You are on page 1of 8

RESUMO VIGILÂNCIA E SAÚDE TRAUMA NA COLUNA 1)Cite as situações em que se deve suspeitar de TRM?

vítimas de traumas que apresentem lesões das clavículas;ferimentos por armas de fogo; acidentes automobilístico; quedas; acidentes esportivos. 2)O que é traumatismo raquimedular (trm)? são os traumatismos da coluna vertebral e da medula espinhal. 3)Identifique os problemas potenciais dos pacientes com traumatismo de coluna: Comprometimento neurológico; alterações motoras ; paralisia ou diminuição da força muscular ; alterações sensitivas ; formigamentos e amortecimento 4)descreva os mecanismos de lesão da coluna vertebral: -SOBRECARGA AXIAL: se deve à compressão da coluna. Ex:queda de altura, mergulho em água rasa. -LEXÃO, LATERALIZAÇÃO, EXTENSÃO OU ROTAÇÃO: Choque lateral causa maior dano que extensão e flexão antero-posteriores. -ESTIRAMENTO: Cabeça é mantida em posição fixa enquanto o movimento do tronco tende a separá-los. Ex: enforcamento 5)Descreva a conduta pré-hospitalar nos pacientes com traumatismo de coluna: -avaliação primária do abcde(verificação nível de consciência) ; -verificar se o paciente se encontra em choque neurogênico ; - imobilização da coluna vertebral – verificar sinais vitais 6)Oque é choque neurogênico?1- Ausência de taquicardia vasoconstricção; 2- PA divergente ; 3- Sinais de lesões medulares 7)Como se classificam os TRM? lesão medular completa: perda total de função, paciente não tem sensibilidade ou movimentos abaixo do nível da lesão. lesão medular incompleta: preserva algumas funções. 8) Cite os cuidados pré-hospitalares no TRM? e sinais de

-Manter a permeabilidade das vias aéreal através de manobra de elevação da mandíbula, estabilizando manualmente a cabeça, que é trazida a posição pleura. - A ventilação pulmonar e oxigenação auxiliam a reuzir a lesão secundária da medula; -Combate a hipotensão arterial, pois a medula lesada é extremamente sensível a isquemia; -aplicação do colar cervical após o exame de cabeça e pescoço; - Movimentar o paciente em bloco com a estabilização manual mantida, até que o paciente seja imobilizado em prancha longa ou colete flexível; - Remover o capacete sempre que possível no âmbito pré-hospitalar, porém são necessários da ação de dois ou mais socorristas, este procedimento será contra-indicado se o paciente apresentar dor cervical ou se houver apenas um socorrista.

causando pneumotórax. choque hipovolêmico ou cardiogênico .Obs. Conduta: OxigÊnio sob máscara transporte 7)Caracterize a Fratura de tórax instável: CAUSAS: costelas adjacentes fraturadas em mais de 2 pontos.veias julgulares engurgitadas no tamponamento cardíaco e no pneumotórax hipertensivo. tamponamento cardíaco 5) Caracterize a fratura de costela: os arcos costais fraturados podem produzir lesão interna. 10)Como se classifica a fratura do pneumotórax? pneumatórax simples. Sintomas:Apresenta respiração difícil e dores aos movimentos respiratórios é suspeito de ter fratura de costela. 6)Caracterize a fratura de esterno: diagnóstico pela inspeção e palpação // complicações: dor intensa. pneumotórax. sangramento intratorácico. impedindo a troca gasosa. Alvéolos e interstício se enchem de líquido e sangue. 11)cite os sinais e sintomas o trauma de tórax: dispnéia : trauma de costela. Fraturas mal conduzidas podem produzir lesões graves e irreversíveis da medula. tórax instável e contusão pulmonar.enfisema subcutâneo . dependendo da integridade da parede torácica. tórax instável . hemotórax. contusão miocárdica. dor. deverão ser considerados como portadores de fratura. TRAUMATISMOS DE TÓRAX 1)defina traumatismo de tórax: os traumatismos podem ser fechados ou abertos. separações condrocostais e fraturas esternais // DIAGNÓSTICO: respiração paradoxal CONDUTA: 1)O2 sob máscara // 2)Estabilização do tórax.O impacto se distribui em uma área mais extensa . 2) transporte 9) caracterize a fratura pneumotórax: É a presença de ar no espaço pleural . Conduta:1) o2 sob máscara. Cianose. e quando maior mais grave será o problema respiratório. 3)Diferencie as lesões fechadas das penetrantes: Fratura fechada . 3)Transporte 8) Caracterize a Fratura Contusão Pulmonar:Resultado comum de traumas fechados e ferimentos penetrantes com projéteis de alta velocidade. Causam aproximadamente 25% das mortes nos politraumatizados. O pneumotórax impede a expansão completa do pulmão. pneumotórax. contusão pulmonar. Fratura penetrante 4)Cite as principais lesões críticas: fratura de costela . contusão cardíaca.: Todos os pacientes vítima de trauma violento. pneumatórax hipertensivo. A cavidade temporária é formada pela deformação dos tecidos que depois voltam a posição norma .pneumatórax aberto.

TRAUMATISMO DE FACE 1) 2) O que são traumas múltiplos de face ? são os mais dramáticos pela aparência. podendo levar a cegueira. . expansibilidade pulmonar normal. A língua pode se desprender da mandíbula e deslizar e obstruir as vias aéreas.transportar rápido o paciente. escoriações e lacerações . fotofobia (desconforto com a luz). é importante administrar o tratamento o rápido o possível. 13)O que é hemotórax? É o acúmulo de sangue no espaço pleural após traumatismo fechado ou penetrantes. sensação de corpo estranho. são freqüentes causadores de queimaduras oculares. visão dupla (diplopia). sua extensão dependerá da potência do ácido e da duração do contato com os tecidos do olho.queimadura química. Podem apresentar ferimentos cortocontusos e/ ou incisos.queimaduras por ácidos são instantâneas. diagnóstico: turgência de jugulares. . 15) Quando se dá o tamponamento cardíaco? Traumas fechados ou penetrantes de tórax.Edema importante em partes moles na região oronasal. 2) cite os possíveis causadores de traumatismo ocular: . ruptura de miocárdio e válvulas. por isso.Epistaxes (sangramento nasal) de difícil controle decorrentes de fraturas do nariz ou base de crâneo. Todas as vítimas de trauma severo de face devem ser consideradas como tendo lesão de coluna cervical. Identificar e intervir nas situações de risco de vida. liberando suas vias aéreas e fazendo controle das hemorragias.verificar sinais vitais. 3) Cite os principais cuidados pré-hospitalares com vítimas de traumatismo de face: realizar a abordagem primária (abc) e a secundária (de).Complicações: arritmias. hipotensão com redução da pressão de pulso. de hemorragias severas e lesões intracranianas e da coluna cervical. 14)Quando devemos suspeitar de contusão cardíaca? Suspeitar em indivíduos com fratura ou contusão esternal . hipotensão. hipofonese de bulhas. Cite os sinais e sintomas das fraturas dos ossos da boca: fraturas da mandíbula ou maxilar e nariz podem causar obstrução das vias aéreas superiores e morte. que podem atingir grandes extensões. É frequente a presença de obstrução das vias aéreas.12)Descreva a conduta pré-hospitalar nos pacientes com traumatismo do tórax:cobrir o ferimento com curativo possuindo três pontos de fixação. TRAUMATISMO OCULAR 1) Cite os principais sinais e sintomas de vítimas de traumatismo ocular: Podem encontrar as seguintes queixas: dor/desconforto /irritação.

coloque compressas de água fria e cubra o olho para imobilizá-lo. . isto ajuda na imobilização e mantém os olhos em repouso. poeira. . Obs.lavar os olhos imediatamente com água por 15 a 30 minutos. . poderá com um cotonete retiar cuidadosamente a partícula.encaminhar a vítima para o hospital. deve-se proteger o olho. queimaduras leves são tratatadas fechando-se os olhos. penetrando nos tecidos dos olhos e levando a necrose da córnea e conjuntiva. Se o objeto estiver protuberante. objetos de madeira ou de metal. Cubra também o olho não lesado.não usar nenhum tipo de colírio ou soro fisiológico.encaminhar a vítima para o hospital . 5) Cite os procedimentos hospitalares em caso de trauma ocular perfurante: No caso de uma perfuração ocular. 4) Descreva a conduta pré-hospitalar com as vítimas de traumatismo ocular: . porém sua retirada pode ser difícil. não mobilize o corpo estranho. Se houver um objeto penetrante no olho. CUIDADOS EMERGêNCIAIS COM TRAUMA OCULAR: queimadura térmica: geralmente se limitam às pálpebras devido ao reflexo de piscar. olho roxo – traumas sobre o rebordo orbitário podem causar ruptura de vasos com equimoses no tecido subcutâneo. somente com prescrição médica. 8) Cite os procedimentos em caso de corpos estranhos sob a pálpebra superior: Expor a superfície interna da pálpebra superior puxando os cílios superiores entre o polegar e o indicador de uma mão e inverter a pálpebra.queimaduras por álcalis (amônia. após tratamento adequado. 6) Cite os sintomas do trauma de olho e tecidos vizinho: Lacerações das pálpebras – as pálpebras podem sofrer lacerações nos traumas contusos ou cortocontusos. oclua o olho com um tampáo e trtansporte pra o hospital. 7) Cite os procedimentos em caso de corpos estranhos alojado no globo ocular : As causas de abrasão de córnea são: areia..não fazer tampões oculares. olhos devem ser enxaguados para promover retirada de qualquer material estranho existente. cal ) tendem a ser mais profundas. bandagem devem ser cuidadosamente usadas para apoiá-lo. o mesmo não deverá ser removido. queimaduras graves podem também afetar face e vias aéreas superiores. Mantenha a vítima em decúbito dosal. Não se deve fazer qualquer pressão sobre o globo ocular. o que pode agravar a lesão. colocando-se um curativo frouxo sobre os mesmos.. Podem ser fácil de serem observados. .: geralmente um pequeno número necessita de tramento imediato. evitando manipulação excessiva.

havendo fratura.lesões da orelha média e interna são freqüêntemente causadas por explosões ou fraturas da base do crânio. A epistaxe é geralmente óbvia e varia de moderada à severa. colocar curativo frouxo. suspeitar de fratura de base do crâneo e colocar a vítima em decúbito laterar. antes de transportar a vítima. apenas para absorver os fluidos. Fazer compressão sobre as narinas com o polegar e indicador por 4 ou 5 minutos.lesões da orelha externa (orelhas) geralmente apresentam-se como contusões. sem compressão. lesões do orelha interna causadas por explosão ou rajadas são em geral muito dolorosas e sangram bastante. mas não para controlá-los e transportar á vitima. mobilidade de ossos nasais e equimose de face. não haver liquor misturado ao sangue tentar conter o sangramento. 3) Cite os os procedimentos hospitalares das vítimas de traumatismo do nariz: caso hala liquor. dependendo do tipo e local da lesão. posicionar cuidadosamente uma bolinha de algodão sobre o ferimento e recobrir com gaze. sangramente e/ou drenagem de fluidos e vertigem (sensação vertiginosa de perda do equlíbrio). Sintomas de fratura de osso do nariz incluem epistaxe. dor. 2) Cite os cuidados de emergência com as vítimas de traumatismo de nariz : Epistaxe: examinar cuidadosamente o líquido eliminado. edemas e fraturas. Posicionar vítima sentada. 2) Descreva a conduta pré-hospitar dos pacientes de traumatismo dos ouvidos: lacerações e abrasões do ouvido externo podem ser tratadas com curativo compressivo para controlar sangramento. relizar curativo para conter o sangramento e prevenir infecção e transportar a vítima para o hospital. observar se há liquor misturado ao sangue. . compressas frias podem ajudar. não fazer tamponamente nasal. TRAUMATISMO DE NARIZ 1) Cite os principais sinais e sintomas de traumatismo de nariz : Lesões do nariz são comuns no trauma resultando em epistaxes (sangramentos). .TRAUMATISMO DOS OUVIDOS 1)Cite os principais sinais e sintomas de traumatismo de ouvido: . .lesões causadas por explosões ou pressão externa causam dor aguda. Epistaxe geralmente cessa quando forma coágulo contra o ponto de sangramento. com a cabeça levemente fletida para trás. não fazer qualquer tentativa de limpar o conduto auditivo. ferimentos no conduto auditivo externo. costuma haver saída de liquor pelo conduto. algum grau de deformidade. não fazer qualquer tentativa de para o sangramento. abrasões e lacerações. edema e geralmente. orelha seriamente mutilada. causadas por raspões ou traumas diretos. aplicar curativo espesso. entre a orelha e o crânio e transportar a vítima. junto com sangue.

TRAUMATISMO DE ABDOME 1) 2) Diferencie as lesões fechadas das penetrantes: Fechados: por compressão ou por aceleração. Administrar o² quando possível. . .limpar o alvéolo dentário.TRAUMATISMO NA BOCA 1) – Cite os procedimentos com vítimas de trauma de boca e dentes: Feridas cortocontusas na cavidade bucal (língua. bochecas e gengivas): . baço.órgãos ocos: estômago.levar a vítima ao hospital.não tentar reintroduzir no abdome os órgãos eviscerados. pâncreas e rins. cobrir as vísceras com compressas estéreis úmidas . e encar de sangramentos abundantes ou grandes lacerações encaminhar a vítima para o hospital 2)Cite os procedimentos hospitalares com vítimas de fraturas com avulsão (arrancamento) do dente: – – recuperar o dente o mais rápido o possível e limpá-lo. Cite os procedimentos em caso de lesões específicas no abdome: evisceração . 5x mais freqüentes. . Descreva a anatomia do abdome: divididos em 3 grupos: -órgãos sólidos: fígado. vesícula biliar.aspirar secreções ou lateralizar a boca para drenar as secreções. envolver o curativo com bandagem . Monitorização do pulso e da pa. Como o tratamento é cirúrgico. intestino grosso e delgado.recolocar o dente no alvéolo. ventilação pulmonar e manutenção circulatória. lesão + hemorragia = choque hipovolêmico.desaceleração.fazer compressão com gaze. o tempo de chegada ao hospital é crucial. alto suprimento sanguíneo + lesão= hemorragia e choque hipovolêmico. na posição mais correta possível. Penetrantes: arma de fogo ou arma branca. . lesão = peritonitevasos sanguíneos // as mais importantes são: aorta abdominal e cava inferior. . . 3) 4) Descreva a conduta pré-hospitalar nos pacientes com traumatismo no abdome: a prioridade é a desobstrução das vias aéreas.

dorso e tórax. algumas vezes. 5) 6) Cite os sinais do trauma abdominal: fraturas de costela inferiores . Couro meninges. tontura e frio. equimoses da parede abdominal e da bolsa escrotal.Linear 2. pulso fraco e rápido.Dano indireto 3.Base de crânio As lesões cerebrais podem ser: concussão e contusão 4) O que é traumatismo craniano? São LESÕES CEREBRAIS. externas. sede e secura na boca. rigidez de parede abdominal (abdome em tábua).Dano direto 2. ferimentos na parede do abdome. sangramento pela uretra. dor difusa em todo o abdome . ocorre quando o paciente sofre um impacto na cabeça. TRAUMATISMOS CRANIOENCEFÁLICO 1) 2) Descreva a anatomia da cabeça e do cérebro:Couro cabeludo. vagina e reto Cite os sintomas da lesão traumática do abdome: dor local do trauma .transportar o paciente em posição supina e com os joelhos fletidos. hipotensão e pulso radial não palpável. pode ser : 1. 3)Cite os principais tipos de lesões do couro cabeludo e lesões cerebrais: As lesões podem ser dividida em : lesão do couro cabeludo e fraturas de crânio 1. encéfalo. palidez ou cianose.Lesão secundária Caracterizado por HIPERTENSÃO INTRACRANIANA e HERNIAÇÃO CEREBRAL . maior complicação pré hospitalar do trauma de abdome é: choque hipovolêmico. líquor e vasos sangüíneos. olhos vitrificados sem brilho e pupilas dilatadas. abaixo do mamilo. sintomas de choque hipovolêmico: ansiedade e inquetação. náuseas e vômitos. crânio. respiração rápida e úmida. lábios e língua. Defina traumatismo Cranioencefálico(tce): é a principal causa de morte em uma população jovem. lesando suas estruturas internas e .Lesão primária 4. fraqueza. pele fria e úmida. hematomas da parede abdominal.Abertas 3.Deprimidas 4.

presença de saída de lcr pelo nariz ou ouvido.geralmente acompanhada de urgência. dilatação pupilar ou anisocoria. hemiparesia no lado oposto a lesão ou assimetria motora. inspeção do couro cabeludo.observar se há contusões ou hematomas. caracteriza-se por hemorragias no cérebro. lacerações com fraturas. Quais são os procedimentos hospitalares em vítimas de TCE? Após avaliação pós inicial e ressucitação deve-se estabelecer o diagnóstico anatômico da lesão cerebral. reavaliação contínua. hemorragia ou drenagem de líquor pelo conduto auditivo. INDICATIVOS DE FRATURAS DE CRÂNIO E FACE : batidas na cabeça fazem suspeitar de uma condição neurológica de urgência. O que é contusão? Ocorre em áreas em que o cérebro entra em contato com corre protuberâncias ósseas. equimoses periorbitárias e retroauricular. presença de tecido cerebral. perda lcr. palpação da coluna cervical. Avaliação Secundária: Avaliação Secundária: inspeção – lacerações.observar . determinação da escala de glasgow.5) 6) 7) 8) O que é concussão?Episódio de alteração do nível de consciência após violento pisódio choque.geralmente sangramento. imobilização da coluna cervical. sangramento. com retorno rápido ao normal. Avaliação Primária: abc . palpação – fraturas.. realização do exame neurológico . Quais são os sinais e sintomas de vítimas de TCE? perda da consciência ou erda agitação. afundamento craneano. perda de substancia cerebral.