagamento por evento).PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. agrupadas como Atendimento logístico. de complexidade. agrupadas como 1. inclusive no atendimento a feiras e eventos de curta e média duração.3 Conjunto de atividades de caráter eventual e com remuneração por evento. 1. 23 ANEXO III DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES DA CONTRATADA 1 As atividades da contratada estão divididas em três grupos conforme suas características de periodicidade. • • • • • • com remuneração mensal. Manutenção infra-estrutura elétrica e lógica e revisão de infra-estrutura por sinistro/vandalismo • Assunção de ponto • Transporte e embalagem de equipamentos. carenagens e itens de sinalização. de especialização. Conjunto de atividades franqueadas Atendimento operacional.1 Acompanhamento de chamados técnicos Atendimento a sinistros Limpeza da solução PAE Pronto atendimento Reposição de consumíveis Vistorias programadas e vistorias solicitadas 1.

• Para efeito de contagem do prazo de atendimento serão excluídos os efetivamente utilizados pelo fornecedor de assistência técnica.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. comunica à Central para acionamento da transportadora de valores e fecha o chamado. 24 ANEXO III A ATENDIMENTO OPERACIONAL 1 Acompanhamento de chamados técnicos • • • • • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. Informar à Central caso o fornecedor atrase mais de 20 minutos. podendo a CONTRATADA.1 Proceder ao roteiro de vistoria e ao fechamento por telefone com a Central e recebe o número de controle para efeito de comprovação da atividade. • • . o o Se o atendimento envolver rotina intra-cofre. Aguardar a chegada da empresa de comunicação de dados ou de assistência técnica. salvo se derivados de vandalismo. no relatório de assistência. O tempo de exclusão será apurado a partir do relatório de assistência emitido pelo fornecedor que deve ser conferido e assinado pela CONTRATADA. poderão ser glosados no faturamento mensal ou subtraídos da quantidade apresentada como franqueada. caso o equipamento esteja sem numerário. • 1. proceder a qualquer observação que considere relevante. após informação à Central. Problemas reincidentes nos equipamentos que tenham como causa o mesmo defeito de atendimento ocorrido em menos de 48 horas e que não tenham no relatório de atendimento ressalvas. mesmo que em atendimento ao mesmo chamado de assistência. neste caso. Não existe tempo pré-determinado para o acompanhamento do atendimento de assistência. Devem ser observadas as seguintes premissas: • • Os atendimentos que superarem os 20 minutos de espera serão computados em dobro para efeito de franquia. não será considerado como novo chamado e deverá ser agendado diretamente com o fornecedor. ausentar-se do ponto até a conclusão pelo fornecedor. devendo. retornando ao final do mesmo para os procedimentos de vistoria e de fechamento do chamado. Caso o fornecedor não consiga resolver o problema por pendência de peças ou qualquer outra razão. A CONTRATADA deve proceder aos testes de funcionamento ainda na presença do fornecedor. o • O retorno. Para efeito de contagem de franquia cada acionamento feito ao operador será considerado como único. Proceder à abertura da carenagem e equipamentos. Acompanhar o atendimento até a finalização. procede ao fechamento da máquina e informa a Central.

caso não concorde com ela. Para efeito de contagem. Devem ser observadas as seguintes premissas: • • Os atendimentos que superarem os 20 minutos de espera serão computados em dobro para efeito de franquia. acionar a Central. Proceder conforme check list da Área de Segurança Documentar detalhadamente. Para efeito de contagem. Eventos de mau uso para os quais o relatório de fornecedor não conste qualquer observação da CONTRATADA poderão ser imputados a CONTRATADA para ressarcimento à CAIXA. dos serviços prestados pela CONTRATADA. somente serão computados os acionamentos que receberem da Central o número de controle. somente serão computados os acionamentos que receberem da Central o número de controle. • • • • . A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). Para efeito de contagem de franquia. devendo a CONTRATADA acompanhar todo o processo. inclusive. • • • 2 Atendimento a sinistros • • • • • • • 2. A falta da assinatura do representante da CONTRATADA nos relatórios de atendimento.1 Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. desde que dentro do escopo desta contratação. dos serviços prestados pela CONTRATADA. cada acionamento feito ao operador será considerado como único. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). em especial nos itens que foram vitima de uso de força bruta ou arrombamento. A definição da atuação da CONTRATADA nos locais de sinistro são as que forem definidas pela equipe de segurança da CAIXA. 25 • • A CONTRATADA deve avaliar a pertinência da alegação de mau uso pelo fornecedor e.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. dos demais fornecedores será entendida como aceite pleno dos horários e informações ali constantes. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização. devendo a CONTRATADA garantir suporte adequado. com fotos. Caso não exista condição de reparar os danos do equipamento no local. mesmo que em atendimento ao mesmo chamado de assistência. Proceder ao restabelecimento da operação do PAE caso seja possível Proceder a sinalização no local conforme padrão definido no ANEXO IX – PADRÃO PARA SINALIZAÇÃO DE PONTO INOPERANTE. que deverá acionar a empresa para recolhimento dos valores. Não existe tempo pré-determinado para o acompanhamento do atendimento ao sinistro. Fechar o chamado por telefone com a Central e receber o número de controle para efeito de comprovação da atividade. deve relatar a razão no relatório de atendimento.

mini-quiosques e salas. Casos de pichação. Proceder à varrição e lavagem do ambiente na visita diária.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Proceder à limpeza geral do equipamento. • Demandas eventuais o o Recebe acionamento da Central. 3. 26 3 Limpeza da solução PAE • Para equipamentos instalados em lobby (fora de quiosques e salas) o o o o o • Visitar o ponto uma vez por semana. Relatar à Central qualquer ocorrência relevante e receber número de controle do registro. Recolher papeis e resíduos deixados por clientes em lixeiras. devendo ainda ser providenciada a retirada de qualquer adesivo que não seja do padrão utilizado pela CAIXA. Recolher papéis e resíduos deixados por clientes em lixeiras. (parte não pública) Proceder quinzenalmente ao polimento das partes metálicas. incluindo-se o interior das luminárias retirando dali a poeira existente e eventuais insetos mortos. as leitoras e o monitor de vídeo. Eventuais danos causados pelo uso de produtos fora das especificações serão imputados à CONTRATADA. Para equipamentos em quiosques ou salas não contíguas o o o o o o o o o Visitar o ponto diariamente. Proceder quinzenalmente à lavagem dos vidros e da sinalização externa dos quiosques. Proceder à limpeza geral do equipamento.1 Devem ser observadas as seguintes premissas: • • A CONTRATADA deve prover todos os equipamentos e produtos necessários para a execução das tarefas descritas. Caso seja necessário. que não possam ser resolvidos no local. Proceder à limpeza geral das carenagens. Nas visitas semanais para equipamentos isolados deve ser providenciada a limpeza completa da solução PAE. especialmente entre as teclas. Na limpeza dos equipamentos deve ser dedicada especial atenção aos teclados. Relatar à Central qualquer ocorrência relevante e receber número de controle do registro. • • • • . Os produtos químicos devem ser os recomendados pelos fabricantes para a realização das tarefas. para providências. cinzeiros e equivalentes. Procede à correção do problema e comunica Central e recebe o número de controle do registro. devem ser notificados imediatamente à Central. Proceder à limpeza completa do ambiente operação. cinzeiros e equivalentes. a CAIXA poderá intermediar o contato com os fornecedores dos itens da solução PAE para a obtenção dos dados. Proceder à limpeza geral das carenagens. locais de maior acúmulo de sujeira.

somente serão computados os acionamentos que receberem da Central o número de controle.PRAZOS PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES E PENALIDADES APLICAVEIS NO DESCUMPRIMENTO. a quantidade e números dos cartões recolhidos no ATM. ANEXO IX – PADRÃO PARA SINALIZAÇÃO DE PONTO INOPERANTE. • • • • • . O diagnóstico de problema relacionado à operação dos demais fornecedores da CAIXA não ensejará qualquer tipo de remuneração adicional ou indenização à CONTRATADA. Caso não seja possível a recuperação local. Informar. botoeiras e qualquer outro item de um PAE ou da solução PAE. estando a visita. Dirigir-se ao PAE dentro do prazo limite estabelecido para o atendimento. somente serão computados os acionamentos que receberem da Central o número de controle. Fechar o chamado por telefone com a Central e receber o número de controle para efeito de comprovação da atividade. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização. dos serviços prestados pela CONTRATADA. Proceder à sinalização no local conforme padrão definido pela CAIXA. no fechamento do chamado.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. vidros. salvo nas exceções já destacadas neste anexo.ROTINA DE DIAGNÓSTICO. exceto quando a causa da inoperância for comprovadamente do fornecedor de equipamentos ou da de comunicação de dados. 27 • • Para efeito de contagem. lógica e de comunicação. bem como. incluída na mensalidade paga pelo atendimento ao PAE. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). • 4. a solução deverá estar operacional no tempo definido pela tabela constante do ANEXO XII . Aplicar os procedimentos adequados à solução do problema verificado. Recolher eventuais cartões retidos ou objetos inseridos indevidamente nos itens da solução. ou seja. O retorno do PAE ao funcionamento é pré-requisito para o fechamento do chamado. 4 Pronto atendimento • • • • • • • • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. fechaduras. Proceder aos testes dos equipamentos recuperados. Proceder aos testes dos equipamentos recuperados. sob qualquer hipótese. Devem ser executados em cada chamado os procedimentos definidos no ANEXO VIII . se possível aguardando o primeiro uso por cliente. quando for o caso. iluminação da sala e climatização do ambiente. O pronto-atendimento não se resume ao atendimento e diagnóstico de equipamentos e sim abrange qualquer ocorrência derivada também da infra-estrutura elétrica.1 Devem ser observadas as seguintes premissas: • • Para efeito de contagem. e inclui carenagens e elementos de sinalização. informar à Central o diagnóstico local. se possível aguardando o primeiro uso por cliente. O prazo de atendimento inclui o restabelecimento de todo o sistema. portas.

Identificada existência de dispositivo alheio ou estranho ao equipamento. Aplicar os procedimentos adequados à solução do problema verificado. 28 • • Para efeito de contagem somente serão computados os acionamentos que receberem da Central o número de controle. • 6 6. quando solicitado. Fechar o chamado por telefone com a Central e receber o número de controle para efeito de comprovação da atividade. 5 Reposição de consumíveis • • • • • • • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. 5. somente serão computados os acionamentos que receberem da Central o número de controle. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização. Proceder aos testes dos equipamentos recuperados. salvo nas exceções já destacadas neste anexo.1 Vistorias Visitas programadas • • • • • • • Vistoriar periodicamente cada PAE de acordo com o nível de segurança . Recolher eventuais cartões retidos ou objetos inseridos indevidamente nos itens da solução. Verificar indício de tentativa de violação e/ou a presença de mecanismos estranhos ao equipamento e à carenagem capaz de permitir a fraude Recolher os cartões retidos. especialmente em relação às funcionalidades disponibilizadas. se possível aguardando o primeiro uso por cliente. dos serviços prestados pela CONTRATADA. O retorno do PAE ao funcionamento é pré-requisito para o fechamento do chamado.1 Devem ser observadas as seguintes premissas: • • • Para efeito de contagem. a contratada deverá: o Desligar o equipamento. devendo se ater aos itens constante no check-list. acionar a Central e informar o numero do equipamento. Os Consumíveis serão entregues pela CAIXA nos depósitos da CONTRATADA. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização. Verificar condição de operação da solução PAE. O transporte dos consumíveis até os PAE é de responsabilidade e custo exclusivo da CONTRATADA. . Encaminhar a CAIXA relação pelo e-mail à SUSEG contendo a quantidade e números dos cartões recolhidos e o numero do equipamento Conservar em seu poder os cartões recolhidos. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). Dirigir-se ao PAE dentro do prazo limite estabelecido para o atendimento.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). não fazendo jus a remuneração em separado pela tarefa. conforme Anexo XVII -Relação dos Pontos de Atendimento Eletrônico – Posição de Maio de 2006. Informar no fechamento do chamado a quantidade e números dos cartões recolhidos no ATM. dos serviços prestados pela CONTRATADA. e enviar a Caixa.

o Fotografar equipamento e local e acionar a Central. • • 6. o Demandar à Central o recolhimento de numerário e folhas de cheques quando o equipamento não mais oferecer a segurança original. o Restabelecer a operação do equipamento se for possível manter as condições originais de segurança.1 Vistorias solicitadas Segurança • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático e proceder de acordo com os procedimentos previstos para vistorias programadas.2.1. Elaborar relatório de vistoria nos termos do ANEXO X – RELATÓRIO DE VISTORIA.2 6.2. Fechar o chamado por telefone com a Central e receber o número de controle para efeito de comprovação da atividade. .3 Devem ser observadas as seguintes premissas: • • Os atendimentos que superarem os 20 minutos de espera serão computados em dobro para efeito de franquia. • • 6. proceder a sinalização no local conforme padrão definido pela CAIXA. Informar à equipe de segurança sobre possíveis impedimentos técnicos para a instalação física da solução PAE. Na ocorrência de sinais de violação. roubo/furto do equipamento ou de itens da solução. ANEXO IX – PADRÃO PARA SINALIZAÇÃO DE PONTO INOPERANTE. Elaborar relatório de vistoria nos termos do ANEXO X – RELATÓRIO DE VISTORIA. vandalismo. • 6. o Restabelecer a operação do equipamento se for possível manter as condições originais de segurança.2. Aguardar a chegada da equipe de segurança da CAIXA. o o 6. devendo neste caso solicitar autorização da Central.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. deverá ser obtido pela CONTRATADA o número de controle com a Central. Entregar à RESEG os dispositivos recolhidos juntamente com relatório de vistoria e dossiê se for o caso. devendo neste caso solicitar autorização da Central de monitoramento. a contratada deverá: o Desligar o equipamento. 29 • Recolher o dispositivo. mesmo que em atendimento ao mesmo chamado de assistência. Para a contagem dos atendimentos. Informar à Central de operação caso a equipe demore mais de 20 minutos.2 Instalação de novo ponto • • • • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. Para efeito de contagem de franquia cada acionamento feito ao operador será considerado como único. para efeito de franquia. Fechar o chamado por telefone com a Central e receber o número de controle para efeito de comprovação da atividade.1 Devem ser observadas as seguintes premissas: • Caso não seja possível o retorno à operação do PAE.

8 7. não sendo possível a solução no momento do atendimento. A manutenção dos itens da solução PAE e das instalações do PAE estão incluídos nos valores pagos a título de mensalidade. Caso a CONTRATADA encontre problemas nas instalações ou na solução PAE. • • • 7 7. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização.5 7. portas. A franquia para os pontos instalados em feiras e eventos será proporcional aos dias de efetivo funcionamento do ponto. o ponto de atendimento deve estar funcional ou existir diagnóstico que possibilite à Central a abertura de chamado técnico com outro provedor de solução. Para efeito de contagem. telefones celulares para comunicação de seus operadores com a CAIXA durante o processo de atendimento. e que tenha desta recebido o número de controle. inclusive. Após a atuação da CONTRATADA. vidros e todos os outros itens não tecnológicos do PAE ou da solução PAE.235 atendimentos mensais.11 7. devendo a CONTRATADA acompanhar todo o processo. aceitando. 30 • Não existe tempo pré-determinado para o acompanhamento de vistoria. somente serão computados os acionamentos que receberem da Central o número de controle. luminárias. Caracteriza um atendimento o fechamento do chamado autorizado pela Central. ou reafirmar o padrão então em vigor. repetição de um mesmo PAE. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s).6 7.9 7.4 7. A CONTRATADA deve prover.10 7. Somente os atendimentos que puderem ser comprovados pelo número de controle da Central serão considerados no cálculo das quantidades de franquia e no pagamento de qualquer serviço. exceto nos danos 7.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.12 . o chamado deve ser fechado junto à Central e novo chamado será efetuado para acompanhamento em nova data.2 Observações e recomendações gerais para as rotinas de atendimento operacional.3 7. A franquia equivale a 33. não sendo cumulativa. a seu custo. Entende-se como franquia global mensal o uso das quantidades em qualquer dos pontos sob responsabilidade da CONTRATADA.7 7. A franquia vale para o período de faturamento. Nos atendimentos de assistência técnica. Revisitas derivadas de falhas nas atividades sob responsabilidade da CONTRATADA não serão consideradas na franquia e não serão remuneradas. mesma regra será obedecida para pagamento da mensalidade do ponto. a quem caberá definir novos padrões para solução do problema relatado. proporcionalmente ao número de pontos sob responsabilidade da CONTRATADA e seus níveis de segurança. incluindo substituição de lâmpadas. o laudo poderá ser revisto pela equipe de engenharia da CAIXA. Entende-se que a ocorrência normal de transações após o término das intervenções como medida da correção da execução da atividade.1 7. dos serviços prestados pela CONTRATADA.

fruto de vandalismo notificado ao órgão de segurança pública e vistoriado pela área de segurança da CAIXA. 31 de grande monta. .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

32 ANEXO III B ATENDIMENTO LOGÍSTICO 1 1. 1. confrontando o material cadastrado nos sistemas da CAIXA. previstos no Código Penal Brasileiro. Atualmente a CAIXA mantém depósitos nas seguintes cidades: • • • • • • • 1. que atendam ao especificado neste anexo.9 1. cobrindo sinistro proveniente de roubo. a contratada deve providenciar a regularização imediata.1.1.4 1. A Contratada deve fazer o controle do inventário dos materiais. sempre que solicitado. A Contratada deve manter apólice de seguro. furto. e guarda em depósito da CONTRATADA. e demais itens para uso nos PAE serão entregues pela CAIXA nestes depósitos.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.1 1.1. conforme demandado ou em atendimento aos cronogramas fixados. a seu custo.1 Armazenagem e transporte de elementos da solução PAE Descrição da atividade O serviço de movimentação e armazenagem de elementos da Solução PAE consiste no processo de transporte dos elementos da solução PAE entre as localidades definidas pela CAIXA.1. O material transportado deverá estar segurado pelo valor contábil (valor de compra do bem).1. locais apropriados para a armazenagem e conservação dos materiais e equipamentos da CAIXA sob sua responsabilidade.1.1. cometidos por seus empregados. incluindo procedimentos de conferência e embalagem. que garanta a cobertura do valor total de todo e qualquer material da CAIXA. os elementos de sinalização.8 1.7 1. com vínculo empregatício. para ressarcimento à CAIXA de eventuais prejuízos advindos da ocorrência de sinistro com os materiais. A CONTRATADA deverá prover.2 1. armazenado ou transportado.6 1. apropriação indébita ou quaisquer outros delitos. durante toda vigência do contrato. carenagens.5 Belém Belo Horizonte Curitiba Recife Goiânia Manaus São Paulo 1.1. nas cidades onde a CAIXA mantiver estrutura similar.1. . Verificada qualquer divergência entre os relatórios e o material armazenado.1. sem prejuízo da aplicação das penalidades cabíveis. com o material armazenado. ficando a cargo da CONTRATADA o transporte dos mesmos até o PAE.3 Caso a CAIXA venha a instalar ou contratar depósitos em outras localidades a CONTRATADA terá 90 dias para instalar-se nestas novas localidades. Os equipamentos.10 Os seguros contratados deverão cobrir inclusive a infidelidade de empregado da contratada. consumíveis para reposição. o que for maior. Caso haja falta de material a contratada deve ressarcir a CAIXA em até 5 dias úteis o valor de mercado ou o valor de aquisição do material.

inclusive quanto à franquia incidente em caso de sinistro. bem como o trajeto inverso. 1. 1. 1.1. .13 A Contratada deverá apresentar à CAIXA a apólice relativa a tais seguros. 1.11 A apólice relativa a tais seguros deverá indicar o valor segurado do material. 1.1.14 Todas as despesas/impostos/pagamentos relativos aos referidos seguros correrão exclusivamente por conta e responsabilidade da Contratada.1. observando as especificações utilizadas pela CAIXA para identificar o material e a descrição da mercadoria na respectiva nota fiscal ou GTM.18 A contratada deverá efetuar a conferência dos materiais entregues pelos fornecedores nas suas instalações ou diretamente nos pontos de atendimento a serem instalados. auxiliando a CAIXA na organização e embalagem dos materiais. 1. bem como os respectivos comprovantes de quitação do correspondente prêmio.20 Os materiais recolhidos nas unidades da CAIXA deverão ser conferidos e identificados pela contratada. e abrange os transportes: • • • • • • • entre uma dependência da CAIXA e um PAE. bem como o trajeto inverso. informando a data. 1. sobre a previsão de entrega de novos materiais em suas instalações.1. perante a CAIXA. entre dependências da CAIXA.1.1. com a finalidade de identificação e de possibilitar os acertos necessários. conforme a etiqueta patrimonial padrão neles afixada.16 A contratada será informada com antecedência mínima de 48 horas.23 Ao término do contrato ou na hipótese de sua rescisão.1. 1.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.15 A existência do seguro não isenta a Contratada da integral responsabilidade. 1. 1. informando suas características à CAIXA. 1. nos casos em que a CONTRATADA for demandada expressamente pela CAIXA para atendimento a tarefas eventuais. armazenagem e guarda de elementos da Solução PAE.1.19 Constatando divergências entre o material entregue pelo fornecedor e o discriminado na nota fiscal ou GTM. pelos materiais em seu poder. entre a CONTRATADA e dependências da CAIXA.21 Caso não exista etiqueta patrimonial a contratada deverá relatar o fato à Central para efeito de controle e dos procedimento de identificação a adotar. 1.1. 33 1. sempre que solicitado pela CAIXA. garantindo a integridade e organicidade dos materiais. entre dois PAE.1. a contratada deve permitir que a CAIXA efetue a transferência de todo o seu material armazenado nas instalações da contratada.22 A contratada deverá relacionar a quantidade de materiais recebidos sem identificação. devendo atestar seu recebimento. onde deverá atestar o recebimento.1.1. pelo prazo necessário à conclusão da transferência. para atendimento a feiras e eventos.12 A apólice não poderá ser cancelada ou sofrer alteração sem prévia e expressa anuência da CAIXA. a contratada deve comunicar imediatamente à Central para receber as instruções sobre as providências que deve adotar.17 O serviço de transporte da solução PAE será remunerado pela CAIXA. entre a CONTRATADA e PAE.1. registrando dia e hora da entrada. bem como o prazo para ressarcimento em caso de sinistro e o índice de atualização a ser aplicado. a hora e o nome do responsável pelo recebimento.

bem como dos órgãos de fiscalização (TCU. o inventário para levantamento individualizado e completo dos materiais armazenados nas instalações da contratada. As tabelas do ANEXO XIII – ESTIMATIVA DE CUSTOS contêm todas as possibilidades de volumes e pesos dos itens da solução PAE. pesquisas.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 34 1. para controle e aferição dos valores do patrimônio da CAIXA e prestação de contas aos órgãos fiscalizadores. Reportar à CAIXA qualquer impossibilidade de atendimento. ferramentas. Os dados quando informados referem-se aos equipamentos em suas embalagens originais. respeitadas. Proceder ao fechamento do chamado eletronicamente. quando necessário. ao final de cada semestre civil. No fechamento do chamado.3 O serviço será prestado por chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. Dirigir-se ao local dentro do prazo limite estabelecido para o atendimento. com o auxílio da contratada.24 A CAIXA efetuará. Todas as atividades que dependam de transporte para sua execução estarão sujeitas à forma de pagamento descrita neste item. 1.1. O serviço de movimentação e armazenagem de elementos da Solução PAE não abrange os itens relacionados a seguir. para efeito de • .1. insumos e afins utilizados na prestação dos serviços objetos desta contratação. Devem ser observadas as seguintes premissas • Para todo e qualquer evento que envolva a movimentação da solução ou de seus itens. Transportar os itens até o local definido no chamado técnico.2 Fluxo geral • • • • • • • 1. Danos no transporte a qualquer dos elementos da solução serão imputados à CONTRATADA. Auditoria Interna da CAIXA. para a realização de vistorias. a CAIXA gerará sistemicamente número de controle para efeito de faturamento. conforme recomendação dos fabricantes nos manuais de produto.25 A Contratada deve permitir o acesso às suas instalações. 1. por meio de empregados devidamente designados. insumos e afins utilizados pela CONTRATADA nas adequações e nas recomposições do ambiente do PAE especificadas neste anexo. e devem ser os usados para a definição dos valores. e outros) para a auditoria nos materiais da CAIXA. sem ônus adicionais para a CAIXA. mas. e outros. consultas. por serem parte integrante dos serviços especificados nos respectivos Anexos: o Movimentação e armazenagem de materiais. ou como parte de outro serviço que inclua a necessidade de movimentação. sendo os mesmos de inteira responsabilidade da CONTRATADA. deve ser utilizada a técnica correta de embalagem e transporte. a qualquer tempo. • • o • • A CONTRATADA deverá manter controles de movimentação e armazenagem que permitam a elaboração de relatórios gerenciais mensais. na falta destes. Movimentação e armazenagem de equipamentos. suas características individuais. CISET. Proceder à embalagem dos elementos da solução. ferramentas. de preposto da CAIXA devidamente autorizado pela unidade da CAIXA responsável pela gestão do contrato.

fazer uso da rotina de transporte da Guia de Transporte de Material da CAIXA constante no ANEXO VI . • A CAIXA fornecerá. contando com identificação em etiqueta externa. ficando a CAIXA isenta de qualquer responsabilidade por eventuais extravios ou entregas indevidas.4 Embalagens • Para as movimentações. somente os volumes efetivamente transportados em cada tarefa serão considerados na remuneração. O uso da guia para transporte de material não pertencente à CAIXA ensejará à CONTRATADA as penalidades legais e administrativas cabíveis. os mesmos serão disponibilizados observando-se as seguintes condições de embalagem: o Para os equipamentos. carenagem e peças de sinalização. 1. A CONTRATADA deverá adotar medidas que propiciem segurança e transparência no processo de recepção de materiais. a descrição dos elementos que a CONTRATADA será demandada a transportar. A CONTRATADA poderá. • • • • o 1.GUIA DE TRANSPORTE DE MATERIAIS. contando com identificação em etiqueta externa. bem como o detalhamento relativo às dimensões das embalagens e o valor monetário do elemento. as embalagens conterão apenas uma unidade de cada elemento. Não oferecimento armazenagem. 35 faturamento. descontada uma carência de 15 dias de armazenamento. de obstáculos ao empilhamento durante a Para os equipamentos.5 Transporte de Elementos da Solução PAE . A CONTRATADA será remunerada pelo serviço de armazenagem a partir do cálculo resultante da soma diária dos volumes (em m3) de elementos da Solução PAE armazenados. Para o caso de retirada de elementos da Solução PAE das dependências da CAIXA. incluindo o fornecimento das embalagens para transporte e posterior armazenagem. quando em transporte de material da CAIXA. dividido por 30 (trinta) dias. observando as seguintes condições: o o o Garantia da integridade dos elementos durante o transporte e na subseqüente armazenagem. • A CONTRATADA será remunerada pelo serviço de movimentação considerando a relação volume da embalagem padrão (m3) x distância entre origem e destino (Km) ou Peso (Kg) x distância entre origem e destino (Km) com uso da Tabela adequada ao tipo de transporte. descrevendo itens embalados e número de patrimônio quando pertinente. a CONTRATADA deverá promover a embalagem dos elementos da Solução PAE. carenagem e peças de sinalização as embalagens deverão abrigar apenas uma unidade de cada elemento.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. conforme Tabelas constantes do Anexo XV B Tabela de Apuração do Valor Médio do Frete. com antecedência mínima de 05 dias úteis.

Reportar à Central qualquer impossibilidade de atendimento. Quando a movimentação tiver como origem ou destino um depósito da CONTRATADA. Retirar se necessário.CARACTERÍSTICAS E PADRÕES PARA USO NA CONFECÇÃO OU CONFERÊNCIA DA INFRAESTRUTURA DE INSTALAÇÃO DA ESTAÇÃO REMOTA. 36 • • Para fins de faturamento dos serviços de movimentação de elementos da Solução PAE. Acompanhar a instalação dos fornecedores de equipamentos e da concessionária de comunicações. • • • • • • . Instalar. A CONTRATADA poderá faturar os dias de armazenagem. incluindo documentação fotográfica. mudanças. • • • 2 Procedimentos nas Instalações • • • • • • • • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. além de obrigatoriamente ser demandada a autorizar não remunerará a atividade. Responsabilizar-se pelos equipamentos até o final da tarefa. Esta categoria de transporte deve ser formalmente autorizada pela CAIXA. conforme agendamento da Central. obedecendo ao sistema de armazenagem “Primeiro que Entra. triagem. Se o transporte entre depósitos da CONTRATADA atender a seus critérios de logística. remanejamentos e tarefas eventuais. Executar os testes de funcionamento. Primeiro que Sai – PEPS”. a CAIXA. Acompanhar a instalação dos aplicativos. Não haverá sobreposição de atividades (cumulatividade) quando as tarefas de recolhimento estejam inseridas em outras atividades. não sendo possível o contato reportar a CAIXA. Liberar o ponto para abastecimento em contato com a Central. Comparecer ao local definido pela CAIXA e recolher os itens da solução PAE a serem instalados. o conjunto de equipamentos e demais itens da Solução PAE mediante aceite formal dos materiais. armazenagem e controle dos materiais recebidos.6 Armazenamento de Elementos da Solução PAE • O armazenamento de elementos da Solução PAE compreende a recepção. deverá ser considerada a distância entre os Municípios de origem e destino.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. movimentação interna. • 1. Contatar estabelecimento onde será instalado o PAE no sentido de verificar melhor data e horário de atendimento. será considerado o mais próximo do município em questão. proceder à embalagem na técnica correta. Elaborar relatório técnico. como desinstalações. Verificar se a embalagem usada é suficiente para evitar danos no transporte. Dirigir-se ao local de instalação do PAE na data e hora acertada para a realização da tarefa. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). e em sendo. dentro dos padrões definidos no ANEXO IV . A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização. caso não os possua em estoque ou ainda receber os materiais no local de instalação. identificando-os no faturamento como “Armazenagem”. conferência. dos serviços prestados pela CONTRATADA.

conforme documentação a ser entregue pela CAIXA quando da formalização do acordo operacional inicial. Deve ser feito teste de funcionamento dos equipamentos e ser providenciada a solução de problemas junto às concessionárias de comunicação ou fornecedor de equipamentos e aplicativos. 2. ao fechamento do chamado.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Proceder a testes nos equipamentos antes de sua desinstalação.1 Devem ser observadas as seguintes premissas: • Efetuar a instalação de todos os elementos da solução PAE. periféricos. • • • • • • • 3 Procedimentos nas desinstalações • • • • • • • • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. cabendo à CONTRATADA qualquer reparo no mesmo em regime de garantia. atestados conforme descrito no ANEXO XI – ROTINA DE ATESTES E PAGAMENTOS e atender aos padrões definidos no ANEXO IV . . no local de instalação. O serviço de infra-estrutura deve ser garantido por todo o período de funcionamento do PAE. Contatar o responsável pelo estabelecimento indicado no chamado no sentido de verificar melhor data e horário de atendimento e não sendo possível o contato reportar a CAIXA. qualquer apontamento da vistoria que derive de descumprimento dos padrões definidos deverá ser assumido pela CONTRATADA sem direito a qualquer ressarcimento. incluindo a montagem de todos os equipamentos. Atestar em relatório o funcionamento da solução antes do desligamento. eletronicamente. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). Desinstalar todos os elementos da solução. de propriedade da CAIXA. A CAIXA poderá a seu critério enviar equipe de vistoria independente para a validação da instalação executada.CARACTERÍSTICAS E PADRÕES PARA USO NA CONFECÇÃO OU CONFERÊNCIA DA INFRA-ESTRUTURA DE INSTALAÇÃO. dos serviços prestados pela CONTRATADA. qualquer impossibilidade de testes deve ser comunicada a Central. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização. A instalação somente será aceita como concluída quando efetivados os testes descritos no ANEXO VIII – ROTINA DE DIAGNÓSTICO. carenagem e sinalização. Dirigir-se ao PAE na data e hora acertada para a realização da tarefa. 37 • • Proceder. Embalar os equipamentos e demais itens no sentido de evitar danos no transporte. a CONTRATADA deverá acionar a Central para arbitragem. Reportar à CAIXA qualquer impossibilidade de atendimento. Caso existam problemas no relacionamento com as equipes dos demais fornecedores da CAIXA. Eventos relacionados a sinistros que forem facilitados por uso de técnica diferente da definida nos padrões de instalação definidas desta contratação poderão ser imputados a CONTRATADA. No fechamento do chamado a CAIXA gerará sistemicamente número de controle para efeito de faturamento.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 38

• •


• • • 3.1

Responsabilizar-se pelos equipamentos até a entrega no depósito da CAIXA constante do chamado,ou pelo período em que os itens da solução PAE ficar sob sua posse aguardando nova instalação. Recompor local de instalação da solução. Obter junto ao responsável pelo estabelecimento documento de aceitação da reconstituição do ponto de atendimento, nos termos do ANEXO V - ATESTE DO SERVIÇO DE RESTAURAÇÃO. Transportar os equipamentos até o depósito da CAIXA definido no chamado, se definido no chamado, ou manter os itens da solução em seu poder conforme padrões definidos nesta especificação. Proceder ao fechamento do chamado eletronicamente. No fechamento do chamado a CAIXA gerará sistemicamente número de controle para efeito de faturamento.

Devem ser observadas as seguintes premissas: • • • Os testes de funcionalidade dos equipamentos devem ser feitos em momento anterior à desinstalação, para a certificação do funcionamento da solução. Todo o conjunto de equipamentos, carenagens e elementos de sinalização devem ser desmontados e mantidos em condição de reutilização. A recomposição compreende em recuperar o estado original do imóvel, realizando a remoção de todas as canaletas, fiações lógicas e elétricas, malha de aterramento, reparando todos os eventuais danos causados, tanto na parte de alvenaria quanto à pintura do imóvel, incluindo-se telhas, pisos, azulejos e afins. Após o processo de restauração, o responsável pelo estabelecimento manifestará sua concordância e aprovação do serviço executado, mediante assinatura no ANEXO V - ATESTE DO SERVIÇO DE RESTAURAÇÃO, que será indispensável para fins de ateste do serviço e respectivo pagamento à CONTRATADA. Eventuais divergências ou dificuldades na obtenção do ateste devem ser comunicadas à CAIXA ainda durante o atendimento, não sendo aceitas “a posteriori”. Os equipamentos e demais itens da solução devem ser embalados com a técnica correta e transportados adequadamente, respeitadas suas características individuais. Danos no transporte a qualquer dos elementos da solução serão imputados à CONTRATADA. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização, com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s), dos serviços prestados pela CONTRATADA.

• •
• •

4

Procedimentos nos remanejamentos (internos e externos) • • • • • • • Contatar o responsável pelo estabelecimento indicado no chamado no sentido de verificar melhor data e horário de atendimento e, não sendo possível o contato, reportar à CAIXA. Dirigir-se ao PAE na data e hora acertadas para a realização da tarefa. Reportar à CAIXA qualquer impossibilidade de atendimento. Proceder a testes nos equipamentos antes de sua desinstalação. Desinstalar todos os elementos da solução conforme definido no item 3 deste Anexo. Instalar todos os elementos da solução conforme definido no item 2 deste Anexo. Proceder ao fechamento do chamado eletronicamente.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 39

• 4.1

No fechamento do chamado, a CAIXA gerará sistemicamente número de controle para efeito de faturamento.

Devem ser observadas as seguintes premissas: • A adaptação das instalações ao novo leiaute e a reconstituição do ambiente às condições originais incluem o fornecimento de todos os materiais e mão-de-obra necessários. A CONTRATADA deverá recuperar o estado original do local onde ocorrer a desinstalação, seguindo as mesmas recomendações contidas nos procedimentos de desinstalação. O processo de instalação deve seguir o definido nos procedimentos de instalação. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização, com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s), dos serviços prestados pela CONTRATADA. da infra-estrutura elétrica e lógica e revisão de infra-estrutura por

• •

5 Manutenção sinistro/vandalismo • • • • • •


• •


5.1

Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. Contatar estabelecimento no sentido de verificar melhor data e horário de atendimento e, não sendo possível o contato, reportar a CAIXA. Dirigir-se ao estabelecimento na data e hora acertadas para a realização da tarefa. Reportar à CAIXA qualquer impossibilidade de atendimento. Proceder a diagnóstico do fato gerador de erro e iniciar a recuperação. Se a recuperação não for possível naquele momento, contatar a Central e informar a previsão de retomada da tarefa, bem como do previsto para a solução do problema. Proceder à sinalização no local conforme padrão definido pela CAIXA, ANEXO IX – PADRÃO PARA SINALIZAÇÃO DE PONTO INOPERANTE. Se recuperar o ponto e executar os testes de funcionamento. Proceder ao fechamento do chamado eletronicamente, informando nele o real motivo de erro para efeitos de estatística e garantia. No fechamento do chamado, a CAIXA gerará sistemicamente número de controle para efeito de faturamento.

Devem ser observadas as seguintes premissas: • Os serviços de manutenção em infra-estrutura lógica ou elétrica não serão remunerados, já que estarão garantidos pela instalação ou assunção do ponto pela CONTRATADA, exceto no atendimento a casos de sinistro ou a vandalismos, notificados aos órgãos de segurança pública e que tiverem acompanhamento da equipe de segurança da CAIXA. No caso de avarias ao equipamento, carenagem, sinalização e sinalização externa nos casos de quiosques, mini-quiosques e salas de PAE, elementos de climatização, iluminação e fechamento, se não for possível o reparo simples imediato, informar à Central o prazo necessário para solução. A CAIXA se reserva o direito de realizar fiscalização, com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s), dos serviços prestados pela CONTRATADA.

• 6

Assunção de ponto

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 40

6.1 6.1.1

Descrição da atividade Para pontos instalados em lobby dentro do processo de internalização.

6.1.1.1 A tarefa de assunção de um ponto deste tipo é feita em várias etapas complementares e em determinados momentos paralelas. 6.1.1.2 As etapas são: • Acompanhamento da desinstalação do ponto atual, constante do cronograma do Anexo XVII, buscando certificar do cumprimento pelo atual fornecedor da liberação dos ambientes nos prazos constantes do chamado entregue à contratada. Acompanhamento da instalação da solução de comunicação de dados pelo fornecedor deste serviço, e dos testes de funcionamento. Recepção dos equipamentos nos locais de instalação. Realização da infra-estrutura necessária para a instalação da solução PAE, inclusive chumbamento conforme, ANEXO IV – características e padrões para uso na confecção ou conferencia da infra-estrutura de instalação da solução PAE. Acompanhamento da instalação dos equipamentos pelo fabricante. Acompanhamento da instalação dos aplicativos e dos testes de funcionamento.

• • •

• • 6.1.2

Para os demais pontos, dentro do processo de internalização ou nas expansões da rede de salas não contíguas.

6.1.2.1 A tarefa de assunção de pontos deste tipo, é feita em duas etapas básicas: 6.1.2.2 As etapas são: A CAIXA prepara os ambientes e provê no mesmo toda a infra-estrutura necessária ao funcionamento, incluindo obras, instalações elétricas e lógicas sistema de controle de acesso, botoeiras, kit-apagão, racks e todos os outros itens necessários ao funcionamento do ponto de atendimento. A contratada realizada vistoria das instalações e assume a manutenção plena destes pontos, incluindo: • Alarmes o • CFTV o Aceite e assunção da manutenção do sistema de circuito fechado de televisão que possibilita o monitoramento do ambiente onde estão instalados os equipamentos, com gravação de imagens durante todo o período de funcionamento do PAE. Aceite e assunção da manutenção de sistema de alarme monitorado, no ambiente de manutenção e uso dos PAE.

Botoeira e sistemas de controle de acesso. o Aceite e assunção da manutenção de botoeira nas portas de acesso aos PAE.

Executar os testes de funcionamento. carenagens. espelhos. lâmpadas.3 Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. luminárias. • Ar-condicionado o Aceite e assunção da manutenção dos aparelhos de ar-condicionado nos ambientes de auto-atendimento. quando estes estiverem em poder da mesma. Proceder ao fechamento do chamado eletronicamente. . incluindo documentação fotográfica.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. da solução de comunicação de dados e dos aplicativos. Elaborar relatório técnico. mobiliários e todos os itens instalados nestas salas. A contratada será a responsável pelo acompanhamento da instalação dos equipamentos. Acompanhar a instalação da solução de comunicação de dados. Liberar ponto para abastecimento. Proceder ao chumbamento dos equipamentos. 6. Acompanhar a instalação dos equipamentos. Receber os equipamentos em data agendada ou transportá-los até o local caso estejam em seu poder. Acompanhar a instalação da solução de comunicação de dados. exceto as que envolvam expansão de número de carenagens ou adaptações complexas. O chumbamento dos equipamentos nestes ambientes é de responsabilidade da contratada. Realizar a vistoria em conjunto com a equipe de infra-estrutura da CAIXA na data constante do chamado. 41 • Infra-estrutura elétrica e lógica o Aceite e assunção da manutenção da infra-estrutura elétrica e lógica do ambiente de instalação do PAE. vidros. Acompanhar a retirada dos equipamentos e reconstituição do ponto pelo atual fornecedor. Retornar ao ponto na data agendada para recepção dos equipamentos e para execução da infra-estrutura da nova solução PAE conforme os padrões definidos. • Conservação o Assunção da conservação geral do ambiente compreendendo pintura de paredes.2 Procedimentos em pontos do tipo lobby • • • • • • • • • • • • • • 6. Acompanhar a instalação dos aplicativos nos equipamentos. Procedimentos em pontos não instalados em lobby • • • • Receber chamado da CAIXA em endereço eletrônico de acionamento automático. ou pela recepção dos mesmos nas datas determinadas pela CAIXA. No fechamento do chamado. interagindo com os fornecedores destes serviços e com a Central de controle da CAIXA. Reportar à CAIXA qualquer impossibilidade ou anormalidade na execução da tarefa. a CAIXA gerará sistemicamente número de controle para efeito de faturamento. Agendar com a Central o dia e hora de retorno para instalação. Após aceite do ambiente a chave passa a ficar em poder da contratada que será a responsável pelo transporte dos equipamentos.

Executar os testes de funcionamento. a seu custo. telefones celulares para comunicação de seus operadores com a CAIXA durante o processo de atendimento. a saber.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Devem ser observadas as seguintes premissas: • Depois de assumidos os pontos todas as atividades envolvidas na manutenção serão remuneradas exclusivamente dentro da franquia e do adicional para PAE instalados em salas. No fechamento do chamado. o ponto de atendimento deve estar funcional ou existir diagnóstico que possibilite a Central a abertura de chamado técnico com outro provedor de solução. A CAIXA reserva-se ao direito de realizar fiscalização. independente da quantidade de visitas necessárias. os com registros formais junto ao órgão de segurança e acompanhados pela área de segurança da CAIXA. não cabendo ressarcimento de qualquer ordem sob qualquer pretexto.4 Acompanhar a instalação dos equipamentos. Após a atuação da CONTRATADA. independente da quantidade de visitas necessárias a conclusão da tarefa. a CAIXA gerará sistemicamente número de controle para efeito de faturamento. quiosques e mini-quiosques.2 Observações e recomendações gerais para as rotinas de atendimento Logístico. Elaborar relatório técnico. com profissionais do quadro ou de empresa(s) por ela terceirizada(s). A CONTRATADA deve prover. As manutenções resultantes de vandalismo. A contratada fará jus a um único pagamento pagamento do item “Assunção de ponto” para os ponto não lobby.4 . 7.3 7. • • • • • • • 7 7. Proceder ao chumbamento dos equipamentos. O chumbamento dos equipamentos nos ambientes que não os lobby serão remunerados pelo item “Instalação/acréscimo de equipamentos”. Todos os procedimentos de instalação devem seguir os padrões definidos no Anexo IV. Acompanhar a instalação dos aplicativos nos equipamentos. 42 • • • • • • • • 6. não se incluem na regra acima para efeito de remuneração. de monta. Os documentos para ateste e pagamento são os mesmos especificados para a rotina de instalação de novo ponto. Revisitas derivadas de falhas nas atividades sob responsabilidade da CONTRATADA não serão consideradas na franquia e não serão remuneradas. um valor do item para cada equipamento. Liberar ponto para abastecimento. Todas as rotinas de assunção nos pontos do tipo Lobby serão remuneradas uma única vez pelo item “Assunção de ponto”. incluindo documentação fotográfica. unitariamente. Proceder ao fechamento do chamado eletronicamente. Entende-se que a ocorrência normal de transações após o término das intervenções como medida da correção da execução da atividade. ou seja. dos serviços prestados pela CONTRATADA.1 7.

reparos em forros e pisos. luminárias e de vidros.6 7. a seu ônus exclusivo. portas e bastidores de acesso ao ambiente de retaguarda do PAE e todos os demais itens instalados nos ambientes assumidos. sem direito a qualquer tipo de ressarcimento ou indenização pela CAIXA. toda a qualquer manutenção necessária ao pleno funcionamento do ponto correrão integralmente por conta da CONTRATADA. A CONTRATADA dentro da tarefa de assunção deverá dar aceitação plena dos itens aqui descritos em termo a ser apresentado pela área de engenharia da CAIXA no momento da transferência do ponto. já incluso no preço proposto na licitação. Após a assinatura do ponto. 43 7. e que tenha desta recebido o número de controle. A manutenção inclui todas as necessidades de ajuste de temperatura e manutenção dos sistemas de ar-condicionado.5 Caracteriza um atendimento o fechamento do chamado autorizado pela Central. Todo o material e ferramental necessário para a perfeita realização das atividades deverá ser provido pela CONTRATADA. substituição de lâmpadas.9 . programação de botoeiras. não cabendo repudio a qualquer item ou defeito não verificado.8 7. exceto nos casos de vício de origem desde que devidamente comprovados. pequenos reparos em carenagens e itens de sinalização.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. programação e reprogramação dos elementos de segurança.7 7. 7.

ou seja. Instalação / atualização de “softwares” básicos e aplicativos.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Para que possam ser enquadrados como eventual as atividades não podem constar da especificação de qualquer outro item definido e descrito neste termo. A CAIXA. a tarefa a ser executada. etc. Devem ser observadas as seguintes premissas Têm seu uso definido para: • • • Instalação de novos itens de sinalização. serão desconsiderados. 2 2. 2.3 2. incluindo as franquias.4 . 44 ANEXO III C ATENDIMENTO EVENTUAL 1 Serviços eventuais • • • 1. Os orçamentos relativos às adaptações especiais de infra-estrutura em pontos de instalação de PAE ou Salas não contíguas devem ser obrigatoriamente apresentados à CAIXA anteriormente a sua realização. quando necessário. e os prazos de conclusão/cronograma.2 Observações e recomendações gerais para as rotinas de atendimento eventual.1 2. carenagens e de segurança. a seu exclusivo critério pode resolver fazer por si ou por outra empresa as adaptações requeridas pelo locatário ou cessionário do ponto de instalação do PAE. Deste o momento de apresentação dos orçamentos à CAIXA até o momento da autorização ou adaptação pela CAIXA da tarefa requerida os prazos de atendimento ficam suspensos. não sendo passível de remuneração qualquer adaptação não autorizada explicitamente pela CAIXA. Instalação de infra-estrutura especial.1 Todo serviço eventual será obrigatoriamente precedido de assinatura de aditivo contratual específico O aditivo contratual deve prever o fluxo de atendimento. obedecendo às regras de transporte e. como medidores de energia exclusivos. A remuneração dar-se-á em horas técnicas ou fração destas.

O disjuntor de alimentação do circuito deverá ser de 15 ou 16 A. fornecimento em tensões diferentes. Casos específicos devem ser avaliados pelo engenheiro eletricista individualmente.6 1. Phoenix Contact.1 1. Casos específicos devem ser avaliados pelo engenheiro eletricista individualmente. etc. O circuito elétrico deverá ser protegido por DPS – Dispositivo de Proteção de Surto conforme especificação abaixo. Tesla Kascher. como aumento da demanda ou problemas com queda de tensão.3 1. onde o fornecimento trifásico é 380V. 45 ANEXO IV CARACTERÍSTICAS E PADRÕES PARA USO NA CONFECÇÃO OU CONFERÊNCIA DA INFRAESTRUTURA DE INSTALAÇÃO DA SOLUÇÃO PAE 1 1. . 1. 1F+N+T (FN=220V). a critério da CAIXA.5 1. MTM. Os eletrodutos devem ser galvanizados de metal leve.1 Instalação elétrica A alimentação a ser fornecida para o quadro de distribuição ou ponto de energia do PAE deverá ser 220V. salvo casos excepcionais em que poderá ser trifásica ou outra.5mm². deverá ser identificado com placa de acrílico ou impressora tipo 3M: “PAE Caixa Econômica”.2 2F+T. bifásica ou monofásica. 750V e de secção 2. sendo necessária à instalação de dois protetores (FF ou FN) conforme região: Item Tensão nominal fase/terra Tensão de referência a 1mAcc Imax.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. curva C.4 Deverão ser instalados dois protetores de surto (um por fase para FF ou um para fase e outro para o neutro no caso de FN). dependendo da tensão entre fases existente no local.7 .corrente nominal de descarga 8/20µs Tensão residual Máxima a 300A Nível de proteção UP Energia máxima com onda 10/1000µs Tempo de resposta – Varistor Tempo de resposta Sinalização de falha Proteção contra curto circuito Fabricantes de referência: Medida Conforme a região (127V ou 220V) Conforme a região (350Vcc ou 430Vcc) 40kA (20 aplicações) 10kA Conforme a região (455V ou 710V) 1kV Conforme a região (390J ou 550J) < 25ns < 30ns Obrigatória Pastilha Térmica Clamper. Os cabos elétricos devem ser flexíveis. O disjuntor instalado no QF.corrente máxima 8/20µs 01 pulso In . Siemens 1. temperatura do condutor 70ºC. onde o fornecimento trifásico é 220V. existente no imóvel. Em regra geral será: FF=220V ou FF=380V 1. No mini-quadro (caso este seja necessário): “PAE Caixa Econômica”. Os condutores devem ser instalados obrigatoriamente em eletrodutos embutidos ou conduletes não sendo permitida a instalação aparente desprotegida ou em canaletas plásticas.

Entrada:  220 V (bifásica fase-fase ou monofásica fase-neutro).5%. + 10%. Rendimento global mínimo: 92%. 46 1. 15%.12 o o o o o o o o o 1. 1. Comandos e sinalizações: chave liga-desliga e leds indicando estado da tensão.0. “N-CEF” para neutro e “T-CEF” para terra. Não será admitido o uso de réguas de tomadas externas ou outro tipo de dispositivo de multiplicação de tomadas externo.9 1. +3%. desde que seja atendido o tempo de resposta/comutação máximo especificado. o estabilizador deverá atender apenas os ativos de rede.  Rede Comercial pública ou gerador a diesel Saída:  220 V (bifásica fase-fase ou monofásica fase-neutro). -3%. padrão NEMA 5-15. Condições de operação: 0 a 40 graus Celsius. a potência estimada do estabilizador é de 300W. devendo ser observadas as demais características descritas acima. Sobrecarga: pelo menos 25% em 10 minutos. Proteções: sobrecarga na entrada e na saída. Número de tomadas de saída disponíveis no próprio gabinete: 4 no mínimo. no mini-quadro (caso exista). Operação linear ou por tapes com disparo de SCR.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.14 . curto-circuito de saída. Para este caso de alimentação apenas dos ativos de rede. podendo sua potência ser reduzida conforme a necessidade. Dotado de proteção contra surtos e transientes (filtro de linha). Fator de potência de saída: 1. 0 a 90% de umidade sem condensação. Especificações do estabilizador: • Características técnicas mínimas do estabilizador de tensão: o o o o o o o o Estar em conformidade com a norma NBR 14373. Deverá haver identificação por anilhas plásticas nos condutores elétricos no QF existente. 2P+T pinos chatos não universais. TRIACS ou relés. na parte traseira. Tempo de resposta máximo 32 milissegundos.8 1.11 1.  60 Hz + ou . Possuir o Selo de Conformidade do INMETRO. O funcionamento do condicionador deverá independer do fator de potência da carga. na caixa da tomada 2P+T e no condutor que interliga as hastes de aterramento: “F-CEF” para fase(s). O circuito acima alimentará um estabilizador com no mínimo 4 tomadas 2P+T e servirá para alimentar os ativos de rede e o Terminal ATM (caso o equipamento não possua short-break ou estabilizador interno). Não será admitida identificação com fita plástica com escrita em relevo ou em etiquetas de papel comuns de correspondência. Potência de saída mínima: 1200W. 1. O estabilizador elétrico deverá ser instalado dentro da carenagem apropriada para tal ou dentro do próprio ATM.13 No caso do ATM possuir estabilizador ou short break interno.10 No condulete a tomada elétrica 2P+T: “PAE Caixa Econômica” e “220 V” (tensão de alimentação). Forma de onda senoidal.

poderão ser utilizados quadros mais próximos.16 1. as cargas elétricas e dispositivos/acessórios abaixo. Porta articulada por dobradiças embutidas e trinco com fechadura incorporada. serão tratados separadamente como casos especiais e deverá ser instalado estabilizador para o circuito elétrico conforme demanda dos equipamentos. Se não for possível evitá-los. Pintura eletrostática em pó de resina poliéster cor Cinza RAL-7032. deverá ser instalado um Quadro de Distribuição de Força e Luz-QDFL exclusivo para o PAE CAIXA requerido. providos de parafusos bicromatizados.18 1. de um dos quadros de distribuição de luz e força existentes no local da instalação. PAE Torre Lateral e PAE Geladeira e na área de retaguarda como são casos do PAE Mini Quiosque.50 m em relação ao piso acabado. isolados da bandeja. se for o caso. a instalação poderá ser de Quadro de Distribuição de sobrepor. Os Quadros Elétricos de Distribuição deverão ser instalados a uma altura de 1. 1. no entanto. Parafusos cadmiados/bicromatizados para fixação dos terminais nas derivações do barramento geral para os disjuntores.15 A energia elétrica será fornecida. conforme local) IEC947. Se o padrão de instalações existentes couber. conforme nível de tensão da rede elétrica local. estanhados. Protetores de surtos de tensão monopolares como especificados acima. se for o caso. Circuito de tomadas elétricas de serviço/manutenção. conforme o caso. Barramentos em cobre eletrolítico (teor de pureza mínimo de 99%). Os pontos elétricos ou Quadros de Distribuição de Força e Luz atenderão. com dobradiças e fecho rápido tipo fenda. em geral. Na área de alimentação e manutenção como são os casos do PAE Torre Superior. Plaquetas de identificação dos circuitos em acrílico fixadas no espelho interno. Grau de proteção IP54. providos de parafusos bicromatizados. Mini-disjuntores termomagnéticos curva "C" (bifásicos ou monofásicos. Circuito de iluminação da retaguarda e área pública.17 1. Régua de bornes de passagem para a distribuição dos circuitos elétricos/alimentação. com tratamento anti-ferrugem e com as características abaixo: • • • • • • • • • • • • • • • Chapa de aço 1010/1020. sistemas de ar condicionado ou equipamentos com motores em geral. Placa de montagem de equipamentos cor laranja RAL-2004. 47 1. Circuito(s) elétrico(s) do(s) aparelho(s) de ar condicionado. Deverão ser evitados ao máximo os quadros que alimentam elevadores. PAE Quiosque. Sempre que for possível deverá ser utilizado o quadro de energia estabilizada ou quadros exclusivos de energia para alimentação de microcomputadores. se for o caso: • • • • Disjuntor geral compatível com a potência instalada. Barramentos de cobre estanhado para o "terra" fixado à bandeja. cujos cabos terão bitola compatível com a potência instalada/disjuntores (kW) no PAE. conforme o caso. Isoladores de epóxi para apoio dos barramentos. PAE Quiosque Duplo e PAE Carenagem Auto-atendimento. basicamente. . protegido mecanicamente através de eletrodutos metálicos aparentes e/ou embutidos.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. de preferência de embutir. inclusive entre neutro e terra (127 Volts ou 220 Volts fase-neutro).19 Os pontos elétricos ou Quadros de Distribuição de Força e Luz. compressores. Barramentos de cobre estanhados para neutro. serão atendidos por ramal alimentador independente no local da instalação do PAE CAIXA. Espelho interno metálico. existentes no local.

Esse quadro terá construção adequada para permitir alimentação alternativa das cargas elétricas especiais através da rede da concessionária ou no-break. cor vermelha. Circuito de iluminação dos totens/letreiros externos.20 Quando se tratar de sala de PAE com mais de dois terminais deverá ser instalado um Quadro de Distribuição de Energia Condicionada.26 1. O No-break deverá ser usado apenas nas salas de PAE. Serão localizadas levando-se em consideração o lay out determinado pelo 1. nas bitolas adequadas às respectivas cargas elétricas projetadas para cada circuito. As tomadas elétricas de serviço/manutenção serão montadas em caixas metálicas apropriadas .25 As emendas dos cabos elétricos serão sempre isoladas/recobertas com fita isolante anti-chama.24 1. conforme especificação do Anexo I. Circuito elétrico do acionador do fecho magnético. rack de comunicação de dados e voz.6/1kV. Circuito(s) elétrico(s) para alimentação de cargas especiais. Obedecendo as Normas NBR-5410. estanhadas e posteriormente 1. sendo: a) Rede Condicionada: fase(s) : vermelha neutro : azul-claro terra : verde-amarelo. cor preta. central de alarme. As tomadas elétricas de energia condicionada/especiais serão do tipo 2P+T . com isolamento para 750 V. bem como para evitar-se a conexão indevida e perigosa entre diferentes fontes. tais como: No-break.21 1. As fiações elétricas que atenderão. localizadas nas paredes ou piso e serão alimentadas pelo Quadro de Distribuição de Força e Luz. possibilitando agilidade nos trabalhos de manutenção futura nesse ambiente.23 1.padrão NEMA (pinos chatos). Caso seja necessário passar por eletrocallhas deverá ser utilizado cabo tipo PP com isolamento para 0. As tomadas elétricas de energia comum também ditas tomadas de serviço/manutenção serão do tipo 2P+T Universal. se for o caso. para proteção total dessas tomadas e evitar-se qualquer possibilidade de contatos acidentais por parte dos usuários. e atenderão aos terminais e cargas elétricas ditas prioritárias. serão diferenciadas através de cores-padrão. aos diversos circuitos elétricos do PAE deverão ser do tipo flexível. 1. iluminação e tomadas. o dimensionamento dos cabos e disjuntores poderá ser analisado individualmente. Nos demais PAE deverá ser instalado apenas estabilizador conforme definido no item 1. terminais de autoatendimento.22 1.caixas e conduletes de alumínio-silício. b) Rede Comum: fase(s) : preto neutro : azul-escuro terra : verde retorno : iluminação-branco. Circuito de iluminação de emergência. ar condicionado e acionador do fecho magnético. Nas salas e quiosques. se for o caso. caso todo o caminho for em tubulação de ferro galvanizado leve. Timers programáveis para temporização/automação horária das cargas de iluminação. se for o caso.27 . permitida pelo uso de chave reversora compatível com a potência instalada do quadro. 48 • • • • • • • Circuito de iluminação das carenagens. Circuito elétrico dos sensores de presença. as fiações elétricas das redes comuns e condicionadas.13.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. de acordo com a distância de QDFL até o PAE CAIXA.

Não será admitida a exposição de fiações elétricas sob qualquer pretexto. Caso seja necessário o uso de medidores exclusivos de energia para os PAE ou salas. Caso seja necessária à instalação de mais de um equipamento a CONTRATADA deverá adequar a especificação à necessidade. Não deverão ser aceitos aterramentos na barra de neutro.circuito elétrico de iluminação de emergência atendido por QDLF. 49 projeto arquitetônico e a posição dos equipamentos.circuito elétrico de iluminação atendido por QDFL.circuito elétrico de ar condicionado atendido por QDLF. Poderão ser alimentadas pelo Quadro de Distribuição de Força e Luz ou pelo Quadro de Distribuição de Energia Condicionada. 1.indicação do número do circuito.30 1.indicação do número do circuito.40m cada. Todos os pontos de energia deverão ser entregues testados. Para as salas e PAE em quiosques.caixas das carenagens e conduletes de alumínio-silício. e) Ar Condicionado: ACn AC . c) Iluminação Normal: ILn IL .indicação do número do circuito. todos os circuitos elétricos serão identificados nos Quadros Elétricos através de placas acrílicas nos espelhos e junto às tomadas e pontos de uso.tomada elétrica atendida por QDFL. Os módulos possuem canaletas por onde devem ser conduzidos os cabos evitando-se ligações e fiações aparentes. 1. b) Tomadas Comuns: Cn C .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.35 1. 1. Se porventura o ambiente onde será instalado o PAE CAIXA não possuir aterramento em suas instalações.QDLF existente no local da instalação. n . Em regiões com alta resisitividade do solo. n . unidos por cordoalha de cobre nu de #35 mm².80m de cada conjunto. seguindo-se numeração sequencial e/ou dada em projeto específico: a) Tomadas Condicionadas por no-break ou estabilizador: En E . fincadas no solo.29 1. d) Iluminação de Emergência: ILe ILe . unidas por luva. o Aterramento deverá projetado conforme o caso específico. sempre tendo por base a especificação acima e as normas aplicáveis.indicação do número do circuito.36 .28 As tomadas elétricas de energia condicionada/especiais serão montadas em caixas metálicas apropriadas . com a colocação de anilhas plásticas numeradas nesses quadros e através de etiquetas numeradas nas caixas de tomadas. equidistantes de 4.34 1.31 1. principalmente as polaridades das tomadas 2P+T. n . O trajeto do QDFL do estabelecimento até os módulos do PAE deverá ser executado em eletroduto de ferro galvanizado leve. estes medidores deverão atender às normas e especificações da concessionária de energia local.tomada elétrica atendida por no-break ou estabilizador. o mesmo poderá ser aterrado por meio de até 03 (três) conjuntos de hastes prolongáveis de 2. n .32 O condutor de proteção (terra) poderá ser derivado do barramento de terra do Quadro de Distribuição de Luz e Força .33 1. para proteção total dessas tomadas e evitar-se qualquer possibilidade de contatos acidentais por parte dos usuários.

No caso de instalação temporária com máquinas existentes todo o cabeamento. com valor de 900 kg de massa.Lógica Caberá à CONTRATADA a execução de eletroduto do ponto de entrega da rede de dados até a entrada do equipamento CD (Cash Dispenser).3 3 3.3 3. do DG até o local de instalação da máquina.000 kgf no total. No caso da necessidade de reforço estrutural. destinados à fixação dos mesmos. de bitola 5/8" ou M-16 (No mínimo). os quais deverão estar solidamente instalados. Civil O local do PAE deverá apresentar característica de suporte estrutural compatível com a sobrecarga do aparelho. poderá ser necessária a construção de sub-base em concreto 20MPa ou outro material resistente que alcance as resistências e profundidade mencionadas. devendo o conjunto (PARABOLT e concreto) ser dimensionado para resistir esforços de arranques de 5.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. tipo CBE. 20. ou seja. A ancoragem deverá combater esforços de arranque assim como manter a firmeza e nivelamento do aparelho. desde que previamente autorizado pela CAIXA. com menor impacto econômico e arquitetônico. do tipo recuperável.2. 50 2 2. Cabeamento. Em conformidade às dimensões dos furos existentes nos equipamentos. Incluise o fornecimento do patch cord / Line cord do ponto de entrega até o equipamento. no mínimo. No caso de salas PAE.5 3. O condulete ou eletroduto deverá ser galvanizado de metal leve. fornecendo todo material mecessário (Rack. a técnica a ser utilizada deverá ser adequada à necessidade e possibilidade do local.1 2.6 3.2. a ser verificada e constatada pela CONTRATADA. O sistema a ser utilizado deverá prever fixação através de no mínimo quatro pontos utilizando-se chumbador.2 2. Não será admitida folga ou vão entre a cabeça do chumbador e a superfície de apoio nos dispositivos de ancoragem. etc.2. Desta forma. deverá ser executado pela CONTRATADA. A profundidade mínima do furo não será inferior a 120 mm. a CONTRATADA deverá instalar toda infra-estrutura de cabeamento lógico a partir de rack até a placa interna do equipamento.1 3. Para tanto o cabo UTP CAT 5e ou superior deverá obrigatoriamente estar instalado em condulete ou eletroduto (separado da parte elétrica). e considerando a profundidade do item 3.1 Instalações de Telecomunicações . mediante projeto a ser elaborado pela CAIXA por profissional habilitado. A base para instalação do chumbador deverá apresentar resistência adequada de maneira a resistir à tração mencionada no subitem 3. patch cords.2.) para cada ATM. o concreto existente não poderá apresentar resistência inferior a 15 MPa. Distância máxima será de 5 metros. poderão ser utilizados chumbadores de outra bitola.2.000 kgf por ponto. Os equipamentos deverão ter as suas bases fixadas ao piso por meio de chumbadores de aço galvanizado. tipo CB. e comunicada à Central. 2. consoante as condições de vibração ou trepidação do ambiente onde será instalado o PAE CAIXA.4 3. Para fixação direta utilizando Parabolt.2 3. conhecidos como "PARABOLT". A sub-base deverá estar ancorada no piso existente. ou chumbadores com prisioneiro.1. Também deverá ser avaliada a necessidade de instalação de chumbadores com parafuso.1 3.2 3.7 .

51 3. os pisos e os rodapés existentes.8 Estes chumbadores deverão ter a altura suficiente para atingir a superfície interna das máquinas. relativas as acessibilidade aos pontos e aos equipamentos. poderão ser utilizados prolongadores lisos.10 4 . Não sendo possível apenas com os chumbadores. as normas NBR 9050 e NBR 15250.9 3. se for o caso. fixando assim os mesmos apenas nos pés de apoio. Permanecerão as paredes. especialmente. Em todas as instalações devem ser observadas rigorosamente as normas técnicas aplicáveis. 3. As rodas ou rodízios dos equipamentos deverão ser recolhidos.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. considerando recuperação e recomposição onde for necessário mantendo o padrão de instalações existentes.

52 ANEXO V ATESTE DO SERVIÇO DE RESTAURAÇÃO Atesto os serviços de restauração efetuados em meu imóvel decorrentes da desinstalação dos equipamentos da solução PAE. Responsável operadora pelo estabelecimento / Técnico da NOME: CPF: CI/ÓRGÃO EMISSOR: NOME: CPF: CI/ÓRGÃO EMISSOR: .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL._____ de ______________________ de 20____. não havendo assim pendências que possam incidir em ônus para a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Razão social do estabelecimento CNPJ : Responsável legal Identidade do responsável legal Identificação do PAE Observações do operador ou do estabelecimento (Localidade)_____________________.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 53 ANEXO VI GUIA DE TRANSPORTE DE MATERIAIS .

2 4.2 4.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.1.1 2.2 4.1.2.3 4.3 6.6 4.1.3 2.2 2.1 4. Verificar seção dos condutores usados Aterramento Verificar conexão no QF Verificar conexão na haste de aterramento Verificar identificação dos circuitos (elétrica e dados) Verificar padrão CAIXA (eletrodutos. Inadeq.2. etc. forros.8 5 O PAE ou sala estão em condições operacionais? Verificar a tensão de alimentação: No QF Fase-fase Fase-neutro Fase-terra Neutro-terra Após o estabilizador Fase-fase Fase-neutro Fase-terra Neutro-terra Medição de corrente Fase Neutro Terra Inspeção visual Dados Verificar possível oxidação das conexões/cabos Elétrica Verificar corrente nominal do disjuntor de alimentação.6 6.3.3.1 3.7 4.4 4.) Verificar sinalização Verificar sinalização externa Verificar climatização.5 4.1. piso.5 6.2 6. fechamento. canaletas.2.4 3 3.3 4 4.2.4 6.2.1 6.1 2. iluminação (no caso de quiosques. caixa de passagens. Relatório fotográfico Foto do QF Tomadas elétricas Cabeamento lógico Visão externa do Estabelecimento Visão geral da instalação Carenagem Sinalização externa Observações gerais Resposta e observações Condições Adeq.1 4. 6 6.2 3.1 4.1 4.1.2 2.3 2.2 2.1 2.2.4 2. 54 ANEXO VII RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO ( VERIFICAÇÕES MÍNIMAS) Check List – Preventiva 1 2 2.7 7 . mini-quiosques e salas de PAE) Verificar se o estabilizador é utilizado por outro equipamento que não o da CAIXA.

informamos que a rotina limita-se a testes específicos nos equipamentos e itens da solução PAE.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. • Para efeito de planejamento. somente será informada ao ganhador do certame. . • Para que o diagnostico seja realizado. 55 ANEXO VIII ROTINA DE DIAGNÓSTICO 1 Termos gerais • Por razões de segurança. não será necessário o uso de qualquer ferramental adicional e agregará ao atendimento cerca de 20 minutos.

56 ANEXO IX PADRÃO PARA SINALIZAÇÃO DE PONTO INOPERANTE 1 O modelo de sinalização a ser usado será definido no decorrer do contrato. Até que esteja definido e seja formalmente entregue à contratada o padrão de sinalização as referências ao mesmo contidas nesta especificação ficam sem efeito. mas para efeito de planejamento e nos termos desta especificação tem as características próprias dos demais itens de sinalização. 2 .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

conforme nível de criticidade de cada PAE/equipamento. verificar: o o o o o o o A existência de algum objeto estranho ao ATM/CASH. Se o equipamento apresenta sinais de violação na leitora de cartões. a desativação do equipamento. A mudança ou redirecionamento do foco das câmaras de CFTV. O modelo de check list será entregue ao fornecedor vencedor do Pregão. Ao final da vistoria em cada ponto. Em relação aos aspectos de segurança. • • Os horários de vistoria devem ser aleatórios. do equipamento. Afora os aspectos funcionais do equipamento. • • . o vistoriador deve entrar em contato com a Central e obter o número de controle da visita por ponto vistoriado. Se há bloqueio do compartimento de saída de células. o vistoriador. de maneira discreta e sigilosa. o • Caso as condições de uso não sejam as ideais. Outros indícios de suspeitas de ações fraudulentas. deve observar: • A situação de asseio e condições de uso do ambiente (quiosques. imediatamente. Se o equipamento apresenta sinais de violação nas carenagens e demais itens de sinalização. sinalização. 57 ANEXO X RELATÓRIO DE VISTORIA 1 2 A CONTRATADA deve vistoriar todos os PAE sob sua responsabilidade. se existentes. imediatamente. sendo vedado o uso de roteiros prédefinidos para períodos superiores a três dias. comunica à Central para a tomada das providências pertinentes. Se o equipamento apresenta sinais de violação no teclado numérico do ATM. providencia. notifica a Central. Este número é prérequisito para a comprovação da realização da tarefa. que deverá ser aplicado nas vistorias e encaminhado a CAIXA junto aos demais dados de faturamento dos PAE mensalmente.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. infra-estrutura eletro-lógica e da carenagens. e mini-quiosques e salas de PAE).  Identificando algo suspeito. Os dados acima serão consolidados em um único check-list padronizado. e. relatando a ocorrência suspeita. deve.

1 2. Conforme descrito nesta especificação todo serviço prestado à CAIXA. Comprovante do pagamento de seguro dos materiais transportados e dos depósitos da CONTRATADA em que são mantidos os materiais da CAIXA.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. documentação que comprove a execução dos trabalhos sob sua responsabilidade. contendo: Arquivo magnético. Qualquer serviço apresentado que não possuir o número de controle será desconsiderado para efeitos de ateste e pagamento. O arquivo deverá estar em conformidade com a especificação que a CAIXA fornecerá à CONTRATADA na assinatura do contrato.1. devem estar detalhadamente descritos no relatório. O inventário dos elementos de solução PAE armazenados nos depósitos da CONTRATADA. Relatório resumo com relacionando todos os chamados incluídos na fatura e respectivo número de controle (Operacionais. quando de força maior. contendo a relação dos chamados atendidos e a relação dos números de controle recebidos correspondentes a estes chamados. conforme ANEXO XVI – PADRÃO DE RELATÓRIO PARA ATENDIMENTOS LOGÍSTICOS.1 4. A CONTRATADA deverá apresentar essa documentação em uma única pasta com o resumo de todas as atividades. assunção de pontos e Manutenção de infra-estrutura física derivada de sinistro ou vandalismo. desinstalação. o número de atendimentos feitos dentro do prazo contratual e o número de atendimentos em atraso. remanejamentos. demandado ou periódico recebe na sua conclusão um número de controle associado à tarefa concluída.4 3 3.1. Para os atendimentos em atraso os motivos que os justifiquem.2 .3 2. eventuais e logísticos).1  A CONTRATADA deverá entregar. identificando o número de controle recebido para cada um. Relatório mensal de desempenho contendo a quantidade de atendimentos realizados no mês.1 4 4.2 2.2 4.2. quando existir faturamento relativo a este item. Atendimento Logístico Relatório resumo contendo todos os chamados demandados e atendidos no período de faturamento. Documentação que deverá acompanhar a nota fiscal: Atendimento Operacional Pasta arquivo individual. em duas vias.2 4. 58 ANEXO XI ROTINA DE ATESTES E PAGAMENTOS 1 2 2. e que deverá conter: A fatura do período.   4. ao final de cada mês. contendo a relatório de execução para as rotinas de instalação. Pasta arquivo individual.1 4.2.

em duas vias. Para as rotinas de armazenagem deverá ser apresentado relatório mensal contendo inventário de todos os itens constantes do faturamento. contendo: Arquivo magnético. O arquivo deverá estar em conformidade com a especificação que a CAIXA fornecerá à CONTRATADA na assinatura do contrato.1     4.5 4. quando de força maior.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.3.1 . contendo data de início de estoque e volume cúbico ocupado.3 Para as rotinas de transporte deverá ser apresentado relatório mensal contendo todos os trajetos feitos para atendimento aos chamados bem como o valor individual de cada um. os valores de embalagens não serão remunerados em separado devendo ser previsto na Km quilometragem cotada. sempre associados ao chamado que deu origem ao transporte. o número de atendimentos feitos dentro do prazo contratual e o número de atendimentos em atraso.3 4. devem ser apresentados os relatórios de conclusão. conforme a natureza da intervenção e os orçamentos pertinentes aprovados. Relatório mensal de desempenho contendo a quantidade de atendimentos realizados no mês.3. 4. contendo a relação dos chamados atendidos e a relação dos números de controle recebidos correspondentes a estes chamados. 59 4. Qualquer outra documentação ajustada na assinatura de termo aditivo que originou a demanda eventual. Para os atendimentos em atraso os motivos que os justifiquem.2. Para todos os serviços que foram alvo de orçamento e que estiverem efetivamente concluídos dentro do mês de faturamento.4 4.2.2. devem estar detalhadamente descritos no relatório. Atendimento eventual Pasta arquivo individual.

não havendo prazo adicional de correção. A sigla AC indica necessidade de constar do termo aditivo. além da descrição da rotina a ser executada. • • • . e limitam também o tempo de solução da ocorrência. Os prazos são interrompidos quando da necessidade de ação de outro fornecedor da CAIXA ou quando da necessidade de aprovação de orçamento pela CAIXA. o prazo previsto para sua conclusão. quiosques. 60 ANEXO XII PRAZOS PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES E PENALIDADES APLICAVEIS NO DESCUMPRIMENTO Serviço Atendimento Operacional Todas as atividades e serviços do grupo Manutenção em infra-estrutura (garantia) Chamados excedentes a franquia Atendimento Logístico Salas.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Os prazos são interrompidos tão logo haja o fechamento do chamado pela CONTRATADA no sistema integrado de atendimento da CAIXA. mini-quiosques e drive-thru Assunção de ponto Instalação/acréscimo de equipamento Desinstalação de equipamento Lobby Assunção de ponto Desinstalação Instalações de novo PAE Todos os tipos de instalação Revisão de estrutura sinistro/vandalismos Atendimento Eventuais Instalações elementos adicionais (hora técnica) Excedentes à Franquia global de atendimentos Armazenagem Transporte Adequações especiais de infrra-estrutura Atendimento a eventos Quantidade Unidade Penalidade 04 08 06 Horas Horas Horas 1 6 2 Cronograma/expansão 08 08 Cronograma 05 10 Orçamento AC AC 03 Orçamento 10 Dias úteis Dias úteis Dias úteis Dias úteis AC AC Dias úteis Dias úteis 4 3 3 4 3 3 3 5 5 7 3 3 3 Considerações: • Os prazos de atendimento às tarefas logísticas e operacionais são contados a partir do primeiro dia útil após a remessa do chamado à CONTRATADA.

este item na tabela limita os prazos somente para tarefas demandadas fora do processo de internalização. • • Penalidades: 1 10 % de multa sobre o valor das mensalidades mais 1% (um ponto percentual) para cada ponto percentual inferior ao mínimo estabelecido ou fração. 1 % (um ponto percentual) de multa sobre o valor da fatura. As tarefas de instalação/acréscimo de equipamentos não obedecem ao cronograma de assunção dos pontos. terá limite de atendimento máximo às 11:50 horas para atendimentos operacionais e 13:50 para chamados excedentes à franquia. O item transporte nas atividades que sejam necessárias deve ser executado dentro do prazo da atividade principal. 61 • • • As horas relativas ou atendimento operacionais e chamados eventuais são contados entre o período de 08:00 às 20:00 horas de cada dia. 15 (quinze pontos percentuais) de multa fixos mais 1 % (um ponto percentual) por dia de atraso ou fração de dia em relação ao cronograma. O item “Transporte” constante da tabela refere-se à tarefa exclusiva de transporte de elementos da solução quando demandados pela CAIXA. apurado em cada PAE. mais 0.5 % (cinco décimos percentuais) até a correção do problema relativo ao padrão de estocagem ou de embalagem que deu origem a penalidade. Exige-se para o grupo de tarefas agrupados dentro do item “atendimento operacional” um percentual de atendimento dentro do prazo igual ou superior a 98 % (noventa e oito pontos percentuais). 2 3 4 5 6 7 . 10 (dez pontos percentuais) de multa fixos mais 0.5 % (cinco décimos percentuais) por dia corrido de atraso na finalização da tarefa contado a partir do primeiro dia após o prazo contratual. 10 (dez pontos percentuais) de multa fixos mais 1 % (um ponto percentual) por hora de atraso na finalização da tarefa. como exemplo : um chamado aberto às 19:50 horas.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. mais o ressarcimento de todas as despesas que a CAIXA tiver que arcar pelo não atendimento acordado. 10 % (dez pontos percentuais) de multa sobre o valor da mensalidade do ponto. conforme última consideração imediatamente acima. contados em dobro a partir do 10 dias de atraso. mais 1% (um ponto percentual) por dia de atraso na finalização da tarefa. Deve ser indicada no aditivo contratual que estabelecer a tarefa a ser executada em caráter eventual.

62 ANEXO XIII ESTIMATIVA DE CUSTOS Tabela A : Apuração de Valores por Atividade Serviço Atendimento Operacional ATM para pontos de nível 1 segurança Adicional por ATM para pontos de nível 2 segurança Adicional por ATM para pontos de nível 3 segurança Adicional por PAE não lobby Manutenção em infra-estrutura (garantia) Franquia global de atendimentos Atendimento Logístico Salas.500.500.00 R$ 50.00 - R$ 90.00 R$ 0.000.00 R$ 630.00 R$ 0.00 R$ 250.00 R$ 1.000. quiosques.00 R$ 225.108.00 R$ 200.000.0 0 R$135.00 R$ 35.00 R$ 450.00 R$ 260.00 R$ 40.000.00 R$ 110.00 R$ 500. mini-quiosques e drive-thru Assunção de ponto Instalação/acréscimo de equipamento Desinstalação de equipamento Lobby Assunção de ponto – Internalização Desinstalação Instalações de novo PAE Todos os tipos de instalação Revisão de estrutura sinistro/vandalismos Atendimento Eventuais Instalações elementos adicionais (hora técnica) Excedentes à Franquia global de atendimentos Armazenagem R$ 300.537.00 R$ 1.00 R$ 540.00 R$ 1.0 0 - R$ 7.00 R$ 500.00 R$ 0.000.250.00 R$ 45.00 R$ 2.00 Evento Equipament o Equipament o Evento Evento Evento Orçamento Horas Ocorrência M³ 300 900 200 1025 400 400 70 14000 1000 1584 Contrato Contrato Contrato Cronograma Contrato Contrato Contrato Contrato Contrato Contrato R$ 30.00 R$ 2.600.800.0 0 R$ 61.00 R$ 79.00 R$ 300.000.00 Mês Mês Mês Mês Mês Mês 1400 560 500 300 35235 Valor Unitário Unidade Qtd Prazo Valor Mensal Valor Total Cronograma Cronograma Cronograma Cronograma/Expansão Contrato Contrato R$420.000.000.000.000.560.000.00 R$ 30.340.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.000.00 .00 R$ 0.00 R$ 1.00 R$ 240.000.200.000.00 R$130.000.430.00 R$ 600.

00 R$ 375.00 375.00 R$ 375.00 775.00 375.00 R$ 820.00 1.275.00 675.00 R$ 820.00 R$ 780.00 R$ 590.00 R$ 640.00 R$ 640.00 R$ 375.00 2001 a 4000 R$ 780.00 .00 R$ 375.00 R$ 940.00 R$ 375.00 R$ 375.00 1.00 R$ 860.5001 a 1.00 R$ 375.00 R$ 940.00 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 375.00 R$ 710.390.00 R$ 375.00 451 a 600 R$ 580.00 R$ 620.982.00 1.00 0.00 675.00 375.60 R$ 375.00 R$ 375.500.00 R$ 375.00 R$ 940.00 301 a 450 R$ 530.0001 a 0.00 R$ 860.5000 R$ 125.00 375.00 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 375.00 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 375. 63 Adequações especiais de infra-estrutura Valor global Previsto Tabela B .00 R$ 680.00 R$ 740.00 775.00 R$ 900.00 375.00 R$ 990.1001 a 0.00 375.00 R$ 900.00 0.040.00 R$ 1.00 1.075.00 R$ 990.00 975.PARTE 1 .00 R$ 650.368.Coleta.096.30 R$ 260.00 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 375.00 R$ 530.00 R$ 740.00 Orçamento 70 Contrato R$ 35.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. embalagem e entrega por M³ (volume) – Materiais com peso de até 150 kg: Volume em m3 Distância em Km 0 a 100 101 a 200 201 a 300 301 a 400 401 a 600 601 a 800 801 a 1000 1001 a1500 1501 a 2000 2001 a 2500 2501 a 3000 3001 a 3500 3501 a 4000 4001 a 4500 4501 a 5000 5001 acima 0.00 R$ 375.00 375.2000 R$ 125.60 R$ 375. embalagem e entrega por kg (peso) – Materiais com peso maior que 150 kg: Volume em kg Distância em Km 0 a 100 101 a 200 201 a 300 301 a 400 401 a 600 601 a 800 151 a 300 R$ 480.00 601 a 1000 R$ 640.00 Valor médio do frete R$ 30.00 R$ 860.00 375.00 R$ 375.00 R$ 375.00 375.00 R$ 375.00 375.13 R$ 31.30 R$ 260.00 R$ 375.000.70 = ∑ Itens / 64 = R$ 490.PARTE 2 .00 575.1000 R$ 125.00 R$ 375.475.00 875.00 375.00 R$ 1.00 R$ 740.00 R$ 17.000 R$ 125.00 375.00 375.2001 a 0.00 R$ 580.00 375.00 R$ 500.00 575.Apuração do Valor Médio do Frete Valor do Transporte .00 R$ 680.60 Valor do Transporte .30 R$ 260.00 R$ 780.00 4001 acima R$ 850.00 1.00 475.00 375.575.00 R$ 780.00 1.00 R$ 710.00 R$ 610.30 R$ 260.00 0.000.60 R$ 375.00 375.00 R$ 820.00 875.Coleta.175.60 R$ 375.00 R$ 900.00 R$ 560.00 1001 a 2000 R$ 710.

740.530.890.440.00 R$ 900. recolhimentos e desinstalações são baseados no histórico de mobilidade da rede instalada.000.00 = ∑ Itens / 105 = R$ 1.390.00 R$ 2.390.00 R$ 3.400.030.00 R$ 3.190.00 R$ 1.00 R$ 146.00 R$ 1.700.00 R$ 1.00 R$ 1.00 870.850. As horas técnicas devem ser tomadas como referência e não tem garantia de uso mínimo.00 R$ 1.200.20) / 2 = R$ 944.00 R$ 990.00 790.00 R$ 1.00 960. remanejamentos.00 R$ 3.650.130.00 R$ 1.030.520.750.350.00 R$ 1.100.300.630.910.00 910.300.370.500.200. se possível.00 R$ 1.00) = R$ 18.811.080.00 + 1.900.900.820.660.00 R$ 2.00 R$ 2.824.00 750.450.00 R$ 2.670. ou seja.00 Valor médio do frete R$ 146.00 R$ 1.13 + 1398.580. poderão não ser em momento algum utilizadas pela CAIXA.398.00 PREÇO GLOBAL ESTIMADO = TABELA A + TABELA B ( R$ 17.00 R$ 1.00 R$ 2.00 R$ 1. 64 801 a 1000 1001 a1500 1501 a 2000 2001 a 2500 2501 a 3000 3001 a 3500 3501 a 4000 4001 a 5000 5001 acima R$ 680.00 R$ 2.770.00 R$ 2.00 Considerações: • • • • • • O número de instalações.570.900.650.00 R$ 1.811.00 R$ 3.00 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 710.190. Todos os itens constantes do atendimento operacional serão remunerados por mensalidade nos termos deste certame.824.00 R$ 1.00 R$ 2. Pelo modelo de aferição adotado pela CAIXA os valores devem ser sempre tomados como referência na medida em que o valor efetivo será sempre a proporcionalidade de cada item em relação aos demais.00 R$ 1.00 R$ 1.00 820.00 R$ 2.035.16 x 1400 = R$ 1.00 R$ 2.00 R$ 2.500.00 R$ 1.00 R$ 3.080. .250.00 R$ 3.712.00 R$ 3.360.00 R$ 1.00 R$ 1.00 R$ 2.00 R$ 2.00 R$ 3.400.00 R$ 1.500.040.300.00 R$ 1.00 R$ 1.00 R$ 4.321. A revisão de estrutura para absorção equivale a dotar o ponto com os mesmos padrões de uma instalação e prevê o reaproveitamento da infra-estrutura existente.234.321.00 R$ 2.300.520.00 R$ 1.200. O número de eventos de transporte refere-se à quantidade de eventos previstos com este item consolidados.00 R$ 4.00 R$ 2.00 1.290.20 Calculo da referência de transporte: (Média da PARTE 1 + Média da PARTE 2) / 2 = (490.00 R$ 1.00 R$ 1.00 R$ 2.00 R$ 2.000.800.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

mini-quiosques e drive-thru Assunção de ponto Instalação/acréscimo de equipamento Desinstalação de equipamento Lobby Assunção de ponto Desinstalação Instalações de novo PAE (inclui atendimento a eventos) Todos os tipos de instalação Revisão de estrutura sinistro/vandalismos Atendimento Eventuais Instalações elementos adicionais (hora técnica) Excedentes à Franquia global de atendimentos Armazenagem Transporte Adequações especiais de infra – estrutura Unidade Qtd Mês Mês Mês Mês Mês Mês 1400 560 500 300 35235 Evento Equipamento Equipamento Evento Evento Evento Orçamento Horas Ocorrência M³ Ocorrências Orçamento 300 900 200 1025 400 400 70 14000 1000 1584 1400 70 . 65 ANEXO XIV ESTIMATIVA DE QUANTIDADES DE SERVIÇOS 1 Quadro geral das estimativas de quantidades dos serviços Serviço Atendimento Operacional ATM para pontos de nível 1 segurança Adicional por ATM para pontos de nível 2 segurança Adicional por ATM para pontos de nível 3 segurança Adicional por PAE não lobby Manutenção em infra-estrutura (garantia) Franquia global de atendimentos Atendimento Logístico Salas. quiosques.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

e do acréscimo de equipamentos nestes pontos. Atendimento Operacional. • Desinstalação o 600 eventos.5 Mês/PAE Pronto atendimento e sinistros (média) 1. • • Franquia Limpeza ambiente varrição e limpeza superficial das carenagens (quiosques e mini-quiosques e salas) 25 Dia/PAE Limpeza ambiente varrição. A franquia é composta da seguinte previsão: Quantidade 625 50 5600 1400 700 2100 5600 6160 13000 35235 2. 66 2 2. equivalentes a previsão de instalações a partir da internalização dos pontos não instalados em lobby.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.1 Detalhamento.5 Mês/PAE Vistoria de segurança Nível 1 4 Mês/equipamento Vistoria de segurança Nível 2 15 Mês/equipamento Vistoria de segurança Nível 3 30 Mês/equipamento Franquia 1400 mensalidades a partir da internalização completa e se instalados os demais equipamentos previstos. • Manutenção em infra-estrutura (garantia) o • Item não remunerado por já estar incluído como garantia nos serviços de “Instalação” e de “Assunção de ponto”. Instalação/acréscimo de equipamentos o 900 eventos. lavagem de vidros e limpeza geral das carenagens e equipamentos (quiosques e mini-quiosques e salas) 2 Mês/PAE Limpeza equipamento (inclui carenagem para lobby) 1 Semana/PAE Reposição de consumíveis (média) 1 Mês/PAE Assistência técnica 1 a cada dois meses (média) 0.2 Atendimento logístico. equivalentes a previsão de desinstalações ou remanejamentos durante a vigência do contrato. inclui atendimento a eventos. • Instalação de novos pontos o 400 eventos. inclui atendimento a eventos. equivalentes a previsão de expansão da rede PAE durante o contrato em pontos do tipo lobby. • Assunção do ponto .

• Instalações elementos adicionais ou atualizações (hora técnica) o • 14000 eventos. Item de segurança necessário em razão do ineditismo da operação ora assumida. 67 o 1325 eventos relativos à migração dos pontos terceirizados ou instalação de novos pontos não instalados em lobby. 3 Informações.º máximo de PAE em funcionamento no mês. Transporte o 1400 eventos. • Chamados excedentes à franquia o 1000 eventos. Nos pontos instalados para atendimento a Eventos e Feiras. • • Armazenagem o 1584 m³ relativos a guarda de 3 % (Três pontos percentuais) da solução PAE ou de elementos destas que estiverem aguardando nova instalação. relativos a soma das atividades que fazem uso dos serviços de transporte para a sua consecução. destinados a arcar com orçamento de adaptações especiais exigidas pelos locatários ou cessionários dos pontos para instalação dos PAE. a CONTRATADA fará jus ao recebimento equivalente a uma tarefa de instalação e uma de desinstalação acrescidas da remuneração pelo transporte da solução. durante todo o período do contrato. inclui expansão de salas não contíguas. sendo garantida a CAIXA em contra partida franquia proporcional a esses dias. equivalentes a 5 chamados por ponto durante o período de contratação. • • • . • Revisão de estrutura sinistro/vandalismos o 70 eventos relativos a 5% (cinco pontos percentuais) de serviços de recuperação completa de revisão e recuperação do ponto derivada de sinistro ou vandalismo que danifique a infra-estrutura elétrica ou lógica do PAE. equivalem a 3% do número total de visitas previstas para atendimentos operacionais dentro do contrato. Orçamentos para serviços especiais de infra-estrutura o 70 eventos relativos a 5% (cinco pontos percentuais) dos pontos contratados. proporcionais aos dias de efetivo funcionamento. • O valor estimado para o “Atendimento Operacional” deverá ser unitário e será pago mensalmente de acordo com o número de PAE operacionais durante o mês conforme exemplo abaixo: Valor mensal pago = Valor unitário da Manutenção (planilha acima) x N.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 2. Fará jus ainda a cobrança de mensalidade proporcional aos dias de efetivo funcionamento do ponto.3 Atendimento eventual.

se for o caso. As manutenções corretivas de infra-estrutura são entendidas como garantia de obra ou de absorção do PAE. com uso de critérios da CAIXA para o assunto. e das rotinas a ele associadas. acrescidos do transporte. A indicação do nível de segurança de um novo ponto será feita durante o processo de vistoria inicial do local de instalação. transportes e desinstalação são válidos para os pontos temporários instalados em eventos e feiras As expansões previstas para a rede. não ficando garantida quantidade mínima de acionamentos. O valor global da proposta deverá ser a soma do valor de manutenção com a expectativa de acionamentos para os demais serviços da tabela acima. 68 • Os adicionais de segurança deverão estar cotados em separado . devidamente registrados junto aos órgãos de segurança pública e acompanhados pela área de segurança da CAIXA. Ressalvam-se os casos de necessidade de manutenção comprovadamente originada de tentativas de vandalismos ou de sinistros intentados contra o PAE. • • • • • • • . serão realizados sob demanda e pagos de acordo com o número de solicitações de cada um deles. do tipo de equipamento e do ramo de atividade do estabelecimento. Todos os padrões definidos de instalação . remunerados contra orçamento a ser apresentado pela CONTRATADA a cada ocorrência. tanto de equipamentos quanto de salas não contíguas.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. amostra do percentual de cada grupo pode ser extraída do cronograma do ANEXO XVII – Relação dos Pontos de Atendimento Eletrônico – Posição de Maio de 2006. neste caso. A CAIXA reserva-se o direito de alterar a categorização de seus pontos a qualquer momento. dependem da estratégia da CAIXA e não representam compromisso de contratação. neste caso haverá a reclassificação do ponto para efeito de faturamento. Os serviços classificados como “atendimento logístico” e “chamados eventuais”.

........... PARTE 1 – PREÇO OFERTADO PREÇO GLOBAL OFERTADO = PREÇO GLOBAL (ANEXO XV A) + PREÇO MÉDIO FRETE (ANEXO XV B) PREÇO GLOBAL DOS SERVIÇOS pelo prazo de 18 (dezoito) meses: R$ ..... CNPJ nº ..........PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL................ Dados do representante legal para assinatura do contrato .. Prazo de execução do serviço: 18 (dezoito) meses.............(..................... conforme item xxxx do Edital e Cláusula xxxx da Minuta de Contrato............................... 69 ANEXO XV MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL PREGÃO ELETRÔNICO 038/7031-2006 – GILIC/RJ Nome da Empresa Licitante:......... Obrigatoriamente em Agência da CAIXA: Agência Operação Conta e dígito.......... E-M@il : ...... caso seja o vencedor: Nome: CPF / RG Endereço Pessoa Física Profissão Estado Civil Nacionalidade Conta corrente........ contados da data limite para recebimento das propostas........................ Cidade:..) PARTE 2 – INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DA PROPOSTA COMERCIAL 1 2 3 Prazo de validade da proposta (mínimo de 60 dias) = __ ( _______________ ) dias...................................................FAX: ...................................... Endereço: .................Bairro....................................º... conforme previsto na Cláusula xxxx da Minuta de Contrato (marcar uma das opções) ___caução ___carta fiança ___seguro garantia ......Telefone:.................... Estado/UF: ......................................................................................................................... MODALIDADE DE GARANTIA a ser adotada .............................N...

Inexiste fato impeditivo à sua habilitação. salvo na condição de aprendiz. sob as penalidades cabíveis. Responsabiliza-se pelas transações efetuadas em seu nome. encargos sociais e trabalhistas. Cumpre plenamente todos os requisitos de habilitação exigidos nesta licitação. tais como: salários. - - - - - Local e data. assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances. Municipal e do Distrito Federal. e para fins de participação no Pregão Eletrônico 038/7031-2006. aparelhamento e pessoal técnico adequados e disponíveis para a realização dos serviços objeto desta licitação. ainda que por terceiros. Estadual. Para fins do disposto no inciso V do art. Não se encontra declarada inidônea para licitar ou contratar com órgãos da Administração Pública Federal.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. normas e especificações do Edital do Pregão Eletrônico 038/7031-2006. a partir dos 14 anos. Os documentos que compõem o Edital foram colocados à disposição e tomou conhecimento de todas as informações e condições necessárias para a perfeita execução dos serviços licitados. impostos. de 27 de outubro de 1999. 27 da Lei nº 8. taxas. nem menor de 16 anos em qualquer trabalho. e todos os demais custos necessários ao perfeito cumprimento das obrigações objeto da licitação. seguros. equipamentos. _______________________________________ Assinatura do Representante Legal da Empresa R. não cabendo à CAIXA responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha. inclusive os atos praticados diretamente ou por seu representante. conforme discriminados neste Edital e seus Anexos. do Representante Legal da Empresa . Possui instalações.854. acrescido pela Lei no 9. Concorda e se submete a todos os termos. bem como.666. não emprega menor de 18 anos em trabalho noturno. 70 4 A Empresa declara. materiais. de 21 de junho de 1993.G. perigoso ou insalubre. que: Nos preços propostos estão incluídas todas as despesas necessárias à perfeita execução dos serviços. decretos. às leis. portarias e resoluções cujas normas incidam sobre a presente licitação.

br.1 Como exemplo . 1. gilicrj04@caixa.500. 1.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. cada licitante poderá fazer uso do mesmo recurso.2 Para sua construção foi feita a precificação individual de cada item e ao final do processo as mesmas foram somadas e a cada uma foi atribuído um índice que representa sua participação no preço global previsto para o contrato.1 A tabela de apuração de custo é um mecanismo idealizado pela CAIXA para manter a relação de grandeza de cada atividade licitada em relação as demais.gov.72507978 .00 / 1400) / 18 = 1.00 (ATM para pontos de segurança nível 1 ) da tabela de previsão de desembolso que é resultante de: ATM para pontos de segurança nível 1 = (7.4. e estaremos encaminhando o arquivo contendo a planilha para utilização do simulador.560.390. bastando para tanto. temos o valor unitário de R$ 300. 71 ANEXO XV – A TABELA DE APURAÇÃO DOS VALORES POR ATIVIDADE 1 Funcionamento da tabela de apuração: 1. encaminhar mensagem para a caixa postal. 1.000.3 Desta forma .4 O índice é o resultado da seguinte formula: Valor por atividade = (Coluna valor total da atividade/ Preço global / Coluna Qtd da atividade) / 18 (Prazo do contrato) 1.00 / 17.

cuja distribuição por atividade na referida Tabela .53 254.00 e outra de R$ 17. .90 1. ou seja.01 R$ 101.5 Para efeito de comparação listamos abaixo como se comportarão os preços individuais havendo uma proposta de R$ 16.16 439.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.000.42 R$ 239.00 R$ 450.02 Proposta de 17 M R$ 293.000.00. 72 1.21 R$ 414.26 R$107.00 Proposta de 16 M R$ 276. para os primeiros quatro itens da licitação: Itens exemplo ATM para pontos de nível 1 segurança ATM para pontos de nível 2 segurança ATM para pontos de nível 3 segurança Adicional por PAE não lobby Estimativa CAIXA R$ 300. o licitante terá que praticar os preços derivados do uso da tabela a partir do Preço Global (Anexo XV – A). obedecerá a critérios já definidos pela Caixa.000.00 R$ 260.00 R$ 110.6 Importante notar que a tabela é mandatória.000.

Coleta.) 0. embalagem e entrega por kg (peso) – Materiais com peso maior que 150 kg: Volume em kg Distância em Km 0 a 100 101 a 200 201 a 300 301 a 400 401 a 600 601 a 800 801 a 1000 1001 a1500 1501 a 2000 2001 a 2500 2501 a 3000 3001 a 3500 3501 a 4000 4001 a 5000 5001 acima 151 a 300 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 301 a 450 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 451 a 600 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 601 a 1000 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 1001 a 2000 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 2001 a 4000 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 4001 acima R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ (...PARTE 1 .2000 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ Itens / 64 = R$(.1001 a 0..) = ∑ Itens / 105 = R$ (.000 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ (.. embalagem e entrega por M3 (volume) – Materiais com peso de até 150 kg: Volume em m3 Distância em Km 0 a 100 101 a 200 201 a 300 301 a 400 401 a 600 601 a 800 801 a 1000 1001 a1500 1501 a 2000 2001 a 2500 2501 a 3000 3001 a 3500 3501 a 4000 4001 a 4500 4501 a 5000 5001 acima 0.Coleta.5000 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 0..PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. deverá ser calculado da seguinte forma: .1 Para composição do valor unitário do quilômetro da Tabela de Apuração do valor Médio do Frete(Anexo XV – B) .. 73 ANEXO XV – B TABELA DE APURAÇÃO DO VALOR MÉDIO DO FRETE Valor do Transporte ..2001 a 0...5001 a 1.0001 a 0.) Valor médio do frete R$ (..) Valor médio do frete R$ (.1000 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 0..PARTE 2 .) = ∑ Valor do Transporte .) Observações: 1.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 1.7 .4 1. 74 1. em relação à faixa de volume (m³) e faixa de distância.2 1. na PARTE 1 da Proposta Comercial (Anexo XV) O uso das tabelas acima é importante já que possibilita aos concorrentes utilizar o mesmo critério adotado pela CAIXA quando da formulação da Proposta Comercial (Anexo XV). resultantes da PARTE 1 mais a resultante da PARTE 2. Ao final do processo deve somar os dois totais encontrados. Deve proceder da mesma forma na apuração dos itens da PARTE 2. A soma de todos os itens será dividida pela quantidade de itens (64).3 1. e dividir por 2(DOIS).6 O licitante deverá lançar os valores para cada um dos itens da PARTE 1. O valor médio encontrado servirá como referência para apuração do frete que deverá ser somado ao PREÇO GLOBAL encontrado na Tabela de Apuração de Valores por Atividade (Anexo XV – A) que corresponderá ao PREÇO GLOBAL ofertado.5 1.

detalhando cada um. 75 ANEXO XVI PADRÃO DE RELATÓRIO PARA ATENDIMENTOS LOGÍSTICOS 1 2 2.  Foto 1 Visão geral do local de instalação antes de qualquer intervenção  Foto 2 Visão focalizada da base de chumbamento após reconstituição. • Relatório técnico nos termos do ANEXO VII – RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA (VERIFICAÇÕES MÍNIMAS) • Relatórios sobre os serviços de movimentações realizadas.  Foto 3 Visão focalizada da base de chumbamento  Foto 4 Quadro de força e tomadas elétricas  Foto 5 Cabeamento lógico e de telefonia  Foto 6 Interior da Carenagem  Foto 7 Visão geral da solução instalada  Foto 8 Sinalização externa  As fotos devem ser gravadas no formato JPEG. municípios de origem e destino. com as informações dos elementos transportados. quilometragem considerada. com resolução 800 x 600 pixels.1 Deverá ser utilizada uma pasta para cada chamado de infra-estrutura. As pastas devem ser padronizadas conforme abaixo: Conter na capa exterior etiqueta contendo as seguintes informações:  Data do chamado  Número do chamado de origem  Número de controle recebido da Central  Local de realização da tarefa  Data de conclusão da tarefa  Identificação da natureza do chamado Conter em seu interior: • Relatório de Instalação composto de:  Lista dos equipamentos instalados  Fabricante dos equipamentos e itens da solução  Modelo dos equipamentos  Números de série e de patrimônio dos equipamentos  Identificação dos elementos de sinalização utilizados. • Nas atividades que envolvam desinstalação e instalação simultânea e nas de desinstalação devem ser incluídos no CD:  Documento assinado pelo responsável pelo estabelecimento nos termos do ANEXO V .2 . constando o registro fotográfico dos seguintes aspectos:  Foto 1 Visão geral do local de instalação antes de qualquer intervenção  Foto 2 Visão focalizada do ponto específico onde serão instalados os elementos da solução PAE.ATESTE DO SERVIÇO DE RESTAURAÇÃO. • Documentação fotográfica. em CD não regravável.  Foto 3 Visão focalizada do local onde foram retirados os quadros de força e tomadas elétricas 2.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. se pertinente.

76   Foto 4 Visão individual dos itens da solução embalados para transporte. com resolução 800 x 600 pixels.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. . As fotos devem ser gravadas no formato JPEG.

COMENDADOR GUSTAVO PAIVA AV COMENDADOR GUSTAVO PAIVA Nº 2314 722 4021 122 3301 1061 S/N 470 2095 517 S/N S/N 67 S/N 365 141 293 5395 2650 Complemento SUPERMERCADO SUPERMERCADO SUPERMERCADO Bairro CADEIA VELHA BAIRRO BOSQUE ESTAÇÃO EXPERIMENTAL AVIÁRIO ESTAÇÃO EXPERIMENTAL ELDORADO SENADOR TEOTÔNIO VILELA FAROL TRAPICHE CENTRO JACARECICA CENTRO CENTRO PRADO CENTRO CENTRO Municipio/UF RIO BRANCO/AC RIO BRANCO/AC RIO BRANCO/AC RIO BRANCO/AC RIO BRANCO/AC ARAPIRACA/AL ARAPIRACA/AL MACEIO MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL TÉRREO CENTRO CRUZ DAS ALMAS MANGABEIRAS CEP 6990842 0 6990821 0 6991249 0 6990917 0 6990046 0 5730600 0 5731118 0 5705200 0 5701000 1 5702009 0 5703915 0 5700000 0 5702041 0 5701007 0 5702052 0 5702021 0 5702034 0 5703800 0 5703800 .AVIÁRIO SUPERMERCADO DAYANE ELDORADO CENTRO ADMINISTRATIVO HIPER BOMPREÇO FAROL III FUNGLAF PALÁCIO DO GOVERNO ESCOLA FAZENDÁRIA TERMINAL RODOVIARIO JOAO PAULO II POLÍCIA MILITAR DE ALAGOAS ACADEMIA DA POLÍCIA MILITAR BOMPREÇO BUARQUE DE MACEDO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO VIA BOX PRAIA HIPERCENTER Endereço AV EPAMINONDAS JÁCOME RUA IZAURA PARENTE AV CEARÁ RUA AVIARIO AV CEARÁ RUA EXPEDICIONÁRIOS BRASILEIRO RUA SAMARITANA AV. Leste/Oeste PRAÇA DA INDEPENDÊNCIA AV. FERNANDES LIMA AV . 77 ANEXO XVII RELAÇÃO DOS POSTOS DE ATENDIMENTO ELETRÔNICOS – POSIÇÃO DE MAIO/2006 MÊS 9 9 9 9 9 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 NomePAE VAREJÃO POPULAR SUPERMERCADO ARAUJO SUPERMERCADO GONÇALVES SUPERMERCADO ARAÚJO . ASSIS CHATEAUBRIAND. SIQUEIRA CAMPOS PRAÇA MARECHAL FLORIANO PEIXOT ROD. S/N RUA BUARQUE DE MACEDO RUA BARÃO DE ALAGOAS RUA BARÃO DE PENEDO AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. AL 101 NORTE KM 5 Av.

AV NOEL NUTLES AV. FERNANDES LIMA AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. RUA LEOPOLDO MACHADO 470 470 9730 2178 S/N 596 15 S/N 1762 6250 6250 S/N S/N S/N 700 3555 1128 03 7687 S/N S/N 354 2334 ESQ. FERNANDES LIMA AV.RODRIGO OTÁVIO BLOCO 1 RUA NOEL NUTLES AV. MENINO MARCELO AV JUCA SAMPAIO MUNICIPIO PALMARES AV.LEOPOLDO PERES RUA RODRIGO OTÁVIO RUA PARAÍBA RUA 143 RUA PEDRO TEIXEIRA RUA RECIFE S/Nº AV DJALMA BATISTA RUA JOÃO PAULO. AUTAZ MIRIM AV NOEL NUTLES AV PENETRAÇÃO AV GRANDE CIRCULAR AV. HENRIQUE ALTOS DO TERMINAL RODOVIÁRIO NÚCLEO 9 FAROL FAROL SERRARIA BARRO DURO TABULEIRO DO PINTO CENTRO CIDADE NOVA CRESPO CIDADE NOVA I SÃO JOSÉ II SÃO JOSÉ II CIDADE NOVA JORGE TEXEIRA SÃO JOSE EDUCANDOS DISTRITO INDUSTRIAL ADRIANOPOLIS CIDADE NOVA II PONTA NEGRA FLORES CHAPADA ALVORADA I TREM MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL MACEIO/AL RIO LARGO/AL MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MANAUS/AM MACAPA/AP 0 5705200 0 5705200 0 5708341 0 5704060 0 5711010 0 6901012 0 6909377 1 6907400 0 6909377 0 6908500 0 6908500 0 6909377 1 6900000 0 6900000 0 6907025 0 6907700 6905702 1 6909772 0 6903700 0 6905003 0 6905001 0 6904313 0 6890643 . RAMOS FERREIRA. AUTAZ MIRIM AV. 78 MÊS NomePAE Endereço Nº Complemento Bairro Municipio/UF CEP 7 7 7 7 7 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 9 HIPER BOMPREÇO FAROL HIPER BOMPREÇO FAROL II VIA BOX SERRARIA CARNES E VERDES AEROPORTO PALMARES PRAÇA DA SAUDADE DROGARIA PONTO CERTO MAO CECOMIZ DB CIDADE NOVA SHOPPING GRANDE CIRCULAR I SHOPPING GRANDE CIRCULAR II TERMINAL URBANO CIDADE NOVA MAO TERMINAL URBANO JORGE TEXEIRA TERMINAL URBANO SÃO JOSÉ DB EDUCANDOS STUDIO 5 MANAUS DB PARAIBA CIDADE NOVA II MAO DB PONTA NEGRA RODOVIÁRIA MANAUS TVLANDIA MALL MODELO SHOPPING CENTER MACAPÁ AV.

ILHÉUS X ITABUNA. DE FEIRA DE SANTANA TERMINAL ROD. DE FEIRA DE SANTANA GUANAMBI RODOVIARIA ILHÉUS SUPERMERCADO MEIRA DE ILHÉUS HOSPITAL SANTA CRUZ DE ITABUNA RODOVIARIA DE ITABUNA SAO CAETANO DE ITABUNA HIPERMERCADO RAMOS JEQUIEZINHO RODOVIÁRIA DE JEQUIÉ SHOPPING AGUAS CENTER RUA HILDEMAR MAIA ROD BR 156.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 70 RUA BRIGADEIRO SÁ BITTENCOURT PÇA PAPA JOÃO XXIII AV. PORTO SEGURO AV. ADOLFO VIANA.MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA TERMINAL ROD. KM 0 AV VIOLETA MONTE OVER RUA CÂNDIDO MENDES BR 242 SAIDA PARA BRASILIA AVENIDA AYLON MACEDO RUA COSTA PINTO AV ANTONIO PARTERSON AV. SR. AV. DOS PASSOS.CENTRAL DE ATENDIMENTO À POPULAÇÃO RODOVIARIA DE BARREIRAS/BA POSTO SABAA BARREIRAS CENTRO ADMINISTRATIVO MUNICIPAL BOMPREÇO CANDEIAS EUNÁPOLIS PREF. KM 0 RUA A. RUA ANTONIO MUNIZ AV JS PINHEIRO AV PRINCESA IZABEL RUA SILVIO DIAS PIRES. PRESIDENTE DUTRA RUA DR JOSE HUMBERTO NUNES ROD. PRESIDENTE DUTRA AV. 0 S/N 275 448 S/N 63 S/N S/N 729 910 999 999 55 S/N 429 200 S/N 678 70 301 S/N S/N SANTA RITA SÃO LÁZARO CONGÓS CENTRO BARREIRINHAS BOAVISTA CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO FUNDAO SÃO FRANCISCO PONTALZINHO LOMANTO JUNIOR BANCO RASO CENTRO JEQUIEZINHO JOAQUIM ROMÃO MARIA GORETTE MACAPA/AP MACAPA/AP MACAPA/AP MACAPA/AP BARREIRAS/BA BARREIRAS/BA CAMACARI/BA CANDEIAS/BA EUNAPOLIS/BA FEIRA DE SANTANA/BA FEIRA DE SANTANA/BA FEIRA DE SANTANA/BA GUANAMBI/BA ILHEUS/BA ILHEUS/BA ITABUNA/BA ITABUNA/BA ITABUNA/BA JACOBINA/BA JEQUIE/BA JEQUIE/BA JUAZEIRO/BA Bairro Municipio/UF CEP 0 6890649 0 6890000 0 6890437 5 6890626 0 4780000 0 4780618 0 4280000 0 4380000 0 4582000 6 4401023 1 4406834 0 4406834 0 4643000 0 4560000 0 4565000 0 4560262 5 4560200 0 4560700 1 4470000 0 4520612 0 4520061 0 4890000 0 . 79 MÊS NomePAE Endereço Nº Complemento GALÚCIO 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 AEROPORTO DE MACAPÁ TERMINAL RODOVIÁRIO DE MACAPÁ AUTO POSTO GATO CAP .

MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS RUA JOÃO TIAGO DOS SANTOS PREF. MUNICIPAL DE PAULO AFONSO POSTO 22 DE ABRIL ARRAIAL D'AJUDA PORTO SEGURO AEROPORTO DE PORTO SEGURO OUT LET CENTER BOMPREÇO SÃO CAETANO BOMPREÇO MARES SENAI RODOVIÁRIA DE SALVADOR HIPERMERCADO G BARBOSA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA III ESTAÇÃO RODOVIÁRIA IV ESTAÇÃO PIRAJÁ BOMPREÇO BARRA DNOCS BOM PREÇO GARIBALDI BOM PREÇO VASCO DA GAMA BOM PREÇO PAU DA LIMA BOMPREÇO IAPI VILA LAURA TROPICAL CENTER AV. APOLÔNIO SALES. LOTE 43 PREFEITURA MUNICIPAL Complemento PORTÃO CENTRO CENTRO CENTRO ARRAIAL D'AJUDA CIDADE ALTA URUGUAI SÃO CAETANO MARES BONFIM IGUATEMI BROTAS IGUATEMI IGUATEMI IGUATEMI PIRAJÁ BARRA AVENIDA CENTRO ADMINISTRATIVO DA BAHIA GARIBALDI RIO VERMELHO PAU DA LIMA IAPI MATATU Bairro Municipio/UF LAURO DE FREITAS/BA LAURO DE FREITAS/BA PAULO AFONSO/BA PORTO SEGURO/BA PORTO SEGURO/BA PORTO SEGURO/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA PREF. ANTONIO CARLOS MAGALHÃES AV ACM AVENIDA ACM AVENIDA ACM AVENIDA ACM ESTAÇÃO PIRAJÁ RUA BARÃO DE ITAPUÃ AV. 80 MÊS 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 NomePAE BOMPREÇO LITORAL NORTE Endereço AV SANTOS DUMOND Nº 7650 S/N 925 35 S/N S/N 753 334 S/N 99 4362 4479 4362 4362 4362 S/N 09 630 381 864 91 32 279 QD 3.925 AV. 22 DE ABRIL ESTRADA DO MUCUGÊ ESTRADA A RUA DO URUGUAI RUA DIRETA DE SÃO CAETANO RUA COMENDADOR BASTOS AV DENDEZEIROS AV. ULYSSES GUIMARÃES AV REITOR MIGUEL CALMON AV VASCO DA GAMA PQ R ASCENÇÃO RUA CONDE DE PORTO ALEGRE RUA RAUL LEITE CEP 4270000 0 4270000 0 4860800 0 4581000 0 4581600 0 4582000 0 4045426 0 4038913 0 4041021 0 4041500 0 4182500 0 4028000 0 4182500 0 4182500 0 4182500 0 4129054 0 4014006 0 4121300 0 4011010 0 4023073 0 4124505 0 4033020 0 4027018 0 .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

SANTOS DUMONT RUA DES. LEITE ALBUQUERQUE RUA DES. LEITE ALBUQUERQUE Endereço Nº 161 418 50 01 155 49 S/N 2233 S/N S/N 2235 34 01 S/N 50 80 766 S/N 300 1 3130 1077 1077 ED. PARANHOS. PRAÇA NOVA DO CONGRESSO AV WASHINGTON LUIS PÇA SETE DE SETEMBRO AV. LUIZ VIANA FILHO RUA CONS.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. SÃO RAFAEL AV. ROSA CRUZ AV OLIVIA FLORES RODOVIA BR 116 KM 1070 RUA DR. 81 MÊS 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 7 7 7 7 7 TRT SHOPPING ALBATROZ BOMPREÇO RIO VERMELO Estação da Lapa CENTER LAPA SHOPPING VILLAS BOULEVARD BOMPREÇO CHAME-CHAME BOMPREÇO CABULA BOMPREÇO ARMAÇÃO BOMPREÇO SÃO RAFAEL COMPLEXO PARALELA SUPERMERCADO J PEREIRA LTDA CENTRAL SHOPPING HOSPITAL DR EDUARDO ALENCAR TEIXEIRA DE FREITAS/BA HIPERBOMPREÇO VIT CONQUISTA SUPERMERCADO RONDELI VIT CONQUISTA RODOVIARIA VIT DA CONQUISTA FARMÁCIA TEODORICO JUSTIÇA FEDERAL CENTER UM TRT ANEXO II TRT ANEXO I NomePAE RUA DO CABRAL ESTRADA DO COQUEIRO GRANDE RUA MARQUES DE MONTE SANTO RUA FRANCISCO FERRARO RUA PORTÃO DA PIEDADE AV PRAIA DE ITAPUÃ RUA AUGUSTO F SCHMIDT RUA SILVEIRA MARTINS AV OTAVIO MANGABEIRA AV. RAUL BARBOSA SHOPPING BOULEVARD FAZENDA GRANDE II Complemento NAZARE CAJAZEIRAS RIO VERMELHO NAZARÉ PIEDADE VILAS DO ATLANTICO CHAME-CHAME CABULA JARDIM ARMAÇÃO PAU DA LIMA PARALELA CENTRO CENTRO CENTRO MONTE CASTELO CANDEIAS CANDEIAS JUREMA CENTRO CENTRO ALDEOTA ALDEOTA ALDEOTA Bairro Municipio/UF SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SALVADOR/BA SANTO AMARO/BA SENHOR DO BONFIM/BA SIMOES FILHO/BA TEIXEIRA DE FREITAS/BA VITORIA DA CONQUISTA/BA VITORIA DA CONQUISTA/BA VITORIA DA CONQUISTA/BA CRATO/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE CEP 4005501 0 4134005 0 4194033 0 4005002 0 4007090 0 4270000 0 4014039 0 4115000 0 4175024 0 4071725 0 4182078 5 4420000 0 4897000 0 4370000 0 4599703 5 4510000 0 4500000 0 4500000 0 6310000 0 6003521 0 6015016 1 6015015 0 6015015 0 . JOÃO PESSOA PRAÇA MURILO BORGES AV.

DOS EXPEDICIONÁRIOS RUA EDUARDO PERDIGÃO RUA EDUARDO PERDIGÃO RUA DEMETRIO DE MENEZES RUA DEMETRIO DE MENEZES RUA PEREIRA MIRANDA RUA PEREIRA MIRANDA AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.MONTESE CREA TRIBUNAL DE JUSTIÇA CONJUNTO CEARÁ TERMINAL CONJUNTO CEARÁ II ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO CEARA TBM 01 TERMINAL PARANGABA TERMINAL PARANGABA TERMINAL ANTONIO BEZERRA TERMINAL ANTONIO BEZERRA 2 TERMINAL PAPICU 1 TERMINAL PAPICU 2 TERMINAL SIQUEIRA CEFET TERMINAL MESSEJANA 1 TERMINAL MESSEJANA 2 DROGARIA AVENIDA TBM 02 PREFEITURA DE SOBRAL TST NomePAE Endereço AV.LOTE 915 Complemento ALDEOTA AMADEU FURTADO MONTESE FÁTIMA.JOSÉ AMÉRICO S/N RUA CÔNEGO DE CASTRO RUA 113 AV. JOR. SANTOS DUMONT RUA PROFESSOR LINO ENCARNAÇÃO RUA MARACANAU RUA PAULA RODRIGUES AV. DESEMBARGADOR MOREIRA AV. TOMAZ COELHO AV. 82 MÊS 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 9 CENTER UM II HIPER MERCANTIL . JOR. CAMBEBA PARQUE SÃO JOSÉ CONJUNTO CEARÁ DIONISIO TORRES ITAPERI PARANGABA PARANGABA PADRE ANDRADE PADRE ANDRADE PAPICU PAPICU SIQUEIRA BAIRRO DE FÁTIMA MESSEJANA MESSEJANA PIRAJÁ DISTRITO INDUSTRIAL CENTRO ASA NORTE Bairro Municipio/UF FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE FORTALEZA/CE JUAZEIRO DO NORTE/CE MARACANAU/CE SOBRAL/CE BRASILIA/DF CEP 6015016 1 6045023 0 6042155 0 6041127 0 6083007 0 6073000 0 6053369 6013024 0 6000000 0 6000000 0 6000000 0 6000000 0 6000000 0 6000000 0 6000000 0 6000000 0 6004053 1 6000000 0 6000000 0 6302000 0 6191000 0 6201108 0 7122000 0 .MIN. GENERAL OSORIO DE PAIVA AV.PARQUE NORTE RUA VIRIATO DE MEDEIROS SAAN Nº 3130 869 238 304 S/N 3918 16 2807 9981 231 231 1861 1861 81 81 2955 2081 650 650 1573 570 1250 S/N QUADRA 03 .PARQUELÂNDIA HIPER MERCANTIL . TREZE DE MAIO AV. TOMAZ COELHO AV AILTON GOMES AV.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.QS 01 CBS LOTES 1/4 AV.ED.ED.BRASILIA/DF TAGUATINGA TAGUATINGA AGUAS CLARAS . N2 . INTERLEGIS PRODASEN-anexo C S/NSENADO FEDERAL ANEXO II .BLOCO A BLOCO B ED.1 AVENIDA N/2 SEPN SEPN 508 SEPN 507 BLOCO A SEPN 707/909 CBS LOTES 1/4 CBN 12. A1 ÁREA 65/80 EMI BL G TÉRREO SCN QUADRA1 BLOCO A 1 S/N S/N S/N S/N S/N 4 S/N S/N S/N 5004 S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N 103 S/N S/N 1 MINISTÉRIO DA SAÚDE HALL Taguatinga/DF Taguatinga/DF LOTE 40 Taguatinga/DF BLOCOS BLOCO B ANEXO DO SENADO FEDERAL /5005 . QUADRA 1 SAS QUADRA 02 BL G TÉRREO SAUS QD 02 ED. TSE . 83 MÊS 9 9 9 9 7 9 9 9 9 9 7 9 9 9 7 9 9 7 9 12 12 9 9 ABIN JUSTIÇA FEDERAL I . SEDE TSE AEROPORTO BRASILIA REDE SARAH CÂMARA DOS DEPUTADOS INTERLEGIS SENADO GABINETES GRÁFICA DO SENADO FEDERAL CHAMPION 504 NORTE CONFEA 507 NORTE UNICEUB SHOPPING ALAMEDA SHOPPING TOP MALL TAGUATINGA SHOPPING SHOPPING ALAMEDA II HFA SUDOESTE RODES CENTER I PARK SHOPPING MINISTÉRIO DA SAÚDE SASSE NomePAE Endereço SAI/SO ÁREA 05. CONTORNO DOS BOSQUES SCLSW 103 SAI/SO Q. LOTES 11/12 RUA 210 . SEDE TRF PÇA TRIBUNAIS SUPERIORES BL C AEROPORTO INTERNCIONAL SMHS 301 BLOCO B CÂMARA DOS DEPUTADOS ANEXO IV AV.DF TAGUATINGA CRUZEIRO NOVO SETOR SUDOESTE SOF SUL BRASÍLIA SETOR COMERCIAL NORTE Municipio/UF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF CEP 7061000 0 7007000 0 7007009 0 7009390 0 7160890 0 7033590 1 7016090 0 7016590 0 7016590 0 7016590 0 7073051 0 7074054 2 7074052 1 7079007 5 7200000 0 7200000 0 7201011 0 7200000 0 7065890 0 7067052 0 7121990 0 7017090 0 7071050 0 .BRASÍLIA TRF . PIONEIRAS SOCIAIS ANEXO IV ED.SEDE Nº Complemento Bairro SETOR DE ÁREAS ISOLADAS SUL ASA SUL ASA SUL SETOR DE AUTARQUIAS SUL LAGO SUL ASA SUL ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS ZONA CÍVICO ZONA CÍVICO PRAÇA DOS 3 PODERES ASA NORTE ASA NORTE ASA NORTE ASA NORTE .

DOS MINISTÉRIOS BL.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.MC DF 130 KM 16.MUNICIPAL.LOJAS 03/10 Endereço Nº S/N S/N S/N S/N 1 601 S/N 1 1 S/N 2 S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N 1 1 S/N 2075 S/N BLOCO A . PALÁCIO TJDF SIA TRECHO 02.SETOR ED. L ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS ESPL.B PRAÇA BURITI. 07 BLA AREA ESP 1 EQ 55/58 A/E 20/21 SETOR CENTRO L/OESTE AREA ESP 1 EQ 55/58 SGAN 601 MÓDULO G SGAN ESPL.FÓRUM MILTON S.5 SEPN 511 BLOCO D LOTES 4/5 SHN QL 02 AREA ESP.SETOR LESTE MÓDULO G MODULO G ENTRADA PRINCIPAL BLOCO E BLOCO K BLOCO P . DOS MINISTÉRIOS ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS QDA CENTRAL BLOCO 11 LOTE 07 QA 03 . S/N SEPN 515 BLOCO C LOJA 32 SBN QUADRA 01 BLOCO C 3º ANDAR PÇA. DOS MINISTERIOS ESPL.SIA SUPERMERCADO PIRENÓPOLIS SCS QD.DF Bairro Municipio/UF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF CEP 7030790 0 7240561 0 7246000 0 7240561 0 7083090 0 7086390 0 7004790 0 7006290 0 7004090 6 7006490 0 7006490 0 7009990 0 7300100 0 7375000 0 7000000 0 7000000 0 7151000 0 7077053 0 7005790 0 7009490 0 7009490 0 7120001 0 7270106 . 84 MÊS 7 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 7 7 7 9 9 7 9 NomePAE SHOP PÁTIO BRASIL GAMA SHOPPING ALTERNATIVO CENTER GAMA SHOPPING II SERPRO SERPRO MEC MINISTÉRIO CIÊNCIA E TECNOLOGIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL SERRA SHOPPING SUPERMERCADO MINEIRÃO AUTO POSTO LAZZAT REPRO/MZ PÃO DE AÇUCAR NORTE SEBRAE TRE DF TJDF TJDF II TJDF . LOTES QUADRA 06 .PALÁCIO DO DESENVOLVIMENTO FÓRUM LOTES 07/08 .TÉRREO BLOCO T Anexo 2TÉRREO BLOCO P EDIFÍCIO ALTERNATIVO CENTER Complemento ASA SUL GAMA GAMA GAMA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS ASA NORTE ASA NORTE ESPLANADA ESPLANADA ESPLANADA ESPLANADA ASA NORTE SOBRADINHO PLANALTINA /GO PLANALTINA ASA NORTE LAGO NORTE ASA NORTE SETOR BANCÁRIO NORTE SETOR GRÁFICO ASA SUL SETOR DE INDUSTRIA BRAZLÂNDIA .

S. LOTE C BLOCO B LOTES 04/05 JARDIM BRASÍLIA ASA SUL ASA SUL ASA SUL ASA SUL SETOR BANCÁRIO NORTE ASA SUL ASA SUL ASA NORTE CRUZEIRO-DF CRUZEIRO CRUZEIRO CRUZEIRO CEILÂNDIA SUL /DF CEILÂNDIA CENTRO TAGUATINGA .TERMINAL RODOVIÁRIO BRASILIA SHOPPING TAURISANO AMERICEL Shopping Liberty Mall PIER 21 ARACRUZ CELULOSE SCN AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. W3 NORTE .BLOCO A TÉRREO TERREO QUADRA 2 BLOCO D 32 FÁBRICA ARACRUZ CELULOSE S/A LOTE 23 QUADRA 702.QUADRA 502 SEPS 702/902 BLOCO B SCN SCES TRECHO 2 CONJUNTO 32 ROD BARRA DO RIACHO X ARACRUZ 0 7291500 0 7030790 0 7030790 0 7031790 0 7033070 0 7004190 2 7030790 0 7000000 0 7077090 1 7120797 0 7120790 0 7065810 0 7065810 0 7222028 0 7221511 0 7215000 0 7071590 0 7000000 0 7039002 5 7071290 0 7020001 0 2919700 0 .BL A SCS QD 07 .BL C.A.I.CNC SCS QD.QD 07 SAIN.LOTE 06 D15 QNM 28 ÁREA ESPECIAL B QNM 11 ÀREA ESPECIAL 1 S/N S/N S/N S/N S/N 1 S/N S/N 1 S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N S/N 2 25 TAGUATINGA .L NORTE QUADRA 5 .LOTE 06 D15 SHCES QD 1101 . .BL A SCS QD 02 . COMERCIAL SEDE SOCIAL CNC SHOP PÁTIO BRASIL IV POLÍCIA FEDERAL EMBRAPA TERRAÇO SHOPPING RODOFERROVIÁRIA SUPERMAIA SUPERMAIA II SUPERMERCADO SUPERCEI FORUM DE CEILÂNDIA QUADRA 24 SCS QD 07 . 277 SEP SUL SBN QUADRA 01 BLOCO B ED.PARQUE SHCE AO SUL EA P/8 LOTE 05 PARQUE FERROVIÁRIO .AE SHCES QD 1101 . 85 MÊS NomePAE Endereço Nº Complemento NORTE 9 12 12 9 7 9 7 9 9 9 9 7 7 9 9 9 12 9 9 9 9 10 AGANP PÁTIO SHOPPING BRASIL PÁTIO SHOPPING BRASIL II FED.DF CENTRO COMERCIAL NORTE ASA NORTE ASA SUL ASA NORTE SETOR DE CLUBES SUL ARACRUZ BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF BRASILIA/DF ARACRUZ/ES Bairro Municipio/UF CEP TERMINAL RODOVIÁRIO DE TAGUATINGA AE . 07 BLA S.

ATLÂNTICA RODOVIA BR 101 N.JACARAÍPE FARMACIA SANTA LUCIA POSTO NOVO MILENIO II POSTO CHAMPAGNAT POSTO MARCELA SHOPPING PRAIA DA COSTA Endereço RUA 25 DE MARÇO AV LACERDA DE AGUIAR PRAÇA GILBERTO MACHADO AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. SAMUEL BATISTA CRUZ AV. OCEANO ATLÂNTICO AV. R: DO PESSEGUEIRO . KM 67.CACHOEIRO SCHOWAMBACH SUPERMERCADOS HOSPITAL MERIDIONAL UNESC COLATINA SHOPPING PRAIA CENTER FÁRMACIA PESSINI SHOPPING GUARAPARI LINHARES POSTO ECLIPSE PETROBRÁS PADARIA MAKERLLY FARMÁCIA MÔNICA SIDERÚRGICA DE TUBARÃO VITÓRIA APART HOSPITAL DROGARIA AVENIDA . 86 MÊS 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 NomePAE SHOPPING CACHOEIRO POSTO ITACAR UNIMED . PREF. HUGO MUSSO. CENTRAL ÁREA ADMINISTRATIVA DA CST BR 101 NORTE KM 2 AVENIDA ABDO SAAD RUA HENRIQUE MOSCOSO RODOVIA DO SOL KM 17 AV.ADALBERTO RAMALHETE C. DOUTOR OLIVIO LIRA 550 S/N 353 SHOPPING PRAIA DA Nº 33 56 07 126 200 2930 S/N 1932 800 140 2801 274 S/N 1456 775 S/N S/N 685 39 PÁTIO PETROBRÁS SETOR SAO CENTRO AV. RECEPÇÃO DO HOSPITAL Complemento PROX LOJA TELEFONICA CELULAR Bairro CENTRO GILBERTO MACHADO GILBERTO MACHADO CAMPO GRANDE ALTO LAJE MARTINELLI CENTRO PRAIA DO MORRO MUQUIÇABA GUARAPARI CONCEIÇÃO CENTRO NOVA ESPERANÇA GURIRI LARANJEIRAS PLANALTO DE CARAPINA CARAPINA JACARAÍPE PRAIA DA COSTA 23 DE MAIO . EXPEDITO GARCIA R:SÃO JOÃO BATISTA RUA FIORAVANTE ROSSI PÇA ALDERICO TEDOLDI AV. ADALBERTO R. EVERSON DE ABREU SODRÉ AV DR ROBERTO CALMON AV.BARRA DO JUCU PRAIA DA COSTA DIVINO ESPIRITO SANTO PRAIA DA COSTA Municipio/UF CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM/ES CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM/ES CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM/ES CARIACICA/ES CARIACICA/ES COLATINA/ES COLATINA/ES GUARAPARI/ES GUARAPARI/ES GUARAPARI/ES LINHARES/ES MARATAIZES/ES SAO MATEUS/ES SAO MATEUS/ES SERRA/ES SERRA/ES SERRA/ES SERRA/ES VILA VELHA/ES VILA VELHA/ES VILA VELHA/ES VILA VELHA/ES VILA VELHA/ES CEP 2930010 0 2930330 0 2030329 0 2914620 0 2915658 0 2970336 0 2970000 0 2921601 0 2921501 0 2920034 0 2990210 0 2934500 0 2993000 0 2993000 0 2916514 0 2916400 0 2916190 0 2917313 0 2910002 0 2912997 0 2910128 0 2910723 0 2910195 . COUTINHO AV.TERREO AV.5 AV.

87 MÊS NomePAE Endereço Nº Complemento COSTA 10 10 10 10 10 10 10 10 10 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 PREFEITURA DE VITÓRIA HOSPITAL SANTA RITA REITORIA RODOVIÁRIA DE VITÓRIA POSTO ATLÂNTICO PROENG HALL SHOPPING VITÓRIA MEGA FARMA ALEIXO NETO SHOPPING VITORIA II AGANP II POSTO ANAPOLINO ANASHOPPING ANASHOPPING II POSTO ANAPOLINO II SUPERMERCADO DO VICENTE ATLANTA CIDADE EMPRESARIAL RODOVIÁRIA RODOVIÁRIA DE GOIÂNIA II RODOVIÁRIA DE GOIÂNIA III CAMPINAS VAPT-VUPT CAMPINAS AV. 24 LOTES 4/5 . FERNANDO FERRARI TERMINAL RODOVIÁRIO DE VITÓRIA AV.J AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. DOS NAVEGANTES QD. MARECHAL CAMPOS AV. 161 LOJA 01 CAMPUS UNIVERSITÁRIO BENTO FERREIRA MARUÍPE GOIABEIRAS ILHA DO PRÍNCIPE JARDIM CAMBURI JARDIM DA PENHA ENSEADA DO SUA PRAIA DO CANTO ENSEADA DO SUA JARDIM BRASÍLIA CENTRO SANTA ISABEL SANTA ISABEL CENTRO VILA JAIARA JUNDIAÍ CIDADE EMPRESARIAL SETOR NORTE FERROVIÁRIO CENTRO CENTRO CAMPINAS CAMPINAS VITORIA/ES VITORIA/ES VITORIA/ES VITORIA/ES VITORIA/ES VITORIA/ES VITORIA/ES VITORIA/ES VITORIA/ES AGUAS LINDAS DE GOIAS/GO ANAPOLIS/GO ANAPOLIS/GO ANAPOLIS/GO ANAPOLIS/GO ANAPOLIS/GO ANAPOLIS/GO APARECIDA DE GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO Bairro Municipio/UF CEP 0 2905212 1 2904009 1 2906090 0 2909009 0 2909007 0 2906014 0 2905090 0 2905720 0 2905090 0 7291000 0 7500197 0 7508335 0 7508335 0 7500197 0 7506478 0 7511318 0 7493590 0 7406301 0 7406330 0 7406330 0 7450310 0 7450310 1 . MAL. DOS NAVEGANTES RUA ALEIXO NETO AV. GOIÁS RUA 44 RUA 44 AV. DANTE MICHELINE AV. NOSSA SRA. ANHANGUERA AV ANHANGUERA 1927 1579 S/N S/N 4405 890 1440 1059 1440 S/N 149 2221 2221 149 1203 1240 16 399 399 399 8044 S/N 0 Q89 L07 S/N QD. BRASIL AV UNIVERSITARIA AV UNIVERSITARIA AV. NOSSA SRA. FRANCISCO GENEROSO FONSECA AV. MASCARENHAS DE MORAES AV. FERNANDO COSTA AV SANTOS DUMONT CONDOMÍNIO CIDADE EMPRESARIAL AV. BRASIL AV.

VENERANDO DE FREITAS AVENIDA GOIÁS .AV D BURITI SHOPPING BURITI SHOPPING BURITI SHOPPING III BURITI SHOPPING IV MOREIRINHA ZOOLÓGICO MOREIRINHA II AUTO POSTO SANTA LUZIA CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA FUNDEC FLAMBOYANT CARREFOUR NORTE CARREFOUR SUL CELG FLAMBOYANT II DETRAN GOIÃNIA SHOPPING MARCOS FAMA MARCOS SERRINHA SEBRAE DERMU / COMPAV VILA NOVA Endereço RUA 09. DEP.CENTRO RUA 25-A AV JAMEL CECILIO AV. PERIMETRAL ALAMEDA DAS ROSAS AV. GOIÁS AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. ATILIO CORREIA LIMA AV T-10 AV. S-1 AV. JAMEL CECILIO RUA 02 . PERIMETRAL RUA PROF. BERNARDO SAYÃO AV. G-11 LT. T-30 RUA 21 AV SANTOS DUMONT Nº 1418 S/N S/N S/N S/N 2982 S/N 2982 77 2001 S/N 3300 6505 3900 S/N 3300 S/N 1300 1731 1015 1000 496 1118 ESQUINA C/ AV INDEPENDÊNCIA 0 0 0 ED GYLENO GODOI Complemento QD. C/ AV D AV RIO VERDE AV RIO VERDE AV RIO VERDE AV RIO VERDE AV.ED GYLENO GODOI AV JAMEL CECILIO AV. ESQ.01 QD. 102/104 00 0 TERREO ESQ. 102/104 QD. 102/104 QD. 88 MÊS 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 NomePAE DROGALE . C/ REPUBLICO DO LIBANO Bairro SETOR OESTE VILA SAO TOMAZ VILA SAO TOMAZ VILA SAO TOMAZ VILA SAO TOMAZ SETOR COIMBRA SETOR BUENO SETOR COIMBRA SETOR SANTA GENOVEVA CENTRO SETOR AEROPORTO JARDIM GOIÁS SETOR URIAS MAGALHÃES JARDIM GOIÁS JARDIM GOIÁS JARDIM GOIÁS CIDADE JARDIM SETOR BUENO SETOR CENTRO OESTE SETOR SERRINHA SETOR BUENO SETOR SANTA HELENA VILA NOVA Municipio/UF GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO GOIANIA/GO CEP 7415013 0 7491626 0 7491626 0 7491626 0 7491626 0 7453002 0 7411006 0 7453002 0 7467301 0 7406390 0 7405015 0 7481010 0 7406301 0 7481010 0 7480552 0 7481010 0 7442530 0 7422306 0 7455022 0 7482331 0 7421024 0 7455534 0 7464502 0 . 102/104 QD.

COLARES MOREIRA AV. ALFREDO NASSER RUA 4 . DO DESCOBERTO/GO VALPARAISO DE GOIAS/GO VALPARAISO DE GOIAS/GO VALPARAISO DE GOIAS/GO IMPERATRIZ/MA IMPERATRIZ/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA SAO LUIS/MA TIMON/MA ALFENAS/MG CEP 7443013 0 7423013 0 7000000 0 7000000 0 7000000 0 7287000 0 7287000 0 7287000 0 6590053 0 6590053 0 6503628 4 6501051 0 6501065 0 6505648 0 6570544 0 6507121 0 6507121 0 6507600 0 6505121 0 6507174 0 6507600 0 6563139 0 3713000 0 . DANIEL LA TOUCHE AV PRESIDENTE MEDICE RUA ADOLFO ENGEL Nº 3837 249 34 S/N S/N S/N S/N S/N 576 576 S/N S/N 2001 S/N 477 22 22 2800 07 01 2800 S/N 800 LOJA 1 LOJA 1 QUDRA 47 . 169. DANIEL LA TOUCHE AV.LOTE 03 LOTES 21/23 Valparaizo/DF LOTES 2/3 E4 PARQUE ESPLANADA III QD. DOS LIBANESES. SENADOR VITORINO FREIRE AV SENADOR VITORINO FREIRE AV. 08/10 Complemento Bairro SETOR RODOVIÁRIO SETOR BUENO LUZIÂNIA /GO PARQUE ESTRELA DALVA CENTRO VALPARAÍZO CÉU AZUL VALPARAISO DE GOIÁS JUÇARA JUÇARA SANTO ANTÔNIO AREINHA AREINHA TIRIRICAL CALHAL BAIRRO DE FATIMA BAIRRO DE FATIMA JACARATI VINHAIS CALHAU JACARATI PARQUE PIAUI JARDIM TROPICAL Municipio/UF GOIANIA/GO GOIANIA/GO LUZIANIA/GO LUZIANIA/GO STO.QUADRA 55 BR 040 . S/N AV. JERONIMO DE ALBUQUERQUE AV. 89 MÊS 9 9 9 9 9 9 9 9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 NomePAE MARCOS .LJ 1 A/B QUADRA 134 BR 040 KM 12 RUA CEARÁ RUA CEARÁ AV DOS FRANCESES AV.KM 12 . JERÔNIMO DE ALBUQUERQUE AV PROF CARLOS CUNHA AV. JERONIMO DE ALBUQUERQUE AV.CASTELO BRANCO ORGANIZAÇÃO VOLUNTÁRIAS GOIAS PREFEITURA DE LUZIÂNIA SUPERMERCADO AGRITER SUPER MARQUES VALPARAÍSO SHOPPING AUTO POSTO CEU AZUL VALPARAISO SHOPPING II TIMBIRA SHOPPING TIMBIRA SHOPPING II TERMINAL RODOVIÁRIO TRE/MA TRT 16ª REGIÃO AER. LT. CUNHA MACHADO CEMAR POSTO PALOMA POSTO PALOMA II GARDEM SHOPPING POSTO SERVICENTRO OAB/MA GARDEM SHOPPING II RODOVIARIA HOSPITAL IMESA Endereço AV CASTELO BRANCO RUA T-4 PRAÇA NIRSON CARNEIRO LOBO AV. ANT.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

ANTONIO CARLOS CEP 3844000 0 3844000 0 3818324 4 3818008 4 3620000 0 3064000 0 3016001 2 3012007 0 3000000 0 3013000 7 3024018 0 3017000 0 3019092 2 3017012 0 3013000 8 3013010 0 3127090 1 3013010 0 3127090 1 3127090 1 3127090 1 3127090 1 3127090 1 .FISICA ESCOLA DE VETERINÁRIA AV. SILVA JARDIM DROGAMÁRIO CASA CIVIL SEC BH SHOPPING SECRETARIA MUNICIPAL DA SAUDE PROCURADORIA GERAL DA UNIAO PREFEITURA MUNICIPAL DE BH MERCADO MUNICIPAL TRT 3ª REGIÃO TELEMAR UFMG SAÚDE UFMG CAMPUS PAMPULHA CAMPUS SAUDE DAP FACULDADE DE EDUCAÇÃO FUNDEP ESCOLA EDUC. SINFRÔNIO BROCHADO PRAÇA DR JOSÉ MENDES JÚNIOR RUA TUPINAMBÁS BR 040 AV. ALFREDO BALENA AV.AFONSO PENA AV.AFONSO PENA RUA POUSO ALTO AV.ANTONIO CARLOS AV ANTONIO CARLOS AV. ANTÔNIO CARLOS AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.ALFREDO BALENA AV.ÁLVARES CABRAL AVENIDA AUGUSTO DE LIMA RUA CURITIBA AV.ANTONIO CARLOS AV ANTONIO CARLOS AV. 90 MÊS 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 CASA LOPES PM ARAGUARI POSTO ACOL FUNDAÇÃO CULTURAL DE ARAXÁ NomePAE Endereço AV CEL TEODOLINO P DE ARAUJO R VIRGILIO DE MELO FRANCO AV IMBIARA AV AMAZONAS Nº 1830 550 1750 777 340 245 S/N 1045 447 2336 15 200 744 835 4001 110 6627 190 6627 6627 6627 6627 6627 CAMPUS 2ºANDAR LOJA 7 E Complemento CENTRO CENTRO CENTRO SÃO GERALDO CENTRO BARREIRO LOURDES CENTRO BELVEDERE FUNCIONARIOS SAO LUCAS CENTRO CENTRO CENTRO MANGABEIRAS CENTRO/BELO HORIZONTE PAMPULHA SANTA EFIGENIA CAMPUS PAMPULHA CAMPUS PAMPULHA CAMPUS PAMPULHA CAMPUS PAMPULHA CAMPUS PÁMPULHA Bairro Municipio/UF ARAGUARI/MG ARAGUARI/MG ARAXA/MG ARAXA/MG BARBACENA/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG PREFEITURA MUNICIPAL DE BARBACENA R.

CONTORNO RUA DA BAHIA RUA PERNAMBUCO AV. FRANCISCO SALES AV. MARIO ROD. AMAZONAS AVENIDA OLEGÁRIO MACIEL RUA TUPIS RUA TUPIS RUA TUPIS R.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. PROF. PEREIRA AV BRIGADEIRO EDUARDO GOMES RUA ANTONIO EUSTÁQUIO PIASA PRAÇA SÃO GONÇALO Nº 6627 1111 2273 161 120 974 1320 5454 2020 880 7675 1600 337 337 337 55 301 743 773 10 1461 2725 S/N PISO TUPIS PISO TUPIS PISO TUPIS Complemento REITORIA PAMPULHA SANTA EFIGÊNIA BURITIS SANTO AGOSTINHO STA. 91 MÊS 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 NomePAE REITORIA UFMG SANTA CASA DE MISERICÓRDIA SUPERNOSSO JUSTIÇA FEDERAL II PROCURADORIA REG.TRABALHO-3ªR SAVEIRO CENTER CONDOMÍNIO STOP GALLERY SUDECAP IZABELLA HENDRIX COLÉGIO SANTO ANTÔNIO CEFET II DIAMOND MALL SHOPPING CIDADE SHOPPING CIDADE II SHOPPING CIDADE III PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM LUNA SUPERMERCADOS MONTE VERDE POSTO SÃO JOÃO PREFEITURA LAFAIETE SUPER NOSSO SUPER NOSSO II CÂMARA MUNICIAPL DE CONTAGEM Endereço AVENIDA ANTONIO CARLOS AV. PRUDENTE DE MORAIS AV. PROF. MÁRIO WERNECK RUA SANTOS BARRETO RUA DOMINDOS VIEIRA RUA PADRE PEDRO PINTO AV.EFIGÊNIA VENDA NOVA CIDADE JARDIM FUNCIONÁRIOS LOURDES FUNCIONÁRIOS GAMELEIRA SANTO AGOSTINHO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO SÃO JOÃO CENTRO N SRA GLORIA TIROL CENTRO Bairro Municipio/UF BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BELO HORIZONTE/MG BETIM/MG BETIM/MG CAMANDUCAIA/MG CONSELHEIRO LAFAIETE/MG CONSELHEIRO LAFAIETE/MG CONTAGEM/MG CONTAGEM/MG CONTAGEM/MG CEP 3127001 0 3015022 1 3257518 0 3017007 0 3017000 1 3161000 0 3038000 0 3011010 0 3016001 2 3013015 1 3051000 0 3018011 0 3019006 0 3019006 0 3019006 0 3251005 0 3251001 0 3765000 0 3640000 0 3640000 0 3087010 0 3066205 0 3201768 0 . OSVALDO FRANCO PRAÇA CEABE AVENIDA MONTE VERDE ARTUR BERNARDES AV.PREF.

KM 07 Nº 400 1480 277 1200 480 1213 2100 17 0 2 00 1256 637 91 45 9501 1000 300 S/N 000 114 1 S/N KM 45. BRASIL AV. RODOVIA MG 443 . JK RUA GOIÁS RUA SETE DE SETEMBRO AV JK AV. 92 MÊS 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 NomePAE RODOVIARIA DE CORONEL FABRICIANO POSTO JURUNA CAMARA MUNICIPAL DE DIVINOPOLIS DIVISHOP GOIASHOPPING GV SHOPPING SUPERMERCADO COELHO DINIZ IBIRITE SHOPPPING DO VALE USIMINAS PM IPATINGA SUPERMERCADO GARCIA TERMINAL RODOVIARIA DE ITABIRA SUPERMERCADO FARID UNIVERSIDADE DE ITAUNA RODOVIÁRIA JUIZ DE FORA DEMLURB/JF SHOPING ALAMEDA PREFEITURA MUNICIPAL DE MARIANA RODOVIÁRIA DE MONTES CLAROS FARMÁCIA REAL SHOPPING POPULAR AÇOMINAS CPD Endereço AV PEDRO NOLASCO RUA GOIÁS RUA SAO PAULO AV. FRANCISCO VALADARES RUA MORAES E CASTRO PRAÇA JK AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. OTACÍLIO NEGRÃO DE LIMA BR 381 KM 206 RUA PERO VAZ CAMINHA PRAÇA DOS TRES PODERES RUA JUDITE AV JOAO VALENTIM PASCOAL PÇA DR.GUILHERME RODOVIA MG 431 AV. CARLOS. DONATO QUINTINO RUA DR.5 KM 206 PORTARIA 2 OU PORTARIA 3 Complemento CENTRO CENTRO CENTRO BOM PASTOR CENTRO CENTRO VILA RICA CENTRO INDUSTRIAL DISTRITO BOM RETIRO CENTRO CANAÃ CENTRO CENTRO GRACAS SÃO DIMAS VILA IDEAL PASSOS CENTRO CIDADE NOVA CENTRO CENTRO AÇOMINAS Bairro Municipio/UF CORONEL FABRICIANO/MG DIVINOPOLIS/MG DIVINOPOLIS/MG DIVINOPOLIS/MG DIVINOPOLIS/MG GOVERNADOR VALADARES/MG GOVERNADOR VALADARES/MG IBIRITE/MG IPATINGA/MG IPATINGA/MG IPATINGA/MG IPATINGA/MG ITABIRA/MG ITABIRITO/MG ITAUNA/MG JUIZ DE FORA/MG JUIZ DE FORA/MG JUIZ DE FORA/MG MARIANA/MG MONTES CLAROS/MG MONTES CLAROS/MG MONTES CLAROS/MG OURO BRANCO/MG CEP 3517000 0 3550000 0 3550000 6 3550015 5 3550000 1 3501017 3 3504545 0 3240000 0 3516000 0 3516029 0 3516000 0 3516418 3516000 3 3545000 0 3568117 1 3608006 0 3602042 0 3602516 0 3542000 0 3940054 6 3940000 1 3940000 0 3642000 0 . SANTOS PRAÇA DR.

KM 07 PRAÇA BARÃO DO RIO BRANCO R MAJOR GOTE AV PIAUI PRAÇA RUI AZEVEDO AV. OTÁVIO SOARES PÇ STO ANTÔNIO AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. MARECHAL CASTELO BRANCO PÇ DR CARLOS TERRA AV STA BEATRIZ DA SILVA PÇA CARLOS GOMES RUA TRISTÃO DE CASTRO RUA PRUDENTE DE MORAIS AV AFRANIO DE AZEVEDO RUA NOVO HORIZONTE AV JOÃO PINHEIRO AV JOÃO NAVES DE ÁVILA AV RONDON PACHECO AV JOÃO NAVES DE AVILA AV NICOMEDES ALVES DOS SANTOS AV JOÃO NAVES DE ÁVILA PÇA PRIMO CROSSARA Nº S/N 35 S/N 919 40 595 108 15 2765 S/N 1501 244 204 276 1610 948 1154 1331 2300 1716 4545 1331 505 Complemento AÇOMINAS PILAR CAIÇARAS LAGOA GRANDE CENTRO PALMEIRAS PALMEIRAS CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO BENEDITO CENTRO ESTADOS UNIDOS CENTRO ABADIA UNIVERSITÁRIO SÃO BENEDITO CENTRO CENTRO SARAIVA SANTA MÔNICA GÁVEA CENTRO COPACABANA Bairro Municipio/UF OURO BRANCO/MG OURO PRETO/MG PATOS DE MINAS/MG PATOS DE MINAS/MG PEDRO LEOPOLDO/MG PONTE NOVA/MG PONTE NOVA/MG RIO ACIMA/MG SETE LAGOAS/MG UBERABA/MG UBERABA/MG UBERABA/MG UBERABA/MG UBERABA/MG UBERABA/MG UBERABA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG CEP 3642000 0 3540000 0 3870205 4 3870000 0 3360000 0 3543022 6 3543022 9 3430000 0 3570124 2 3802039 0 3840000 0 3801548 0 3802201 0 3802625 0 3805547 0 3806048 0 3840060 0 3840060 0 3840840 4 3840810 0 3841110 6 3840060 0 3841107 6 . 93 MÊS 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 12 12 10 7 10 12 12 NomePAE AÇOMINAS LAMINAÇÃO PRIMÁRIA PRAÇA DO CIRCO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL RODOVIARIA PATOS RODOVIÁRIA DE PEDRO LEOPOLDO SHOPPING CENTER PONTE NOVA MILLA CENTER RIO ACIMA TORRE LATERAL UBERCON SHOPPING CENTER UBERABA ZEBU CARNES CÂMARA UBERABA ABADIA FACULDADE CIENC ECON TRIANGULO SUPERMERCADO LS GUARATO COMTEC CENTER SHOPPING GRIF SHOP CÂMARA MUNICIPAL UBERLÂNDIA UNIT CENTER SHOPPING II PRAIA CLUBE Endereço RODOVIA MG 443 . FRANCISCO VIEIRA MARTINS AV.

DUQUE DE CAXIAS RUA EDUARDO SANTOS PEREIRA AV. 94 MÊS 10 10 10 12 10 12 12 10 10 10 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 NomePAE TRICON TERMINAL TRICON TERMINAL II COMERCIAL BORGES COMTEC II TERMINAL STA LUZIA COMTEC III COMTEC IV TERMINAL STA LUZIA II CARREFOUR UBERLANDIA AGROS AEROPORTO SANTA CASA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DROGARIA SÃO BENTO SUPERMERCADO CAMPOS SUPERMERCADO FAVORITO POSTO SIRIUS SAGITARIUS PÃES E DOCES SUPERMERCADO COMPRE BEM POSTO UNIVERSITÁRIO SHOPPING CAMPO GRANDE SUPERMERCADO PANOFF HOSPITAL EVANGÉLICO PÇA DA BÍBLIA PÇA DA BÍBLIA AV JOSE FONSECA E SILVA AV JOÃO PINHEIRO AV JOÃO NAVES DE ÁVILA AV JOÃO PINHEIRO AV JOÃO PINHEIRO AV JOÃO NAVES DE ÁVILA AV JOAO NAVES DE AVILA RUA DR. GUAICURUS RUA VITÓRIO ZEOLA AV CEL.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. SENADOR FILINTO MULLER AV JÚLIO DE CASTILHO RUA FÁTIMA DO SUL AV. ANTONINO RUA YOKOAMA RUA TRINDADE AV. MILTON BANDEIRA AV. AFONSO PENA R DOM AQUINO CORREA RUA HILDA BERGO DUARTE Endereço Nº S/N S/N 618 1154 6700 1154 1154 6700 1441 380 S/N 88 S/N 3130 69 4388 2222 1812 1230 843 4909 1793 81 PROLONGAMENTO DA RUI BARBOSA NA DIVISÃO COM O BAIRRO MATA DO JACINTO Complemento MARTINS MARTINS LUIZOTE DE FREITAS CENTRO SANTA LUZIA CENTRO CENTRO SANTA LUZIA CENTRO CENTRO NÃO CONSTA CENTRO IPIRANGA LAR DO TRABALHADOR SÃO JORGE DA LAGOA COLIBRI II CARANDÁ BOSQUE II VILA LUCINDA SANTO AMARO VILA IEDA SANTA FÉ DOM BOSCO CENTRO Bairro Municipio/UF UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG UBERLANDIA/MG VICOSA/MG CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CAMPO GRANDE/MS CORUMBA/MS DOURADOS/MS CEP 3840047 6 3840047 6 3841434 8 3840060 0 3840000 0 3840060 0 3840060 0 3840000 0 3840008 9 3657000 0 7910100 0 7900292 4 7908019 0 7911200 0 7909444 0 7906231 0 7903236 0 7901700 0 7911226 0 7905048 0 7903190 0 7933108 0 7980602 .

FACULDADE JARDIM ÁGUA BOA CENTRO SANTOS DUMONT CENTRO CENTRO COC BOSQUE DA SAÚDE COXIPÓ .CAMPUS UNIVERSITÁRIO AEROPORTO MARECHAL RONDON MODELO AEROPORTO MODELO COXIPÓ MODELO CPA II MODELO CRISTO REI MODELO PONTE NOVA SHOPPING TRÊS AMÉRICAS ATACADÃO . ARTHUR BERNARDES AV. 95 MÊS NomePAE Endereço Nº Complemento Bairro Municipio/UF CEP 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 UNIGRAN PANIFICADORA PÃO FRANCÊS FARMÁCIA POPULAR SUPERMERCADOS NOVA ESTRELA AUTO POSTO VALE DA SERRA JUBA SUPERMERCADO LTDA PM CÁCERES TRE UNIC UFMT . FERNANDO CORRÊA AEROPORTO INTERN. LOTE 9/10 LOTE 06 QUADRA 70A CAMPUS UNIVERSITÁRIO V. LIONS INTERNACIONAL 2121 854 2100 53 1552 660 0000 4750 3100 S/N S/N S/N 2848 S/N 2376 001 146 981 S/N 3300 507 1950 SERVEXTE ADMINISTRADORA SHOPPING CENTER CPA II QUADRA 3.BARÃO DE MELGAÇO AV. XV NOVEMBRO TERMINAL RODOVIÁRIO DE CUIBA AV-HISTORIADOR RUBENS MENDONÇA RUA PERNAMBUCO. 507 . EUROPA BOA ESPERANÇA JARDIM AEROPORTO JARDIM AEROPORTO COXIPÓ CPA II CRISTO REI PORTO JARDIM DAS AMÉRICAS PORTO SENHOR DOS PASSOS JARDIM ACLIMAÇÃO MORADA DA SERRA SAGRADA FAMÍLIA DOURADOS/MS DOURADOS/MS DOURADOS/MS TRES LAGOAS/MS BARRA DO GARCAS/MT CACERES/MT CACERES/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT CUIABA/MT RONDONOPOLIS/MT 0 7982490 0 7981223 0 7980002 1 7962000 0 7583000 0 7820000 0 7820000 0 7805000 0 7801548 0 7806800 0 7811097 1 7811010 0 7807000 0 7805534 0 7807500 0 7802500 0 7806020 0 7802569 0 7804877 0 7805025 0 7805556 0 7874030 0 . GETÚLIO VARGAS AV.FERNANDO CORREA DA COSTA AV.PORTO TERMINAL RODOVIÁRIO DE CUIABÁ PANTANAL SHOPPING ÓTICA BOA ESPERANÇA PLAZA SHOPPING RUA BALBINA DE MATOS RUA EDILBERTO C DE OLIVEIRA AV. ARY PAES BARRETO AV.CPA II AV. WEIMAR GONÇALVES TORRES R MANOEL JORGE RUA ANA SABEL BARBOSA AGUIAR RUA MARECHAL DEODORO AV.BRASILIA AV.MAL.PRES.JD.GRANDECIRCUNVIZ.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. RUBENS DE BENDONÇA AV.RONDON AV.DE CUIABÁ ESQUINA PRÉDIO DA PREFEITURA JD..BRASIL AV. BEIRA RIO AV.

FORMOSA . JOÃO GOULART AV.CIDADE NOVA YAMADA PEDREIRA SHOPPING CENTER IGUATEMI BELÉM YAMADA JURUNAS ESTAÇÃO DAS DOCAS .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. NOVA VI WE 61 TRAVESSA SN-17 RUA PEDRO MIRANDA TRAV.4 REAL SUPERMERCADO -2 SUPERMERCADO REAL LOJA 10 MARTINS E MARTINS LTDA POSTO CAIÇARA LTDA TANGARÁ SHOPPING YAMADA CIDADE NOVA SUP. QD 19. CASTELO BRANCO AV. BANDEIRANTES AV CUIABÁ RUA 31 DE DEZEMBRO AV.PARÁ 2000 FARMÁCIA BIG BEM .DOCA TERMINAL RODOVIÁRIO BELÉM CASTANHEIRA SHOPPING CENTER ZERO HORA SUP. PADRE EUTÍQUIO RUA ENG FERNANDO GUILHON BOULEVAR CASTILHO FRANÇA AV DOCA DE SOUZA FRANCO PRAÇA DO OPERÁRIO BR 316 KM 01 TV CRISTÓVÃO COLOMBO AV NAGIB MUTRAN FL 27.R.3 REAL SUPERMERCADO . Endereço AV. CID. 96 MÊS 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 NomePAE HIPERMERCADO ATACADÃO REAL SUPERMERCADO TERMINAL RODOVIÁRIO DE ROO REAL SUPERMERCADO . ALVORADA NOVA MARABÁ SUPERMERCADOS ALVORADA SUPERMERCADO C.KM 494 AV. NILO TORRES CJ. PRESIDENTE KENNEDY RUA RUY BARBOSA RUA DAS PRIMAVERAS BR 163 . LT 12-10 RUA TURIANO MEIRA Nº 2432 1869 236 3435 737 1305 1839 3300 S/N 751 481 S/N 1021 1078 962 2 S/N S/N S/N 1280 145 000 2565 ARMAZÉM 2 ESQUINA COM RUA DIOGO MÓIA ESTABELECIMENTO COMERCIAL CIDADE NOVA IV Complemento CENTRO CENTRO JARDIM BELO HORIZONTE VILA OPERÁRIA VILA AURORA VILA SÃO FRANCISCO CENTRO CENTRO SETOR INDUSTRIAL GLEBA SANTA FÉ COQUEIRO COQUEIRO PEDREIRA BATISTA CAMPOS JURUNAS COMERCIO UMARIZAL SÃO BRÁS GUANABARA AGULHA CIDADE NOVA NOVA MARABÁ INTERVENTORIA Bairro Municipio/UF RONDONOPOLIS/MT RONDONOPOLIS/MT RONDONOPOLIS/MT RONDONOPOLIS/MT RONDONOPOLIS/MT RONDONOPOLIS/MT RONDONOPOLIS/MT SINOP/MT SINOP/MT TANGARA DA SERRA/MT ANANINDEUA/PA ANANINDEUA/PA BELEM/PA BELEM/PA BELEM/PA BELEM/PA BELEM/PA BELEM/PA BELEM/PA BELEM/PA MARABA/PA MARABA/PA SANTAREM/PA CEP 7870022 0 7870009 0 7870549 0 7872063 0 7874064 0 7870030 0 7870533 0 7855000 0 7855000 0 7830000 0 6714003 0 6713300 0 6608000 0 6602371 0 6603025 0 6601002 0 6600000 6609050 0 6701000 0 6681318 0 6850000 0 6850000 0 6802059 0 .

JOÃO PESSOA TAMBAÚ SHOPPING CIDADE ESPAÇO CULTURAL VILLAGE CENTER SHOPPING MERCADAO DO CABO DE STO AGOSTINHO SHOPPING CARUARU PREF MUN DE CARUARU TERMINAL RODOVIARIO DE CARUARU BONANZA SUPERMERCADOS NomePAE AV RUI BARBOSA BR 230 KM 12 AV. CHAVES AV. ALMIRANTE TAMANDARÉ PRAÇA 1817 RUA ABDIAS GOMES DE ALMEIDA RUA HERONIDES M DE VASCONCELOS RUA DA ESTAÇAO AV ADJAIR DA SILVA CASÉ PÇA TEOTONIO VILELA AV JOSE PINHEIRO SANTOS AV VERA CRUZ Endereço Nº 640 S/N 1190 48 S/N S/N 900 S/N 900 220 184 S/N S/N S/N 100 105 800 35 58 800 S/N S/N 436 SHOPPING CIDADE UNIVERSITÁRIA QUADRA 63.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. DEP. CORÁLIO SOARES AV. ODON BEZERRA AV DEP ODON BEZERRA UFPB .CAMPUS I RUA WALFREDO M BRANDÃO RUA BEL. IRENALDO DE A. SEVERINO BEZERRA CABRAL RUA AFONSO CAMPOS MARQUES DO HERVAL R. SÉRGIO GUERRA R. LOTE 144 PRAÇA DA BANDEIRA SHOPPING IGUATEMI Complemento CENTRO RENASCER CATOLÉ CENTRO CENTRO CENTRO BANCÁRIOS JAGUARIBE BANCÁRIOS TAMBIÁ TAMBIA BANCÁRIOS JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA AEROCLUBE TAMBAÚ CENTRO TAMBAUZINHO CRISTO REDENTOR CENTRO INDIANÓPOLIS CENTRO PINHEIROPOLIS SAO FRANCISCO Bairro Municipio/UF SANTAREM/PA CABEDELO/PB CAMPINA GRANDE/PB CAMPINA GRANDE/PB CAMPINA GRANDE/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB JOAO PESSOA/PB CABO DE SANTO AGOSTINHO/PE CARUARU/PE CARUARU/PE CARUARU/PE CARUARU/PE CEP 6800508 0 5831000 0 5810417 0 5810060 0 5810002 0 5801326 0 5805200 0 5801527 0 5805200 0 5802050 0 5802050 0 5805190 0 5805220 0 5800000 0 5803300 1 5801301 0 5804210 0 5807046 0 5450000 0 5500000 0 5500000 0 5503418 0 5500800 0 . SÉRGIO GUERRA RUA FELICIANO CIRNE AV. 97 MÊS 9 7 7 7 7 7 7 7 7 12 12 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 DROGA FARMA POSTO DOIS IRMÃOS STOCK SHOPPING IGUATEMI SHOPPING CIRNE SHOPPING POPULAR TRT 13 REGIÃO SHOPPING SUL CAGEPA SHOPPING SUL II SHOPPING TAMBIÁ SHOPPING TAMBIA II HOSPITAL UNIVERSITÁRIO POSTO Z CARREFOUR .

CAXANGÁ AV.PETROLINA SHOPPING RIVER II MASSANGANO INCRA FERREIRA COSTA METRO UFRPE PREFEITURA MUNICIPAL DE RECIFE ROSA E SILVA FUNDAJ . MASCARENHAS DE MORAES RUA FLORIANO PEIXOTO RUA DOM MANUEL DE MEDEIROS AV MARTIN LUTHER KING AV CONS ROSA E SILVA AV.MASSANGANO JARDIM COLONIAL IMBIRIBEIRA SANTO ANTONIO DOIS IRMAOS CAIS DO APOLO AFLITOS CASA FORTE CASA FORTE BOA VIAGEM SANTO AMARO CORDEIRO BOA VISTA BOA VISTA Municipio/UF CARUARU/PE GARANHUNS/PE IPOJUCA/PE JABOATAO DOS GUARARAPES/PE JABOATAO DOS GUARARAPES/PE PAULISTA/PE PETROLINA/PE PETROLINA/PE PETROLINA/PE PETROLINA/PE PETROLINA/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE CEP 5500000 0 5529000 0 5559000 0 5400000 0 5400000 0 5343997 0 5630000 0 5630000 0 5630000 0 5631029 0 5630000 5117000 2 5002006 0 5217103 0 5003000 0 5205002 0 5206154 0 5206154 0 5102028 0 5010016 0 5061023 0 5005039 0 5007007 0 . 17 DE AGOSTO AV 17 DE AGOSTO AV PADRE CARAPUCEIRO RUA 13 DE MAIO AV. OLIVEIRA LIMA RUA DO GIRIQUITI Endereço Nº S/N 214 80 0 20 2121 100 S/N 100 26 412 2967 0 S/N 295 1460 2187 2187 777 455 2200 867 48 SHOPPING SHOPPING SALA 06 Complemento Bairro NOVA CARUARU HELIOPOLIS CENTRO DE IPOJUCA CURADO CAVALEIRO JANGA CENTRO SÃO JOSÉ CENTRO COHAB 4 . KM 15 PRAÇA SEVERINO RITA COELHO AV CLAUDIO GUEIROS LEITE AV MONSENHOR ANGELO SAMPAIO AV MONS ANGELO SAMPAIO AV MONSENHOR ANGELO SAMPAIO R RAIMUNDO SANTANA AVENIDA DA INTEGRAÇÃO AV. 98 MÊS 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 NomePAE PÓLO COMERCIAL HIPER PEROLA GARANHUNS SHOPPING IPOJUCA TIP TERMINAL DE PASSAGEIROS COAME BOM PREÇO JANGA SHOPPING RIVER POSTO MONUMENTO .FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO FUNDAJ SEDE SHOPPING RECIFE SESC-PE EXPRESSO CIDADÃO URB SHOPPING BOA VISTA BR 104 KM 62 R 15 DE NOVEMBRO RUA DO COMERCIO BR 232.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

99 MÊS 7 7 7 7 7 7 7 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 NomePAE SHOPPING BOA VISTA II BOM PREÇO HIPER BOM PREÇO BOA VIAGEM BOM PREÇO AFLITOS ATAC. BRANCO TORRE Complemento BOA VISTA PINA BOA VIAGEM AFLITOS RECIFE CRUZ DE REBOUÇAS LIVRAMENTO GUARITA PINDORAMA SÃO CRISTÓVÃO TRES ANDARES BUENOS AIRES JOCKEY CLUBE CENTRO AEROPORTO CENTRO NOIVOS SÃO CRISTOVÃO ININGA CENTRO JÓQUEI CLUBE PARQUE PIAUI SACI Bairro Municipio/UF RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE RECIFE/PE VITORIA DE SANTO ANTAO/PE PARNAIBA/PI PARNAIBA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI CEP 5007007 0 5111102 0 5102028 0 5205002 0 5071000 0 5360000 0 5560242 0 6421875 6421532 0 6405101 0 6402221 0 6400622 0 6404818 0 6400126 0 6400360 0 6400102 0 6404601 0 6405600 0 6405133 0 6400126 0 6404840 0 6402505 0 6402020 0 .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. HOMERO CASTELO BRANCO AV. PRESENTES E DA CONSTRUÇÃO CRUZ DE REBUÇAS PREF MUN DA VITÓRIA POSTO PIONEIRO PREFEITURA DE PARNAÍBA AVENIDA JOÃO XXIII TERMINAL RODOVIÁRIO BUENOS AIRES FARMÁCIA HOSPITAIS LUSITANA AEROPORTO LUSITANA FREI SERAFIM TERESINA SHOPPING LUSITANA KENNEDY LUZITHANIA ININGA HOSPITAIS II DROGARIA LUZITHANIA PARQUE PIAUI SACI Endereço RUA DO GIRIQUITI AV DOMINGOS FEREIRA RUA PADRE CARAPUCEIRO AV CONS ROSA E SILVA RUA JOSÉ BONIFÁCIO AV BARÃO DE VERA CRUZ R DEMÓCRITO CAVALCANTE AV PRINNCESA ISABEL RUA ITAÚNA AVENIDA JOÃO XXII AV GETULIO VARGAS AV DUQUE DE CAXIAS AV. NOSSA SENHORA DE FÁTIMA RUA SAO PEDRO AV PETRONIO PORTELA AV FREI SERAFIM AV RAUL LOPES AV PRES KENNEDY AV PRISCO MEDEIROS RUA SAO PEDRO AV. JUAREZ TÁVORA Q-09 C-10 CONJUNTO SACI Q-16 C-13 Nº 48 1380 800 1644 961 351 144 416 1434 2220 S/N 4335 851 2214 2052 2420 1000 1041 2008 2214 890 10 13 CONJUNTO SACI ESQUINA C/HOMERO C.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.NACAR E VISC. PRESIDENTE KENNEDY AV MARECHAL CASTELO BRANCO PRAÇA INTERVENTOR MANOEL RIBAS PERIMETRAL TANCREDO NEVES AV. Q 62 AV. BELA VISTA II. BRASIL RUA COMENDADOR MANOEL INACIO AV EDSON DE LIMA SOUTO R. RUA VENETO RUA MAL DEODORO RUA CONSELHEIRO LAURINDO Nº 01 181 3511 3511 31 02 101 135 1614 3542 1377 40 14 S/N 2800 S/N 2775 601 331 181 328 630 280 PISO VENEZA TÉRREO TERREO NORTE Complemento DIRCEU CENTRO DIRCEU ARCOVERDE DIRCEU ARCOVERDE BELA VISTA II SÃO CRISTÓVÃO CABRAL CENTRO CENTRO SÃO CRISTÓVÃO VILA RIO BRANCO CENTRO CENTRO ENTRE VISC.BRAN CENTRO CHAMPAGNAT CENTRO CENTRO ALTO DA XV CENTRO CENTRO SANTA FELICIDADE CENTRO CENTRO Bairro Municipio/UF TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI TERESINA/PI APUCARANA/PR CAMPO MOURAO/PR CASCAVEL/PR CASTRO/PR CIANORTE/PR CORNELIO PROCOPIO/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CEP 6407745 0 6400228 0 6407860 0 6407860 0 6403015 0 6405280 0 6400081 0 8680068 0 8730304 0 8580844 0 8417205 0 8720000 0 8630000 0 8041026 0 8073003 0 8006010 0 8023001 0 8002018 0 8001020 0 8006090 0 8202047 0 8001091 0 8006010 0 . 100 MÊS 8 8 8 8 8 8 8 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 DIRCEU TRT/PI CARVALHO CARVALHO II DROGARIA SAO PEDRO IGUATEMI KENNEDY AGESPISA CENTRONORTE SHOPPING CENTER SUPER MUFFATO FARMÁCIAS IGUAÇU SUPERMERCADO RIZOLAR SHOPPING SAO FRANCISCO POSTO SIDERAL RUA 24 HORAS CONDOR CHAMPAGNAT CIDADANIA RUI BARBOSA SHOPPING ESTAÇÃO POLLOSHOP GUADALUPE HOSPITAL DE CLINICAS CURITIBA RUA DA CIDADANIA SANTA FELICIDADE SHOPPING ITALIA TEATRO CAIXA NomePAE Endereço CONJUNTO DIRCEU Q/13 C/01 RUA 24 DE JANEIRO AV JOAQUIM NELSON AV JOAQUIM NELSON CONJ. XV DE NOVEMBRO RUA CEL MENNA BARRETO MONCLARO R MARTIN AFONSO PRAÇA RUI BARBOSA AV SETE DE SETEMBRO RUA CAMOES RUA JOÃO NEGRÃO RUA GENERAL CARNEIRO.R.

FLORIANO PEIXOTO RUA ISSAC FERREIRA DA CRUZ RUA MAL FLORIANO RUA MAL FLORIANO RUA ARTHUR BERNARDES AV REPÚBLICA ARGENTINA AV REPÚBLICA ARGENTINA RUA PADRE ANCHIETA RUA PEDRO VIRIATO P DE SOUZA. 4818 AV WINSTON CHURCHILL AV WINSTON CHURCHILL RUA ISSAC FERREIRA DA CRUZ RUA MAL FLORIANO PEIXOTO AV MAL. 101 MÊS 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 NomePAE HIPERCONDOR ARAUCÁRIA SHOPPING JARDIM DAS AMERICAS RUA DA CIDADANIA BOA VISTA SANTA CÂNDIDA CONDOR PINHEIRINHO RUA DA CIDADANIA PINHEIRINHO CONDOR SUPERCENTER SUPERPÃO VILA HAUER CONDOR VILA HAUER CONDOR SUPERCENTER II RUA DA CIDADANIA CARMO TERMINAL BOQUEIRÃO WAL MART .ARTHUR BERNARDES SUPERMERCADO ANGELONI CURITIBA SUPERMERCADO ANGELONI CURITIBA II CAMPINA DO SIQUEIRA PARK SHOPPING BARIGUI EXTRA ALTO DAXV SERPRO EXTRA KENNEDY CONDOR SÃO BRAZ RUA DA CIDADANIA FAZENDINHA TERMINAL PINHAIS Endereço R HEITOR ALVES GUIMARÃES AV NOSSA SRA DE LOURDES AV PARANÁ AV PARANÁ´.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. AV MAL HUMBERTO CASTELO BRANCO RUA CARLOS PIOLI AV PRESIDENTE KENNEDY AV VERADOR TOALDO TULIO RUA CARLOS KLENTZ RUA EUROPA Nº 800 63 3654 4818 2222 2033 3868 6400 7486 3868 S/N S/N 1250 900 900 S/N 600 230 133 1000 3650 S/N 543 ESQ RUA MÁRIO TOURINHO ESQ RUA MAL MASCARANHAS MORAIS Complemento ARAUCARIA JARDIM DAS AMERICAS BOA VISTA SANTA CÂNDIDA PINHEIRINHO PINHEIRINHO SITIO CERCADO VILA HAUER VILA HAUER SITIO CERCADO PÇA NOSSA SENHORA DO CARMO CARMO BOQUEIRÃO SANTA QUITÉRIA VILA IZABEL VILA IZABEL BIGORRILHO CHAMPAGNAT ALTO DA XV BOM RETIRO VILA GUAIRA SÃO BRAZ FAZENDINHA PINHAIS Bairro Municipio/UF CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CURITIBA/PR CEP 8370213 0 8153002 0 8251000 0 8262036 0 8115005 0 8115005 0 8191000 0 8163000 0 8167000 0 8191000 0 8165001 0 8165001 0 8032030 0 8082001 0 8082001 0 8073000 0 8120010 0 8253002 0 8052017 0 8022020 1 8230000 0 8132000 0 8332330 .

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. DUQUE DE CAXIAS. MARINGÁ SUPERMERCADO CIDADE CANÇÃO SUPERMERCADO FATAO TERMINAL URBANO DE MARINGA SUPERMERCADO CIDADE CANCAO TUIUTI SUPERMERCADOS CONDOR TERMINAL RODOVIARIO DE MARINGA SUPERMERCADO SUPER-REDE SUPERMERCADOS SÃO FRANCISCO PARANAVAÍ POSTO TIGRÃO SUPERMERCADO TOZETTO AV PRES TANCREDO NEVES RUA XAVIER DA SILVA RUA TENENTE CAMARGO RUA SALDANHA MARINHO RUA SALDANHA MARINHO RUA 29 DE ABRIL AV. SÃO PAULO AV TAMANDARÉ AV. JUCELINO KUBITSCHECK RUA MANOEL RIBAS AV TUPI RUA AMAZONAS 6731 660 1000 1888 903 601 540 1830 1200 S/N 5790 120 903 1477 2075 0 1672 1600 180 1488 2444 1611 167 USINA CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO FOZ DO IGUACU/PR FOZ DO IGUACU/PR FRANCISCO BELTRAO/PR GUARAPUAVA/PR GUARAPUAVA/PR GUARATUBA/PR IBIPORA/PR LONDRINA/PR LONDRINA/PR LONDRINA/PR MARINGA/PR MARINGA/PR MARINGA/PR MARINGA/PR MARINGA/PR MARINGA/PR MARINGA/PR MARINGA/PR MARINGÁ/PR MATINHOS/PR CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO KM 377 BLOCO DA BIBLIOTECA FASENDA PALHANO ZONA 7 CENTRO CENTRO JARDIM ALVORADA JARDIM ALVORADA JD NOVO HORIZONTE CENTRO MORANGUEIRINHA ESQUINA C/ AV COLOMBO ZONA SETE ZONA 08 0 8585697 0 8585118 0 8560509 0 8501290 0 8501029 0 8328000 0 8620000 0 8602622 0 8601500 0 8603900 0 8702080 0 8701393 1 8701321 0 8703323 0 8701000 0 8701321 0 8704036 0 8702008 5 Balneário Caiobá/PR JD OURO BRANCO CENTRO VILA ESTRELA PARANAVAI/PR PATO BRANCO/PR PONTA GROSSA/PR 8704036 8000000 0 8770400 0 8550400 0 8404016 . LUCILIO DE HELD AV CERRO AZUL AV TAMANDARE AV TUIUTI AV PARANÁ AV TUIUTI AV. COLOMBO AV. VITORIANO VALENTE AV.FRANC. AV. 10 DE DEZEMBRO AV. S/N AV. CELSO GARCIA CID. 102 MÊS NomePAE Endereço Nº Complemento EDIFÍCIO DA PRODUÇÃO 1º ANDAR Bairro Municipio/UF CEP 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 USINA ITAIPU EDIFÍCIO CLASSIC ITALO SUPERMERCADO FARMÁCIA TRAJANO SUPERBARATÃO ULTRAMED GUARATUBA PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIPORÃ TERMINAL RODOVIÁRIO DE LONDRINA SUPER MUFFATO CATUAÍ SHOPPING CENTER LONDRINA UEM ASPEN PARK SUPERMERCADOS S.

KENNEDY AV. RUI BARBOSA AVENIDA PELINCA PRACA SANTISSIMO SALVADOR RUA SILVIO BASTOS TAVARES AVENIDA FELIPE UEBE AV.KM 13 R OSVALDIR VICENTE DE SIQUEIRA AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 103 MÊS NomePAE Endereço Nº Complemento COLONIA DONA LUIZA Bairro Municipio/UF CEP 12 12 12 12 12 12 12 12 12 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 SUPERMERCADO TOZETTO UEPG CENTRO TERMINAL RODOVIÁRIO DE PONTA GROSSA PALLADIUM CÂMARA DE VEREADORES MERCADO PARAISO SUPERMERCADO LUNITTI FARMACIA PARANÁ SUPERMERCADOS PLANALTO ANGRA DOS REIS AEROPORTO SENDAS BELFORD AMS CABO FRIO CERCI .PAPUCAIA CAMPOS SHOPPING PELINCA SQUARE CENTER JUSTICA FEDERAL DE CAMPOS BON MARCHE CAMPOS SENDAS TURFE SENDAS CAXIAS SHOPPING VILAR SHOPPING BITTENCOURT GALERIA CARAPEBUS RUA DR FRANCO GRILLO.LOTE 47/51 CENTRO CENTRO CENTRO JD INDEPENDENCIA CENTRO CENTRO ZONA 01 JARDIM BALNEÁRIO PRAIA DA RIBEIRA CENTRO SÃO CRISTÓVÃO .ESTADUAL RJ 140 . AUTOMOVEL CLUBE AVENIDA CARDOSO MOREIRA AVENIDA RUI BARBOSA 200 OFICINAS CENTRO PONTA GROSSA/PR PONTA GROSSA/PR PONTA GROSSA/PR PONTA GROSSA/PR SAO JOSE DOS PINHAIS/PR SARANDI/PR TOLEDO/PR UMUARAMA/PR UMUARAMA/PR ANGRA DOS REIS/RJ ANGRA DOS REIS/RJ BELFORD ROXO/RJ CABO FRIO/RJ CACHOEIRAS DE MACACU/RJ CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ DUQUE DE CAXIAS/RJ DUQUE DE CAXIAS/RJ ITAPERUNA/RJ MACAE/RJ S/N 703 699 542 60 3970 3700 47 43 384 13 S/N 1101 S/N 62 254 451 1190 2384 267 668 QUADRA 2 . PÇA SANTOS ANDRADE RUA BENJAMIM CONSTANT RUA ERMELINO DE LEÃO RUA VERÍSSIMO MARQUES AV BRASIL RUA SARANDI AV IPIRANGA AV PRESIDENTE CASTELO BRANCO PARQUE DAS PALMEIRAS RUA ILHA GRANDE RUA ROCHA DE CARVALHO ROD. PRES.CABO FRIO PAPUCAIA CENTRO PELINCA CENTRO RODOVIÁRIO TURFE CLUBE CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO 0 8404532 0 8401091 9 8401038 0 8403500 0 8300541 8711326 0 8590003 0 8750131 0 8750117 0 2390000 0 2390000 0 2613005 0 2890925 0 2869500 0 28100-0 2810000 0 2801000 0 2805025 0 2801314 0 2501000 1 2556117 0 2830000 0 2870000 0 .

BRASIL Nº 100 290 1983 S/N S/N S/N S/N 265 263 17 277 540 1448 369 S/N 241 21 00 99 174 1 1 4365 3º ANDAR 16º ANDAR LOJA 04 13 ANDAR Complemento CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO ICARAÍ LGO. AMARAL PEIXOTO AV. MIRANDELA AV. BARRADAS CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO FLAMENGO CENTRO SANTO CRISTO SANTO CRISTO BOMSUCESSO Bairro Municipio/UF NILOPOLIS/RJ NILOPOLIS/RJ NILOPOLIS/RJ NITEROI/RJ NITEROI/RJ NITEROI/RJ NITEROI/RJ NITEROI/RJ NITEROI/RJ NOVA FRIBURGO/RJ NOVA IGUACU/RJ NOVA IGUACU/RJ NOVA IGUACU/RJ RESENDE/RJ RIO DAS OSTRAS/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ CEP 2652506 0 2652033 0 2652500 2 2402297 0 2402297 0 2402297 0 2402297 0 2423005 2 2411000 0 2861321 0 2621006 0 2621021 0 2622006 0 2751130 0 2899000 0 2000904 0 2002000 0 2007000 0 2223006 0 2002000 0 2022031 0 2022931 0 2103200 0 . 104 MÊS 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 NomePAE SHOPPING NILOPOLIS LOJAS AMERICANAS NILOPOLIS SENDAS NILOPOLIS TERMINAL JOÃO GOULART TERMINAL JOÃO GOULART II TERMINAL JOÃO GOULART III TERMINAL JOÃO GOULART IV CENTER ICARAÍ SENDAS . GETULIO DE MOURA RUA VISCONDE DE RIO BRANCO RUA VISCONDE DO RIO BRANCO RUA VISCONDE DE RIO BRANCO RUA VISCONDE DO RIO BRANCO RUA CEL. SATURNINO BRAGA RUA AMAZONAS AV RIO BRANCO PRAÇA XV AV PRES VARGAS RUA MARQUES DE ABRANTES AV RIO BRANCO AV FRANCISCO BICALHO AV FRANCISCO BICALHO AV.BARRETO CADIMA SHOPPING LOJA AMERICANAS IGUAÇU IGUACU TOP SHOPPING SENDAS IGUAÇU RESENDE SHOPPING DROGARIA CENTRAL JUSTIÇA FEDERAL PRAÇA XV CENTRAL DO BRASIL SESC CAIXA .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. ROBERTO DA SILVEIRA AV MARECHAL FLORIANO PEIXOTO AV. MOREIRA CÉSAR RUA BENJAMIM CONSTANT RUA MOISES AMELIO RUA GOV.ED SEDE/RJ RODOVIÁRIA NOVO RIO RODOVIÁRIA NOVO RIO FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Endereço R. FILGUEIRAS AV. PROF. ALFREDO G. GOV.

ÁGUA GRANDE SANTA TERESA SENDAS . DA AGUA GRANDE R PASCHOAL CARLOS MAGNO RUA LEOPOLDINA REGO RUA JOÃO VICENTE AV. 105 MÊS 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 NomePAE WEST SHOPPING TRF . ERASMO BRAGA 115 .2ª REGIÃO SUPERVIA MADUREIRA SENDAS MADUREIRA SHOPPING CENTER DO MEIER LEOPOLDINA SHOPPING SHOPPING 45 EMBRATEL 1 EMBRATEL II LOJAS AMERICANAS . CONDE DE BONFIM RUA FELIPE CARDOSO RUA DO OUVIDOR R CEL AGOSTINHO PRAÇA DA REPUBLICA PRAÇA XV DE NOVEMBRO S/Nº AV.TÉRREO EST.VARGAS RUA CAMERINO R. MONISTRO EDGARD ROMERO PRAIA DE BOTAFOGO AVENIDA DAS AMÉRICAS Nº 555 80 S/N 195 255 148 45 1012 96 362 540 175 112 70 S/N 115 713 136 666 1335 239 400 3555 3* PISO TÉRREO 2º ANDAR TÉRREO 11 ANADAR Complemento Bairro CAMPO GRANDE CENTRO MADUREIRA MADUREIRA MEIER PENHA TIJUCA CENTRO CENTRO TIJUCA SANTA CRUZ CENTRO CAMPO GRANDE CENTRO CENTRO CENTRO IRAJÁ SANTA TERESA OLARIA BENTO RIBEIRO MADUREIRA BOTAFOGO BARRA DA TIJUCA Municipio/UF RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ CEP 2308728 0 2008100 0 2135102 1 2131012 0 2072001 2 2107003 0 2164535 0 2017990 0 2008001 0 2052005 4 2351500 0 2004003 0 2305036 0 2021135 1 2001001 0 2002000 0 2123035 0 2024029 0 2102152 2 2133126 0 2136000 0 2225004 0 2263100 3 .OLARIA SENDAS EDGRAD ROMERO MERCADAO DE MADUREIRA BOTAFOGO PRAIA SHOPPING BARRA SQUARE Endereço ESTRADA DO MENDANHA RUA DO ACRE RUA CAROLINA MACHADO RUA DOMINGOS LOPES RUA DIAS DA CRUZ AV.SAENS PENA SHOPPING SANTA CRUZ LOJAS AMERICANAS . BRAS DE PINA PÇA SAENS PENA PRES.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.OUVIDOR LOJAS AMERICANAS CAMPO GRANDE TCE TRIBUNAL DE CONTAS RJ ALERJ AMAERJ SENDAS .

EDSON RUA 23 B R. PEDRO ALVARES CABRAL AV ALBERTO MARANHÃO AV. 106 MÊS 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 7 7 7 7 FREEWAY SESC/SENAC SESC/SENAC II PETROBRÁS DATAMEC SENDAS BON MARCHE SHOPPING FREGUESIA PREFEITURA DO RJ PREFEITURA RJ II SENDAS CAOMPO GRANDE METRÔ CARIOCA SENDAS . REPÚBLICA DO CHILE RUA ESTRELA.ÁRQUIAS CORDEIRO RECREIO SHOPPING BARRO VERMELHO SHOPPING TRADE CENTER ALCÂNTARA SENDAS .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. RUA BARCELOS DOMINGOS CAMPO GRNADE SAÍDA AVENIDA CHILE CENTRO MEIER RECREIO DOS BANDEIRANTES BARRO VERMELHO ALCÂNTARA ALCÂNTARA ALCÂNTARA ROCHA SANTA CECÍLIA AEROPORTO BOM JARDIM CENTRO CENTRO CEP 2264010 1 2277500 1 2277500 1 2003191 2 2025100 0 2264010 0 2275016 0 2021111 0 2021111 0 2308000 0 2005002 0 2077000 0 2279070 1 2441200 0 2471046 0 2445200 1 2471046 0 2442000 0 2726147 0 5960714 0 5961800 0 5961028 0 5902550 0 . PIO BORGES RUA YOLANDA SAAD ABUZAID RUA ALFREDO BACKER RUA YOLANDA SAAD ABUZAID AV.ALCÂNTARA SHOPPING TRADE CENTER ALCÂNTARA II ROCHA SENDAS CENTRO ADMINISTRATIVO MOSSORO PAE SUPERMERCADO REBOUÇAS HIPERMERCADO QUEIROZ EDIFICIO DUCAL NomePAE Endereço AV DAS AMÉRICAS AV AYRTON SENNA AV AYRTON SENNA AV. AV DAS AMÉRICAS ESTRADA DO GABINAL RUA AFONSO CAVALCANTI RUA AFONSO CAVALCANTI RUA CAMPO GRANDE LARGO DA CARIOCA RUA ARQUIAS CORDEIRO AV DAS AMERICAS RUA DR. DIX-NEUF ROSADO RUA JOÃO PESSOA Nº 2000 5555 5555 65 67 900 313 455 455 1020 S/N 460 1901 9 2875 150 605 150 3160 32 01 2535 468 634 TÉRREO TÉRREO TERREO SUBSOLO Complemento Bairro BARRA DA TIJUCA BARRA DA TIJUCA BARRA DA TIJUCA CENTRO RIO COMPRIDO BARRA DA TIJUCA FREGUESIA CIDADE NOVA Municipio/UF RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ RIO DE JANEIRO/RJ SAO GONCALO/RJ SAO GONCALO/RJ SAO GONCALO/RJ SAO GONCALO/RJ SAO GONCALO/RJ VOLTA REDONDA/RJ MOSSORO/RN MOSSORO/RN MOSSORO/RN NATAL/RN CIDADE NOVA ENT.

PRES. ENGº ROBERO FREIRE AV. PRUDENTE DE MORAIS RUA RECIFE AV. BANDEIRA AV. SALGADO FILHO AV. SALGADO FILHO RUA PROFESSOR MOURA RABELO AV CAP MOR GOUVEIA AV CAP MOR GOUVEIA AV. ENG. ROBERTO FREIRE RUA CIDADE DO SOL AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. ROBERTO FREIRE AV. TOMAZ LANDIM AV. BERNARDO VIEIRA Nº 246 717 S/N 1656 342 1656 S/N 1237 1237 2920 2234 2920 2167 2234 546 1054 8790 2774 26 26 1908 50 3775 ZONA NORTE ZONA NORTE Complemento RIBEIRA ALECRIM CIDADE JARDIM LAGOA NOVA PETROPOLIS LAGOA NOVA LAGOA NOVA CIDADE DA ESPERANÇA CIDADE DA ESPERANÇA CAPIM MACIO CANDELÁRIA CAPIM MACIO PITIMBU CANDELÁRIA TIROL LAGOA NOVA PONTA NEGRA SANTA CATARINA IGAPO IGAPO TIROL CIDADE DA ESPERANÇA LAGOA NOVA Bairro NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN NATAL/RN Municipio/UF CEP 5901210 0 5903220 1 5907857 0 5905600 0 5902015 0 5905600 0 5906448 0 5906097 0 5906097 0 5908040 0 5906490 0 5908040 0 5906772 0 5906490 0 5902012 0 5902040 0 5909000 0 5910820 0 5929000 0 5929000 0 5902040 0 5907035 0 5901590 0 . PRUDENTE DE MORAES AV.SEMAF NORDESTÃO ALECRIM NORDESTÃO CIDADE JARDIM NORDESTÃO LAGOA NOVA NORDESTÃO PETROPOLIS NORDESTÃO LAGOA NOVA II JAGUARARI TERMINAL RODOVIARIO DE NATAL TERMINAL RODOVIARIO DE NATAL II SHOPPING CIDADE JARDIM NATAL SHOPPING SHOPPING CIDADE JARDIM II CIDADE SATÉLITE NATAL SHOPPING II CÂMARA MUNICIPAL DE NATAL POSTO CANDELARIA PRAIA SHOPPING NORDESTÃO ESTRADA DA REDINHA NORDESTÃO IGAPO NORDESTÃO IGAPO II GOSTO DE PÃO . SEN. SALGADO FILHO RUA JUNDIAI AV. TOMAZ LANDIM AV. ENG. 107 MÊS 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 PMN . JOÃO MEDEIROS FILHO AV. SEN. ENG.PRUDENTE DE MORAIS SERVEBEM CIDADE DA ESPERANÇA MIDWAY SHOPPING NomePAE Endereço RUA GENERAL GLICÉRIO AV. SALGADO FILHO RUA TRAIRI AV. ROBERTO FREIRE AV. DR.

EVERALDO BREVES RUA TENENTE FERREIRA MALDOS R RAFAEL VAZ E SILVA AV ABUNÃ AV CALAMA RUA JAMARI AV CALAMA AV SETE DE SETEMBRO AV MARIO HOMEM DE MELO PRAÇA SANTOS DUMONT AV DOS BANDEIRANTES AV DAS GUIANAS AV. ENE GARCÊS. INTERN.TENENTE FERREIRA MALDOS RUA BRIG. FLORES DA CUNHA RUA GUILHERME SCHELL Nº 3215 971 S/N 805 327 297 1225 S/N S/N 1555 4008 1145 4840 3110 S/N 1523 S/N 3614 1409 877 1811 283 6570 BAGÉ/RS TÉRREO TERMINAL INTERNACIONAL COMPLEXO AIRTON SENA PREDIO PARNAMIRIM Complemento NEÓPOLIS NOVA PARNAMIRIM PARNAMIRIM CENTRO CENTRO CENTRO N S DAS GRAÇAS OLARIA 04 DE JANEIRO OLARIA PEDACINHO DE CHÃO CENTRO CAIMBÉ CENTRO CAIMBÉ 13 DE SETEMBRO CENTRO TUPÃ CENTRO CENTRO ZONA NORTE CENTRO CENTRO Bairro NATAL/RN PARNAMIRIM/RN PARNAMIRIM/RN PARNAMIRIM/RN PARNAMIRIM/RN PARNAMIRIM/RN PORTO VELHO/RO PORTO VELHO/RO PORTO VELHO/RO PORTO VELHO/RO PORTO VELHO/RO PORTO VELHO/RO BOA VISTA/RR BOA VISTA/RR BOA VISTA/RR BOA VISTA/RR BOA VISTA/RR ALVORADA/RS BAGE/RS BENTO GONCALVES/RS CACHOEIRA DO SUL/RS CACHOEIRINHA/RS CANOAS/RS Municipio/UF CEP 5908810 0 5915050 0 5915000 0 5915000 0 5915000 0 5914022 0 7865035 0 7890223 0 7890801 0 7890303 7 7890801 0 7890000 0 6930000 0 6930100 0 6930000 0 6930816 0 6930100 0 9484833 0 9640000 1 9570000 0 9650349 0 9491000 0 9231000 0 . MARIA LACERDA MONTENEGRO AEROPORTO AUGUSTO SEVERO R.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. AIRTON SENNA AV.CACHOEIRINHA CANOAS SHOPPING CENTER Endereço AV. 108 MÊS 7 7 7 7 7 7 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 11 11 11 11 11 11 NomePAE REDE MAIS AIRTON SENNA POSTO ALFA AEROP. AV. PRESIDENTE GETÚLIO VARGAS RUA GAL OSÓRIO RUA 13 DE MAIO AV BRASIL AV. AUGUSTO SEVERO SERVEBEM FARMÁCIA IRMÃ DULCE REDE MAIS PARNAMIRIM SUPERMERCADO SUPERBEM SUPERMERCADO GONÇALVES ABUNÃ SUPERMERCADO GONÇALVES CALAMA MINISTÉRIO PÚBLICO DE RO SEMUSA TECIDO NOVO MUNDO AUTO POSTO ABEL GALINHA AEROPORTO BOA VISTA CAIMBÉ RODOVIARIA PRAÇA DAS AGUAS SUPERMERCADO ASUN POSTO OLLE L'AMÉRICA SCHOPPING CENTER POSTO NEVOEIRO POSTO IPIRANGA .

ALBERTO PASQUALINI ROD RS 324.KM 76 GUIA LOPES RS 238 RUA JORGE DARIVA AV. PARAGUAÇU RUA ALFREDO CHAVES R. JÚLIO DE CASTILHOS RUA JOÃO MOSMANN RUA ASPIRANTE JENNER Nº 481 11 226 101 2205 1881 1333 1341 2163 194 1200 3000 S/N 1157 1758 1760 S/N 4201 2755 1251 735 143 1133 TÉRREO PERDIGÃO TÉRREO TÉRREO KM 346 CENTRO FLORESTAL SÃO CRISTÓVÃO SANTA RITA RONDÔNIA VILA NOVA CENTRO CENTRO CENTRO SÃO CRISTÓVÃO TÉRREO UNIVERSIDADE Complemento Térreo CENTRO CENTRO CENTRO SÃO LUÍS CENTRO CENTRO EXPOSIÇÃO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO UNIVERSITÁRIO Bairro Municipio/UF CANOAS/RS CANOAS/RS CANOAS/RS CANOAS/RS CAPAO DA CANOA/RS CAPAO DA CANOA/RS CAXIAS DO SUL/RS CAXIAS DO SUL/RS CAXIAS DO SUL/RS CIDREIRA/RS ERECHIM/RS IJUI/RS LAJEADO/RS LAJEADO/RS LAJEADO/RS LAJEADO/RS MARAU/RS NOVO HAMBURGO/RS NOVO HAMBURGO/RS OSORIO/RS OSORIO/RS PAROBE/RS PASSO FUNDO/RS CEP 9201030 0 9201030 0 9201030 0 9242028 0 9555500 0 9555500 0 9502046 0 9502036 0 9501000 5 9559500 0 9970000 0 9870000 0 9590000 0 9590000 0 9590000 0 9590000 0 9915000 0 9350000 0 9335200 0 9552000 0 9552000 0 9563000 0 9907436 0 . 109 MÊS 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 NomePAE CONJUNTO COMERCIAL CANOAS PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS VIA PORCELO ULBRA CAPÃO DA CANOA PREF MUNICIPAL DE CAPÃO DA CANOA PREFEITURA MUNICIPAL CAXIAS DO SUL RODOVIÁRIA DE CAXIAS DO SUL HOSPITAL POMPÉIA PREFEITURA DE CIDREIRA/RS MASTER SONDA ERECHIM UNIJUÍ UNISHOP LAJEADO IMEC CENTRO IMEC FLORESTAL IMEC SÃO CRISTÓVÃO PERDIGÃO PREF MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO FEEVALE PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO/RS POSTO IPIRANGA . MIGUEL TOSTES AV. RUA XV DE JANEIRO R.OSÓRIO PREFEITURA MUNICIPAL DE PAROBE POSTO BR CARGA PESADA Endereço RUA QUINZE DE JANEIRO RUA XV DE JANEIRO. PARAGUAÇU AV. ERNESTO ALVES AVENIDA JULIO DE CASTILHOS RUA JOÃO NEVES RUA SETE DE SETEMBRO RUA DO COMÉRCIO BR 386 RUA JÚLIO DE CASTILHOS AV BENJAMIN CONSTANT AV SEN.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.

PARQUE ARVOREDO POSTO IPIRANGA .BORGES DE MEDEIROS RESTINGA AV BRASIL LESTE RUA BENTO GONÇALVES. CAVALHADA AV.BALTAZAR DE OLIVEIRA GARCIA AV ASSIS BRASIL AV. PRAIA DE BELAS AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. JOÃO ANTONIO DA SILVEIRA Endereço Nº 85 484 649 2080 455 4605 877 1001 8787 631 2350 5055 845 2827 361 399 2495 445 521 111 1181 2205 1450 LOJA 1 Complemento TÉRREO TÉRREO PETRÓPOLIS CENTRO CENTRO . RUA FÉLIX DA CUNHA RUA ALMIRANTE BARROSO PRAÇA 20 DE SETEMBRO AV.LOUREIRO DA SILVA AV. JOSÉ DE ALENCAR AV IPIRANGA AV.PELOTAS/RS CENTRO CENTRO FRAGATA MENINO DEUS CENTRO BAIRRO SARANDI AZENHA SANTANA CAVALHADA JARDIM PLANALTO CRISTO REDENTOR FLORESTA MENINO DEUS AZENHA CIDADE BAIXA CENTRO MOINHOS DE VENTO PRAIA DE BELAS PRAIA DE BELAS RESTINGA Bairro Municipio/UF PASSO FUNDO/RS PASSO FUNDO/RS PELOTAS/RS PELOTAS/RS PELOTAS/RS PELOTAS/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS CEP 9900197 0 9901001 1 9601000 0 9601000 0 9601500 0 9604000 0 9013000 1 9002000 7 9114000 1 9016000 6 9003500 3 9175183 0 9113000 1 9101000 2 9022000 4 9088048 1 9016009 3 9001042 0 9002002 3 9051000 2 9011000 1 9011015 0 9179046 0 .BORGES DE MEDEIROS RUA 24 DE OUTUBRO AV. 110 MÊS 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 NomePAE POSTO SCHOPPING SHOPIING BENTO BRASIL SANEP POSTO DO PEDRINHO CEFET ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DE PELOTAS MARCÍLIO DIAS SHOPPING RUA DA PRAIA FIERGS DMLU HOSPITAL CLÍNICAS DE POA JARDIM DO SOL STRIP CENTER POSTO IPIRANGA .FARRAPOS IPIRANGA .LIBERDADE RECEITA FEDERAL TUDO FÁCIL GALERIA 5ª AVENIDA CENTER SHOPPING PRAIA DE BELAS IPIRANGA .PÉGASUS POSTO IPIRANGA . FARRAPOS AV. PRESIDENTE JOÃO GOULART MARCÍLIO DIAS RUA DOS ANDRADAS AV. BORGES DE MEDEIROS AV. AZENHA RUA RAMIRO BARCELOS AV.SCS POSTO IPIRANGA . ASSIS BRASIL AV.

ATLANTICA RUA GAL. DOM JOÃO BECKER. S/N RUA 25 DE JULHO AV. NETO RUA NAPOLEÃO LAUREANO RUA VICE-ALMIRANTE ABREU RUA ASSIS BRASIL AV. FERNANDES BASTOS RUA OSVALDO ARANHA PRAÇA HERCILIO LUZ AV.HIPÓDROMO IPIRANGA . RORAIMA AV. MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO HOSPITAL CENTENÁRIO ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DE SÃO LEOPOLDO CALÇADOS PAQUETÁ DISPORT . 111 MÊS 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 10 10 NomePAE IPIRANGA . DE SETEMBRO RUA BORGES DE MEDEIROS AVENIDA DA IGREJA AV. PROF. OSCAR PEREIRA AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.OSCAR PEREIRA FARMACIA SAUDE VITAL POSTO DO GUTO HIPERMERCADO GUANABARA CIDADE NOVA POSTO PFLUG HOSPITAL UNIVERSITÁRIO POSTO BITTENCOURT AUTO POSTO SANTA MARIA POSTO CARAFINI URI SANTO ÂNGELO PREF.CALÇADOS PAQUETÁ DAIBY S/A PREFEITURA MUNICIPAL TRAMANDAI POSTO SAN MARINO MINISHOPPING FARMÁCIA ECONÔMICA ATLÂNTICO SHOPPING AV. PRESIDENTE VARGAS AV MEDIANEIRA RUA URUGUAI RUA UNIVERSIDADE DAS MISSÕES PRAÇA TIRADENTES THEODOMIRO PORTO DA FONSECA AV. CHUÍ AV. BRASIL Endereço Nº 75 2728 432 555 517 737 716 22 1099 89 1898 393 119 799 S/N 43 4733 966 346 281 809 488 1271 TÉRREO TÉRREO SALA 101 RIO GRANDE/RS Complemento CRISTAL RESTINGA PRAIA CASSINO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CAMOBI CENTRO MEDIANEIRA CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRO FIÃO CENTRO CENTRO CENTRO INDUSTRIAL CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO Bairro Municipio/UF PORTO ALEGRE/RS PORTO ALEGRE/RS RIO GRANDE/RS RIO GRANDE/RS RIO GRANDE/RS RIO GRANDE/RS SANTA CRUZ DO SUL/RS SANTA MARIA/RS SANTA MARIA/RS SANTA MARIA/RS SANTANA DO LIVRAMENTO/RS SANTO ANGELO/RS SAO LEOPOLDO/RS SAO LEOPOLDO/RS SAO LEOPOLDO/RS SAPIRANGA/RS SAPIRANGA/RS SAPIRANGA/RS TRAMANDAI/RS TRAMANDAI/RS VENANCIO AIRES/RS ARARANGUA/SC BALNEARIO CAMBORIU/SC CEP 9081000 0 9171024 0 9620766 0 9620001 0 9620010 0 9620027 0 9681016 0 9711990 0 9701551 1 9706000 1 9757422 0 9880247 0 9301002 0 9302008 0 9301001 0 9380000 0 9380000 0 9380000 0 9559000 0 9559000 0 9580000 0 8890000 0 8833000 0 .

E COM CELEIRO NORTE TERMINAL RODOVIÁRIO SUPER BRASAO CELEIRO CENTRO SADIA CONCÓRDIA S/A IND COM POSTO TIGRÃO SHOPPING DELLA GIUSTINA AV BRASIL AV. 112 MÊS 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 NomePAE AUTO POSTO NECO SUP.1 ANDAR ESQ. RUA SANTA CATARINA AV BRASIL AVENIDA BRASIL PRAÇA VICTOR KONDER RUA ANTONIO DA VEIGA RUA 2 DE SETEMBRO RUA SETE DE SETEMBRO RUA MINAS GERAIS RUA UDO DEEKE. ANTONIO HEIL RUA ANTONIO HEIL KM 23 AV. DO ESTADO. SANTA CATARINA AV SENADOR ATTILIO FONTANA RUA MARTINHO LUTERO RUA LÍBANO RUA FERNANDO MACHADO RUA RUI BARBOSA RUA SENADOR ATTILIO FONTANA AV CENTENÁRIO PRAÇA NEREU RAMOS Endereço Nº 2371 2440 347 1271 1670 S/N 140 1222 1213 150 1113 759 200 3800 716 3600 245 111 226 441 86 2999 364 3º PAVIMENTO SAGUAO CENTRAL E TÉRREO BLOCO F . RUA SÍRIA E RUA PORTUGAL Complemento CENTRO DAS NAÇÕES DOS ESTADOS CENTRO CENTRO CENTRO VICTOR KONDER ITOUPAVA NORTE CENTRO VELHA SALTO DO NORTE CENTRO CENTRO SANTA TERESINHA TABULEIRO EFAPI SÃO CRISTOVÃO PASSO DOS FORTES CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO Bairro Municipio/UF BALNEARIO CAMBORIU/SC BALNEARIO CAMBORIU/SC BALNEARIO CAMBORIU/SC BALNEARIO CAMBORIU/SC BALNEARIO CAMBORIU/SC BLUMENAU/SC BLUMENAU/SC BLUMENAU/SC BLUMENAU/SC BLUMENAU/SC BLUMENAU/SC BLUMENAU/SC BRUSQUE/SC BRUSQUE/SC CAMBORIU/SC CHAPECO/SC CHAPECO/SC CHAPECO/SC CHAPECO/SC CHAPECO/SC CONCORDIA/SC CRICIUMA/SC CRICIUMA/SC CEP 8833000 0 8833000 0 8833000 0 8833000 0 8833000 0 8901015 0 8901097 1 8905200 0 8901020 3 8903600 0 8906510 0 8901090 2 8835000 0 8830250 2 8834000 0 8980890 0 8980410 0 8980136 0 8980211 2 8980120 0 8970000 0 8880100 0 8880150 5 .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. ANGELONI TERMINAL RODOVIARIO DE BALNEARIO CAM ATLANTICO SHOPPING II CAMBORIU PRAIA SHOPPING PM BLUMENAU FURB RODOVIARIA SHOPPING NEUMARKT ANGELONI DA VELHA POSTO BADENORTE SHOPPING DA HERING HAVAN FIP POSTO DIVELIN SADIA S/A IND. RUA XV DE NOVEMBRO ROD.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.CRICIÚMA CRICIÚMA SHOPPING INGLESES PRAIA HOTEL TERMINAL RODOVIÁRIO RITA MARIA APCEF/SC SHOPPING VILA LAGOA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO SC POLÍCIA FEDERAL SC TRIBUNAL DE CONTAS SC PREFEITURA MUN DE FLORIANOPOLIS ANGELONI BEIRA MAR ANGELONI CAPOEIRAS ANGELONI SANTA MONICA ANGELONI ESTEVES JUNIOR SUPERMERCADO IMPERATRIZ CANASVIEIRAS CÂMARA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SUPERMERCADO XANDE ANGELONI DE ITAJAI POSTO MAR AZUL POSTO MIME SHOPPING CENTER BREITHAUPT ANGELONI JARAGUA DO SUL POSTO MIME 2 AV. PAULO FONTES ALAMEDA CEZAR NASCIMENTO RUA HENRIQUE V. DAS NAÇÕES 192 A PRAÇA XV DE NOVEMBRO AV SETE DE SETEMBRO RUA BRUSQUE AV NEREU RAMOS RUA WALTER MARKUARTD CENTRO RUA BARAO DO RIO BRANCO R BERNARDO DORNBUSCH Endereço Nº 2699 1455 447 S/N 700 240 100 4744 90 656 5288 2445 75 307 192 214 1330 358 3550 467 268 732 900 POSTO BR POSTO DE COMBUSTIVEIS TÉRREO ED ALDO BECKER Complemento CENTRO PRÓSPERA INGLESES CENTRO JURERÊ LAGOA DA CONCEIÇÃO TRINDADE AGRONÔMICA CENTRO CENTRO CENTRO CAPOEIRAS SANTA MONICA CENTRO PRAIA DE CANASVIEIRAS CENTRO CENTRO CENTRO MEIA PRAIA BARRA DO RIO CERRO CENTRO CENTRO VILA LALAU Bairro Municipio/UF CRICIUMA/SC CRICIUMA/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC FLORIANOPOLIS/SC ITAJAI/SC ITAJAI/SC ITAPEMA/SC JARAGUA DO SUL/SC JARAGUA DO SUL/SC JARAGUA DO SUL/SC JARAGUA DO SUL/SC CEP 8880100 0 8881300 0 8805860 0 8801010 0 8805400 0 8806202 0 8804097 0 8802502 0 8802016 0 8801091 4 8802520 2 8808500 1 8803521 5 8801513 0 8805401 0 8801040 0 8830120 2 8830300 0 8822000 0 8925970 0 8925197 0 8925140 0 8925610 0 . CENTENÁRIO AV. 113 MÊS 10 10 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 10 10 10 10 10 10 10 NomePAE ANGELONI CENTENÁRIO . CHILE RUA DOM JOÃO BECKER AV. DO NASCIMENTO CAMPUS UNIVERSITÁRIO RUA IRINEU BORNAUSEN RUA BULCAO VIANA RUA CONSELHEIRO MAFRA AV IRINEU BORNHAUSEN AV IVO SILVEIRA RUA NIRBERTO HAASE RUA ESTEVES JUNIOR AV.

TUBARÃO PRAÇA SHOPPING MERCADO ALBANO FRANCO HOSPITAL SANTA ISABEL SÃO PEDRO Endereço RUA DR JOÃO COLIN RUA HERMANN AUGUST LEPPER RUA MINISTRO CALÓGERAS RUA FREI ROGÉRIO PRAÇA VIDAL RAMOS AV. 430 NHNL Nº 762 980 1440 587 S/N 3800 303 264 S/N 12 7380 555 211 166 782 489 1079 256 1120 1315 S/N SÃO JOSÉ SALA 09 PROX. JOSÉ PEDRO COELHO AV MARCOLINO MARTINS CABRAL RUA JOSE PRADO FRANCO AVENIDA SIMEAO SOBRAL AV.LAGES TERMINAL URBANO DE LAGES JUSTIÇA FEDERAL DE LAGES SHOPING SERRA NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO SHOPPING TORDESILHAS ANGELONI .LAGUNA SHOPPING ETIANE CENTRO COMERCIAL GALERIA SCHROEDER SUPERMERCADO ABI BELEM ADM PORTO S. GOVERNADOR IVO SILVEIRA RUA CARLOS GOMES RUA JOSE WEISS AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. BELIZARIO RAMOS RUA PRESIDENTE NEREU RAMOS RUA LUIZ DE CAMÕES AV. COLOMBO MACHADO SALES RUA TREZE DE MAIO AV.ENGENHEIRO LEITE RIBEIRO R BARÃO DO RIO BRANCO RUA GERÔNCIO THIVES RUA VANDERLEI JUNIOR AV. 114 MÊS 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 7 7 7 NomePAE SUPERMERCADO GIASSI FORUM DE JOINVILLE ANGELONI MINISTRO CALÓGERAS ANGELONI .SÃO JOSE HUMAITÁ CENTRO CENTRO SANTO ANTONIO BAIRRO NOVO PARAISO Bairro Municipio/UF JOINVILLE/SC JOINVILLE/SC JOINVILLE/SC LAGES/SC LAGES/SC LAGES/SC LAGES/SC LAGES/SC LAGUNA/SC LAGUNA/SC NAVEGANTES/SC RIO DO SUL/SC RIO DO SUL/SC SAO BENTO DO SUL/SC SAO FRANCISCO DO SUL/SC SAO FRANCISCO DO SUL/SC SAO JOSE/SC SAO JOSE/SC TUBARAO/SC TUBARAO/SC ARACAJU/SE ARACAJU/SE ARACAJU/SE CEP 8920400 0 8920190 0 8920150 0 8850216 1 8850212 0 8850210 0 8850217 0 8852300 0 8879000 0 8879000 0 8837500 0 8916000 0 8916000 0 8929000 0 8924000 0 8924000 0 8811729 2 8810109 1 8870430 6 8870120 1 4901011 0 4906064 0 4908047 0 . PREFEITO JOSE J. EXPED. FRANCISCO DO SUL MINI-PREÇO SHOPPING ITAGUAÇU CAMELÃO ANGELONI .JUSTICA FEDERAL Complemento AMÉRICA CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CORAL CENTRO CENTRO GRAVATA CANTA GALO CENTRO BAIRRO COLONIAL CENTRO CENTRO BARREIROS CAMPINAS . TIRADENTES. MAFRA AV.

ESTADO DE SERGIPE FORUM GUMERCINDO BESSA AEROPORTO DE ARACAJU POLÍCIA FEDERAL ARACAJU DESO .LEGISL. 43 AV CENTENÁRIO DA ABOLIÇÃO ALAMEDA RIO NEGRO AV DR MARCOS DE PAULA RAPHAEL RUA HENRIQUE SAVI RUA CAMPOS SALLES AV GETÚLIO VARGAS AV. PRESTES AV BRASÍLIA AV RUI BARBOSA AV.KM 137 Nº 1000 2500 1000 0 1000 100 58 331 S/N S/N 300 658 555 1033 1313 55 755 330 3636 S/N 160 703 S/N 137 /192 QUADRA 15 2º PISO Complemento ROZA ELZE BAIRRO PONTO NOVO CENTRO CAPUCHO SANTA TEREZA CENTRO SÃO JOSÉ CENTRO JD BANDEIRANTES CENTRO VILA BARONI AMERICA ALPHAVILLE NÚCLEO HABITACIONAL MARY DOTA AEROPORTO VILA FALCÃO VILA GUEDES DE AZEVEDO JARDIM CONTORNO CENTRO CENTRO JARDIM PARAISO ALTO DA BELA VISTA SANTA GENEBRA Bairro Municipio/UF ARACAJU/SE ARACAJU/SE ARACAJU/SE ARACAJU/SE ARACAJU/SE ARACAJU/SE ARACAJU/SE APARECIDA/SP ARACATUBA/SP ASSIS/SP BARRETOS/SP BARRETOS/SP BARUERI/SP BAURU/SP BAURU/SP BAURU/SP BAURU/SP BAURU/SP BAURU/SP BERTIOGA/SP BOTUCATU/SP CACHOEIRA PAULISTA/SP CAMPINAS/SP CEP 4910000 0 4907510 0 4902000 0 4909538 0 4903497 0 4901039 0 4902038 0 1257000 0 1601546 0 1981400 0 1478042 5 1478319 5 0645491 3 1702600 0 1701190 0 1705000 0 1701700 0 1701220 2 1702029 0 1125000 0 1861048 0 1263000 0 1309090 1 . EST.DE SERGIPE CENTRO A ROMEIROS RODOVIÁRIA ARAÇATUBA ASSIS PLAZA SHOPPING AUTO POSTO JOIRIS . ANCHIETA AV. 115 MÊS 7 7 7 7 7 7 7 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 12 NomePAE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE SALES CONSTRUÇÃO ASSEMB. JOÃO PAULO II RODOVIA D PEDRO I .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. NAÇÕES UNIDAS PRAÇA PAPA JOÃO PAULO II AV. PEDRO Endereço CIDADE UNIVERSITÁRIA AV AUGUSTO FRANCO AVENIDA IVO DO PRADO AV TANCREDO NEVES RUA SENADOR JULIO LEITE R LAGARTO RUA CAMPO DO BRITO AV. RAFAEL LAURINDO AV. PROF.COPERCITRUS ALPHASHOPPING SUPERMERCADO CONFIANÇA MARY DOTA BAURU SHOPPING CENTER SUPERMERCADO CONFIANÇA FALCÃO SUPERMERCADO CONFIANÇA MAX SUPERMERCADO CONFIANÇA FLEX RODOVIÁRIA DE BAURU SHOPPING BERTIOGA SUPERMERCADO CENTRAL BOTUCATU CANÇAO NOVA SHOPPING PARQUE D.CIA SANEAM. DR.

JOSÉ NELSON MACHADO AV. JOÃO PESSOA.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.7 AV. ROD HÉLIO SMIDT ROD HÉLIO SMIDT AV ANTONIO DE SOUZA RUA JOSE CAMPANELA AV BENJAMIM HARRIS HUNNICUTT RODOVIA FERNÃO DIAS KM 89. BENITENTE FERRARÓPOLIS PEDREGULHO CUMBICA CUMBICA CENTRO MACEDO CENTRO PARQUE CECAPI CENTRO/GUARULHOS VILA BARROS JARDIM MORADO DO SOL CENTRO CENTRO Municipio/UF CAMPINAS/SP CAMPINAS/SP CAMPINAS/SP CAMPINAS/SP CARAPICUIBA/SP CATANDUVA/SP DIADEMA/SP DIADEMA/SP DIADEMA/SP DIADEMA/SP FRANCO DA ROCHA/SP GARCA/SP GUARATINGUETA/SP GUARULHOS/SP GUARULHOS/SP GUARULHOS/SP GUARULHOS/SP GUARULHOS/SP GUARULHOS/SP GUARULHOS/SP GUARULHOS/SP INDAIATUBA/SP ITAPEVI/SP ITAPEVI/SP CEP 1304590 0 1306060 0 1301317 0 1304510 0 0631100 0 1580020 0 9911160 9991060 0 9951550 9950000 0785104 0 1740000 0 1250000 0 0714197 0 0714197 0 0701309 0 0711210 0 0712400 0 0705317 1 0709400 0 0719505 0 1334601 0 0665304 0 0665304 0 . JACOB LYRA RUA LEOPOLDINA DE CAMARGO RUA LEOPOLDINA DE CAMARGO Nº 2013 1400 690 61 1455 280 261 810 425 1144 107 50 848 S/N S/N 300 05 S/N 897 75 1631 1164 260 260 PISO SUPERIOR TERMINAL URBANO JD.CARAPICUÍBA SHOPPING CATANDUVA BARATEIRO DIADEMA JOANIN BARATEIRO PIRAPORINHA EXTRA PIRAPORINHA FRANCO DA ROCHA SUPERMERCADO BIG MART GARÇA AUTO POSTO AVENIDA AEROPORTO INTERNACIONAL DE GUARULHOS AEROPORTO INTER DE GUARULHOS EXTRA GUARULHOS POUPATEMPO GUARULHOS CARREFOUR GUARULHOS RODOVIARIA DE GUARULHOS BARATEIRO TIMÓTEO PENTEADO BARATEIRO V BARROS SHOPPING CENTER JEANS ITA SHOPPING ITA SHOPPING III Endereço RUA DA ABOLIÇÃO AV.RUY RODRIGUES RUA BARAO DE PARNAIBA R ARMANDO FREDERICO REIGANECH AV RUI BARBOSA AV.OURO VERDE Complemento Bairro PARQUE ITÁLIA JARDIM NOVO CAMPOS ELÍSIOS BOTAFOGO JARDIM AEROPORTO CENTRO CENTRO CENTRO SERRARIA PIRAPORINHA VILA NOGUEIRA JD. 116 MÊS 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 12 12 8 8 8 8 8 8 8 8 8 NomePAE HIPERMERCADO EXTRA ABOLIÇÃO HIPERMERCADO EXTRA AMOREIRAS ESTAÇÃO RODOVIÁRIA DE CAMPINAS HORTO SOP TERMINAL OURO VERDE EXTRA . ANTONIO PIRANGA RUA GUARANI PÇA BOM JESUS DE PIRAPORINHA AV PIRAPORINHA RUA CORONEL DOMINGOS ORTIZ RUA TARGINO NUNES AV. TIMÓTEO PENTEADO AV OCTAVIO BRAGA DE MESQUITA R.

AVELAR PIRES DE AZEVEDO RUA ERASMO BRAGA R TEN AVELAR PIRES DE AZEVEDO RUA SANTA CARATIRA RUA MIGUEL VICENTE CURY AV DOS EXPEDICIONÁRIOS R VISCONDE DO RIO BRANCO RUA ANTONIO CORREA BARBOSA AV PRESIDENTE COSTA E SILVA Nº 942 260 54 393 499 223 S/N S/N S/N 500 2270 1210 3400 1001 81 1500 81 415 100 1432 58 2233 70 KM 58 KM 63 KM 72 Complemento CARDOSO CENTRO JARDIM SOARES CENTRO CENTRO CENTRO TERRA NOVA TULIPAS LOUVEIRA JARDIM MARIA MARTA NOVA MARÍLIA JARDIM ZAIRA JARDIM ALMIRA SOCORRO CENTRO PRESIDENTE ALTINO CENTRO VILA PERINO NOVA PAULÍNIA VISTA ALEGRE ALTO CENTRO BOQUEIRÃO Bairro Municipio/UF ITAPEVI/SP ITAPEVI/SP ITAPIRA/SP JACAREI/SP JAU/SP JUNDIAI/SP JUNDIAI/SP JUNDIAI/SP LOUVEIRA/SP MARILIA/SP MARILIA/SP MAUA/SP MOGI GUACU/SP MOJI DAS CRUZES/SP OSASCO/SP OSASCO/SP OSASCO/SP OURINHOS/SP PAULINIA/SP PAULINIA/SP PIRACICABA/SP PIRACICABA/SP PRAIA GRANDE/SP CEP 0665414 0 0665304 0 1397602 5 1232700 0 1720123 0 1320034 0 1320000 0 1320000 0 1329000 0 1750728 0 1752024 0 9321375 1384019 5 0878000 0 0601606 0 0621300 8 0601606 0 1991165 0 1314000 0 1314000 0 1341927 0 1340090 0 1170000 0 .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. RODOVIA BANDEIRANTES RODOVIA ANHANGUERA RUA DOS TUCUNARÉS AVENIDA JOÃO RAMALHO AV PRESIDENTE CASTELO BRANCO AV DOS TRABALHADORES AV NARCISO YAGUE GUIMARÃES R TEN.BANDEIRANTES KM 63 LAGO AZUL .ANHANGUERA KM 72 SHOPPING AQUARIUS SUPERMERCADO KAWAKAMI SUPERMERCADO NEVADA BIG MOGI GUAÇU MOGI SHOPPING OSASCO PLAZA RODOVIÁRIA OSASCO OSASCO PLAZA SHOPPING II RODOVIÁRIA DE OURINHOS Hospital Municipal de Paulínia Guarda Municipal de Paulínia PÃO DE AÇUCAR PIRACICABA PREFEITURA MUNICIPAL PIRACICABA SHOPPING PRAIA GRANDE NomePAE Endereço AV CAROLINA DE ABREU PAULINO RUA LEOPOLDINA DE CAMARGO RUA SOLDADO CONSTITUCIONALISTA RUA DR. LÚCIO MALTA RUA HUMAITÁ RUA SÃO VICENTE DE PAULO RODOVIA BANDEIRANTES.BANDEIRANTES KM58 LAGO AZUL . 117 MÊS 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 SAN CARDOSO ITASHOPPING II SUPERMERCADOS ANTONELLI PROMOVALE RODOVIÁRIA DE JAU HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO LAGO AZUL .

J.RIO PRETO TRIDICO CAMARA MUN.DR. SÃO JOÃO AV. MANUEL ALVES SOARES PÇA DO CARMO RUA PAES LEME CEP 1172600 0 1901008 1 1901300 0 1401004 0 1401016 0 1345608 0 1104510 1 1106000 3 1106000 2 0972568 0 1356050 0 1501530 0 1502500 0 1501004 0 1503053 0 1221009 0 1221500 0 1224000 0 1223520 0 0826504 5 0482127 0 1000000 0 0542415 0 .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.REDENÇÃO Nº 1511 1200 1360 640 933 777 319 549 532 271 777 2940 5500 S/N 926 29 3280 2002 2185 1000 1100 S/N 195 5 SUBSOLO JARDIM NOVA DETROIT SHOPPING COLINAS LOJA 1 E 2 2º SUBSOLO Complemento Bairro INTERMARES CENTRO VILA NOVA CENTRO CENTRO VILA MOLLON BOQUEIRÃO GONZAGA GONZAGA JARDIM DO MAR JARDIM MACARENGO CENTRO ALTO RIO PRETO CENTRO PARQUE INDUSTRIAL CENTRO VISTA VERDE JD.OSCAR PIRES PRACA AFONSO PENA AV BENEDITO FRIGGI AV.SANTA BARBARA RUA OSWALDO CRUZ AV ANA COSTA AV ANA COSTA AV. 118 MÊS 8 12 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 7 NomePAE LITORAL PLAZA SHOPPING PREFEITURA MUNICIPAL PRES PRUDENTE TERMINAL RODOVIÁRIO PRES PRUDENTE TERMINAL RODOVIARIO RIBEIRAO PRETO SHOPPING SANTA URSULA TIVOLI SHOPPING SUPER CENTRO BOQUEIRÃO SHOPPING BALNEÁRIO GALERIA V AVENIDA POUPATEMPO Endereço AV AIRTON SENNA DA SILVA AV CEL JOSÉ S MARCONDES AV BRASIL AV JERÔNIMO GONÇALVES RUA SAO JOSE AV.PROF. SAO JOSE DOS CAMPOS NAGUMO VISTA VERDE POUPA TEMPO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS COOP-COOPERATIVA DE CONSUMO SESC ITAQUERA SESC INTERLAGOS POPA TEMPO -SE SESC PINHEIROS RUA BERNARDINO DE CAMPOS AV BADY BASSITT PÇ PAUL PERCY HARRIS R.JOÃO BATISTA SOUZA SOARE R FERNANDO ESP STO ALVES MATOS AV. COLINAS JARDIM MORUMBI ITAQUERA INTERLAGOS CENTRO PINHEIROS Municipio/UF PRAIA GRANDE/SP PRESIDENTE PRUDENTE/SP PRESIDENTE PRUDENTE/SP RIBEIRAO PRETO/SP RIBEIRAO PRETO/SP SANTA BARBARA DO OESTE/SP SANTOS/SP SANTOS/SP SANTOS/SP SAO BERNARDO DO CAMPO/SP SAO CARLOS/SP SAO JOSE DO RIO PRETO/SP SAO JOSE DO RIO PRETO/SP SAO JOSE DO RIO PRETO/SP SAO JOSE DO RIO PRETO/SP SAO JOSE DOS CAMPOS/SP SAO JOSE DOS CAMPOS/SP SAO JOSE DOS CAMPOS/SP SAO JOSE DOS CAMPOS/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP TERMINAL RODOVIÁRIO DE SÃO CARLOS R JACINTO FAVORETO PRAÇA SHOPPING AUTO POSTO ITAIPU BASSITT RODOVIARIA S.

SAMUEL KLABIN RUA CATÃO AVENIDA REBOUÇAS RUA MAJOR MARAGLIANIO R CONS MOREIRA DE BARROS AV CRUZEIRO DO SUL AV.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. PAULISTA ALAMEDA MINISTRO ROCHA AZEVEDO RUA MERGENTHALER AV VEREADOR JOAO DE LUCA AV. 119 MÊS 8 8 8 8 8 8 8 8 12 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 NomePAE CONJUNTO CULTURAL DA CAIXA EDIFÍCIO SÃO LUIZ GONZAGA FÓRUM CRIMINAL CORREIOS PAO DE ACUCAR JOAO DE LUCA MINISTÉRIO DA FAZENDA EXTRA .ANHANGUERA SHOPPING CENTER LAPA REBOUÇAS HOSP.SANTO AMARO TERMINAL SANTO AMARO CONTINENTAL SHOPPING SHOPPING PLAZA SUL TRAITUBA SUPERMERCADO SHIBATA LTDA SUPERMERCADOS BARATEIRO II WEST PLAZA PRACA DA SÉ AV.SAÚDE MENTAL IRMANDADE PASTORINHO SHOPPING D TERMINAL RODOVIÁRIO TIETÊ II TERMINAL RODOVIÁRIO TIETÊ IV CENTRO EMPRESARIAL BORBA GATO POUPATEMPO . CRUZEIRO DO SUL AV CRUZEIRO DO SUL AV ADOLFO PINHEIRO RUA AMADOR BUENO RUA PADRE JOSE MARIA AV LEÃO MACHADO PRAÇA LEONOR KAUPA RUA TRAITUBA R PIRAJU AV 15 DE NOVEMBRO PRAÇA TOMÁS MOROS Endereço Nº 111 2300 25 592 1005 733 193 72 2639 241 240 1100 1800 1800 384 256 400 100 100 109 499 334 408 TÉRREO Complemento TÉRREO 11º ANDAR 2º ANDAR CENTRO BELA VISTA CERQUEIRA CÉSAR VILA LEOPOLDINA JARDIM PRUDENCIA CENTRO BELA ALIANÇA LAPA PINHEIROS VILA MARIANA SANTA TEREZINHA SANTANA SANTANA SANTANA SANTO AMARO SANTO AMARO SANTO AMARO BUTANTÃ JARDIM DA SAUDE SAÚDE V MONTE BELO CENTRO ÁGUA BRANCA Bairro Municipio/UF SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP CEP 0100100 1 0131094 1 0141090 0 0531103 0 0438100 0 0103100 1 0508914 0 0504900 0 0540140 0 0410703 0 0201801 0 0303302 0 0203000 0 0203000 0 0473400 0 0475200 5 0475306 0 0532802 0 0415110 0 0414205 0 0857777 0 0685000 0 0500309 0 . PRESTES MAIA AV.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 120
MÊS 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 12 12 8 8 8 8 8 8 8 NomePAE POUPATEMPO ITAQUERA SHOPPING CENTER IBIRAPUERA CENTER AZUL TERMINAL BARRA FUNDA III TERMINAL BARRA FUNDA IV BARATEIRO JD CISPER TERMINAL RODOVIÁRIO JABAQUARA HIPERMERCADO ANDORINHA SHOPPING METRÔ SANTA CRUZ SHOPPING PAULISTA CONSELHO REGIONAL DE QUIMICOS SERPRO DAVÓ SUPERMERCADO CARREFOUR TATUAPE BOULEVARD SÃO BENTO - 1 BOULEVARD SÃO BENTO - II TERMINAL BARRA FUNDA I SHOPPING INTERLAGOS QUALY CENTER BARATEIRO PIRITUBA BARATEIRO JD FLORESTA BARATEIRO JD SAO BERNARDO RICOY SUPERMERCADOS Endereço AV DO CONTORNO AV. IBIRAPUERA ES. DE ITAPECERICA A CAMPO LIM RUA MÁRIO DE ANDRADE RUA MÁRIO DE ANDRADE R OLAVO EGIDIO SOUZA ARANHA R. DOS BURITIS AV PARADA PINTO RUA DOMINGOS DE MORAIS RUA TREZE DE MAIO R.OSCAR FREIRE R OLIVIA GUEDES PENTEADO AV DO ORATÓRIO AV REGENTE FEIJO LARGO SÃO BENTO-ESTAÇÃO METRÔ LARGO SÃO BENTO-ESTAÇÃO METRÔ R AURO SOARES DE MOURA ANDRADE AV INTERLAGOS ESTRADA DO LAGEADO VELHO AV EDGAR FACÓ AV CARLOS OBERHUBER RUA SINFONIA ITALIANA AV COMENDADOR SANTANA Nº 60 3103 136 664 664 1820 40 2262 2564 1947 2039 491 4500 1739 34 34 664 2255 434 720 136 100 895 ENTRADA LARGO SÃO BENTO ENTRADA LARGO SÃO BENTO 3º PISO Complemento ITAQUERA IBIRAPUERA JD STA EMILIA BARRA FUNDA BARRA FUNDA JD CISPER JABAQUARA VILA NOVA CACHOEIRINHA VILA MARIANA-SÃO PAULO/SP PARAÍSO JARDIM AMÉRICA SOCORRO VILA INDEPENDÊNCIA JARDIM ANALIA FRANCO CENTRO CENTRO BARRA FUNDA CAMPO GRANDE GUAIANAZES PIRIRUBA JARDIM FLORESTA JARDIM SAO BERNARDO CAPÃO REDONDO Bairro Municipio/UF SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP

CEP 0822038 0 0402920 0 0682330 0 0115400 0 0115400 0 0382200 0 0432109 0 0261100 1 0403500 1 0136190 0 0540901 0 0477600 1 0322020 0 0334200 0 0102901 0 0102901 0 0115600 1 0466120 0

845100 0292400 0 0483613 0 0484461 0 0586600 0

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 121
MÊS 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 9 9 9 9 9 9 9 NomePAE TERMINAL CAPELINHA BARATEIRO SANTANA EXTRA JAGUARE BERGAMINI JARDIM BRASIL BARATEIRO TAIPAS TERMINAL JOÃO DIAS EXTRA JOAO DIAS MULTI SHOP PELOTAS EXTRA - SOROCABA II ESPLANADA SHOPPING SHOPPING TABOÃO SHOPPING TABOAO II TERMINAL ROD.PASSAGEIROS DE TA RODOVIÁRIA VELHA DE TAUBATÉ AUTO POSTO EXPRESS DE VALINHOS SUPERMERCADO MUNDIAL PALMAS SHOPPING AUTO POSTO 71 TERMINAL RODOVIÁRIO DE PALMAS AEROPORTO DE PALMAS AUTO POSTO ELDORADO SUPERMERCADO CAÇILINHA Endereço EST DE ITAPECERICA DA SERRA R CONS. MOREIRA DE BARROS AV. JAGUARE AV ROLAND GARROS ESTRADA DE TAIPAS, AV JOÃO DIAS AV GUIDO CALOI RUA PELOTAS MARIA CINTO DE BIAGGI AV.PROF.IZORAIDA MARQUES PERES ROD. REGIS BITTECOURT, KM271,5 ROD. REGIS BITECOURT, KM 271,5 RUA BENEDITO DA SILVEIRA MORAI PRAÇA DR. BARBOSA DE OLIVEIRA AV. DOS ESPORTES RUA 02 ACSU SO 10 - CONJUNTO 2 -LOTE 10 ARSE 71 LOTE 19 TO 050 KM 08 AV . TEOTÔNIO SEGURADO 206 SUL LOTE 13 AV. NS - 04 QSE 11-A Nº 3222 2075 4060 1765 997 3589 25 83 164 401 271 271 S/N S/N 1178 606 10 19 S/N S/N 0000 02 PLANO DIRETOR EXPANSÃO SUL PISO SUPERIOR QUIOSQUE 560 PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO Complemento Bairro CAPÃO REDONDO SANTA TEREZINHA JAGUARE JARDIM BRASIL JARAGUÁ VILA DAS BELEZAS JARDIM SAO LUIS VILA MARIANA JD SANTA ROSALIA CAMPOLIM PINHEIRINHO PINHEIRINHO VILA SÃO JOSÉ CENTRO JARDIM PLANALTO FLAMBOYANT CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO CENTRO JARDIM AURENY 1B Municipio/UF SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SAO PAULO/SP SOROCABA/SP SOROCABA/SP TABOAO DA SERRA/SP TABOAO DA SERRA/SP TAUBATE/SP TAUBATE/SP VALINHOS/SP MIRACEMA DO TOCANTINS/TO PALMAS/TO PALMAS/TO PALMAS/TO PALMAS/TO PALMAS/TO PALMAS/TO

CEP 0583500 4 0243000 0 0534600 0 0223500 1 0299100 0 0580100 0 0580214 0 0401200 0 1809541 0 1804790 0 0676820 0 0676820 0 1207029 0 1208030 0 1327021 0 7765000 0 7716003 0 7710000 0 7700000 0 7706190 0

7740000 7727000 0

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 122

ANEXO XVIII CRONOGRAMA DE INTERNALIZAÇÕES 1 2 O cronograma de internalização atende aos contratos firmados pela CAIXA com os demais fornecedores. Optou-se pela regionalização dos pontos, fazendo com que todos os pontos de atendimento de uma praça/regional sejam migrados ao mesmo tempo buscando impacto único na clientela da praça ou região. Os números constantes da planilha abaixo retratam a situação da rede em maio de 2006, e podem ser alterados até o limite de 15 % previstos nesta contratação. Eventuais acréscimos de pontos que não constem da lista não serão considerados como parte da internalização e não estão sujeitas aos limites percentuais previstos para a lista de referência constante do ANEXO XVII – Relação dos postos de atendimento eletrônicos – Posição de Maio de 2006.

3 4

Evolução de Internalizações/Transferência de pontos para Operador Logístico
250 200 150 100 50 0 168 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 dez/06 347 168 179 195 542 196 738 890 152 1027 137 1200 1000 800 600 400 200 0

5

A absorção das tarefas será gradativa, em curva semelhante a demonstrada no gráfico acima. A linha tracejada equivale à quantidade de pontos, mês a mês que, serão assumidos pelo operador e a linha azul o comportamento acumulado. Observamos que a execução financeira do contrato seguirá a mesma curva. Os pontos constantes da previsão de serviços que excedem o cronograma, e o gráfico acima, poderão ser demandados ou não pela CAIXA, e se demandados não existe o compromisso com a manutenção da curva acima nem das regiões do cronograma. A demanda ou não dos pontos previstos excedentes é exclusiva da CAIXA, não se configurando compromisso com a CONTRATADA. A prestação dos serviços será iniciada para atendimento ao cronograma definido pela CAIXA e constante do Anexo XVII (Relação do PAE – maio 2006), podendo ser prorrogada por necessidade da CAIXA para até 30(trinta) dias após a assinatura do contrato.

6 7

8 9

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 123

10

Adicionalmente ao cronograma de internalização acima, a CAIXA providenciará a seu exclusivo critério a expansão da rede PAE para outros endereços e praças, a qualquer tempo, inclusive durante o período de internalização. Dessa forma, os serviços licitados serão executados em todas as localidades em que a CAIXA vier a prover solução com uso de PAE, em qualquer localidade do território nacional, sendo que os pontos a serem assumidos estão discriminados no Anexo XVII – Relação dos Postos de Atendimento Eletrônicos – Maio 2006. A relação acima referenciada deve servir como referência das praças e locais em que a rede está instalada, para efeito de instalações de novos postos, sendo que a CAIXA assegura no mínimo 85% (oitenta e cinco por cento) dos locais e endereços ali discriminados serão efetivamente entregues ao licitante vencedor. O cronograma de assunção dos pontos segue abaixo:
RN PB PE SE AL CE BA MA PA AM AC AP PI SP ES DF GO TO RR RO MG RJ RS SC PR MS MT TOTAL

11

12

13

JUL AGO SET OUT NOV DEZ

33 15 35 10 19 27 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0

0 0

0 0

0 17 0 0 0 0 17

0 0 5 0 0 0 5

0

0

1

0 13 0 0

0 0 44 0 0 0 44

0 0 7 0 0 0 7

0 0 5 0 0 0 5

0 0 6 0 0 0

1 0 0 95

0 0 0 0

0 14 0 0 0 0

0 0 0 0 0

0 0 0 0 0

0 0 0 0 0

168 179 195 196 152 137 1027

0 23 139 5 0 0 0 0 0 0 0 0

0 59 0 0 0 0 0 0

0 14 14 0 0 0 0 0

0 50 0 0 5

0 33 0 7 0 0

0 54 0

0 79 73 7 0 0

0 71 17 28

TOTAL 33 17 35 10 19 27 59

14 14

5 23 147 33 68

6 103 79 73 68 71 17 28

14 Os demais PAE e ATM constante da estimativa de serviços, estão orçados para efeito de provisão contratual mas não tem mês previsto para instalação. 15 Estes pontos serão instalados tão logo os procedimentos de locação ou comodato dos ambientes forem firmados com os estabelecimentos interessados, já representam demanda reprimida da rede. 16 A execução das tarefas terá inicio com as rotinas de assunção dos pontos atuais ou com a demanda de instalação de novos PAE.

..04.. [CARGO] da CAIXA. que integram e complementam o presente contrato.08.........../2006 – processo nº 5307. [CARGO E NOME COMPLETO]. de um lado e. DE UM LADO...Detalhamento das Atividades da Contratada Anexo III A – Atendimento Operacional Anexo III B – Atendimento Logístico Anexo III C – Atendimento Eventual Anexo IV – Características e Padrões para Uso na Confecção ou Conferência da Infra-Estrutura de Instalação de Solução PAE Anexo V – Ateste do Serviço de Restauração Anexo VI – Guia de Transporte de Materiais Anexo VII . a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL.. Lote 3/4.303. inscrita no CNPJ sob o nº...Padrão para Sinalização de Ponto Inoperante Anexo X – Relatório de Vistoria Anexo XI – Rotina de Atestes e Pagamentos Anexo XII – Prazos para Realização das Atividades e Penalidades Aplicáveis no Descumprimento Anexo XIII .......... QUE ENTRE SI FAZEM. a empresa ... 66.. de .. com sede na cidade de ../.2004.. A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E... inscrita no CNPJ sob o nº ....360. de 21/6/1993... portador da cédula de identidade RG nº ....04...Estimativa de custos Anexo XIV – Estimativa de Quantidade de Serviços Anexo XV – Modelo de proposta comercial • • • • • • • • • • • • ...... portador da cédula de identidade RG nº ...... Quadra 4.. de 21..09... e suas alterações... instalados em todo o País.... DE OUTRO..... com sede no SBS.. sujeitando-se as partes contratantes às normas constantes da Lei nº.. A EMPRESA . alterado pelo Decreto nº.... de 06.......70. instituição financeira sob a forma de empresa pública.305/0001-04. e inscrito no CPF sob o nº ..01.. [CARGO E NOME COMPLETO]. de 12. 00........PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.... 5... regendo-se.056.. têm justa e contratada a execução do fornecimento objeto deste instrumento...... os locais de prestação dos serviços e a forma de execução do contrato constam dos Anexos a seguir relacionados. de 21/07/95..... em Brasília/DF. Parágrafo Único – As especificações do objeto. 5. neste ato representada por seu ......210...... 124 ANEXO XIX MINUTA DE CONTRATO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE .. presentemente... daqui por diante designada simplesmente CAIXA..69.. [NOME]. . • • • • • • Anexo I – Termo de Referência – Especificações Técnicas Obrigatórias Anexo II – Conceitos Anexo III . bem como às cláusulas abaixo: CLÁUSULA PRIMEIRA – DO OBJETO Prestação de Serviços de atendimento local e suporte operacional aos Postos de Atendimento Bancário – PAE.. a quantidade total estimada. 759. pelo estatuto aprovado pelo Decreto nº... 05...0054...... da CAIXA...Relatório de Manutenção (Verificações mínimas) Anexo VIII – Rotina de Diagnóstico Anexo IX ..... neste ato representada pelo ... e Decreto nº...... de outro.. e pela IN nº.. e inscrito no CPF sob o nº . ......... no Estado de . do MARE.. NA FORMA ABAIXO: Pelo presente instrumento..03. vinculado ao respectivo Edital...... criada e constituída nos termos do Decreto-Lei nº.. em face da autorização do Sr... seus Anexos e à proposta apresentada pela CONTRATADA no referido certame. de 29....666.... 8.0/2006 Pregão Eletrônico nº XXX/7031-2006. doravante designada simplesmente CONTRATADA..

móveis e utensílios porventura colocados à disposição para execução dos serviços. responsabilizando-se por quaisquer prejuízos que suas falhas ou imperfeições venham causar à CAIXA ou a terceiros. fiscalização essa que se dará independentemente da que será exercida pela CAIXA. assim como ao cumprimento das obrigações previstas neste contrato. imediatamente e por escrito. até o limite de 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado deste contrato. se for o caso. X) dispor-se a toda e qualquer fiscalização da CAIXA. IV) prestar os esclarecimentos que forem solicitados pela CAIXA. por meio de pessoas idôneas e tecnicamente capacitadas. XIII. pessoal e meios de comunicação. inclusive considerados os casos de greve ou paralisação de qualquer natureza. cumprindo os horários estabelecidos para atendimento. da Lei nº. VIII) aceitar. com a qualidade e rigor exigidos.Tabela de Apuração do Valor Médio do Frete • Anexo XVI – Padrão de Relatório para Atendimentos Logísticos • Anexo XVII – Relação dos Postos de Atendimento Eletrônicos – Posição de Maio/2006 • Anexo XVIII – Cronograma de Internalização • Anexo XIX – Minuta de Contrato Anexo XX – Planilha de Composição de Preços • • CLÁUSULA SEGUNDA – DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA São obrigações da CONTRATADA. IX) manter. todas as condições de cadastramento e habilitação parcial no SICAF. de qualquer anormalidade que verificar na execução dos serviços. III) dar ciência à CAIXA. XI) assumir total responsabilidade sobre os equipamentos. garantindo-lhes a integridade e ressarcindo a CAIXA das despesas com manutenção corretiva decorrente de má utilização dos mesmos. dentro dos prazos ajustados. quando for o caso. no tocante à execução dos serviços. cabendo-lhe integralmente. XII) manter absoluto sigilo quanto às informações contidas nos documentos ou materiais manipulados por seus empregados. nos termos do Art. os ônus decorrentes.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.666/93. garantindo a sua supervisão desde a implantação. durante o prazo contratual. 8. com. XIII) manter. cujas reclamações obriga-se a atender prontamente.Tabela de Apuração de Valores por Atividade Anexo XV B . além de realizar novamente o serviço incorreto. sem quaisquer ônus para a CAIXA. dedicando especial atenção à sua guarda. VI) estruturar-se de modo compatível e prover toda a infra-estrutura necessária à prestação dos serviços previstos neste contrato. DF. bem como as demais qualificações exigidas neste Contrato. o qual deverá dispor de instalações físicas adequadas. responsabilizando-se por quaisquer prejuízos advindos de sua inobservância. V) fiscalizar o perfeito cumprimento dos serviços a que se obrigou. nas mesmas condições contratuais. além das demais previstas neste contrato e Anexo(s): I) executar perfeitamente os serviços contratados. VII) prover todos os meios necessários à garantia da plena operacionalidade dos serviços. de modo direto e indireto. 125 • Anexo XV A . no . 1 (um) escritório na cidade de Brasília. 55. II) dar sempre como conferido e perfeito o serviço executado. os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários. a partir da data da assunção dos serviços.

XXVI) cumprir todas as normas de segurança da informação. quando forem detectados erros de operação dos recursos tecnológicos. XXIII) diligenciar para que seus empregados não executem outros serviços que não os previstos no objeto deste contrato. substituindo aqueles cuja conduta seja julgada inconveniente. bem como os respectivos comprovantes de quitação do correspondente prêmio. inclusive softwares e hardwares. 2 (duas) linhas telefônicas. detalhando a ocorrência à CAIXA. XVI) Apresentar à CAIXA a apólice relativa ao seguro. quer sejam eles praticados por empregados. sempre que solicitado pela CAIXA. e também a cada evento de transporte. ficando sob responsabilidade da CONTRATADA qualquer dano que venha ocorrer em virtude deste procedimento. XXI) impedir que seus técnicos repassem instruções de comandos de operação aos usuários. que garanta a cobertura do valor total de todo e qualquer material da CAIXA. utensílios. sendo que a responsabilidade se estenderá a danos causados a terceiros durante a execução dos serviços. devendo zelar pela manutenção dessa capacidade sempre que substituir membros da equipe técnica. no prazo de 05 (cinco) dias úteis contados da comunicação da CAIXA. nas cidades onde a CAIXA mantiver estrutura similar. a seu custo. armazenado ou transportado. ou outros bens. por meio de pessoas idôneas e tecnicamente capacitadas. conforme inciso XV acima. 126 mínimo. devidamente uniformizados e identificados através de crachás. quanto à sua correta utilização. XIV) Prover. furtos e prejuízos causados às suas instalações. em conformidade com os padrões de Segurança da Informação adotados pela CAIXA. por parte destes. conforme especificado no Anexo III . móveis. de forma a viabilizar o pronto atendimento às solicitações da CAIXA. mesmo em caso de ausência ou omissão de fiscalização. prepostos ou mandatários seus. XX) diligenciar para que os seus empregados tratem todos com urbanidade e cortesia.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Os seguros devem ser feitos para os ambientes de guarda dos materiais nos termos do anexo de atendimento logístico.B. obrigando-se a indenizar a CAIXA. roubos. durante toda vigência do contrato. quando a serviço da CAIXA. para ressarcimento à CAIXA de eventuais prejuízos advindos da ocorrência de sinistro com os materiais. XIX) garantir que os empregados alocados para a prestação dos serviços sejam capacitados para suas funções e execução dos serviços previstos em contrato. XV) Manter apólice de seguro. XXV) orientar os usuários. XVIII) executar perfeitamente os serviços dentro dos horários estabelecidos pela CAIXA. segurança tecnológica e padronizações adotadas pela CAIXA. conforme previsto no Anexo III – B. . os valores dos materiais são informados quando da entrega dos mesmos ao contratado XVII) atender aos chamados conforme prazos estipulados no Anexo XII – Prazos para Realização das Atividades e Penalidades Aplicáveis no Descumprimento. por quaisquer danos. XXIV) manter seus empregados. locais apropriados para a armazenagem e conservação dos materiais e equipamentos da CAIXA sob sua responsabilidade. devendo comprovar essa condição no ato da assinatura deste contrato. um aparelho de fax e e-mail. XXII) zelar pela confidencialidade das informações dos recursos tecnológicos da CAIXA. máquinas.

Parágrafo Primeiro . ficando. XXIX) responsabilizar-se pela contínua reciclagem do conhecimento de seus técnicos. em relação aos dados. por força da lei.A CONTRATADA autoriza a CAIXA a descontar o valor correspondente aos referidos danos ou prejuízos diretamente das faturas pertinentes aos pagamentos que lhe forem devidos. inconveniente ou insatisfatória para a CAIXA ou a seus clientes. . informações ou documentos relacionados à CAIXA. onde: IDI 1 2 3 4 VAT = Valor Atualizado VIN = Valor Inicial IDI = índice acumulado da TR na data inicial IDF = índice acumulado da TR na data final CLÁUSULA QUARTA – DAS OBRIGAÇÕES DA CAIXA A CAIXA obriga-se a: I) indicar os locais e horários em que deverão ser prestados os serviços.qualquer tipo de autuação ou ação que venha a sofrer em decorrência da prestação de serviços. CLÁUSULA TERCEIRA – DAS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA São responsabilidades da CONTRATADA: I) todo e qualquer dano que causar à CAIXA. não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou acompanhamento pela CAIXA. XXVIII) responsabilizar-se pela boa conservação e segurança física dos equipamentos da CAIXA disponibilizados e armazenados em local de sua propriedade. exibidos ou manuseados. independentemente de qualquer procedimento judicial. civil e criminalmente responsável por sua indevida divulgação.X IDF. praticado por seus prepostos. ou que por qualquer forma ou modo venham a tomar conhecimento no desempenho das atividades que lhe são confiadas conforme disposto neste contrato. II . descuidada ou incorreta utilização. bem como às atualizações tecnológicas que vierem a ocorrer. IV) Notificar à CONTRATADA qualquer irregularidade encontrada no fornecimento dos insumos e serviços prestados. devendo. seus clientes e operações. ou a terceiros. ou da garantia contratual. eximindo a CAIXA de qualquer solidariedade ou responsabilidade. bem como quanto a qualquer ocorrência relativa ao comportamento de seus técnicos quando do atendimento aos PAE. III) Notificar à CONTRATADA quanto a qualquer irregularidade verificada na execução dos serviços contratados. de modo a capacitá-los a atender as demandas atuais e futuras da CAIXA. o mais completo e absoluto SIGILO.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. mesmo nos casos que envolvam eventuais decisões judiciais. II) efetuar os pagamentos devidos nas condições estabelecidas neste contrato. utilizando-se a seguinte fórmula: VIN VAT = ------. bem como pelos contratos de trabalho de seus empregados. sem prejuízo da responsabilidade por perdas e danos a que der causa. empregados ou mandatário. para isso. evitar a presença de pessoas estranhas à natureza da atividade desenvolvida. que venha a ser considerada prejudicial. 127 XXVII) guardar para si. sem custos adicionais à CAIXA. assegurada a prévia defesa I) O valor a ser ressarcido à CAIXA nos casos de prejuízos em que a CONTRATADA for responsabilizada será apurado utilizando-se o índice da TR obtido no período compreendido entre a data da ocorrência do fato que deu causa ao prejuízo e a data do efetivo ressarcimento à CAIXA. ainda que culposo. por seus empregados ou prepostos.

histórico detalhado e de forma clara contendo a descrição de todos os itens que compõem o objeto do contrato. com seqüencial específico da filial/matriz). obrigatoriamente em agência da CAIXA. identificação completa do contratante. I) Nos casos em que o 20º (vigésimo) dia do mês ocorrer em dia não útil o pagamento será realizado pela CAIXA no 1º (primeiro) dia útil imediatamente posterior. o número do processo que originou a contratação (Processo n° XXXXXXXX/2006) e o número do contrato (SIGES) fornecido pela CAIXA. segurança tecnológica e segurança da informação adotados na CAIXA.. configuração. impressos no rodapé da nota fiscal/fatura. operação. . no início da execução dos serviços previstos no contrato. II) Cabe à CONTRATADA a correta emissão da nota fiscal/fatura em conformidade com a legislação tributária pertinente. o acesso aos equipamentos de sua propriedade. devendo buscar qualquer informação necessária junto ao Fisco ou outra fonte competente. localizada no Ed. VI) Entregar à CONTRATADA. instalados PAE para a execução dos serviços contratados. inscrição estadual ou municipal. a relação de manuais necessários para a perfeita execução dos serviços. no 20º (vigésimo) dia do mês subseqüente ao da efetiva execução dos serviços. impreterivelmente. devendo a emissão da correspondente nota fiscal ser antecipada. até o dia 05 (cinco) do mês subseqüente ao da prestação dos serviços. após a aceitação dos serviços.17º Andar . o período a que se refere. efetuará o pagamento à CONTRATADA. não cabendo à CAIXA prestar esse tipo de informação. Matriz da CAIXA. III) A nota fiscal/fatura deve ser entregue na GEAUT – GN do Canal de Auto-Atendimento. para controle da CAIXA. CLÁUSULA QUINTA – DA FORMA DE PAGAMENTO A CAIXA. a fim de que seu pessoal técnico esteja sempre habilitado à execução dos serviços contratados. mediante crédito em conta corrente mantida pela CONTRATADA. VII) Permitir ao pessoal técnico da CONTRATADA. número da autorização para confecção e CNPJ da gráfica. mensalmente. Parágrafo Primeiro – A nota fiscal/fatura – NF deve conter todos os elementos exigidos em lei. endereço. indicação da unidade da CAIXA ou a quantidade de unidade(s) beneficiária(s) dos serviços e o Município com respectiva UF onde é executado o serviço a que se refere a nota fiscal/fatura.Asa Sul – Brasília – DF. desde que identificado. tais como: identificação completa da CONTRATADA: CNPJ (o mesmo constante no preâmbulo do contrato.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. - - I) A nota fiscal/fatura deve conter ainda. prorrogando-se o prazo de pagamento na mesma proporção de eventual atraso ocorrido na entrega da fatura. na SBS QUADRA 4 LOTE 3/4 . valores unitários e totais dos itens que compõem o objeto do contrato. 128 V) Manter a CONTRATADA atualizada sobre os padrões de instalação. com apresentação à CAIXA. etc. observada a faculdade da emissão pela filial/matriz que contém o mesmo CNPJ base.

480/04. da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). III) Caso a CONTRATADA esteja amparada por medida judicial. sempre que exigido. independentemente da CONTRATADA estar ou não nele estabelecida. observando ainda. Parágrafo Terceiro – A fatura não aprovada pela CAIXA será devolvida à CONTRATADA para as necessárias correções. contando-se o prazo de pagamento da data de sua reapresentação.X IDF. quando do pagamento. por Município.Por ocasião do pagamento. será efetuada consulta em tempo real ao SICAF.Nenhum pagamento isentará a CONTRATADA das suas responsabilidades e obrigações. onde: . nem implicará aceitação definitiva do fornecimento.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. sendo lhe facultada a apresentação de defesa no prazo de 05 (cinco) dias úteis.Em cumprimento ao disposto na Lei nº. a CONTRATADA será comunicada por escrito para que regularize sua situação. Parágrafo Oitavo . ou aos regimes de alíquotas diferenciadas. para verificação de todas as condições de cadastramento no Sistema. I) A devolução da fatura não aprovada pela CAIXA em hipótese alguma autorizará a CONTRATADA a suspender o fornecimento ou a deixar de efetuar os pagamentos devidos aos seus empregados.430. I) A retenção será efetuada aplicando-se sobre o valor que estiver sendo pago o percentual indicado no Anexo I da Instrução Normativa SRF nº. serão aplicadas independentemente de a CONTRATADA enquadrar-se no regime de nãocumulatividade na cobrança da COFINS e da contribuição para o PIS/PASEP. ensejará a atualização do respectivo valor pela TR.833. previstas no Anexo I da IN SRF nº. as alíquotas aplicáveis ao serviço contratado. Parágrafo Quinto . que determina a suspensão do pagamento do IRPJ ou de qualquer das contribuições referidas neste Parágrafo. não haverá a retenção de que trata este Parágrafo. de que trata a Lei nº. IV) Caso a CONTRATADA se enquadre em alguma das hipóteses elencadas no Artigo 3º da IN SRF nº. na forma do artigo 64 da Lei nº. a comprovação de que o direito a não retenção continua amparada por medida judicial. de 30/12/2002. de 25/04/2005. declaração assinada pelo seu representante legal que comprovem essa condição.637. com as informações que motivaram sua rejeição. utilizando-se a seguinte fórmula: VIN VAT = ------. fará a retenção do ISS na fonte e o respectivo repasse ao Município. independente da situação cadastral da CONTRATADA na localidade onde os serviços estão sendo prestados. a cada pagamento. no prazo estabelecido pela CAIXA. Parágrafo Quarto . quando for o caso. deve apresentar à CAIXA. de 29/12/2003. sob pena de aplicação das penalidades cabíveis. Parágrafo Sexto . II) As alíquotas da COFINS e da contribuição para o PIS/PASEP. a CONTRATADA é obrigada a faturar os serviços separadamente. 539/05. no prazo estabelecido neste contrato. I) A CAIXA observará a legislação municipal/distrital e. da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da Contribuição para o PIS/PASEP. por culpa exclusiva da CAIXA.O não pagamento da fatura. 10. devendo para tanto apresentar a documentação e. 539/05. de 27/12/1996. ressalvado o contido no parágrafo terceiro desta cláusula. emitindo quantas notas fiscais forem necessárias. Parágrafo Sétimo . 10. a CAIXA fará a retenção na fonte do Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ). 9.Constatada a situação de irregularidade junto ao SICAF. 129 Parágrafo Segundo – Quando houver a prestação de serviço em município cuja Lei Municipal atribua à CAIXA a responsabilidade pela retenção do ISS na fonte.

por evento. conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. . em conformidade com o Cronograma de Internalização.A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. mini-quiosques e drive-thru – DESINSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTO . de R$ ( ). Anexo XVIII. em conformidade com o Cronograma de Internalização. em conformidade com o Cronograma de Internalização. d) Atendimento Operacional – ADICIONAL POR PAE NÃO LOBBY . a CAIXA pagará à CONTRATADA o(s) preço(s) unitário(s) abaixo indicado(s). de R$ ( ).A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário mensal de R$ ( ). conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. e) Atendimento Logístico – Salas.A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário mensal de R$ ( ). conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. sendo o valor global inicial do contrato estimado em R$ ( ). mini-quiosques e drive-thru – INSTALAÇÃO/ACRÉSCIMO DE EQUIPAMENTO .DOS PREÇOS E SUA REPACTUAÇÃO Pela perfeita execução dos serviços objeto deste contrato e obedecidas as demais condições estipuladas neste instrumento. h) Atendimento Logístico – Lobby – ASSUNÇÃO DE PONTO – A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. por evento. para os pontos classificados neste nível. c) Atendimento Operacional – ATM PARA PONTOS DE NIVEL 3 SEGURANÇA . Anexo XVIII.A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. por evento. Anexo XVIII. quiosques. f) Atendimento Logístico – Salas. g) Atendimento Logístico – Salas. de R$ ( ). Anexo XVIII. par aos pontos classificados neste nível. de R$ ( ). pelo período de 18 (dezoito) meses: I) Os serviços a serem pagos são os seguintes: a) Atendimento Operacional – ATM PARA PONTOS DE NIVEL 1 SEGURANÇA . 130 IDI 5 6 7 8 VAT = Valor Atualizado VIN = Valor Inicial IDI = índice acumulado da TR na data inicial IDF = índice acumulado da TR na data final CLÁUSULA SEXTA .A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário adicional mensal de R$ ( ). por evento. conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. i) Atendimento Logístico – Lobby – DESINSTALAÇÃO . b) Atendimento Operacional – ATM PARA PONTOS DE NIVEL 2 SEGURANÇA . conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A.A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. j) Atendimento Logístico – Lobby – INSTALAÇÃO DE NOVO PAE . conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. de R$ ( ). por equipamento.A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. de R$ ( ). quiosques. por equipamento. para os pontos classificados neste nível .A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. mini-quiosques e drive-thru – ASSUNÇÃO DE PONTO .A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário adicional mensal de R$ ( ). conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. em conformidade com o Cronograma de Internalização. quiosques.

passando a ser considerada. por evento. poderá ser promovida revisão contratual. I) A revisão de preços nos termos deste Parágrafo não está condicionada à anualidade. de R$ ( ). dissídio coletivo de trabalho. relativo à soma de uma atividade de instalação e uma atividade de desinstalação. a decadência do direito da contratada aos respectivos pleitos a partir da data do fato gerador.. que deverá ter como parâmetros básicos.. conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. a data do acordo. efetivamente autorizados no mês de faturamento. m) Atendimentos Eventuais – INSTALAÇÕES ELEMENTOS ADICIONAIS . desde que eventuais solicitações nesse sentido estejam acompanhadas de comprovação da superveniência de fato imprevisível ou previsível. p) Atendimentos Eventuais – TRANSPORTE . a data-base da categoria ou equivalente.A CAIXA pagará à CONTRATADA os valores relativos aos eventos de transporte. repactuação. r) Atendimentos Logísticos – Atendimento a eventos – A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário... I) Será adotada como data do orçamento a que a proposta se referir.. de antecipações e de benefícios não previstos originariamente.A CAIXA pagará à CONTRATADA a soma dos valores referentes aos orçamentos efetivamente aprovados e com as atividades concluídas no mês de faturamento. implicará. em razão de Convenção Coletiva ou Acordo Coletivo.Com vistas à manutenção do equilíbrio econômico-financeiro do contrato..A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. n) Atendimentos Eventuais – EXCEDENTES À FRANQUIA GLOBAL DE ATENDIMENTOS ..A anualidade a que se refere o parágrafo acima será contada a partir da data do orçamento a que a proposta se referir. de R$ . porém de conseqüências incalculáveis... conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A.A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário..A CAIXA pagará à CONTRATADA a soma dos valores referentes aos orçamentos efetivamente aprovados e com as atividades concluídas no mês de faturamento. para todos os efeitos legais. tendo como referências os valores encontrados nas tabelas apresentadas no Anexo XV B. vedada a inclusão. admitindo-se. bem como de demonstração analítica de seu impacto nos custos do contrato.O pedido de repactuação e/ou de revisão dos preços não solicitado à CAIXA no prazo de até 90 dias a contar da data do fato alegado.(. Parágrafo Primeiro . por metro cúbico (m³)... a qualidade e os preços vigentes no mercado para prestação dos serviços objeto deste contrato. nessa situação.A CAIXA pagará à CONTRATADA o valor unitário. convenção. eventuais reajustes salariais concedidos pela Contratada a seus empregados.Os preços propostos/contratados são irreajustáveis.Não serão admitidos como justificativas para embasar pedidos de repactuação contratual. 131 l) Para todos os tipos de instalação . POR HORA TÉCNICA. de R$ ( ). Parágrafo Quinto . Parágrafo Segundo .. Parágrafo Quarto . conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A. por ocasião da repactuação. a contagem da anualidade para repactuação iniciar-se-á na data da revisão efetivada.REVISÃO DE ESTRUTURA SINISTRO/VANDALISMOS . II) Em havendo revisão contratual. cujos termos colidam com a política econômica do Governo .. que estipular o salário vigente à época da apresentação da proposta.). por ocorrência. a data da apresentação do pedido à CONTRATANTE. anualmente.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. q) Atendimentos Eventuais – ADEQUAÇÕES ESPECIAIS DE INFRA-ESTRUTURA . o) Atendimentos Eventuais – ARMAZENAGEM . Parágrafo Terceiro . de R$ ( ). conforme apurado na TABELA DE APURAÇÃO DE VALORES POR ATIVIDADE – Anexo XV A.

far-se-á de pleno direito. diretamente ou por quem vier a indicar.. a contar da data de sua assinatura. por inadimplemento das obrigações contratuais.A não apresentação do comprovante da garantia no prazo acima. Parágrafo Segundo ... ETC. emolumentos e outras despesas que se façam necessárias à execução do contrato. poderá ser admitida a substituição da garantia. a CAIXA registrará em relatório as deficiências verificadas na execução dos serviços. contribuições e encargos outros que forem devidos em decorrência do objeto desta contratação. bem como vistoriar as instalações da CONTRATADA a fim de verificar as condições para atendimento na forma contratada. ENCARGOS. II) as contribuições devidas à Previdência Social. sujeitando-se a CONTRATADA às sanções administrativas cabíveis. num prazo máximo de 10 (dez) dias. Parágrafo Segundo ... desde que cumpridos todos os seus termos. até o limite permitido na Lei 8. para a imediata correção das irregularidades apontadas. observadas as modalidades previstas no Edital da licitação que originou este contrato. 132 Federal. prêmios de seguro e de acidentes de trabalho. Parágrafo Quinto ... por período igual ou inferior..666/93. encaminhando cópia à CONTRATADA. contados após a data do seu vencimento. Parágrafo Primeiro . Correrão por conta exclusiva da CONTRATADA: I) todos os impostos. CLÁUSULA OITAVA – DAS INCIDÊNCIAS FISCAIS.... no valor de R$ .... contados da assinatura deste instrumento.. CLÁUSULA SEXTA – DA VIGÊNCIA DO CONTRATO O presente contrato terá a duração de 18 (dezoito) meses.... sem prejuízo da aplicação das penalidades previstas neste contrato.. encargos trabalhistas. SEGUROS.A garantia deverá ser integralizada. podendo ser prorrogado.. taxas. independentemente de qualquer procedimento judicial e sem prejuízo das demais sanções previstas neste contrato. mediante comunicação à CAIXA. o direito de fiscalizar a fiel observância das disposições do presente contrato.). para o período de 18 (dezoito) meses. Parágrafo Terceiro .A qualquer tempo. devendo apresentar o respectivo comprovante em até 10 (dez) dias. . (DESCREVER AS REGRAS PECULIARES DA MODALIDADE) Parágrafo Primeiro ..A perda da garantia em favor da CAIXA. (.. sempre que dela forem deduzidos quaisquer valores.. no prazo de até 30 (trinta) dias.. Parágrafo Quarto . repactuação contratual ou revisão de preços.. de modo que corresponda a 5% (cinco por cento) do valor global contratado.. facultará à CAIXA a rescisão unilateral..A garantia será liberada após o perfeito cumprimento deste contrato.a ausência ou omissão da fiscalização da CAIXA não eximirá a CONTRATADA das responsabilidades previstas neste contrato.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. como condição de sua eficácia. cláusulas e condições.. CLÁUSULA SÉTIMA – DA FISCALIZAÇÃO No curso da execução dos serviços caberá à CAIXA.. equivalente a 5%(cinco por cento) do valor global contratado..Para os fins previstos nesta Cláusula... a critério da CAIXA e com a concordância da contratada. ou que concedam aumentos salariais e/ou vantagens não praticadas por outros setores da economia.. CLÁUSULA NONA – DA GARANTIA A CONTRATADA presta garantia na modalidade de . ou quando houver redimensionamento..

Parágrafo Terceiro – As multas previstas nos incisos acima são aplicáveis simultaneamente ao desconto objeto do Parágrafo Primeiro da Cláusula Terceira. d) 15 (quinze pontos percentuais) de multa fixos mais 1 % (um ponto percentual) por dia de atraso ou fração de dia em relação ao cronograma. à: a) 10 % de multa sobre o valor das mensalidades mais 1% (um ponto percentual) para cada ponto percentual inferior ao mínimo estabelecido ou fração. Parágrafo Quarto . b) 10 (dez pontos percentuais) de multa fixos mais 1 % (um ponto percentual) por hora de atraso na finalização da tarefa. sem prejuízo das demais cominações aplicáveis: I) advertência. c) 10 (dez pontos percentuais) de multa fixos mais 0. f) 10 % (dez pontos percentuais) de multa sobre o valor da mensalidade do ponto. IV) declaração de inidoneidade. concomitantemente. III) suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com a CAIXA. g) 1 % (um ponto percentual) de multa sobre o valor da fatura. garantida a prévia defesa em processo regular. . apurado em cada PAE. Parágrafo Primeiro . Parágrafo Segundo . II) multa. a CONTRATADA sujeitar-se-á às seguintes sanções. de outras cominações previstas neste contrato. cobrada judicialmente. mais o ressarcimento de todas as despesas que a CAIXA tiver que arcar pelo não atendimento acordado. 133 CLÁUSULA DÉCIMA – DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Pelo não cumprimento das obrigações assumidas. sem prejuízo. mais 1% (um ponto percentual) por dia de atraso na finalização da tarefa. e) Deve ser indicada no aditivo contratual que estabelecer a tarefa a ser executada em caráter eventual.Quando configuradas as seguintes situações. ainda.A advertência será aplicada em caso de faltas ou descumprimento de cláusulas contratuais que não causem prejuízo à CAIXA. além da perda desta. por culpa imputada à CONTRATADA.As multas serão descontadas do valor da garantia contratual.5 % (cinco décimos percentuais) por dia corrido de atraso na finalização da tarefa contado a partir do primeiro dia após o prazo contratual. mais 0. responderá a CONTRATADA pela sua diferença. a CONTRATADA estará sujeita.5 % (cinco décimos percentuais) até a correção do problema relativo ao padrão de estocagem ou de embalagem que deu origem a penalidade.Se a multa for de valor superior ao valor da garantia apresentada. quando for o caso. a qual será descontada dos pagamentos eventualmente devidos pela CAIXA ou ainda. da fatura ou cobrada diretamente da CONTRATADA ou judicialmente.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. essa sujeitar-se-á às multas conforme previsto abaixo: I) Pelo descumprimento dos Prazos para realização das atividades (Anexo XII). contados em dobro a partir do 10 dias de atraso. Parágrafo Quinto .

prejudique a execução do contrato. poderão ser aplicadas juntamente com a do inciso II desta Cláusula.666/93 serão objeto de processo judicial na forma legalmente prevista.A penalidade de declaração de inidoneidade poderá ser proposta se a CONTRATADA descumprir ou cumprir parcialmente obrigação contratual.As sanções previstas nos incisos I. Parágrafo Nono .A penalidade de declaração de suspensão temporária de licitar e contratar com a CAIXA pelo prazo de até 05 (cinco) anos poderá ser aplicada nos seguintes casos. Parágrafo Décimo . impossibilitando o fornecedor ou interessados de relacionar-se com a Administração Pública Federal e demais órgãos/entidades integrantes desse Sistema. de quaisquer das obrigações / responsabilidades previstas neste contrato. b) tiver praticado atos ilícitos visando frustrar os objetivos da licitação.Constituem motivo de rescisão do contrato.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Parágrafo Décimo Segundo – A falta de equipamentos ou recursos materiais não poderá ser alegada como motivo de força maior e não eximirá a CONTRATADA das penalidades a que está sujeita pelo não cumprimento das obrigações estabelecidas neste contrato. b) a transferência total ou parcial do presente contrato.As penalidades de suspensão temporária e para licitar e contratar com a CAIXA e de declaração de inidoneidade podem ser aplicadas. Parágrafo Sétimo . ou deixar de cumprir suas obrigações fiscais ou parafiscais. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA – DA INEXECUÇÃO E DA RESCISÃO DO CONTRATO A inexecução total ou parcial do contrato enseja a sua rescisão. Parágrafo Primeiro . após a instrução do pertinente processo no qual fica assegurada a ampla defesa da CONTRATADA. f) a alteração social ou modificação da finalidade ou da estrutura da CONTRATADA que. se a CONTRATADA: a) sofrer condenação definitiva por prática de fraude fiscal no recolhimento de quaisquer tributos. mesmo que desses fatos não resultem prejuízos à CAIXA: a) reincidência em descumprimento de prazo contratual. c) o cometimento reiterado de faltas ou falhas na execução do contrato d) a decretação de falência ou insolvência civil da CONTRATADA. independentemente de notificação ou interpelação judicial: a) o descumprimento total ou parcial. . ainda. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA – DOS ILÍCITOS PENAIS As infrações penais tipificadas na Lei 8. serão lançadas no SICAF. e) a dissolução da sociedade. pela CONTRATADA. Parágrafo Décimo Primeiro . 134 Parágrafo Sexto .As penalidades previstas neste contrato. sem prejuízo das demais cominações aplicáveis. desde que desses fatos resultem prejuízos à CAIXA. c) rescisão do contrato. com as conseqüências contratuais e as previstas em lei.A penalidade de declaração de inidoneidade implica a inativação do cadastro no SICAF. Parágrafo Oitavo . a juízo da CAIXA. III e IV. b) descumprimento total ou parcial de obrigação contratual.

no Compromisso de nº.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. Parágrafo Segundo . a seu exclusivo critério. Parágrafo Terceiro . manuseados. na presença de duas testemunhas. alterar. definitiva ou provisoriamente. levando a CAIXA a presumir a não execução do serviço. assim. responsável por sua indevida divulgação. em quatro vias de igual teor e forma. adstritas às seguintes disposições: I) a CAIXA. neste ato.666/93. CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA – DISPOSIÇÕES FINAIS As partes ficam. E por estarem. que os executará por si ou por terceiros. ficando. por seus empregados. poderá suspender a sua execução e/ou sustar o pagamento das faturas. 8. consoante previsto nos artigos 77 e 78 da Lei n. III) a CONTRATADA somente poderá subcontratar outra empresa para atendimento parcial deste contrato. para atender às necessidades do serviço. será competente a Seção Judiciária da Justiça Federal do Rio de Janeiro. com total responsabilidade contratual. e h) demais motivos especificados no Artº 78 da Lei nº. II) em razão de eventuais alterações estruturais da CAIXA poderá haver modificações nos locais de prestação dos serviços. até que a CONTRATADA cumpra integralmente a condição contratual infringida. perante a CAIXA. as partes assinam o presente. os quais serão entregues à CAIXA. e. exibidos. em relação aos dados. a seu exclusivo critério. cujo valor está empenhado no SIPEC. portanto. CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA – FORO Para dirimir as questões oriundas deste contrato.º 8. por força da lei. na cidade do Rio de Janeiro. CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA . o mais completo e absoluto sigilo. informações ou documentos de qualquer natureza. VI) a CONTRATADA está ciente de que deve guardar por si. com a anuência prévia e por escrito da CAIXA. ou prepostos. V) é vedado à CONTRATADA caucionar ou utilizar o presente contrato para qualquer operação financeira. permanecendo. ainda. sem prévia e expressa autorização da CAIXA. ou que por qualquer forma ou modo venham tomar conhecimento. 135 g) a lentidão no seu cumprimento. o horário de início de execução dos serviços.DO RECONHECIMENTO DOS DIREITOS DA CAIXA A CONTRATADA declara-se bem ciente de que o presente contrato poderá ser objeto de rescisão administrativa. relativamente aos serviços contratados. Local/data de de . cessarão todas as atividades da CONTRATADA. descuidada ou incorreta utilização. civil e criminalmente.Caso a CAIXA não se utilize da prerrogativa de rescindir este contrato. mediante prévia comunicação à CONTRATADA.666/93. justas e contratadas. 5605-08. . poderá.Havendo a rescisão do contrato. IV) em caso de subcontratação de outra empresa. a CONTRATADA não transferirá suas obrigações e responsabilidades. expressa o seu pleno conhecimento dos direitos da CAIXA em tal situação. em razão da execução do presente contrato. 1551/2006-MZ. CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA – DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS As despesas decorrentes da presente contratação correrão à conta de dotação orçamentária prevista no item de acompanhamento nº. sem prejuízo da responsabilidade por perdas e danos a que der causa. caso em que a CAIXA notificará a CONTRATADA para promover as mudanças necessárias.

PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL. 136 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Testemunhas Nome: CPF: Assinatura da CONTRATADA Nome: CPF: .

Endereço completo) OBJETO: DISCRIMINAÇÃO DO COMPONENETE INSTALAÇÕES (A) .especificar OUTROS INSUMOS (D) .Vale-Transporte (**) .Vale-Alimentação (**) .Outros (especificar) MÃO-DE-OBRA (B) .Uniformes .especificar indicando as respectivas alíquotas DEMAIS COMPONENTES (F) .Despesas Administrativas/Operacionais OUTROS (especificar) (G) PREÇO (A+B+C+D+E+F+G) 100.Depreciação/Amortização .Outros (especificar) MATERIAIS (C) . Local e data ______________________________________ Assinatura do representante legal da empresa Nome: . já que a Planilha tem caráter meramente informativo.00% VALOR (R$) PERCENTUAL (%) Obs: Este Anexo XX servirá apenas como modelo.Outros (especificar) TRIBUTOS (E) .Fiscalização/Acompanhamento .Seguros . 137 ANEXO XX PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DO PREÇO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 038/7031-2006 PROPONENTE (Nome.Treinamentos . Razão Social.Encargos Sociais .Aluguéis .Lucro . devendo a licitante efetuar as alterações que julgar necessárias.Salários . CGC.PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.Equipamentos .Seguros .

138 RG: CPF: .PE 038/7031-2006 – GILIC/RJ FL.