Reis, Monteiro & Magalhães

________________________________________________________________________________________________ EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DO CRISTO REI COMARCA DE VÁRZEA GRANDE – MATO GROSSO.

Processo n.º 002.2011.000.270-2.

GRADUAL MOTOS E PEÇAS LTDA, já devidamente qualificada nos autos, vem através de seu procurador abaixo assinado, a ínclita presença de Vossa Excelência, inconformado com a r. sentença, conforme evento n. 71, apresentar RECURSO INOMINADO cujas razoes seguem anexas, bem como requerer que seja concedida ao Apelante o Direito a Justiça Gratuita conforme dispõe a Lei nº 1.060/50. Invocando-se o princípio isonômico, argui-se que, qualquer pessoa, física ou jurídica, brasileira ou não, residente no Brasil ou não, é beneficiária da Justiça Gratuita, nos termos da Lei Federal nº 1.050/60, mais especificamente em seu art. 2º.: "Gozarão dos benefícios desta Lei os nacionais ou estrangeiros residentes no País, que necessitarem recorrer à justiça penal, civil, militar ou do trabalho. Parágrafo único. Considerase necessitado, para os fins legais, todo aquele cuja situação econômica não lhe permita pagar as custas do processo e os honorários de advogado, sem prejuízo do sustento próprio ou da família" (grifo nosso)." “Nos termos da jurisprudência desta Corte, é possível a concessão do benefício da assistência judiciária à pessoa jurídica que demonstre a impossibilidade de arcar com as despesas do processo sem prejudicar a própria manutenção.” (RECURSO ESPECIAL nº 258174/RJ, QUARTA TURMA do STJ, Rel. SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA CABIMENTO/Publ. DJU 25.09.2000, p. 110. Desta forma a Empresa Recorrente informa que se encontra em situação de total insolvência, tendo suas portas fechadas para o comércio, estando com suas atividades paralisadas. O STJ já tem entendimento firmado de que o “Benefício da gratuidade da justiça não se limita às pessoas físicas, podendo estender-se às pessoas jurídicas, desde que não possuam condições de arcar com as custas do processo e os honorários de advogado”, razão pela qual faz jus à assistência judiciária gratuita, nos termos da lei nº 1.060/50, Termos que Pede deferimento. Várzea Grande/MT, 16 de novembro de 2011. Fátima Suely Ramalho dos Santos Corbelino Advogada/MT – 5.037
_________________________________________________________________________________________________________________________________

Rua Goiás - 741 – Centro - Barra do Garças – MT - CEP 78.600.000 - Tel.: (66) 3401-6615 ou 9189 E-Mail: rmm. fatcorb@gmail.com - Página 1 de 5 FSRSC

pelos motivos que a Reclamante passa a expor: PRELIMINARMENTE REQUER QUE SEJA DADA A ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA À RECLAMANTE. sentença do evento proferida pelo Douto Juízo da Vara Especializada Cível do Cristo Rei Comarca de Várzea Grande . nos termos da lei nº 1. ainda que caracterizada a revelia.: (66) 3401-6615 ou 9189 E-Mail: rmm. encontrar a melhor solução para o conflito.741 – Centro . razão pela qual faz jus à assistência judiciária gratuita. na acepção legal do termo. já que.000 .600. se conteste a ação. fatcorb@gmail. _________________________________________________________________________________________________________________________________ Rua Goiás . A r. por estar com as suas atividades paralisadas. merece reformada total. qual seja. sem prejuízo de seu sustento. e entendimento dos nossos Tribunais superiores.REVELIA Excelência. MÉRITO . todavia. o de buscar a verdade e intentar. Monteiro & Magalhães ________________________________________________________________________________________________ EGRÉGIA TURMA RECURSAL DO ESTADO DE MATO GROSSO. não descarta que.060/50. ÍNCLIDOS JULGADORES. para arcar com as custas de um processo e honorários advocatícios. Informando que não tem situação econômica.com . Recorrente: GRADUAL MOTOS E PEÇAS LTDA Recorrido: ANTONIO JOAO DA SILVA ORIGEM: JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DO CRISTO REI COMARCA DE VÁRZEA GRANDE – MT. assim.MT.Tel. a jurisprudência tem se mostra sensível à realidade fática. Tal percepção mostra-se consoante não só com o objetivo do juizado especial mas da justiça como um todo.CEP 78.Barra do Garças – MT .Reis.Página 2 de 5 FSRSC .

pode produzir provas. de forma alguma. uma vez que nem pode a parte presente ficar desatendida nem pode o poder judiciário sujeitar-se ao tempo indeterminado do revel. resguardando-se aquelas de direito ao arbítrio do juiz.600. também a Súmula 231 do STF: O revel. Verifica-se. Cabe lembrar que a revelia diz respeito a matérias de fato. Certo está que aquele que não comparece à audiência prejudica a conciliação. porquanto o juiz. Por isso. e isso.Página 3 de 5 FSRSC . é coerente o entendimento do FONAJE: Enunciado 11 . na verdade.Tel. por isso. seus efeitos são relativos e não absolutos. O legislador. se convencido. praticamente os mesmos quando.Reis. fato que. _________________________________________________________________________________________________________________________________ Rua Goiás . não teve a intenção de punir àquele que se ausenta de sua obrigação. ao tratar do instituto da revelia. é uma afronta aos princípios constitucionais da ampla defesa e do devido processo legal como teoriza Tiago Mendes Cunha. se configura como sanção suficiente. que alguns juízes recusam as contestações apresentadas pelo advogado. fatcorb@gmail. mas ele arca com todas as consequências de voluntariamente não ter se envolvido como deveria na resolução do conflito. mas visava à aceleração processual. escrita ou oral.Nas causas de valor superior a vinte salários mínimos. inclusive. apesar de presente na audiência. O que não significa. reputará os fatos alegados pela parte autora como verdadeiros.000 . mostra-se errôneo o entendimento existente em alguns Juizados Especiais de que a revelia se tipifica mesmo que haja um representante. que o juiz aceitaria indiscriminadamente as alegações da parte autora.com . em processo civil. desde que compareça em tempo oportuno. ainda que presente o réu.: (66) 3401-6615 ou 9189 E-Mail: rmm. caso o próprio réu não esteja presente na audiência. É responsabilidade do magistrado assegurar que a revelia não represente uma vantagem para o autor mas que apenas retrate a situação fática e possível do que se trata na lide. por si só.Barra do Garças – MT .CEP 78. o réu não contestar a ação. Contudo. sem dúvida. Os efeitos da revelia são. a ausência de contestação. como ensina Cândido Dinamarco. Monteiro & Magalhães ________________________________________________________________________________________________ Nesse sentido. implica revelia.741 – Centro .

. que nunca a verdade real dos fatos seja prejudicada. com a consequente apreciação das alegações trazidas na contestação. conciliar interesses e proporcionar às partes uma solução pacífica. por sua vez.Barra do Garças – MT . requerer provas de ambas as partes. Ante todo o exposto. O que infelizmente não ocorreu na r. como ocorreu no caso concreto. contudo. que não implicam. não poderá ocorrer se elas não se fizerem presentes na audiência. observa-se que os Juizados Especiais. inclusive. _________________________________________________________________________________________________________________________________ Rua Goiás . 6º da Lei 9. podendo.Tel. atestar como revel àquele que contestou a ação e não compareceu à audiência se caracteriza como impróprio. devendo. porém. o ônus dos efeitos da revelia. decisão do Juízo ao simplesmente considerar revel e julgar procedente o pedido sem analisar as alegações da contestação apresentada em tempo hábil. apesar de primarem pela simplicidade. Porém. atendendo aos fins sociais da lei e às exigências do bem comum. e considerando o error in judicando presente nos autos requer o Recorrente: .741 – Centro . em função da excessiva formalidade. O réu não compareceu. assumindo. é necessário salientar que o objetivo principal dos Juizados. É essencial.Benefício da Justiça Gratuita. qual seja. desde que ela se apresente em tempo hábil.CEP 78. o Juiz deverá adotar em cada caso a decisão que considerar mais justa e equânime. assim.O acolhimento deste recurso.Página 4 de 5 FSRSC .000 . fatcorb@gmail. já que é essa a função basilar do Direito. Ante ao exposto. o juiz conhecer e analisar aquilo que foi contestado. o descarte da contestação.099. Há que se lembrar que aquilo previsto nos códigos não é ente independente mas apenas acessório e subsidiário às relações humanas. não estão imunes às grandes controvérsias que se fazem presentes na Justiça Comum. enviou como representante o advogado que contestou previamente: revel. Como exposto no Art. o magistrado agir sempre em favor delas e da busca da resolução mais adequada aos conflitos que se apresentem.: (66) 3401-6615 ou 9189 E-Mail: rmm.com .600. devendo. pois.Reis. Monteiro & Magalhães ________________________________________________________________________________________________ Por ímpeto. Mas é facultado ao réu o direito de não comparecer.

fatcorb@gmail.000 .741 – Centro .: (66) 3401-6615 ou 9189 E-Mail: rmm. Barra do Garças/MT. Fátima Suely Ramalho dos Santos Corbelino Advogada OAB/MT – 5.com .Barra do Garças – MT .037 _________________________________________________________________________________________________________________________________ Rua Goiás . 24 de novembro de 2011.600.Página 5 de 5 FSRSC .Tel.CEP 78.Reis. Monteiro & Magalhães ________________________________________________________________________________________________ Termos que pede e Aguarda deferimento.