You are on page 1of 13

Ouro Fino

REQUISITO DA ISO 4.11 Nº

PLANO DE AÇÃO - AUDITORIA INTERNA
NÃO-CONFORMIDADE Não foi verificado junto ao responsável a norma ISO/IEC Guide 25 solicitada no requisito sobre serviços de calibração - Página 34 Manual QS 9000. Não foi verificado junto ao responsável a norma ISO 10012-1 referente a incertezas de medição - Página 34 do Manual QS 9000. Não foi verificado junto ao responsável a norma WSS-M99A3-A referente a tratamento térmico solicitada no Requisito Específico da Ford - Página 54 do Manual QS 9000. Não foi verificado junto ao responsável a norma de manufatura da Ford W-HTX - "Ford Heat Treat System Survey Guidelines" referente a tratamento térmico solicitado no requisito tratamento térmico - Página 54 do Manual QS 9000. Não foi verificado junto ao responsável conhecimento sobre o formulário 1638a do "Supplier Request for Engineering Approval" referente a alteração de processo e alteração de projeto para projetos de responsabilidade do fornecedor citado na página 55 do Manual QS 9000. Não foi verificado junto ao responsável o manual "QOS Assessment Form" da Ford solicitado no requisito Guia de Avaliação QOS - Página 56 do Manual QS 9000. Não foi verificado junto ao responsável o Guia para Relatório da Situação do Planejamento Avançado da Qualidade do Produto, Operações Automotivas da Ford solicitado nos requisitos específicos da Ford - Página 56 do Manual QS 9000. AÇÃO CORRETIVA Efetuar compra da Norma ISO/IEC Guide 25 EVIDÊNCIA Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada I II III IV

1 2 3

Efetuar compra da Norma ISO 10012-1

4.11

4.5

Solicitar do cliente Ford a norma WSSM99A3-A referente a tratamento térmico solicitado na página 54 do Manual QS 9000. Solicitar do cliente Ford a Norma de Manufatura da Ford W-HTX "Ford Heat Treat System Survey Guidelines" referente a tratamento térmico solicitado na página 54 do Manual QS 9000. Solicitar do cliente o Manual "Supplier Request for Engineering Approval" solicitado na página 55 do Manual QS 9000.

4.5

4

4.5

5

Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada

4.5

6

Solicitar do cliente Ford o manual "QOS Assessment Form" solicitado na página 56 do Manual QS 9000. Solicitar do cliente Ford o Guia para Relatório da Situação do Planejamento Avançado da Qualidade do Produto, Operações Automotivas da Ford solicitado na página 56 do Manual QS 9000. Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos

Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada

4.5

7

4.1

8

Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como HDT/VICAT

4.1

9

Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como PLASTÔMETRO

4.1

10

Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como RESISTÊNCIA IMPACTO Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como MICRÓTOMO

4.1

11

4.1

12

Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como BANHO MARIA

165.827.1 Encaixe Dianteiro Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4.11 14 Não evidenciado proteção adequada para meios de medição do máquina de spray-up (manômetros) Verificado que manômetros foram protegidos através de proteção plástica Verificado que manômetros foram protegidos através de proteção plástica e proteção em plástico rígido Verificado área demarcada na cor azul com identificação para recebimento Corrigido numeração do dispositivo para VW1250045-A (Estava VW1250046-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250048-A (Estava VW1250000-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250069-A (Estava VW1250001-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250070-A (Estava VW1250019-A) Acrescentado numeração do dispositivo OFC -129 (Estava sem código) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250011-A (Estava VW1250008-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250014-A (Estava VW1250065-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250048-A (Estava VW1250000-A) Corrigido formulario OFGQ044 4. Será corrigido nome da empresa Será acrescentado identificação do gráfico 4.625 Suporte Central Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4. Está Ouro Fino Indústria e Comércio de Plásticos Reforçados Não verificado identiificação dos Gráficos de Pareto quanto ao refugo dificultando análise dos mesmos.11 15 Não evidenciado proteção adequada para meios de medição dos manômetros de verificação da estufa dos Moldados 4.10 16 Não verificado área de recebimento para produtos plásticos para recebimento de roving 4.1 Encaixe Dianteiro Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4.10 21 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 305.803.Remate Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4.2 Chapa de Fechamento Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4.1 26 Corrigido identificação do gráfico conforma apontado no anexo.1 Travessa Transversal Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4.703. .703.10 18 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 231.10 24 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 211.603.1 .10 22 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça ZBC 807.341.10 20 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 305.703.2 CALÇO Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4.10 17 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 211. Correto é Ouro Fino Indústria de Plásticos Reforçados Ltda .10 23 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça ZBC 805.624.11 13 Não verificado local e proteção adequado aos meios de medição como HDT/VICAT/PLASTÔMETRO Será executado reforma do Laboratório para segregação dos equipamentos citados em local adequado Será executado proteção dos equipamentos citados através de plásticos que serão removidos para manutenção quando danificados Será executado proteção dos equipamentos citados através de plásticos que serão removidos para manutenção quando danificados Após término da construção do prédio de locação de gel-coat será definido este local Evidenciado reforma do Laboratório em 10/01/2000 4.18 25 Verificado divergência no nome da empresa no Certificado de Treinamento.331-A Suporte Parachoque Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção 4.801.4.1/165.10 19 Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 261.135.624.

Exemplo 19.9 31 Não verificado conhecimento dos operadores que efetuam montagem das caixas e embalagens de papelão quanto a identificação das mesmas. Será elaborado Plano de Recebimento após definição das Folhas de Processo que está em fase de elaboração. Verificado que Planos Nº 092/093/094 de 18/12/99 contemplam tais peças Verificado que Planos Nº 113 de 18/12/99 contempla tal peça 4.15 34 Caminhões atualização empresa. Será distribuido Recomendação de Segurança efetuado melhoria do local de armazenamento desta recomendação.9 32 Não verificado acesso nos corredores próximo as embalagens de papelão difuicultando ações em casos de acidentes.15 33 Não verificado identificação correta do endereço e logotipo do caminhões de propriedade da Ouro Fino 4.10 27 Não verificado Plano de Recebimento de Materiais para peças com tratamento superficial executadas em terceiros.4. Verificado que Recomendação de Segurança encontra-se exposta em local adequado OFGQ-050 Nº13 de 12/01/98 Verificado que caminhões continham telefone atualizado (4827-0311) 4.Estribo Não verificado armazenamento adequado para filtros de piscinas no setor produtivo.9 29 4. 4. Os mesmos encontram-se dispostos em vários locais. serão repintados para dos dados cadastrais da . Não verificado Recomendação de Segurança para Empilhadeira Será efetuado melhoria do lau-out do setor para melhor acomodação dos produtos. Será efetuado reforma do Almoxarifado para atender expansão deste setor. Estes priodutos encontram-se inacabados.4101 .15 30 Será efetuado montagem dos filtros que encontram-se na Expedição para melhorar fluxo dos produtos e lay-out será melhorado para armazenamento dos produtos.0243 Não verificado conhecimento por parte do responsável pelo recebimento quanto ao tratamento superficial exigido no desenho para peça 19. Será efetuado identificação dos quanto a identificação dos produtos locais Lay-out da Expedição foi alterado com construção de prateleiras e melhoria de armazenamento dos produtos Identificação das prateleiras foram realizadas objetivando fácil identificação dos produtos Lay-out foi modificado e apresenta adequado para o mesmo. Verificado armazenamento de filtros e outros componentes na Expedição sem demarcação correta para os mesmos. 4.4109/19.10 28 4.0249/19. Será elaborado Plano após definição das Folhas de Processo que está em fase de elaboração.

Página 54 do Manual QS 9000.Página 56 do Manual QS 9000. Operações Automotivas da Ford solicitado na página 56 do Manual QS 9000. Solicitar do cliente Ford o Guia para Relatório da Situação do Planejamento Avançado da Qualidade do Produto.ANÁLISE CRÍTICA DE CONTRATO Não verificado identiificação dos Gráficos de Pareto quanto ao refugo dificultando análise dos mesmos.5 . Operações Automotivas da Ford solicitado nos requisitos específicos da Ford .SISTEMA DA QUALIDADE 4.Ouro Fino REQUISITO DA ISO PLANO DE AÇÃO .RESPONSABILIDADE DA ADMINISTRAÇÃO Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como RESISTÊNCIA IMPACTO 4 Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como MICRÓTOMO 5 Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como BANHO MARIA 6 4."Ford Heat Treat System Survey Guidelines" referente a tratamento térmico solicitado no requisito tratamento térmico .Página 54 do Manual QS 9000. Não foi verificado junto ao responsável o Guia para Relatório da Situação do Planejamento Avançado da Qualidade do Produto. Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada 8 Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada 9 10 Solicitar do cliente Ford o manual "QOS Assessment Form" solicitado na página 56 do Manual QS 9000.6 .CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS Não foi verificado junto ao responsável a norma WSSM99A3-A referente a tratamento térmico solicitada no Requisito Específico da Ford .AUDITORIA INTERNA NÃO-CONFORMIDADE Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como HDT/VICAT AÇÃO CORRETIVA Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Após cadastro dos equipamentos junto à Mikra para sua devida aferição será realizado apontamento deste custo junto aos gráficos Será acrescentado identificação do gráfico Corrigido identificação apontado no anexo. do gráfico conforma EVIDÊNCIA 23/24/25/NOVEMBRO/1999 I II III IV 1 2 Não verificado evidência de custo de prevenção quanto a aquisição de equipamentos de laboratório como PLASTÔMETRO 3 4. Solicitar do cliente o Manual "Supplier Request for Engineering Approval" solicitado na página 55 do Manual QS 9000.3. Não foi verificado junto ao responsável conhecimento sobre o formulário 1638a do "Supplier Request for Engineering Approval" referente a alteração de processo e alteração de projeto para projetos de responsabilidade do fornecedor citado na página 55 do Manual QS 9000. Solicitar do cliente Ford a Norma de Manufatura da Ford W-HTX "Ford Heat Treat System Survey Guidelines" referente a tratamento térmico solicitado na página 54 do Manual QS 9000. 7 4. Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada 11 4. Não foi verificado junto ao responsável a norma de manufatura da Ford W-HTX . Solicitar do cliente Ford a norma WSSM99A3-A referente a tratamento térmico solicitado na página 54 do Manual QS 9000.Página 56 do Manual QS 9000.1 .2 .AQUISIÇÃO . Não foi verificado junto ao responsável o manual "QOS Assessment Form" da Ford solicitado no requisito Guia de Avaliação QOS .

CONTROLE DE PRODUTO FORNECIDO PELO CLIENTE 4.IDENTIFICAÇÃO E RASREABILIDADE Não verificado armazenamento adequado para filtros de piscinas no setor produtivo.Estribo Não foi verificado junto ao responsável a norma ISO/IEC Guide 25 solicitada no requisito sobre serviços de calibração .9 .2 CALÇO Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça ZBC 807. MED.0249/19.703.331-A Suporte Parachoque Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça ZBC 805.7.11.1/165. Será efetuado reforma do Almoxarifado para atender expansão deste setor. Efetuar compra da Norma ISO/IEC Guide 25 Efetuar compra da Norma ISO 10012-1 Identificação das prateleiras foram realizadas objetivando fácil identificação dos produtos Lay-out foi modificado e apresenta adequado para o mesmo. Exemplo 19. Será elaborado Plano de Recebimento após definição das Folhas de Processo que está em fase de elaboração.603.Página 34 do Manual QS 9000.703.801.4109/19.1 Remate Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 305.341.827. Não verificado conhecimento dos operadores que efetuam montagem das caixas e embalagens de papelão quanto a identificação das mesmas.4101 .INSPEÇÃO E ENSAIOS 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 Corrigido numeração do dispositivo para VW1250011-A (Estava VW1-250008-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250014-A (Estava VW1-250065-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250048-A (Estava VW1-250000-A) Verificado que Planos Nº 092/093/094 de 18/12/99 contemplam tais peças Verificado que Planos Nº 113 de 18/12/99 contempla tal peça Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada Verificado junto à Qualidade armário 5 pasta contendo a norma citada 4.624. Os mesmos encontram-se dispostos em vários locais. Verificado área demarcada na cor azul com identificação para recebimento Corrigido numeração do dispositivo para VW1250045-A (Estava VW1-250046-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250048-A (Estava VW1-250000-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250069-A (Estava VW1-250001-A) Corrigido numeração do dispositivo para VW1250070-A (Estava VW1-250019-A) Acrescentado numeração do dispositivo -129 (Estava sem código) OFC 12 4.2 Chapa de Fechamento Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 305.1 Travessa Transversal Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 261.0243 Não verificado conhecimento por parte do responsável pelo recebimento quanto ao tratamento superficial exigido no desenho para peça 19.624. Será efetuado identificação dos locais quanto a identificação dos produtos Será efetuado melhoria do lau-out do setor para melhor acomodação dos produtos.625 Suporte Central Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 211.CONTROLE DE PROCESSO 13 14 4. Não foi verificado junto ao responsável a norma ISO 100121 referente a incertezas de medição .1 Encaixe Dianteiro Não verificado Plano de Recebimento de Materiais para peças com tratamento superficial executadas em terceiros.703.803.8 .165. Após término da construção do prédio de locação de gel-coat será definido este local Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será corrigido numeração do dispositivo de inspeção Será elaborado Plano após definição das Folhas de Processo que está em fase de elaboração. INSP. ENSAIOS 26 27 .EQUIP.1 Encaixe Dianteiro Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 231.4.Página 34 Manual QS 9000. Não verificado área de recebimento para produtos plásticos para recebimento de roving Verificado divergência entre Folha de Processo e numeração de dispositivo da peça 211. Não verificado acesso nos corredores próximo as embalagens de papelão difuicultando ações em casos de acidentes.135.10.

Será efetuado montagem dos filtros que encontram-se na Expedição para melhorar fluxo dos produtos e lay-out será melhorado para armazenamento dos produtos.20. ARM.SERVIÇOS ASSOCIADOS 4. Estes priodutos encontram-se inacabados. PRESERV.TÉCNICAS ESTATISTICAS ELABORADO POR: IZAIAS RODRIGUES DE PAULA . Correto é Ouro Fino Indústria de Plásticos Reforçados Ltda .SITUAÇÃO DE INSPEÇÃO E ENSAIOS 4.15.12.MANUSEIO.TREINAMENTO 4.CONTROLE DE PRODUTO NÃOCONFORME 4.28 Não verificado local e proteção adequado aos meios de medição como HDT/VICAT/PLASTÔMETRO Será executado reforma do Laboratório para segregação dos equipamentos citados em local adequado Será executado proteção dos equipamentos citados através de plásticos que serão removidos para manutenção quando danificados Será executado proteção dos equipamentos citados através de plásticos que serão removidos para manutenção quando danificados Evidenciado 10/01/2000 reforma do Laboratório em 29 Não evidenciado proteção adequada para meios de medição do máquina de spray-up (manômetros) Verificado que manômetros foram protegidos através de proteção plástica 30 4.13. Está Ouro Fino Indústria e Comércio de Plásticos Reforçados Será corrigido nome da empresa Corrigido formulario OFGQ-044 34 4. Caminhões serão repintados para atualização dos dados cadastrais da empresa.19 . Será distribuido Recomendação de Segurança efetuado melhoria do local de armazenamento desta recomendação. Lay-out da Expedição foi alterado com construção de prateleiras e melhoria de armazenamento dos produtos 32 33 Não verificado Empilhadeira Recomendação de Segurança para Verificado que Recomendação de Segurança encontra-se exposta em local adequado OFGQ050 Nº13 de 12/01/98 Verificado que caminhões continham telefone atualizado (4827-0311) Não verificado identificação correta do endereço e logotipo do caminhões de propriedade da Ouro Fino 4.17.16. ENTREGA Não evidenciado proteção adequada para meios de medição dos manômetros de verificação da estufa dos Moldados Verificado que manômetros foram protegidos através de proteção plástica e proteção em plástico rígido 31 Verificado armazenamento de filtros e outros componentes na Expedição sem demarcação correta para os mesmos.AUDITORIAS INTERNAS DA QUALIDADE Verificado divergência no nome da empresa no Certificado de Treinamento.18.REGISTROS DA QUALIDADE 4.14.AÇÃO CORRETIVA E AÇÃO PREVENTIVA 4.

RODRIGUEZ .AVALIADO POR: OSCAR C.

17 4.3 4.1 Nível I Nível II Nível III Nível IV Total 6 0 0 0 6 4.20 NÃO-CONFORMIDADES DE AUDITORIAS INTERNAS 12 11 10 QTDDE NÃO-CONFORMIDADE 8 6 6 5 5 4 3 3 2 1 0 4.Identificação e Rastreabilidade de Produto 4. Armaz.4 4.Não-conformidade de alto impacto no Sistema de Qualidade.12 4.13 4.Aquisição 4.20 .11 4.1.Controle de Processo 4.4.20 TOTAL 1 10 0 0 11 4 1 0 0 5 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 2 1 0 0 3 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 0 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 18 16 0 0 34 GRÁFICO RESUMO NÃO-CONFORMIDADES DE AUDITORIAS INTERNAS QTDDE NÃO-CONFORMIDADE 20 18 16 14 12 10 8 6 4 2 0 18 16 Nível I Nível II Nível III Nível IV 0 4. sem prejuízo da lógica ou da performance.5 4..14 4.Auditorias Internas da Qualidade 4.7-Controle de Produto Fornecido Pelo Cliente 4.4 4.2 0 0 0 0 0 4.Não-conformidade que provoca um comprometimento das atividades do Sistema da Qualidade.19 4.14 4.8. interna ou externamente.1 0 4.16 4. Medição e Ensaios 4.9.9 4. Nível II -Não-conformidade registrada numa determinada atividade e que afeta a lógica do funcionamento do Sistema da Qualidade.Serviços Associados 4.9 0 0 0 0 0 0 0 4.11. pois gera problemas em cadeia.Controle de Documentos e de Dados 4. Por exemplo: uma falha na comunicação de um registros de qualidade. É considerada leve.Responsabilidade da Administração 4.17 4.15 4.12 4.16 4.20 4. São consideradas graves.3 0 0 0 0 0 4.13 4.13 4.3.Análise Crítica de Contrato 4. Preservação e Entrega 4.8 4.19.11 4.Situação de Inspeção e Ensaios 4.12 4.16. pois provoca desvios graves que ocasionam problemas diretos na qualidade do produto.7 4.11 4.19 4.18.2 4.4 NA NA NA NA 0 4.SISTEMA NÃO-CONFORMIDADES DE AUDITORIAS INTERNAS 10 QTDDE NÃO-CONFORMIDADE 8 6 4 2 0 Nível I Nível II Nível III Nível IV 4. mas que permite sua continuidade.Técnicas Estatísticas 0 Nível I .Manuseio.5 0 4.6.14.5. de Inspeção.8 0 0 0 0 0 4.15.14 4.7 0 0 0 0 0 4.8 4.12.6 0 0 0 0 0 4.Sistema da Qualidade 4. tornado-o ineficaz ou inoperante.2 0Total 0 4.18 4.18 4.10 4.5 2 3 0 0 5 4.3 4.16 4.Treinamento 4. portanto pode ser eliminada do sistema.6 0 4.7 0 4.6 4. E considerada leve.15 4.Controle de Registros da Qualidade 4.Inspeção e Ensaios Nº DE NÃO-CONFORMIDADES . Ao analisá-la.9 2 1 0 0 3 4.10 4.19 4. nota-se que não há necessidade de citar suas causas.17 4.Ouro Fino 12 AUDITORIAS INTERNAS DA QUALIDADE .10 4. na segurança. Nível IV .15 4. Nível III .Controle de Equip.Controle de Produtos Não-Conforme 4.13.Controle de Projeto 4.Ação Corretiva/Ação Preventiva 4. É uma falha grave porque pode comprometer a imagem da empresa.18 4.10..Não-conformidade encontrada no Sistema da Qualidade. Embal.2. etc. 4.17.1 4.

etc.Responsabilidade da Administração 4. Medição e Ensaios 4. tornado-o ineficaz ou inoperante.Controle de Produtos Não-Conforme 4. portanto pode ser eliminada do sistema.Aquisição 4.Controle de Processo 4.11.7-Controle de Produto Fornecido Pelo Cliente 4.3.Não-conformidade de alto impacto no Sistema de Qualidade. nota-se que não há necessidade de citar suas causas.Serviços Associados 4.6.2.4.Situação de Inspeção e Ensaios 4.Técnicas Estatísticas Nível I . Nível II -Não-conformidade registrada numa determinada atividade e que afeta a lógica do funcionamento do Sistema da Qualidade.5. .Controle de Registros da Qualidade 4. pois provoca desvios graves que ocasionam problemas diretos na qualidade do produto.Controle de Documentos e de Dados 4.Treinamento 4. É uma falha grave porque pode comprometer a imagem da empresa. interna ou externamente.. Armaz.Análise Crítica de Contrato 4. Por exemplo: uma falha na comunicação de um registros de qualidade.Não-conformidade encontrada no Sistema da Qualidade. mas que permite sua continuidade.14. Preservação e Entrega 4. Nível III .9. pois gera problemas em cadeia.Sistema da Qualidade 4.10.Manuseio.18.Inspeção e Ensaios 4.16. Embal..4.Identificação e Rastreabilidade de Produto 4. Nível IV .Não-conformidade que provoca um comprometimento das atividades do Sistema da Qualidade.Auditorias Internas da Qualidade 4.8. São consideradas graves. na segurança.Controle de Equip. de Inspeção.15. Ao analisá-la. É considerada leve.17.13. sem prejuízo da lógica ou da performance. E considerada leve.1.20 .Ação Corretiva/Ação Preventiva 4.Controle de Projeto 4.19.12.

19 4.3 4.13 4.20 DESCRIÇÃO Responsabilidade da Administração Sistema da Qualidade Análise Crítica de Contrato Controle de Projeto Controle de Documentos e de Dados Aquisição Controle de Produto Fornecido pelo Cliente Identificação e Rastreabilidade do Produto Controle de Processo Inspeção e Ensaios Controle de Equip.0 96.6 4. Preservação e Entrega Controle de Registros da Qualidade Auditorias Internas da Qualidade Treinamento Serviços Associados Técnicas Estatísticas PONTOS OBTIDOS PONTOS POSSÍVEIS % 40 48 36 30 50 30 20 70 36 48 24 44 36 42 20 36 48 36 24 718 50 50 40 40 50 30 20 90 40 50 30 50 40 50 20 40 60 40 40 830 80.0 90.0 100.0 90.0 88.0 100.7 4.8 90.11 4.SISTEMA REQUISITO 4.4 4.5 4.0 90.0 60.2 4. Embal.0 75..8 4.0 96.0 80. Armaz.9 4.1 4.0 100.10 4. de Insp.. Medição e Ensaios Situação de Inspeção e Ensaios Controle de Produto Não-Conforme Ação Corretiva/Ação Preventiva Manuseio.0 100.5 .12 4.0 84.16 4.0 90.0 77.18 4.0 80.14 4.17 4.0 86.15 4.Ouro Fino AUDITORIAS INTERNAS DA QUALIDADE .

Product scrap Company 1 Before After 60% 36% Company 1 Before After 45% 28% Company 1 Before After 32 9 Company 1 35% Company 2 Before After 71% 23% Company 2 Before After 82% 25% Company 2 Before After 24 11 Company 2 42% Reworks Index of customers complaints Profit Before After Company 1 32% 9% Company 2 24% 11% .

Company 3 Before After 65% 12% Company 3 Before After 55% 18% Company 3 Before After 58 8 Company 3 47% 50% 45% 40% Product scrap 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% P Profit Company 1 Before After Company Company 3 58% 8% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Profit Company 2 Good Company 1 Company 3 .

rap Product scrap fter Company 2 Before Good ny 3 .