Diário Oficial

Cidade de São Paulo
Gilberto Kassab - Prefeito Ano 57 São Paulo, terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 Número 25

Educaparty vai disseminar informação na maior feira tecnológica do Brasil

A

s aulas começaram esta semana e os jornalistas-mirins da Rede Municipal de Ensino já estão prontos para a primeira cobertura do ano, a Campus Party, uma das maiores feiras tecnologia do mundo, que abriu ontem e vai até o dia 12 no Anhembi Parque, Zona Norte da Cidade. A partir de hoje, 100 integrantes do projeto Imprensa Jovem estarão conectados para contar via twitter, blog e webrádio, tudo o que ocorrerá na festa tecnológica. A cobertura dos jornalistas-mirins na Campus Party é feita desde 2006 e este ano contará com uma equipe diferente a cada dia. Eles terão a missão de percorrer os diferentes ambientes da feira, principalmente a Educaparty, espaço inédito da Campus Party, com atividades especiais focadas na aprendizagem com novas tecnologias. “A Campus Party foi uma forma que encontramos para os alunos testarem principalmente as tecnologias digitais no Imprensa Jovem. Nós sabemos que um projeto está no caminho certo quando a partir deles os alunos saem felizes, e é isso que o acontece”, afirmou Carlos Lima, coordenador do projeto. Segundo a organização, entre as diversas atividades planejadas estão oficinas sobre o uso de ferramentas na web e nos celulares, visita guiada e palestras com especialistas. Dentre os participantes das mesas de debate está a aluna Laís Souza Costa, de 17 anos, da Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio (EMEFM) Darcy Ribeiro, da Zona Leste, que falará sobre suas experiências como jovem repórter, no encontro Ética Digital e o Uso Responsável na Web.

Fotos Gilberto Marques/GESP

Texto: Simone Mourão smorao@prefeitura.sp.gov.br

Para quem quiser acompanhar todos os clique dessa turma, basta entrar no blog <http://noarimprensajovem.blogspot.com/>, segui-los no twitter <@alunoreporter> ou encontrá-los pela feira.

— IMPRENSA JOVEM —
O projeto Imprensa Jovem funciona como uma agência de notícias no qual o aluno é quem dá o recado, fazendo circular o conhecimento e a informação na escola e na comunidade. São 1,5 mil alunos entre 12 e 17 anos da rede municipal que discutem e criam pautas, realizam coberturas jornalísticas na escola, na comunidade e até em grandes eventos da cidade. As equipes são responsáveis pelo tratamento da informação e a veiculação dos conteúdos produzidos em diversas linguagens. O projeto tem como plataformas para divulgação, blogs, redes sociais, podcasts, sites e ainda jornais murais

e comunitários, fanzines e programas da rádio escolar. A base tecnológica de produção de conteúdo são equipamentos de uso comum como celulares, gravadores analógicos e digitais e o computador. As reportagens são baseadas, principalmente, nas entrevistas e depoimentos estimulados pela curiosidade dos alunos repórteres, além do registro realizado em foto e vídeo por eles próprios. As atividades de Educomunicação desenvolvidas nas escolas da Rede Municipal de Ensino tiveram início na capital paulista em 2001, visando articular práticas de ensino por meio de diferentes formas de veiculação, como rádio, TV, jornal e internet. O projeto deu certo e se tornou lei municipal sancionada em 2005, o que incentivou o uso de recursos tecnológicos que aumentassem a participação da comunidade, em conjunto com a esfera pública, nas ações de prevenção de violência e de

promoção da paz em áreas de alta vulnerabilidade. Hoje, 150 escolas municipais de São Paulo dispõem de rádios com programas feitos pelos alunos. Dessas, cerca de 50 estão integradas pela internet, formando uma rede que incentiva a comunidade escolar a conversar com o mundo, por meio da criação de blogs, jornais murais e podcasts, entre outras mídias. Só o blog Nas Ondas do Rádio - <http://blogandonasondasdoradio. blogspot.com> tem comunicação com internautas de nove países: Inglaterra, Alemanha, Moçambique, Chile, Itália, Portugal, Dinamarca, Argentina e Cabo Verde. Para se inscrever no Imprensa Jovem, o aluno deve participar de algum programa da Educomunicação em sua escola, por meio de jornais murais, rádios, etc. A inscrição é feita pelos professores no site do projeto: <http://portalsme.prefeitura.sp.gov. br/Projetos/educom>.

Em 2012, SP ganha nova Praça Roosevelt
Encontra-se em fase adiantada as obras de revitalização de um dos espaços públicos mais importantes de São Paulo: a praça Franklin Roosevelt. As obras, que começaram em 2010, devem ser concluídas até agosto.

Mais prêmios da Nota Fiscal Paulistana
Na quinta edição do sorteio da Nota Fiscal Paulistana realizada ontem na sede da administração municipal, foram entregues 137,5 mil prêmios com valores que variam de R$ 100 mil a R$ 10.

Mais verba para a Fábrica do Samba
A Fábrica do Samba, na Barra Funda, terá crédito adicional acrescenta R$ 50 milhões aos R$ 12 milhões disponíveis para o orçamento deste ano, conforme decreto no Diário Oficial de sábado último.

divulgação

Página 2

Página 3

divulgação

Última página