Entenda como funcionam as sub-redes e máscaras.

(Rede)

As sub-redes. As classes de endereços Internet acomodam três escalas de endereçamento, onde, os 32 bits do endereço IP são divididos proporcionalmente entre as identificações de rede e de host (qualquer dispositivo que possui uma placa de rede), dependendo de quantas redes e quantos hosts por rede necessitamos. Considere uma identificação de rede classe A, a qual pode conter 16 milhões de hosts em uma mesma rede física. Todos eles, dentro dos limites do roteador, compartilhando o mesmo tráfego de difusão (broadcast). Não é aconselhável ter 16 milhões de hosts no mesmo domínio de difusão, o resultado disto, é que a maior parte dos 16 milhões de endereços de hosts não são atribuídos, e desta forma, desperdiçados. Mesmo em uma rede de classe B, a qual pode conter até 65 mil hosts, essa prática é totalmente inviável. No esforço de criar domínios de difusão menores, e com isso, ter uma melhor utilização dos bits em uma identificação de host, uma rede IP pode ser subdividida em pequenas redes, cada qual, limitada por um roteador IP e atribuída a uma nova identificação de sub-rede, na qual, é um subconjunto da identificação de rede original baseada em classes. Desta forma cria-se subdivisões de uma rede IP, onde cada sub-rede possui sua única identificação de subrede. Identificações de sub-rede são criadas usando uma porção dos bits de uma identificação de host original baseada em classes. Considere o exemplo da figura 1. A rede de classe B 139.12.0.0 pode ter até 65.534 hosts. Esta quantidade de hosts é muito grande, e faz com que a rede atual torne-se saturada em seu tráfego de difusão. A rede 139.12.0.0 deve ser configurada de tal forma que não cause impacto e nem seja preciso a reconfiguração do resto da rede IP.

Figura 1 - rede 139.12.0.0 antes da subdivisão

A rede 139.12.0.0 pode ser subdividida utilizando os 8 primeiros bits de host (o terceiro octeto) para a nova identificação de sub-rede. Quando a rede 139.12.0.0 é subdividida "veja a figura 2", são criadas redes com suas próprias identificações de rede (139.12.1.0, 139.12.2.0 e 139.12.3.0). O roteador, que está ciente da separação da identificação de rede, faz o roteamento dos pacotes IP para a sub-rede apropriada. Note que o resto dos endereços IPs continua relacionado a todos os nós das três sub-redes como antes "veja a figura 1", na rede 139.12.0.0. Os outros roteadores da rede IP estão aquém da subdivisão feita na rede 139.12.0.0 e por isso, não precisão ser reconfigurados.

Figura 2 - rede 139.12.0.0 após a subdivisão.

8 bits da identificação do host na notação baseada em classes estão sendo usados para expressar a identificação da sub-rede. são usadas para dizer ao roteador como entregar os pacotes a um endereço baseado em classes ou um endereço de sub-rede.0. seria exemplificada como: 138. » Todos os bits correspondentes a identificação de host devem ser configurados com o valor 0.1. ou seja. Uma máscara de sub-rede padrão é baseada na classe do endereço IP e é usada em redes TCP/IP que não foram subdivididas em sub-redes. expressa em notação decimal pontuada. A RFC 950 define o uso das máscaras de sub-rede (conhecidas também como máscara de endereço) como um valor de 32 bits que é usado para distinguir a identificação de rede da identificação de host em um endereço IP arbitrário.0 a terceira.0 Máscaras de rede customizadas são diferentes destas.255. Com o advento das sub-redes. Neste novo nível de consciência.0) para definir a identificação de rede. que é atribuída usando uma identificação de rede baseada em classes. os 32 bits resultantes são convertidos para notação decimal pontuada.12. As máscaras de sub-redes.255. Tanto uma máscara de sub-rede padrão.58. informações de como ela foi subdividida.Como o roteador é quem subdivide a rede 139. que é usada quando criamos sub-redes ou superredes. a máscara de sub-rede não é um endereço IP. consideradas padrões.255. A mascara de sub-rede usa um total de 24 bits (255. Notação decimal pontuada de mascara de sub-redes Máscaras de sub-rede são freqüentemente expressas com a notação decimal pontuada. A identificação de sub-rede e a correspondente máscara de sub-rede. As máscaras de sub-rede aqui. e são utilizadas quando atribuímos sub-redes ou super-redes.0 255.0.255.0 é uma identificação de sub-rede classe B.0. os roteadores devem saber exatamente como discernir as novas identificações de sub-redes sem relacioná-las as classes de endereços Internet.2.0 255. Os bits de uma máscara de sub-rede são definidos como a seguir: » Todos os bits correspondentes a identificação de rede devem ser configurados com o valor 1. quanto uma máscara de sub-rede customizada.96.255.0. A tabela 1 lista as máscaras de sub-rede padrão usando a notação decimal pontuada para a mascara de sub-rede. baseado em classes ou identificação de sub-redes. representação do comprimento da máscara de sub-rede . Tabela 1 Máscara de sub-redes padrão (Notação decimal pontuada) Classe do endereço IP Classe A Classe B Classe C 11111111 11111111 11111111 Bits da máscara de sub-rede 00000000 11111111 11111111 00000000 00000000 11111111 00000000 00000000 00000000 Máscara de sub-rede 255.0 ele usará a primeira interface.12. e. em qual interface (placa de rede) ele deverá fazer o roteamento para a sub-rede correspondente. Cada host em uma rede TCP/IP requer uma máscara de sub-rede mesmo em um único segmento de rede.255.58. Note que mesmo expresso na notação decimal pontuada. ele tem em sua configuração.12. não mais podemos confiar na definição dos endereços IPs baseados em classes para determinar a identificação de rede do endereço IP. 255. 138. para a 139.3.255. Após a atribuição dos bits da porção da identificação de rede e de host.96.0 logo.0.0 a segunda e para a 139. Por exemplo.0 Prefixo de rede. para a sub-rede 139.12. Um novo valor é necessário para definir qual parte do endereço IP é a identificação de rede e qual parte é a identificação de host indiferentemente do tipo de endereçamento usado.

255. A identificação de rede 138.1 até 138. transforme ambos os números na notação binária equivalente e alinhe-os. Por exemplo.255.96. 10000001 00111000 10111101 00101001 Endereço IP 11111111 11111111 11110000 00000000 Máscara de sub-rede . Aplicando o princípio dos bits.0/16 implica um intervalo válido de endereços IPs de 138.23.56. o resultado de 2 itens comparados será verdadeiro somente quando ambos os itens comparados forem verdadeiros. A identificação de sub-rede e sua correspondente máscara de sub-rede é. Tabela 2 Máscara de sub-redes padrão (Notação de prefixo de rede) Classe do endereço IP Classe A Classe B Classe C 11111111 11111111 11111111 Bits da máscara de endereço IP 00000000 11111111 11111111 00000000 00000000 11111111 00000000 00000000 00000000 Prefixo de rede /8 /16 /24 Por exemplo.0. qual é a identificação de rede do IP 129. do bit mais alto (esquerda) para o bit mais baixo (direita).0. quando ambos os valores comparados forem 1. Onde /16 representa a quantidade de bits de valor 1.23.240.0. então.189.23. 138. Esta operação é conhecida como "E lógico bit-a-bit".0.1 até 138.0/24 implica um intervalo válido de endereços IPs de 138. verdadeiro. o resultado é 1.0. O resultado da operação de E lógico bit-a-bit em um endereço IP e uma máscara de sub-rede é a identificação de rede. Por exemplo.58.96. ou seja.254.23. A identificação de rede 138.0/24 A notação de prefixo de rede é também conhecida como CIDR (Classless Interdomain Routing). A máscara de sub-rede usa um total de 24 bits para definir a identificação de sub-rede.0.0 ? Para obter o resultado. Uma maneira de expressar uma máscara de sub-rede é a denotação do número de bits que definem a identificação de rede como em um prefixo de rede usando a notação de prefixo de rede: /<#(número) de bits>.0 com a máscara de rede de 255. onde o valor 1 representa "verdadeiro" e 0 "falso".0. Exemplo de uma máscara de sub-rede customizada Numa subdivisão da rede classe B levando em consideração o exemplo abaixo da tabela 2 temos uma subrede 139.255.96.58. É fácil notar que essas identificações de rede não representam o mesmo intervalo de endereços IPs. a identificação de rede classe B de 138. De qualquer outra forma.254.0.96.0. o IP usa uma operação matemática chamada "comparação lógica E".41 com a máscara de sub-rede de 255.Os bits da identificação de rede devem ser sempre escolhidos de forma contínua. o resultado torna-se falso.0 seria expressa na notação de prefixo de rede como 138.0/16 não está na mesma rede que 138. O IP faz uma comparação lógica E com os 32 bits do endereço IP e os 32 bits da máscara de sub-rede. Numa comparação lógica E.0. expressa na notação de prefixo de rede como: 138. Para extrair a identificação de rede de um endereço IP arbitrário usando uma máscara de sub-rede arbitrária. Como descobrir a identificação de rede. Nota: Todos os hosts na mesma rede devem usar a mesma identificação de rede como também a mesma máscara de sub-rede.23.23.23.0/16. senão o resultado é 0. Então faça a operação E bit-a-bit escrevendo em baixo o resultado.23.0/24.0. roteamento entre domínios sem classe. A tabela 2 lista as máscaras de rede padrão usando a notação de prefixo de rede para as máscaras de sub-rede.

56.10000001 00111000 10110000 00000000 Identificação de sub-rede O resultado da operação lógica "E" dos 32 bits do endereço IP e a máscara de sub-rede é a identificação de rede 129.0. .176.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful