A ALCA foi criada para ser a maior zona de livre comércio do mundo ,com acordos comerciais que atingiriam

todos os aspectos da vida dos cidadãos das Américas. A ALCA foi lançada pelos lideres de 34 países das Américas do Norte , Central e do Sul e do Caribe .O esforço para unir as economias das Américas em uma única área de livre comercio inicio-se com a Cúpula das Américas , realizada em Dezembro de 1994 em Miami , Estados Unidos.A fase preparatória foi de 1994-1998 ,os 34 Ministros estabeleceram doze grupos de trabalho para identificar e examinar as medidas relacionadas com o comércio as suas respectivas áreas com vistas a definir os possíveis enfoques das negociações. As negociações da ALCA foram oficialmente lançadas em Abril de 1998 na Segunda Cúpula das Américas , em Santiago , Chile . Acordaram que as negociações deveriam visar a contribuir para elevar os níveis de vida , melhorar as condições de trabalho dos povos das Américas e proteger melhor o meio ambiente.finalmente , definiram a estrutura sob a qual seriam conduzidas as negociações. Na Terceira Cúpula das Américas , foram fixados prazos para a conclusão e implementação do Acordo da ALCA . Os Ministros receitaram ainda a necessidade de uma crescente participação da sociedade civil no processo da ALCA e instalaram todos os países do Hemisfério a fortalecer e aprofundar seus processos de consulta com a sociedade civil no plano nacional. O que é ALCA ? ALCA significa Área Livre de Comercio das Américas ,é uma organização criada pelos norte ± americanos ,que visa exclusivamente a exploração dos países subdesenvolvidos , tornando-os submissos aos Estados Unidos ,com perda das suas soberanias .A ALCA aprovada será como um manto de proteção total e sem riscos para os investimentos diretos norte - americanos . Onde surgiu a ALCA ? Foi em Dezembro de 1994 , em Miami ,no governo de Bill Clinton o qual presidiu a primeira Cúpula das Américas ,composta por 33 países do continente americano ,com exceção da Cuba vetada pelos EUA .A Cuba é socialista , portanto é contra radicalmente o imperialismo norte ± americano e qualquer proposta que vise interferência nos países soberanos. Qual a proposta da ALCA ? A proposta da ALCA é de ³ representar a integração econômica e comercial das Américas ´ tal proposta é absolutamente mentirosa pois se trata , na verdade , do ³ lobo com pele de cordeiro ´ ,ou seja é uma coisa muito ruim mas apresentada como uma coisa boa , já que não é possível integrar economias absolutamente desiguais como a da primeira potência mundial e os outros 33 países , em etapas diferenciadas de subdesenvolvimento como por exemplo , Brasil e Haiti. Mais uma vez os EUA pretendente impor pela ³ lei do mais forte ´ a subordinação total e definitiva dos países da região , integrar , no contexto da ALCA , é entregar recursos naturais e monetários à grande potência americana , paises da região impedindo-os de crescer e desenvolvessem em nome dos interesses do grande do grande capital norte ± americano em detrimento aos povos subdesenvolvidos.

Quem participa da Alca? todo.

Todos os países das três Américas, exceto Cuba. São 34 nações ao

Resumo número 02:

O continente americano possui extensão territorial de aproximadamente 42 milhões de quilômetros quadrados, divididos em 35 países autônomos, que juntos abrigam uma população de 925,2 milhões de habitantes. Em 2009, O Produto Interno Bruto (PIB) desse continente foi de quase 20 trilhões de dólares, sendo o segundo maior do planeta, inferior apenas ao da Europa (21,3 trilhões). Duas grandes potências globais estão localizadas na América (Estados Unidos e Canadá), além de países que possuem uma economia representativa no cenário mundial: Argentina, Brasil, Chile, México, entre outros.

Visando a integração comercial do continente, o governo estadunidense propôs a criação de uma Área de Livre Comércio das Américas (Alca). Esse grande bloco econômico seria integrado por 34 nações; a única exceção seria Cuba, visto que esse país apresenta divergências ideológicas com os Estados Unidos.

Em 1998, na cidade de Santiago, capital do Chile, foi realizada a primeira reunião para debater a criação da Alca. Nessa ocasião, ficou estabelecido que o bloco entraria em vigor a partir de 2005. Porém, vários pontos divergentes foram levantados em novas reuniões, tendo como consequência o fim das negociações.

como o aumento do desemprego. Porém. Entretanto. a maioria dos países da América Latina interpreta a criação da Alca como uma manobra dos Estados Unidos para a expansão de suas empresas transnacionais pelo continente. numa economia globalizada. uma delas é o fortalecimento do Mercosul (Mercado Comum do Sul) e da CAN (Comunidade Andina). além da criação da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL). Outro aspecto que pode prejudicar o desenvolvimento de uma nação são as possíveis represálias impostas pelos países integrantes. há opositores também nos EUA. Portanto. . eliminadas. sem a presença dos Estados Unidos. portanto. alegando que o bloco econômico diminuiria o número de empresas no país. a livre circulação de pessoas e trabalhadores entre os países integrantes não seria permitida. Nesse sentido. sua participação é motivo de grande preocupação. Nesse sentido. visto que muitas delas migrariam para outras nações americanas em busca de mão de obra barata. Grande parte da população latino-americana é contrária à formação da Área de Livre Comércio das Américas. que é uma forma de integrar as nações da América do Sul. podendo expandir e fortalecer a economia nacional ou gerar problemas de ordem socioeconômica. onde as tarifas alfandegárias seriam. Esse bloco visa estabelecer uma zona de livre comércio no continente americano. paulatinamente. as relações comerciais tendem a se fortalecer em blocos econômicos. O Brasil. está em uma posição intermediária. pois o idealizador da Alca (EUA) não pretende intensificar a entrada de latino-americanos em seu território. pois não é uma potência econômica como o Canadá e os Estados Unidos e nem um país de economia frágil. a livre circulação de mercadorias. como várias nações do continente. assim. proporcionando. Especialistas afirmam que.A possível criação da Alca é motivo de preocupação tanto para os países subdesenvolvidos (a maioria) quanto para os desenvolvidos (Canadá e Estados Unidos). fato expressado através de manifestações contra a implementação do bloco. os países têm procurado desenvolver alternativas em que todos possam ser beneficiados. Mas não aderir a um bloco econômico continental dessa magnitude pode ter consequências negativas. por sua vez. capitais e serviços.