MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CMNE - 7ª RM/7ª DE PARQUE REGIONAL DE MANUTENÇÃO/7 (Pq R MB - 7ª RM/1947) PARQUE DE MANUTENÇÃO BATALHA DE CASA FORTE

4ª Seção RECIFE-PE, 20 janeiro 2011.

ORDEM DE SERVIÇO Nr 001 - S4 PLANO BÁSICO DE GESTÃO AMBIENTAL (Revisão 2011) 1. FINALIDADE - Regular, no âmbito do Parque Regional de Manutenção/7, o Plano Básico de Gestão Ambiental. 2. REFERÊNCIAS - Port nº 570, de 06 Nov 01 – Política de Gestão Ambiental do Exército Brasileiro (PGAEB). - Port nº 571, de 06 Nov 01 – Diretriz Estratégica de Gestão Ambiental do Exército Brasileiro (DEGAEB). - Port nº 050-EME, de 11 Jul 03 – Orientação para Elaboração dos Planos de Gestão Ambiental. - Plano de Gestão Ambiental do CMNE. - Diretriz nº 02/2007 – CMNE. - RISG (R-1), Título IV, Capítulo IX – Do Controle Ambiental. - Decreto Municipal nº 18.082, de 13 Nov 98 – Regulamenta a lei nº 16.377/98, que trata do transporte e disposição de resíduos de construção civil e outros resíduos não abrangidos pela coleta regular. - Decreto Municipal nº 18.480, de 21 Fev 00 – Regulamenta a lei nº 16.478/99, que trata da obrigatoriedade da correta separação e identificação de Resíduos Produzidos nos Serviços de Saúde. 3. OBJETIVOS - Definir ações e uniformizar os procedimentos que deverão ser adotados para a execução do Plano Básico de Gestão Ambiental no âmbito do Pq R Mnt/7. - Revisar o Plano Básico de Gestão Ambiental, apresentando versão consolidada para 2011. 4. INFORMAÇÕES GERAIS A atividade de Gestão Ambiental deste Parque será desenvolvida com a participação de todos os seus integrantes, para tanto, será necessário a formação e capacitação de alguns militares: Oficial de Controle Ambiental (S/4), Gerente Ambiental de Setor (Cmt Cia) e Supervisor ambiental (Militares seções). - Oficial de Controle Ambiental – é o responsável pela coordenação e supervisão das práticas ambientais desenvolvidas no Pq R Mnt/7. Por determinação do RISG, é o Fiscal Administrativo (Maj Brasil) ou o seu substituto eventual. - Supervisor Ambiental - É o responsável pela coordenação das atividades dos Gerentes Ambientais de Setor, segundo a atividade-fim (Adjunto ao Chefe da DT, ou substituto eventual), a atividade-meio da OM e Cessionários (Cmt Cia Mnt/CCSv, ou substituto eventual). - Gerente Ambiental de Setor - É o militar mais antigo de cada Pelotão/Seção/instalação responsável pelo acondicionamento, transporte, guarda, e destinação de resíduos produzidos no mesmo.

. ovinos. deve ser evitada a a derrubada de árvores nativas (podem ser utilizadas espécimes florestais de cultivo comercial). PRESCRIÇÕES DIVERSAS a. com aquisições de novos depósitos para as diversas seções do Parque. sendo alocados em recipientes distintos. lagos e lagoas). na parte prática. 5.Ampliar o sistema de coleta seletiva. etc. FAUNA E FLORA . espinheis. conforme o tipo de árvore.O corte de árvores nos Quartéis. ou militar mais antigo presente nos exercícios em área de instrução. . o corte de árvores e a exploração de qualquer tipo de reserva mineral nos campos e áreas de instrução. galináceos.especial atenção deve ser tomada pela existência de vazamentos na rede de água da OM. abate e preparo e consumo de animais.” c.S4. . Nas instruções de armadilhas para caça.gov. nas Vilas Militares e nos Próprios Nacionais Residenciais.” .Vistoriar o sistema de escoamento de águas pluviais e do sistema de escoamento de esgotos.Conforme prescreve a diretriz do comando militar do nordeste: “ é terminantemente proibido: . AÇÕES a.pe. . . COLETA SELETIVA A Coleta seletiva é o primeiro passo para a reciclagem. a pesca predatória (redes.Conforme prescreve o SIMEB: “As instruções de sobrevivência deverão ser ministradas sob forma de demonstração. deverá orientar todos os participantes sobre a conservação do meio ambiente. conforme o constante do Anexo “A”. conforme prescrevem as orientações das Resoluções e Portarias da Agência Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (CPRH) (www. arrastões. Se houver riscos de queda de árvores ou de comprometimento de uma instalação ou moradia. A OM. O Cmt Cia. porcos e outros). Da mesma forma.(Continuação da Ordem de Serviço Nr 001 . o desmatamento.A exploração econômica por militares em áreas sob jurisdição do Exército (criação comercial de bovinos. Atenção especial para a preservação da flora e da fauna nos campos e áreas de instrução. tarrafas. Fiscalização Administrativa . à fauna e aos recursos hídricos (cursos d`água.Renovação da licença operacional e o cadastro dos poços artesianos com mais de 20 metros. principalmente no tocante à flora. deverão ser utilizados. b.A caça de animais silvestres. e fiscalizar o rigoroso cumprimento da legislação ambiental. ficando proibido o uso de animais silvestres. conforme pedido das mesmas. porque permite a separação dos materiais no próprio local onde eles são descartados.). cipó timbó. Os resíduos devem ser separados ainda na seção. o responsável deverá solicitar por escrito ao Comando de sua OM as providências necessárias (corte ou poda). de 20 de janeiro de 2011) 5.cprh. nos casos de corte ou poda radical de árvores da flora nativa ou frutíferas. para verificar a separação dos mesmos. .. animais de consumo comercial permitido. . deverá obter autorização dos órgãos federais. RECURSOS HÍDRICOS . estaduais ou municipais.br). caprinos. segundo a possibilidade de reaproveitamento (reciclagem) e de acordo com o tipo de material.

. e.Orientar aos chefes de seção que não dispõe de Protweb.Divulgar as boas práticas ambientais no “site” do Pq R Mnt/7.Pesquisar e apresentar à Direção a viabilidade de aquisição e uso de material reciclado para a atividade-fim do Pq R Mnt/7. para que imprimam uma via para consulta dos integrantes de suas seções. b. difundidos em Protweb. borras de graxa e refugos da produção. MELHORIA CONTÍNUA Com o objetivo de aprimorar o presente processo. ANEXO – Anexo”A” ________________________________________ MARCELO TRIGUEIRO DE LIMA – Maj Rsp p/ Direção do Parque Regional de Manutenção/7 . Chefe Seção de Instrução . para ministrar palestras sobre o uso racional dos recursos.Solicitar ao IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente) inspeção anual das áreas arborizadas da OM (Quartel e PNR). . Seção de Comunicação Social . Cabos e soldados).Verificar junto ao Horto Florestal ou ao CIMNC a disponibilidade de mudas de arvores frutíferas. de 20 de janeiro de 2011) .Convidar autoridades conhecedoras do assunto Gestão Sustentável e Conservação do MeioAmbiente.Realizar a manutenção das áreas ajardinadas a cargo do Encarregado de Material. Divisão Técnica .Solicitar a vistoria do sistema de escoamento de líquidos da ETE e realizar esforços para a renovação do Alvará de Funcionamento da ETE. . Desenvolvendo uma educação ambiental e de prevenção ecológica âmbito as SU. e ministrados em Instruções de Quadro com o objetivo de aumentar a eficiência no consumo de energia elétrica a de água no Pq R Mnt/7.Prever instruções de Gestão Sustentável e Conservação do Meio-Ambiente para o Efetivo Profissional no CTTEP. f. causado por eventuais quedas de árvores. para plantio na área da OM e fora dela.S4. aperfeiçoando as ações deficientes.Divulgar em formatura o presente documento. 6. estabelecendo procedimentos corretos para redução do consumo. estopas usadas. Sargentos. 7. . c. Chefe do Almoxarifado . com vista à preservação ambiental e também detecção de potenciais riscos à segurança. .Orientar o público interno através de publicações no Boletim Interno. deverá ser realizada avaliação do plano no mês de dezembro 2011.Realizar o recolhimento dos resíduos do tipo : óleo queimado. para o público interno (Oficiais. .Solicitar recursos para recolhimento dos resíduos sólidos da ETE. . d. Cmt Cia Manutenção -Incluir nas instruções do Efetivo Variável noções de Gestão Sustentável e Conservação do MeioAmbiente. .(Continuação da Ordem de Serviço Nr 001 .

chumbo. tampas de garrafas. embalagens do tipo TetraPak . jornais. de 31 Ago 81 – Política Nacional do Meio Ambiente – PNMA. . caixas de papelão. arames.METAL: latas. baldes. . artigo 225. de 05 Out 88. 5. COLETA SELETIVA .Resíduos dos Serviços de Saúde. lâmpadas.938.PLÁSTICO: tampas. FINALIDADE . cacos. . garrafas plásticas. . dentre outros. 2. 3.S4. oriundos do Pq R Mnt/7.REJEITOS (ORGÂNICOS): folhas de árvores.Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. dentre outros. REFERÊNCIAS . . . em sua grande parte reaproveitável.Resolução n° 275. restos de alimentos. cascas de frutas.É importante não misturar lixo reciclável com orgânico. . possibilitando o seu reaproveitamento. . dentre outros. de 25 Abr 01.CONAMA. 12809 e 12810 do CONAMA . cadernos.VIDRO: garrafas. papel higiênico. que trata dos Resíduos dos Serviços de Saúde. tubos e canos. legumes e ovos. de 20 de janeiro de 2011) (ANEXO “A” à ORDEM DE SERVIÇO Nr 001 .PAPEL: revistas. de 12 Fev 98 – Crimes Ambientais. . filtro de café usado. sacolas. de 06 Nov 01 – Política de Gestão Ambiental do Exército Brasileiro (PGAEB). bem como misturar os lixos recicláveis entre si.Lei n° 9.(Continuação da Ordem de Serviço Nr 001 . na própria seção que o produz.S4) PLANO DE COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS DO Pq R Mnt/7 1. frascos em geral.O início do processo de segregação dos resíduos ocorrerá na fonte geradora. grampos. por categoria. . .Reduzir a quantidade de resíduos sólidos. dentre outros. encaminhados ao aterro sanitário.Estabelecer e disseminar boas práticas ambientais. cada chefe de seção deverá implementar recipientes (cestos de lixo) devidamente identificados para aposição do lixo reciclável.NBR 12807. com o consequente aumento de sua vida útil. 4. 7. de 06 Nov 01 – Diretriz Estratégica de Gestão Ambiental do Exército Brasileiro(DEGAEB). sacos. . procedimento esses que inviabilizam a coleta seletiva. ocasionado o retrabalho.Port n° 571. bronze e ferro. OBJETIVOS .Port n° 570. de Ago 03 . 6. . dentre outros.Resolução n° 005.Reduzir custos com transporte de resíduos sólidos para o aterro sanitário. de cobre. .Reduzir o impacto ambiental dos resíduos sólidos. listas telefônicas e papelaria de escritório.Constituição da República Federativa do Brasil. vidros de conserva. Sem essa providência a coleta seletiva não funcionará.Coleta seletiva consiste na separação do lixo passível de reaproveitamento para reciclagem e sua aposição em recipientes distintos para cada tipo de material.605. CATEGORIAS DOS MATERIAIS PASSÍVEIS DE RECILAGEM . Para isso.Promover a coleta seletiva do material reciclável através de uma adequada destinação dos resíduos sólidos. ou seja. alumínio. EXECUÇÃO .Lei n° 6. . MATERIAL NÃO RECICLADO . tecidos.

que também servirão de recipientes. as lixeiras existentes ao longo da alameda principal. de 20 de janeiro de 2011) . ou conforme necessidade. a saber: TIPO DE RESÍDUO VEGETAL COLETA ARMAZENAMENTO DESCARTE ORGÂNICO NÃO RECICLÁVEL Manutenção das áreas verdes Enc Mat /Cia C Sv Mnt e Seções Área de espera Coletor de Lixo da OM Carroceria viatura localizada em frente a seção de metalurgia Coletores seletivos da OM Seção de Saúde Seção de Serviços Gerais Carpintaria Área de coleta da Prefeitura Empresa contratada Alienação (Fisc Adm) Coleta seletiva da prefeitura HMAR Empresa contratada Área de coleta da Prefeitura Posto de entrega voluntária EMLURB Posto de recolhimento de empresas locais Empresa contratada Empresa contratada Disk óleo vegetal usado NÃO VEGETAL METAIS RECICLÁVEL Seções Seções Seções Seções Seção de Saúde Seção de Serviços Gerais Carpintaria PAPEL PLÁSTICO VIDRO SAÚDE CONSTRUÇÃO MADEIRA LÂMPADA FLUORESCENTE OUTROS BATERIAS E PILHAS Seção de Serviços Gerais Seção de Serviços Gerais Seções Seç Mnt Com Estação de Tratamento de Efluentes Pel Mnt Vtr e Seção de Transporte COZINHA RESÍDUOS DA ETE RESÍDUOS DE ÓLEOS LUBRIFICANTES RESÍDUOS DE ÓLEO VEGETAL Seção de Fosfatização Pel Mnt Vtr e Seção de Transporte COZINHA .S4. o chefe de seção e os militares de serviço deverão providenciar o recolhimento do lixo produzido pela repartição para os locais apropriados.(Continuação da Ordem de Serviço Nr 001 . para a aposição dos diversos materiais recicláveis. alameda da DT e pavilhão de comando. . DESTINAÇÃO DO MATERIAL .Diariamente o lixo orgânico deverá ser acondicionado em sacos de lixo e colocado no coletor metálico nos fundos da OM(Empresa contratada).A Reserva de Material deverá identificar.Diariamente. 7. intercaladamente.

ou conforme necessidade. a Seção de Transporte deverá escalar duas viaturas com os respectivos motoristas. para que o material seja destruído.Durante o período do processo de contratação da empresa coletora de lixo. ________________________________________ MARCELO TRIGUEIRO DE LIMA – Maj Rsp p/ Direção do Parque Regional de Manutenção/7 . os sacos serão colocados provisoriamente no coletor externo a OM. não sendo autorizado a colocação de lixo ou resíduos.(Continuação da Ordem de Serviço Nr 001 .Uma vez por semana. sob coordenação do Sgt de Dia à Cia Cmdo Sv. a Reserva de Material coordenará o recolhimento do lixo reciclável (papel. .Os resíduos sólidos da ETE deverão ser recolhidos por empresa especializada contratada. localizados no portão dos fundos. . . para o recolhimento e transporte de resíduos extras gerados por ocasião da manutenção do aquartelamento. o Cmt Cia informará o Fiscal Administrativo para que a Prefeitura Municipal seja acionada. de 20 de janeiro de 2011) . .Os resíduos de obras serão acondicionados em coletores contratados para este fim.O espaço localizado nos fundos do quartel.A seção de Metalurgia deverá uma vez por semana recolher o material reciclável (metal) para o depósito específico localizado à frente de sua seção. através de viatura ambulância do Parque. . é destinado somente a materiais de construção.Nas 6ª feiras e de acordo com a determinação do Fiscal Administrativo.A Seção de Saúde deverá recolher o lixo hospitalar para o HMAR. .Os resíduos líquidos da ETE somente serão lançados na rede de esgotos do Pq R Mnt/7 após a verificação (pelo Cmt Pel Mnt Armt) dos níveis de controle ambiental estipulados pelo CPRH. . plástico e vidro) para os depósitos específicos da prefeitura. adjacente a quadra poli-esportiva. para recolhimento por parte da EMLURB. localizado no portão dos fundos. e quando cheio informar o Fiscal Administrativo para que firma especializada seja contactada para apanha. . Quando os depósitos estiverem cheios.S4.