You are on page 1of 24

JORNAL DE GRANDE CIRCULAÇÃO NO SUL DO ONTÁRIO

Segunda -Feira, 13 de Fevereiro 2012 | Ano II N.º87 www.pcnewsnetwork.com

PORTUGUESE CANADIAN NEWSPAPER
Be a Smart Consumer...

O Amor anda no ar
21

Ministra 6 aconselha…

A nota encontrámo-la nós na Casa dos Açores

Ágata 4 cantou e... encanta!

Profissões ...em extinção?
*Fazer a barba só se for em casa!
É uma história como outra qualquer! Chega a parecer, no entanto, que será assim...

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Sua Excelência a concertina...

Pág 8

8

Stepen Harper está na China. Trata-se, de facto, de descobrir novos caminhos de e para a China. Novos caminhos que vão ajudar a nossa Economia.

Mais 65 000 dólares para uma boa causa

Na Wilson, no salão da Local 183... houve Festival de Concertinas pela mão do Arsenal do Minho. Um espectáculo interessante, que juntou muitas centenas de pessoas. Sua Excelência a Concertina... está a dar que falar.

Descobrir novos caminhos 5 para a China

7
Assistimos, no Princess Margareth Hospital à entrega de um cheque de 65.000 dólares. As Amigas de Toronto – Circle of Friends – já angariaram muito perto do meio milhão de dólares. Que muito úteis vão ser, certamente.

2 . Nossa Gente Uma semana dificil
Pedro Jorge Costa Baptista pedrojorgeri@gmail.com Nesta semana que passou... devemos pensar. Será que as coisas vão sempre ficar piores, ou será possível melhorar? A semana que passou foi difícil, muito difícil; violência na Síria, no Egipto, ameaça de Guerra entre o Irão e Israel, problemas nas ruas de uma grande metrópole no Brasil. Só isto deveria chegar, mas ainda há mais. Problemas nas ruas da Grécia como reacção as medidas de austeridade, frio que casou um elevado numero de mortos na Europa. Muitos problemas mais devem ter ocorrido, sem que nem sequer se soube ou foram notícia. Apesar de isto tudo, não devemos desesperar ou atirar a toalha ao chão. Devemos sim ter esperança e continuar a trabalhar por um mundo melhor. Devemos ter o cuidado de não reagir com o desespero. Os problemas vão ter solução. Apesar de antes de ficarem bem as coisas normalmente fiquem sempre piores. ATE PARA A SEMANA.

13 Fevereiro 2012

Família CIRV foi a Cuba... mas já veio
que só poderemos publicar para a semana. Hoje apenas uma... Foi na estância de férias – Cayo Guillermo – que tudo se passou. E a avaliar pelas fotos que já vimos houve mesmo animação. A animação das grandes ocasiões.

A Rádio de hoje, aqui como em qualquer parte do mundo, é isto. Tem de viver com os seus ouvintes. Entender-lhes os anseios e a maneira de sentir. Dar a todos a dimensão A verdade é que já se tornou em tradição. Quando o frio aperta por cá... CIRV Radio faz Winterfest para levar muitos dos seus ouvintes até terras mais quentes. No dia 28 de Janeiro... foi o primeiro grupo de veraneantes. Uma semana depois... foi outro. Ontem, quando o nosso Jornal, já estava a encerrar esta edição... voltaram a Toronto. Ricardo Micael, nosso coleborador desde a primeira hora, esteve lá. E deixou-nos reportagem interessante. Em fotografias interessantes

de família que todos somos (a despeito, às vezes, de pensarmos que não). E quando uma Rádio faz isto, e consegue mesmo assim fazer tantas outras coisas... não restam dúvidas de que o cumprimento do nosso dever está em plena execução. Saudamos quantos foram ao Winterfest, em Cuba. E saudamo-los na hora do regresso. CIRV Radio e Happy Travellers parecem estar de parabéns.

Cambio

Clubes e Associações
Envie-nos a sua lista de eventos semanais
ASSOCIAÇÃO CULTURAL DO MINHO - Sábado, 18 de Fevereiro, Festa do Carnaval, no Lithuanian Hall. Jantar às 19h00. Animação pela banda Tropical 2000. Informações: 647-404-9501, 647-929-8554 ou 416-670-9204. CASA DO ALENTEJO - Sábado, 18 de Fevereiro: Tradicionais Marchas Carnavalescas dos Açores, apresentadas pela Irmandade do Espírito Santo, às 18h30. Informações: 416676-3222 ou 416-889-3334. Sexta-feira, 24 de Fevereiro: Celebração do 29.º Aniversário da Casa do Alentejo – Alentejo de Honra. Jantar e actuação dos grupos Coral da Casa do Alentejo e Melodias de Sempre, com início às 18h30. Sábado, 25 de Fevereiro: Jantar e espectáculo do 29.º Aniversário da Casa do Alentejo com a presença do Grupo Coral da CAT, Rancho Folclórico Infantil e Etnográfico da CAT, Sarah Pacheco e da cançonetista Iza, às 19h30. CASA DOS POVEIROS – Sábado, 18 de Fevereiro, Festa de Carnaval. Animação com DJ. Venham mascarados. Reservas, 905-264-8883. CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS DE MISSISSAUGA – Domingo, dia 19, tradicionais Danças Carnavalescas, com almoço pelas 12:30. Este ano, a presença de João Mendonça, vindo da Terceira. Dias 14 e 15 de abril, cantorias ao desafio com os cantadores, José Eliseu, Bruno Oliveira, António Isidro, Vasco Aguiar e José Plácido. Faça a sua reserva com antecedência. 905-286-1311.

Propriedade:

Ficha técnica

ABC Portuguese Canadian Newspaper Ltd
Conselho Empresarial: Fernando Cruz Gomes, Presidente; Paulo Fernando, Vice-Presidente; Carlo Miguel, Tesoureiro; e Lara Ingrid, Secretária.

Director: Fernando Cruz Gomes Redacção e Cronistas:

António Pedro Costa (Ponta Delgada), António dos Santos Vicente, Carlo Miguel, Cristina Alves (Lisboa), Custódio António Barros, Edgar Quinquino (Hamilton), Fernando Cruz Gomes, Fernando Jorge, Guida Micael, Helder Freire (Lisboa), Humberto Costa (Luanda), Lara Ingrid, Luis Esgáio, Luky Pedro Maria João Rafael (Lisboa), Pedro Jorge Costa Baptista, Sérgio Alexandre, Sónia Catarina Micael.

Secretária de Redacção:
Sérgio Alexandre

Chefe Gráfico:

Lara Ingrid

Telefones: 416 995-9904 * 647 962-6568 * 416 828 6568. E-mail: admin@abcpcn.com director@abcpcn.com advertising@abcpcn.com
725 College St. PO Box 31064 TORONTO ON M6G 1C0
Sporting  FC  ACADEMY  -  TORONTO  presents:

ms r   doo Progra  U14  +  U16 Out er   12  + cc 8  +  U9  +  U11  +  U  Boys  and  Girls  So eams  U r y  fo  old
2012

Sporting School AcADEmy

REP

 T

dem  years 5  Aca s  at cer  5  to  1 ame Soc rom nd  g dium f es  a  Sta ctic Pra ockton Br

REGISTE R NOW
AT OUR OFFICE, AT BROCKTON STADIUM

Registration  is  limited,  we  will  be  taking  children  on  a  first  come  first  served  basis.   Pedro  Dias  at  647-378-0104  or  email  pedrodias@sportingfctoronto.com

Interested  participants  of  this  Academy  program  should  contact  our  Youth  Technical  Director,  

Contact  us  today!

13 Fevereiro 2012 EDITORIAL

Material editorial . 3
Só que o Povo continua na rua, em lutas e mais lutas – por enquanto só de palavras – a dizer “não” à imposição de leis que vêm de fora. “Não” a uma crise que ninguém lhes explicou e teria sido fabricada pelos Bancos e pelos Governos. O Povo, esse ainda não assinou o tal acordo Grécia-Troika. Nem sabemos se o vai assinar. É assim na Grécia. Poderá ser assim, também, em Portugal onde a crise está a fazer vir ao de cima pecadilhos velhos da nossa gente. Sucedem-se as greves e são anunciadas mais paralizações de trabalho, mesmo a despeito de um boicote mínimo à ponte do Carnaval. Quando os Governos cozinham as coisas longe do Povo, há sempre recalcitrantes. E esses, às vezes, é que acabam por vencer. De resto, em Portugal, até as Forças Armadas, através das suas associações de classe, se dizem já “desconfortáveis” para não aplicar outro termo. Brincar com o Povo nunca deu dividendos efectivos e duradouros. E, na Grécia – e em Portugal – há quem esteja, há tempo a mais, a brincar com o Povo. Há exemplos, e até recentes, de que assim é... ou, pelo menos, de que assim poderá ser. E enquanto isto, a economia dos Estados Unidos vai-se recompondo. E a da China (onde está agora, para negociar melhores relações Canadá-China o nosso Primeiro-Ministro) vai avançando em toda a linha. Mesmo sem sabermos onde tudo isto vai parar... acreditamos que o Povo é quem mais ordena...

Um sorriso triste...
Ao vermos as últimas notícias que as agências noticiosas nos despejam por sobre a Redacção... não podemos deixar de sorrir. Um sorriso triste, se quiserem, mas... um sorriso. Parece que a Grécia aceitou as imposições da chamada Troika e está disposta a sacrificar algumas das suas liberdades, para receber mais uns quantos milhões de Euros. E mesmo que tenha sido um Governo grego – interino, mas já desgastado – a negociar tudo... há quem acredite que “agora é que vai ser...”

Fernando Cruz Gomes fgomes@rogers.com

É Carnaval e ninguém leva a mal
Helder Freire Jornalista(Lisboa) Se dúvidas ainda tivéssemos, a União Europeia, foi-se, deu o berro, ou melhor dizendo, Kaputt, finou-se de vez. Nos últimos dias, assistimos a um espetáculo indecoroso, com um punhado de entidades alemãs, a mandar na Europa, como se fosse o seu quintal privado. Foram as críticas às autoestradas e aos túneis da Madeira, por parte da senhora Merkel, mesmo sem nunca ter posto o pé no Funchal, foi o Ministro das Finanças alemão a dizer que depois de resolverem o problema da Grécia, os alemães estavam disponíveis para ajudar Portugal a aliviar este garrote que nos aperta o cinto, foi depois o presidente da República alemã, a dizer que a pressão sobre Portugal não pode abrandar. Eles já nem disfarçam, mandam na União Europeia a seu belo prazer não dando cavaco a ninguém, ameaçando uns e outros, perante a passividade de todos. Ora isto, já não é a União Europeia, mas é mais parecido com os despojos de guerra, a serem reclamados por uma potência vencedora, desta vez sem disparar um tiro. Na verdade, longe vão os tempos da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (abreviada pelas iniciais CECA) que foi criada em 1951 pelo Tratado de Paris. Este foi o primeiro passo concreto com vista à integração econômica e também para evitar uma 3ª Guerra Mundial. Os seus inspiradores foram Robert Schuman, ministro francês dos Negócios Estrangeiros, e Jean Monnet, o seu primeiro presidente. Foram seis os países fundadores: França, Itália, Alemanha Ocidental, Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo. Hoje, este tratado já foi deitado para trás das costas e a Alemanha, que entretanto já provocara duas guerras na Europa, tomou conta do pedaço sem arriscar um homem. Diga-se que é obra. Está, portanto, desvirtuada a União Europeia, no seu velho e novo conceito e o que resta é um diretório alemão, que se propõe fazer girar todos os países da moeda única, em seu redor como satélites. Hoje mesmo, quando escrevo estas linhas, estamos a duas ou três horas da capitulação grega, se o parlamento helénico aprovar mais um pacote de medidas gravosas que irão tornar a Grécia irrespirável. Enquanto isso, nas ruas de Atenas, milhares de populares enfrentam a polícia e semeiam o caos, numa cidade onde pouco mais há para destruir e paralisar, deitando a democracia à rua como se de lixo se tratasse. Em Espanha, milhares de jovens saíram à rua enfrentando a polícia, quando souberam do plano de austeridade que o Governo aprovou. Em Lisboa, a CGTP juntou no Terreiro do Paço, mais de 300 mil manifestantes contra as políticas de austeridade e o desemprego. Ou seja, a Europa está um caos e tende a evoluir negativamente. A União Europeia já não existe como tal, e não andará longe o dia em que serão os países da moeda única que seguirão em frente, mas sem a Alemanha. Com efeito estamos a chegar a uma situação em que a dignidade humana, o interesse nacional e o orgulho patriótico dos povos, está a renascer. E se for necessário ir em frente sem Alemanha, pois que seja. “Os nossos governantes também têm de ter a noção que, depois de cortarem quatro feriados, impedirem que as pessoas tenham um dia por ano para manifestarem a sua alegria, a sua descontracção, é disparatado. Sinceramente, acho disparatado”. A opinião, desassombrada e peremptória, não pertence a nenhum dirigente sindical nem sequer a qualquer político da oposição. Não, quem considera “um erro crasso” o Governo não conceder tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval é o social-democrata e antigo conselheiro de Estado, António Capucho. O também anterior presidente da Câmara Municipal de Cascais considera que esta decisão do Executivo acarretará “graves prejuízos para as economias locais” pois, conforme relevou, “quer o comércio, quer a restauração, quer outro tipo de actividade económica beneficiam destes eventos”. Pelos vistos, este género de prejuízos parece não preocupar sobremaneira o Primeiro-ministro que aparentemente se mostra mais apoquentado com a imagem de bem comportado que o seu Governo pretende transmitir para o exterior do que propriamente com a realidade no interior do seu próprio país. “Ninguém perceberia” a tolerância no Carnaval quando, por outro lado, se pretende acabar com feriados, explicou na ocasião Passos Coelho. Não contesto o raciocínio do Primeiro-ministro. Estritamente sob esse ponto de vista, parece-me inatacável. O problema é que a questão não será assim tão simples e linear. De facto, o Governo não pode ignorar o que os festejos de Carnaval representam para as economias de inúmeros concelhos, em particular para aqueles que ano após ano fazem elevados investimentos para poderem apresentar programas atractivos e, em consequência, geradores de importantes receitas. Mesmo sendo completamente insensível aos rombos que a sua deliberação provoca na actividade económica em diversos municípios, Passos Coelho e o seu Executivo não podem desconhecer que o tempo e o modo escolhidos não foram os mais acertados. Sobra muito de irresponsabilidade quando se toma uma decisão

Cristina Alves jornalista (Lisboa)
deste alcance em vésperas do início dos festejos, numa altura em que para os diversos organizadores já não é viável qualquer recuo. Num momento em que os compromissos estão assumidos, quando os investimentos já foram feitos e os programas lançados. A tão curta distância não é humanamente possível fazer parar uma máquina perfeitamente oleada, acostumada a funcionar em pleno, tantas vezes com a colaboração graciosa de voluntários que apenas querem ajudar à afirmação bairrista das suas terras. Faltou, portanto, o bom senso, sobejando arrogância e total desprezo pelo trabalho esforçado de muitas populações. Mesmo persistindo nas manifestações de insensibilidade de vária ordem, como está a acontecer com a eliminação dos feriados, o Governo poderia – e deveria –, no caso da tolerância de Carnaval, ter anunciado o seu fim para o próximo ano. Seria a forma francamente mais decente de tratar uma questão controversa que, aliás, já tinha levantado polémica em 1993, quando outro Primeiro-ministro do PSD, precisamente o actual Presidente da República, Cavaco Silva, teve um arrufo e decidiu ficar na história como o primeiro a acabar com a tolerância de ponto no Carnaval. Ou seja, não aprenderam nada, nem mesmo com as asneiras dos outros. E a verdade é que actuando desta forma Passos Coelho compra uma guerra perfeitamente desnecessária, sem quaisquer vantagens visíveis para a economia, e que em nada contribui para resolver os problemas do país. O Governo pensou bem, mas executou mal e agora o resultado é que várias câmaras municipais, passando por cima da decisão do Governo, já decidiram conceder tolerância de ponto no Carnaval.

Kaputt

A malta está cansada...
“A malta já está cansada... de levar tanta porrada”. Alguém canta o estribilho. Alguém toma nos seus braços – neste caso, na sua voz – a “raiva” que se nota em cada canto. Começamos todos a estar cansados de tanta insensibilidade. E mesmo atendendo a que, durante tantos anos, andámos numa boa... a verdade é que a “factura” está a chegar. E este Governo, pelos vistos, não quer fazer do exercício governativo uma passeata de política eleiçoeira. E em nosso redor, vemos, de facto, fortunas escandalosas nas mãos de alguns que, sem condições mínimas, foram chegando ao topo. Mesmo arvorando-se em detentores de formaturas que nunca tiveram. Frente a um público abúlico... que finge que não vê. No meio de tudo isto, há a Imprensa, que muitos consideram o fiel de uma balança muito virada para um lado (esse mesmo que está a pensar...) A Imprensa, sobretudo aquela que não está nas mãos dos donos do Poder – e ainda há alguma – vai atirando ao ar com o que todos conhecem... mas que a Justiça ignora. E os Jornalistas que o sabem ser... tentam furar à procura de “factos” e de “casos”. Alguns são capazes de preferir silenciar o que sabem e abancar à mesa lauta do Poder (o Poder do dinheiro exerce fascínio...). Junto aos corruptos e aos vendilhões de uma Pátria que anda pelas ruas da amargura. Dizia, há dias, cronista que muito prezamos, num Jornal que ainda é decente, que a justiça portuguesa já não é só cega. É surda, muda, coxa e marreca. Deixa andar tudo como se tudo... estivesse bem. Há compadrios a mais. Há “jogos de bastidores” que as “faces ocultas” deste Reino deixam na impunidade. Como aconteceu com o (já) eterno mistério da morte de Sá Carneiro ou o caso do... Caso Casa Pia. Da operação “Furacão” ou das escutas aos desmandos de um

Paulo Fernando

primeiro-ministro que, felizmente, já não temos. Dos muitos casos que se assacam ao Futebol, quer no Porto, quer em Lisboa. De vez em quando vem uma “pontinha do véu” que ninguém teima em puxar. E mesmo quando um caso parece ter chegado ao fim... ficamos, desde logo, com a impressão de que se tratou de um bode expiatório. Que fica para exemplo do que se não deve fazer. São pedaços de notícias... para que não digam que a Imprensa não avança. A jeito de gotas... a conta-gotas, que mais não merecemos. No meio de tudo isto, há ainda, de vez em quando, quem se lembre de casos que foram “notícia” e que passaram ao esquecimento... face a uma Justiça que faz que anda sem andar. O caso da Casa Pia, com as famosas fotografias que Teresa Costa Macedo diz ter visto, por exemplo, com muita gente “importante”, incluindo políticos e milionários... nunca mais se soube e até há quem diga que foram destruidas. Como teriam sido destruídas – sabe-se lá – as eventuais provas dos negócios pouco claros de um senhor Carlucci, que até tem em Portugal a trabalhar para si um senhor que foi ministro. Os Jornalistas conscientes – e ainda temos alguns – esbarram sempre com os “muros” que cercam os casos mais agarrados a famílias que têm poder e dinheiro – os termos às vezes equivalem-se – para mandar calar. Se não aos Jornais... pelo menos aos que executam a Justiça em Portugal. Estamos, de facto, bem entregues. Ainda que consigamos cantar que “a malta já está cansada de levar tanta porrada...” Cantar coisas assim é ainda permitido...

Se não vejamos…

4 . Comunidades Cantou e... encantou

13 Fevereiro 2012 A 17 de Março

* Sérgio Rossi, um verdadeiro senhor da Arte de cantar
Maria Fernanda de Sousa. Conhece? Decerto que não. Se lhe falarmos em Ágata... aí conhece logo. Ágata é nome artístico de Maria Fernanda de Sousa. Esteve em Toronto. Actuou em Toronto. Em boa verdade, cantou em Mississauga, no Centro Cultural Português de Mississauga. Cantou lá e... encantou por toda a parte por onde passou. Ela e Sergio Rossi, artista bem conhecido, para mais sobrinho e afilhado da consagrada Ágata, que, desta vez, até trouxe o filho, o Marco, extremamente simpático e a saber ser como que “public relations” de ambos os artistas. Cantou e encantou no Centro Cultural Português de Mississauga e, na visita a vários pontos da cidade, Ágata, quando reconhecida – e ela era sempre reconhecida – encantou com a sua simplicidade e a sua lhaneza de trato. No CIRV Radio, entrevistada por Sérgio Mourato – viva, colega, os seus primeiros dias nesta parte do mundo estão a ser interessantes?! – a conhecida artista deu asas a toda uma série de conhecimentos do mundo da Canção.

Ágata ficou ainda mais querida da diáspora

Convívio Nordestense
As indicações que fizeram chegar à nossa Redacção dizem que, no dia 17 de Março, no Oasis Convention Centre, no 1036 Lakeshore Road East, em Mississauga, vai realizar-se um convívio com a Comunidade Nordestense radicada nesta parte do mundo. As portas abrem às 5:30pm e o jantar será servido às 7pm. Tanto quanto nos dizem, os fundos deste convívio revertem a favor da compra de «camas articuladas» para a Santa Casa da Misericórdia da Vila do Nordeste, São Miguel, Açores. Haverá a actuação musical da cantora Jessica Amaro e dança ao som da música do Conjunto Mexe-Mexe. Sabe-se que estará presente no convívio o presidente da Câmara Municipal do Nordeste, José Carlos Carreiro, esperando-se ainda outras entidades camarárias.

Conversa que, depois, fomos ainda prosseguindo, quando nos juntamos ao grupo onde o Marco Caneira – o filho de Ágata, sim – nem era o menos animado. Meia dúzia de palavras para manter, de facto, o título. É que Ágata cantou e... encantou! Como aconteceu, de resto, com Sergio Rossi.

Para reservas, podem os interessados chamar: e Toronto, Fátima Bento (416) 953-5960: em Kitchener, Abílio Couto (519) 5760966; e Hamilton, Otilia Prazeres (905) 549-8072; e em Brampton, Manuel Furtado (905) 495-5655.

Sérgio Rossi já gravou com gente nossa
Sergio Rossi, também, como é evidente. Lembrou ele que gravou, recentemente, com o duo Lucy e Belo, com a Sara Pacheco, com a Jessica Amaro, já há alguns anos, e acha “que assim é que se tem de fazer, uma vez que o facto de nascermos no Canadá ou nascermos em Piortugal, se conseguirmos uns agarrar na música dos outros e conseguirmos transportar-nos uns aos outros além fronteiras... é óptimo”. E Ágata, a pegar-lhe na palavra: “isso é óptimo. É bom saber que o meu sobrinho dá, também, oportunidade a outras vozes... até porque há muita falta de camaradagem entre os artistas e entre colegas, uns com os outros. E eu falo por mim, porque já convidei dois ou três colegas para gravar comigo e a resposta foi um ah... ah... ah... nunca é um não, mas é sempre uma espécie de senão...” Talvez magoada, mas... a levar tudo muito ao de leve. Para o Sérgio, “há muitos estereotipos, há muitos preconceitos. E eu acho que, sendo como sou músico desde criança – acho que nasci com música... talvez ainda no ventre, digamos assim – temos de encarar a música, não só como um negócio, mas sim como uma alma, como uma essência. Com respeito, com dignidade, na certeza de que há espaço para todos...” Sergio Rossi lembra que está prestes a acabar mais um álbum. Um álbum que seria, na sua óptica, mais actual, mais moderno. “A minha linha – de romantismo, talvez – vai-se manter, por já haver até muitas pessoas que me seguem, por este mundo fora, e eu tenho de respeitar quem já segue a minha carreira e quem abraça os meus discos e os meus trabalhos e a linha vai-se mantendo, talvez com surpresas, com modernizações, mas acima de tudo com a mesma toada e a mesma verdade...”

Muito mais Ágata
“Enquanto que eu – era Ágata a pegar no fio da meada – lancei o Promessas em 2009, um álbum mais acústico, com muitas cordas, com música romântica, muito mais intensa... para mim muito mais Ágata, mas no ano que passou, no Verão, lancei o “Ainda te amo”, que é um disco mais versátil, mais alegre, mais divertido, muito mais fresco, com outra sonoridade...” E é este género que Ágata mais usou no Centro Cultural Português de Mississauga, até “porque o estilo de romantismo dá mais para outros salões, para salas mais fechadas, festas particulares e, enfim, aquilo que nos dá mais prazer é aquilo que não acontece tantas vezes, porque nós trabalhamos mais essencialmente no Verão, nas festas das romarias. E é por isso que vir ao Canadá e ter a possibilidade de apanhar um público atento, sentado, e que está ali para nos ouvir... é extremamente bom porque podemos cantar algumas canções de amor...”

A acompanhar o dia-a-dia das comunidades

Canadá e China reforçam parceria estratégica
*Stephen Harper na China para cimentar relações
Promoção do investimento
O primeiro-ministro Stephen Harper e o Premier chinês Wen Jiabao assinaram, na quarta-feira, novas iniciativas conjuntas. Renovaram, ainda, iniciativas bilaterais existentes entre os dois países nas áreas de energia, recursos naturais, educação, ciência e tecnologia e agricultura. gestão dos parques nacionais e a natureza da reserva. O primeiro-ministro anunciou também a conclusão das negociações em direção a uma promoção do investimento estrangeiro e proteção do acordo (FIPA). Stephen Harper visitou, entretanto, na quarta-feira o Green Building Design Center (Canada-China) – uma das maiores construções de moldura de madeira da China – para destacar a realização do Canadá como maior fornecedor da China de madeira serrada. “O nosso governo está empenhado em ajudar a indústria florestal canadiana para diversificar e ter sucesso em mercados prioritários em todo o mundo. Com exportações de madeira serradas canadianas para a China em nível recorde, os nossos esforços estão a criar empregos e oportunidades económicas para os canadianos”, disse o primeiro-ministro Harper.

13 Fevereiro 2012

Comunidades . 5

“Os laços comerciais e culturais, rapidamente crescentes entre os nossos dois países estão a criar novos empregos e nota-se já o crescimento económico que está a beneficiar famílias canadianas, empresas e comunidades,” disse o primeiro-ministro Harper. Os dois dirigentes testemunharam a assinatura de: • Um memorando de entendimento sobre desenvolvimento sustentável dos recursos naturais que irá fornecer a plataforma para promover a experiência canadiana, tecnologias e serviços nessa área; • A renovação do memorando de entendimento sobre a cooperação energética que irá atrair investimento de capital e melhorar o acesso aos mercados chineses do Canadá, em recursos energéticos, tecnologia e serviços correlativos; • Iniciativas sobre a agricultura, por forma a conseguir o acesso imediato para a carne de bovino chinês e para as sementes de canola canadiana; • Uma declaração de intenções para lançar dois novos convites à apresentação de propostas de actividades comuns de investigação e projectos de desenvolvimento no âmbito do acordo-quadro Canadá-China para cooperação em ciência, tecnologia e inovação, bem como o anúncio dos resultados de uma chamada anterior para propostas de projetos; • Uma renovação de três anos do memorando de entendimento relacionados com o programa de intercâmbio dos académicos Canadá-China que aumentarão os critérios de elegibilidade para os canadianos estudarem na China; • Um memorando de entendimento sobre áreas protegidas e parques que fornecerão um quadro para o Canadá e a China para colaborar e partilhar os seus conhecimentos profissionais e científicos e experiências na

“A China-Canadá Green Building Design Center é apenas uma das maneiras que o Canadá está a promover no mundo a moldura de madeira, ecologicamente tratadas e materiais neste crescente mercado.”

Graças à sua versatilidade e benefícios ambientais, a construção de moldura de madeira, tal como a usada no Green Building Design Center, tornou-se mais proeminente e levou a um grande impulso na demanda chinesa por tecnologia de moldura de madeira e madeira canadiana. Como resultado, 18 “moinhos” canadianos reabriram e estão a dedicar parte da sua produção para atender o mercado chinês. As exportações canadianas de madeira para a China cresceram para 835 milhões em 2010, 119 por cento a partir de 2009. Durante os primeiros onze meses de 2011, produtos de madeira foram a terceira maior exportação do Canada para a China, num total de 1,36 biliões e deverão ultrapassar 1,5 biliões em 2011. O potencial para um maior investimento canadiano na China é significativo tendo em conta que aquele país deverá tornar-se a maior economia do mundo até 2020.

Parceria com a BC

Harper anuncia a chegada de pandas gigantes

O Primeiro-Ministro anunciou, sábado, que duas pandas gigantes vão passer 10 anos no Canadá, passando o seu tempo entre os zoos de Toronto e Calgary. “É uma grande honra para o Canadá receber dois dos tesouros nacionais da China, as pandas gigantes”, disse Stephen Harper. “As pandas, que vão deliciar as crianças e os adultos canadianos, vão representar uma mais valia para o turismo de Toronto e Calgary, ao mesmo tempo que referem a profunda amizade e boa fé entre os nossos países”. O acordo entre os zoos de Toronto e Calgary foi facuilitado pelo Governo do Canadá.

O governo do Canadá e a província da Colúmbia Britânica, em parceria com fornecedores de madeira canadianos, estão a trabalhar com vários países para promover ainda mais a tecnologia de moldura de madeira canadiana, desenvolvendo códigos de construção, formação e construtores para usar madeira e educar as instituições sobre os benefícios da construção com madeira.

6 6 .Comunidades . Comunidades Be a Smart Consumer... We Can Help

20 de Junho 2011 13 Fevereiro 2012

Apoio ao consumidor que é mais do que isso...
Chamaram-lhe simplesmente “Meet and Greet” mas a reunião de quinta-feira, a que assistimos, foi muito mais do que isso. O Ministério dos Serviços ao Consumidor – que nós chamamos mais... Ministério de Apoio ao Consumidor – abriu as suas portas aos orgãos de Informação de incidência étnica. A falar e a escrever Português só nos vimos lá a nós. E quando era lícito esperar assistirmos a uma jogada de chamada de atenção para o Ministério em si – talvez até de propaganda quase balofa - assistimos, isso sim, a toda uma série de conselhos, de sugestões, de avisos até. Chamadas de atenção, se quiserem. A responsável pelo Ministério, Margareth Best, deixou toda uma série de sugestões, a jeito de “abrir de olhos” para muitos aspectos do nosso dia-a-dia. Coisas como viagens e compras de viagens, serviços de cobranças, aquisição de uma viatura, lares da terceira idade... foram atiradas para a discussão. Na certeza de que podem ter muito a ver com todos nós. Até... uma vida mais poupada A ministra Margareth Best – de resto, há pouco tempo na pasta ministerial – abordou muitos e muitos temas importantes para todos quantos querem ter uma vida mais calma e mais de acordo com as leis. Uma vida mais poupada, que até para isso serviu a reunião em causa. Com pormenores que nem sempre são conhecidos do grande público. Uma sessão interessante. Para os consumidores a certeza de que a ministra Best parece entender as dificuldades do dia-a-dia. É que até no calendário para 2012, oferecido aos presentes, havia citações e lembranças, a recordar os mesmos temas de uma melhor vivência em terras do Canadá. Desde proteger os residentes em lares da terceira idade até entender a linguagem das empresas de cobrança, passando por temas como a fraude nos cuidados de saúde ou pequenos arranjos eléctricos em segurança, tudo foi abordado. E mesmo no que toca à compra ou venda de uma casa ou ter em atenção os custos da energia e até os serviços funerários... tudo foi abordado quase em geito de “ensinar”, no melhor serviço do termo. O que é que é preciso saber no que toca aos condomínios? E sobre os pequenos empréstimos (os chamados “payday loans!”)? Perguntas que foram sendo respondidas. Perguntas que serviram, afinal, de chamada de atenção. Chamada de atenção foi também algumas das manigâncias relacionadas com a fraude nos serviços de seguros automóveis, que também há. As idas aos ginásios ou até o aviso para fugir de certos perigos, como da água quente. No fundo, chegámos à conclusão de que aquele membro do Governo Provincial parece interessado e disposto a avançar com toda uma série de medidas que podem, de facto, proporcionar uma melhor forma de viver. O que nos surpreendeu, até, pela positiva, já que não estamos habituados a que os membros do Governo venham até nós... dizer-nos o que estão a fazer em prol da defesa do consumidor. Uma sessão interessante. Para os consumidores a certeza de que a responsável do Ministério parece entender as dificuldades do nosso dia-a-dia. Enfim... a ministra e o Ministério parecem dispostos a avançar com toda uma série de medidas que podem, de facto, proporcionar uma melhor forma de viver. Uma das funcionárias do Ministério, Sandra Bento, manifestou-se, desde logo, disposta a dar mais explicações. E foi-nos dizendo muito do que, segundo ela, os consumidores precisam de saber.

Onze pessoas morreram em trágica colisão no sudoeste de Ontário
Onze pessoas foram mortas, segunda-feira, numa terrível colisão no sudoeste do Ontário. Um camião desgovernado foi de encontro a uma van de passageiros, que foi atirada para fora da estrada, tendo ido esmagar-se numa casa. A área estava repleta de detritos, do cruzamento onde a colisão ocorreu, até à estrada circundante, a cerca de 100 metros em todo o terreno onde os destroços dos dois veículos se estatelaram na noite de segunda-feira. Uma van branca, grande, carregado com pessoas – trabalhadores migrantes – viajava para oeste quando foi abalroada, disse o inspector da OPP, Steve Porter. Dez dos passageiros da van foram pronunciados mortos na cena do acidente, disse, acrescentando que o motorista do camião também foi morto. A polícia disse que um dos sobreviventes foi levado para o hospital em Hamilton com ferimentos fatais, enquanto dois outros estavam sendo tratados de lesões graves na vizinha Stratford, ont. O acidente ocorreu às 4:45, na esquina da linha 47 e Perth Road 107. A polícia disse que o tempo estava bom no momento. A gerência dos transportes Speedy divulgou um comunicado dizendo que um dos seus motoristas morreu no acidente. Jared Martin acrescentou que lhe foi dito pela polícia provincial que a van não conseguiu parar no sinal de stop e foi atingida pelo outro. O motorista ainda tentou desviar, mas não conseguiu evitar a van, disse Martin. Para chegar à conclusão de que se tratariam de trabalhadores migrantes, a Polícia disse que muitos dos sinistrados falavam espanhol. Os bombeiros tiveram que cortar vários cintos de segurança para libertar as vítimas. Por causa da gravidade do acidente, a policia pediu a presença de peritos neste género de desastres, para dar apoio aos investigadores e membros da Comunidade. McGuinty envia condolências O Premier Dalton McGuinty divulgou, desde logo, uma mensagem de condolências. O Presidente do sindicato UFCW, Wayne Hanley, disse que a segurança do transporte dos trabalhadores da agricultura sempre foi uma questão crítica, “e devemos esperar uma investigação implacável sobre como e por que ocorreu a tragédia”, disse. Note-se que a UFCW tem mais de 20.000 imigrantes inscritos, que trabalham no sector da agricultura do Ontário em cada temporada. Começam, agora, a surgir vozes doridas. Mensagens... choradas. São vozes de familiares de trabalhadores migrantes sazonais que morreram num dos mais horríveis acidentes de viação no Ontario. As famílias dos 10 trabalhadores que perderam a vida, segundafeira, numa colisão entre dois veículos – e que também ceifou a vida ao motorista do camião envolvido – estão agora, aos poucos, a saber pormenores do acidente. E a confirmarem, afinal, que alguns dos seus entes queridos, ficaram por ali, na terra distante para onde vinham com o objectivo de ganhar a vida em trabalho temporário.

Stan Raper, coordenador nacional da Aliança de Trabalhadores da Agricultura, disse à CBC que muitos dos trabalhadores eram pessoas com famílias que vinham ao Canadá para conseguir suportar encargos familiares nos seus respectivos países. Milhares de trabalhadores vêm ao Canadá do México, Caraíbas e América do Sul e América Central para trabalho sazonal, geralmente nos sectores agrícolas do Ontario e da British Columbia. Muitos chegam debaixo do programa federal Season Agriculture Worker, tendo poucos contactos com as comunidades, aqui ficando sete ou oito meses como trabalhadores temporários, para ganhar dinheiro para mandar para casa, onde há poucas oportunidades de empregos. A companhia que empregava os trabalhadores - Brian’s Poultry Services – sabia da sua existência, mas mal poderia dizer os nomes dos que morreram. Muitos deles – como alguém disse – eram como que invisíveis. Alguns nem sequer falam em eventuais acidentes de trabalho com receio de não serem chamados no próximo ano, como contam, agora, alguns dos entrevistados pela CBC. E um portavoz de uma associação de protecção àqueles emigrantes disse simplesmente: “Nós comemos as maçãs e os vegetais, cheiramos as flores... mas nem sequer nos lembramos de quem processa tudo isto e os traz até nós. E eles são... seres humanos como nós”. Histórias da vida dura destes trabalhadores que apenas queriam ter uma vida melhor do que tinham no seu país de origem. Uma história igual a muitas outras dos que vieram para cá, quase a salto, para melhorarem a sua situação. E todos nós conhecemos alguns...

No calendário, também entregue aos jornalistas presentes, o tema central de uma campanha válida. É o calendário do Smart Consumer. A lembrar temas e mais temas.

Amigas foram ao Hospital mas não foram “de mãos a abanar”
*Na festa deste ano... angariaram 65.000 dólares
Na maior parte dos casos, as amigas... juntam-se para apoio a boas causas. Sexta-feira de manhã, estivemos no Princess Margareth Hospital, para assistir à entrega de mais um cheque para a luta contra o cancro da mama. As Amigas foram ao Princess Margareth Hospital... mas não “foram de mãos a abanar...” Bem ao contrário, levaram um cheque “gordo”. É que o cancro da mama, de facto, ainda ceifa a vida a muita e muita gente. Talvez por isso as AMIGAS – do Circle of Friends – organizaram, este ano, mais uma recolha de fundos para o combate à terrível doença. Foi um espectáculo interessante de seguir a que ABC se referiu com destaque. Neste caso, foi uma recolha de fundos que deu bons resultados. Este ano ultrapassou-se, afinal, o montante do ano passado. 65.000 dólares. Ângela Machado, a responsável principal da organização, tinha-nos dito, anteriormente, que tentaria ultrapassar o montante (60.000 dólares) angariado no ano passado. Conseguiu.

13 Fevereiro 2012

Comunidades . 7

Missão cumprida
Para a responsável pelo Circle of Friends, “foi uma missão cumprida. Terminámos agora e olhe que já estamos a trabalhar para o ano”. Ângela Machado estava feliz, dizendo-nos que “com este dinheiro fizemos para aí uns 400 mil dólares”. O que é que fará andar este grupo de Amigas? Deixámos a pergunta. “Uma

De facto, são muitas as Festas das AMIGAS, que se realizam entre nós. É uma tradição que veio de longes terras, mas que está filhar raízes entre nós.

Lembrando José Saramago

Cinema e Poesia em noite de cariz cultural na Casa do Alentejo
de tocar instrumentos de corda. Milai de Sousa disse, na oportunidade, poemas de José Saramago, que mesmo sendo muito conhecido como escritor de prosa, não o é tanto assim como Poeta, com os poemas que nos deixou. Milai de Sousa apresentou uns quatro poemas de José Saramago. O Grupo Coral actuou também, até porque – como nos diz Armando Viegas – estas festas de cariz cultural têm sempre a presença do cartão de visita da Casa do Alentejo, que é o Grupo Coral.

missão que tem um duplo objectivo, que é termos uma festa de convívio interessante e uma angariação de fundos, que é, afinal, o nosso outro objectivo”. Achou, entretanto, que deveria agradecer a todos os patrocinadores, aos orgãos de informação e “às minhas amigas todas que nos suportaram durante todos estes anos – onze, ao todo – e que, sem elas, não tínhamos a festa”. Se juntarmos os montantes angariados por este grupo de Amigas... temos a bonita soma de 450.000 dólares. E as Amigas vão continuar. De resto, na entrega do cheque ao Princess Margareth Hospital estavam presentes, designadamente, Fátima Bento, Clara Abreu e Goretti Correia, esta, para além do mais, sobrevivente do cancro da mama já há cinco anos. O Princess Margareth Hospital tem, assim, também, a colaboração da nossa gente. E vai decerto continuar a trabalhar para erradicar as doenças mais em foco. O cancro da mama é uma delas.

A Casa do Alentejo fez sessão de Arte, no sábado. Arte na sua verdadeira essência. Na base de tudo, era a apresentação do filme “José e Pilar”. Era, naturalmente, também, o Jantar já habitual. E a actuação do Grupo Coral da Casa do Alentejo. Houve ainda Poesia pelo Núcleo de Leitura e música de instrumentos de cordas pelo professor Nuno Cristo. Um serão cultural que teve a assistência de muita gente. José e Pilar. Trata-se, afinal, de um filme que retrata algo da vida de José Saramago e Pilar, que viria a ser a esposa do laureado escritor nos últimos anos da sua vida. Porquê na Casa do Alentejo? Sim, porque tanto quanto sabemos, o filme nunca foi exibido por cá. “A comunidade deve estar lembrada – disse Armando Viegas – que José Saramago, antes de receber o Prémio Nobel da Literatura, foi um dos convidados de uma das Semanas Culturais da Casa do Alentejo, esteve connosco, fez aqui uma das apresentações ao público dos seus trabalhos e da sua tendência literária... e tudo isto é, portanto, como que uma homenagem a José Saramago”.

Asas do Atlântico - 39 anos de “boa saúde”

O filme quase “première” entre nós
No fundo, continua o presidente da Casa do Alentejo, “é um filme que tem sido apresentado em Portugal e que recebeu grande parte dos prémios em Portugal. Nós conseguimos trazer até aqui um original, sendo a primeira vez que o filme está a ser apresentado fora do País e, para nós, é como que uma homenagem a José Saramago”. A noite começou, de resto, com um jantar à Alentejana, com pezinhos de coentrada e iguarias típicas. Nuno Cristo haveria

39 anos de bons serviços à comunidade e à tradição. O Asas do Atlântico esteve, sábado, em festa. E quer o presidente da Direcção, José Santos, quer o

presidente da Assembleia, João Goulart, foram unânimes em nos dizer que o clube está mesmo de “boa saúde”. Voltaremos ao tema na próxima edição. Para já apenas o nosso abraço com votos de muitos sucessos.

8 . Comunidades Arsenal do Minho em grande

13 Fevereiro 2012
Maria Gil/F.Gomes

Minho em peso... no 15º Festival de Concertinas e Cantares ao Desafio
Literalmente. Mais do que uma região, todo um povo. Na sua maioria, gente do grande Minho, briosa e sem medo do tímido Inverno que resolveu trazer as baixas temperaturas e alguma neve. Nada que assustasse as mais de 1200 pessoas que encheram por completo o salão da Local 183 para participar no 15º Festival de Concertinas e Cantares ao Desafio. Uma tradição cada vez maior e que ano após ano, vai trazendo grandes nomes e revelando grandes promessas. Desta vez, o desafio coube ao Manuel Silva, à Rosa Maria, ao Henrique do Lindoso, abrilhantado ainda pela presença do jovem talento vindo de Felgueiras, Portugal, de seu nome Ricardo Ferreira e que já toca a concertina há mais de 12 anos.

precisamente de Lindoso, Ponte da Barca. Rosa Maria, Manuel Silva e Henrique de Lindoso ( este veio de Franca), encheram o salão de cantares ao desafio,espirituosos e picantes, aplaudidos por uma assistência às gargalhadas. Concertinas,muitas concertinas, porque este seria afinal o objectivo do evento. Vieram de Windsor, de Oshawa....entre eles, os Grupos locais, Amigos do Minho, Estrelas do Norte, Associação Cultural do Minho, Arsenal do Minho,tocadores locais... Onde a “cream de la cream”... se reuniu debaixo de um só tecto. Destaque para Victor Barros,um jovem com muito talento.

O ministro Charles Sousa e Carla Pavão subiram ao palco para felicitar o Arsenal do Minho assim como Bernardino Ferreira. O jantar foi confeccionado e servido por Europa Catering. Manuel Marques, como sempre foi o mestre de cerimónias. O baile... esse prolongou-se até altas horas da madrugada e o som esteve a cargo do DJ 5 Star Productions . É de salientar o sorteiro que se realizou. Entre os valiosos prémios uma viagem a Portugal para duas pessoas com carro e hotel incluido,o feliz contemplado chama-se Steve Vilaça e mora em Toronto. Resumindo, o Arsenal do Minho de Toronto continua na vanguarda dos acontecimentos e ao que tudo indica tem o futuro garantido.

Mas houve muito mais. Uma festa total bem ao jeito dos responsáveis do clube Arsenal do Minho de Toronto, não totalmente surpreendidos pelo mar de gente, e uma resposta forte da própria população ao apelo do clube. Porque, no fundo, é disto que o povo gosta. A sua tradição, os seus costumes, as suas raizes, vivas e soltas. A alegria de dançar e sentir os sons e os acordes das

Fazer a barba? Só se for em casa...
O Barbeiro! Teve a sua época. E mesmo que continui por aí, mesmo em Toronto, a verdade é que chega a parecer que já não está no seu auge. Mais do que isso... está a perder aderentes. Há mesmo quem diga que... foram tempos! ter que mudar seus hábitos, pois os barbeiros estão em extinção. Há ainda cabeleireiros, como é evidente, mas são poucos os que continuam com a senha de “barba e cabelo...” Os barbeiros estariam, assim, com os dias contados... Pelos vistos, a tecnologia e a modernização dos aparelhos de barbear também contribuíram para o afastamento dos homens. Hoje, há quem prefira fazer a barba em casa. É mais barato... A verdade é que as barbearias tornaram-se fora de moda para muitos, mas a perfeição e o capricho dos antigos barbeiros parece ser incomparável. A habilidade com as lâminas e a rapidez fazem do barbeiro uma profissão única. E isto sem falar nos tempos em que o barbeiro... era importante. Tratava de tudo, até da saúde... com as famosas sangrias... As mesmas respostas às mesmas perguntas E hoje?! Demos uma volta por duas das nossas barbearias. Uma na College. Outra na Dundas. Num lado e no outro, ouvimos, de resto, as mesmas respostas às mesmas perguntas. Artur Batista, na Dundas, acha que a profissão de barbeiro vai mesmo continuar, “senão tem que haver pessoas para fazer

Barbeiro é profissão em declínio?
este trabalho”. Diz, no entanto, que “na classe dos homens estão poucos a seguir e a aprender o ofício. Há, de facto, pouco seguimento. Quando os velhos terminarem... da geração de 50, vai haver muito menos. Já se nota, de resto, as dificuldades em arranjar pessoas para trabalhar...” Os jovens – “sobretudo os que eram filhos daqueles que já eram barbeiros...” – não se metem na profissão. Neste caso – é Artur quem o diz – talvez seja “a saturação da família. Tem que se trabalhar muitas horas. Tem que se esperar pelos clientes. Tem que ser um bom relações públicas, o que muitas vezes é difícil...” No fundo “é preciso ter sucesso... mas se não for um bom profissional não tem sucesso”.

concertinas e escutar a fina ironia dos cantares ao desafio. Uma ironia que pode apanhar qualquer um. O importante é que este não leve a mal. E nós que já estamos tão perto do Carnaval …; que o diga o Charles Sousa, o ministro da Imigração e Cidadania do Governo do Ontário que soube rir-se com as piadas em volta da pasta que gere. Ou um ou outro rosto directivo que não escapou ileso, em espaçadas tiras de humor que não esqueceram também, ainda que ao de leve, a situação de Portugal. A tudo isto, o povo de cá, respondeu com aplausos e muitos sorrisos. Mais não seria de esperar, quando a malta gosta e vive a tradição de forma fervorosa e apaixonada. Uma saudade da Pátria? Talvez sim. Mas fica a certeza que, deste lado do Atlântico, há grandes talentos e pessoas dispostas a não deixar cair no esquecimento toda uma cultura lusitana. Por tudo isso, é mais do que garantido que este ‘’engrossar’’ de gente é um sinal de que muitos mais festivais de concertinas e cantigas ao desafio terão lugar em Toronto e, mais importante, no coração da grande comunidade portuguesa.

Não faltou a Juventude
No fundo, o 15º Festival de Concertinas e Cantares ao desafio, no Salão Nobre da Local 183, esteve em grande. Interessante foi a aderência da juventude. Chantal Carneiro, vencedora do ultimo Concurso de Cantores Amadores, abriu o espectáculo musical e... cantou e encantou! Depois da brilhante exibição do minhoto Ricardo Ferreira, que dedilha os botões da concertina como ninguém, foi a vez dos cantadores ao desafio. Vieram do Norte de Portugal, mais

E, no entanto, foi considerada como uma das profissões mais tradicionais do mundo. É que, apesar da tradição, o barbeiro vem perdendo seu espaço para os grandes e modernos salões de beleza. Mesmo entre nós, são poucos os estabelecimentos que mantém esse serviço. E há já quem diga que quem tem o costume ir à barbearia fazer a barba – a barba e o cabelo, não é? - pode

A sociedade ainda aceita, mas...

Na College, Joaquim Correia tem as mesmas “razôes” e “sem razões”. Diz que “a sociedade actual ainda aceita o barbeiro”. Entende até que nem vai acabar, mas quando lhe perguntamos se os jovens aderem a esta profissão, aí, sim, diz que “é possível que tenha

tendência em acabar. Quando os mais velhos acabarem... aí, sim, porque ninguém sabe trabalhar de navalha...” Joaquim Correia diz estar confiante em que todo o sistema vai continuar, menos talvez, fazer a barba à navalha “porque as pessoas não aprendem...” Também entende que “os jovens já não querem meter-se nisto”. No fundo, não querem “por ser um trabalho incerto. Numa hora têm tudo e noutra hora... estão parados à espera do cliente. Querem trabalho mais certo, talvez trabalhos com União, onde tenham um futuro melhor à sua frente...” Assim sendo... vamos todos aprender a fazer a barba... mas em casa.

13 Fevereiro 2012

Mensagem. 9

Goze a vida... Enjoy Life …

Carla Tavares
Mortgage Agent Cell 647-283-6737 Phone 905-363-5100 Fax 905-363-7771
Sherwood Mortgage Group
License # 12176

Enquanto a nós tomamos conta da sua hipoteca...

While  we  take  care  of  your  mortgage  …  

14 Queen Street South Mississauga, ON L5M 1K1
Email: ctavares@sherwoodmortgagegroup.com Website: sherwoodmortgagegroup.com

10 . Comunidades

13 Fevereiro 2012

Uma palestra e exposição sobre o Padre António Vieira
Dois Pioneiros no Novo Mundo: os jesuítas padre Jacques Marquette, no Mississipi, e o Padre António Vieira, no Maranhão, vão ser lembrados entre nós. A Coordenação do Ensino Português no Canadá está a convidar todos os interessados a assistirem a uma palestra sobre Padre António Vieira, pelo Dr. António Abreu Freire. A palestra vai decorrer no Centro de Língua Portuguesa do Instituto Camões, no dia 16 de fevereiro, entre as 18:00 e as 19:30. A entrada é livre.

Na Casa das Beiras o amor falou mais alto...

Lara Ingrid/Sérgio Alexandre

Amor ao dinheiro
Rev. João Duarte
O Toronto Star tem revelado nestas últimas semanas acerca da corrupção e dos abusos feitos por Chris Mazza, o presidente, e os vice-presidentes, Maria Renzella e Rhoda Beecher, os quais, pertenciam à organização ORNGE. Esta organização do governo, fundada por Chris Mazza, com o propósito de ser uma organização sem fins lucrativos, afinal tornou-se uma mina de ouro para Cris Mazza e os seus colegas. O dinheiro desta organização vinha das algibeiras do público que pagam as suas taxas ao governo para suportar os salários dos operários e das várias funções da organização de ORNGE. O presidente da ORNGE, Cris Mazza, tinha um salário de um milhão e quatrocentos milhares de dólares por ano. Os salários dos vice-presidentes ficavam pouco atrás. Além destes salários avultados tinham benefícios monetários e aproveitavam-se das suas posições para irem a restaurantes e passeios à custa do nosso dinheiro. Depois das revelações que os jornalistas do Toronto Star fizeram desta corrupção, Chris Mazza e os vicepresidentes já foram despedidos. Todavia, o desperdíçio de milhões de dólares que estas pessoas causaram nunca mais será recuperado. A revelação dos salários exagerados e da corrupção dos operários da ORNGE, força-nos a suspeitar que provavelmente noutras organizações do governo haverá outros funcionários que estão vivendo à larga, à custa dos cidadãos pobres do Canada que pagam as suas taxas. Tudo isto nos faz revoltar porque os governos, municipal, provincial e federal lamentam que estão em dívida e que precisam de fazer cortes para reduzir a dívida. Estes cortes vão afectar os serviços de saúde, educação e pensões dos idosos. Noutras palavras, quem vai ficar afectado não são os ricos mas os pobres do Canada. Isto é, os pobres que pagam as taxas para sustentar os salários altos, a corrupção, desperdícios e abusos de muitos funcionários do governo. Se realmente o governo deseja endireitar as finanças devia começar primeiramente em sua própria casa. Isto é, reduzir os salários dos políticos e dos funcionários do governo. Em vez de pagarem salários de milhões de doláres por ano a certos funcionários do governo, deviam reduzir para um salário mais razoável de cem mil dóllares por ano que já é muito bom. Ora, só depois de limparem a ganânçia, a corrupção, os abusos e desperdícios que estão sendo cometidos pelos empregados do governo é que então deviam de pensar em pedir aos pobres para apertarem os seus cintos. Tudo isto que está acontecendo é o resultado de duas coisas. Primeiramente existe a “falta de temor a Deus”(Provérbios 9:10). Se realmente as pessoas, (nem todas), que trabalham para as organizações e departamentos do governo temessem a Deus, elas seriam honestas e praticariam a justiça. Em segundo lugar, além da falta do temor a Deus existe a ganância pelo dinheiro. A Bíblia diz: “Porque o amor ao dinheiro é a raíz de toda a espécie de males;” (I Timóteo 6:10). Aquilo que Chris Mazza, e outros como ele fizeram e fazem, é o resultado da cobiça e amor ao dinheiro. O ganâncioso é escravo do seu pecado, especialmente, quando ele ou ela está numa situação aonde facilmente pode satisfazer o apetite pelo dinheiro. Consequentemente não se pode esperar coisas boas dum coração ganancioso. Jesus disse: “Pelos seus frutos os conhecereis” (Mateus 7:20). Portanto, enquanto houver pessoas no governo que não têm o temor de Deus nos seus corações, sempre haverá ganância, corrupção e abusos.

Religião e Fé

No sábado, a Casa das Beiras levou a efeito o seu Jantar anual de Dia de Sao Valentim ou Dia dos Namorados. Apesar do frio, a sala estava repleta de gente. Casais e não só...familiares, crianças, todos em conjunto, a celebrar o famoso dia de Amor. As mesas estavam decoradas com balões com feitios de corações e a sala estava de vermelho. Para aqueles que não conhecem a história do famoso Valentim... ele foi um bispo e sempre lutou contra as ordens do Imperador Claudio II que proibia a cerimónia dos casamentos durante a guerra. Pois o Imperador acreditava que homens solteiros faziam melhor trabalho do que homens

Antes de morrer, escreveu-lhe um bilhete dizendo adeus e assinou “Do Seu Valentim”, no Dia 14 de Fevereiro, data da sua morte.

Bilhetes e provas de amor
E na Casa das Beiras, decerto, haverá muitos bilhetes a serem dados aos seus amados amanhã. A ementa foi constituida de um Caldinho Verde, acompanhado com um lombinho de porco com arroz, vegetais e batatinhas... Para adoçar a boca, um geladinho.

casados durante o combate. Valentim acreditava muito no AMOR e fazia as cerimónias sem o Imperador saber. Quando foi descoberto foi logo e preso e condenado à morte. Valentim foi visitado por varios jovens que vieram felicitalo pela coragem. Ofereceram-lhe flores e palavras calorosas. Valentim acabou por se apaixonar pela filha do carcereiro que era cega, e mais tarde recuperou a sua visão.

O entretenimento veio ate nós com o Grupo os Panteras que fizeram uma boa actuação, enchendo sempre a pista de dança...Cantaram desde canções, do Emanuel, Ze Malhoa a Pedro Abrunhosa. Música mais mexida até música romântica... e as valsas também não foram esquecidas. Em todas as ocasiões, a pista estava sempre cheia. Houve quem nunca se sentou por gostar sempre de todas as canções. Tambem houve quem dançasse com bebezitos... Foi uma noite bem passada e calorosa...com bastante sorrisos e Amor...!

Graciosa tem novos Corpos Gerentes
ASSEMBLEIA-GERAL – Presidente, Deodato Medeiros; vicepresidente, Aldevino Ivo; e secretário, Barry Ivo. CONSELHO FISCAL – Presidente, Manuel da Silva Jr., vicepresidente, Danny Alcaidinho; e secretário, Raimundo Espinola. DIRECÇÃO ADMINISTRATIVA – Presidente Jorge e Maria Cardoso; vice-presidente, Anselmo e Nélia Dinis; 2.º vicepresidente, Salvador e Natália Cabral; Tesoureiro, Emanuel e Isabel Aguiar; secretária, Patrícia Cardoso; 2.º tesoureiro, Filipe Cardoso; 2.º secretário, William Lima; Relações Públicas, Manuel e Maria Lima; Vogais, Tiago e Maria Bernardo, Elizário e Maria Bettencourt, Mathew Aguiar, Jorge e Serafina Bettencourt, Kennedy Bettencourt, João e Maria Lima, Manuel João e Alice Cunha e Jessica Lima. As nossas saudações e votos de muyitos sucessos.

ADVOGADA em Portugal Pode resolver-lhe todos os assuntos em qualquer área jurídica CONTACTE E TERÁ BONS RESULTADOS Tel: 214418910 (Lisboa) Cel: 918825577 e-mail: emaseca@netcabo.pt

Dra. Ema Secca

Marítimo trava Sporting
O Marítimo venceu o Sporting por 2-0 com golos de Benachour e Danilo Dias, um em cada parte. Em igualdade pontual com os madeirenses na classificação, o Sporting só não perde o quarto lugar devido ao regulamento da Liga. Poucos dias depois de ter garantido na Madeira a qualificação para a final da Taça de Portugal, diante do Nacional, o Sporting viu-se perdido na chamada pérola do Atlântico, mostrandose mesmo sem argumentos para travar a ascensão do Marítimo ao quarto lugar. Vincando a estratégica nas rápidas trocas entre os três jogadores da frente (Sami, Danilo Dias e Héldon), a equipa verde-rubra deu água pela barba à defesa contrária e chegou ao golo aos 21 minutos, já depois de ter ameaçado. Rui Patrício - que até tinha estado pouco antes em evidência - contribuiu sobremaneira para o golo inaugural da partida, deixando escapar um forte remate de Benachour à entrada da área.

13 Fevereiro 2012

Desporto . 11 Comitiva leonina insultada na chegada ao aeroporto

Nem o golo acordou o Sporting. Domingos Paciência deu de imediato ordens para o banco iniciar exercícios de aquecimento, mostrando que estava longe de estar satisfeito com a prestação da equipa. Porém só no início da segunda parte iria lançar Schaars e Izmailov, retirando Pereirinha e Carrillo. As coisas pareceram mais equilibradas, pois o

Marítimo tinha reentrado menos afoito. Porém, à primeira oportunidade não falhou, desta feita por Danilo Dias, dando autêntico KO na partida. Domingos ainda colocou Ribas, juntando o avançado uruguaio a Van Wolfswinkel. Não houve melhoria, o Sporting esteve sempre longe de criar perigo à baliza à guarda de Peçanha e foi mesmo o Marítimo a

desperdiçar a mais flagrante oportunidade de golo, bem perto do final, por intermédio de Rafael Miranda. Com todo o mérito, o Marítimo repetia a vitória sobre o Sporting em Alvalade na primeira volta do campeonato, agora roubando ao leão o quarto lugar na tabela classificativa.

Segundo conta o jornal “A Bola”, cerca de 50 adeptos insultaram a comitiva do Sporting, no aeroporto da Portela, após a viagem do Funchal até Lisboa. Entre 40 a 50 adeptos marcaram presença no aeroporto e insularam jogadores, presidente e treinador. A presença policial (PSP) presente no local foi obrigada a intervir e pelo menos um adepto foi detido. Os adeptos gritavam «isto é uma vergonha», «isto é o Sporting», «joguem à bola». O presidente Godinho Lopes apenas disse que «amanhã vamos ter uma reunião com os sócios». O Sporting perdeu frente ao Marítimo, por 2-0, desceu para o quinto lugar e ficou a 16 pontos do líder, o Benfica.

Benfica goleia Nacional (4-1)
golo, deixou de atacar como vinha fazendo e o Nacional chegou a assustar até ao momento em que Rodrigo voltou a tranquilizar companheiros e adeptos com o terceiro golo (37). A segunda parte não teve a mesma qualidade que a primeira. O jogo foi mais lento e pior jogado. O Nacional, com duas substituições ao intervalo, ainda tentou fazer alguma coisa mas seria o Benfica a marcar mais um, novamente por Rodrigo. A partir daí e com o resultado em 4-1 os encarnados resguardaram-se pensando já na partida de quartafeira na Rússia frente ao Zenit. Ainda assim podia ter feito o quinto golo mas Cardozo desperdiçou uma grande penalidade.

O Benfica recebeu e goleou o Nacional por 4-1 em partida da 18.ª jornada do campeonato. Os primeiros 20 minutos do Benfica foram muito bons. Rodrigo e Cardozo marcaram (9 e 20) e o

avançado paraguaio ainda enviou uma bola ao poste. Com o Benfica a dominar e a imprimir um ritmo muito rápido, o Nacional viu serlhe assinalado um penalty a favor que foi convertido com sucesso por Claudemir (27). O Benfica sentiu o

Sporting – o grande derrotado
O Sporting foi o grande derrotado da 18.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, ao ser o único dos seis primeiros que falhou o triunfo, isto enquanto o Benfica manteve o FC Porto a cinco pontos. Dias após conquistar na Choupana um lugar na final da Taça de Portugal (3-1 ao Nacional), o conjunto de Domingos Paciência perdeu por 2-0 ali ao lado, nos Barreiros (2-0 com o Marítimo), e já está a oito pontos da “Champions”. Benachour e Danilo Dias sentenciaram sábado os “leões”, que, no regresso a Lisboa, foram recebidos com insultos, de uns adeptos inconformados com mais uma jornada dececionante. O Sporting foi apanhado pelo Marítimo, somando ambos 32 pontos, apenas mais seis do que o Vitória de Guimarães, que hoje venceu por 1-0 em Aveiro, o Beira-Mar, graças a um tento do brasileiro Toscano, logo aos 17 minutos. Na frente, o líder invicto Benfica encantou sábado na receção ao Nacional, vencendo por 4-1, com tentos do argentino Garay, do paraguaio Cardozo e um “bis” do internacional sub-21 espanhol Rodrigo. Os “encarnados”, que somam 15 vitórias e três empates (Barcelos, Dragão e Braga), somam mais cinco pontos do que o campeão FC Porto, que goleou ontem em casa a União de Leiria por 4-0, mas sofreu enquanto o adversário teve 11 jogadores. A expulsão de Shaffer, que viu o vermelho direto aos 48 minutos, facilitou a vida aos “dragões”, que marcaram, em seguida, quatro golos, pelo austríaco Janko, reforço de inverno, e ainda James Rodriguez, decisivo vindo do banco, Álvaro Pereira e Maicon. Os “azuis e brancos” mantiveram-se a cinco pontos do “onze” de Jorge Jesus e com mais três do que o Sporting de Braga, que sextafeira recebeu e bateu o Vitória de Setúbal por 3-0 (marcaram Lima, por duas vezes, e Alan). Nos outros jogos, destaque para o primeiro triunfo fora do Rio Ave (2-0 ao Olhanense, com mais um do “eterno” João Tomás) e para a vitória caseira por 3-1 do Paços de Ferreira sobre o Feirense, que permite aos “castores” afastarem-se da “linha de água”. A ronda fecha hoje, segunda-feira, com a receção da Académica, no primeiro jogo após a conquista de um lugar na final da Taça de Portugal, ao Gil Vicente, recente “carrasco” de FC Porto (Liga) e Sporting (Taça da Liga).

12 . Desporto

13 Fevereiro 2012

FABRICANTES DE ENCHIDOS
- Sexta-feira, 10 fev: Sporting de Braga – Vitória de Setúbal, 3-0 - Sábado, 11 fev: Marítimo – Sporting, 2-0 Benfica – Nacional, 4-1 - Domingo, 12 fev: Paços de Ferreira – Feirense, 3-1 Olhanense – Rio Ave, 0-2 Beira-Mar – Vitória de Guimarães, 0-1 FC Porto – União de Leiria, 4-0 - Segunda-feira, 13 fev: Académica – Gil Vicente, 3:15 (Sport TV1) - Sexta-feira, 17 fev: Rio Ave – Marítimo, 3:15 (Sport TV1) - Sábado, 18 fev: Gil Vicente - Sporting de Braga, 3:15 (Sport TV1) - Domingo, 19 fev: União de Leiria - Beira-Mar, 11:00 Nacional – Académica, 11:00 Feirense – Olhanense, 11:00 Vitória de Setúbal - FC Porto, 1:15 (TVI) Sporting - Paços de Ferreira, 3:15 (Sport TV1) - Segunda-feira, 20 fev: Vitória de Guimarães – Benfica, 3:15 (Sport TV1)

Resultados

FC Porto goleia UD Leiria

Programa da 19ª jornada:

Numa primeira parte muito morna o FC Porto dominou mas não encantou. Oblak conseguiu sempre parar as tentativas de golo dos dragões mas elas não aconteceram em grande abundância pelo que a equipa chegou a ouvir assobios à saída para intervalo. Na segunda parte a expulsão de Shaffer logo aos 48 minutos foi decisiva no desenrolar da partida. O FC Porto encontrou mais espaços mas só viria a marcar aos 66 minutos por Janko num lance fabricado por João Moutinho e James Rodríguez. Apostado em garantir o empate o UD Leiria foi-se muito abaixo e viu os dragões marcarem mais três golos, por James, Alvaro Pereira e Maicon numa fase em que o UD Leiria já não estava com cabeça para marcar corretamente os jogadores portistas. A vitória do FC Porto volta a colocar os dragões a cinco pontos do Benfica e com uma vantagem de três sobre o SC Braga.

O FC Porto venceu o União de Leiria por 2-0 num jogo que esteve difícil até ao minuto 66, altura em que o reforço Janko voltou a marcar. Trata-se de um resultado demasiado pesado para aquilo que foi o jogo.

Na Taça de Portugal Sporting e Académica vão medir forças
até foi a primeira equipa a criar perigo já que João Pereira quase fazia auto-golo com uma bola na barra mas foram os leões a chegar ao golo por Rinaudo, um grande golo no regresso do jogador após lesão prolongada. Na segunda parte a primeira nota de destaque foi a expulsão de Rondón, aos 56 minutos. No entanto, a jogar com 10, o Nacional chegou ao empate por Diego Barcellos aproveitando a passividade da defesa do Sporting. O empate dava a passagem à final ao Nacional pelo que o Sporting voltou a lançar-se na procura do golo, com Domingos a arriscar tirando um médio defensivo (Rinaudo) para colocar um avançado (Ribas). Aos 73 minutos o árbitro considerou penalty num lance entre Claudemir e Insúa. Chamado a marcar Wolfswinkel não tremeu e voltou a dar vantagem aos leões na eliminatória. Depois do golo Domingos colocou Carriço para defender, Pedro Caixinha colocou Keita para atacar. O Nacional podia ter voltado a empatar o jogo mas o grande golo de João Pereira, já em período de compensação, acabou com todas as dúvidas quanto a quem seguia em frente.

FABRICANTES DE ENCHIDOS PARA TODO O CANADÁ 1831 Mattawa Ave., Mississauga www.borgesfoods.com 905 277 0677 SEMPRE À SUA MESA

BORGES

A Académica está na final da Taça de Portugal depois de ter empatado (2-2) frente à Oliveirense no jogo da segunda mão das meias-finais (ganhou 1-0 em Coimbra). Os estudantes vão marcar presença na final da competição pela quinta vez na sua história. A primeira parte foi movimentada e entre os 18 e os 27 minutos chegou mesmo a ser eletrizante já que nesse período se marcaram três dos quatro golos do jogo. Primeiro Clemente colocou a Oliveirense em vantagem mas logo de seguida Marinho empatou. Aos 27 minutos, o árbitro Marco Ferreira entendeu que Hélder Cabral fez falta dentro da área sobre Oliveira e Adriano, na conversão de uma grande penalidade, voltou a dar esperança à equipa da casa. Na segunda parte, e com a Oliveirense a precisar apenas de um golo para passar à final, esperava-se uma grande pressão da equipa da casa sobre a Académica mas foram os estudantes a matar o jogo. Aos 55 minutos e com a colaboração do guarda-redes Bruno, Marinho como que sentenciou a partida já que a Oliveirense sentiu muito o golo perdendo o ânimo com que encarou toda a primeira parte.

Real Madrid vence com 3 golos de Ronaldo
O Real Madrid recebeu e venceu ontem o Levante por 4-2, em encontro da 23ª jornada da Liga espanhola de futebol, com um “hat-trick” de Cristiano Ronaldo, ampliando para 10 pontos a vantagem sobre o FC Barcelona. Os três golos de Cristiano Ronaldo permitem-lhe solidificar a liderança dos melhores marcadores, somando agora 27, mais quatro do que o rival argentino Lionel Messi, autor de 23. Além disso, o terceiro golo do jogador português, um golo de “levantar” o estádio, na sequência de um remate de fora da área em que a bola descreveu uma trajetória invulgar, subindo muito e descendo abruptamente antes de entrar na baliza, constituiu o golo número 4.000 do Real Madrid, no Santiago Bernabéu, em competições oficiais. A equipa “merengue” aproveitou o deslize do rival da Catalunha, que perdeu por 3-2 na deslocação a Pamplona, frente ao Osasuna, para aumentar a vantagem pontual e dar mais um passo rumo à conquista do título. No entanto, não foi um triunfo fácil para o Real Madrid, que começou o jogo praticamente a perder, depois do defesa argentino Gustavo Cabral ter inaugurado o marcador, logo aos cinco minutos, de cabeça, na sequência de um livre.

Sporting vence Nacional (3-1) e está na final
O Sporting juntou-se à Académica na final da Taça de Portugal depois de ter ganho na Madeira ao Nacional por 3-1. O Nacional

13 Fevereiro 2012

Empresarial, Perspicaz e Resoluto
TORNE AS SUAS ECONOMIAS PARA A REFORMA MENOS VULNERÁVEIS AO FISCO!
Você ainda pode juntar as poupanças necessárias para uma reforma desafogada. Eis algumas dicas: ? necessita, pelo menos, de 70% do que agora ganha para se manter desafogadamente na Você reforma. ? taxa média de inflação a 4%*, fará decrescer o valor das suas poupanças em cerca de 50% Uma em 18 anos. ? $1,000 investidos mensalmente a 8% por 10 anos, acumularão quase $20,000 mais do que o mesmo investimento a 6%. Com um investimento RRSP connosco, você beneficia de: ? Serviço personalizado ? Companhias financeiramente sérias e seguras ? opções para investir Vastas ? Especialistas em planeamento para a reforma

Mensagem . 13

RRSP já!

Nós tornamos fácil o investimento. Contacte-nos, hoje mesmo, para tornar as suas economias para a reforma menos vulneráveis ao fisco!
EPC, RFC

Victor Macedo Ferreira
Consultor Financeiro Corretor de Seguros Corretor de Investimentos
Múltiplo vencedor do "Top Choice Award" Melhor corretor de seguros Classificado entre o primeiro 1% dos consultores financeiros a nível mundial

Servindo a Comunidade Portuguesa no sul do Ontario desde 1994

Ferreira Insurance & Investment Concepts Inc.
...insuring & investing in your tomorrow, today!
* Inflação média de 4,4% desde 1950.

www.lifehealthandwealth.ca

(416) 709-2716

Ouça os conselhos úteis de Victor Ferreira às segundas-feiras às 18h 10 na CIRV Radio, a partir do dia 6 de Fevereiro

14 . Mensagem

13 Fevereiro 2012

13 Fevereiro 2012

Ainda a Tempo . 15

O NOVO NOME DE COMPETÊNCIA E HONESTIDADE É

PAULO

Sutton Group Innovative Realty Inc.
ON L8W 3J6 escritório

Paulo Antunes
109 Elgin St- $149,900 Charme e beleza, tetos bem altos, 3 quartos de dormir, 2 quartos de banho. Perto do centro da cidade. Um prazer ver.

1423 Upper Ottawa St.

20-1750 King st. - $39,900 Sim, o preço é verdade. Além disso os custos mensais são de apenas $195.00 por mês, incluindo praticamente tudo.

101 Steven St-$129,900 Perfeito lar para se aposentar. Cave completamente acabada, jardim enorme, Furnace e AC praticamente novos. Um mimo

HAMILTON

905 575 7070

Fax: 905 575 8878 Telefone Directo:

289 440-1319

10 St. Matthews $ 165,000

Lar em excelente estado. bem no meio da zona Portuguesa. Sala de jantar e sala de estar enormes. Estacionamento para 2 carros. Um mimo

337 James St N.- $99,900. Seja proprierário de um dos cafés mais ocupados da comunidade portuguesa. Licensas de liquor e de alimento em bom estado. Clientela estabelecida. Paz e segurança...

3 Janet Crt- $ 289,900 Ideal para duas famílias. 4 quartos de dormir, 2 casas de banho. Impecável de cima a baixo. Veja para crer.

61 Barton St E $129,900 Bar com respectivas licensas. Estacionamento para 6 carros. Dono está pronto a ajudar com o financiamento.

Comentário Semanal de Economia e Mercados – Semana de 6 a 10 de fevereiro

Dois bancos centrais, duas posturas distintas

Na passada semana tiveram lugar as reuniões mensais dos principais bancos centrais da Europa, com os resultados da reunião a saírem em linha com as expetativas, mas demonstrando abordagens da condução da política monetária bastante díspares, com o Banco de Inglaterra (BoE) a não ter receios de “imprimir” mais moeda, enquanto o Banco Central Europeu (BCE), apertado pelas malhas dos tratados, vai fazendo o que pode, fornecendo liquidez ilimitada aos bancos, mas não aos Estados-Membros, pelo menos de uma forma direta. Como esperado, o BCE decidiu manter inalterada em 1.00% a taxa de juro aplicável às operações principais de refinanciamento da Zona Euro, a refi rate, depois de já assim ter procedido em janeiro e após ter descido esta taxa nas duas últimas reuniões mensais de 2011, em 0.25 p.p. cada, revertendo em apenas dois meses as subidas que havia efetuado nos passados meses de julho e abril e voltando a colocar esta taxa em níveis mínimos históricos. Em termos prospetivos e ao nível das medidas de caráter convencional, consideramos que a autoridade monetária irá manter a refi rate no atual mínimo histórico durante os próximos meses.

esperado um gradual robustecimento do crescimento económico no decurso do ano, suportado por uma ligeira melhoria dos rendimentos reais das famílias, à medida que a inflação for abrandando, e pelos contínuos estímulos da política monetária. Mas sobre este cenário pairam incertezas, materializadas na restritividade dos critérios de concessão de crédito e nas medidas de consolidação orçamental em curso.

Parceria ABC/Montepio

No que se refere às medidas de caráter não-convencional de política monetária, o BCE continuou a realçar a importância que as medidas adotadas na última reunião de 2011 estão a ter no suporte ao setor financeiro na Zona Euro, tendo neste âmbito anunciado que irá novamente diminuir as exigências quanto ao tipo de colaterais aceites nos seus empréstimos, de forma a permitir que um conjunto mais alargado de bancos aceda ao seu financiamento, com Draghi a reforçar na conferência de imprensa que, não obstante os maiores riscos incorridos, estes serão muito bem geridos por parte da autoridade, tendo como principal propósito desta decisão ajudar a banca a financiar a economia real.

Ao nível da crise da dívida soberana e, em concreto, quanto ao muito que se tem dito sobre a possibilidade de o BCE poder intervir de forma mais ativa no apoio aos países em dificuldades, a autoridade voltou a demarcar-se. Destaque ainda para os sinais de estabilização da atividade que a autoridade continuou a vislumbrar nos mais recentes dados qualitativos, embora essa estabilização ocorra em níveis baixos, continuando a referir que existem riscos descendentes, mas deixando cair a expressão “substanciais”. Algo que o BCE poderá estar a associar à recente diminuição das tensões nos mercados financeiros, que, segundo a autoridade monetária, se ficou a dever não apenas às medidas que têm vindo a ser tomadas pelo BCE, mas também aos importantes passos dados pelos Estados-Membros no sentido da criação de uma necessária união orçamental na região. Já no Reino Unido, como esperado, o Comité de Política Monetária do BoE aumentou a dimensão do atual programa de compra de dívida pública e privada em 50 mil milhões, para 325 mil milhões de libras, e manteve inalterada a taxa de juro de referência, a bank rate, no mínimo histórico de 0.50%. A decisão de aumentar o programa de compra de dívida não constituiu surpresa, uma vez que era amplamente esperada pelo mercado, devido ao cenário traçado pelos mais recentes indicadores de atividade económica e, em particular, aos indícios deixados pelo BoE nas minutas das reuniões anteriores. Neste sentido, o BoE justificou esta decisão de alargar o programa de quantitative easing devido ao facto das perspetivas de um fraco crescimento económico se consubstanciarem na continuação do nível da atividade económica aquém do seu potencial, o que sem mais estímulos monetários aumentaria a probabilidade da inflação situar-se bastante abaixo do target de 2.0% no médio prazo. De facto, na avaliação feita à atividade económica, o BoE refere que o ritmo subjacente da recuperação abrandou durante 2011, com a atividade a cair ligeiramente no último trimestre do ano, mas que a confiança tem melhorado em alguns setores de atividade e os preços dos ativos financeiros têm subido. Não obstante, o ritmo de expansão dos principais mercados de exportação do Reino Unido também abrandou, persistindo receios quanto ao endividamento e competitividade de alguns Estados-Membros da Zona Euro. É

Perante isto, não podemos excluir que esta seja a última impressão de notas por parte do BoE, algo que também tem sido realizado pela Reserva Federal nos EUA e pelo Banco do Japão. Ou seja, só mesmo o BCE permanece de fora da criação de moeda como combate à crise, algo que, como referido, é proibido pelos tratados, já que o BCE herdou esta prorrogativa da tradição do banco central da Alemanha (Bundesbank) e que está intimamente ligada ao fenómeno da hiperinflação da Alemanha dos anos 20, que acabou por conduzir à ascensão do nazismo ao poder. A criação monetária desmedida, sabemo-lo da teoria económica, conduz a hiperinflação, mas os riscos de inflação para o médio prazo estão significativamente contidos atendendo ao elevado desemprego nas economias desenvolvidas e aos processos de desalavancagem do sistema financeiro internacional desde a Grande Depressão, que conduziram a critérios de concessão de crédito mais restritivos. É neste contexto que se percebe que os bancos centrais dos EUA, do Japão e do Reino Unido não receiem que a sua impressão de notas provoque uma inflação descontrolada. Na Zona Euro, temos os tratados a impedir, mas que bem poderiam ser alterados já que: para situações excecionais… medidas excecionais. Rui Bernardes Serra (RBSerra@Montepio.pt)

16 . Automobilismo

13 Fevereiro 2012
Paulo Alves – Carlos Moreira

Canadian International AutoShow 2012 17 a 26 de Fevereiro 2012
PREMIO DO “ CANADIAN CAR OF THE YEAR”
BEST NEW SMALL CAR (under $21k) - Hyundai Accent BEST NEW SMALL CAR (over $21k) - Hyundai Elantra BEST NEW FAMILY CAR (under $30k) - Kia Optima BEST NEW FAMILY CAR (over $30k) - Kia Optima Hybrid BEST NEW LUXURY CAR - Mercedes-Benz C-Class C350 4MATIC Sedan BEST NEW PRESTIGE CAR (over $75k) BEST NEW SPORTS/PERFORMANCE CAR (under $50k): - Hyundai Veloster
Este ano, o AutoShow de Toronto, celebra o seu 39 aniversario ,e se em 1974,conseguiu chamar a atencao de 85.000 visitantes, foi em 2011, com o gradual crescimento,que atingiu os 303,178 visitantes. Esta amostra da industria automovel de nivel mundial, esta estimada em cerca de $90 milhoes, nao inclui os carros classicos, distribuidos num espaco de cerca de 500,000 sq.ft. no Metro Toronto Convention Centre (edificios Norte e Sul ). Sao no total cerca de 125 expositores, e mais de 1000 carros novos.

Como e habito, a AJAC, leva a efeito todos os anos, o chamado “TestFest”, uma avaliacao, aos novos modelos, muitos que ja entraram nos mercados de vendas do sector, e apos testes intensivos, aqui ficam os vencedores das diferentes categorias:

- Mercedes-Benz S-Class S350 BlueTEC 4MATIC

BEST NEW SPORTS/PERFORMANCE CAR (over $50k): - BMW 1 Series M Coupé BEST NEW SUV/CUV (under $35k) - Dodge Journey BEST NEW SUV/CUV ($35k-$60k) - Volkswagen Touareg TDI Clean Diesel BEST NEW SUV/CUV (over $60k) - BMW X3

Sera que a Hyundai, ( com 3 finalistas ) vai tambem receber o “Oscar” da industria automovel, no Canada, a semelhanca do que aconteceu nos E.U.A., com o modelo “Elantra”?

Hyundai Accent

Hyundai Elantra

Hyundai Veloster

FINALISTAS PARA O “ CARRO DO ANO”
2012 Canadian Car of the Year: Hyundai Accent Hyundai Elantra Kia Optima 2012 Best New Design: Hyundai Veloster Jaguar XKR-S Range Rover Evoque 2012 Canadian Utility Vehicle of the Year: BMW X3 Dodge Journey Volkswagen Touareg TDI Clean Diesel Os resultados seram anunciados aos Media, na Quinta –feira dia 16 de Fevereiro. O MotorSports PhotoNews estara presente em mais este evento, portanto nao perca toda a informacao sobre os resultados e as novidades, na proxima edicao do Jornal ABC

13 Fevereiro 2012

CARROS DE HOJE E DO FUTURO

Automobilismo . 17

Cadillac Urban Luxury Concept

Subaru XV Concept

BMW Vision ConnectedDrive

Ford Fiesta ST Concept

Kia GT Concept

Jaguar JAG CX-16 Concept

Mazda SHINARI Concept

Acura NSX Concept

Volkswagen Bulli Concept Car

Nova temporada… novos regulamentos de equivalência diesel/gasoline
Nova temporada, novos... regulamentos! Apesar de, ano após ano, se falar na necessidade de criar um conjunto de regras estável e durável, o ACO apresenta no início de cada época novas alterações aos regulamentos das provas sob a sua alçada. A grande diferença, este ano, é que as equipas foram avisadas com alguma antecedência de forma a poderem testar convenientemente essas alterações. As mais visíveis são as que o ACO e FIA estabeleceram ao nível da segurança. Introduzidas já em 2011 para todos os LMP 1 e LMP2 homologados nesse ano, as “shark fin”, ou barbatana de tubarão - o apêndice aerodinâmico vertical situado no dorso dos protótipos - passarão a ser obrigatórias para todos, independentemente do ano de homologação dos chassis. Outras das alterações por questões aerodinâmicas são a colocação de ACO e a FIA, serão suficientes para evitar que os LMP2 levantem voo. Em termos estritamente estéticos, são... uma aberração — na nossa opinião. Nos GTs, passará agora a ser obrigatória a instalação de uma câmara traseira, equipada com um modo nocturno, para auxiliar os pilotos na percepção do que se passa atrás de si. As alterações menos visíveis encontram-se ao nível das equivalências diesel/ gasolina, e neste campo, com o aparecimento de uma equipa de fábrica, de grande construtor, equipada com um motor a gasolina — a Toyota —, aumentam as expectativas sobre se será desta que teremos um regulamento (finalmente) justo. As primeiras medidas anunciadas (e esperemos que não sejam necessários novos ajustes ao longo da temporada), passam pela redução em 7% da performance dos motores diesel, através da redução do restritor de ar - que passa de 47,4 mm para 45,8mm, ou de 33,5 mm para 32,4 mm nos LMP1 com duas entradas de ar. A pressão dos turbos será ainda reduzida de 3000 milibares para 2800 milibares e a capacidade do depósito de gasolina será reduzido em 5 litros, passando ter agora a capacidade máxima de 60 litros. A respeito das motorizações híbridas, foi ainda esclarecido que, nos sistemas montados nas rodas dianteiras, a energia só poderá ser disponibilizada acima dos 120km/h, não havendo qualquer restrição nos sistemas montados nas rodas traseiras. Um rascunho preliminar do regulamento técnico das 24 Horas de Le Mans e do WEC havia sido divulgado em meados de Dezembro, mas os esclarecimentos dados pelo ACO na passada quinta-feira indicam novas alterações, pelo que uma versão final deverá ser tornada público antes da prova de Sebring — sendo no entanto já do conhecimento das equipas.

Álvaro Parente no Mundial FIA GT1 com a McLaren e a Hexis Racing
Álvaro Parente representará as cores da McLaren no Campeonato do Mundo FIA GT1 esta temporada, tendo sido colocado pela estrutura de Woking na Hexis Racing, equipa que em 2011 se sagrou Campeã do Mundo de Equipas de GT1. Depois de ter sido preponderante no desenvolvimento do MP4-12C GT3, o jovem português é uma das pedras basilares da McLaren GT no ataque às mais importantes competições de Grand Turismo mundiais, tendo sido colocado na United Autosports no ataque ao Blancpain Endurance Series e escalado para a ofensiva da Hexis Racing no Campeonato do Mundo FIA GT1. A equipa Campeã em título terá este ano ao seu dispor dois McLaren MP4-12C GT3, sendo um deles confiado a Álvaro Parente e a Grégoire Demoustier, um jovem promissor, ao longo da temporada deste ano do Campeonato do Mundo de GT1, que terá o seu início em Nogaro no próximo dia 8 de Abril e que passará pelo Autódromo Internacional do Algarve a 8 de Julho. “É extremamente motivante tomar parte num campeonato do mundo, sobretudo nestas condições – com uma equipa forte e competitiva como a Hexis Racing e com o McLaren MP4-12C GT3, um carro que eu ajudei a desenvolver e que me agrada bastante. Estou empolgado com este desafio

aberturas mais largas onde antes se situavam os “louvres”, as pequenas grelhas situadas por cima das rodas dianteiras. Estas aberturas, que passarão a ser obrigatórias sobre todas as rodas, não poderão ter nenhum apêndice aerodinâmico associado, terão de ocupar uma área entre 750 e 950 cm2 (frente) e 1000 e 1200 cm2 (traseira) e o seu formato deverá permitir a passagem de uma placa com 20x25 cm. Estas duas medidas, segundo o

e por ter sido colocado na equipa que venceu em 2011 o Campeonato de Equipas do Campeonato do Mundo FIA GT1”, afirmou entusiasmado o piloto do Porto. Álvaro Parente está consciente de que terá uma temporada bastante exigente, uma vez que as melhores equipas e os melhores pilotos da categoria estarão presentes na mais importante competição mundial de corridas de carros de Grand Turismo. Contudo, acredita nas armas colocadas à sua disposição para se impor. “Quanto entro numa competição, tenho sempre como objectivo lutar pelo degrau mais alto do pódio, é essa a minha natureza. No entanto, sei que o Campeonato do Mundo FIA GT1 é extremamente competitivo, com equipas e pilotos muito fortes, mas tenho confiança na Hexis Racing e na McLaren GT e, com trabalho e aplicação, considero que podemos lutar pelas posições cimeiras em cada corrida”, concluiu o jovem português que está ao serviço da McLaren GT. Desta forma, Álvaro Parente prepara-se para um temporada extremamente atarefada, estando escalado para vinte e seis corridas – vinte no Campeonato do Mundo FIA GT1 e seis no Blancpain Endurance Series – para além de continuar responsável pelo desenvolvimento do MP4-12C GT3 e de estar à disposição da McLaren para qualquer evento.

18 . Ler e contar

Amor sem barreiras
Por - Lara Ingrid
Nesta altura do campeonato só se irá ver a cor viva do vermelho. Velas com cheiro de insenso. Chocolates com feitios de corações. Rebuçados do mesmo feitio com palavras amorosas. Casais de mãos dadas passeando pela rua. Solteirões à espera que o tal famoso menino loirinho chamado “cupido” lance a sua flecha para a pessoa amada. Cartões com os diversos poemas de amor. Bilhetinhos de amor. Perfumes inesquecíveis, pois o odor de quem nós amamos parece que nos enfeitiça a pele e nos marca profundamente desde o primeiro dia em que os olhares se cruzem. Olhares penetrantes, cheios de brilho quase a fazer concorrência às estrelas. Sonhar com a pessoa que amamos. Acordar com ela no pensamento. É, afinal... passear pelas várias montras e ver algo que se possa oferecer a quem amamos, com a certeza de que se houvesse um carro cheio de dinheiro se comprava a loja toda. É rir sem motivo. É ler os pensamentos de cada um na expectativa de desencantar um restinho que haja escondido. Pois, dois em um, segredos não haverá. Rosas vermelhas ou até brancas para quem goste. É andar distraída pela rua fora com os seus pensamentos na tal pessoa escolhida. É abraçarem-se em público. É ir a todos os sítios com quem amamos, com o orgulho de estar ao lado da pessoa certa. É estar numa sala repleta de gente e sentir-se só entre a multidão por lá não estar quem desejamos. É ser amigos. É ajudar um ao outro sem querer nada em troca. É levar a pessoa que amamos a toda a parte mesmo que não esteja físicamente ao nosso lado. É fazer bolos de chocolate sabendo que é esse o preferido. É andar de bem sempre, e com isso não haverá razões para choros. Quem é para nós mesmos, não nos fará chorar. Viverá por nós. Não irá aparecer em casa com cara de pau. Virá sempre com um sorriso. De estar contente por nos ver. Pode até ter um dia para esquecer no trabalho, mas só vendo alguém que ama, já mostra o contrário. Ter alguém com quem podemos falar sobre os aborrecimentos da vida. Estar com alguém que queira mesmo estar connosco. Que agradece a Deus por nos ter posto no seu caminho. Um par para dançar. Alguém que nos vai ouvir falar sobre os nossos medos. Os nossos sonhos. Alguém para partilhar os nossos triunfos. Festejar os bons momentos. Alguém de quem a nossa família goste mesmo. Pois, no fundo, são eles que têm razão. Muitas vezes são eles que vêem o que nós fingimos não ver. Alguém que não nos proíbe fazer algo que gostamos. Que até está lá com o seu apoio. Pois, no amor não se perde... só se ganha. Não existem limites nem barreiras. Vai-se até ao fundo do mundo. É bom sempre ter alguém com o coração do mundo... onde cabe lá toda a gente independentemente da sua cor ou sexo. É bom ter um cúmplice para o resto da vida... alguém que não saia sem o outro. Onde um irá, o outro estará por perto. Quando se ama de verdade, nada sufoca. É fazer o lanche de quem amamos. Acordar à mesma hora mesmo que sejam horas de diferença para ao menos dar um beijo de bom dia. Quem com amor vive, amada será.. Qaundo se ama não se pode olhar direcções, ir por beleza ou critério de moda.. porque quem ama somos nós e não os outros.

Sara Norte detida por posse de droga
A filha de Vítor Norte e Carla Lupi terá sido detida quando regressava de Marrocos. De acordo com o Correio da Manhã, a ex-atriz Sara Norte, de 26 anos, foi presa na segunda-feira por posse de droga quando regressava de Marrocos. Citando fontes policiais, o diário adianta que esta não era a primeira vez que a filha dos atores Vítor Norte e Carla Lupi “se deslocava a Marrocos para comprar droga” e que já tinha sido referenciada “como visita frequente [ao país] para adquirir bolotas de haxixe”. A notícia terá sido uma surpresa para os pais que garantiram não ter contacto com a filha “há imenso tempo”. Recorde-se que, em abril de 2010, Sara Norte já tinha dado que falar depois de ter sido tornado público que trabalhava no bar de um clube de striptease. Detida em Algeciras, Espanha, desde a passada segunda-feira, 6 de fevereiro, Sara Norte deverá ser julgada no próximo dia 21. Segundo o Correio da Manhã, a ex-atriz já contactou a mãe, Carla Lupi, e o advogado da família, Correia de Almeida, vai defendê-la no processo de tráfico de droga em que está envolvida depois de ter sido presa quando regressava de Marrocos com outros correios de droga e transportava um quilo de haxixe no estômago. “ A Sara ligou à mãe na quarta-feira de manhã e eu próprio já falei com ela. Neste momento, está em prisão preventiva, a aguardar o julgamento – previsto para dia 21”, disse o advogado ao diário.

13 Fevereiro 2012

Já a edição online do JN avança que Carla Lupi viaja esta sextafeira até Espanha para visitar a filha no Centro Penitenciário de Algeciras, embora não tenha garantias de que poderá fazê-lo. Além disso, Correia de Almeida vai também endereçar um pedido de desculpas ao Consulado de Portugal em Sevilha para reactivar a ajuda das autoridades portuguesas à jovem atriz, que recusou este auxílio. O advogado explicou ainda que, “caso seja condenada, vai ser pedido o cumprimento da pena em Portugal” . Sara Norte, de 26 anos, é filha dos atores Carla Lupi e Vítor Norte. Começou a sua carreira como atriz quando tinha apenas 12 anos, mas em 2007 afastou-se do pequeno ecrã. Em 2010 voltou a estar no centro de todas as atenções quando diversos meios de comunicação social revelaram que trabalhava no bar de um clube de striptease. Nessa altura, durante uma entrevista ao programa Companhia das Manhãs, da SIC, Sara e a mãe desvalorizaram as queixas de alguns vizinhos da jovem que a acusavam de traficar droga.

Substituto de José Eduardo dos Santos?

Manuel Vicente em “estágio político”
Com efeito, embora a presidência angolana não tenha ainda explicado as razões para a remodelação ministerial, a entrada de Manuel Vicente é vista pela maioria dos observadores como “um estágio” para obter maior experiência governativa. O economista e jornalista Carlos Rosado de Carvalho disse acreditar que Manuel Vicente terá peso nas acções governativas. Para ele, o governo de Angola está organizado de um modo em que as acções governativas “dependem mais dos nomes que ocupam as pastas do que própriamente das pastas” ministeriais. Há muitos ministros, disse, que “dependem dos secretários da presidência” pois em muitos casos “os ministros não fazem nada sem falar com o secretário do presidente dessa determinada área”. Para o economista o que conta, portanto, “são os nomes e Manuel Vicente é um nome de peso”. Devido ao seu conhecimento das empresas pode-se esperar que “ele tenha mais sensibilidade para as questões relacionadas com a competitividade das empresas”.

A nomeação de Manuel Vicente para o cargo de super ministro de Estado e da Coordenação Económica, reanimou o debate e as análises que apontam o ex-homem forte da Sonangol como o futuro sucessor de José Eduardo dos Santos.

As sondagens vão falando...

Pensões “afundam” Cavaco Silva
O Presidente da República dá uma queda monumental na sondagem CM/Aximage e recebe nota negativa por parte dos portugueses (6,4) pela primeira vez desde que foi eleito em Março de 2006. Medeiros Ferreira diz ao Correio da Manhã que as declarações do Presidente sobre o valor das suas pensões não chegar para pagar as despesas “explica o tombo que sofreu”. O analista político, que se confessa “muito preocupado, porque o Presidente é essencial para o regular funcionamento das instituições”, acrescenta que há em Belém “uma falta de sentido político e estratégico”. Por seu lado, João Pereira Coutinho entende que “a situação é perigosa porque, pela primeira vez na história democrática deste país, temos um governo completamente à solta”. O analista político acrescenta que “o PS não faz oposição, excepto a ele próprio, O BE e o PCP são o BE e o PCP. Moral da história: Portugal está sem soberania e com um governo sem controlo”. Contactados os partidos, PS, PCP e BE convergem no essencial com as palavras do deputado socialista António Braga: “Esta é a apreciação que os portugueses fazem da insensibilidade que o Presidente da República demonstrou com as declarações que fez sobre as suas pensões.” PSD e CDS não quiseram comentar.

Rampa de lançamento?
Carlos Rosado de Carvalho disse que embora não acompanhe detalhadamente as movimentações políticas, a nomeação de Manuel Vicente “pode ser uma rampa de lançamento para o número dois na lista do partido” para as próximas eleições. O politólogo Santos Viana é, por seu turno, de opinião que a nomeação de Manuel Vicente não deverá trazer novidades substancais para os angolanos sobretudo em termos de alterações da política económica. “Não sei se (a remodelação) se trata de um problema de competência ou um problema político,” disse. “Já passaram tantos que não resolveram os problemas da sociedade portanto isto é mais um arranjo político,” acrescentou. Santos Viana acredita estarem criadas agora as condições para o antigo dirigente da Sonangol ser o sucessor de José Eduardo dos Santos. “Ele têm vários dossiers e conhece os dinheiros de Angola,” disse o analista para quem Manuel Vicente passa agora a estar ao lado do poder político de Eduardo dos Santos. “É um arranjo político entre eles mas não acredito que algo de jeito possa acontecer para nós,” disse.

Passos perde terreno para PS

A distância entre PS e PSD é cada vez mais estreita. Se as eleições legislativas fossem hoje, o partido de Passos Coelho ainda assim

vencia com 37,5%, contra 30,3% do PS. Desde Julho de 2011 que o PSD perde, porém, terreno para António José Seguro. Na altura, os sociais-democratas reuniam 42% dos votos, contra 24% do PS. António Braga, do PS, diz que a “reacção dos portugueses era expectável”. Já o deputado do BE Pedro Filipe Soares defende que “este Presidente caiu em desgraça aos olhos dos portugueses”. Para o PCP, a avaliação “é inseparável de uma política responsável pelo empobrecimento dos portugueses”.

13 Fevereiro 2012

Ler e contar . 19

Whitney Houston morreu aos 48 anos
A cantora norte-americana Whitney Houston morreu, sábado à noite, aos 48 anos de idade. A informação foi avançada pela cadeia televisiva CBS News, que adianta que as causas e o local da morte ainda são desconhecidas. Whitney Houston, uma das vozes mais quentes da música soul morreu no sábado com 48 anos. Reconhecida diva, teve o ponto alto da sua carreira ao participar no filme «O Guarda-Costas», em 1992, com Kevin Costner, ficando para a história a música I Will Always Love You.

O Meu Artigo de São Valentim Carlo Miguel Cruz Gomes
ABC
Como se vai celebrar o Dia de São Valentim, entre nós, aqui vai um artigo. Primeiro, tenho que lhe dizer que amo a minha Mulher. Amo-a com toda minha força, com todo o meu ser e sei que não seria a mesma pessoa que sou sem ela. Será que o Dia dos Namorados, ou de São Valentim, para mim diz muito? Para mim todos dias são dias dos namorados, dia da Mãe, do Pai, e de Natal. Todos os dias temos que trabalhar para fazer daquele dia um pouco melhor para tudo e todos à nossa volta. Dê-lhe! Certamente vai receber a recompensa de tudo o que faz… Incluindo no Amor. Uma planta para crescer tem de ser regada e cuidada, tudo envolve esforço. Parece que hoje em dia muita gente ainda acredita que vai ganhar a lotaria e está habituada a tudo estar pronto para eles e não acredita no trabalho, no esforço, no semear para depois colher. A nossa sociedade precisa de dar mais valor ao trabalho e menos ao tudo fácil. Muitos casais quando casam, hoje em dia, estão à espera do que podem vir aproveitar e não entram com vontade de trabalhar. Fazem-se anedotas de casais, das esposas e esposos e a sociedade até parece estar mais disposta aceitar a separação em vez de ajudar no trabalho do dia a dia de um casal, na construção do Amor e erguer de uma família. Temos que ser responsáveis por nós mesmos. Se queremos o bem, temos que praticar o bem também. Se perguntar a ele, ele nega ser culpado, se perguntar a ela ela nega ser culpada. Ninguém quer ter a culpa. É fácil negar responsabilidade das nossas ações ou reações, mas o que e que isso ajuda? Parece que 90% dos alcoólicos não reconhecem que têm qualquer problema, e até são capazes de ficar furiosos se alguém sugerir o contrário. Negar que há qualquer problema parece ser um símbolo de alcoolismo. Negar que um problema existe nunca resolve problemas. Li uma vez uma frase que achei interessante… Uma pinga de chuva nunca se culpa por a inundação mas cada pinga ajuda ao problema. Cada um de nos contribui para o ambiente nas nossas famílias, trabalhos, comunidades, e também nação e mundo. Uma pessoa, um pensamento, uma palavra pode fazer a diferença na vida ou vidas dos outros a nossa volta. Para dizer de outra maneira pequenas coisas podem fazer uma grande diferença. Se queremos fazer coisas grandes na vida, temos que começar por tomar mais atenção e dedicação às pequenas. O esforço que decidimos aplicar ao trabalho, aos nossos filhos, e a nossa Esposa ou Esposo faz a diferença de ter um amanhã melhor. Isto é nossa responsabilidade, não podemos negar. Se estivermos sempre a tratar mal a nossa Mulher ou o nosso Marido em vez de sorrir para eles, brincar com eles saudavelmente, encorajar e ajudá-los como é que queremos ter um amanhã melhor? Será que é só ficar no sofá à espera que as coisas acontecem por elas sozinhas sem perceber que a responsabilidade de ajudar a melhorar a nossa vida é nossa? A vida dos nossos filhos, a nossa saúde, e o nosso casamento tudo depende do esforço aplicado por cada um de nos. Dê-lhe! Vai receber a recompensa em tudo que faz, incluindo no Amor. Perdão mas vou deixar aqui uma palavra especial para minha mulher… Sonia I Love You I look forward to living everyday of my Life with you, I’m grateful to GOD for having you in my life. Até para semana se DEUS Quiser.

Whitney Elizabeth Houston nasceu em Newark, Nova Jérsia, nos Estados Unidos. Curiosamente uma cidade com uma grande comunidade portuguesa. Poucos imaginavam que ali estava uma criança que se haveria de tornar cantora, atriz e modelo. Muito menos que a pequena Whitney viesse a ser a artista mais premiada de todos os tempos, com dois Emmy Awards, 6 Grammy awards, 30 Billboard Music Awards, 22 American Music Awards, num total de 415 prémios conquistados em sua carreira até 2010.

A sua vida ficou também marcada pelo consumo de drogas. Em dezembro de 2002 assumiu à imprensa a sua dependência de cocaína, cannabis e outros tipos de estupefacientes. A partir daí a sua carreira começou numa curva descendente com críticas pela perda de força da sua voz, que muitos diziam estar associada aos seus vícios. Em 2006 divorciou-se de Bobby Brown e reapareceu feliz e livre de drogas. 2010 marcou os seus 25 anos de carreira e Whitney lançou uma edição especial comemorativa. Para 2012 está previsto o lançamento de «Sparkle», filme também onde participou com duas faixas. O lançamento está previsto para 10 de agosto.

Um livro... que é capaz de virar polémica

Uma estagiária da Casa Branca revela casos íntimos com John Kennedy
Uma antiga estagiária da Casa Branca começou agora a falar sobre um caso de 18 meses que ela teve com o Presidente John F. Kennedy, enquanto ele esteve no cargo. Revela detalhes íntimos num novo livro que foi apresentado ao público na quarta-feira. Mimi Alford, que tinha 19 anos quando começou o seu estágio na Casa Branca, em 1962, discutiu o seu affair sexual secreto com o Presidente, no livro “Once Upon a Secret: My Affair with President John F. Kennedy” Falando a Meredith Vieira, da NBC, disse ter decidido escrever o livro para pôr um ponto final no seu segredo que a estava a matar... Acentuou, na altura, que nunca quiz expôr o caso, sobretudo por ser algo difícil de fazer por aquilo que representa para si e para a sua consciência. Alford fez, a propósito, a entrevista que foi transmitida na quarta-feira, altura em que o livro foi também apresentado. A antiga estagiária discutiu detalhes, incluindo natação, com o Presidente, apenas quatro dias depois de iniciar o estágio e fazer sua lição de casa em rota para Washington para ter relações sexuais com Kennedy. “Deveria ter-me sentido culpada. Ele era casado com a Sra. Kennedy. Mas eu, na altura, nem me senti culpada”, disse Alford.

Desde o seu assassinato, em 1963, têm sido numerosos os relatos de Kennedy ter tido extra-conjugais com várias outras mulheres, incluindo as alegações de um ligação com Marilyn Monroe. “Eu acho que isso é provavelmente o que me faz sentir triste quando olho para trás. Ele me fez sentir muito especial”, acrescentou Alford.

Já o disse algures. O Amor anda, mesmo, no ar. Valentine´s Day. Dia de São Valentim. Dia dos Namorados. O nome exacto deveria ser, no entanto, Dia do Amor. E fazer com que ele se perpetuasse, dia após dia... todos os dias deste ano e do outro... e do outro.

O Amor anda no ar…
O amor anda, de facto, no ar.

dos carros, e aplicar as respectivas multas, esperou e avisou que ali não poderia estar. Com bons modos. Com um olhar diferente. À saída de casa vimos um casal de velhinhos, mão na mão, em amena cavaqueira. E mesmo um certo patrão, por norma a pensar só em dinheiro... olhou-nos, esta manhã, diferente, muito diferente.

Alguém nos dizia, esta manhã, que entrou pouco depois da meia noite de ontem em eléctrico rumorejante e cheio de pessoas. Estranhou – estranhou mesmo... – que toda a gente a cumprimentasse. Que lhe desejasse boa-noite. Uma pessoa, mais idosa, chegou mesmo a perguntar-lhe como se sentia. Era o Amor, na sua verdadeira expressão. O Amor que fez com que esta manhã... também acabássemos todos por estranhar a amabilidade de alguns automobilistas. Que nos davam passagem. Que nos assinalavam pequenos perigos nas ruas cobertas de neve. E que, à passagem por nós, levantavam a mão em saudação amiga. Dizem-nos até – nós não vimos, mas acreditamos – que um daqueles circunspectos senhores cuja vida é ter em conta o estacionamento

Fernando Cruz Gomes
obrigatório... ensinar aos mais novos que não são apenas as rosas ou os chocolates. Que o Dia de São Valentim é mesmo... o Dia do Amor. Em toda a sua nobre missão. E que este Dia bonito – bonito até demais, mesmo que chova ou faça sol, mesmo que haja vento ou neve – deveria ser prolongado. Mais 24 horas... de todas as horas que fazem este ano... e o outro... e o outro. Porque, de facto, o Amor vale a pena. E hoje, de facto, é o Dia do Amor. Curiosamente, entre nós, no Ontario, uns escassos dias antes do “Dia da Família”. O Amor anda no ar. Viva o Amor!

Nas estações de Rádio – na nossa como nas outras – há palavras amáveis. Canções místicas apropriadas para o dia. Há frases soltas que se ouvem no ar. Que falam em coisas diferentes. Onde o amor e a amizade têm um novo sentido. Às vezes pensamos apenas que ouvimos canções de um ontem já distante. A falar-nos do amor de antigamente, da amizade serôdia de tempos atrás... até com vozes de cantores que já se foram. E aí, sim, temos pena. É importante... é imperioso... deveria ser

20 . Coisas e loisas A Erva Príncipe
António Custódio Barros (RNhP 7132)
A Erva - príncipe, também chamada Citronela, é um arbusto, que chega a atingir um metro e meio de altura, até dois metros, com folhas finas e compridas, semelhantes a lâminas. Esta planta é originária da Índia e de Sri Lanka, embora devido á sua utilidade medicinal, seja hoje em dia cultivada em quase, todas as regiões tropicais. A Erva-Principe é muito apreciada pelo seu óleo essencial, usado com finalidades terapêuticas, em aromaterapia, culinária, na cosmética e perfumaria. As folhas são colhidas e secas através de métodos extremamente cuidadosos. Quanto ao chá faz-se da seguinte forma: a partir da junção da água após fervura, ás referidas folhas, deixando descansar, alguns minutos, seguidamente, faz-se a coagem isto é a separação da água, que fica, contendo os produtos essenciais importantes, das folhas. Obtemos, desta forma, um chá de agradável sabor e com um delicioso aroma que acalma e desperta os sentidos. A Erva- Príncipe, faz um chá bastante aromático, que facilita as digestões, relaxa os músculos do estômago e intestinos, alivia as cólicas e o excesso de gases, que são situações bastante habituais, especialmente em períodos durante os quais andamos nervosos ou até em situações de infecções provocadas por fungos ou bactérias. Também é usada para combater a febre, principalmente em casos em que existe expectoração, por acção antipirética directa e antimicrobiana. Outros efeitos conhecidos são: a protecção celular, a acção antioxidante e anti-inflamatória e o efeito analgésico muito apreciado, também é resolutivo, em casos de gota, sozinho ou associado à planta unha de gato. Um outro efeito muito apreciado é na manufactura de chás para a hipertensão arterial essencial, pois apresenta efeitos redutores tensionais, através da Citronela, que se pensa ter um efeito relaxante no músculo liso dos vasos sanguíneos. Usa-se com bons resultados, no tratamento de sapinhos (fungos da boca e língua), ingerindo-se e bochechando e aplica-se em cataplasmas relativamente ao tratamento de dermatoses a fungos e certas parasitoses da pele. Quanto ao seu uso tópico consegue-se através de compressas esterilizadas embebidas no chá, uso de sabonetes, loções e cremes, através dos óleos : Citronelol e Geraneol, contido nas folhas, que tem também uma acção importante além de antiséptica, repelente de insectos, podendo igualmente adicionar-se á agua do banho, a produtos de higiene pessoal e da casa. A Erva- Príncipe produz uma relativa melhoria de humor, reduzindo a ansiedade e a depressão e tem uma acção anticancerigena, através de outro componente que é o citral, que provoca a morte celular dirigida das células dos tumores. Quanto aos usos culinários, usa-se na confecção de chás, sopas e em cozinhados com aves, especialmente galinha, carne de porco, peixes e marisco, usa-se também como um saudável preservante natural dos alimentos.

13 Fevereiro 2012

PEQUENOS
-Pretende-se uma pessoa para gerir a recepção e os clientes de um consultório de dentista na desejavel zona de Bloor/Yorkville. Português correcto e fluente é necessário. Pretende-se alguém que esteja interessado em fazer carreira, nada de curto termo. Podem contactar dra. Anna de Filippo, (416) 969-9525. -Precisa-se de cabeleireira para trabalhar full time em salão com muito movimento. Interessadas podem contactar pelo 416 533 7550 -Cabeleireira e esteticista. 647-232-6000. -Mecânico de automóveis com alguma experiência. Contactar João. 416-5884405. -Carpinteiro de acabamentos com alguma experiência. Contactar Maria. 416-7043795. -Empregados de limpeza para a área de Toronto. 416-7209701. -Canalizador com carta G. 416-239-6000. -Empregados para fábrica de queijo na área de Etobicoke. 416-259-4349. -Condutor com carta AZ ou DZ e com conhecimento e experiência na condução de empilhador. 416-658-8300. -Empregada fluente em português e inglês, para departamento de vendas de salão de festas. 416-841-5150. -Senhora portuguesa (fala Francês e pouco Inglês) procura emprego na costura ou em limpeza. Precisa com urgência. Contactos: 4167329869. -Cabeleireira com experiência. Contactar Sammy Araújo. 416-533-7550.

ANÚNCIOS
-Pessoa fluente em português e inglês para escritório de seguros na área de Burlington. 905-319-7699. -Empregada para serviços gerais em empresa de grande movimento. Telefonar para 416 854-2019.

OFERECE-SE

Alergias e doencas são provocadas pelo pó, por pelos de animais, ou por bacterias e fungos que permanecem no sistema...

EXPERIMENTE USAR ABC
O seu anúncio irá ainda mais longe!

Extracto de Leite Thistle concentrado em estado líquido com um grande sabor natural a maçã ou em forma de cápsulas para saúde ideal de fígado. Recomendado o uso: 1 colher de chá de água ou suco diariamente.

416 995 9904

A MELHOR SOLUÇÃO SERÁ Contactar Manuel ou Mike telf: (416) 536 3828 (416) 537 4296 EUROPA DUCT CLEANING
Email - info@europaair.net europa@rogers.com Webpage - www.europaair.net (Uma divisão de EUROPA HEATING & AIR CONDITIONING)

Deslocações a várias cidades do Ontário T.L.DUTRA Professional Legal Services
Immigration - Small Claims Court- Criminal Summary Landlord & Tenant / Ontario Court of Justice / Labour

Tony L. Dutra
533 College Street , Suite 306, Toronto ON, Canada M6G 1A8 Telephone: (416) 532-8400 - Fax (416) 532-6906 E-Mail: dutralegal@sympatico.ca L.S.U.C - P00405

O Amor anda (mesmo) no ar...
Já o dissemos algures. O amor anda mesmo no ar. E, no sábado, começaram as festas em várias colectividades. Estivemos, pelo menos, em duas. Na Casa dos Açores e no Graciosa as festas foram mesmo em grande.

13 Fevereiro 2012

Nossas colectividades . 21

* Casa dos Açores e Graciosa fizeram festa

Ágata em plena actuação.

A Presidente da Casa dos Açores

Uma sala cheia na Casa dos Açores. As pessoas aderiram.

No Graciosa, deparámos com gravatas a condizer com o dia.

Na Casa dos Açores – salão cheio – os mais velhos não deixaram os créditos por mãos alheias. Lucília Simas, a presidente, haveria de nos dizer que “em Portugal, quando estávamos lá, não se celebrava, mas desta que estamos aqui... é outra coisa”. E, afinal, os sócios da casa aderiram. “Foi com muito gosto que fizemos a festa e temos cá connosco dois jovens que vieram de Portugal, o Rui e o Ruben...” A festa era, no fundo de todos. Para Chris Medeiros, “é gastar dinheiro... é o dia em que a namorada lembra todas as coisas que quer... e eu tenho de avançar. Senão fico sem ela e tenho de celebrar o dia sòzinho...”

Este ano, metemos dois casais jovens na Direcção, o que pode ajudar...” Ali mesmo ao lado era a Patrícia Cardoso, da Direcção. Entusiasmada. A falar com as pessoas. Perguntámos-lhe se tinha algum Valentim... escondido. Que não. Que tinha ficado em casa...

ABERTO 7 DIAS POR SEMANA 24 HORAS POR DIA

Jack’s Bakery

Quase em surpresa, Deodato Medeiros anunciou uma “surpresa” da noite. Ágata... que cantou e... encantou. Agradecimentos, designadamente, ao Centro Cultural Português de Mississauga, que cedeu a Artista... para vir animar os corações dos graciosenses.

Pai e filha. Jorge Cardoso, Presidente, e Patrícia Cardoso, secretária.

Pois... mas a Casa dos Açores estava em grande. Bem emoldurada de público e de enfeites e... efeitos do “Dia do Amor”.

No Graciosa até com Ágata
Uma saltada ao Graciosa, para ver tudo aquilo. Deparámos logo de início com gravatas cheios de corações. Para Jorge Cardoso, o novo presidente, “há pouca gente jovem, um problema que temos por cá.

Jack’s Bakery deseja a todos um Feliz Dia de Namorados!

E para o “Dia dos Namorados...”

352 Oakwood Ave, Toronto, ON

(416) 651-1780

22 . Passatempos

13 Fevereiro 2012

Gossip
alemão vendeu um fundo de seguros de vida aos clientes que consiste em apostar na morte de pessoas, lucrando mais se estas morrerem mais cedo. Um advogado dos investidores está já a preparar uma queixa-crime contra o banco, que acusa de ofensa à moral e aos bons costumes. O fundo chama-se ‘db Kompass Life 3’ e foi vendido na Alemanha a pequenos investidores, que no total aplicaram mais de 700 milhões de euros. Alguns deles queixaram-se junto do provedor da Associação dos Bancos Privados, quando descobriram que tipo de investimento lhes tinha sido sugerido. A associação rejeitou as reclamações, mas criticou a constituição do fundo, afirmando que este “contraria a

Horóscopo
Carneiro - 21-3 A 20-4 Touro - 21-4 A 20-5
As suas capacidades de comunicação poderão tornar-se mais subjectivas, mais fantasistas. A sua intuição estará sublinhada.
É possível que uma conversa casual possa ter, no futuro, uma grande importância. Pode sentir necessidade de fazer uma pausa.

Deutsche Bank vende fundo que aposta na morte de pessoas. O maior banco privado

Gémeos - 21-5 A 20-6

Pode preferir isolar-se e fazer o balanço dos últimos tempos. Já que a sua intuição está reforçada, aproveite e medite um pouco.

ordem de valores vigente, baseada na dignidade da pessoa humana”, em carta dirigida a um dos queixosos. Na mesma carta afirma-se que deverá ser um tribunal a esclarecer se a aposta na duração das vidas humanas de um determinado círculo de pessoas viola ou não os valores pelos quais se deve reger uma sociedade.

Caranguejo - 21-6 A 20-7 Leão - 21-7 A 20-8

O seu lado sensível estará em evidência. Assim, terá tendência para atentar mais aos problemas dos outros do que aos seus.

Aceitará melhor as situações desagradáveis para si, e procurará dar ao próximo apoio e compreensão. Mas não se esqueça de si.

Virgem - 21-8 A 20-9

Sudoku
5 8 2 9 4 1 7 8 6 5 3 4 3 8 8
2 3

Palavras Cruzadas
7 1 1 1 2 9 5 3 6 4 1 8 5 9 7 1 8 5 3 4 5 6 7 8 9 10 11
Horizontais
9 8 6 5 1

Momento ideal para uma perfeita harmonia nas suas relações familiares. Haverá compreensão e entreajuda entre todos.

Balança - 21-9 A 20-10

2

3

4

5

6

7

8 9 10 11

Maior harmonia nos relacionamentos familiares. Há maior empenho na satisfação das necessidades e aspirações mútuas.

1

Escorpião - 21-10 A 20-11 Sagitário - 21-11 A 20-12

Terá o sonho e o coração onde tem havido racionalismo excessivo. A sua sensibilidade e romantismo são estimulados.

6

Sentirá simpatia à sua volta, maior empatia na sua relação com o mundo, maior sensibilidade e imaginação.

Capricórnio - 21-12 A 20-1 Aquário - 21-1 A 20-2 Peixes - 21-2 A 20-3
Verticais
1-Missivas/Tributo que os judeus portugueses pagavam por família; 2-Âmago/Irrompe; 3-Nome com que se designam o mono e o macaco/Falsifica; 4-Sulcas/Abanar; 5-Capital do Canadá/ Camareiro; 6-Suf. nominal que designa o agente/Letra grega; 7-Renque/Sumira (fig.); 8-Carecas/Técnica especial; 9-Atraiçoar/Planta gramínea; 10-Criada de quarto/Fedor; 11-Fechar parcialmente as asas (uma ave) para descer mais depressa/Matizar;

É uma boa ocasião para entrar em intimidade com a pessoa que ama. A sua compaixão faz com que queira ajudar os outros.

Estará atento às necessidades dos outros. É possível que se torne muito útil a alguém sem mesmo se dar conta de tal.

6
7 4

5

A simpatia que demonstra nutrir é imensa, o que faz com que muitos recorram a si em busca de auxílio.

1-Separar/Peça em que se descreve e regista o que se passa em qualquer sessão(pl.); 2-Governador de província ou chefe de tribo, entre os Árabes/ Formar em alas; 3-Românico (estilo)/Inunda; 4-Prono. demonstrativ./Divisei; 5-Partícula (fig.)/Hasteia; 6-Red. de senhor (Bras., pop.)/Avenida (abrev.)/Artigo definido/2, em num. romana ; 7-Esfarelara/Rio da Suíça; 8-Nota musical/Rezar; 9-Olvide/Penhor; 10-Espécie de saia de algodão usada pelos Timorenses, também denominada lipa/ Covil; 11-Amargo/Orar;

Receita
Ingredientes (para 6 pax): - 8 gemas de ovos; - 8 colheres de sopa de açúcar; - 1 litro de leite; - 1 colher de sopa de farinha de trigo; - 1 casca de limão; - 1 pacote de bolacha torrada; - açúcar para queimar Confecção: Batem-se muito bem as gemas com o açúcar. Adiciona-se a esta gemada o leite frio, onde previamente se dissolveu a farinha e a casca de limão. Leva-se a engrossar em lume brando. Espalham-se as bolachas

Leite-creme para os Sarrabulhos

Sudoku

leia e divulgue o abc

HORIZONTAIS 1-Cisar; Actas 2-Amir; Alar 3-Romão; Alaga 4-Isto; Vi 5-Avo; Arvora 6-Sê; Av.; Os; II 7-Migara; Aar 8-Mi; Orar 9-Omita; Arras 10-Tais; Toca 11-Amaro; Rezar

7 5 6 1 4 2 8 3

6

3 1 5 2 9 7 4

2 4 3 8 7 1 5 9

VERTICAIS 1-Cartas; Tora 2-Imo; Vem 3-Símio; Imita 4-Aras; Agitar 5-Otava; Aio 6-Or; Ró 7-Ala; Voara 8-Calvos; Arte 9-Trair; Arroz 10-Aia; Aca 11-Siar; Irisar

4 3 7 9 6 8 1 2

6 9 8 5 2 3 7 4

8 2 4 3 1 9 6 5

7

9 8 1 6 3 5 2

1

5 6 9 7 8 3
4

1 7 2 4 5 6 9 8

no fundo de uma travessa e deita-se por cima o leitecreme. Polvilha-se com açúcar e queima-se com um ferro em brasa. Este é o leite-creme que se serve nos almoços do sarrabulho (matança dos porcos nas aldeias de Viana do Castelo)

Palavras Cruzadas

Anedota

Um milionário chega a um hotel e pede o quarto mais barato. O recepcionista admirado diz: - Mas... quando o seu filho aqui fica pede sempre a melhor suite! - Pois pede... é que ele tem um pai rico... e eu não!

13 Fevereiro 2012

Mensagem . 23

RRSP
Have you contributed yet? Call the Specialists.
Pedro Maia C.H.S.
Cell: 416-419-598  

Sean Beneteau
B.Sc.MATH, CLU.CFP

905-363-5800

Maia & Associates Customized Financial Solutions

Já deve haver poucas pessoas que não conheçam. Mas, de facto, a nossa Peixaria é mesmo a MELHOR e MAIS completa. É só experimentar...