Técnicas de Treinamento e Apresentação

Os impactos da Motivação na Prevenção de Acidentes
Orientadora:  Verônica de Souza Discentes:

 André Luís
 Renato Oliveira  Shirlei Lins

Era Clássica

Diretor Executivo

Era da Informação

O resto

Era Neoclássica

Diretor Executivo

Assist. do Gerente

Gerente

Gerente Geral

Estagiário

Funcionário

OBJETIVO

Sensibilizar e alertar os gestores sobre as influências que a motivação pode causar na prevenção de acidentes.

MO T I VA Ç ÃO

Motivação para o trabalho
é um estado psicológico de disposição, interesse ou vontade de perseguir ou realizar uma tarefa ou meta.

Motivos internos da pessoa
    

Estímulos da situação/ambiente
Salário Benefícios Colegas de trabalho Ambiente de trabalho Estilo de liderança do chefe

Necessidades
Aptidões Interesses Valores Habilidades

    

Teoria de Maslow

A relação da motivação com as necessidades humanas
As necessidades humanas estão organizadas numa espécie de ordem ou hierarquia, e isso desempenha um papel importante no estudo da motivação.

Realização pessoal
Auto Estima Amor/Relacionamento Segurança Fisiológica

Comportamento seguro menos acidentes de trabalho

Processo de segurança comportamental Conquistar um comportamento seguro

fatores que influenciam nas ocorrências dos acidentes

ato abaixo do padrão Problemas pessoais Condição abaixo do padrão

A PREVENÇÃO DOS ACIDENTES ATRAVÉS DAS RECOMPENSAS: as recompensas vão favorecer a satisfação do indivíduo com o seu trabalho e consequentemente, aumentar o comprometimento do trabalhador. Acredita-se que um funcionário estará mais comprometido com a segurança no trabalho e a sua saúde quando perceberem que a empresa está comprometida com seu bem-estar.

SISTEMA DE RECOMPENSAS FINANCEIRAS: SALÁRIO PRÊMIOS PARTICIPAÇÃO NO LUCRO ADICIONAIS, ETC. NÃO – FINANCEIRA: AUTO-ESTIMA RECONHECIMENTO SEGURANÇA NO EMPREGO CAPACITAÇÃO

QUALIDADE DE VIDA PARA OS COLABORADORES: “a qualidade de vida está estreitamente relacionado à satisfação dos funcionários quanto à sua capacidade produtiva em um ambiente de trabalho seguro, de respeito mútuo, com oportunidades de treinamento e aprendizagem e com o equipamento e facilidades adequadas para o desempenho de suas funções”.
 Perdas em produtividade
AMBIENTE INSALUBRE

 Aumento de acidentes  Diminuição do faturamento  Gastos com afastamentos por motivo de acidentes

RELAÇÃO ABALADA ENTRE FUNCIONÁRIO E EMPRESA

 Substituição de trabalhadores  Assistência médica

PROGRAMAS EMPRESARIAIS: os benefícios da motivação para funcionários e empresa

BENEFÍCIOS ambiente favorável promoção da saúde bem-estar treinamentos absenteísmo afastamentos Produtividade acidentes

Conclusão

Técnicas de Treinamento e Apresentação

E-mails:

renatoaolivera.adm@gmail.com
shirleilins@gmail.com juca28@oi.com.br

BIBLIOGRAFIA:

BRASIL. Consolidação das Leis Trabalhistas: decreto-lei 5452/43. In: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del5452.htm (Acesso em 22/09/2011, às 19h). BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, Brasília, DF: Senado, 1988. In: http://www.senado.gov.br/legislacao/const/con1988 (acesso em 20/09/2010, às 17h. CAMPOS, José Luiz Dias; CAMPOS, Adelina Bitelli Dias. Acidentes do Trabalho. São Paulo: LTr, 1991. FIGUEIREDO, Guilherme José Purvin de. Direito ambiental e a saúde dos trabalhadores. São Paulo: LTr, 2000. GONÇALES, Odonel Urbano. Manual de Direito Previdenciário. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2002. MELO, Raimundo Simão de. Direito Ambiental do Trabalho e Saúde do Trabalhador. 4. ed. São Paulo: LTr, 2010. PADILHA, Norma Sueli. Do meio ambiente do trabalho equilibrado. São Paulo: LTr, 2002.