You are on page 1of 3

Escola Secundária Severim de Faria FQ A – 11º Ano CT2 Ficha de Trabalho – QUÍMICA E INDUSTRIA: EQUILIBRIOS E DESEQUILÍBRIOS

Nome: _________________________________________ Data: __/

Março 2010

_ Nº: __

Ficha de trabalho n.º 14 –

Equilíbrio químico : sistemas homogéneos e heterogéneos.

I - Composição dos sistemas no equilíbrio. Constante de equilíbrio.
1. A uma certa temperatura, misturou-se num vaso fechado de capacidade 2.0 L, 1,0 mol de hidrogénio e 1,2 mol de iodo, que reagiram de acordo com a equação : Sabe-se que o equilíbrio foi atingido com um rendimento de 86%. a) Determine a quantidade de HI formada. b) Determine a quantidade de cada reagente que ficou por reagir. c) Determine a constante de equilíbrio Kc , a essa temperatura. 2. A uma certa temperatura, introduziu-se num vaso fechado de 1,0 L de capacidade 0,16 mol de NO e 0,60 mol de O2. Quando o equilíbrio foi atingido, havia no sistema 0,56 mol de O2. Relativamente à reacção que tem lugar : a) Determine a variação das quantidades de cada componente do sistema até se ter atingido o equilíbrio. b) Determine o rendimento da reacção. c) Determine o valor da constante de equilíbrio. 3. A síntese do amoníaco é um processo exotérmico traduzido pelo seguinte equilíbrio : Num vaso fechado de 3,0 L de capacidade introduziu-se hidrogénio e azoto no sistema . Quando o equilíbrio foi atingido a composição do sistema era de : 0,150 mol de N2, 0,600 mol de H2 e 0,300 mol de NH3. Determine a constante de equilíbrio, Kc, à temperatura da experiência. Determine a quantidade de cada reagente que foi introduzida no sistema. Determine o rendimento da reacção. 4. Considere a reacção química :

H2 (g) + I2 (g) ‡ ˆˆ† ˆˆ

2HI (g)

2NO (g) + O2 (g) ‡ ˆˆ† 2NO2(g) ˆˆ

3H2(g) + N2(g) ‡ ˆˆ† ˆˆ

2NH3(g)

a) b) c)

2 SO2 (g) + O2 (g)

que a 827°C tem constante de equilíbrio K c = 47. Num vaso de 15.0 L de capacidade introduziram-se 0,20 mol de SO2; 0,10 mol de O2; e 0,20 mol de SO3. Das afirmações que se seguem justifique as verdadeiras e corrija as falsas. A - O sistema não está em equilíbrio. B - O "cociente” da reacção aumenta até se atingir o equilíbrio. C - A composição do sistema evolui no sentido da conversão de SO2 em SO3. D - No instante considerado a velocidade da reacção inversa é superior à velocidade da reacção directa. 5. A 25°C a reacção tem Kc = 54,5. Determine a quantidade de cada componente do sistema no equilíbrio quando : a ) a esta temperatura se inicia a reacção com 1 mol de cada reagente, b) a esta temperatura se inicia a reacção com 2,0 mol de Hl. 6. A uma dada temperatura a reacção :

ˆˆ† 2SO3 (g) ‡ ˆˆ

H2 (g) + I2 (g) ‡ ˆˆ† 2HI (g) ˆˆ

0.0500 mol/dm3 de NO2.446 mol/dm3 de N2O4 e 0.0 mol de cada um dos reagentes a uma temperatura T. consequência da remoção de 0. Parte de PCl5 decompôs-se em PCl3 e CI2. CO (g) + NO2(g) ‡ ˆˆ† CO2(g) + NO (g) ˆˆ Princípio de Le Chatelier (tratamento quantitativo do efeito da alteração da concentração ) 1. ˆˆ† 2NO2 (g) ‡ ˆˆ 2. 0.40 mol de SO3 e 0. Aqueceu-se a 500 K.N2O4 (g) tem Kc = 4.60 mol de monóxido de carbono e. Kc = 3.0 L de capacidade introduziram-se 92.45 . à temperatura considerada.10 mol de NO2. numa transformação endotérmica.20 mol de cloreto de carbonilo.30 mol de SO2.30. Num recipiente com meio litro de capacidade existem 0. quantas moles de dióxido de azoto deverão ser adicionadas ao sistema para que a quantidade final (mol) de monóxido de azoto no novo equilíbrio. Quando se atingiu o equilíbrio o número de moles de cloro presente era de 1.0 mol de PCl5 (g) num vaso fechado de 10. Sistemas homogéneos ( gasosos) 1. Kc . b) Qual o valor de Kc no novo estado de equilíbrio.4 mol de cloro sem alteração de volume e de temperatura. determine a composição do sistema no equilíbrio . 0. Num dado instante a composição do sistema é de 0.15 mol de NO em equilíbrio de acordo com a equação : SO2 (g) + NO2 (g a) Mantendo constante a temperatura .63 x 10-3.0 L de capacidade. 6.0 L de capacidade. seja 0.10 mol de cloro: COCl2 (g) A este volume adicionaram-se 0. 50 % de monóxido de carbono tinham reagido de acordo com a equação: Calcule os valores de Kc à temperatura T. mantendo constante a temperatura. um sistema em equilíbrio contem por dm 3 1. Num recipiente de 2. b) Calcule a concentração de cada um dos gases no equilíbrio que vier a atingir. à temperatura de 25°C. A uma dada temperatura. a) Verifique que o sistema não está em equilíbrio e justifique o sentido em que está a evoluir.0g de NO2. a) Qual o valor da constante de equilíbrio. ˆˆ† ‡ ˆˆ 2NO2 (g) II .Outros exercícios . 0. Sabendo que a constante de equilíbrio da reacção N2O4 (g) tem à temperatura de 25°C o valor. b) Qual é a composição do sistema no novo estado de equilíbrio.0 . misturaram-se 1. Num recipiente de 10. b) Calcule a massa volúmica do sistema no estado de equilíbrio referido em a) ˆˆ† CO (g) + Cl2 (g) ‡ ˆˆ 2.40 mol de CO. a) Calcule as concentrações de cada um dos componentes no novo estado de equilíbrio. ˆˆ† NO (g) + SO3 (g) ‡ ˆˆ . 3. Quando se estabeleceu o equilíbrio.

o sentido em que evolui o sistema. Considere o equilíbrio: C (s) + CO2 (g) ˆˆ† 2CO (g) ‡ ˆˆ relevante. 4. António Joaquim Caeiro Ramalho PQND . 5. F . C (s) + H2O (g) O rendimento de obtenção de hidrogénio aumenta quando: (escolha duas proposições correctas) A .2x10-2 mol de carbono. por exemplo. D . nos fornos siderúrgicos. Prof. A reacção de redução do vapor de água por acção do calor é utilizada industrialmente na produção de hidrogénio. as concentrações dos reagentes gasosos.se aumenta a pressão do sistema.se adiciona uma pequena quantidade de carbono sólido.40x10-2 mol de dióxido de carbono e 213.se diminui a temperatura.se aumenta a temperatura. 5. G .Sistemas Heterogéneos 4.Num recipiente de 7. C . a determinada temperatura.50x10-2 mol de monóxido de carbono. 2.se aumenta. explicando.1 . B .se aumenta a pressão do sistema por injecção de um gás inerte no sistema.2 a) Qual o volume do recipiente é subitamente reduzido a metade ? b) Permanecerá o estado de equilíbrio ? Em caso negativo indique. ˆˆ† CO (g) + H2 (g) ‡ ˆˆ 5.se aumenta a concentração de vapor de água. Kc. E . Determine o valor da constante de equilíbrio.5 litros de capacidade existem em equilíbrio. por exemplo hélio. por diminuição de volume do vaso reactor. por redução de volume.